Você está na página 1de 46

PROJETO PEDAGÓGICO

Sala Amarela

“Vamos descobrir Profissões e


Serviços”

Educadora de Infância: Ana Rita Basílio

Auxiliares: Susana Parreira, Cristina Lopes e Dores Carvalho

Ano Letivo 2018-2019


PROJETO PEDAGÓGICO SALA AMARELA
2018

“A infância não é uma “adultícia” com limitações, é uma idade própria em que
se cresce, desenvolve, aprende, ensina, partilha, defende-se o Eu e vai-se
gerindo a pouco e pouco as características da condição humana.”

(Cordeiro, 2012: 24)


INFANTÁRIO DO LNEC
PROJETO PEDAGÓGICO SALA AMARELA
2018

Índice

1.Introdução ................................................................................................................................ 4
2.Perfil do Educador de Infância .............................................................................................. 5

2.1 . Como Pessoa.………………………………………………………………………………………………………………5

2.2. Como Profissional…………………………………………………………………………………………………………5

2.3. Junto da criança................................................................................................................ 6


3.Contexto Educativo ................................................................................................................. 6
3.1.Caraterização do Meio......................................................................................................... 6
3.2.População Alvo .................................................................................................................... 7
4.Fundamentação teórica do Projeto de Sala ........................................................................ 8
4.1. Objetivos Preparação e Planeamento do Projeto ............................................................. 13

4.2 Objetivos Gerais ……………………………………………………………………………………………………………13

4.3 Objetivos Especificos………………………………………………………………………………………………………14

4.4 Áreas Curriculares / Estratégias …………………………………………………………………………………… 14

4.4.1 Área Formação Pessoal e Social …………………………………………………………………………… 15

4.4.2 Área de Expressão e Comunicação …………………………………………………………………………16

4.4.3 Área do Conhecimento do Mundo………………………………………………………………………… 22

5. Projeto pedagógico: Sala Amarela ..................................................................................... 23


5.1.Equipa Pedagógica……………………………………………………………………………………………………… 23

5.2.Caraterização do grupo de crianças da sala amarela ....................................................... 24


5.2.1.Composição do grupo ................................................................................................ 25
5.2.2.Grupo de Crianças ...................................................................................................... 25
5.3.Dados a nível de dinâmica ................................................................................................ 26
6. Caraterísticas Gerais da Faixa Etária .................................................................................. 27
6.1.Caraterísticas Psicomotoras ............................................................................................. 27
6.2.Caraterísticas Cognitivas ................................................................................................... 28
6.3. Caraterísticas Afeto-Sociais ............................................................................................. 29
7.Quadro Desenvolvimento Das Crianças ............................................................................. 30

INFANTÁRIO DO LNEC
PROJETO PEDAGÓGICO SALA AMARELA
2018

7.1.Psicomotor......................................................................................................................... 30
7.2.Cognitivo ............................................................................................................................ 31
7.3.Linguístico .......................................................................................................................... 31
7.4.Afetivo e Social .................................................................................................................. 31
8. Organização do Ambiente Educativo ................................................................................ 32
8.1. A Sala Amarela - Cantinhos / Espaços ………………………………………………………………………… 33

8.2. Outros Espaços de apoio………………………………………………………………………………………………34

8.2.1.Espaços exteriores/ Recreio ...................................................................................... 34


8.2.2.Ginásio ....................................................................................................................... 34
8.3.Organização do tempo: rotinas ........................................................................................ 35
8.3.1. Quadro das Rotinas Diárias / Horários………………………………………………………………… 37

8.4. Atividades de Enriquecimento Curricular ........................................................................ 37


9. Organização da Equipa ........................................................................................................ 38
9.1. Quadro dos Horários da Educadora e das Auxiliares ………………………………………………… 38

9.1.1.Horário da Componente Não Letiva da Educadora ................................................. 39


10. Avaliação ............................................................................................................................... 39
11. Trabalho com a Família ......................................................................................................... 40
11.1.Dias Especiais que festejamos na sala amarela ............................................................... 40
12.Procedimentos a ter em conta .................................................................................. 42
Bibliografia .................................................................................................................................. 45

INFANTÁRIO DO LNEC
PROJETO PEDAGÓGICO SALA AMARELA
2018

1.Introdução

“… o educador é o construtor, o gestor do currículo no âmbito de projeto


educativo… deve construir esse currículo com a equipa pedagógica, escutando
os saberes das crianças e suas famílias, os desejos da comunidade…”

Teresa Vasconcelos

O Projeto Pedagógico deve espelhar a importância que o ato de refletir,

pesquisar e elaborar um plano de trabalho tem na educação dos mais novos.

Por norma, o projeto pedagógico deve surgir da iniciativa e curiosidade das

crianças. Contudo, e tendo em conta variantes como a faixa etária do grupo,

cabe ao educador estabelecer e delimitar as estratégias/atividades que irão

ao encontro dos interesses e necessidades do mesmo.

Para o desenvolvimento global da criança situada num contexto social, toda

a ação pedagógica deve exercer uma função estrutural e construtiva,

funcionando como produto e agente de transformação do meio.

É neste meio, do qual a criança faz parte, que ela terá de se encontrar e

descobrir a sua forma de expressão e realização.

Como Educadora da Sala Amarela pretendo dar pistas às crianças, para que

elas próprias utilizem os seus meios, os aperfeiçoem e os enriqueçam à

medida que vão assimilando aquilo que já sabem com as novas aquisições.

A minha intervenção deve ser sempre consciente e ter a finalidade de

apoiar, estruturar, estimular e/ou modificar uma situação, atitude ou ação

que vise a construção da própria criança.

INFANTÁRIO DO LNEC
PROJETO PEDAGÓGICO SALA AMARELA
2018

De salientar que este projeto é articulado com o Projeto Educativo do

Estabelecimento que tem como tema “Educar para os Valores” e como

subtema – “Vamos descobrir Profissões e Serviços”.

O Projeto Pedagógico encontra-se disponível para ser consultado por todos

os intervenientes, sendo que uma cópia será enviada por correio eletrónico

para todos os pais/encarregados de educação.

2. Perfil do Educador de Infância

2.1. Como pessoa, deverá revelar:

√ Capacidade de adaptação e de transformação (ser dinâmico, criativo,

disponível, crítico e autocritico).

√ Autoestima positiva (segurança, entusiasmo, sentido de humor e

autodomínio).

√ Coerência de vida (honestidade, autenticidade, bom senso,

responsabilidade e tenacidade).

√ Abertura e interesse pela problemática de infância.

2.2. Como profissional, deverá:

√ Gostar da sua profissão.

√. Conhecer o processo de desenvolvimento da criança nos aspetos bio-

psico-social.

√. Conhecer métodos e técnicas para o desafio do desenvolvimento global da

criança.

√. Usar uma linguagem oral e escrita adequada.

√. Recorrer à investigação como atitude de descoberta e renovação de

conhecimentos.

√. Ter capacidade de integração e interação na comunidade educativa.


INFANTÁRIO DO LNEC
PROJETO PEDAGÓGICO SALA AMARELA
2018

2.3. Junto da criança, deverá :

√. Transmitir segurança afetiva e estabelecer uma relação de confiança e

respeito mútuo.

√. Proporcionar espaço e material adequado às suas necessidades.

√. Estimular a criatividade na criança.

√. Incentivar a autonomia e responsabilidade.

√. Permitir que cada criança encontre as suas próprias soluções sem a

pressionar intelectualmente, respeitando a sua individualidade e o seu ritmo

próprio de desenvolvimento.

√. Orientar a criança no sentido de respeitar e compreender a necessidade

das regras e normas de conduta.

√. Estar atento no sentido de detetar dificuldades ou deficiências e

encaminhar o seu tratamento precoce.

√. Observar, registar, refletir, para que a sua conduta vá de encontro com

as necessidades de cada criança.

√. Estimular a criança, tendo em vista o seu desenvolvimento global.

3. Contexto Educativo

3.1. Caraterização do Meio

O Infantário do Laboratório de Engenharia Civil (LNEC) situa-se em Lisboa,

na freguesia de Alvalade.

O Infantário funciona dentro das instalações do LNEC, mas possui

instalações próprias para as Valências de Creche e Jardim de Infância. Está

inserido numa zona residencial onde a população ativa é constituída

maioritariamente pelo ramo do comércio e serviços.

INFANTÁRIO DO LNEC
PROJETO PEDAGÓGICO SALA AMARELA
2018

O Jardim de Infância existe há mais de 60 anos, a Creche há 37 anos e o

Berçário foi criado há 20 anos. Funciona com Valências de Creche (composta

por duas salas de Berçário e três salas de Creche) e de Jardim de Infância

(composta por duas salas) e tem capacidade para atender até 135 crianças

com as idades compreendidas entre os 4 meses até à idade de entrada no 1º

Ciclo.

Trabalham nesta Instituição 9 Educadoras (uma é coordenadora) e 14

Auxiliares de Ação Educativa, 3 Cozinheiras e 1 Funcionária Administrativa.

A Associação de Trabalhadores do LNEC criou uma Sala de Atividades

destinada aos filhos dos trabalhadores da Instituição com as idades

compreendidas entre os 6 e os 15 anos de idade.

3.2. População Alvo

O Infantário do LNEC tem como objetivo apoiar os pais no âmbito da ação

social. Contudo, nestes últimos anos, tem-se verificado um decréscimo na

população do Infantário, o que permitiu a admissão de netos de funcionários

nesta Instituição.

O Infantário constitui desde sempre uma mais-valia no apoio aos pais:

- Está inserido no seu local de trabalho.

- As mães que amamentam podem acompanhar, mais de perto, os seus filhos.

- No caso de uma doença ou mal estar da criança, os pais podem aceder

rapidamente ao posto médico.

- Os pais podem participar e integrar-se, mais facilmente, nas atividades e

ações promovidas pelo infantário.

O Infantário funciona de 2ª a 6ª feira das 08h30m às 18h30m.

INFANTÁRIO DO LNEC
PROJETO PEDAGÓGICO SALA AMARELA
2018

A frequência das crianças até perfazer um ano de idade será até às 18.00h.

4.Fundamentação teórica do Projeto de Sala

“O projeto do educador é um projeto educativo/pedagógico que diz respeito

ao grupo e contempla as opções e intenções educativas do educador e as

formas como prevê orientar as oportunidades de desenvolvimento e

aprendizagem de um grupo. Este projeto adapta-se às características de

cada grupo, enquadra as iniciativas das crianças, os seus projetos

individuais, de pequeno grupo ou de todo o grupo” (Ministério da Educação,

1997: p.44).

O Projeto não é nada mais que um conjunto de linhas onde consta toda a

ação educativa que se pretende ao longo do ano. O projeto de sala visa o

desenvolvimento e aprendizagem das crianças, integrando um conjunto

diversificado de atividades e a abordagem de diferentes áreas de conteúdo.

O projeto de sala diz respeito ao grupo de crianças e contempla as opções e

intenções educativas do educador e as formas como prevê orientar as

oportunidades de desenvolvimento do grupo. O projeto deve adaptar-se às

caraterísticas de cada grupo e ter em conta as iniciativas das crianças, os

seus projetos individuais de pequeno ou de todo o grupo. Os pais e outros

membros da comunidade devem participar no projeto de sala. Cabe ao

educador apelar a participação dos pais e de outros membros da comunidade

de forma a alargar a diversidade do projeto.

A intencionalidade deste projeto de sala deve ir ao encontro das

necessidades e interesses do grupo e de cada criança com a colaboração do

pessoal docente.

INFANTÁRIO DO LNEC
PROJETO PEDAGÓGICO SALA AMARELA
2018

O atual projeto de sala aplica-se às crianças de dois/três anos (Sala

Amarela), sendo um instrumento de trabalho utilizado pela equipa das salas

como orientador e impulsionador de uma prática de reflexão constante e

onde são mencionadas as intenções a desenvolver nos grupos em questão.

As crianças, desde muito cedo, apresentam grande interesse pela vida dos

adultos e, desse modo, as profissões aparecem com frequência nas suas

brincadeiras de faz de conta. É importante para a criança brincar, pois

enquanto brinca desenvolve a atenção, a memória, a autonomia, a capacidade

de resolver problemas, de se socializar, desperta a curiosidade e a

imaginação, de maneira prazerosa e como participante ativo do seu processo

de aprendizagem.

O faz de conta é uma atividade de grande complexidade, que desencadeia o

uso da imaginação criadora. Pelo faz de conta, a criança pode reviver

situações que lhe causem excitação, alegria, medo, tristeza, raiva e

ansiedade. Esta pode, neste brinquedo mágico, expressar e trabalhar as

fortes emoções, muitas vezes difíceis de suportar. E, a partir das suas

ações nas brincadeiras, explora as diferentes representações que tem

destas situações difíceis, podendo melhor compreendê-las ou reorganizá-

las.

Explorar o tema das Profissões, dentro do ambiente escolar, é muito

importante porque possibilita ampliar o conhecimento das crianças em

relação às diferentes profissões dos Pais e outros, favorecendo a

construção da identidade pessoal e familiar, construindo uma perspetiva de

projeto de vida.

Investigar este tema permite, não só, mostrar às crianças as diversas

profissões, como também desenvolver atitudes de respeito e cooperação


INFANTÁRIO DO LNEC
PROJETO PEDAGÓGICO SALA AMARELA
2018

com as pessoas nas suas diferentes funções, desenvolvendo o raciocínio

lógico, a expressão oral e corporal, a coordenação motora, a perceção

auditiva e visual da criança.

Ao efetuar este processo de controlo e conhecimento progressivo do nosso

corpo haverá que incluir, também, a aquisição de hábitos e atitudes

relacionadas com o seu bem-estar e segurança pessoal, a higiene, o

fortalecimento da saúde e outros.

Cada vez é mais importante incutirmos nas crianças os bons hábitos de

higiene, de saúde e nutrição. Estes hábitos não só contribuem para garantir

o cuidado com o próprio corpo e os seus aspetos envolventes como, também,

se tornam fundamentais no processo de autonomia da criança.

Para que a criança tenha consciência do seu corpo é importante que esta

perceba a sua importância e cuidados que devemos ter com ele. Os hábitos

desenvolvidos pelas crianças reforçam a sua autonomia.

Neste processo de autonomia, ao mesmo tempo que a criança conhece e

valoriza as suas possibilidades, deverá ser capaz de aceitar as suas

limitações e de respeitar os outros. Será então importante que a criança

aprenda a reconhecer situações perigosas e prevenir acidentes.

O uso das cores tem uma ligação direta no desenvolvimento da criança.

Estímulos decorrentes da presença de figuras coloridas contribuem para o

aprimoramento da capacidade motora e cognitiva, raciocínio, comunicação,

audição, entre outras funções.

Graças às brincadeiras infantis com lápis de cor, de cera e canetas de

feltro, as crianças têm as suas experiências/exposições à roda das cores e

INFANTÁRIO DO LNEC
PROJETO PEDAGÓGICO SALA AMARELA
2018

ao conceito de arte. Aprende a distinguir as diferentes cores, bem como

possíveis misturas entre cores primárias e secundárias.

A cor estimula a criatividade da criança, proporciona-nos informações sobre

como ela percebe as formas e o significado das coisas que a rodeiam e

permite-nos perceber o seu mundo anímico.

É nossa intenção estimular a criança na exploração e identificação de

propriedades geométricas de objetos e figuras. É importante que seja dada

à criança a oportunidade de explorar essas e outras situações de forma a

contribuir para a aprendizagem do conhecimento geométrico.

Trabalhar com os sentimentos, envolve a delicadeza e perceção por parte do

educador. A pessoa adulta é o espelho das crianças, que procuram imitar os

seus gestos. É preciso estarmos atentos para perceber os sentimentos de

cada criança, quando está triste, alegre, agitada ou ansiosa.

A linguagem dos sentimentos é essencial para o desenvolvimento de cada

criança, pois é através das ações que ela expressa os sentimentos, os seus

desejos, os seus anseios, as suas vontades, angústias e emoções. Os afetos,

sejam emoções ou sentimentos, também têm uma função importante na

aprendizagem.

Torna-se visível a necessidade de valorizar os aspetos emotivos e afetivos

no campo da educação.

Zanluchi (2005, pag.91) afirma que “a criança brinca daquilo que vive;

extrai a sua imaginação lúdica do seu dia-a-dia, portanto as crianças, tendo


a oportunidade de brincar, estarão mais preparadas emocionalmente para
controlar as suas atitudes e emoções dentro do contexto social, obtendo
assim melhores resultados gerais no desenrolar da sua vida”.

INFANTÁRIO DO LNEC
PROJETO PEDAGÓGICO SALA AMARELA
2018

Pensar nas emoções é pensar em nós próprios, é uma viagem intrínseca ao

pensamento que não se vê, ao pensamento que rebenta do mais profundo

modo de sentir, de ser e de agir.

4.1 Preparação e planeamento do Projeto

Para que este Projeto se possa colocar em prática é necessário estabelecer-

se objetivos bem delineados do que se pretende atingir.

Os Pais e os Educadores de Infância têm um papel muito significativo na

formação e desenvolvimento da autoestima na criança, através das suas

atitudes. As crianças a quem foram valorizados os primeiros passos, as

primeiras dificuldades ultrapassadas, são crianças com expetativas mais

positivas.

Não basta sabermos dos sucessos e das dificuldades das crianças, é preciso

manifestar a nossa alegria pelos sucessos. É necessário que a criança sinta

que é amada.

Cerca dos três anos começa o estádio do personalismo. Fase de

autoafirmação, de sobrevalorização do “eu” e, por vezes, da dificuldade em

se socializar.

A crise que inaugura este estádio é de uma oposição inteiramente negativa

onde a criança se contradiz e se confronta com as pessoas que a rodeiam,

sem outro motivo que não seja o de impor a sua autonomia e existência.

A criança torna-se ciumenta e quer ser o objeto exclusivo das atenções das

pessoas mais próximas.

INFANTÁRIO DO LNEC
PROJETO PEDAGÓGICO SALA AMARELA
2018

Partindo do princípio que a agressividade gera agressividade, o adulto em

situações de conflito deve ter uma atitude calma, firme, recorrendo ao

diálogo de forma a incutir nas crianças atitudes positivas.

4.2. Objetivos Gerais

Os objetivos gerais correspondem a um conjunto de competências, que ao

longo do ano, o educador procurará incutir nas crianças, tais como:

- Permitir alcançar uma imagem positiva de si mesma;

- Apoiar as ações das crianças, verbalizando e estimulando o diálogo,

respeitando os ritmos de cada uma;

- Adquirir a confiança e segurança básica na utilização do próprio corpo;

- Valorizar todas as formas de comunicação para que, gradualmente, a

criança vá compreendendo os outros e o mundo;

- Ajudar a criar crianças estruturadas e felizes;

- Adquirir normas básicas para o cuidado, higiene e segurança;

- Desenvolver a autonomia social;

- Incentivar a participação das famílias no processo educativo;

- Desenvolver o autoconhecimento, reconhecendo os seus sentimentos e as

suas emoções;

- Compreender rotinas e hábitos;

- Assimilar as regras da sala;

- Saber esperar pela sua vez;

- Saber ouvir;
INFANTÁRIO DO LNEC
PROJETO PEDAGÓGICO SALA AMARELA
2018

- Incentivar a criança a ser capaz de tomar decisões;

- Desenvolver o sentido da responsabilidade;

- Desenvolver e estimular a criatividade na criança;

- Proporcionar às crianças conhecerem a diversidade das profissões e

valorizá-las nos diferentes espaços e épocas, despertando o interesse por

uma melhor qualidade de vida, através da escolha consciente da profissão;

- Criar oportunidades para a brincadeira de faz-de-conta, desenvolvendo a

atenção, a memória, a autonomia, a capacidade de resolver problemas, de

socializar-se, de despertar a curiosidade e a imaginação, de maneira

prazerosa e como participante ativo do processo de aprendizagem.

4.3. Objetivos Específicos (do tema)

- Conhecer e identificar as profissões;

- Identificar as profissões e os seus profissionais;

- Consciencializar os alunos o respeito por todas as profissões.

4.4. Áreas Curriculares /Estratégias

Estes objetivos correspondem a um conjunto de metas que se pretende que

a criança alcance mediante a realização de atividades planeadas ao longo do

ano letivo.

As diferentes áreas de conteúdo são consideradas como referências a ter

em conta nas planificações e na avaliação de experiências e oportunidades

educativas. São elas:

- Área de Formação Pessoal e Social

- Área de Expressão/Comunicação que abrange quatro domínios:


INFANTÁRIO DO LNEC
PROJETO PEDAGÓGICO SALA AMARELA
2018

*Domínio da Educação Motora

*Domínio da Educação Artística (Expressões: plástica, musical e

dramática);

*Domínio da Linguagem e Abordagem à escrita;

*Domínio da Matemática;

- Área do Conhecimento do Mundo

4.4.1. Área de Formação Pessoal e Social

Objetivos:

- Proporcionar a adaptação das crianças às rotinas, ao espaço que as rodeia

e aos diferentes materiais;

-Integrar regras simples e compreendidas por todos;

- Tomar consciência de si própria e dos outros;

- Incutir o respeito pelo outro (escutá-lo e adotar atitudes de ajuda com os

outros);

- Adquirir o sentido e noção de grupo;

- Estimular a inserção no grupo;

- Desenvolver o gosto em participar ativamente no grupo;

- Favorecer e desenvolver a autonomia;

- Incentivar a autoconfiança;

- Promover o sentido de responsabilidade;

- Estimular a criança a expressar e compreender sentimentos e emoções;

INFANTÁRIO DO LNEC
PROJETO PEDAGÓGICO SALA AMARELA
2018

- Adquirir hábitos de higiene, saúde, alimentação e cuidados com o

vestuário;

- Expressar os seus gostos e preferências;

Estratégias:

- Escolher sozinha o que vai fazer;

- Persistir na tarefa até ao fim;

- Arrumar/limpar espontaneamente o material que utiliza na sala;

- Experimentar diversas formas de utilização dos materiais;

- Participar em conversas com o adulto;

- Controlar o seu comportamento quando zangada;

- Resolver sozinha os seus problemas e conflitos;

- Esperar a sua vez para falar e participar;

- Envolver as famílias nas atividades a desenvolver;

- Pedir para ir à casa de banho;

- Calçar os sapatos

4.4.2. Área da Expressão e Comunicação

Domínio da Educação Motora

Objetivos:

- Fortalecer o conhecimento do esquema corporal

- Desenvolver a coordenação motora

INFANTÁRIO DO LNEC
PROJETO PEDAGÓGICO SALA AMARELA
2018

- Desenvolver a motricidade global

- Desenvolver a motricidade fina

- Desenvolver a coordenação óculo-manual

- Desenvolver o equilíbrio e a flexibilidade

- Desenvolver a noção de lateralidade

- Saber movimentar-se de várias formas: correr, saltar, rebolar, rastejar e

gatinhar

Estratégias:

- Controlar posturas corporais de mobilidade e de imobilidade

- Jogos ritmados e de movimento dentro e fora da sala

- Jogos de equilíbrio

- Danças

- Bolas, jogos de encaixe e lego

- Manuseamento de matérias: plasticina

- Desenho e pintura

- Habituar-se a manusear o lápis

Domínio da Educação Artística

 Expressão Plástica

Objetivos:

- Desenvolver o controlo da motricidade fina

INFANTÁRIO DO LNEC
PROJETO PEDAGÓGICO SALA AMARELA
2018

- Desenvolver a imaginação e a criatividade

- Desenvolver e pintar livremente

- Explorar diversos materiais, texturas e técnicas

- Desenvolver o sentido estético e criativo

- Desenvolver sensações olfativas, visuais e táteis

- Representar a figura humana, com pelo menos três elementos

Estratégias:

- Desenhar com lápis de cor, marcadores e lápis de cera

- Pintura com dedos, mãos, pés, esponjas

- Rasgar e colar vários materiais

- Desenhar, pintar e modelar com várias técnicas e com materiais de

desperdício.

 Expressão Musical

Objetivos:

- Dar oportunidade às crianças de ouvir vários tipos de música

- Desenvolver o sentido auditivo

- Desenvolver o gosto de cantar e sentir a música

- Explorar e identificar sons

- Distinguir o ruído do silêncio

INFANTÁRIO DO LNEC
PROJETO PEDAGÓGICO SALA AMARELA
2018

- Memorizar e reproduzir canções simples

- Explorar a intensidade dos sons (mais alto, mais baixo9

- Produzir ritmos através do corpo

- Desenvolver a expressão gestual

Estratégias:

- Cantar canções conhecidas, aprender novas canções, lengalengas

- Acompanhar com movimentos corporais

- Repetir sons e ritmos

- Reconhecer sons ligados ao quotidiano

- Experimentar a voz como fonte sonora

Domínio da Linguagem e Abordagem à Escrita

Objetivos:

- Conseguir executar ordens simples

- Adquiri um vocabulário mais rico

- Desenvolver e aperfeiçoar a linguagem oral

- Dar oportunidade às crianças de poderem exprimir as suas ideias e

comunicarem uns com os outros

- Proporcionar às crianças momentos de diálogo a sós e com o adulto

- Desenvolver a atenção e as capacidades de ouvir, apreciar e compreender

o que lhes transmitem

INFANTÁRIO DO LNEC
PROJETO PEDAGÓGICO SALA AMARELA
2018

-Incentivar a criança na leitura e o gosto pelos livros

- Familiarizar-se com o código escrito

Estratégias:

- Conversas e diálogos: contar acontecimentos e situações do quotidiano

- Desenvolver a linguagem através de rimas, lengalengas, canções, histórias

e poesias

- Compreender os conceitos “manhã/tarde/noite”, dia e noite

- Saber transmitir recados

- Pronunciar corretamente as palavras que utiliza

- Saber a idade, o nome e o sexo quando lhe perguntam

- Saber dizer o nome das outras crianças

- Saber dizer o nome da família

- Fazer perguntas sobre pessoas e coisas

- Memorizar e reproduzir oralmente histórias

- Descrever e identificar imagens ou fotografias simples dos cabides, das

presenças, das capas

- Identificar e nomear objetos em função do seu uso

- Identificar as personagens de uma história

Domínio da Expressão da Matemática

Objetivos:

INFANTÁRIO DO LNEC
PROJETO PEDAGÓGICO SALA AMARELA
2018

- Identificar as propriedades dos objetos

- Ordenar e classificar objetos tendo em conta o tamanho, cor, forma e

espessura

- Comparar tamanhos e alturas entre objetos

- Adquirir conceitos: depressa/devagar, claro/escuro, em cima/em baixo,

dentro/fora, vazio/cheio, aberto/fechado, entre outros

- Adquirir a noção de número (e a contar sequencialmente até 10)

- Adquirir a noção de conjunto

- Adquirir a noção de pertença e não pertença

- Conseguir executar puzzles até 10 peças por tentativa e erro

- Nomear algumas figuras geométricas

- Identificar as cores primárias e secundárias

- Ajudar a criança a adquirir a noção de tempo através das rotinas diárias

Estratégias:

- Canções

- Lengalengas

- Utilizar diariamente materiais dando-lhe a oportunidade de resolver

problemas lógicos como cubos, legos, puzzles

- Leitura do quadro das presenças

- Leitura do quadro do tempo

- Atividades de culinária (pesar, medir, comparar)

INFANTÁRIO DO LNEC
PROJETO PEDAGÓGICO SALA AMARELA
2018

- Fazer correspondência com figuras

4.4.3 Área do Conhecimento do Mundo

Objetivos:

- Reconhecer as regras da sala

- Conhecer os Cinco Sentidos

- Reconhecer a sua identidade sexual

- Nomear e identificar diferentes partes do corpo

- Identificar familiares

- Desenvolver a capacidade de observar

- Levar a criança à descoberta do meio que a rodeia (dentro e fora do

infantário)

- Relatar aquilo que observou

- Levar a criança a identificar estados meteorológicos

- Levar a criança a cuidar e respeitar o ambiente

- Distinguir e caracterizar dia/noite

- Identificar e nomear as diferentes refeições

- Reconhecer e identificar alguns animais

- Identificar as principais caraterísticas das estações do ano

Estratégias:

- Conversar sobre diversos temas

INFANTÁRIO DO LNEC
PROJETO PEDAGÓGICO SALA AMARELA
2018

- Registos escritos

- Saber dizer a idade, sexo e perceber que está a crescer

- Reconhecer e nomear sentimentos e sensações

- Explorar através do tato o frio e o calor

- Identificar o vestuário caraterístico da época

- Conhecer alguns frutos da época

- Explorar as cores que mais se identificam com as Estações do Ano

- Culinária

- Elaboração de prendas

-Exploração plástica com as mãos (digitinta e pintura) e com os pés

- Jogos sensoriais

- Construção de placards alusivos ao dia da mãe/pai

- Passeios e recolhas de materiais

- Explorar sensorialmente os materiais da natureza (folhas, flores, relva)

- Histórias

- Semear feijões

- Canções

- Convívios com a família

5. Sala Amarela

5.1 Equipa Pedagógica


INFANTÁRIO DO LNEC
PROJETO PEDAGÓGICO SALA AMARELA
2018

A equipa de trabalho é constituída por uma Educadora de Infância e por

três Auxiliares de Ação Educativa.

Educadora de Infância: Ana Rita Basílio

Auxiliares: Susana Parreira, Cristina Lopes e Dores Carvalho

5.2 Caraterização do grupo de crianças

O grupo de alunos a caraterizar é composto por 14 crianças, sete meninos e

sete meninas. É um grupo heterogéneo no que diz respeito às idades, uma

vez que quatro das crianças perfizeram 2 anos até setembro de 2018 e as

restantes crianças começaram já a fazer três anos (outubro).

Algumas crianças transitaram da Sala Verde, tendo uma criança ingressado

pela primeira vez na instituição.

Todas as crianças estão bem-adaptadas à nova sala e à equipa de sala.

Atualmente, quatro crianças do grupo usam fraldas durante o dia e cinco

usam fraldas no momento da sesta. No entanto, por vezes, algumas crianças

têm alguns descuidos durante o dia e/ou sesta.

No que diz respeito ao momento das refeições, em geral, são crianças

autónomas. Neste aspeto, algumas delas ainda precisam de uma certa ajuda

para terminarem as refeições.

É um grupo assíduo e pontual.

Relativamente ao contexto familiar, de forma geral, são famílias pouco

numerosas. Das 14 crianças, sete têm irmãos.

Todas as crianças estão bem-adaptadas à nova sala e à equipa de sala.

INFANTÁRIO DO LNEC
PROJETO PEDAGÓGICO SALA AMARELA
2018

5.2.1 Composição do Grupo

Meninos Meninas NEE* Total

7 7 0 14

*NEE- Necessidades Educativas Especiais

5.2.2 Grupo de Crianças

Sala Lilás

Nomes Data de Nascimento

Beatriz Silva 01/10/2015

David Palma 23/10/2015

Francisco Coelho 05/11/2015

Maria Luísa Cambão 30/11/2015

Diogo Guedes 06/12/2015

João dos Santos 14/12/2015

Maria Pires de Lima 15/12/2015

Simão Martins 11/01/2016

Maria Francisca Ferreira 01/02/2016

Alice Coelho 02/02/2016

Joana Azevedo 24/02/2016

Henrique Reis 20/03/2016

Alice Sabala 06/09/2016

Rodrigo Alves 19/09/2016

INFANTÁRIO DO LNEC
PROJETO PEDAGÓGICO SALA AMARELA
2018

5.3 Dados a nível de dinâmica

Este grupo carateriza-se por ser um grupo onde é visível uma certa

heterogeneidade a nível cognitivo, na medida em temos crianças em vários

graus de desenvolvimento, necessidades, interesses e participações

diferentes.

Os aspetos relacionados com o nível de desenvolvimento das crianças (faixa

etária) são bastante visíveis ao nível das necessidades e interesses do

grupo, níveis de concentração e de atenção e do carinho que precisam, por

parte dos adultos.

Relativamente às suas caraterísticas, de um modo geral, é um grupo

interessado, participativo e bastante curioso. São crianças que gostam e

aderem a novas experiências e atividades. Interessam-se bastante por

trabalhos de mesa, querendo ser sempre os primeiros na sua realização e

adoram brincar ao faz de conta na área da casinha.

É um grupo que gosta de ajudar os adultos e de participar nas suas tarefas,

mostrando-se bastante prestáveis nesse sentido.

Mostram ser, em geral, crianças alegres, bem-dispostas, que se preocupam

com o amigo mas, por vezes, e como estão na fase do egocentrismo, ainda

existem algumas disputas de brinquedos ou objetos, necessitando assim da

intervenção do adulto como mediador na resolução do problema.

A nível físico-motor, as crianças encontram-se numa fase de

desenvolvimento adequada à faixa etária em que se encontram.

INFANTÁRIO DO LNEC
PROJETO PEDAGÓGICO SALA AMARELA
2018

6. Caraterísticas Gerais da Faixa Etária

A criança nesta fase é muito ativa e começa a perder a aparência de bebé.

Ao longo deste ano, a criança desenvolverá novas e emocionantes

capacidades e experimentará grandes mudanças intelectuais, psicomotoras,

sociais e emocionais que a vão ajudar a explorar e a entender o mundo que a

rodeia. A criança sentir-se-á desejosa de explorar novos objetos, lugares e

pessoas e vai mostrar uma maior independência.

A sua vida está organizada em torno daquilo que sente mas, ao mesmo

tempo, está a começar a construir o seu conhecimento do mundo a partir

das respostas que o meio lhe dá.

6.1 Caraterísticas Psicomotoras

O desenvolvimento psicomotor desenvolve-se ao longo do ano, graças à

prática incessante que a criança realiza de todas as potencialidades que

possui e de outras que irá adquirir. Será desta forma, com a prática, que a

criança chega ao conhecimento do seu corpo, das suas possibilidades e das

suas limitações.

A necessidade de experimentação psicomotora é intensa; inventa e

descobre novas formas de deslocação. Nesta idade, a criança já se desloca

agilmente e mais direita, com um bom equilíbrio, corre com confiança e

atreve-se a saltar de um degrau.

O aperfeiçoamento na coordenação de movimentos permite-lhe mudar de

direção ou de posição de uma forma rápida e segura. É capaz de se pôr de

pé estando de joelhos, sem ter necessidade de se apoiar; equilibra-se num

pé e põe-se em bico dos pés; é capaz de subir e descer escadas, embora

ainda necessite de apoio.


INFANTÁRIO DO LNEC
PROJETO PEDAGÓGICO SALA AMARELA
2018

As competências psicomotoras finas experimentam um grande avanço ao

longo deste ano. Utiliza o pulso, as mãos e os dedos para apanhar objetos

pequenos, enroscar, rodar, amassar, rasgar, abrir e fechar. Este processo

vai dar-lhe uma maior autonomia em atividades quotidianas como a utilização

dos talheres, vestir ou despir peças de vestuário e participar mais

ativamente na sua higiene.

Também se vão verificar progressos na utilização dos lápis, passando a

utilizar o polegar e o resto dos dedos, aumentando a precisão do traço. Fará

rabiscos no papel ainda sem intenção, apenas como consequência do prazer

do movimento.

6.2 Caraterísticas Cognitivas

A maior conquista nesta idade é o aparecimento da função simbólica, a

capacidade de levar a cabo representações mentais de objetos, pessoas,

ações ou lugares e que se manifesta através da linguagem, do jogo simbólico,

da imitação diferida e do desenho.

As principais caraterísticas desta idade, quanto ao desenvolvimento

cognitivo, são as seguintes:

- Concentração: a criança fixa a sua atenção num aspeto concreto.

- Egocentrismo: pensa que toda a gente pensa e sente como ela.

- Irreversibilidade: é incapaz de realizar uma ação nos dois sentidos.

- Sincretismo: a criança estabelece ligações entre objetos ou

acontecimentos, sem que haja qualquer tipo de associação ou lógica.

INFANTÁRIO DO LNEC
PROJETO PEDAGÓGICO SALA AMARELA
2018

A sua forma de aprendizagem estabelece-se na técnica de tentativa e erro,

ou seja, a criança experimentará várias possibilidades até encontrar a

adequada para conseguir o objetivo proposto.

A repetição contínua é fundamental para o seu desenvolvimento cognitivo e

para a aprendizagem de novas competências e atitudes, pois através dela a

criança entende os conceitos, procura por si mesma, novos meios para

resolver os problemas e estabelece relações causa efeito.

A linguagem compreensiva progride rapidamente. A criança compreende

melhor as perguntas que fazemos, respondendo primeiro com ações e mais

tarde através da linguagem.

A linguagem está ainda ligada às atividades que realiza, pois é frequente

ouvi-la falar incansavelmente enquanto brinca. Gosta de intervir nas

conversas dos outros, mostrando-se interessada em fazer-se entender.

É capaz de utilizar a linguagem de forma imaginativa, inventando histórias

ou contando as coisas mais significativas que aconteceram.

6.3 Caraterísticas Afeto-Sociais

Nesta idade a criança começa a manifestar emoções cada vez mais

complexas, sentindo-se orgulhosa das suas conquistas, mas também

mostrando vergonha, culpa, ciúmes, etc.

O negativismo junto com a teimosia, as birras e as lutas de poder são

comuns nesta faixa etária, demonstrando assim ao mundo que têm as suas

ideias próprias, que querem tomar as suas próprias decisões e é assim a

forma de afirmar o seu “Eu”.

INFANTÁRIO DO LNEC
PROJETO PEDAGÓGICO SALA AMARELA
2018

Apesar do desejo de independência e autoafirmação, a criança continua a

manifestar dependência em relação ao adulto, chama a sua atenção para lhe

mostrar as suas conquistas. Por vezes, as crianças de 2/3 anos não têm

ainda capacidade suficiente para identificar e classificar as suas emoções, o

que poderá fazer com que as crianças se sintam frustradas e impotentes.

Estas situações podem ser atenuadas se fizermos ver à criança que

entendemos aquilo que ela sente e que esta se expresse abertamente num

clima de aceitação, compreensão e carinho.

Por volta desta idade, o jogo ocupa um lugar muito importante. É através do

jogo que a criança interage com os seus pares, aumentando o tempo em que

partilha as suas brincadeiras com os outros. Esta brincadeira deverá ter

sempre a supervisão por parte do adulto, pois é normal surgirem situações

de conflito.

7. Quadros Desenvolvimento das Crianças

7.1 Psicomotor

24-30 Meses 30-36 Meses

-Sobe e desce escadas sozinha, - Anda e corre coordenadamente,


degrau a degrau e com apoio; - Anda de triciclo;
- Trepa aos móveis; - Imita e faz linhas verticais, horizontais
- Chuta e atira uma bola; e círculos;
- Põe-se em bicos dos pés; - Salta com os pés juntos;
- Nomeia partes do corpo; - É capaz de abrir portas rodando a
-Levanta objetos volumosos; maçaneta com a rotação do pulso;
- Faz traços verticais e horizontais - Tem bom controlo do polegar e do resto
por imitação; dos dedos;
- Faz rabiscos pelo prazer do - É capaz de empilhar, encaixar,
movimento; aparafusar;
- Alterna uma mão com a outra; - Rasga papel;
INFANTÁRIO DO LNEC
PROJETO PEDAGÓGICO SALA AMARELA
2018

- Passa as folhas de um livro uma a - Tem bom equilíbrio sobre diferentes


uma; superfícies.
- Caminha para trás.

7.2 Cognitivo

24-30 Meses 30-36 Meses

- Faz torres de 5 ou 6 cubos; - Começa a dar sentido representativo


- Identifica objetos conhecidos em aos seus desenhos, mesmo que sejam
fotografias ou desenhos; rabiscos;
- Distingue o grande e o pequeno; - Classifica objetos segundo a sua
- Utiliza objetos para representar forma e cor;
outros; - Conhece 2 a 4 cores;
- Aparece a função simbólica no jogo e - Junta objetos iguais;
no pensamento. - Se os experimentou, diferencia
conceitos básicos;
- Distingue formas básicas.

7.3 Linguístico

24-30 Meses 30-36 Meses

- A linguagem é mais clara e inteligível; - Faz descrições simples de imagens;


- Refere-se a si próprio pelo nome; - Vê sozinhas as imagens das histórias;
- Compreende formas verbais de duas - Pode aparecer o pronome na primeira
ações; pessoa «Eu»;
- Constrói frases de 2 ou 3 palavras - Compreende e utiliza frases
utilizando substantivo, adjetivo e algum negativas;
verbo; - Recorda sequências de histórias;
- Adequa as palavras à ação; -Conta juntamente com o grupo.
- Fala sozinho enquanto brinca;

7.4 Afetivo e Social

INFANTÁRIO DO LNEC
PROJETO PEDAGÓGICO SALA AMARELA
2018

24-30 Meses 30-36 Meses

- Usa a colher e o copo de forma mais - Diverte-se a imitar os outros;


ou menos correta; -Expressa os seus desejos e
- Lava e seca as mãos; sentimentos;
- Mostra a sua independência e diz - Sabe se é menino ou menina;
«não» com frequência; - Come sozinha sem dificuldade;
- Brinca ao lado de outras sem - Consegue vestir-se, embora a
interagir; capacidade seja limitada;
- Agarra os seus pertences e luta por - É rebelde e mandona;
eles; - Faz birras e opõe-se aos adultos com
- Não entende o significado de frequência;
partilhar; - É capaz de partilhar a sua
- Mostra preferência por certos brincadeira com os seus pares.
alimentos;
- Fica orgulhosa quando evacua na
sanita;
- Começa o controlo voluntário dos
esfíncteres.

8. Organização do Ambiente Educativo

“O modo como o espaço está organizado reflete as ideias, valores, atitudes e


património cultural de todos os que nele trabalham”

Lino, D. Modelos Curriculares para a Educação de Infância

A organização do ambiente educativo constitui um suporte de trabalho

curricular da Educadora.

O Infantário é um espaço privilegiado onde as crianças têm a possibilidade

de adquirirem novas experiências cognitivas, afetivas, sociais e emocionais.

INFANTÁRIO DO LNEC
PROJETO PEDAGÓGICO SALA AMARELA
2018

Isto só se tornará possível se o ambiente for calmo, seguro e esteja

organizado a nível de espaço, materiais e rotinas de um modo atrativo e

estimulante.

8.1 A Sala Amarela (Espaço)

A sala amarela é o espaço onde o grupo passa a maior parte do dia, como tal

está dividida em diversas áreas que proporcionam às crianças diferentes

atividades.

A sala poderá sofrer alterações que a Educadora ache necessário para a

evolução do grupo, mediante os projetos, os interesses das crianças e as

vivências da sala.

A sala tem um espaço amplo, uma das paredes da sala é quase na totalidade

janela, o que proporciona uma boa luminosidade. Esta janela está virada para

o exterior.

O pavimento da sala é de material impermeável, de lavagem fácil, não

escorregadia e não inflamável.

Em relação às tomadas elétricas, não se encontram ao alcance das crianças.

A sala está equipada com material qualitativo e quantitativo necessário à

estimulação do desenvolvimento das crianças de acordo com a sua fase

evolutiva.

A limpeza da sala é feita diariamente num horário em que as crianças já

não se encontram na sala, e ao longo do dia se necessário.

A sala amarela está organizada em áreas:

- A área do Tapete

INFANTÁRIO DO LNEC
PROJETO PEDAGÓGICO SALA AMARELA
2018

- A área da Casinha

- A área da Garagem

- A área dos Jogos

- A área da Biblioteca

As crianças são livres de se movimentarem à vontade pelas áreas da sala,

sendo autónomas na sua escolha proporcionando-lhes, assim, a possibilidade

de experimentarem e descobrirem os objetos existentes. Haverá, contudo,

preocupação por parte do adulto na distribuição das crianças por área para

não existir demasiada confusão e chamar a atenção na arrumação do

material nas áreas a que correspondem.

Durante o ano, estas áreas poderão ser alteradas, caso a Educadora note

que o grupo de crianças tenhas outras necessidades e/ou interesses.

A casa de banho é fora da sala e as loiças sanitárias são proporcionais ao

tamanho das crianças.

8.2 Outros Espaços de Apoio

8.2.1 Espaços Exteriores / Recreio

O espaço exterior tem equipamento adequado à faixa etária sendo este

composto por escorregas, carros, balancés, triciclos e uma casinha.

8.2.2 Ginásio

Espaço onde decorrem as atividades extracurriculares, as atividades de

movimento e atividades livres.

INFANTÁRIO DO LNEC
PROJETO PEDAGÓGICO SALA AMARELA
2018

8.3 Organização do Tempo: Rotinas

“Uma rotina é mais do que saber a hora a que a criança come, dorme,
toma banho e se vai deitar. É também saber como as coisas são feitas…
as experiências do dia- a- dia das crianças são as matérias-primas do
seu crescimento”

Judith Evans e Elle Ilfield (1982)

O tempo é gerido em função das rotinas diárias. São elas o grande pilar da

gestão e da organização do grupo e das suas vivências. As rotinas na nossa

sala são:

- Acolhimento (o momento da chegada à Creche)

É um momento muito importante e ao qual se dá muita importância.

É o momento de ouvir as informações e recados deixados no início da manhã,

saber o que se passou e dar indicações para o dia no que se refere à saúde,

alimentação e outros aspetos fundamentais da vida da criança.

O acolhimento deve ser feito pelos elementos da equipa pedagógica e haver

um clima de calma e estabilidade.

- Higiene

Na creche os momentos de higiene são uma constante durante o dia.

Aos momentos de muda de fralda, ir à sanita, despir, vestir, os profissionais

devem dar muita atenção, falando, brincando, estabelecendo assim relações

calorosas que complementam as relações.

INFANTÁRIO DO LNEC
PROJETO PEDAGÓGICO SALA AMARELA
2018

O lavar as mãos, a boca são situações que merecem extrema atenção, tendo

que ser feitos com calma, permitindo que as crianças cresçam e

autonomizem de uma forma equilibrada.

- Alimentação

A alimentação e os tempos de refeição acontecem na sala em dois

momentos:

- Ao almoço: sopa, prato de carne ou peixe, salada e fruta

- Ao Lanche: leite, iogurte, cereais, pão.

As refeições devem ser dadas de forma calma e tranquila. Devem ser

momentos agradáveis onde as conversas e as canções podem ajudar a evitar

situações de mau estar e insistência constante.

- Repouso

“A sesta proporciona o sono e o descanso necessário para o crescimento e


desenvolvimento das crianças.”

(Post, J.Hohmann, M.2002:241)

As crianças têm ritmos de descanso e sono diferentes umas das outras e,

portanto, é necessário respeitar o ritmo de cada uma. No entanto, é

importante as crianças fazerem uma sesta depois do almoço, embora cada

criança adormeça e acorde ao seu ritmo.

É importante criar um ambiente clamo que proporcione um sono tranquilo e

dar às crianças os objetos de transição de que necessitam para tornar o

sono mais calmo (chucha, fralda, boneco).

Cada criança tem um catre identificado com a sua fotografia e o seu nome.

INFANTÁRIO DO LNEC
PROJETO PEDAGÓGICO SALA AMARELA
2018

8.3.1Quadro das Rotinas Diárias / Horários

08h30 Acolhimento na sala (atividades livres)


Sentar em grande grupo para cantar a canção do bom dia,
09h30/10h45 marcação das presenças e desenvolvimento das atividades
orientadas para o grande grupo/ Atividades orientadas em
pequeno grupo e/ou atividades livres na sala
10h45/11h15 Recreio no telheiro/relva ou ginásio.
11h15/11h40 Rotinas de Higiene
11h40/12h00 Almoço
12h00 Rotinas de Higiene
12h30/15h00 Repouso
15h00 Rotinas de higiene
15h25/16h00 Lanche
16h00 Rotinas de Higiene
16h00/18h30 Atividades livres e/ou orientadas na sala/telheiro/ relva ou
ginásio.
18h30 Encerramento

8.4 Atividades de Enriquecimento Curricular

As atividades existentes no Infantário são a Ginástica, a Música e o Inglês.

Esta última é só para Jardim de Infância (a partir da Sala Encarnada).

A Música e a Ginástica começaram em outubro e terminam em junho. Não

serão lecionadas sempre que coincidam com um feriado nacional ou municipal

e são interrompidas na época de natal, carnaval e páscoa (durante as

semanas de férias do ensino público).

As atividades são desenvolvidas por um profissional qualificado e têm a

duração de 40 minutos. No final do ano será realizada uma “Aula Aberta” de

Música e Ginástica (mediante acordo prévio da instituição e dos respectivos

INFANTÁRIO DO LNEC
PROJETO PEDAGÓGICO SALA AMARELA
2018

professores) , em que os pais das crianças poderão assistir a uma atividade

conjunta dos professores de música e ginástica.

2ª Feira: Música: 09h30- 10h10

4ª Feira: Ginástica: 09h30- 10h10 *

*Todas as crianças têm de vir com equipamento: Calções/calças azuis

escuras, t-shirt branca, sweatshirt azul-turquesa e sapatilhas (as sapatilhas

calçam na escola). Se não vierem equipadas não poderão fazer a atividade.

9. Organização da Equipa

A equipa é constituída pelos seguintes elementos:

Coordenadora do Infantário: Ana Paula Rolão Preto

Educadora de Infância: Ana Rita Basílio

Auxiliares de Educação: Susana Parreira, Cristina Lopes e Dores Carvalho


(apoio)

Professora de Ginástica: Liliana Marques

Professor de Música: José Calhau

9.1 Quadro dos Horários da Educadora e Auxiliares

Nome 2ª feira 3ª feira 4ª feira 5ª feira 6ª feira

Ana Rita 08:30/12:30 08:30/12:30 08:30/12:30 08:30/12:30 08:30/12:30


Basílio 13:30/14:30 13:30/14:3 13:30/14:30 13:30/14:30 13:30/14:30
Susana 10:30/13:30 09:30/12:30 10:30/13:30 09:30/12:30 rotativo
Parreira 14:30/18:30 13:30/17:30 14:30/18:30 13:30/17:30

Cristina 09:30/12:30 10:30/13:30 09:30/12:30 10:30/13:30 rotativo


Lopes 13:30/17:30 14:30/18:30 13:30/17:30 14:30/18:30
Dores 09:30/12:30 09:30/12:30 rotativo 10:30/13:30 10:30/13:30
Carvalho 13:30/17:30 13:30/17:30 14:30/18:30 14:30/18:30

INFANTÁRIO DO LNEC
PROJETO PEDAGÓGICO SALA AMARELA
2018

9.1.1 Horário da Componente Não Letiva da Educadora

Das 13:30 às 15:30 e destina-se a:

- Elaboração do Projeto Curricular de Sala

- Aquisição e preparação de material

- Preparação das atividades para as crianças

- Realização de reuniões:

- da Equipa de Sala;

- de Educadoras;

- de Atendimento Individual de Pais;

- Geral de Pais.

10. Avaliação
A avaliação é contínua e engloba:

A Avaliação Inicial (junto dos pais, anteriores Educadoras e Auxiliares).

A Avaliação diária (fruto das trocas de informações/observações realizada

por todos os intervenientes da equipa).

A Avaliação está também presente na rotina da sala, através dos constantes

diálogos, entre os pais ou familiares das crianças.

A Avaliação Final que contempla os saberes de todos os intervenientes da

equipa e da qual resulta no final do ano letivo, um relatório final de

avaliação, elaborado pela Educadora.

A avaliação das crianças também passa pelo preenchimento de três fichas

de avaliação do desenvolvimento individual das crianças. Netas fichas faz-se

INFANTÁRIO DO LNEC
PROJETO PEDAGÓGICO SALA AMARELA
2018

uma apreciação global da criança, resultante de uma observação e avaliação

contínua e direta.

11.Trabalho com a Família

A família da criança deve estar estritamente relacionada com o processo de

aprendizagem da mesma, de forma que todos possam cooperar melhor no

desenvolvimento de competências.

Se os pais participarem e valorizarem o processo de aprendizagem, a

criança sentir-se-á estimulada para maiores desafios e melhores resultados.

É fundamental que os pais consultem os placards de registos diários das

atividades, avisos comuns e participem nas reuniões de pais.

Desta forma serão solicitados:

- Participação em atividades de sala;

- Solicitação de trabalhos com a colaboração dos pais em casa;

- Convívios em dias festivos, desfiles, etc.

- Reuniões individuais e gerais.

- Continuação na continuidade da aquisição de competências iniciadas no

infantário.

11.1 Dias Especiais que festejamos na Sala Amarela

- Aniversários das crianças

- 23 de setembro: Começo do Outono

- 1 de outubro: Dia Mundial da Música

- 4 de outubro: Dia Mundial do Animal

INFANTÁRIO DO LNEC
PROJETO PEDAGÓGICO SALA AMARELA
2018

- 16 de outubro: Dia Mundial da Alimentação e Dia Mundial do Pão

- 31 de Outubro: Halloween

- 11 de novembro: Dia de São Martinho

- 20 de novembro : Dia Nacional do Pijama

- 22 de dezembro: Início do Inverno

- 25 de dezembro: Natal

- 1 de janeiro: Dia Mundial da Paz/ Ano Novo

- 6 de janeiro: Dia de Reis

- 5 de março: Carnaval

- 14 de fevereiro: Dia dos Namorados/do Amigo

- 8 de março: Dia internacional da Mulher

- 19 de março: Dia do Pai

- 21 de março: Início da Primavera e Dia Mundial da Árvore

- 22 de março: Dia Mundial da água

- 2 de abril : Dia Internacional do Livro

- 21 de abril: Páscoa

- 5 de maio: Dia da Mãe

- 15 de maio: Dia Internacional da Família

- 1 de junho : Dia Mundial do Criança

- 8 de junho : Dia Mundial dos Oceanos

- 13 de junho: Dia de Santo António (Lisboa)


INFANTÁRIO DO LNEC
PROJETO PEDAGÓGICO SALA AMARELA
2018

- 21 de junho: Início do Verão

- 26 de julho: Dia dos Avós

12. Procedimentos a ter em conta


- A receção e entrega das crianças, saúde, higiene e medicamentos regem-

se pelas seguintes regras:

- As crianças só poderão ser entregues aos pais e/ou encarregados de

educação ou a terceiros devidamente autorizados;

- Se a guarda da criança estiver a cargo de um só progenitor, o contacto

com o outro só não é permitido face a apresentação de documento legal

comprovativo dessa proibição;

- As crianças devem ser entregues à educadora ou restante equipa que

diariamente se encarrega delas e os pais e/ou encarregados de educação

deverão estar disponíveis para uma troca de impressões diárias,

transmitindo os factos que podem ter reflexos no comportamento da

criança;

- A criança só deve permanecer no infantário enquanto estiver em perfeito

estado de saúde e de higiene;

- Após ausência por doença contagiosa, o regresso da criança ao infantário

fica condicionado à apresentação de uma declaração médica comprovativa

de que está em condições de voltar a frequentar o infantário;

- A administração de antibióticos depende de prescrição médica,

comprovada através da entrega da respetiva fotocópia;

INFANTÁRIO DO LNEC
PROJETO PEDAGÓGICO SALA AMARELA
2018

- O nome da criança, hora, forma e quantidade de administração do mesmo

deverão constar, de forma legível, na embalagem.

Vestuário

- Os objetos da criança devem vir marcados com o nome, para não se

trocarem com os das restantes crianças.

Alimentação

A alimentação será organizada da seguinte forma:

- À sua entrada, todos as crianças devem ter tomado o pequeno-almoço;

- Durante a permanência da criança na creche ser-lhe-á fornecido o almoço

e o lanche;

- Na impossibilidade da escola realizar a execução de qualquer dieta

prescrita esta fica sob a responsabilidade dos pais e/ou encarregados de

educação.

Higiene (objetos de higiene obrigatórios)

Todas as crianças que frequentam a creche deverão trazer:

- Duas mudas completas de roupa (Inverno/Verão) devidamente

identificadas;

- Uma chupeta (para as crianças que a usam);

- Fraldas (para as crianças que a usam);

- Toalhetes;

- Garrafa ou copo para a água.

INFANTÁRIO DO LNEC
PROJETO PEDAGÓGICO SALA AMARELA
2018

Responsabilidade

- O Infantário não se responsabiliza por quaisquer objetos pessoais que

venham de casa.

- Qualquer acidente em tempo e espaço escolar está coberto pelo seguro

escolar.

- Ocorrendo um acidente, o Infantário avisará de imediato os pais e/ou

encarregados de educação da criança e recorrerá à urgência hospitalar,

salvo se for outra a solução proposta pelos pais e/ou encarregados de

educação, caso em que a mesma será da sua inteira responsabilidade.

Autorizações

- As saídas de crianças do Infantário dependem de autorização dos pais

e/ou encarregados de educação, conferida de acordo com a ficha de

inscrição.

- Caso os pais e/ou encarregados de educação, não autorizem uma saída

específica, devem os mesmos avisar a educadora ou a restante equipa.

- A filmagem e/ou fotografias das crianças no decurso da sua frequência no

infantário, para fins de documentar o desenvolvimento pessoal, trabalho

pedagógico e realização de eventos, depende da autorização dos

pais/encarregados de educação.

INFANTÁRIO DO LNEC
PROJETO PEDAGÓGICO SALA AMARELA
2018

Bibliografia
BRAZELTON, T.B. (2007). “O grande livro da criança.”O desenvolvimento

emocional e do comportamento durante os primeiros anos,” Lisboa, Ed.

Presença.

DIEKMEYER, Ulrich (1998). “O Desenvolvimento da criança- 2 anos”,

Editorial Presença, Lisboa.

DIEKMEYER, Ulrich (1998). “O Desenvolvimento da criança- 3 anos”,

Editorial Presença, Lisboa.

Portugal, G. (1998) “Crianças, famílias e creches- uma abordagem ecológica

da adaptação do bebé à creche”, Col.CIDINE. Porto Editora.

Portugal, G. (1998). “Qualidade da creche e organização do espaço físico-

materiais e equipamentos, Cadernos de Educação de Infância”, nº48, APEI.

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO, “ Orientações Curriculares para a Educação

Pré- Escolar, Departamento da Educação Básica”. Núcleo fe Educação Pré-

Escolar.

FIGUEIREDO, M. (2004), “Um novo olhar sobre as Rotinas”, Colecção Mais.

AVÔ, António Brito (1997). “O Desenvolvimento da Criança”, 2ªEdição,

Lisboa, Texto Editora.

POST, J. & HOHMANN, M. (2007). “Educação de Bebés em Infantários,

Cuidados e Primeiras Aprendizagens. Lisboa: Fundação Calouste Gulbenkian.

INFANTÁRIO DO LNEC

Você também pode gostar