Você está na página 1de 2

Campus Vitória da Conquista

Disciplina: BIOLOGIA GERAL


Profª Msc CLÁUDIA LILIAN

Alunos: LUCAS ALBERTO ROCHA OLIVEIRA LIMA Curso: Eletrônica


Série/Turma: 4° ANO

ESTUDO DIRIGIDO
NOMENCLATURA E FILOGENIA

1- Qual a problemática da não padronização dos nomes científicos?

RESPOSTA: Existem no mundo mais de 2 milhões de espécies de seres vivos, em que muitos deles ainda não tem
suas características conhecidas no meio científico. Pelo fato de o planeta não ter uma homogeneidade de língua, ficaria
difícil a comunicação entre os cientistas quando fosse necessário falar de algum determinado ser vivo. Por esse motivo,
Lineu criou a Taxonomia, um sistema de classificação dos seres vivos que utilizava uma língua única, o Latim, com
algumas regras para unificar o nome científico desses seres.

2- Descreva 3 regras de nomenclatura científica do sistema de Lineu:

RESPOSTA: O nome deve ser composto em duas palavras/ Escrito em Latim/ A primeira letra da primeira palavra
deve está em maiúsculo e as demais em minúsculo.

3- (UFPB) Em uma aula de Sistemática, a professora falou


acerca das principais categorias taxonômicas (reino, filo, classe,
ordem, família, gênero e espécie) e, para ilustrar sua aula,
apresentou a seguinte relação de organismos representantes da
rica biodiversidade da caatinga.
Com relação aos organismos citados, identifique as afirmativas
corretas:
1) Amazonetta brasiliensis e Schinopsis brasiliensis pertencem a
gêneros diferentes.
2) Opuntia inamoena e Opuntia palmadora pertencem ao mesmo
gênero.
4) Euphractus sexcinctus e Dasypus novemcinctus pertencem a
classes diferentes.
8) Schinopsis brasiliensis e Richardia brasiliensis pertencem ao
mesmo filo.
16) Callonychium brasiliense e Amazonetta brasiliensis pertencem
a filos diferentes.
Somatório:19
4- (UFPEL) Carl von Linné (1707-1778), denominado Lineu, em Português, através de sua obra
"Systema Naturae", propôs uma forma de denominar os seres vivos por intermédio do que chamou de
"unidade básica de classificação" ou ESPÉCIE. Como exemplo, a ave conhecida popularmente como
quero-quero é classificada, segundo o modelo de Lineu, como 'Vanellus chilensis'.

De acordo com esses conceitos, analise as afirmativas a seguir.

I. O nome específico de um organismo é sempre composto de duas palavras: a primeira designa o gênero
e a segunda, a espécie.
II. O nome específico do quero-quero é 'chilensis' e o nome genérico é 'Vanellus'.
III. O nome específico do quero-quero é binominal, e 'Vanellus' é seu epíteto específico.
IV. O nome específico do quero-quero é binominal, e Chilensis, assim escrito, é seu epíteto específico.
V. A espécie 'Vanellus chilensis' inclui o gênero seguido de seu epíteto específico: 'chilensis'.

Estão corretas apenas as afirmativas


a) II e III.
b) IV e V.
c) II e IV.
d) I e III.
e) II e V.

5- (UFRS) Considere os quatro táxons a seguir relacionados.


1. 'Bufo dorbignyi'
2. 'Lystrophis dorbignyi'
3. 'Didelphis albiventris'
4. 'Didelphis marsupialis'

Em relação a eles, é correto afirmar que


a) todos pertencem à mesma espécie.
b) há, entre os quatro táxons, apenas duas espécies diferentes.
c) os táxons 1 e 2 são de gêneros diferentes, mas da mesma espécie.
d) os táxons 3 e 4 são de espécies diferentes, mas do mesmo gênero.
e) os táxons 1 e 2 são da mesma subespécie.

6. (UNISA) Com base nas regras de nomenclatura, indique a alternativa incorreta:


a) Homo sapiens sapiens;
b) Trypanosoma Cruzi;
c) Rana esculenta marmorata;
d) Rhea americana americana;
e) Anopheles Nyssurhynchus darlingi.