Você está na página 1de 22

AÇO INOXIDÁVEL OU AÇO INOX

STAINLESS STEEL
(AÇO SEM MANCHAS)

P f R
Prof. Roberto
b t Monteiro
M t i de
d Barros
B Filho
Filh

Prof. Roberto Monteiro de Barros Filho


Conceito

Aço inox é o termo empregado para


id tifi
identificar uma família
f íli de
d aços contendo
t d
no mínimo 10,5% de cromo. Este cromo
está presente homogênea na rede
cristalina do aço como elemento de liga.
Além do cromo,
cromo outros elementos como o
níquel, molibdênio, vanádio e tungstênio,
podem fazer parte da liga

Prof. Roberto Monteiro de Barros Filho


Comportamento

Ao entrar em contato com o oxigênio o


cromo presente na liga oxida-se formando
uma fina camada superficial chamada
Camada Passiva, que protege o aço conta
corrosão.

Prof. Roberto Monteiro de Barros Filho


Camada Passiva
É uma camada superficial de óxido de cromo,
cromo
finíssima, invisível a olho nu, muito aderente,
estável e não porosa.
p
Esta camada surge espontaneamente quando o
aço é exposto ao oxigênio e é capaz de se
autoregenerar quase instantaneamente caso seja
danificada.

Prof. Roberto Monteiro de Barros Filho


Oxidação X Corrosão

Corrosão metálica é a
transformação de um metal
Oxidação é a perda ou liga, pela sua interação
de elétrons de um química ou eletroquímica,
elemento pela sua num determinado
d t i d meio i de
d
combinação com o
X exposição. O processo
oxigênio. resulta na formação de
produtos de corrosão e na
liberação de energia.
Esta transformação resulta
em perda d ded massa do d
material.

Prof. Roberto Monteiro de Barros Filho


Aço Inoxidável X Aço Carbono

AÇO INOX X AÇO CARBONO

A oxidação do aço
carbono é porosa e
permite posteriores
A formação da Camada
penetrações de oxigênio
Passiva no Aço Inox e água.
impede a corrosão do
Desta forma a oxidação
mesmo.
continua crescendo,
produzindo a corrosão,
que é comumente
conhecida como
ferrugem.

Prof. Roberto Monteiro de Barros Filho


Aço Inoxidável oxida,
oxida corrói?
• A formação da Camada Passiva no Aço Inox inibe a corrosão do mesmo.
mesmo

• Mesmo a Camada Passiva tem limites e pode sofrer corrosão quando mal
especificada
ifi d ou sujeita
j it à ambientes
bi t extremos.
t
Pequenos pontos Chamados PITS (covas) aparentemente aleatórios de corrosão podem se
formar nos locais onde há precipitação (da ordem de 10 milionésimo do metro) de partículas
ricas em enxofre,
enxofre que absorvem o cromo deixando ao seu redor pontos com baixa
concentração de cromo e consequentemente, desprotegidos.

• Os Cloretos são os maiores inimigos do Aço Inox

• O Ácido Nítrico (HNO3) é o único ácido mineral que pode ser usado na
limpeza do aço inox. Entretanto, evite seu contato com outros metais,
especialmente os feitos a base de alumínio e cobre,

Prof. Roberto Monteiro de Barros Filho


Propriedade dos
Elementos de Liga
Cromo (Cr) Níquel (Ni)
• a resistência à corrosão dos • Muda a estrutura
aços inoxidáveis depende do cristalográfica da liga.
teor de cromo contido.
contido • Torna
T o aço maisi dutil.
d il
• quanto maior o cromo contido • Pequeno efeito na resistência
maior a resistência à à corrosão.
corrosão
corrosão. • Torna
T o aço não
ã magnético.
éti

Carbono (C) Titânio (Ti) e Nióbio (Nb)


• Com o cromo somente, torna • Evita a combinação do
o aço endurecível por carbono com o cromo
têmpera através de evitando perda de resistência
tratamento térmico.
térmico à corrosão
• Melhora a soldabilidade.

Prof. Roberto Monteiro de Barros Filho


Famílias de Aço Inox
Austeníticos : São ligas cromo Ferríticos : São ligas apenas Martensíticos : São ligas
(17 a 25%) e níquel (7 a de cromo. de cromo (12 a 18%),
20%). • eles são mais com um teor de
• ppodem ser endurecidos p por econômicos. carbono tipicamente
p
trabalho a frio (cerca de 4 • são soldáveis, com superior a 0,10%.
vezes). alguns cuidados • moderada resistência
• podem ser facilmente especiais. à corrosão.
soldados. • são facilmente • são endurecíveis por
• possuem alta ductilidade. conformados
f d (d(dobrados,
b d tratamento térmico,
• possuem elevada cortados, etc.). podendo alcançar
resistência à corrosão. • são adequados para níveis mais elevados
• são adequados para temperaturas de resistência
trabalho a elevadas moderadamente
d d t elevadas.
l d mecânica e dureza.
temperaturas (até 925° C). • sua resistência cresce • soldabilidade pobre.
• são adequados para ligeiramente por trabalho • são magnéticos.
trabalho a baixas a frio (cerca de 50%).
temperaturas (inclusive • têm
tê elevada
l d resistência
i tê i à
aplicações criogênicas - corrosão sob tensão. Família: 420
abaixo de 0°). • são magnéticos.
• não são magnéticos.
g
Família: 430; 409; 410S
Famílias: 301; 304; 304L; 316;
316L

Prof. Roberto Monteiro de Barros Filho


Características

• Aço inox é 100% reciclável


• As p propriedades
p mecânicas do aço ç inox são em média 20%
superiores às do aço carbono.
• Os cloretos são os principais agentes agressivos do aço inox.
• Alta resistência à corrosão
• Al resistência
Alta i ê i mecânicaâ i
• Grande capacidade de conformação
• Higiene e assepsia (facilidade de limpeza e manutenção).
• É um material
t i l inerte,
i t ter t facilidade
f ilid d ded limpeza
li e manutenção.
t ã

Prof. Roberto Monteiro de Barros Filho


Aço Inox Colorido
• Tecnologia brasileira , desenvolvido no
CETEC e produzido em Mateus Leme
pela InoxColor é mais barata do que
as tecnologias alemã e japonesa.
• O aço inoxidável colorido brasileiro é
produzido controlando-se a espessura
da camada passiva a partir e um banho
químico a q
q qual é submetida as chapas
p
• Quando danificado, recompõem sua
camada passiva imediatamente
protegendo-o da corrosão, porém a sua
coloração não é reconstituída.
reconstituída

• CORES: bronze, dourado, azul,


marrom,, p
púrpura,
p , verde e p
preto

Prof. Roberto Monteiro de Barros Filho


Aplicações
Chryler Building,
New York, USA.
Construído em 1930
foi a primeira grande
aplicação
li ã ddo iinox na
arquitetura.
Passou por apenas
duas Lavagens 1961 e
1995.

Prof. Roberto Monteiro de Barros Filho


Aplicações

Progresso – México
Fonte: Revista Nickel, nov. 2001

Prof. Roberto Monteiro de Barros Filho


Aplicações

150 East, 42nd Street


New York, USA.
Limpo pela primeira
ves após 30 anos da
construção.

Prof. Roberto Monteiro de Barros Filho


Aplicações

Cloud Gate do escultor Anish


Kapoor instalada no -
Millennium Park em Chicago
É a escultura de artista vivo
mais cara do mundo.
mundo Feita em
140t aço inox custou a bagatela
de US$ 23 milhões

Prof. Roberto Monteiro de Barros Filho


Aplicações

BP Bridge - Millennium Park


Chicago - Frank Gehry

Atomium – Bruxelas – 1958


Originalmente em alumínio, foi restaurado
em 2008 em aço inox.
9 esferas de Ø18m e 103m de altura
JP Paviment - Millennium Park representam a estrutura atômica do aço –
Chicago - Frank Gehry úbi de
cúbica d corpo centrado.
t d

Prof. Roberto Monteiro de Barros Filho


Aplicações

Experience Music Project – Seattle – USA


Frank Gehry
Narcissus Garden Inhotim – MG
500 esferas de aço inox flutuantes que se
movimenta com o vento - Iyayoi Kusama

Neue Zollhof – Dusseldorf


– Alemanha
F k Gehry
Frank G h

Prof. Roberto Monteiro de Barros Filho


Aplicações
Alta Vila
Nova Lima - MG
Torre revestida
com 50t de aço
inox.

Prof. Roberto Monteiro de Barros Filho


Aplicações

Estação Convention
Center Edifício da Vivo
Curitiba – Pr - 2000 São Paulo – SP
Arq. Edo Rocha

Bank Boston
São Paulo – SP - 2002

Edifício da Vivo
Barra da Tijuca
Rio de Janeiro – RJ – 2005
A Edo
Arq. Ed RRocha
h

Prof. Roberto Monteiro de Barros Filho


Aplicações

Parada
P d dde ô
ônibus
ib - São
Sã P Paulo
l – SP
Fonte: Revista Inox, março 2011.
Segurança e higiene
em penitenciárias

Total higiene em ambientes


públicos

Total assepsia Bancos, lixeiras


Bancos
em ambientes e bancas de jornal
hospitalares Praça Savassi
Belo Horizonte - MG

Prof. Roberto Monteiro de Barros Filho


Aplicações

Academia a beira da praia no Rio de Estação de Metrô Butantã - São Paulo – SP


Janeiro – RJ
Réguas em aço inox 444, espessura 0,80mm, na fachada .
Equipamentos em aço inox 304 polido
Fonte: Revista Inox, março 2011.
Fonte: Revista Inox, março 2011.

Prof. Roberto Monteiro de Barros Filho


Prof. Roberto Monteiro de Barros Filho