Você está na página 1de 19

UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESPÍRITO SANTO

PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM HISTÓRIA


Av. Fernando Ferrari, 514 Vitória – ES – CEP: 29.075-910
Campus de Goiabeiras Tel/Fax: +55 (27) 4009-7657
E-mail: ppghis.ufes@hotmail.com
http://www.ufes.br/ppghis

EDITAL DE SELEÇÃO DE CANDIDATOS AO MESTRADO EM HISTÓRIA


SOCIAL DAS RELAÇÕES POLÍTICAS – PROCESSO SELETIVO 2011

Curso recomendado pela CAPES através do Of. CTC/CAPES 423/2002, aprovado pelo Parecer CES
83/2003 de 09 de abril de 2003 do CNE e publicado no D.O.U. em 23/06/2003

A Coordenadora do Programa de Pós-Graduação em História Social das Relações Políticas


(NÍVEL MESTRADO) da Universidade Federal do Espírito Santo faz saber que foi aprovado pelo
colegiado deste mestrado o processo seletivo 2011/1 nos seguintes termos:

I) PERÍODO DE INSCRIÇÃO: 06 a 29 de outubro de 2010


II) NÚMERO DE VAGAS: 39 – distribuídas segundo o Anexo I do presente Edital. OBS.: 1)
Eventualmente, pode ocorrer que, em virtude da falta de candidatos habilitados, algumas vagas
não sejam preenchidas; 2) Caso ocorra a aprovação de um número de candidatos superior ao
número de vagas, ficará a critério do Colegiado Acadêmico autorizar a matrícula dos suplentes.
III)BOLSAS CAPES (3): Serão disponibilizadas, para a turma 2011/1, bolsas de acordo com as
cotas estabelecidas pela agência de fomento, a partir de março de 2011. Os critérios utilizados
pelo PPGHis são: classificação no processo seletivo, não ter vínculo empregatício e demais
exigências da CAPES, não podendo acumular bolsa deste programa com bolsa/auxílio de outro
programa CAPES ou de outra agência de fomento, ou de organismo internacionais/nacionais.
IV)CLIENTELA: Poderão candidatar-se graduados em História, Ciências Sociais, Geografia,
Filosofia, Letras, Comunicação Social, Direito, Serviço Social, Economia, Pedagogia,
Psicologia, Artes e Arquitetura. Os profissionais de outras áreas que não as mencionadas acima
devem, no ato da inscrição, apresentar uma carta endereçada à Coordenação justificando o seu
interesse pelo Programa de Mestrado.

IV) DOCUMENTOS NECESSÁRIOS PARA INSCRIÇÃO:


1. Formulário de inscrição devidamente preenchido (ver em anexo);
2. Fotocópia da carteira de identidade civil e do CPF;
3. Fotocópia do diploma de graduação ou da declaração de colação de grau. No caso de
candidatos que estejam cursando o último período do curso de graduação, deverá ser
apresentado no ato da inscrição documento que comprove a sua situação, ficando a matrícula
no Programa condicionada à apresentação do diploma ou declaração de colação de grau.
4. Histórico Escolar de curso de graduação;
5. Fotocópia do comprovante de alistamento militar;
6. Fotocópia do Título de Eleitor;
7. 2 (duas) fotos 3 X 4;
8. Projeto de pesquisa com vistas à dissertação de mestrado em 3 vias (ver modelo em anexo);
9. Uma carta de aceite do projeto expedida por 1 (um) professor do PPGHIS (ver anexo V)
2
UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESPÍRITO SANTO
PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM HISTÓRIA
Av. Fernando Ferrari, 514 Vitória – ES – CEP: 29.075-910
Campus de Goiabeiras Tel/Fax: +55 (27) 4009-7657
E-mail: ppghis.ufes@hotmail.com
http://www.ufes.br/ppghis

10. Curriculum vitae comprovado (o candidato deverá, obrigatoriamente, se cadastrar no


lattes/CNPq - http://lattes.cnpq.br/ -, efetuar seu curriculum, imprimir e o entregar no ato da
inscrição;
11. Original do comprovante de pagamento da GRU efetuado junto ao Banco do Brasil

OBS: Findo o processo seletivo, a documentação dos candidatos que não forem aprovados ficará
disponível para retirada junto à secretaria do PPGHIS pelo prazo de 30 (trinta) dias. Após essa
data, o material será descartado.

INFORMAÇÕES:
(a) Para efetuar sua inscrição no processo seletivo, o candidato deverá pagar a taxa de R$ 100,00
(cem reais) mediante o preenchimento de GRU de acordo com os seguintes códigos:
• UG: 153046
• GESTÃO: 15225
• CÓDIGO DO RECOLHIMENTO: 28832-2
• NÚMERO DE REFERÊNCIA: 15349900250000038
• COMPETÊNCIA: 10/2010
• VENCIMENTO: 29/10/2010
• CPF DO CANDIDATO
• NOME DO CANDIDATO
• VALOR PRINCIPAL: R$ 100,00
• VALOR TOTAL: R$ 100,00.
O preenchimento da GRU deve ser feito on line, por meio da página do Tesouro Nacional
(www.tesouro.fazenda.gov.br) e o seu pagamento só poderá ocorrer nas agências do Banco do Brasil.
No preenchimento da GRU, o candidato deverá atentar com cuidado para os códigos descritos acima.
Em caso de erro no preenchimento, a inscrição não será aceita pelo PPGHIS nem o dinheiro poderá ser
devolvido;
(b) os diplomas obtidos no exterior somente serão aceitos se tiverem sido convalidados por IES
brasileiras devidamente reconhecidas pelo Ministério da Educação;
(c) é facultado ao candidato a inscrição por correspondência, desde que as fotocópias remetidas ao
PPGHIS sejam autenticadas previamente;
(d) em hipótese alguma serão aceitas inscrições em desacordo com as exigências documentais
supramencionadas;
(e) informações suplementares podem ser obtidas pelo telefone (27) 3335-7657; pelo e-mail
ppghiss@gmail.com ou na home-page www.ufes.br/ppghis.
(f) Isenção de taxa (vide anexos VI e VII).

V) LOCAL E HORÁRIO DAS INSCRIÇÕES: As inscrições serão realizadas na Secretaria do


PPGHIS, UFES, Campus de Goiabeiras, IC III, Pavilhão Superior, de segunda à sexta-feira, no
horário das 9:00 às 17:00 h. As inscrições por correspondência deverão ser remetidas, mediante
sistema Sedex, para o seguinte endereço: Programa de Pós-Graduação em História Social das
Relações Políticas - Seleção de Candidatos ao Mestrado - Universidade Federal do Espírito
Santo, Campus de Goiabeiras - CCHN – IC III – Pavilhão Superior - Avenida Fernando Ferrari
n. 514 - Vitória – Espírito Santo - CEP: 29075-710,
3
UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESPÍRITO SANTO
PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM HISTÓRIA
Av. Fernando Ferrari, 514 Vitória – ES – CEP: 29.075-910
Campus de Goiabeiras Tel/Fax: +55 (27) 4009-7657
E-mail: ppghis.ufes@hotmail.com
http://www.ufes.br/ppghis

OBS: Não serão aceitas inscrições fora do prazo estabelecido. As inscrições por correspondência
devem ser postadas até o dia 29 de outubro de 2010.

VI)CRITÉRIOS DE SELEÇÃO: Para ingresso no Programa de Pós-Graduação em História


Social das Relações Políticas, os candidatos se submeterão às seguintes etapas, todas
ELIMINATÓRIAS:
1) Prova escrita de língua estrangeira (Peso 1). A prova tem por finalidade avaliar a
competência do candidato na leitura e compreensão de um texto de temática histórica ou de
áreas afins em língua estrangeira (inglês, francês, espanhol ou italiano), sendo permitido apenas
o uso de dicionário da própria língua escolhida, estando proibido o uso de dicionário com
tradução para a língua portuguesa. Será considerado APROVADO o candidato que obtiver nota
igual ou superior a 7,0 (sete).
2) Prova escrita SEM CONSULTA sobre princípios da História Política (Peso 3). Nessa
prova, o candidato dissertará sobre 2 (duas) questões propostas pela Banca Examinadora, tendo
como referência a bibliografia sugerida neste Edital. Será considerado APROVADO o
candidato que obtiver nota igual ou superior a 7,0 (sete).
3) Análise de projeto. No ato da inscrição, o candidato indicará, em ordem de preferência, dois
possíveis orientadores. O primeiro deles realizará a avaliação e/ou entrevista com o candidato.
Caso o professor não aceite orientar o candidato, o projeto será remetido ao segundo professor
indicado, a fim de que o mesmo possa proceder à nova entrevista e/ou avaliação. Finda essa
fase, o candidato realizará os ajustes considerados pertinentes e retornará ao professor que
avaliou o projeto a fim de obter, por escrito, a aprovação. O prazo final para que a nova versão
do projeto com o DE ACORDO do orientador seja encaminhada à Coordenação do PPGHIS é
18 de fevereiro de 2011. Caso as correções apontadas pelo professor no ato da entrevista não
tenham sido atendidas, o candidato será ELIMINADO do processo seletivo. Os critérios de
avaliação do projeto devem incluir obrigatoriamente: a) caracterização da abordagem histórica;
b) adequação do projeto à área de concentração do Programa; c) viabilidade de execução em 2
(dois) anos; d) disponibilidade das fontes; e) capacidade de orientação.

VII) CALENDÁRIO DE PROVAS


1) PROVA ESCRITA DE LÍNGUA ESTRANGEIRA: 03 de novembro de 2010 (quarta-feira)
2) RESULTADO DA PROVA: 12 de novembro de 2010
3) RECURSO DA PROVA: 16 e 17 de novembro de 2010
4) RESULTADO DO RECURSO: 19 de novembro de 2010
5) PROVA ESCRITA DE CONTEÚDO: 22 de novembro de 2010 (segunda-feira)
6) RESULTADO DA PROVA: 29 de novembro de 2010 (segunda-feira)
7) RECURSO DA PROVA: 30 de novembro e 01 de dezembro de 2010
8) RESULTADO DO RECURSO: 03 de dezembro de 2010
9) ENTREVISTAS (1ª fase): 06 a 10 de dezembro de 2010
10) ENTREVISTAS (2ª fase): 13 a 17 de dezembro de 2010
11) PRAZO FINAL PARA APRESENTAÇÃO DA 2ª VERSÃO DO PROJETO: 18 de
fevereiro de 2011
4
UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESPÍRITO SANTO
PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM HISTÓRIA
Av. Fernando Ferrari, 514 Vitória – ES – CEP: 29.075-910
Campus de Goiabeiras Tel/Fax: +55 (27) 4009-7657
E-mail: ppghis.ufes@hotmail.com
http://www.ufes.br/ppghis

12) HOMOLOGAÇÃO DO RESULTADO PELO COLEGIADO ACADÊMICO: 03 de março


de 2011 (quinta-feira)
13) REUNIÃO COM A COORDENAÇÃO: 14 de março de 2011 (quarta-feira)
14) MATRÍCULA ALUNOS REGULARES: 10 a 11 de março de 2011
15) INÍCIO DAS AULAS: 21 de março de 2011 (segunda-feira)

VIII) BANCA EXAMINADORA


A Banca Examinadora para ingresso no PPGHIS será composta por cinco titulares e dois suplentes, da
maneira como se segue:

Titulares:
Prof. Dr. Gilvan Ventura da Silva (presidente)
Profa. Dra. Juçara Luzia Leite (membro titular)
Profa. Dra. Márcia Barros Ferreira Rodrigues (membro titular)
Profa. Dra. Maria Beatriz Nader (membro titular)
Prof. Dr. Sebastião Pimentel Franco (membro titular)

Suplentes:
Prof. Dr. Sérgio Alberto Feldman
Prof. Dr. Valter Pires Pereira
5
UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESPÍRITO SANTO
PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM HISTÓRIA
Av. Fernando Ferrari, 514 Vitória – ES – CEP: 29.075-910
Campus de Goiabeiras Tel/Fax: +55 (27) 4009-7657
E-mail: ppghis.ufes@hotmail.com
http://www.ufes.br/ppghis

IX) ORIENTAÇÃO BIBLIOGRÁFICA PARA A PROVA ESCRITA SOBRE


PRINCÍPIOS DA HISTÓRIA POLÍTICA

ACHIAMÉ, Fernando Antônio Moraes. O Espírito Santo na Era Vargas (1930-1937). Rio de Janeiro:
Editora FGV, 2010, 368p.:II

CARVALHO, José Murilo de & NEVES, Lucia Maria Bastos Pereira (orgs). Repensando o Brasil do
Oitocentos: cidadania, política e liberdade. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 2009, 597p.

CHARTIER, Roger. A História ou a leitura do tempo. Tradução: Cristina Antunes. Belo Horizonte:
Autêntica, 2009, 77p.

DIMENSÕES. Revista de História da Ufes. Vitória: Universidade Federal do Espírito Santo, Centro de
Ciências Humanas e Naturais, nº. 23, 2009.

RÉMOND, René. Por uma história política. Rio de Janeiro: Editora UFRJ, 1996.

TÉTARD, Philippe e CHAUVEAU, Agnés (Orgs.). Questões para a história do presente. Bauru, São
Paulo: Edusc, 1999.

Parágrafo Único – O PPGHIS não se responsabiliza pela disponibilização das obras para os
candidatos.
6
UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESPÍRITO SANTO
PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM HISTÓRIA
Av. Fernando Ferrari, 514 Vitória – ES – CEP: 29.075-910
Campus de Goiabeiras Tel/Fax: +55 (27) 4009-7657
E-mail: ppghis.ufes@hotmail.com
http://www.ufes.br/ppghis

ANEXO I
CORPO DOCENTE, ÁREA DE ATUAÇÃO E VAGAS DISPONÍVEIS

PROF ª DR ª ADRIANA PEREIRA CAMPOS (2 vagas)


Doutora em História (UFRJ)
Linha de Pesquisa: Estado e Políticas Públicas
E-mail: acampos.vix@terra.com.br
Área de atuação: História Social e História das Instituições, com especial ênfase em Justiça e Direito.
A professora tem se dedicado à pesquisa empírica sobre a realidade histórica do Espírito Santo nos
séculos XVIII e XIX, apoiando-se em fontes como autos criminais, inventários, testamentos, notas de
compra e venda, processos cíveis, relatórios de governo, certidões de batismo, casamento e óbito,
jornais e atas da assembleia provincial. Seu campo de reflexão concentra-se, sobretudo, na
interpretação das instituições e dos agentes políticos e sociais que, investidos de competências,
organizam o campo da política.

PROF. DR. ANTONIO CARLOS AMADOR GIL (2 vagas)


Doutor em História (USP)
Linha de Pesquisa: Sociedade e Movimentos Políticos
E-mail: tomgil001@hotmail.com
Área de Atuação: Estudo das identidades nacionais e das identidades étnicas nas Américas. Dentre o
amplo espectro de objetos de estudo, o professor trabalha nos domínios da história política, cultural e
das ideias com os seguintes pontos: os processos de Independência nas Américas; o processo de
formação das nações latino-americanas no decorrer dos séculos XIX e XX; as políticas de construção
da unidade nacional no século XX; a mestiçagem e o indigenismo nas Américas; a identidade nacional
na atualidade e as questões referentes ao multiculturalismo, à reafirmação das identidades étnicas, à
democracia e à autonomia; os movimentos revolucionários e movimentos sociais de contestação e de
resistência; o neoliberalismo e a globalização. Estes temas podem ser trabalhados com diversas
metodologias que analisem os discursos políticos, discursos intelectuais, discursos artístico-culturais,
meios de comunicação impressa e audiovisual.

PROF. DR. CARLOS VINÍCIUS COSTA DE MENDONÇA (4 vagas)


Doutor em História (USP)
Linha de Pesquisa: Estado e Políticas Públicas
E-mail: cvcmendonca@uol.com.br
Área de Atuação: Análise das relações entre Estado, pensamento e imaginário político no Brasil e na
América Latina. Nesse sentido, quando se alude à trajetória do pensamento, do comportamento e do
imaginário político não se pode perder de vista o diálogo entre a História e a Literatura, uma vez que a
História Política brasileira e latino-americana é permeada pela representação estética do real, cuja
complexidade, contradição e dinâmica exige sempre um diálogo interdisciplinar a fim de compreendê-
la em sua complexidade.

PROF ª DR ª CLEONARA MARIA SCHWARTZ (1 vaga)


Doutora em Educação (USP)
7
UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESPÍRITO SANTO
PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM HISTÓRIA
Av. Fernando Ferrari, 514 Vitória – ES – CEP: 29.075-910
Campus de Goiabeiras Tel/Fax: +55 (27) 4009-7657
E-mail: ppghis.ufes@hotmail.com
http://www.ufes.br/ppghis

Linha de Pesquisa: Estado e Políticas Públicas


E-mail: cleonara@terra.com.br
Área de atuação - investigações que contemplem a História e a Historiografia da Educação Brasileira e
do Espírito Santo em suas múltiplas abordagens, objetos e fontes. Deste modo, privilegia-se estudos
relacionados a 1) processos de instituição da educação escolarizada transversalizados pelas tramas do
poder e construídos por apropriações e saberes; 2) usos de impressos em educação, entrecruzados à
história do livro e das práticas de leitura.
Grande área: Ciências Humanas / Área: Educação - Setores de atividade: Educação - Palavras-chave:
História da educação, história das instituições escolares, história do livro e da leitura..

PROF. DR. FABIO MURUCI DOS SANTOS (2 vagas)


Doutor em História (UFRJ)
Linha de Pesquisa: Sociedade e Movimentos Políticos
E-mail: fmuruci@yahoo.com.br
Área de atuação: História das idéias e da cultura nas Américas (América Hispânica, Estados Unidos e
Brasil) nos séculos XIX e XX. Dentro deste campo, algumas temáticas podem ser destacadas: a
questão nacional, abrangendo as representações da nação em ensaios e na historiografia; idéias
políticas, destacando as apropriações locais do liberalismo, conservadorismo e outras correntes;
estudos de história cultural dos século XIX; manifestações do extremismo político local, como as
ideologias nacionalistas e fascistas; cultura histórica e historiografia.Temos procurado estimular
fortemente as possibilidades de estudos comparativos entre a vida política e cultural no Brasil,
América Hispânica e Estados Unidos, um campo ainda rico de temas inexplorados e com potencial
para inserir a produção historiográfica no Brasil em um contexto internacional. Esses temas também
podem ser ampliados para fora da América em alguns casos específicos, como o estudo das idéias
românticas, liberais, conservadoras e nacionalistas na Europa nos séculos XIX e XX.

PROF. DR. GERALDO ANTONIO SOARES (2 vagas)


Doutor em História (École des Hautes Études em Sciences Sociales)
Linha de Pesquisa: Sociedade e Movimentos Políticos
E-mail: geraldosoares12@gmail.com
Área de atuação: Nosso interesse se volta para as transformações históricas ocorridas na Europa entre a
Primeira e a Segunda Guerra Mundial. Transformações como a crise econômica, social, política e
cultural e a ascensão dos regimes totalitários, entendidos como tais o fascismo italiano, o comunismo
soviético e o nazismo. As fontes literárias, e especialmente o que se convencionou chamar de literatura
de testemunho, podem ser uma importante fonte de pesquisa sobre este período. Estas fontes são muito
esclarecedoras, por exemplo, sobre a vivência das duas guerras e sobre a experiência de vida nos
campos de concentração. Além da busca de fontes sobre a vida cotidiana do período, nossa pesquisa
também se volta para a história das idéias, das visões de mundo e das sensibilidades que orientavam e
que podem explicar a ação das pessoas à época.

PROF. DR. GILVAN VENTURA DA SILVA (2 vagas)


Doutor em História (USP)
Linha de Pesquisa: Estado e Políticas Públicas
8
UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESPÍRITO SANTO
PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM HISTÓRIA
Av. Fernando Ferrari, 514 Vitória – ES – CEP: 29.075-910
Campus de Goiabeiras Tel/Fax: +55 (27) 4009-7657
E-mail: ppghis.ufes@hotmail.com
http://www.ufes.br/ppghis

E-mail: gil-ventura@uol.com.br
Área de atuação: Investigações acerca da configuração simbólica dos sistemas de poder vigentes no
mundo greco-romano, em especial durante as fases das monarquias helenística e romana. Além disso,
o professor tem refletido também sobre as conexões entre poder político e religião no mundo romano,
buscando compreender de que modo a dimensão religiosa se constitui como um elemento produtor de
identidades e alteridades no contexto das interações mantidas entre as diversas etnias no Império
Romano e o papel do poder imperial dentro desse processo.

PROF ª DR ª JUÇARA LUZIA LEITE (1 vagas)


Doutora em História Social (USP)
Linha de Pesquisa: Estado e Políticas Públicas
E-mail: jujuluzialeite@gmail.com
Área de atuação: A professora estuda questões relacionadas com História, Sociedade, Cultura e
Políticas Educacionais. Objetivos: Investigar sobre o ensino de História em sua perspectiva científica,
metodológica e epistemológica, considerando os saberes docentes e materiais de ensino, sobretudo o
livro didático. São priorizados os aspectos referentes à memória, à narrativa histórica, e às práticas de
leitura e escrita. Aborda políticas, instituições, modos de pensamento e produção de conhecimento
vinculados à educação em diferentes configurações históricas imbricadas nas dimensões sócio-cultural,
afetivo-emocional e psicossocial. Investiga temas como infância, juventude, educação de adultos, e
questões mais amplas da pesquisa educacional considerando a constituição de subjetividades, relações
de gênero, trabalho, cultura, cidadania, direitos humanos, violência, representações sociais e práticas
educativas, bem como os diferentes aspectos do processo de ensinar e aprender a História e as Ciências
Sociais.

PROF. DR. JULIO CESAR BENTIVOGLIO (2 vagas)


Doutor em História Econômica (USP)
Linha de Pesquisa: Estado e Políticas Públicas
E-mail: juliobentivoglio@gmail.com:
Área de atuação: Teoria e metodologia da História, especialmente no século XIX, cultura histórica e
historiografia nos séculos XIX e XX, História das Idéias, História do Brasil Colônia e Império com
ênfase no estudo das relações de poder e acerca da cultura política nestes períodos; formação e atuação
dos partidos políticos brasileiros no Império; construção do Estado, nacionalismo e análise das
instituições políticas durante o século XIX, relações de força entre governo imperial e províncias no
Brasil, urbanização brasileira no século XIX e primeira metade do século XX.

PROF. DR. LUIZ CLÁUDIO RIBEIRO (4 vagas)


Doutor em História (UFF)
Linha de Pesquisa: Estado e Políticas Públicas
E-mail: sombradoscamaras@gmail.com
Áreas de atuação: Estudo das políticas de concessão de serviços públicos; expansão da infra-estrutura
econômica; modernização tecnológica e crescimento industrial; meio ambiente e desestruturação
9
UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESPÍRITO SANTO
PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM HISTÓRIA
Av. Fernando Ferrari, 514 Vitória – ES – CEP: 29.075-910
Campus de Goiabeiras Tel/Fax: +55 (27) 4009-7657
E-mail: ppghis.ufes@hotmail.com
http://www.ufes.br/ppghis

sócio-cultural; estudo do desenvolvimentismo dependente-associado brasileiro/capixaba e


desdobramentos na dinâmica campo-cidade e nas formas tradicionais de subsistência e na relação da
população com a política, a cultura e o meio ambiente. Também desenvolve pesquisas sobre a história
colonial do Espírito Santo (sec. XV-XVIII), especialmente a forma de organização do Estado e as
atividades econômicas e navegação e a articulação da Capitania do E. Santo com a metrópole e com os
portos do Atlântico e África.

PROF ª DR ª MÁRCIA BARROS FERREIRA RODRIGUES (2 vagas)


Doutora em História Social (USP)
Linha de Pesquisa: Sociedade e Movimentos Políticos
E-mail: mbfrodrigues@ig.com.br
Área de atuação: Tem experiência na área de Sociologia, com ênfase em Sociologia das Organizações
e Sociologia da Violência. Atua principalmente nos seguintes temas: História, Cultura, Política,
Ideologia, Violência, Subjetividade, Contemporaneidade e Indiciarismo, estudo do pensamento social
e político brasileiro nas suas diversas vertentes, com destaque para os aspectos político-ideológicos
peculiares do pensamento conservador no período imperial e as discussões em torno das idéias liberais
no Brasil no decorrer da construção do Estado Nacional. Vem se dedicando também a estudar o
pensamento político empresarial brasileiro nas suas modalidades conservadora e liberal e as soluções
que este setor apresenta à sociedade em distintos momentos históricos, tendo como estudo de caso os
efeitos da globalização sobre os processos produtivos industriais e as novas formas de gestão
empresarial na sociedade contemporânea.

PROF ª DR ª MARIA BEATRIZ NADER (2 vagas)


Doutora em História (USP)
Linha de Pesquisa: Sociedade e Movimentos Políticos
E-mail: marxis@terra.com.br
Área de atuação: As pesquisas desenvolvidas pela professora se situam na confluência entre gênero e
relações de poder. Os estudos que realiza voltam-se para questões envolvendo a estruturação interna
da instituição familiar e seus arranjos alternativos gerados pela pobreza e dificuldades de
sobrevivência na sociedade brasileira. Analisa a problematização do impacto do feminismo sobre a
desestabilização das referências de feminilidade e de masculinidade existentes na sociedade, marcada
por uma intensa urbanização e modernização da vida social, assim como estuda as relações de gênero,
os processos de casamento, separação e divórcio, a relação mulher e trabalho, a socialização e a
formação educacional de ambos os sexos, os papéis, os valores e as trajetórias de homens e de
mulheres na construção de sua identidade na sociedade humana. A dinâmica desses estudos converge
para as principais tendências demográficas concentradas progressivamente nas populações de áreas
densamente povoadas, revelando interesses em novos padrões de comportamento com implicações
fundamentais para a definição dos rumos da sociedade brasileira.

PROF ª DR ª MARIA DA PENHA SMARZARO SIQUEIRA (2 vagas)


Doutora em História (USP) e Pós-Doutora em Sociologia Urbana pela Universidade Nova de Lisboa.
Linha de Pesquisa: Estado e Políticas Públicas
10
UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESPÍRITO SANTO
PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM HISTÓRIA
Av. Fernando Ferrari, 514 Vitória – ES – CEP: 29.075-910
Campus de Goiabeiras Tel/Fax: +55 (27) 4009-7657
E-mail: ppghis.ufes@hotmail.com
http://www.ufes.br/ppghis

E-mail: penhasiq@hotmail.com
Área de atuação: Análise das políticas de desenvolvimento socioeconômico do país, as quais têm se
caracterizado pelo esforço de modernização da estrutura produtiva; do impacto da implementação de
tais políticas sobre o modus vivendi das populações, com o conseqüente crescimento dos problemas
urbanos (má-distribuição de renda, marcante dualidade cidade/campo, migrações em conseqüência das
deficiências da estrutura agrária e outros); e das diversas modalidades de auxílio prestado aos pobres
no Brasil, refletindo assim sobre as políticas públicas (ou ausência delas) para com os segmentos
marginalizados da população.
PROF. DR. SEBASTIÃO PIMENTEL FRANCO (4 vagas)
Doutor em História (USP)
Linha de Pesquisa: Estado e Políticas Públicas
E-mail: sp.franco@uol.com.br
Área de atuação: Estudo das políticas públicas na área de educação implementadas pelos governos
imperial e republicano buscando compreender como os governos provinciais durante o período
imperial percebiam ou compreendiam a importância da educação ou, como eles próprios assim o
denominavam, a instrução pública. Para tanto, o professor procura investigar as concepções vigentes
de educação, as relações da educação com a sociedade, o padrão de organização das escolas e a
atuação estatal diante do assunto.

PROF. DR. SERGIO ALBERTO FELDMAN (4 vagas)


Doutor em História (UFPR)
Linha de Pesquisa: Estado e Políticas Públicas
E-mail: serfeldpr@yahoo.com.br
Área de atuação: O professor pesquisa e orienta trabalhos em História Tardo Antiga e Medieval
enfocando dois períodos preferenciais: 1) A Antiguidade Tardia na Cristandade Ocidental; 2) Os
reinos cristãos ibéricos nos século XII a XV. A sua pesquisa atual versa sobre “Marginalizados e
excluídos no mundo tardo antigo e Medieval” com enfoque nas relações dos poderes constituídos
(Igreja e Monarquia) com judeus, hereges e outros grupos periféricos discriminados. O olhar proposto
é o da Identidade versus Alteridade, da exclusão e da estigmatização do “Outro”. O professor sugere
que o candidato a Mestrado contate antecipadamente e avalie propostas, temáticas e metodologias e
em seguida elabore um pré Projeto, antes de obter o aceite do Professor.

PROF. DR. VALTER PIRES PEREIRA (3 vagas)


Doutor em História Econômica (USP)
Linha de Pesquisa: Estado e Políticas Públicas
E-mail: piresvalter@gmail.com
Área de atuação: Atua principalmente nos seguintes temas: Teoria e Metodologia, bem como em
História das Doutrinas Políticas e História do Brasil, atuando principalmente nos temas relacionados à
história econômica, história política, história dos partidos políticos, história dos movimentos sociais,
tanto em termos gerais, como em termos regionais, em estudos de casos aplicados à História do
Espírito Santo. Estudo da História das relações sociais nos espaços institucionais, compreendendo
fatores e elementos político-jurídicos normalizadores e legitimadores das relações sociais e suas
11
UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESPÍRITO SANTO
PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM HISTÓRIA
Av. Fernando Ferrari, 514 Vitória – ES – CEP: 29.075-910
Campus de Goiabeiras Tel/Fax: +55 (27) 4009-7657
E-mail: ppghis.ufes@hotmail.com
http://www.ufes.br/ppghis

influências sobre as práticas políticas no âmbito dos espaços institucionais, nos períodos monárquico e
republicano da História do Brasil. Em termos de História da República, o professor tem se dedicado à
história da configuração do sistema partidário na recente democracia brasileira, objetivando a
verificação do processo de adequação dos partidos políticos de origem revolucionária aos parâmetros
institucionais vigentes.
12
UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESPÍRITO SANTO
PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM HISTÓRIA
Av. Fernando Ferrari, 514 Vitória – ES – CEP: 29.075-910
Campus de Goiabeiras Tel/Fax: +55 (27) 4009-7657
E-mail: ppghis.ufes@hotmail.com
http://www.ufes.br/ppghis

ANEXO II
FICHA DE INSCRIÇÃO

Nome: _________________________________________________________
Data de nascimento: _____/ _____/ _____
Endereço: _______________________________________________________
nº : _______ Apto. : _________ Bairro: ________________________________
Município: __________________________ UF: _____ CEP: ______________
Telefone: _______________________________________________________
E-mail: _________________________________________________________
OPÇÃO DE LÍNGUA ESTRANGEIRA:
Inglês [ ] Francês [ ] Italiano [ ] Espanhol [ ]
INDICAÇÃO DE DOIS POSSÍVEIS ORIENTADORES PARA A ENTREVISTA
1ª OPÇÃO ______________________________________________________
2ª OPÇÃO ______________________________________________________

CONFERÊNCIA DE DOCUMENTOS:
1. Diploma de Graduação ou Declaração de Colação de Grau (fotocópia) [ ]

2. Histórico Escolar de Graduação [ ]

3. Comprovante de alistamento militar (fotocópia) [ ]

4. Título de eleitor (fotocópia) [ ]

5. Carteira de Identidade ou documento equivalente (fotocópia) [ ]

6. CPF (fotocópia) [ ]

7. Curriculum vitae [ ]

8. 2 (duas) fotos 3 X 4 [ ]

9. Projeto de Pesquisa em 2 vias [ ]

10. Carta de aceite de 2 (dois) professores do PPGHIS (opção 1 e opção 2) [ ]

11. Original de comprovante de pagamento da taxa de inscrição [ ]


13
UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESPÍRITO SANTO
PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM HISTÓRIA
Av. Fernando Ferrari, 514 Vitória – ES – CEP: 29.075-910
Campus de Goiabeiras Tel/Fax: +55 (27) 4009-7657
E-mail: ppghis.ufes@hotmail.com
http://www.ufes.br/ppghis

ANEXO III
MODELO DE CURRICULUM VITAE
I - DADOS PESSOAIS:
Nome, filiação, data de nascimento, nacionalidade, estado civil, Número do Registro Civil, Título de
Eleitor, Certificado Militar, CPF, endereço residencial, telefone, endereço profissional, telefone;

II – FORMAÇÃO UNIVERSITÁRIA:
Cursos de graduação e pós-graduação (se houver): nome do Curso, nome e
local da instituição onde realizou a graduação, habilitação obtida, data da
obtenção do grau;

III – TRABALHOS PUBLICADOS:


Indicação completa dos livros, artigos ou resumos.

IV – ATIVIDADES DE PESQUISA:
Nome do projeto, período de execução, instituição, natureza da participação
(Iniciação Científica, pesquisador colaborador, pesquisador responsável)

V – PARTICIPAÇÃO EM CONGRESSOS OU EVENTOS SIMILARES:


a) como participante: evento, local e duração.
b) com apresentação de trabalho (s): título do trabalho, evento, local e duração;
VI – MONITORIA E DEMAIS ESTÁGIOS:
Denominação do estágio, duração e local;
VII – CURSOS EXTRA-CURRICULARES:
Denominação do curso, local, duração, instituição promotora
14
UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESPÍRITO SANTO
PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM HISTÓRIA
Av. Fernando Ferrari, 514 Vitória – ES – CEP: 29.075-910
Campus de Goiabeiras Tel/Fax: +55 (27) 4009-7657
E-mail: ppghis.ufes@hotmail.com
http://www.ufes.br/ppghis

ANEXO IV
SUGESTÃO DE ROTEIRO PARA PROJETO DE PESQUISA

O projeto deverá conter no máximo 20 (vinte) laudas, digitadas em papel A4, espaço duplo, fonte
Times New Roman 12, contendo basicamente os seguintes itens:
I) Apresentação do problema (incluindo justificativa e discussão historiográfica)
II) Objetivos
III) Referencial teórico
IV) Metodologia e natureza das fontes
V) Bibliografia
VI) Cronograma para 24 meses

SUGESTÃO BIBLIOGRÁFICA PARA ELABORAÇÃO DO PROJETO:


- BARROS, J. A. O projeto de pesquisa em História. Petrópolis: Vozes, 2005.
- LUNA, S. V. Planejamento de pesquisa. São Paulo: Educ, 2002.
- VIEIRA, Ma. P. A. et al. A pesquisa em História. São Paulo: Ática, 1991 (Série
Princípios).
15
UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESPÍRITO SANTO
PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM HISTÓRIA
Av. Fernando Ferrari, 514 Vitória – ES – CEP: 29.075-910
Campus de Goiabeiras Tel/Fax: +55 (27) 4009-7657
E-mail: ppghis.ufes@hotmail.com
http://www.ufes.br/ppghis

ANEXO V
CARTA DE ACEITE DO PROJETO
(PRIMEIRA OPÇÃO)

À Coordenação do PPGHIS/UFES
Assunto: Aceite de projeto

Sra. Coordenadora, eu, Prof (a) Dr (a) _________________________________________


_____________________________________________________, docente vinculado ao Programa de
Pós-Graduação em História Social das Relações Políticas da Universidade Federal do Espírito Santo,
declaro que o projeto de pesquisa intitulado
________________________________________________________________________
________________________________________________________________________
________________________________________________________________________
de autoria do candidato ____________________________________________________
é compatível com a minha área de especialização e interesse.
Sendo assim, firmo a presente declaração a fim de que o referido candidato possa efetuar sua inscrição
junto ao PPGHIS/UFES para o processo seletivo .

Atenciosamente,

Local, data e assinatura

Obs: a presente declaração pode ser apresentada como texto de e-mail


16
UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESPÍRITO SANTO
PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM HISTÓRIA
Av. Fernando Ferrari, 514 Vitória – ES – CEP: 29.075-910
Campus de Goiabeiras Tel/Fax: +55 (27) 4009-7657
E-mail: ppghis.ufes@hotmail.com
http://www.ufes.br/ppghis

ANEXO VI
CARTA DE ACEITE DO PROJETO
(SEGUNDA OPÇÃO)

À Coordenação do PPGHIS/UFES
Assunto: Aceite de projeto

Sra. Coordenadora, eu, Prof (a) Dr (a) _________________________________________


_____________________________________________________, docente vinculado ao Programa de
Pós-Graduação em História Social das Relações Políticas da Universidade Federal do Espírito Santo,
declaro que o projeto de pesquisa intitulado
________________________________________________________________________
________________________________________________________________________
________________________________________________________________________
de autoria do candidato ____________________________________________________
é compatível com a minha área de especialização e interesse.
Sendo assim, firmo a presente declaração a fim de que o referido candidato possa efetuar sua inscrição
junto ao PPGHIS/UFES para o processo seletivo .

Atenciosamente,

Local, data e assinatura

Obs: a presente declaração pode ser apresentada como texto de e-mail


17
UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESPÍRITO SANTO
PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM HISTÓRIA
Av. Fernando Ferrari, 514 Vitória – ES – CEP: 29.075-910
Campus de Goiabeiras Tel/Fax: +55 (27) 4009-7657
E-mail: ppghis.ufes@hotmail.com
http://www.ufes.br/ppghis

ANEXO VII

FORMULÁRIO DE AVALIAÇÃO DE PROJETO DE PESQUISA (TERCEIRA ETAPA)


PROCESSO SELETIVO 2011/1

NOME DO CANDIDATO ____________________________________________________


TÍTULO DO PROJETO
NOME DO AVALIADOR

CONSIDERANDO O PROJETO EM SEU CONJUNTO, O AVALIADOR:

A) ACEITA ORIENTAR O CANDIDATO: __________

NESSE CASO, O PROJETO DEVERÁ SER REAPRESENTADO COM REFORMULAÇÕES E O DE


ACORDO DO ORIENTADOR ATÉ O DIA 18 DE FEVEREIRO DE 2011? SIM _____ ou NÃO____

B) NÃO ACEITA ORIENTAR O CANDIDATO: __________

Justificativa para NÃO aceitar a orientação do candidato (é possível assinalar mais de uma opção)
A) O AVALIADOR NÃO POSSUI VAGA DE ORIENTAÇÃO DISPONÍVEL: ________
B) O PROJETO NÃO PERTENCE À ÁREA DE HISTÓRIA: ___________
C) O PROJETO NÃO SE COADUNA COM A ÁREA DE CONCENTRAÇÃO EM HISTÓRIA SOCIAL DAS
RELAÇÕES POLÍTICAS: _____________
D) O PROJETO NÃO SE COADUNA COM A ÁREA DE FORMAÇÃO DO AVALIADOR: __________
E) O PROJETO APRESENTA INCONSISTÊNCIAS TEÓRICAS: ___________
F) O PROJETO NÃO POSSUI BASE EMPÍRICA DEFINIDA: ______________
G) O PROJETO NÃO É EXEQÜÍVEL EM 24 MESES: ________________

Data: _____/_____/_____
Assinatura: _______________________________________________________________

Obs.: o anexo VII só será usado para os aprovados nas etapas 1 e 2.


18
UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESPÍRITO SANTO
PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM HISTÓRIA
Av. Fernando Ferrari, 514 Vitória – ES – CEP: 29.075-910
Campus de Goiabeiras Tel/Fax: +55 (27) 4009-7657
E-mail: ppghis.ufes@hotmail.com
http://www.ufes.br/ppghis

ANEXO VIII

ISENÇÃO DA TAXA DE INSCRIÇÃO DO PROCESSO SELETIVO 2011

A Universidade Federal do Espírito Santo, representada pelo Programa de Pós-Graduação em História


(área de concentração: História Social das Relações Políticas), em atendimento à Recomendação
GAB-LLO nº 51/2007, definiu as normas do Processo de Isenção do Pagamento da Taxa de Inscrição
do Processo Seletivo /1 para candidatos (as) que comprovarem insuficiência de recursos financeiros
para o pagamento da mesma, na forma abaixo:

1 – Do pedido de isenção
Os pedidos de isenção de taxa de inscrição deverão ser encaminhados à Banca Examinadora de
Seleção para o Curso de Mestrado, mediante requerimento entregue na Secretaria de Pós-Graduação
do PPGHIS/UFES, de acordo com modelo (anexo VII), no período de 06 a 29 de outubro de 2010, de
9:00h às 17:00h, juntamente com os documentos listados a seguir: a) declaração de imposto de renda
do candidato ou de seu responsável, caso seja dependente, referente ao ano base de 2009, ou
comprovante de isenção do Imposto de Renda; b) contracheque(s), declaração de salário, pensão
ou aposentadoria do candidato, se houver; c) comprovação de que concluiu ou concluirá o curso de
graduação em instituição pública de ensino ou em instituição privada na qualidade de bolsista (integral
ou parcial).
§ 1º. A divulgação do resultado do julgamento dos pedidos de isenção ocorrerá no dia 27 de outubro
de 2010, por meio de listagem afixada no quadro de avisos deste programa, sito no andar superior do
IC-III, a partir das 12:00h. Em caso de ser concedida a isenção, o responsável receberá no ato a ficha
de pré-inscrição a fim de cumprir os demais procedimentos previstos, que obedecerão aos prazos e
horários estabelecidos no presente edital.
§ 2º. Somente será concedida isenção integral aos candidatos cuja renda própria ou do responsável não
for superior a 1 (um) salário mínimo ou parcial (50%) aos candidatos cuja renda própria ou do
responsável não for superior a 3 (três) salários mínimos.
19
UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESPÍRITO SANTO
PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM HISTÓRIA
Av. Fernando Ferrari, 514 Vitória – ES – CEP: 29.075-910
Campus de Goiabeiras Tel/Fax: +55 (27) 4009-7657
E-mail: ppghis.ufes@hotmail.com
http://www.ufes.br/ppghis

ANEXO IX
SOLICITAÇÃO DE ISENÇÃO DE TAXA DE INSCRIÇÃO
(REQUERIMENTO DE ISENÇÃO)

Nome do candidato: _________________________________________________________________________

Endereço completo: (Rua/Av.-nº):______________________________________________________________


Bairro: _______________________________________ Cidade: _____________________________________
Telefone residencial ou profissional e celular: _____________________________________________________
CPF n.º: _________________________________________ CI n.º: ___________________________________
E-mail:____________________________________________________________________________________
Justifique seu pedido de isenção: _______________________________________________________________
______________________________________________________________________________________
______________________________________________________________________________________
______________________________________________________________________________________
______________________________________________________________________________________
______________________________________________________________________________________
______________________________________________________________________________________
______________________________________________________________________________________
______________________________________________________________________________________
______________________________________________________________________________________
______________________________________________________________________________________
______________________________________________________________________________________
______________________________________________________________________________________
______________________________________________________________________________________
______________________________________________________________________________________

DECLARO QUE AS INFORMAÇÕES ACIMA CONTIDAS SÃO VERÍDICAS, SENDO QUE, TENHO
CONSCIÊNCIA DO AGRAVO QUE POSSA ESTAR COMETENDO, CASO INFRINJA OS PRECEITOS
DO ARTIGO 299 DO CÓDIGO PENAL (FALSIDADE IDEOLÓGICA) TRANSCRITO ABAIXO:

ART. 299. OMITIR, EM DOCUMENTO PÚBLICO OU PARTICULAR, DECLARAÇÃO QUE DELE


DEVIA CONSTAR, OU NELE INSERIR OU FAZER INSERIR DECLARAÇÃO FALSA OU DIVERSA
DA QUE DEVIA SER ESCRITA, COM FIM DE PREJUDICAR DIREITO, CRIAR OBRIGAÇÃO OU
ALTERAR A VERDADE SOBRE FATO JURIDICAMENTE RELEVANTE.

__________, ____ de ____________ de ___________

______________________________________________________________

Assinatura do (a) candidato (a)