Você está na página 1de 5

Um relatório de pesquisa exclusivo da UBM TechWeb


A situação da Tecnologia

Tendências em gerenciamento
remoto eficiente:

Análise do
Intel vPro ® ™

Adoção por Andrew Mazer

Lançado no final de 2006 para reduzir visitas técnicas


caras do departamento de TI até o local de trabalho
dos usuários, o vPro™ está começando a se tornar
conhecido nas empresas. A constante pressão para
economizar cada centavo do orçamento operacional
está levando as empresas que ainda não adotaram
o vPro™ a prestar mais atenção nos recursos de
segurança, gerenciamento remoto das tecnologias
e outras possibilidades de economia.

O
s líderes de TI e executivos de empresas estão adotando
a tecnologia Intel® vPro™ para reduzir as despesas
operacionais e permitir que os grupos de TI ofereçam
um suporte melhor para as necessidades dos negócios.
Esse foi o principal resultado de uma nova pesquisa realizada pela
TechWeb com 170 empresas e executivos de TI em organizações
com 500 ou mais funcionários.
A tecnologia vPro foi desenvolvida para ajudar os grupos de TI a
executar tarefas de rotina com mais eficiência e consiste em uma solução
de gerenciamento baseada em hardware para computadores desktop e
notebooks de nível empresarial. "Os custos operacionais atingiram um
índice quase absurdo de 80% dos gastos de TI. Gastamos muito tempo
Patrocinado pela
controlando incêndios e pouco tempo em atividades estratégias", afirma
Andi Mann, vice-presidente de pesquisa da Enterprise Management
Associates (EMA). "A capacidade de executar diagnósticos e remediações
remotamente nos levou a adotar o vPro".
A situação da tecnologia

Você compra PCs equipados com a tecnologia Intel vPro, atualmente?

11.5%
Praticamente todos os
10.9%
A maioria dos PCs que
PCs que compramos compramos apresentam Atualmente, quase metade dos entrevistados
apresentam a tecnologia a tecnologia vPro
vPro (mais de 90%) (de 50% a 90%) (45%) está adquirindo PCs com a tecnologia vPro.
Um quinto dos participantes afirmou que está usando
o vPro atualmente, com um adicional de 33% que
21.2%
Não sei afirma estar planejando ativar recursos do vPro. De
22.4%
Alguns PCs fato, a maioria das empresas que ainda não ativou
que compramos a tecnologia vPro afirma que planeja usar todos os
33.9% apresentam a
Poucos ou nenhum dos tecnologia vPro três conjuntos de recursos ao ativar a tecnologia:
computadores que compramos (de 10% a 50%)
apresentam a tecnologia gerenciamento remoto (94%), segurança remota
vPro (menos de 10%) (91%) e inventário remoto (87%).
Dados: pesquisa da TechWeb realizada com 165 profissionais de tecnologia de grandes empresas.
O desafio de gerenciar PCs
O gerenciamento de um grande número de PCs pode
ser uma tarefa demorada e dispendiosa, especialmente se muitos deles forem notebooks. Quando
um computador não está conectado à rede corporativa, é praticamente impossível inventariá-lo,
e muito menos aplicar patches e atualizações ou solucionar problemas.
As ferramentas de gerenciamento remoto baseado em software podem ajudar, mas quando
um PC está desligado ou seu sistema operacional não está operante, nada “remoto” acontecerá.
Com frequência, os grupos de TI precisam solicitar o envio de um técnico ao local; uma solução
cara que pesa no orçamento.
A Intel decidiu que, para permitir que os grupos de TI eliminem as visitas técnicas para corrigir
ou inventariar PCs, seria preciso desenvolver uma forma de gerenciar os PCs remotamente,
independentemente do lugar onde eles estejam, do estado do Sistema Operacional e de eles estarem
ligados ou não. Esse processo precisaria de uma nova abordagem. "Sabíamos que precisávamos de
um projeto baseado em hardware para obtermos o recurso de gerenciamento remoto necessário".
Então, criamos um “miniPC” que funciona de forma independente do SO (Sistema
Operacional), usando firmware com chipsets Intel vPro”, conta Rich Nockels, gerente
metodologia de marketing de clientes empresariais da Intel.
Como essa solução é baseada em hardware, a equipe de TI pode obter o inventário,
identificar e limitar ameaças à segurança, e solucionar problemas de software e SO
Em dezembro de 2009, a TechWeb
remotamente e em tempo hábil, além de diagnosticar problemas de hardware dentro
conduziu uma pesquisa com nosso
e fora do firewall corporativo. Os participantes da pesquisa demonstraram interesse
banco de dados de tomadores de de-
nos três conjuntos de recursos do vPro voltados para a redução de custos por meio
cisões tecnológicas sobre a adoção da
da automação do gerenciamento de PCs.
tecnologia vPro. A pesquisa foi reali-
zada on-line, e os entrevistados foram
recrutados por meio de um convite por Gerenciamento remoto
e-mail, que continha um link para a A maioria dos entrevistados (60%) que usava o vPro havia implantado seus recursos
pesquisa incorporado. Os resultados de gerenciamento remoto, como a solução e o reparo de problemas de PCs. A
da pesquisa reúnem dados de 165 maioria (87%) dos participantes que planeja ativar o vPro considera seus recursos
participantes envolvidos na compra de de gerenciamento remoto importantes para a organização. O forte interesse na
PCs e/ou notebooks em empresas com funcionalidade estendida de gerenciamento remoto do vPro não causa surpresa nos
500 ou mais funcionários, de todos os profissionais de TI que buscam eficiência.
setores, exceto as áreas de saúde, "Nos interessamos pelo vPro porque ele permite que os funcionários móveis
educação e governo. sejam gerenciados como se estivessem no escritório", afirma Michael Gamelin,
administrador de sistemas NT da Agilysys. "Com a tecnologia vPro, podemos ligar
um PC à noite, atualizá-lo ou instalar patches e, em seguida, desligá-lo, para que ele
esteja pronto para o uso, quando for ligado pelo usuário, no dia seguinte. Além de
isso ser uma grande vantagem, é uma tecnologia ecologicamente responsável, já que os PCs não
precisam ficar ligados durante a noite".

2 © 2010 UBM TECHWEB


A situação da tecnologia

Qual o nível de influência da tecnologia vPro na sua decisão de


compra de desktops/notebooks?
24.9%
Não tenho certeza/ 7.3%
Não sei o suficiente Extremamente importante — Um grande incentivo para os usuários adotarem o
sobre vPRo Compramos apenas PCs
com a tecnologia vPro gerenciamento remoto do vPro é a economia que ele
proporciona, por praticamente eliminar as visitas de
6.1% técnicos de TI. Com o uso do vPro, os grupos de TI
Não é importante —
Não precisamos usar podem inventariar PCs, aplicar patches de segurança,
a tecnologia vPro
24.9% atualizar firmwares e softwares e solucionar problemas
Um pouco importante —
Recomendamos PCs com remotamente, mesmo que o computador esteja desligado
37.0% vPro, mas consideramos
Não é muito importante — modelos sem essa
ou que o SO não esteja respondendo ou esteja inoperante.
Poderíamos usar alguns dos tecnologia Desde que o PC esteja conectado à Internet, ele pode ser
recursos do vPRo, mas não
pagaríamos mais por isso gerenciado como se estivesse na rede corporativa.
A Intel previu que os usuários implantariam a
Dados: pesquisa da TechWeb realizada com 165 profissionais de tecnologia de grandes empresas.
tecnologia vPro em etapas, ativando inicialmente
um ou dois de seus recursos. A pesquisa da TechWeb
confirmou essa suposição: cerca de 10% usava a maioria
dos conjuntos de recursos, outros 10% usava alguns recursos, e outra terça parte ainda estava
nas etapas de planejamento.
"Os clientes geralmente querem implantar o vPro de uma forma que haja um impacto
mensurável nos negócios", explica Nockels. "À medida que se familiarizam e obtêm valor com o
uso do vPro, eles continuam ativando recursos adicionais".

Lidando com desafios de segurança


A segurança remota foi outro recurso importante para os participantes. Dois terços das empresas
que usam o vPro estão instalando patches, filtrando vírus, verificando a presença de malware e
executando outras funções de segurança remotamente. Dos usuários que planejam ativar o vPro,
90% pretende usar seus recursos remotos de segurança.
Um fator importante para a segurança remota é a crescente força de trabalho móvel atual e seu
uso intenso de notebooks. Sempre foi um desafio para os administradores de TI garantir que os
notebooks cumpram as políticas corporativas
de segurança e que os patches mais recentes
Você ativou ou ligou a funcionalidade do vPro? sejam aplicados, já que, muitas vezes, os
notebooks nunca se encontram conectados à
Sim, ativamos o vPro e estamos usando todos 1.8%
rede corporativa.
ou praticamente todos os seus recursos A pesquisa mostra que muitos clientes
Sim, ativamos o vPro e estamos usando a maioria
de seus recursos
7.9% 9.7% do vPro estão implantando seus recursos em
Sim, ativamos o vPro e estamos usando alguns
de seus recursos
notebooks. 42% respondeu que a maioria
dos computadores adquiridos com o vPro são
Não, mas planejamos ativar o vPro
46.2% notebooks. As empresas podem usar o vPro
Não, e não planejamos usar a tecnologia vPro 33.3% 21.2%
para proteger dados valiosos em notebooks
e também para garantir que o notebook não
Não sei
26.1%
prejudique as redes corporativas.
Os grupos de TI precisam se certificar de
que os notebooks estejam em conformidade
com as políticas internas e não contenham
determinados softwares, como aplicativos
Dados: pesquisa da TechWeb realizada com 165 profissionais de tecnologia de grandes empresas.
ponto a ponto. Os PCs móveis também devem
estar em conformidade com regulamentações
como a HIPAA e a Sarbanes-Oxley. O vPro
mantém configurações e habilita a verificação de vírus e spyware automaticamente, com o uso
de agentes de gerenciamento que os usuários não podem desativar.
Quando um notebook faz logon na rede corporativa, a tecnologia vPro se certifica de que os
patches e as atualizações mais recentes estejam aplicados, e de que quaisquer aplicativos proibidos
sejam excluídos, antes de conceder o acesso total à rede. "Quando você está desconectado, os

3 © 2010 UBM TECHWEB


A situação da tecnologia

patches essenciais não podem ser instalados", explica Mann. "A capacidade de defender a rede e
garantir que a instalação de patches seja realizada automaticamente são grandes incentivos para
a adoção do vPro".
Como os funcionários móveis viajam com notebooks, a proteção dos dados valiosos que

A
eles carregam é uma grande preocupação para os administradores de TI. O vPro
inclui a Tecnologia antifurto da Intel, que permite que os administradores

virtualização usem acionamentos baseados em hardware, que são disparados


automaticamente (como quando há falha na tentativa de fazer logon

está estimulando o uso no servidor corporativo em um determinado intervalo de tempo ou


várias vezes), para identificar invasores que tentam obter acesso a

do vPro por permitir que dados criptografados ou ao SO. Em seguida, o PC destrói os dados
ou torna o disco rígido inacessível.

as empresas executem seus As organizações que implantam a tecnologia vPro podem tirar
proveito desses avançados recursos de segurança para garantir
aplicativos herdados que apenas a equipe de TI autorizada possa ter acesso remoto aos
desktops e notebooks, e que todas as comunicações com clientes

no Windows 7 de fora do firewall corporativo sejam seguras. A equipe de TI pode


identificar vírus, worms e outras ameaças em PCs remotos e neutralizá-
los com eficácia.

Inventário remoto
Os grupos de TI precisam estar informados sobre seus ativos, para poderem atualizar softwares/
firmwares e planejar atualizações das tecnologias. No entanto, realizar o inventário físico
de desktops e notebooks tende a ser uma tarefa cara e demorada. Muitas organizações estão
adotando o vPro devido à sua capacidade de inventariar os PCs automaticamente, mesmo que
estejam fora da rede corporativa ou desligados.
56% dos que ativaram o vPro afirmaram que o estavam usando para fazer o inventário
remoto. Dos entrevistados que planejam usar o vPro, 87% afirmam que pretendem ativar os
recursos de inventário remoto.

Outros estímulos para a adoção do vPro


A tecnologia vPro pode facilitar o trabalho das empresas que migram para o Windows 7 e precisam
executar aplicativos do XP. Como o vPro dá suporte para a virtualização da Intel, os PCs equipados
com vPro podem executar programas no modo XP, no Windows 7, sem modificações.
"A virtualização desperta o interesse pelo vPro, permitindo que as empresas executem seus
aplicativos herdados no Windows 7", explica Mann, da EMA. "Eu conheço uma empresa com
mais de 30 programas de missão crítica associados ao Internet Explorer 6. Em vez de precisar
executar uma migração lenta e cara para o IE8, [a empresa] pode executar [seus] aplicativos no
modo XP, usando o vPro. Isso poupa um trabalho enorme".

A maioria das empresas ativa o vPro por conta própria


Outro fator que tem estimulado a adoção do vPro é a facilidade com ele pode ser ativado. Mais
de dois terços de nossos entrevistados afirmaram que seu grupo interno de TI implementou a
tecnologia vPro, com 17% usando o OEM de PCs e 6% usando um VAR (Value Added Reseller)
de PCs. Mais de 90% desses entrevistados que usam o vPro informaram que a ativação foi tão ou
mais fácil do que esperavam.
A Intel desenvolveu a tecnologia vPro para ser simples de ativar por pequenas e médias
empresas, com um modo para pequenas e médias empresas, que oferece segurança na
autenticação e eficiência no handshake. As empresas maiores, com requisitos de segurança mais
complexos, geralmente contratam consultores de fora para integrar os recursos avançados do
vPro com consoles de gerenciamento.

4 © 2010 UBM TECHWEB


A situação da tecnologia

De fato, entre os participantes que ativaram o vPro, 22% são empresas com mais de 1.000
funcionários que usaram OEMs para implementar o vPro, em comparação com apenas 11%, que
possuem menos de 1.000 funcionários.
"Apesar de termos criado o vPro para ser fácil de ativar no modo para pequenas e médias
empresas, as grandes empresas que desejam implementar a segurança completa muitas vezes
designam seus OEMs, ISVs (fornecedores de software independentes) e profissionais de TI
terceirizados para implementar todo o pacote completo de recursos de segurança", conta Nockels,
da Intel. "A Intel trabalhou em conjunto com esses especialistas para desenvolver um modelo de
negócios de consultoria para a ativação do vPro".

O futuro do gerenciamento de PCs


Os administradores de TI sabem que a automação do gerenciamento de PCs pode reduzir as
visitas técnicas no local, melhorar a conformidade, realizar o inventário e acelerar a solução
de problemas. A tecnologia vPro supera o obstáculo mais difícil: o gerenciamento de sistemas
que estão desligados ou com o sistema operacional fora de funcionamento, com sua arquitetura
exclusiva baseada em hardware.
Os maiores obstáculos para a adoção do vPro são o custo e a inércia, diz Mann: "Estamos
saindo de uma grande crise econômica, e muitos grupos estão tentando estender a vida de seus
PCs". Ele destaca a atualização das ferramentas de gerenciamento e a alteração dos processos de
trabalho para os benefícios da tecnologia vPro, como a migração de um modelo de distribuição
de serviços local para um modelo remoto. "A alteração pode ser um impedimento", diz Mann.
Os administradores de TI precisam adotar novas tecnologias para gerenciar os custos e manter
as empresas competitivas. A tecnologia vPro pode reduzir o custo total de propriedade (TCO)
das tecnologias, eliminando inventários manuais, corrigindo problemas de sistema operacional
remotamente, e monitorando e configurando PCs sem visitas técnicas dispendiosas. A economia
no consumo de energia é outro benefício, já que os PCs não precisam mais ficar ligados nem
serem mantidos no modo de espera, para serem gerenciados.
A redução nos custos obtida pelas organizações de TI, com o uso de tecnologias como o vPro,
permitirá que eles se concentrem em projetos estratégicos que agreguem valor aos
negócios e causem impacto nos resultados da empresa, explica Mann: "Essa é uma
Sobre o autor importante preocupação dos CIOs com quem converso e um grande incentivo para
a automação".
Andrew Mazer já publicou numerosos
As empresas precisam avaliar constantemente a forma como gerenciam seus
artigos sobre o setor de alta tecnolo- desktops e notebooks, e buscar maneiras de oferecer melhores serviços
gia, há mais de 20 anos, abrangendo por custos menores. Se elas não tirarem proveito das soluções emergentes
computação em nuvem, TI ecologi- que ampliam os recursos e reduzem o TCO (Total Cost of Ownership),
camente responsável, otimização de
poderão ficar em desvantagem competitiva. De acordo com os resultados
data center, business intelligence e
outros tópicos que envolvem o uso
da pesquisa, a tecnologia vPro representa uma importante inovação para
da TI como estratégia para iniciativas os líderes do setor.
empresariais.

Serviços de marketing da UBM TechWeb:


Scott Vaughan: vice-presidente de marketing
Martha Schwartz: vice-presidente de mídia integrada
Pamala McGlinchey: vice-presidente de operações de marketing
Elliot Kass: vice-presidente de serviços de conteúdo
Gene Fedele: vice-presidente e diretor corporativo de criação
© 2010 TechWeb, uma divisão da United Business Media LLC. Todos os direitos reservados.

Intel, o logotipo Intel e Intel vPro são marcas comerciais da Intel Corporation nos Estados Unidos e em outros países.
5 © 2010 UBM TECHWEB *Outros nomes e marcas podem ser considerados propriedade de terceiros.

Você também pode gostar