Você está na página 1de 104

NR10 – Sistema Elétrico de Potencia - SEP

Carga horaria: 40 horas


Inicio: 16/11/2020
Término:20/11/2020
Instrutor: (a) Andréa Batista
Objetivo

Preparar o profissional para atender às solicitações de serviços em sistemas de geração,


transmissão e distribuição de energia, intervenções em alta e baixa tensão, assim como para
trabalhos em sua proximidade, identificando riscos inerentes e medidas de controle cabíveis, de
forma a garantir a integridade das pessoas, das instalações e do meio ambiente.
Panorama de Mercado

O profissional com essa capacitação encontra mercado de trabalho em empresas de


telecomunicações e transmissão de dados, usinas de geração e redes de transmissão e
distribuição de energia.
Conteúdo Programático
Conteúdo Programático

Aspectos comportamentais.
Organização do Sistema Elétrico de Potencia – SEP.
Organização do trabalho:
Condições impeditivas para serviços.
Riscos típicos no SEP e sua prevenção:
Técnicas de análise de Risco no SEP
Procedimentos de trabalho – análise e discussão.
Técnicas de trabalho sob tensão:
Equipamentos e ferramentas de trabalho (escolha, uso, conservação, verificação, ensaios).
Sistemas de proteção coletiva.
Conteúdo Programático

Equipamentos de proteção individual.


Posturas e vestuários de trabalho.
Segurança com veículos e transporte de pessoas, materiais e equipamentos.
Sinalização e isolamento de áreas de trabalho.
Liberação de instalação para serviço e para operação e uso.
Treinamento em técnicas de remoção, atendimento, transporte de acidentados.
Acidentes típicos – Análise, discussão, medidas de proteção.
Responsabilidades.
Conformidade de Normas Técnicas

Os conteúdos deste curso estão em conformidade com as normas técnicas


oficiais vigentes, em especial as seguintes:

 ABNT 5410 - Instalações Elétricas De Baixa Tensão


 ABNT 5419 - Proteção Contra Descargas Atmosféricas
 NR 5 - Comissão Interna De Prevenção De Acidentes - CIPA
 NR 6 Equipamento De Proteção Individual – EPI
 NR 7 - Programa De Controle Médico De Saúde Ocupacional – PCMSO
 NR 10 - Segurança Em Instalações E Serviços Em Eletricidade
NR10 – Sistema Elétrico de Potencia - SEP

Última atualização da NR10

A atual NR10 sofreu sua última atualização em 2004, onde teve uma mudança significativa em relação à
norma de 1978 que tinha apenas 4 itens. Já a de 2004 passou a ter 14 itens e 99 subitens.
No entanto, desde 2019, o Governo Federal lançou um amplo processo de atualização de regras que
regulam o universo trabalhista brasileiro. Foram anunciadas a modernização das Normas
Regulamentadoras de Segurança e Saúde no Trabalho e a consolidação e simplificação de decretos
trabalhistas.
NR10 – Sistema Elétrico de Potencia - SEP

Revisão da NR10: o que muda e como isso afetará empresas e profissionais

Ainda não há uma data prevista para a divulgação das novas


normas, em função da pandemia da Covid-19 que afetou o processo
de revisão, mas o texto proposto, que visa uma adequação ao
gerenciamento de risco ocupacional, constituído pelo PGR
(Programa de Gerenciamento de Riscos), mostrou avanços, tanto
nos requisitos para instalações elétricas quanto nos relativos ao
sistema de gestão.
NR10 – Sistema Elétrico de Potencia - SEP

Revisão da NR10: o que muda e como isso afetará empresas e profissionais

Entre as principais alterações na nova proposta da NR10,


destaca-se a mudança na disposição dos itens da norma, as
indicações para o curso de reciclagem e as condições de
Grave e Iminente Risco (GIR). As empresas e profissionais
devem se atentar para a obrigatoriedade de medidas de
prevenção contra o risco de choque elétrico e arco elétrico.
NR10 – Sistema Elétrico de Potencia - SEP

Revisão da NR10: o que muda e como isso afetará empresas e profissionais

A proposta trouxe pontos mais específicos sobre o risco com arco


elétrico - principal índice de acidentes graves e fatais em intervenções
elétricas no segmento industrial - inserindo o conceito de LAS (Limite
de Aproximação Segura), definido obrigatoriamente através do cálculo
de energia incidente. Essa é uma das maiores lacunas da NR10, que
traz sempre confusão interpretativa”
NR10 – Sistema Elétrico de Potencia - SEP

Outros pontos de destaque da NR10

Além de enfatizar as medidas de controle coletivas para


choque elétrico e arco elétrico, vale ressaltar a
integração da NR10 com a NR1, apontou que deve ser
mais clara a regulamentação de SPDAs (Sistema de
Proteção Contra Descargas Atmosféricas) e que o
treinamento de reciclagem da NR10 deverá ser mais
específico ao tipo de função que o profissional vai
executar.
NR10 – Sistema Elétrico de Potencia - SEP

Outros pontos de destaque da NR10

Mesmo com essas novas alterações, ainda ficaram muitos pontos a serem discutidos, pois, normas
técnicas ou regulamentadoras sempre serão temas de debates e discussões. “Elas lidam com a
segurança do trabalho e prevenção de acidentes como um todo. Portanto, quando se fala de vidas
humanas, sempre será um eterno aprimoramento”,
NR10 – Sistema Elétrico de Potencia - SEP

Atualmente, existem 37 normas regulamentadoras que estão em vigor no Brasil. O Governo


manteve o conteúdo atual da NR10, mas com algumas alterações propostas, que estão ainda
sendo analisadas, e algumas obrigações
NR10 – Sistema Elétrico de Potencia - SEP

Aspectos comportamentais

Segurança pode ter base no comportamento humano através do acompanhamento e da identificação do


comportamento do indivíduo em suas atividades no ambiente de trabalho. Para trabalhos no SEP, esses
componentes se tornam ainda mais relevantes pois são conhecidos os elevados riscos de acidentes em
alta tensão, condições adversas de trabalhos em altura, ambientes confinados etc.
NR10 – Sistema Elétrico de Potencia - SEP

Aspectos comportamentais

O desafio de se estudar esses aspectos são para alcançar padrões de segurança melhorados através de
modos de agir mais seguros.
NR10 – Sistema Elétrico de Potencia - SEP

Falando serio!!!
NR10 – Sistema Elétrico de Potencia - SEP

Percepção

Define-se a percepção como sendo a interpretação que o indivíduo faz dos estímulos recebidos do meio
ambiente através dos sentidos de tato, audição, visão, paladar e olfato. Os estímulos também podem ser
internos, tais como a sensação de fome, sede, frio, as emoções, etc.
NR10 – Sistema Elétrico de Potencia - SEP
Aspectos comportamentais
Percepção
NR10 – Sistema Elétrico de Potencia - SEP
Aspectos comportamentais
Percepção
NR10 – Sistema Elétrico de Potencia - SEP
Aspectos comportamentais
Percepção
NR10 – Sistema Elétrico de Potencia - SEP
Aspectos comportamentais

Emoção - reduz ou impede o raciocínio. Por exemplo: uma pessoa com raiva pode agredir alguém
que nada teve a ver com a causa da raiva.

Preconceitos - são crenças culturalmente aprendidas que deforma e limitam a percepção

Cultura – tende-se a perceber e emitir juízo de valor de acordo com as crenças do ambiente social
no qual se adquiriu a cultura;
NR10 – Sistema Elétrico de Potencia - SEP
Aspectos comportamentais

Emoção - reduz ou impede o raciocínio. Por exemplo: uma pessoa com raiva pode agredir alguém
que nada teve a ver com a causa da raiva.

Preconceitos - são crenças culturalmente aprendidas que deforma e limitam a percepção

Cultura – tende-se a perceber e emitir juízo de valor de acordo com as crenças do ambiente social
no qual se adquiriu a cultura;
NR10 – Sistema Elétrico de Potencia - SEP
Aspectos comportamentais
NR10 – Sistema Elétrico de Potencia - SEP
Aspectos comportamentais

Atenção – percebe-se mais o que está no foco da atenção;

Interesse - o indivíduo focaliza o que é de seu interesse;

Defesa psíquica – tende-se a não perceber o que for considerado desagradável.


NR10 – Sistema Elétrico de Potencia - SEP
Aspectos comportamentais

Percepção do risco: esse tipo de percepção tem como base à experiência de cada um em relação
ao trabalho a ser desenvolvido e o conhecimento do conceito de risco e perigo, aliado a prática
preventiva de evitar acidentes.

Assim, quando a organização fornece os meios adequados, como por exemplo, capacitação do
empregado e o estímulo ao trabalho de equipe, ela está adotando uma característica preventiva na
busca do índice zero em acidentes.
NR10 – Sistema Elétrico de Potencia - SEP

Aspectos comportamentais

Em outras palavras, a atualização dos conhecimentos fortalece a


necessidade do ser humano de cuidar de si e dos outros com
responsabilidade e o trabalho em equipe representa um estímulo à
segurança da decisão que precisa ser tomada, assim como uma
oportunidade da equipe de discutir suas práticas diárias, ampliando a
percepção do empregado quanto aos assuntos ligados à segurança.
NR10 – Sistema Elétrico de Potencia - SEP
Aspectos comportamentais

O autocontrole, autodomínio, moderação, prudência são exemplos de atitudes equilibradas que


devem ser estimuladas individualmente e nas equipes de trabalho.

Limites do corpo humano – tendo um organismo físico dotado de múltiplas inteligências e de ciclos vitais
que compreendem várias faixas de idade, o ser humano nasce, vive e morre, assim como os demais seres
da natureza.
NR10 – Sistema Elétrico de Potencia - SEP

Como anda sua saúde emocional ?


NR10 – Sistema Elétrico de Potencia - SEP

Comunicação

A comunicação humana é um dos aspectos mais importantes na segurança no trabalho. Mensagens


mal formuladas ou mensagens não compreendidas corretamente podem ser fatores provocadores de
acidentes.

Comunicar significa colocar algo em comum


NR10 – Sistema Elétrico de Potencia - SEP

Comunicação

Comunicação refere-se às formas de transmitir e receber mensagens.


Comunicar é tornar-se comum com alguém. Isto ocorre quando um indivíduo transmite algo a
outro, diminuindo a diferença entre os dois. A base de cada pessoa e de toda a sociedade
humana está na capacidade de os indivíduos transmitirem aos outros, as suas ideias,
percepções, intenções, desejos e sentimentos.
NR10 – Sistema Elétrico de Potencia - SEP

Barreiras e Distorções

Uma comunicação nem sempre é realizada de forma clara, de maneira que um fale e o outro entenda
corretamente a mensagem. Quando isto acontece, dizemos que houve distorções ou barreiras na
comunicação. Essas dificuldades podem ser tanto da pessoa que emite a mensagem como daquele
que a recebe:
NR10 – Sistema Elétrico de Potencia - SEP

Saber Ouvir: na comunicação existem mensagens não manifestas, as quais precisamos ter
a sensibilidade de compreender. Saber ouvir implica um processo intelectual e emocional na
busca de significados contidos na mensagem. Nossa capacidade de ouvir, em geral ‚ pouco
desenvolvida.
NR10 – Sistema Elétrico de Potencia - SEP

Comunicação
NR10 – Sistema Elétrico de Potencia - SEP
Importante !!!

Quando uma pessoa ingressa em uma organização, já encontra uma cultura instituída através da definição
da visão, missão, objetivos, valores, políticas e programas, etc, com os quais precisará aprender a conviver,
observando os modos de produção e como as pessoas se organizam para realizar as atividades para
alcançar os objetivos empresariais.
NR10 – Sistema Elétrico de Potencia - SEP
Importante !!!

Cada organização estabelece os direitos e deveres do empregado, tais como: os limites de sua
atuação, o poder que lhe será concedido, como deve se comportar, a quem deve explicações, enfim,
construirá a ética da organização, conforme a sua natureza jurídica, finalidade e estrutura concebida.
NR10 – Sistema Elétrico de Potencia - SEP
Importante !!!

Poderão ser considerados desvios comportamentais a insatisfação permanente, agressividade,


leviandade, rebeldia, egoísmo e desconfiança.
Organização do Sistema Elétrico de Potencia – SEP NR10

O Sistema Elétrico de Potência é caracterizado pela alta voltagem de seus integrantes. De maneira
geral o sistema SEP abrange os componentes da parte de Geração, Transmissão e Distribuição de
Energia.
Organização do Sistema Elétrico de Potencia – SEP NR10

O Sistema de Geração de Energia engloba uma usina gerador a e a sua respectiva subestação
elevadora.

O Sistema de Transmissão de Energia é definido pelo transporte de energia entre a estação de


geração até os centros consumidores.

O Sistema de Distribuição é responsável pela distribuição e até a medição, inclusive, aos


consumidores industriais, comerciais, urbanos e rurais. A diferença está nos níveis de tensão em que
são atendidos esses consumidores, em função de sua demanda.
Organização de Trabalho - NR10

O superior imediato e a equipe responsável pela execução de um


serviço em circuitos energizados em A.T. devem, antes de se iniciar os
trabalhos, realizar uma avaliação prévia, estudar e planejar as
atividades e ações a serem desenvolvidas…”

E este tópico se especifica os métodos de organização e os


procedimentos de cada etapa de trabalho orientando a programação e
planejamento dos serviços. Neste âmbito aborda o trabalho em
equipe, a elaboração de prontuário e cadastro das instalações, os
métodos de trabalho e a comunicação.
Organização de Trabalho - NR10
Programação e planejamento dos serviços

Programar é definir etapas ou procedimentos ordenados para execução de serviços em determinado


período de tempo, utilizando o método adequado, os recursos mínimos necessários, tanto pessoais quanto
materiais, ferramentas e equipamentos, além de Equipamentos de Segurança, considerando as
interferências possíveis do meio ambiente com o trabalho.

Organizar o trabalho antes de executar qualquer


tarefa é de fundamental importância.
Organização de Trabalho - NR10
Organização de Trabalho - NR10
Organização de Trabalho - NR10

Organizar significa pensar antes de iniciar a tarefa.


Pensar em quê?

 Na maneira mais simples de fazer a tarefa, evitando complicações ou controles exagerados;


 No modo mais barato de fazer a tarefa;
 No meio menos cansativo para quem vai realizar a tarefa;
 Num procedimento que seja mais rápido;
 Em obter a melhor qualidade e o resultado mais confiável;
 Na maneira mais segura de fazer a tarefa; e,
 Numa forma de trabalho que não prejudique o meio ambiente, ou seja, que não
 cause poluição do ar, da água e do solo.
Organização de Trabalho - NR10

Programação e planejamento dos serviços

Os itens acima citados não podem ser pensados separadamente, todos devem ser pensados juntos
para que no final haja equilíbrio entre eles, de modo que um não prejudique o outro.

Além disso, é preciso pensar, também, na quantidade e qualidade das pessoas e dos materiais
necessários, na hora e no local em que eles devem estar disponíveis. Quando fazemos, com
antecedência, um estudo de todos os fatores que vão interferir no trabalho e reunimos o que é
necessário para a sua execução, estamos organizando o trabalho para alcançar bons resultados.
Organização de Trabalho - NR10

Programação e planejamento dos serviços

Planejar é pensar antes, durante e depois de agir. Envolve raciocínio e, portanto, pode-se entender
que o planejamento é um cálculo que precede e regula a ação. É um procedimento que articula a
situação imediata e o futuro, apoiado por teorias e métodos.
Organização de Trabalho - NR10

Programação e planejamento dos serviços

Quando planejamos, buscando alcançar objetivos e quando queremos fazê-lo de uma forma
participativa, compartilhando diferentes saberes e diferentes ações, necessariamente precisamos
trabalhar com um método de planejamento.
Organização de Trabalho - NR10

Programação e planejamento dos serviços

Planejar é definir onde se quer chegar. É mais importante do que administrar o tempo em termos
de metas e serviços, podendo utilizar um ou mais dos quatro modelos de planejamento listado
abaixo:

• Listas do que fazer (lembrete, check-list);

• Metas de atividades;

• Priorizar o importante em detrimento do urgente;

• Prioridades e Controles (Planejamento de Processo);


Organização de Trabalho - NR10

Programação e planejamento dos serviços

Dentre os fatores de acidente registrados no setor elétrico, podemos afirmar


que os acidentes do trabalho não têm como causa mais frequente o ato
inseguro do empregado, e sim as falhas de planejamento e supervisão,
incluídos os fatores organizacionais em primeiro plano.

http://mais.uol.com.br/view/don3tv8s5zcz/falha-na-
comunicao-causa-acidente-em-plataforma-040268DCB973C6
Organização de Trabalho - NR10

Programação e planejamento dos serviços


Condições Impeditivas de Serviços - NR 10

A NR 10 visando garantir uma maior proteção aos


trabalhadores que, direta ou indiretamente,
interajam em instalações elétricas e serviços com
eletricidade, estabeleceu diversos procedimentos a
serem seguidos durante a realização destas
atividades
Condições Impeditivas de Serviços - NR 10
Assim sendo iremos abordar neste estudo, cinco aspectos principais que contribuem significativamente para
garantir a segurança e a saúde dos trabalhadores, estes tópicos são:

As Principais Condições Impeditivas;

Instalações Elétricas Desenergizadas e Energezidas;

Trabalhos envolvendo Alta Tensão;

Proteção Contra Incêndio e Explosão; e

Sinalização de Segurança.
Condições Impeditivas de Serviços - NR 10

A NR-10 em vigor menciona condições impeditivas para


serviços nos seguintes itens:

10.6.3 – “Serviços em instalações energizadas, ou em


suas proximidades devem ser suspensos de
imediato na iminência de ocorrência que possa colocar os
trabalhadores em perigo”.
Condições Impeditivas de Serviços - NR 10

10.6.5 – “O responsável pela execução do


serviço deve suspender as atividades
quando verificar situação ou condição de
risco não prevista, cuja eliminação ou
neutralização imediata não seja
possível.”
Condições Impeditivas de Serviços - NR 10

10.14.1 – “Os trabalhadores devem interromper suas


tarefas exercendo o direito de recusa, sempre que
constatarem evidências de riscos graves e iminentes para
sua segurança e saúde ou a
de outras pessoas, comunicando imediatamente o fato a
seu superior hierárquico, que diligenciará as medidas
cabíveis.”
Condições Impeditivas de Serviços - NR 10
As Principais Condições Impeditivas.

A ausência ou a deficiência de qualquer uma das condições abaixo


impede o início ou prosseguimento de serviços realizados em
instalações elétricas do SEP. Vale ressaltar que estas condições são
as principais, pois na análise de risco do serviço, podemos constatar
outras situações que possam impedir a execução da atividade:

Falta de esquemas unifilares atualizados das instalações


elétricas dos seus estabelecimentos com as
especificações do sistema de aterramento e demais
equipamentos e dispositivos de proteção.
Condições Impeditivas de Serviços - NR 10
As Principais Condições Impeditivas.

As intervenções em instalações elétricas com tensão


igual ou superior a 50 Volts em corrente alternada ou
superior a 120 Volts em corrente contínua somente
podem ser realizadas por trabalhadores que atendam ao
que estabelece a NR-10.
Condições Impeditivas de Serviços - NR 10
As Principais Condições Impeditivas.

Os serviços em instalações elétricas energizadas


em AT, bem como aqueles executados no Sistema
Elétrico de Potência – SEP, não podem ser
realizados individualmente.
Condições Impeditivas de Serviços - NR 10
As Principais Condições Impeditivas.

Todo trabalho em instalações elétricas energizadas em


AT, bem como aquelas que interajam com o SEP,
somente pode ser realizado mediante ordem de serviço
específica para data e local, assinada por superior
responsável pela área.
Condições Impeditivas de Serviços - NR 10
As Principais Condições Impeditivas.

Todo trabalhador em instalações elétricas energizadas em AT, bem como


aqueles envolvidos em atividades no SEP devem dispor de equipamento
que permita a comunicação permanente com os demais membros da equipe
ou com o centro de operação durante a realização do serviço.

Falta ou deficiência de EPI´S e ou EPC´S.


Condições Impeditivas de Serviços - NR 10
As Principais Condições Impeditivas.
Condições Ambientais

 Condições climáticas, depende das características da atividade;

 Serviço em linha viva só poderá ser realizado durante o dia e


condição climática favorável;

 Nenhum serviço deve ser iniciado se a integridade física da


equipe não for garantida.
Condições Impeditivas de Serviços - NR 10
As Principais Condições Impeditivas.
Condições Pessoais

Antes do inicio das atividades todos os


envolvidos deverão fazer uma avaliação
das condições físicas e mentais da
equipe.
Condições Impeditivas de Serviços - NR 10
As Principais Condições Impeditivas.

Instalações Elétricas Desenergizadas e Energizadas.

Quando da realização de serviços em instalações elétricas desenergizadas, a NR 10 nos


informa que, somente será considerada desenergizada a instalação elétrica, se os
procedimentos apropriados forem obedecidos, conforme a seqüência abaixo.

a) seccionamento;
b) impedimento de reenergização;
c) constatação da ausência de tensão;
d) instalação de aterramento temporário com equipotencialização dos condutores dos
circuitos;
e) proteção dos elementos energizados existentes na zona controlada
f) instalação da sinalização de impedimento de reenergização.
Condições Impeditivas de Serviços - NR 10

Regras de Ouro – Grupo Neoenergia

Sinalizar

Abrir chaves com corte visível

Lembrar de colocar a placa “ Não opere este


equipamento”

Verificar ausência de tensão

Aterrar
Condições Impeditivas de Serviços - NR 10

Regras de Ouro – Grupo Neoenergia


Condições Impeditivas de Serviços - NR 10

Só depois de constatada que a instalação está realmente


desenergizada, é que devemos efetuar a liberação dos trabalhos.
Condições Impeditivas de Serviços - NR 10

Quando houver a necessidade de reenergização, deve haver


autorização, com os seguintes passos:

a) retirada das ferramentas, utensílios e equipamentos;


b) retirada da zona controlada de todos os trabalhadores não envolvidos
no processo de reenergização;
c) remoção do aterramento temporário, da equipotencialização e das
proteções adicionais;
d) remoção da sinalização de impedimento de reenergização; e
e) destravamento, se houver, e religação dos dispositivos de
seccionamento.
Condições Impeditivas de Serviços - NR 10

As medidas constantes nestes passos podem ser alteradas, substituídas, ampliadas ou


eliminadas, em função das peculiaridades de cada situação, por profissional legalmente
habilitado, autorizado e mediante justificativa técnica previamente formalizada, desde que seja
mantido o mesmo nível de segurança originalmente recomendado.
Condições Impeditivas de Serviços - NR 10

Trabalhos Envolvendo Alta Tensão (AT)

Na realização de serviços em que os trabalhadores que intervenham em instalações elétricas


energizadas com alta tensão, que exerçam suas atividades dentro dos limites estabelecidos
como zonas controladas e de risco, zonas estas que estão descritos no anexo I da NR 10.
Condições Impeditivas de Serviços - NR 10

Trabalhos Envolvendo Alta Tensão (AT)

Antes de iniciar trabalhos em circuitos energizados em AT, o superior imediato e a equipe, responsáveis
pela execução do serviço, devem realizar uma avaliação prévia, estudar e planejar as atividades e ações
a serem desenvolvidas de forma a atender os princípios técnicos básicos e as melhores técnicas de
segurança em eletricidade aplicáveis ao serviço.
Condições Impeditivas de Serviços - NR 10

Trabalhos Envolvendo Alta Tensão (AT)

Os trabalhadores que executam serviços em instalações elétricas energizadas em alta tensão, e


que exercem suas atividades dentro dos limites estabelecidos como zonas controladas e de risco
devem atender ao disposto no item 10.8 da NR-10, que trata dos conceitos de habilitação,
qualificação, capacitação e autorização. De acordo com o anexo 2 da NR-10, os conceitos de
zonas controlada e de risco são estabelecidos pelos seguintes critérios:
Condições Impeditivas de Serviços - NR 10

Trabalhos Envolvendo Alta Tensão (AT)


Condições Impeditivas de Serviços - NR 10

Trabalhos Envolvendo Alta Tensão (AT)


Condições Impeditivas de Serviços - NR 10

Trabalhos Envolvendo Alta Tensão (AT)

Tomando como exemplo a tensão de 13.800 volts, vemos que


essa faixa de tensão está entre 10 e 15 mil volts, sendo que a
distância entre o ponto elétrico e o início da zona controlada é
de 38 cm. Isto significa que em algum ponto desses 38 cm o
arco elétrico se forma, conforme indicam ensaios práticos com
transformadores. A seguir um diagrama representativo para
tensões entre 10 e 15 mil volts:
Condições Impeditivas de Serviços - NR 10
Condições Impeditivas de Serviços - NR 10

Trabalhos Envolvendo Alta Tensão (AT)

Os serviços em instalações elétricas energizadas em AT, bem como aqueles executados no


Sistema Elétrico de Potência – SEP, não podem ser realizados individualmente." - Item 10.7.3.
Condições Impeditivas de Serviços - NR 10

Trabalhos Envolvendo Alta Tensão (AT)

Certamente esse foi um dos pontos mais discutidos do item 10.7, pois até então as empresas
procuravam reduzir ao máximo o número de profissionais. A obrigação de sempre haver no mínimo
duas pessoas executando os serviços de manutenção teria como consequência o aumento do custo
com o pessoal.
Condições Impeditivas de Serviços - NR 10

Trabalhos Envolvendo Alta Tensão (AT)

10.7.4 Todo trabalho em instalações elétricas energizadas


em AT, bem como aquelas que interajam com o SEP,
somente pode ser realizado mediante ordem de serviço
específica para data e local, assinada por superior
responsável pela área.
Condições Impeditivas de Serviços - NR 10

Trabalhos Envolvendo Alta Tensão (AT)

Antes de realizar qualquer atividade dentro da área de risco elétrico ou em suas proximidades, é
necessário:

 Compreender a importância de trabalhar e utilizar todos os procedimentos de segurança;


 Saber como utilizar todos os procedimentos necessários para trabalhar com segurança;
 Conhecer a norma regulamentadora NR 10;
 Conhecer as atribuições que competem a todos os envolvidos em eletricidade;
Condições Impeditivas de Serviços - NR 10

Trabalhos Envolvendo Alta Tensão (AT)

 Conhecer os métodos que devem ser desenvolvidos na área elétrica;

 Saber de suas responsabilidades quanto pessoa envolvida na área elétrica.


Riscos Típicos no SEP e Sua Prevenção – NR10

A eletricidade é um agente de risco causador de


muitos acidentes, não só com danos.

As atividades exercidas em instalações elétricas


envolvem a exposição ao risco elétrico, causador de
muitos graves acidentes.
Riscos Típicos no SEP e Sua Prevenção – NR10

A perfeita identificação destes riscos, assim como o conhecimento de


procedimentos de segurança no trabalho, equipamentos de proteção
individual e coletiva, e principalmente o simples reconhecimento de que
os acidentes não acontecem apenas com os outros, diminuirá em muito
os índice de acidentes do trabalho em atividades elétricas
Riscos Típicos no SEP e Sua Prevenção – NR10

Isso nos conduz ao reconhecimento da necessidade de


um programa de intenso treinamento na área elétrica
associado a um treinamento de segurança do trabalho em
instalações elétricas.

Sabemos que muitos desses riscos podem ser


identificados por meio de uma simples observação, como
por exemplo o risco de quedas por trabalhos em altura,
ou por vazamento de material tóxico ou combustíveis, que
podem ser percebidos pelo olfato.
Riscos Típicos no SEP e Sua Prevenção – NR10

Mas em condutores, equipamentos ou dispositivos


energizados, os riscos só podem ser detectados
através de instrumentos específicos, e mesmo nessa
etapa, os riscos podem ser grandes, e já devem ser
controlados e tais operações deverão ser feitas por
pessoal treinado e que estejam com os equipamentos
de proteção adequados.
Riscos Típicos no SEP e Sua Prevenção – NR10

A eletrocussão representa 12% dos acidentes fatais, e é a terceira causa desses acidentes fatais.
Devido a esses fatos é necessário que trabalhos em eletricidade sejam executados com a utilização de
procedimentos específicos de segurança, aliados a um intenso programa de treinamento em
conformidade com uma assumida política de segurança do trabalho nas empresas.
Riscos Típicos no SEP e Sua Prevenção – NR10

a) proximidade e contatos com partes energizadas;

b) indução;

c) descargas atmosféricas;

d) estática;

e) campos elétricos e magnéticos;

f) comunicação e identificação;

g) trabalhos em altura, espaço confinado, máquinas e


equipamentos especiais;

h) Ruídos, pressão e animais peçonhentos


Riscos Típicos no SEP e Sua Prevenção – NR10

Proximidade e contato com partes energizadas


Proteção Contra o Risco de Contato:

Todas as partes das instalações elétricas devem ser projetadas e executadas de modo que
seja possível prevenir, por meios seguros, os perigos de choque elétrico e todos os outros
tipos de acidentes.

As partes de instalações elétricas a serem operadas, ajustadas ou examinadas, devem ser


dispostas de modo a permitir um espaço suficiente para trabalho seguro.
Riscos Típicos no SEP e Sua Prevenção – NR10

Proximidade e contato com partes energizadas


Proteção Contra o Risco de Contato:

As partes das instalações elétricas, não cobertas por material isolante, na impossibilidade de se
conservarem distâncias que evitem contatos causais, devem ser isoladas por obstáculos que
ofereçam, de forma segura, resistência a esforços mecânicos usuais.
Riscos Típicos no SEP e Sua Prevenção – NR10

Proximidade e contato com partes energizadas


Proteção Contra o Risco de Contato:

Toda instalação ou peça condutora que não faça parte dos circuitos elétricos, mas
que, eventualmente, possa ficar sob tensão, deve ser aterrada, desde que esteja
em local acessível a contatos.
Riscos Típicos no SEP e Sua Prevenção – NR10

Proteção Contra o Risco de Contato:

O aterramento das instalações elétricas deve ser executado adequadamente de acordo com o
item 10.2.8.3. As instalações elétricas, quando a natureza do risco exigir e sempre que
tecnicamente possível, devem ser providas de proteção complementar através de controle à
distância, manual e/ou automático.
Riscos Típicos no SEP e Sua Prevenção – NR10

Proximidade e contato com partes energizadas


Proteção Contra o Risco de Contato:

As instalações elétricas que estejam em contato direto ou indireto com a água e que
possam permitir fuga de corrente, devem ser projetadas e executadas, em especial
quanto à blindagem, isolamento e aterramento.
Riscos Típicos no SEP e Sua Prevenção – NR10
Riscos Típicos no SEP e Sua Prevenção – NR10

Respeitar as distâncias de segurança entre as tensões (Fase-fase e fase-terra), utilização


correta dos EPI’s e EPC’s (Ao contato, ao potencial e a distância).
Riscos Típicos no SEP e Sua Prevenção – NR10

Proximidade e contato com partes energizadas


Proteção Contra o Risco de Contato:

As vestimentas de trabalho devem ser adequadas às atividades, devendo contemplar a


condutibilidade, inflamabilidade e influências eletromagnéticas.
Riscos Típicos no SEP e Sua Prevenção – NR10

Proximidade e contato com partes energizadas


Proteção Contra o Risco de Contato:

É vedado o uso de adornos pessoais nos trabalhos com instalações elétricas ou em suas proximidades.
Riscos Típicos no SEP e Sua Prevenção – NR10

Proximidade e contato com partes energizadas


Proteção Contra o Risco de Contato:

Os trabalhos que exigem o ingresso na zona controlada devem ser realizados mediante procedimentos
específicos respeitando as distâncias previstas abaixo.

Zona de Risco: entorno de parte condutora energizada, não segregada, acessível inclusive
acidentalmente, de dimensões estabelecidas de acordo com o nível de tensão, cuja aproximação só é
permitida a profissionais autorizados e com a adoção de técnicas e instrumentos apropriados de trabalho.

Zona Controlada: entorno de parte condutora energizada, não segregada, acessível, de dimensões
estabelecidas de acordo com o nível de tensão
Riscos Típicos no SEP e Sua Prevenção – NR10
Indução (magnética, eletrostática e eletromagnética)

Um corpo carregado com certa carga elétrica, próximo a outro corpo, induz (provoca) aparecimento, nesse
outro corpo, de uma carga igual e de sinal contrário (positivo x negativo).

Os trabalhos com linha transversais e/ou paralelas, utilizar o sistema de aterramento tantos quantos
necessários.

Ao longo dos anos, várias teorias foram desenvolvidas para explicar o fenômeno dos raios. Atualmente tem-se
que a fricção entre as partículas de água e gelo que formam as nuvens, provocada pelos ventos ascendentes,
de forte intensidade, dão origem a uma grande quantidade de cargas elétricas.
Riscos Típicos no SEP e Sua Prevenção – NR10
Descargas Atmosfericas)

As descargas atmosféricas são um dos maiores causadores de acidentes em sistemas elétricos


causando prejuízos tanto materiais quanto para a segurança pessoal.

Com o crescente aumento dessas descargas, tornou-se necessário a avaliação do risco de


exposição a que estão submetidos os edifícios, sendo este um meio eficaz de verificar a
necessidade de instalação de pára-raios.

Portanto conclui-se a importância do conhecimento de


projetos para os sistemas de aterramento e pára-raios, de
maneira minuciosa ressaltando suas características
peculiares
Riscos Típicos no SEP e Sua Prevenção – NR10
Descargas Atmosfericas)

Descarga atmosférica transversal – Ocorre quando a tensão, rica em corrente, caminha pelo
condutor sem diferença de potencial entre as fases, ou fase e neutro, formando um único campo
elétrico. Tal caso é pouco frequente na rede elétrica, pois se o equipamento eletro-eletrônico
alimentado nesta rede não estiver aterrado, não será atrativo para a descarga atmosférica.
Riscos Típicos no SEP e Sua Prevenção – NR10
Descargas Atmosfericas)

Na rede telefônica e nas antenas, 90% das descargas


atmosféricas ocorrem de forma transversal, pois não há
diferença de potencial entre os seus polos, mas há o
atrativo no equipamento eletro-eletrônico acoplado à rede
elétrica, servindo como elemento condutor e
consequentemente danificado.

Você também pode gostar