Você está na página 1de 111

SABEDORIA DE Eosphoros Maior

Igreja de Lucifer

Por

Michael W. Ford, Jacob Não,


Jeremy Corvo & esperança Marie
SABEDORIA DE Eosphoros

Por Michael W. Ford, Jacob Não, Jeremy Corvo & esperança Marie

ISBN 978-1512153477 Primeira


Edição SPCS
Copyright © 2015 Michael W. Ford & Maior Igreja de Lucifer Conteúdo, exceto para onde autor de contribuição é
creditado é de autoria de Michael W. Ford. Materiais por Jacob Não, Jeremy Corvo & esperança Marie são de direitos autorais sob GCOL
(Grande Igreja de Lucifer), Sabedoria de Eosphoros e sob autores individuais.

Todos os direitos reservados. Nenhuma parte deste livro, em parte ou no todo, pode ser reproduzido, transmitido ou utilizado, em qualquer forma ou por
qualquer meio eletrônico ou mecânico, incluindo fotocópia, gravação ou por qualquer sistema de armazenamento e recuperação de informações, sem
permissão por escrito em escrito da editora, exceto para breves citações em artigos críticos, livros e comentários. Todas as imagens sem citações
explícitas de direitos autorais estão em domínio público.

Primeira edição 2015 Súcubo Productions

Em formação:
Box súcubo Productions PO
926344 Houston, TX 77292
EUA
Website: http://greaterchurchoflucifer.org/
Súcubo Livros: http://www.lulu.com/spotlight/succubusbooks

CONTEÚDO

Atacante ...................................................................... ... pg. 9 Introdução por Jacob Sem


................................................ .... pg 11

Part One: Filosofia Luciferiano Básico


Maior Igreja de Lucifer (GCOL) .................................. ... ..pg 18 GCOL Símbolo e significado
.......................................... ... ... pg. 21 Am I Luciferiano?
. . . .. . . . .. . . . .. . ... . .... . .... . .... . .... . .... . .... . .... . .... . .... . .... . .... . .... . .. pg 23 Luciferianismo & Nosso
Origens ............................................. ..pg. 27 Começando & Aplicando Luciferiano na Prática ........................ ..pg. 33 11 Pontos
Luciferianas do Poder ............................................. ..pg. 34 A Filosofia da SelfLiberation e Poder .................. ............ pg. 45 Quem
é Lúcifer?
. . . .. . . . .. . . . .. . ... . .... . .... . .... . .... . .... . .... . .... . .... . .... . .... . .... . .... . .... . pg. 46 Lapsit Exillis - A Pedra Caída De
Céu ........................ pg. 52 Islam eo Cristianismo ................................................... .... pg. 53 O conceito de luz e escuridão em
Luciferianismo ............ ..pg. 58 Quanto à Vida e Morte ................................................ .pg. 64 No que diz respeito as origens da
humanidade
.................................... .pg. 67 A ideologia luciferiana: O que Luciferianos acredita? ......................... pg. 70 Lucifer por Hope Marie
................................................... ..pg. 72 As diferenças entre Right Hand Path & Left Hand Path ... ..pg. 73

Part Two: True Will & Daemonic Simbolismo


Fogo e Sombra: Símbolos mítico e Atingir SelfIllumination pg. 79 Helenísticos Origens da pg daemon ........................................ 81
helenístico Régua Cult: Agathodaimon & Kakodaimon ............ pg. 82 Entendendo Panteões antigos antes do cristianismo ............
.pg. 85 O Daemon simbolizado no Art .......................................... .pg. 90 Apoteose - The Path of SelfIllumination ...........................
.pg. 96 Oração Luciferiano ............................................................ ... pg. 102 New Luciferiano Era - Fim do Mundo por Jeremy Corvo
......... .pg. 104 A GCOL Símbolo Lobo ................................................ .pg. 119 Equilibrium por Jacob Sem
................................................ .pg. 120 Agora, para começar: Acendendo a Black Flame .............................. pg. 134 Rex Mundi -
Rei do Mundo ....................................... ..pg. 135 Para obter mais informações ................................................... ... pg. 136 Sobre os
autores ......................................................... pg. 137
o Adversário

Que eu sou antiga entre as civilizações, elevando o Torch of Flame que inflama o barro e queimaduras
comum com a vida,
Meus nomes são muitos; cada comandante e esconder um tipo específico de força e energia, não
só dentro da natureza, mas também dentro de você! Samael, Ashtar- Quemos, Apollo-Helios, Athtar
o Rebel, Apollyon o rei do abismo, Oriens, Ea, Prometeu e não nos esqueçamos, Lúcifer. O homem
antigo me honrada como a conquista de Luz Bringer, mulher antiga honrado meus consortes em
suas várias Máscaras de Energia: Hecate Phosphorus, Artemis, Ashteroth, Astarte, Inanna, Ishtar e
muitos mais. Estou junto com a minha consorte manifesto na manhã e à noite Star, Eosphoros e
Vesperus!

Muitos têm me chamado de Diabo e Satanás,


Isso não me insultar porque eu sou o inimigo dos escravos religiões e
deathworshipping cultos de Jeová.
O Ethereal Trumpet é soado da morada escura do Tártaro, pois esta é sua chamada para
subir comigo!
Seja na máscara do diabo ou algum Terror Escuro, ainda dentro de você é a máscara da mais brilhante,
dourado-inflamado em tons sombrios: Anjo de Luz! Eu sou Lúcifer; Eu trago em muitas formas a Chama Negra.
Todavia, eu sou um símbolo para o equilíbrio entre a escuridão ea luz, tanto habitar dentro de você!

Eu sou o único Deus que é porque eu sou um símbolo de você! Porque eu não sou, seu Templo da Mente, corpo e
espírito está no trono ladeado-leão, divindade de seus próprios pensamentos e caminhos!

Olhe para mim para com o meu nome do Poder estou triunfante e tendo uma grande e terrível luz!

- Michael W. Ford
frente

Eosphoros, 'Εωσφορος' (pronúncia: eh-aw-s-for-aw s) é o nome grego para o Lucifer Latina,


'Dawn Bringer'; o planeta Vênus era conhecido por este nome, juntamente com Héspero
'Ἑσπερος', conhecido em latim como Vesperus, 'Evening Star'. O nome deste trabalho
introdutório da Igreja Maior de Lucifer apresenta a filosofia muito leve-trazendo de que esta
organização se baseia. Você vai ler muito sobre a filosofia da Luciferianismo, como você pode
aplicá-lo em sua vida e transformar-se durante o curso da vida que você possui agora. Este
deve ser o início de uma série de momentos de mudança de vida em que as faíscas de
consciência com breve inflamar o interior da tocha da Chama Negra. Você não é obrigado a
investir crença em um conceito de blind-fé;

O Caminho da Mão Esquerda é simplesmente, uma porta de entrada para decidir a grandeza da vida que você
deve experimentar na devida altura. Pensar, falar e agir como se tudo, até nos mínimos detalhes, tem um efeito
que irá aumentar ou diminuir a sua experiência. Não excesso de pensar isso; Eu sei que pode ser esmagadora em
primeiro lugar. Usar esta obra para fornecê-lo com um bom amigo que é encontrado na filosofia aqui contidas.

Luciferianismo é uma assimilação moderna de muitas crenças preChristian pagãos antigos e práticas, a partir
de uma interpretação Left Hand Path moderna. Eu sempre reconheceu a imagem de “o diabo” ou “Satanás”
como tendo traços positivos de auto-suficiência, o pensamento crítico, selfliberation da crença restritiva,
individualidade e uma compreensão da estratégia. Lúcifer, o deus brilhante de Vênus, não é diferente. Eu
nunca pretendeu negar a escuridão; a sombra é dentro de todos nós, sempre à espera de encontrar um meio
de expressão através de nossos pensamentos, palavras e ações. A escuridão não deve ser percebido como
“mal”, no entanto. O instinto primitivo que foi um presente do nosso “réptil cérebro” durante o longo processo
de evolução nos servido bem; que se tornou a espécie auto-consciente que tem tanto o potencial de nossa
grandeza ou a destruição completa.

O desejo humano de dominar e conquistar outros não deve ser negado; quando os comunistas
tentaram tirar o desejo para esta via socialismo, ele apenas encontrou expressão nas ações violentas
e repressivas dos líderes. Ao tentar
remover o individualismo eles tentaram de tudo sem entender um fato fundamental: somos únicos e têm
instintos inconscientes profundas que podem ser benéfico ou maléfico, dependendo de como nós
controlamos e orientá-los. Como filosofia, Luciferianismo vai mudar lentamente a forma como o cérebro
funciona e mudar, talvez, a estrutura física do mesmo. Luciferianos pode conscientemente evoluir e se tornar
pelos nossos pensamentos, palavras e ações nesta vida. Honramos nossas naturezas carnais, com
indulgência guiada por auto-controle; o caminho espiritual também está aberto para nós também. A imagem
do adversário, o motivador do universo, é muito mais um modelo ideal para possibilidade humana do que,
digamos, Jesus ou Buda. Luciferianos não quer escapar o mundo, queremos possuí-la e tudo o que podemos
influenciar.

Se você aplicar este trabalho com dedicação e reconhecer os resultados, sua vida vai mudar em maneiras que
você nunca poderia ter sonhado.

Michael W. Ford, 2015/04/29


Introdução

Por Jacob Sem

O Maior Igreja de Lúcifer é uma organização que foi iniciado para trazer as pessoas da escravidão mental. A
humanidade tem o potencial inacreditável, mas temos sido mantido em uma caixa. Estamos aqui para trazer
liberdade e poder de volta para o indivíduo. Estamos aqui para ajudá-lo a perceber que você é o deus ou
deusa do seu próprio mundo; que nada fora da auto dita seus movimentos ou os seus desejos. Somos uma
religião não-dogmática e uma filosofia mais profunda de si e do mundo em que vivemos. Ao contrário das
religiões dogmáticas, nenhum dos liderança irá dizer-lhe como viver sua vida. Nós encorajamos todos os
nossos membros a buscar as coisas por si mesmos e chegar a suas próprias respostas. Não há uma verdade,
nunca pode ser uma verdade, e nunca iremos dizer-lhe que há um. Não há bem ou mal, certo ou errado, ou
qualquer um caminho específico que é ideal para todos. Nós não somos dualistas, somos realistas. O que
funciona em uma situação é completamente diferente em outra situação. Todos nós temos diferentes pontos
de vista, nada mais válido do que qualquer outro. O nome Maior Igreja de Lucifer traduz livremente para uma
reunião de indivíduos de pensamento similar que procuram tornar-se como o portador da luz. Usamos
palavras para suas traduções literais. Nós não traduzir a palavra Lúcifer significa Satanás, ou qualquer
divindade em tudo; a mitologia e variantes entre manhã e à noite Estrela em diferentes culturas pode ser
confuso. Este trabalho irá apresentar os conceitos básicos e o significado de Lúcifer dentro da nossa
perspectiva única. O uso original da palavra Lúcifer era em referência a uma estrela que brilhava na parte da
manhã e antecipou a vinda dia. O nome traduz a “portador da luz, ”Ou‘Estrela da Manhã’e nós usá-lo neste
sentido como um arquétipo do self. Os membros da igreja são vistos como “portadores de luz”, no sentido de
que eles começaram seu caminho do despertar e quebrar os laços de escravidão mental. Aviso prévio, " portadores
da luz”em que cada um de nós possui a luz interior da inteligência, consciência e como evoluir e crescer no
poder, sabedoria. Como Lúcifer, Prometeu ou Azazel oferecemos o fogo da consciência para os outros,
sabendo muito bem nem todos irão realmente levá-la. Existem aquelas mentes bravos, doentes da religião
dogmática e a restrição de fé cega, que usará o nosso dom do fogo do conhecimento para acender a sua luz
ardente interior da consciência. Isto é o
própria base daquilo que o GCOL está fundada.

Traduzimos a palavra igreja significa uma reunião de pessoas de pensamento similar. Eu escolhi a palavra
“igreja”, porque aqueles que nos procuram muito provavelmente não serão os ocultistas bem estudado, mas
as pessoas que estão “em cima do muro” sobre religião. Nosso foco são as pessoas que estão indecisos ou
infeliz em sua religião e não sabem para onde se virar; aqueles que estão dispostos a ficar forte e ser
corajoso na aventura de sua própria selfevolution nesta vida.

A palavra igreja dá às pessoas uma sensação de familiaridade e uma plataforma confortável para pousar.
Quando eu comecei a mudar meu modo de pensamento, eu estava muito irritado. Eu descobri que eu estava
realmente sozinho no meu próprio mundo e eu tinha mentido para minha vida inteira. Quando você começa a
tornar-se desperto e ver as coisas como elas realmente são, ver a verdade por trás das realidades que foram
empurrados para por gerações, você pode ficar com raiva também. É um grande choque para o sistema
quando todas as novas informações corre em sua mente. Você nunca vai ver o mundo de forma mais clara e às
vezes é muito grande. Eu queria criar algo que é mais familiar, para que as pessoas têm uma transição mais
fácil, e não voltes à rebelião pura e ódio.

O Maior Igreja de Lucifer é uma entidade global que existe como uma alternativa ao escravo religiões. Queremos
liberdade e conhecimento para estar disponível a todos, e gostaríamos de ser livre. Estamos ajudando a inaugurar
uma nova era da humanidade. Nós vemos a humanidade agora tão fraco só porque ele está em uma forma de
escravidão mental vinculados por mestres que são tão ignorante como o resto do mundo apenas por poder e ganho
pessoal. Enquanto nós temos algum senso de liberdade, não somos realmente livres e não será verdadeiramente
livre até que possamos ter passado um dos últimos grandes obstáculos: a religião dogmática.

Temos de negar religiões dogmáticas, a fim de progredir como um todo. O GCOL foi formada de modo a ser
um catalisador no impulso para a próxima idade do homem. Queremos preparar o caminho para filhos de
nossos filhos para que eles possam viver uma vida de progressão, sem ser doutrinados para a escravidão da
mente. Queremos dar-lhes a liberdade para explorar a vida ao máximo, sem as armadilhas de medo e culpa.

religião dogmática está segurando o homem de volta, ensinando seus seguidores a ser cego e propagar ódio
contra os seguidores de outras religiões. Nenhuma dessas religiões trabalhar. Nenhum deles ver o quadro inteiro.
Quando você começa a olhar realmente para
religião dogmática, e relacioná-las historicamente, você começará a ver padrões e perceber que
nenhuma dessas religiões são verdadeiramente únicos. Você verá que cada uma dessas religiões são
uma variação de outra coisa, projetado pelo partido político dominante no momento para controlar o
seu povo. religiões dogmáticas confiar no fato de que o homem tem medo de sua própria mortalidade e
explorar essa descaradamente. Eles prometem que sabem, sem sombra de dúvida de que há uma vida
após a morte, ea única exigência para atingir esse bem-aventurança eterna é fazer exatamente o que
eles dizem e nunca questioná-los. Ninguém pode dizer com certeza que eles sabem o que vai
acontecer após a morte, e nós não pretendem. Perto da morte experiências variam e pode ser
parcialmente explicado pelo que acontece química e biologicamente para o corpo como ele está
morrendo. Há muito ainda temos de aprender,

Há uma razão pela qual ensinamentos ocultos foram escondidos e olhou para cima por tanto tempo. Se o mundo inteiro sabia

o que os ocultistas sabia, essas religiões escravos não existiria mais. Poder seria dado de volta para os indivíduos e líderes

religiosos perderia sua autoridade. Dogma não é mais necessário. Temos forças policiais, juízes e prisões para manter as

pessoas em ordem. Temos cientistas e laboratórios para enfrentar nossas perguntas sobre como o mundo funciona.

Ninguém deveria ter que colocar fé cega em qualquer coisa ou tenha medo de fazer perguntas. Fazer perguntas é a forma

como evoluímos, ea humanidade tem um grande potencial inexplorado. Lembro-me de ser doutrinados na religião Mórmon

como uma criança, e repetidamente sendo dito, “Você tem que fazer isso, e você não pode fazer isso.” Eu pensei comigo

mesmo: se eu poderia ser dada a oportunidade de explorar e encontrar essas coisas em meu próprio eu seria muito mais

forte nesta religião. Lembro-me de ser constantemente desligado, e disse para fazer o que me foi dito, e se eu não fiz eu era

menosprezada por meu pai e outros membros da família. Eu nunca tinha permissão para testar as coisas e encontrar minhas

próprias verdades. Esta é a principal diferença entre o GCOL e religião. Encorajamos as pessoas a questionar e aprender

verdades por si. Bottom line, tem de haver equilíbrio e nós, como povo deve ver que a luz ea escuridão são ambos chave na

vida. Um não pode existir sem o outro. Tudo é polar e Eu nunca tinha permissão para testar as coisas e encontrar minhas

próprias verdades. Esta é a principal diferença entre o GCOL e religião. Encorajamos as pessoas a questionar e aprender

verdades por si. Bottom line, tem de haver equilíbrio e nós, como povo deve ver que a luz ea escuridão são ambos chave na

vida. Um não pode existir sem o outro. Tudo é polar e Eu nunca tinha permissão para testar as coisas e encontrar minhas

próprias verdades. Esta é a principal diferença entre o GCOL e religião. Encorajamos as pessoas a questionar e aprender

verdades por si. Bottom line, tem de haver equilíbrio e nós, como povo deve ver que a luz ea escuridão são ambos chave na

vida. Um não pode existir sem o outro. Tudo é polar e não dual. Isto também significa que não há separação entre o divino eo

homem. Nós somos os mesmos. O homem pode chegar a esse ponto do divino através do estudo e compreensão do self.

Você é Deus. Não há nenhum deus fora de você. Quando dizemos “deus” não é no sentido de um ser todo-poderoso que cria

mundos. Dizemos isso no sentido de que só você tem o poder de ditar a sua vida e deve tomar razoabilidade total para ele.

Onde você está na vida é apenas porque você escolhe


para estar lá, e só você pode libertar-se e ou sair dos buracos em que está. É hora de acordar e tomar posse
de sua vida e ser responsável por ela. Você não pode culpar o chamado “mal” no mundo em um faz de conta
deus do mal quando é as escolhas da humanidade, que cria o caos, e nada mais. Para ser verdadeiramente
livre, devemos assumir a responsabilidade por todas as nossas ações e entender que nós, como seres
humanos pode evoluir mentalidade à vontade. Os únicos obstáculos que temos é auto. Você é seu pior
inimigo.

A humanidade tem sido mantido em escravidão por muito tempo. A idade das trevas são mais mas a
humanidade ainda está dormindo. É tempo dos antolhos para sair. É hora de abrir os olhos e ver a luz da
nova era. Você não está sozinho. A religião está morrendo. O atendimento minguante em igrejas e os gritos
mais altos dos fundamentalistas é prova disso. consciência coletiva da humanidade como um todo está se
deslocando para favorecer razão sobre a religião. Temos um longo caminho pela frente, mas as marés
estão girando e possibilidades que estão à nossa frente são a terra tremer. Dentro de cada indivíduo reside
tanto potencial inexplorado que o nosso possível evolução é alucinante. O dano causado pela religião é dito
e feito, mas podemos lançar as bases para um futuro melhor. Os erros de hoje não tem que ser repetido
amanhã. O Maior Igreja de Lúcifer está aqui para ser o catalisador para trazer o novo alvorecer da
humanidade, mas está dentro do indivíduo a ser a luz. Estamos aqui para dar o poder de volta ao seu titular
original: você.

Uma breve sobre a estrutura reunião GCOL

As reuniões são estruturados em um sistema roundrobin. Não há uma pessoa que está falando com a
congregação em cada reunião. Todo mundo é dada a oportunidade de falar. Normalmente temos dois
alto-falantes dar aulas ou palestras em uma reunião, e os alto-falantes são rodados de modo que cada membro é
um alto-falante em algum ponto. O tema é geralmente escolhida pelo alto-falante, e diz respeito a algo que eles
leram ou experiente e deseja compartilhar com o grupo. Queremos ouvir todos os pontos de vista e continuar a
aprender.

A coisa bonita sobre Luciferianismo é que há sempre espaço para melhorias, nada é absoluto. Tudo
pode mudar. A maneira que eu acho que agora pode ser diferente da maneira que eu acho que daqui a
cinco anos. Nosso ponto de vista e como nós crescemos é baseado na experiência. Uma pessoa não
pode ter tudo. Não importa o que o seu ponto de vista é. O que é importante é que você veio com ele em
seu próprio acordo, que não é algo que tem sido doutrinados para você. Todo mundo vai ter uma voz e
responsabilidade na igreja. Ninguém pode ser um
espectador passivo. Todos são encorajados a crescer e compartilhar o seu crescimento e ao fazê-lo, cada um de nós
ajudar uns aos outros evoluir muito mais longe do que poderíamos por nós mesmos.

Estamos em um curso importante para a falha e temos a intenção de detê-lo. Nós ensinamos nossos filhos
a ser forte, como se defender em face da adversidade, e como equilibrar suas vidas e executá-lo com
sucesso. Nós não ensinamos-lhes pensamentos Luciferianas até que pedir para ser ensinado. Esta é uma
grande diferença entre o GCOL e religião dogmática. religiões dogmáticas tentar seduzir a criança em uma
idade jovem e restringi-los. Nós dar à criança uma janela segura e aberta para o mundo real. Não há
melhor professor do que o próprio mundo.

Viva para estar vivo e se divertir ao máximo.


Acorde ser livre para hoje. Seja livre para si mesmo. Seja livre para o bem do nosso futuro.
PARTE UM
Luciferiano Filosofia e ideologia básica
Maior Igreja de Lucifer

O Maior Igreja de Lúcifer foi fundada para atualizar potencial individual via Filosofia Luciferiano;
reconhecimento de padrões, ganhando insight, aplicando o conhecimento para objetivos
autodeterminada. O GCOL não está interessado se você acredita em “Lucifer” ou não; espiritualidade
subjetiva é, por definição única para a percepção mental do indivíduo e inútil para aplicar aos outros. O
Luciferiano poderia me importar menos se alguém investe crença em seu paradigma pessoal.

O Maior Igreja de Lúcifer (GCOL) é um encontro coletivo de indivíduos que vivem e buscam a evoluir dentro
da filosofia e ideologia do Luciferianismo. Os 11 Pontos Luciferianas de poder fornecer uma base filosófica
em que nos aproximamos vida e focando nosso potencial de acordo com nossa vontade. Essencialmente,
Luciferianos reconhecer que somos responsáveis ​pela nossa própria vida e entender que não há governante
“divindade” de escolher nosso destino sozinhos. O destino, como um conceito, é apenas em resposta ao
nosso desejo inconsciente e consciente para o que queremos da vida. Isso pode ser diretamente afetado pelo
que acreditamos que nossas limitações, ou potencial é. A mente é a “fundação” para tudo o que pode (ou
não) conseguir na vida. É por isso que a filosofia de Luciferianismo começa em nosso inconsciente e se
estende para além da mente consciente.

Luciferianismo é uma via para o conhecimento e poder; mas não é um caminho fácil para o ambicioso. Luciferianismo
exige que você acredita em seu potencial, se esforçam para superar seus pontos fracos e melhorar seus pontos
fortes por parte da maneira como você percebe, os pensamentos que você colocar a sua energia em, as palavras
que você usa e as ações que você toma.

Este modo de vida é, naturalmente, exclusivo para o indivíduo e não é uma filosofia dogmática. Nós vivemos de
acordo com os preceitos testados pelo tempo que foram dadas a nós por muitas tradições de pensamento antes de
nós; diante de nós uma grande riqueza de conhecimento que se trazido em união, pode sombra diante ascensão
para as alturas do potencial.
Os Objetivos da Grande Igreja de Lucifer

O GCOL procura apresentar uma voz unificada em nossos esforços para criar uma mudança positiva no mundo
e para restabelecer a fé dentro de si. Não é preciso estar disposto a submeter-se a um poder superior inexistente
você não pode saber ou definir; a responsabilidade do Luciferian é fazer a sua parte para tornar o mundo um
lugar mais auto-responsável; rejeitando a slavementality de “Deus tem um plano” ou “é a vontade de Deus”.
Luciferianos são pensadores livres, buscando os segredos deste ao vivo e por conhecimento, reconhecendo os
padrões na mente para influenciar o mundo em que vivemos de acordo com nossa vontade. Rejeitamos
conceitos limitantes como “bem e mal” para o que é benéfico para nós e aqueles dentro de nossa comunidade.

Procuramos conhecimento proibido para atingir níveis de poder e discernimento para forjar nosso
império na terra. Nossos símbolos são, entre outros, a serpente, lobo e falcão, o portador da sabedoria
sussurrando no ouvido, o predador nobre e a ave de rapina que sobe à luz do sol.

O Maior Igreja de Lúcifer é uma reunião de pessoas de pensamento similar que rejeitam a fé cega e
superstição estreita. Buscamos continuamente para estender o controle sobre a nossa vida individual e viver
como um exemplo para a selfexcellence. Há um inner-espiritualidade autodeterminada que guia nosso caminho
em direção a uma base de sabedoria e poder.

O primeiro gol do Luciferian é descobrir que ninguém tem controle sobre o destino de outro a menos que
ele ou ela tem dado a vontade individual para outra coisa (não importa se na fantasia, como “deus” ou, na
realidade, como um outro ser humano ou estrutura política).

O objetivo do Luciferianismo do GCOL é de estudo pessoal é o desenvolvimento do self. Bem-vindo à


viagem de descobrir quem você é como seu próprio Deus / Deusa. Bem-vindo ao o Maior Igreja de
Lúcifer. Nós estamos contentes que você está aqui e você está aqui de propósito.
O Maior Igreja da Symbol Lucifer
O selo da GCOL é um sigilo simples, profundamente simbólica do espírito Luciferiano. O sigilo centro,
originalmente uma parte do sigilo de Lucifer do Grimoirum Verum (a grimoire medieval), esta parte
específica representando o caído e estrela de ardência que é o símbolo do domínio dos céus e da terra.
Lucifer é a manhã e à noite estrela; o equilíbrio entre a nossa maior consciência e instinto primitivo.
Como Vênus é tanto o planeta do amor e da guerra, assim Luciferianos reconhecer os aspectos criativos
e destrutivos de nós mesmos; não negamos isso, procuramos equilibrar esses aspectos.

As cadeias quebradas de escravidão mental representam a selfliberation partir restritiva


crença e religião dogmática. A tocha do portador da luz é a obtenção de conhecimento ea
consciência da luz dentro, a própria representação da consciência divina, conhecido como “The
Black Flame”. O olho da sabedoria, chamado pelos antigos egípcios como o “olho de Horus”, o
poder de ordem e objetivos autodeterminada ea consciência que, como indivíduos, somos
responsáveis ​por nosso futuro e a vida que vivemos.

A tocha em si é um símbolo de Lúcifer e as várias divindades que representam proibidos sabedoria


e luz interior. A deusa grega Artemis, o gêmeo de Apollo, é associado com Venus. A deusa Hecate,
que é conhecido por poderes aterrorizantes no mundo antigo, foi homenageado na Ásia Menor
como Hecate fósforo; esta é uma assimilação sincrética de Hecate como o portador da tocha.
Sou Luciferiano? Pela
esperança Marie
Luciferianas Traços:

1. Maverick - Luciferianos são pessoas de espírito independente, que vêem as coisas de uma forma que
muitas vezes vai contra a natureza da maioria (, conformista não heterodoxo, espírito livre) Você questionar
tudo..

2. Empreendedor-Luciferianos ter um fogo interno queimando por dentro que o leva a fazer as coisas
acontecerem. Você gosta de ser desafiado e não está satisfeito a menos que você veja o desafio à vitória.
Se for a sua vontade, será alcançado.

3. Não-Dogmatic- While Luciferianos são pensadores independentes e certamente têm opiniões. Você
reconhecer e compreender que as suas opiniões, crenças e princípios não são absolutos. Luciferianos são
flexíveis e, como sua base de conhecimento cresce, suas opiniões, crenças e princípios irá evoluir. Eles
também reconhecem que não é necessário para que todos tenham as mesmas opiniões, crenças e
princípios.

4. Accountable & independente de Luciferianos acreditam que não há nada fora do self. Portanto
você é o “Deus” do seu mundo. Tudo está dentro do seu poder. Você é responsável por falhas da
sua vida, bem como creditado para os sucessos de sua vida e vitória de.

5. auto-suficientes-Luciferianos está confiante em sua capacidade de cuidar de si e você esperar que outros
façam o mesmo. Você ajudar as pessoas que não podem ajudar a si mesmos, mas só depois de você e
necessidades da sua família sejam satisfeitas. Você entende o mundo é “sobrevivência do mais apto” e você e
sua família vêm em primeiro lugar. Você só ajudar aqueles que são capazes de ajudar a si mesmos, dando-lhes
o conhecimento e as ferramentas para se tornar auto-suficientes. Você não cuidar ou fazer coisas para o poder
da mente e do corpo, porque, como um “Luciferian” você reconhece que estas acções irão torná-los fracos.

6. Intelectual-Luciferianos como a atividade mental que é trazido através do estudo, reflexão e introspecção. Você está
sempre buscando maneiras de aumentar sua base de conhecimento e desafiam seu processo de pensamento. Você
não toma qualquer coisa pelo valor de face, você pesquisar acabar explorar todas as possibilidades de encontrar a
verdade. Você
reconhecer que Conhecimento e Sabedoria é poder.

7. tolerante a Luciferianos não odeio ou julgar os outros por ser ou pensar de forma diferente. Você
encontra o terreno comum que lhe permite respeitar os outros. Nós não atacar outras religiões,
princípios ou crenças sem provocação direta.

8. Força & Strategy-Luciferianos estão confiantes e mostrar coragem, mesmo quando outros não.
Você não usar essa força para perseguir os outros, mas você não dar a outra face. Você está sua
terra e encontrar força em igual medida e além, quando necessário, mas só depois de ter planejado
e strategized. faz um Luciferian não saltar para ações ou discurso, mas sim metodicamente calcula
e planos antes de falar ou agir.

9. Saldo-Luciferianos acreditar que todas as coisas são equilibradas tanto com a luz ea escuridão. A
luz não pode existir sem o versa escuro e vice. O bem eo mal, luz e escuridão estão juntos em tudo
e todos e, portanto, o conceito de bem ou mal, a luz ea escuridão não existe. Eles são necessários e
com base na percepção individual.
A diferença entre Luciferianismo e religião dogmática

por Hope Marie


Luciferianismo

dissidente pensador independente. Perguntas tudo.

Achiever- Conduzido para fazer coisas para a satisfação de alcançar coisas que tornam a sua vida e aqueles
ao seu redor melhor. não esperar pelos outros para fazer as coisas acontecerem, mas sim, é as pessoas vão
fazer as coisas acontecerem.
Não-dogmática Suas
crenças, opiniões e
princípios não são absolutos, e é ok para que outros possam ter diferentes opiniões, crenças e
princípios.
religião dogmática

Conformista Acredita na
crenças estabelecidas e práticas, sem dúvida.
Servo ou escravo Mentalidade Está sujeita à vontade de alguma outra força controladora, como uma forma de
ganhar favor, amor ou recompensa. Ao atingir as coisas para a sua acreditava "Deus" é que eles estão sob sua
proteção.

Dogmático Opiniões, princípios, crenças que são estabelecidas como verdade incontestável. Estas
verdades são verdadeiras para cada pessoa e ninguém e nada pode provar o contrário.

Responsável & Independent Tudo é encontrado e alcançado a partir de


dentro.

auto Reliant Cuidar de si e compreender o conceito de "sobrevivência do mais apto"

Intelectual Perguntas tudo e não levar as coisas pelo seu valor nominal. Inexplicável e dependentes
de algum outro ser supremo ou ser maligno é responsável por seu destino e vida realizações. Você
só pode alcançar este destino através deste ser supremo. Quando você precisa de algo que você
perguntar isso ser supremo para ajudá-lo. Quando você faz algo errado, é culpa das forças de um ser
maligno.

Dependente Acreditam que os mansos herdarão o mundo ea forte será punido por algum
ser supremo.
Fé Crença em algo, mesmo quando ele não pode ser comprovada. Questionando e buscando
conhecimento fora do dogma é considerado ruim.

Tolerante Aceitação de outros que são diferentes ou que pensam diferente.

Força- Vai se reunir força com força, quando necessário.

Equilibrar A crença de que não há bem ou mal, claro ou escuro. Eles não podem existir independentes uma
da outra.
Intolerante Eles tentam mudar, juiz ou criticar aqueles que são diferentes, não se encaixam ou não
concordar com seus dogmas.
Fraco Vai dar a outra face quando a força é aplicada.
desequilibrado A crença de que o bem eo mal, luz e escuridão são independentes um do outro.
Luciferianismo & nossa origem

Luciferianismo é uma estratégia claramente definida filosofia e ideologia que inspira e cultiva as ideias
benéficas de honra, sabedoria, força e potência aplicada; corajosamente sugerindo os passos para
selfliberation de dogma restritivo, a “mentalidade de escravos” de judaico-cristã e as outras religiões
monoteístas. Luciferianos não adoram nem acreditam no diabo, deus ou qualquer consciência exterior.

Em vez Luciferianos são livres para aceitar a responsabilidade por sua vida e por sua vez, atingir e
manter uma vida autodeterminada de indulgência com controle disciplinado, promovendo selfexcellence
e construir uma forte base espiritual que suporta selfdeification pelo processo de Apoteose; literalmente
transformação em consciência divina.

Luciferianismo não é exclusivo de magia ritual ou iniciação cerimonial; este tipo de prática é um caminho
para o indivíduo autodeterminada que está interessado neste tipo de Magick. Luciferianos como uma prática
toda Magick, embora não aparecem como tal para o forasteiro. Vamos definir o que Magick é. Luciferina
Magick é a arte de mudança convincente de acordo com a vontade; consciência refino de visão através da
aplicação de disciplinas mentais para fortalecer a vontade, percepção e orientar nossas energias para nosso
desenvolvimento interior e desejos carnais. Alguns Luciferianos não têm interesse em cerimônia ou magia
ritual; ao invés disso eles podem meditar ou visualizar seus objetivos de curto e longo prazo. Outros podem
utilizar exercício e empurrando a mente eo corpo ones' aos limites para ganhar fortalecer e alcançar a visão
de experiência. Estes dois exemplos são, de facto Magick. Luciferianos pode decidir praticar ritual cerimonial
para inspirar os seus desejos se manifestar usando invocações e o estímulo visual do psicodrama. Não
importa qual a estrutura que ele ou ela pode usar, é tudo Magick verificável, pois é baseado na razão.

Origens do Caminho

Luciferianismo desenvolvido a partir de várias escolas de pensamento, refinado e forjada a partir de meus primeiros
estudos e experiência de iniciação ao longo de muitos anos para superar obstáculos e viver de acordo com meus
valores e desejo. Minha jornada pessoal tem
sido um dos magia ritual e iniciação à Left Hand Path tradições esotéricas. Descobri ao longo do
tempo que os outros que não praticavam no caminho cerimonial que eu fiz ainda praticada Magick
da base de visualização mental e o foco da vontade. Esta observação foi inspirador e apoiou os
ideais espirituais Luciferianas que são inerentes à própria natureza.

Luciferianismo abraça o darwinismo na percepção da natureza e de uma perspectiva espiritual (mental).


A regra forte do fraco e do Estado inteligente forte. A forma e forte sobreviver e evoluir com um senso de
equilíbrio entre o instinto primal e maior consciência de si mesmo. Nossas experiências e como
interagimos e, por sua vez reagem influência e moldar-nos. Isto é precisamente porque como você
pensa (positivo ou negativo), como você se apresenta (confiante, astúcia ou confronto) e as escolhas
que você faz (confiar em seus instintos e fazer o que você acha que é certo, mesmo que você pode ter
que lutar temporariamente) forma e criar o seu mundo.

Isso não sugere que eu endossar uma ideologia absolutista. Na minha experiência, eu
descobri que os absolutos não existem; há quase um número infinito de variantes em que
alguma coisa pode ocorrer ou ser abordado, dependendo do indivíduo e os seus
comportamentos genéticos hard-wired, fundo, a interpretação da experiência e arredores. Eu
vejo nossa cultura dessa maneira também. Por exemplo, enquanto eu sou um adepto a
aspectos de darwinismo social, eu não sou um absolutista, no entanto, nesta abordagem.
Embora eu possa reconhecer a autoridade da decisão forte o fraco e o cutelo governando o
forte, eu não acho que este é um absoluto. Existem variantes e exceções com todas as
coisas. Por exemplo, se um indivíduo está com problemas mentais, é sábio nem benéfico
para a nossa sociedade a “sacrificar-los”, como outras ideologias darwinistas poderia sugerir.

Para o primeiro ponto, o amor da família para a pessoa com deficiência mental e rapidamente construir ódio para
qualquer sociedade que removê-los. Em segundo lugar, essa pessoa com problemas mentais podem ainda
contribuir de alguma forma significativa para a sociedade, com base em suas habilidades. Se o indivíduo com
problemas mentais não é capaz de contribuir, então este é o peso da família. Por favor note que este é apenas
um
pessoal opinião, não um discurso político, nem uma reflexão de todos Luciferianos. A compaixão tem sido chamado de

um vício ou melhor, uma fraqueza inerente à humanidade. Eu


achar que a compaixão não é necessariamente uma fraqueza, se mantidos em perspectiva. Para ter compaixão
para com aqueles que você optar por permitir empatia para é uma qualidade positiva; é uma ferramenta que nós
como seres humanos evoluíram para garantir o bem-estar geral da nossa raça. Quando eu indicar “raça” Eu quero
dizer a raça humana. Enquanto no nascimento todos os seres humanos têm aversão inerente para aqueles que são
“diferentes”, evoluímos ao ponto onde o racismo é desnecessária e, na verdade, uma característica monoteísta. Na
minha experiência e estudos é minha opinião que as diferentes raças e culturas, por vezes, dependendo de várias
condições têm o potencial para a grandeza, outras vezes muito menos. Eu descobri que nenhuma raça é superior
ao outro; vez em momentos diferentes em uma história tem ofuscado os outros. Isto é o que “elite” é realmente e
não tem base na raça. Os nazistas são um exemplo de inflação deslocada de auto-importância; este é,
naturalmente, simplesmente a minha opinião sobre o assunto.

O que Luciferianos deve pressionar por uma política equilibrada de ajuda: a caridade para aqueles com
um caminho no sentido de ajudar a si mesmos; educação apoio e caminhos para a pessoa aceitar
caridade para elevar por seus próprios meios fora de sua situação infeliz. Ajudá-los, apresentando um
caminho para a auto-aperfeiçoamento, para que possam fazer isso e construir a auto-estima por ações
nobres. Devemos deformam a percepção ridículo que todos são criados iguais; devemos celebrar aqueles
que se separou por realização e ação. Não glorificar os fracos e fraco de espírito ou corpo: levantar-se
aqueles que, por força de vontade e mente tornar-se maior do que os outros e, por sua vez inspirar
selfexcellence em outros!

Se você é responsável por seu caminho e qualidade de vida, a maneira de pensar, palavras e ações, o que
mais poderia competir com você mesmo como o próprio Deus? É por isso que eu proclamo, VOCÊ É O
ÚNICO DEUS QUE É! Você se sairia bem em não esquecer isso. Isso significa que as boas e más escolhas;
lutas e conflitos são causados ​diretamente por você sozinho; as vitórias e sucesso com as alegrias da vida
são também resulta diretamente de suas escolhas.

Você não tem tempo a perder, não mais “amanhã” se comprometer a enfrentar o desafio de se tornar um deus.
O amanhã você vai experimentar será um resultado desses pensamentos, palavras e atos de seu passado e
presente. Você não pode culpar os pais, família, amigos, inimigos ou amantes, mesmo se você tem
companheiros não confiáveis! Lembre-se, suas escolhas manifestar o mundo em que vive. O deus você se
chama abençoa ou amaldiçoa sua vida com base no que você comanda.
Agora que você pode levar tudo isso em, considere isto: se você começar agora com um caminho viável de
como você vai evoluir e começar os resultados de consistência irá afirmar e confirmar que Luciferiano Magick
funciona e é muito potente!

Sobre a questão do Cristianismo

É importante reconhecer que Luciferianos não odeio o cristianismo porque estamos adorando o
princípio oposto; sim estamos acima da dualidade do culto de Jesus e Javé. Luciferianos não
reconhecem a existência ou estrutura cosmológica do Senhor em algum sentido literal; nem
aceitamos a realidade de um consciente “Satan” inspirando-nos a revolta! Luciferianos ver Lúcifer
como o símbolo para o nosso potencial e um forte arquétipo espiritual selfliberation, conhecimento e
poder.

O cristianismo separou-se de tudo o que é lógico e poderoso neste mundo e nomeou-o


“profano” e “pecado”; esta negação do instinto humano básico coloca o cristão no caminho da
servidão e profunda solidão que só o culto de “Jesus” pode falsamente encher de ilusão e
auto-aversão. Luciferianismo é a tocha de luz fora desse tipo de ignorância. Considerando
que a nossa cultura é doutrinados com esta doença do espírito, não é um processo fácil.
Luciferianos deve aprender a confiar em seus instintos, olhar para a natureza e o equilíbrio
dentro dela, estão fortes para os seus valores e aprender com os erros que devem ser feitas.
Além deste o Luciferian deve dar o exemplo. Os cristãos podem reunir em torno e falar de
valores; Luciferianos deve fazer menos conversa e mais ação em demonstrar nossos valores.

Não se arrepender e pedir perdão a um “pai” invisível que não existe; em vez disso, pense antes de agir e
se você deve pedir perdão, pedir-lhe de si mesmo em primeiro lugar e, em seguida, aqueles que você pode
ter prejudicado. A chave é pensar antes de agir e não permitir que impulsos imaturos para guiá-lo!

A igualdade é a maior ilusão de que as cadeias são colocadas sobre o indivíduo e, como resultado, a sociedade. Os
seres humanos não nascem iguais; depende de classe social, genética e à medida que crescem, como nos
aproximamos e reagir ao nosso ambiente. Enquanto alguns podem nascer rico, ele não marcá-los como indivíduos
“grandes”; o mesmo é dito para os nascidos em “pobreza”. Muitas vezes os nascidos em classes mais baixas ou em
pobreza pode provar-se maior do que aqueles que nasceram com privilégio; eles devem por uma força de vontade
e conhecimento elevar-se a um status mais elevado. Este é verdadeiramente Luciferiano no conceito como o
personagem é feita grande e brilha como a estrela da manhã para que os rodeiam.
Começando e aplicando Luciferianismo na Prática

Luciferianismo começa com a explorar seus pontos fortes e fracos, incluindo confrontar essas vacas sagradas
e valores fundamentais dualista inerentes a quase todo mundo que nasceu neste mundo nos últimos 2.000
anos. Mesmo com um profundo ódio para o cristianismo, novas Luciferianos muitas vezes têm esses
fundamentos inconscientes profundamente enterradas em suas psiques; se não é explorada, reconhecida e
esses falsos valores destruídas para serem substituídos por novos ideais que, sem dúvida, irá causar-lhe
stress, conflitos e uma sensação de vazio mais tarde. Lembre-se, esta é sobre a auto-iluminação e isso requer
coragem e disciplina para alcançar essas coisas tão valorizados na vida.

Você deve começar a pensar diferente e fazer alterações determinados para a forma como você percebe não só a si
mesmo, mas a vida que você vive e seus próprios costumes e (se houver) espiritualidade. Este não é um processo
durante a noite para trabalhar na criação de uma forte disciplina e resolver em relação a este processo alquímico
(transformação).

Comece com os padrões que devem ser aplicados a sua realidade subjetiva: 11 Pontos Luciferianas
de Poder.
11 Pontos Luciferianas de Poder

Luciferianismo é uma ideologia do indivíduo que procura selfexcellence enquanto aproveita os


prazeres deste mundo com moderação; literalmente uma filosofia equilibrada de estar consciente de
que você é responsável por seu presente e futuro. Os seguintes 11 pontos de Poder irá atendê-lo bem,
não importa em que fase da vida você está em ou onde você está como um Luciferian. Estes pontos
são básicos e são baseadas na vida cotidiana, usá-los bem e para a sua vantagem. Apresentei uma
pequena nota sobre as origens de Lúcifer e a conexão com o símbolo do adversário.

1. Lúcifer representa a luz da inteligência, sabedoria e poder único para cada indivíduo com a
coragem de subir a esta responsabilidade.

Como indivíduos, somos responsáveis ​por todas as nossas ações, boas e negativas e deve estar ciente deste fato
preocupante. Não há outra divindade governar ou autoridade invisível que tem essa responsabilidade sobre nós.
Luciferianos usar uma combinação de nossa percepção, conhecimento e pensamento antes da ação para
estabelecer e manter o nosso caminho autodeterminada na vida. Responsabilidade começa e termina com o
indivíduo sozinho.

A luz do intelecto não é apenas atingir o “conhecimento”, em vez de ser capaz de utilizá-lo para fins
significativas. Se você aprender alguma coisa, aplicá-lo em direção a algo que traz uma visão e poder pessoal
para seus objetivos de curto e longo prazo. Sabedoria é obtido a partir da experiência e insight adquirida com a
aplicação do conhecimento a um resultado.

2. O símbolo do Adversário é o do selfliberator e rebelde espiritual que inspira


selfevolution.

A percepção moderna do adversário é composta de muitos dos deuses e deusas preChristian (e


outras religiões monoteístas). O adversário é o motivador e muitas vezes tem associações com
ambos os aspectos criativos e destrutivos na natureza. O símbolo cristão da sua religião é a cruz,
uma representação de auto-sacrifício. A cruz é também o símbolo do criminoso executado no mundo
antigo: é semelhante a um usando a cadeira elétrica ou guilhotina como o símbolo de uma crença
religiosa.
O cristão anseia por um paraíso e mundo pacífico além desta existência de dificuldades e luta. O
Luciferiano procura dominar esta vida e encontrar não só prazer e alegria aqui e agora, também a
evoluir e refinar a consciência continuamente. O símbolo da Luciferian é principalmente a estrela
descendente, que quase se assemelha a um pentagrama invertido que deriva de um sigilo medieval
de Lúcifer. Este símbolo representa a ideologia que é preciso conhecer ambos os aspectos criativos e
destrutivos na natureza e dentro de si; buscar continuamente e manter o equilíbrio entre ambos.

faz o Luciferian não acredita em moralis tic “bem contra o mal” '; estes termos são subjectivas e são variados
em cada cultura. O que é considerado “bom” nos Estados Unidos pode ser percebido como “mal” no Oriente
Médio; isso não faz qualquer cultura “certo” ou “errado”. Se, por exemplo, um Luciferian é atacado por uma
cultura estrangeira que denuncia as nossas crenças ou pontos de vista, então devemos entender que não
sejam abrangidos por qualquer cobertor protetora de ‘justiça’, nem mais do que qualquer outro sistema de
crenças. Natureza não reconhece isso; cabe ao Luciferiano reconhecer o instinto de sobrevivência e que a
Lei da Talon é verdadeiramente o preceito dirigente deste mundo.

Se um Luciferian está servindo nas forças armadas, lutando em uma terra estrangeira durante uma guerra, não
há necessidade de estar em conflito da “causa”. Sua primeira prioridade é não só para sobreviver, também para
proteger a si e o homem ao seu lado. Luciferianos reconhecer, em primeiro lugar, como todas as religiões
preChristian, que devemos procurar para promover a preservação da nossa cultura imediato e conquistar nossos
inimigos. O que é importante é existir dentro da harmonia (ou desarmonia) de sua cultura e as leis da terra. A
Luciferiano suporta uma sociedade que por objectivos globais para educar e melhorar as pessoas, sabendo
muito bem que muitos podem não ser capaz de ter a determinação para ter sucesso. Luciferianos não são
irrealistas sobre a natureza deste mundo: a regra forte do fraco e do Estado inteligente forte.

3. Lúcifer representa o portador da tocha equilibrada de Vênus: o Portador da Luz como a Estrela da
Manhã ea Bringer noite como a estrela da noite.

Simbolismo é importante em vários graus com base na predilectation do indivíduo; alguns


utilizá-lo mais do que outros. O símbolo de Lúcifer não é um absoluto: há muitas divindades do
antigo, que fez a representação composta do portador da luz hoje. O que é consistente é que
Lucifer é a iluminação, trazendo o conhecimento de si nos nossos traços destrutivos e criativos,
deseja.

Por sua vez nós nos esforçamos para atingir a sabedoria de como orientar e controle com moderação esses impulsos.
Isso é chamado de equilíbrio, não permitindo que o auto de se tornar escravo de nossas emoções e permitir um ciclo de
autodestruição para começar. Este caminho leva tempo e dedicação, mas os resultados são bastante vale a pena durante
o curso da vida.

Os símbolos de Lúcifer representam tanto a nossa possibilidade e origens como seres vivos. Luciferianos
reconhecer Ciência e Evolução como nossas origens, como é evidente nesta biografia deixado na terra. O que
pode ser entendido é que a mitologia é frequentemente espelhada neste fato; a história do Enuma Elish, por
exemplo. Tiamat representaria o caos aquático escuro de onde vivem arrastou à terra e evoluído. Seus 12
monstros do caos representado na natureza através de milhões de anos de evolução. Kingu, o criador da
guerra e campeão da Tiamat espelhado nas formas de vida primitivas anteriores para os seres humanos e,
finalmente, nossa emergência à imagem de Marduk. Os próprios deuses são fixos nos símbolos da natureza e
inerentes a nós mesmos.

Não caia na armadilha de acreditar em tasy ventilador e mito como verdade literal; essas histórias são destinadas a
inspirar a nossa imaginação na compreensão de onde somos e um vislumbre de possibilidade para o futuro. Uma
vez que você for corajoso o suficiente para fazer isso, só então você está parcialmente equipada para gerir e
orientar sua vida em conformidade.

4. O Adversário simboliza a centelha de consciência que questiona tudo, manifestando o


caminho individualista com a prestação de contas apenas ao auto.

Os seres humanos são ambos seres carnais e espirituais; por vezes, mais um do que o outro. Nossa
cultura tem tentado única espiritualidade associado com conceitos judaico-cristãs e ridicularizar a carnal
como não cristãs. Luciferianos procurar equilibrar o carnal com o espiritual, beneficiando a auto agora e no
futuro. Aqueles que estão interessados ​apenas nos prazeres da carne agora pode perder o local do futuro
e as possibilidades.

Luciferianos rejeitam o conceito de fé, como está definido como tendo crença em algo sem ter uma razão
para fazê-lo. Para ter completa confiança ou confiança em algo que não é capaz de ser validados (ou seja,
Deus, Jesus, Satanás)
é render-se à perversão da “fé cega”, o que enfraquece o início indivíduo no inconsciente e lentamente se
espalhando por toda a mente. Isto não é maneira de viver sua um, única vida que você tem aqui e agora.
mitologias pessoais (uma fantasia ou uma história simbólica que lhe inspira) não é uma “verdade” literal
que pode ser experimentado por um outro indivíduo, são adequados, desde que você não permitir que ele
se transformar em um conceito absoluto de divindade. Muitos seres humanos desejam que haja um ser
supremo, literalmente olhando para eles e orientando os seus passos. Isso faz com que as escolhas
difíceis na vida muito mais fácil fazer e as catástrofes que podem ser experimentados para fazer algum tipo
de sentido para os fiéis. Luciferianos reconhecer que a idéia de Deus dentro de um contexto cristão ou
monoteísta é bastante ridículo, se não for imaturo. Luciferianos não são ateus em sentido estrito:
reconhecemos a conexão entre nossas mentes que via o pensamento cria ondas de energia eo ato de
Magick. Magick é o acto do acto vontade de dirigir energia para a mudança de acordo com o indivíduo.

A “faísca” de consciência divina, a consciência de ser, é o início da Chama Negra. Isso é o que
chamamos a capacidade de perceber que nós, como indivíduos são responsáveis ​por nossa vida, na
maioria dos casos, a de como podemos usar a razão ea lógica depende do que criar ou destruir. Pense
antes de permitir que sua energia seja focada em algo indigno de seus objetivos.

5. A queda de Lúcifer ou Satã simboliza a libertação da mente do slavementality e


coragem para explorar e dominar a escuridão dentro. Um não pode oferecer a
iluminação da Estrela da Manhã, sem a sabedoria da escuridão dentro.

Nós, como seres humanos, evoluiu de predadores durante um longo período de tempo. Na base desejamos violência e
domínio sobre o nosso meio ambiente e aqueles dentro dele. À medida que evoluiu, nossos cérebros reptilianos foram
cobertos com um novo tipo de cérebro que logo permitiu que conceitos como compaixão e amor para equilibrar outras
emoções. Como nos tornamos seres humanos tivemos todos esses aspectos criativos e destrutivos para nós mesmos.

O simbolismo demoníaca ou fantástica do adversário tem representação significativa de quem somos


como indivíduos. Luciferianos reconhecer os mitos hero- dos gregos e outras culturas para ser
algumas das origens para o moderno
ideologia si mesma: buscam conquistar e evoluir com a grandeza! Luciferianos reconhecer que os nossos desejos

escuras e primitivas deve ser guiada e equilibrada com as nossas mentes atenciosas, articulados. Este é o equilíbrio

em Luciferianismo. O mito da queda de Lúcifer não está na origem de um bíblica um; grande parte da nossa imagem

moderna dos anjos caídos vem de não um texto John Milton de “Paradise Lost”, particularmente “religiosa” em vez

de uma história muito boa. Enquanto de Milton “Satã” é um personagem inspiradora, a queda do Portador da Luz

tem origens em um período muito mais cedo.

6. O Adversário representa rebelião com um propósito: sabedoria, força e poder.

O Luciferiano entende que questionar tudo é importante; essencial e uma parte da ideologia do caminho do
contraditório. Luciferianos pode reconhecer o caminho para o poder pessoal é usar a cultura e as leis da sua
terra para o seu benefício e tornar-se um mestre dentro dessa sociedade. Um indivíduo forte pode se tornar
um líder por entender como esse mundo funciona e como as pessoas são seduzidos com a vontade do
Luciferian. Não abertamente se rebelar contra algo se você não sabe o que você está trabalhando no sentido;
sempre criar uma mudança a partir de dentro como a primeira prioridade.

7. Lúcifer representa a coragem e força para adquirir o amor-próprio saudável, levando a


responsabilidade de honrar o seu templo de mente, corpo e espírito.

Tornando-se o seu próprio deus é reconhecer que você é a coisa mais importante em sua vida em primeiro
lugar. Esta responsabilidade de selfdeity não é um para ser tomada de ânimo leve; ele sempre exige uma
busca contínua de selfexcellence. O Luciferiano respeita dele (ou dela) própria mente e do corpo,
buscando assim o equilíbrio entre a indulgência e abstinência, um prazer disciplinado na vida com relação
para o futuro.

O amor-próprio é importante porque você deve confiar em si mesmo, reconhecer seus pontos fortes e procurar
melhorar seus pontos fracos. Teste a si mesmo quando você é capaz, para que não tornam-se fracos ou delirante em
suas habilidades. Esta é uma parte muito importante de se tornar um Luciferian. Não prejudicar o seu corpo ou a mente
com produtos químicos ou emoções que podem trazer decadência e fraqueza.

Não deixe que os outros insultá-lo, nem colocá-lo para baixo e mais importante - Nunca invista
crença no que eles procuram projetar em cima de você. Isso inclui não só os insultos, mas também elogiar também.
auto-estima saudável e construção do ego é essencial, mas nunca plantar as sementes de fraqueza, permitindo que o
excesso de louvor e bajulação para tornar-se fora de equilíbrio.

É melhor para demonstrar por suas habilidades em vez de repousar sobre louros.

8. Para se tornar seu próprio deus você deve ter a sabedoria e força para governar e guiar a sua
vida como se sua mente é sobreviver para além do corpo mortal.

Alguns Luciferianos praticar a antiga arte da Magia. Enquanto Magick começa no mero pensamento e desejo
básico, esta arte é muitas vezes escondido pelas cortinas de mito e fantasia. A realidade é que Magick é uma
ferramenta diária que é realizada lentamente em cada ato mundano, vontade em direção a algum objetivo ou
desejo. O truque para a arte é para o Luciferian de reconhecer isso, direta e orientar essa energia interior para
manifestação realista sobre o período de tempo em si. Esta é uma pista para o que é conhecido como o “Leis
de Belial”, o domínio da terra.

Viver e buscar continuamente o auto-desenvolvimento, manutenção e fortalecer seu núcleo senso de quem
você é; viver como se sua consciência pode sobreviver além da morte física, independentemente de se
você acredita que é possível ou não. Uma mente forte tem o maior potencial em sobreviver à morte do
corpo.

9. Indulgence com moderação, amor para o merecimento e desdém para aqueles quem não merece.

Luciferianos reconhecer que o nosso mundo subjetivo é aquele que criamos ou destruir com base em
considerações diárias e escolhas. Devemos aproveitar esta vida e aqueles que optam por amor dentro
dele; não tente “amor todos”, como que equivale a um tipo de “amor” superficial e sem sentido; amar a
todos é amar nenhum. Seja no controle de sua empatia e não desperdiçá-la no ingrato e indigno. Quando
você tem qualquer inimigo não se esqueça que é você ou eles, agir em conformidade e ser cauteloso no
perdão. Empatia não deve descartar-lo, a mente deve controlá-lo e decidir onde para permitir que ele;
compaixão por aqueles dignos, caso contrário, é uma doença lenta de ser.

10. Lúcifer representa a percepção de que cada ato, não importa se percebido como altruísta, está no núcleo de
um ato egoísta. Mesmo que ajudar os outros é a sua paixão, o cérebro ainda recebe uma recompensa química
provocados pelo ato. É por isso que muitos
Consideramos que fazer boas ações na sociedade pode aproximá-lo de “deus”. Reconhecer que você é
egoísta, então, ver esse fato em todos os outros enquanto observa. Aceite isso e, em seguida, com esse
conhecimento, fazer escolhas que beneficiem não só a si mesmo, mas seus entes queridos, quando possível.

Se o ato de caridade ou ajudar os outros traz uma recompensa ou sensação agradável à sua mente, agir sobre
ele em conformidade. Não minta para si mesmo em pensar que os cristãos fazer isso sem uma recompensa: a
motivação para este prazer destrói a percepção de que as pessoas agem de forma altruísta. Seja acordado e
consciente deste facto e agir em conformidade. A Luciferiano devem apoiar ajudar os outros levantar-se para o
amanhã, educar e alcançar suas próprias potencialidades únicas. Perceba que há aqueles que não querem isso,
alguns são parasitas. Seja cauteloso com isso e agir em conformidade.

11. Para se tornar seu próprio deus é para entender completamente que você possui o poder de
criar e sustentar o seu caminho na vida e iluminar a luz do potencial autodeterminada.

Se você não cuidar de si mesmo, nada mais fará. Um ente querido pode tentar ajudar ou salvá-lo, mas no final
do dia é inteiramente até você sozinho. Nascemos sozinhos e morrer fisicamente desta forma, nunca perder
de vista esta realidade. Como um deus ou deusa, você deve primeiro amar a si mesmo e se esforçam em
direção ao seu potencial individual; isso permite poder e controle dentro de seu mundo. Se você colocar essa
oportunidade nas mãos de outro, especialmente um conceito mítico como um deus ou demônio, então você
não é diferente do que os cristãos ou slavementality que você está procurando para ser diferente.
A Filosofia da SelfLiberation e Poder

Dentro são as chaves para a filosofia do poder individual e domínio sobre o seu mundo. Entender com
certeza: você é a divindade responsável por sua vida aqui e agora. Luciferianismo não é uma religião
dentro de um sentido dogmática; primeiro é uma filosofia e ideologia, uma maneira de perceber a si
mesmo e do mundo. Como a ideologia do Luciferianismo afirma e valida os efeitos da filosofia, torna-se
uma crescente confiança em si e conhecimento de seus pontos fortes e fracos. Como você identificar
seus pontos fracos, o Luciferian começará um processo de superação do obstáculo ao reconhecer a
falha de base causando essa fraqueza. Se a fraqueza não é realisticamente possível completamente
superado, limitando esta falha é muitas vezes o melhor curso de ação.

Luciferianismo é a percepção de si mesmo e a consciência de que você como um indivíduo é


responsável e responsável para o seu curso de vida; sucessos e falhas; falhas e virtudes; com a
ideologia aplicada de dominar o mundo ao seu redor é o caminho para se tornar seu próprio deus.

Quando você sabe que você é seu próprio deus?

A resposta é quando você pode validar a dinâmica de como seus pensamentos (a forma como você percebe o
mundo e seu papel nele), palavras (o que e como você diz e comandá-la para ser realidade, a comunicação no
mundo) e atua (o que você faz em direção às metas) influenciam diretamente e obrigar as suas realizações.
Pode ser uma realização refrigeração e sóbrio que você não é só sozinho neste mundo (você nasceu e vai
morrer sozinho, não importa quantas entes queridos você tem), mas ninguém está lá para criar a sua realidade
eo caminho na vida.

Quando você é responsável para a maneira em que você pensar, falar e agir que por sua vez cria o seu
futuro imediato, quem melhor para a divindade em que você honra, amor e buscar glorificar por alcançar
objetivos espirituais e materiais da vida?
Quem é Lúcifer?

O nome Lúcifer é uma palavra latina que significa "Lightbearer" de lux, "light", ferre, "para suportar",
um termo romano para o "Estrela da Manhã". Lúcifer era a tradução dos heosphoros Septuaginta
grega, - "amanhecer-portador"; fósforo grego, "Lightbearer" eo Helel hebraico, significando "um
brilhante". No poeta romano Ovídio Metamorphoses, a menção de Lúcifer vem no conceito de
AURORA, a Deusa do Amanhecer na mitologia romana ", Aurora, vigilante na madrugada
vermelhidão, jogou grande suas portas vermelhas e rosa-enchido salas; as Estrelas levantou vôo, a
fim empacotado definido por Lúcifer, que deixou sua última estação ". - Ovid Lúcifer é o portador da
luz, representando sabedoria e auto-iluminação. Lúcifer representa os aspectos angelicais ou
superiores do Ser, portanto, é um arquétipo de poder e espírito de ascensão e sabedoria. Lucifer é
uma divindade sincrética que é composto de duas divindades masculinas e femininas do mundo
antigo. Não deixe que isso te confundir, Lúcifer como nós sabemos que não é um transexual ou
hermafrodita, meramente ambos os deuses e deusas ligadas pelo planeta Vênus. Lúcifer como
reconhecemos hoje é uma máscara de várias antigas divindades que estão associados com o
planeta Vênus. Um dos mais antiga era uma deusa, Ishtar. O símbolo tradicional de Ishtar era a
estrela de oito pontas, conhecida desde a antiguidade acadiano até o período Neo-Babilônico na
Mesopotâmia. Ishtar (Inanna) era uma deusa equilibrada; sua carga era tanto amor e na guerra.

Ishtar foi homenageado pelos conquistadores reis assírios como uma deusa pela guerra sanguinária,
desejando para a batalha. Ela também era uma deusa que cruzou fronteiras e procurou seu próprio tipo de
conhecimento infernal e Empyrean; Ishtar iniciou-se na sabedoria de morte e renascimento, indo além dos
sete portões do submundo e de frente para a irmã morte deusa, Ereshkigal.

Lúcifer é também um título coletivo ou símbolo para a religião das pessoas que procuram a ser responsável
pela sua própria vida e destino selfcreated. Lucifer é equilibrado, luz representando o maior intelecto e
escuro, representando os aspectos lascivos ou escondidas do self. A “Light” não é meramente uma
iluminação “acima”, em vez mais importante a Luz dentro da qual é a nossa consciência individual, o nosso
potencial divino de controlar e comandar nossa vida com base em nossos pensamentos, palavras
e ações. The Flame ou Black Light Preto é a referência simbólica a esta interior
consciência, divina.

Luciferianos também usam muitos outros nomes para diversas manifestações do adversário; ambos
igualmente masculino e feminino no sexo. Alguns destes nomes são Ahriman, Samael, Satanás, Lilith,
Az-Jeh, Hecate e muitos outros. Luciferianos pode acreditar em espíritos mas também pode ser ateus - que
depende do indivíduo. O que torna a Fé Luciferiano única em um exemplo é que são comumente dedicado
a nossa possibilidade indivíduo ou única para selfexcellence, nossa determinação em manter o curso e
desfrutar da nossa vida. Quando você incutir propósito e significado, há pouco que você não pode realizar.

Abertura de Referência de Lúcifer

Durante o 24 º campanha de escavações de Ras Shamra (o local da antiga cidade da Idade do Bronze
cananeu Ugarit), em 1961, uma série de quatorze textos mitológicos e rituais ugaríticos foram descobertos.
Um comprimido especial listou uma série de nomes divinos, usado para denotar ofertas do templo,
enumera a divindade conhecida como Ngh w Srr. O verbo NGH aparece no Ugarítico, Siríaco e Etiópico e
em Hebrew é um substantivo (Nogah) traduzindo “brilho”. Conhecido como Vênus em Mishnaic hebraico,
este nome está associado com o que viria a ser Lúcifer. O verbo SRR em hebraico traduz: “rebelar-se”. Este
tablet ugarítico, explorado em “alguns nomes New Divinas de Ugarit” por Michael C. Astour, publicado no
Journal of the American Oriental Society, Vol. 86, No.3 (julho-setembro 1966) revela este tablet ritual
antecede o poema mitológico de Isaías 14: 12-15, Helel ben-Sahar (Shining Um ou Estrela da Manhã) que
tentou como Heosphoros (Lucifer, Filho da Aurora) para “subir ao céu” e “sentar-se no Monte da
Assembleia no extremo norte”, que foi então “levado ao inferno”.

O deus cananeu Athtar (Ashtar) é apresentada nos rituais-mitos de Baal como com o apoio da deusa
Athirat durante o tempo de Baal no submundo é nomeado rei e tenta ascender ao trono de Zaphon.
Athtar é incapaz de preencher o papel de Baal e desce para governar a terra. Esses mitos são muito
antes do culto hebraico do Senhor; Nesta época, ele era menor de idade tempestade-deus entre
outros. Outra manifestação de Athtar foi associada com a moabita deus Camos (AthtarChemosh) eo
deus árabe depois Attar, que era um deus-guerra
das tribos árabes que foi associado com Venus. Attar, como o mito cananeu muito mais cedo, era
guerreira e manteve o poder sobre a terra, especificamente irrigação e das águas.

Muito mais tarde, durante o período helenístico na época do domínio romano, textos judaicos
que foram excluídos da coleção romana de mitos conhecidos como a Bíblia foram escritos em
hebraico, aramaico e grego. Este tipo de literatura é agora chamado Pseudepigrapha. O Livro
Etíope de Enoque e várias outras versões apresentar um mito de Watchers (também
chamado Grigori), desceu do céu para assumir a forma humana e têm esposas. Eles
instruíram as mulheres e suas tribos em medicina, armas e sua tomada, feitiçaria e astrologia
entre outras coisas. As mulheres geram filhos que eram conhecidos como o Giants, ou
Nephilim. Estes Nephilim têm origens nos mitos dos gregos (heróis) e os guerreiros cananeus
de idade, enquanto os Watchers helenísticas estão claramente associados com a influência
estrangeira na cultura hebraica do tempo. Os líderes dos vigias,

Os textos cristãos de Clementine Homilias descreve os anjos caídos como sendo seres de fogo,
sua substância congelada e com as suas paixões, tomou carne humana. listar as tradições
hebraicas medievais Samael como o Arcanjo de Roma, o inimigo da religião judaico-cristã.

Como você pode ver, é por isso que os nomes como Azazel, Lúcifer, Samael e Satanás são muitas vezes vistos
como o mesmo para Luciferianos; este não é literal “verdade”, mas uma representação ou arquétipo do intelecto
e rebelde espírito do adversário.
Por que o nome de Lúcifer?

Lúcifer é um nome reconhecido e popular do adversário, visto em todo o mundo como o rebelde espiritual
mas também o inteligente que trouxe o fogo do espírito para a humanidade. O Adversário manifesta em
todas as culturas, raças e de forma diferente com cada indivíduo. O adversário é o motivador, criador,
desafiador e campeão de traços heróicos em quase todas as religiões antigas e mitos antes
JudeoChristianity. O adversário é também o destruidor, o que equilibra a vida com a morte e está presente
no ciclo natural da natureza. A mesma tempestade que destrói a vida também traz as chuvas nutritivo e
potencial para a criação de novo. Lúcifer é o selfliberated, rebelde desafiando. Que melhor um símbolo do
nosso caminho de Lúcifer?
Lucifer é idêntico a Satanás?

Lúcifer do nosso ponto de vista é um título, Bringer claro. Satanás é o aspecto de fogo significa inimigo. Nós
não reconhecemos o Satã Antigo Testamento como Lúcifer, em qualquer sentido formal ou rigorosa.
Parafraseando a Bíblia do adversário: “From‘ha -satan’, que significa‘o opositor’ou‘adversário’. Samael é
conhecido nos textos talmúdicos como sendo o mesmo que Satanás, o chefe dos espíritos malignos que é
conhecido como “The Venom de Deus”. Samael é dito ter doze asas em vez de seis dos anjos normais, uma
hipótese favorecida. Samael como o Anjo do Veneno é o Luciferian como um símbolo de selfmastery e
usando o mundo à nossa volta a crescer em poder e força, sempre interna, às vezes externa, dependendo
do desejo individual. Luciferianos procuram devorar a essência da vida, a essência da humanidade. Toda a
vida é feita mais forte devorando uns aos outros; Esta é a lei da natureza. Para ser honesto com o auto,
para apresentar desafio e superar tal é atingir uma fundação

no caminho da maestria. ”

“Samael foi o maior príncipe no céu. Os animais celestes e os Serafins tinha seis asas
cada um, mas Samael tinha doze anos.”- Midrash

Na tradição religiosa judaica depois, o adversário é apresentado como um anjo caído que se rebelou
contra o deus judaico Senhor. Enquanto Luciferianos não aceitam a cosmologia judaico-cristã ou
religião hebraica, o simbolismo do adversário é uma “máscara” escura e de confronto de um espírito
forte e conquistar de sabedoria pura e proibido. Em Qabala, Samael, Lilith e as forças do Qlippoth
oferecer muitas imagens para o Luciferian se eles acham tão útil.
Qual é o adversário?

“Eu sou a essência do Sol, mais brilhante do que qualquer antes de mim. Esta Luz queima como a dupla estrela,
iluminando em movimento. Eu sou o Anjo da Immortal Luz, bela e livre para todos”

- A Bíblia do adversário

O Adversário é o poder rebelde ou espírito “dark”, que é dual, ou twin em essência. Ela é composta de
Samael, o masculino e Lilith, o feminino. Ambos os poderes se complementam e igualmente motivar.
O Luciferiano reconhece estes como poderes dentro da mente, espírito e corpo e busca transformar o
auto para este tipo de indivíduo - como um Deus ou Deusa. Ele é chamado o adversário ou
adversário, pois é dupla, de pé separado ainda o mesmo. Este é o poder que desperta vida e cria /
destrói dentro do universo. Lembre-se, foi a serpente que trouxe sabedoria para a humanidade,
permitindo-lhes tomar consciência do bem e do mal na Bíblia, mas os cristãos consideram O
Adversário como “mal”!
LAPSIT EXILLIS
A pedra caiu do céu

O mito do Graal, conhecido como Lapsit Exillis, surgiu durante o período medieval na Europa e foi uma
fonte de mistério e conhecimento de procura por várias seitas mais tarde condenados como 'hereges'. A
lenda é que, quando Lúcifer caiu do céu, uma pedra da sua coroa se soltou e foi encontrado nos
Pirineus franceses.

A pedra que caiu da coroa de Lúcifer, revelado como Apollo, é o “príncipe deste mundo”, o Apollyon
(Abaddon) do Novo Testamento que é descrito como o rei e anjo do abismo. Apollyon, que ocupou o
epíteto Phoebus, foi o portador da luz, que mais tarde foi assimilada com Helios. Este é, naturalmente,
mito e deve ser visto como um conto inspirador e apenas um dentre muitos para apresentar o ideal
Luciferiano em um contexto mitológico.

ISLAM & CRISTIANISMO

A questão do cristianismo eo islamismo são fundamentais para aqueles que procuram a verdade por trás
religiões e como eles afetam Luciferianismo. Enquanto eu não vou apresentar a extensa história de ambos, vou
oferecer algumas considerações que considero o mais importante no meu entendimento pessoal de ambos.

As origens do Senhor

O nome Senhor é derivado do verbo hwy Cananita protoHebrew 'ser' e pertenciam a uma tribo
semi errante agressivo em torno do norte de Edom durante o tempo de faraó egípcio Amenhotep
III (1386-1349 aC). O Shosu eram um povo militantes que são feitas referência a em uma lista
topográfico de Amenhotep III como 'O Shosu-terra de YHWH'. O Shosu foram conhecido por ter
vivido durante todo Canaã em momentos diferentes. Outra lista topográfica pelo faraó egípcio
Ramsés II faz referência à adoração do Senhor entre os midianitas / queneus.

O grupo misto de judeus, liderados por Moisés (que era nonYahwistic) aprendeu deste nome divino
em torno de regiões como o Sinai, Midiã, Edom e outras tribos Yahweh e unificou muitos deles com
este tema cult. Ao longo do tempo,
Javé aparece em numerosos hinos e poesia como um guerreiro-deus cujo poder original de tempestades,
lentamente se tornando assimilado com o deus cananeu El. O Amurru associada ao Senhor com o epíteto
Shaddai, quando juntos como YHWH meios sb'wt “Aquele que cria as hostes celestiais”; uma clara referência
a uma concepção precoce de uma cosmologia monoteísta tribal e teologia. Em suma, o Senhor era
simplesmente uma divindade entre muitos em um vasto leste perto, politeísta antiga e não “acima” quaisquer
outros, até que judeus conquistaram Canaã. Ele foi, por vezes, juntamente com outros deuses e deusas,
maior ou menor até que o tempo dos romanos.

A própria Bíblia era uma coleção de mitos e histórias que foram adaptadas e literalmente tirado de outras
culturas muito mais antigas do que a de Judá. Por exemplo, os mitos sumérios que apresentam o mito
do dilúvio foram datados a ser mais velhos do que a história da bíblia por 2.000 anos. A história da
queda do homem e a perda da vida eterna remonta ao mito de Adapa, o primeiro homem de acordo com
os sumérios. O deus Um deu o pão ea água da vida a Adapa, que não participar nele. Enki (Ea) deu
Adapa sabedoria, mas a vida não é eterna e alertou Adapa não participar do Pão e da Água da Morte.
Esta é a origem da lenda Adão e Eva; manter em mente também que a serpente cultos de Nirah e outros
sumérios e divindades do submundo elamitas foi centrado sobre a fertilidade da terra também.

O mito de Noé foi tirada da antiga história suméria do dilúvio. Neste conto, An e Enlil eram como seu
antepassado, Absu de Enuma Elish, doente do barulho que os seres humanos estavam fazendo. Os
deuses decidiram causar uma inundação e se livrar do homem. O deus Enki (Ea) teve pena de homem e
disse ao rei Ziudsura para construir um barco enorme e reunir os animais em cima dele, o que ele fez.
Depois veio o dilúvio Um concedida a vida eterna Rei em Dilmun ou Edin. Os babilônios mais tarde
adaptada este mito de ter Gilgamesh criar o barco.

Como você pode ver, o mito do Noah não tem base na verdade literal como mito original é evidente a ser mais
velhos do que o bíblico. A realidade deste mito pode ter desenvolvido a partir de um ciclone super no Oceano
Índico, que poderia ter causado danos generalizados na região do Golfo Pérsico, dando origem à história
baseada em algum fato. Tenha em mente que os deuses são representados nas forças naturais e
acontecimentos que afetam muitas vezes humanidade.

Jesus Cristo viveu (se ele fez) entre 7 aC a 33 dC na região da Palestina.


Apolônio de Tiana (Capadócia) viveu de 15 dC - 100 dC e foi um filósofo Pitágoras, que viajou
extensivamente e praticavam uma forma de magia popular e cura. Estes dois indivíduos foram
semelhantes na abordagem, simplesmente por uma série de razões que passo a enumerar o
primário.

O império romano na época de Augusto tinha expandido para se tornar mestre do Mediterrâneo e as
terras em seu território. Ao fazer isso, Roma tinha retirado as autoridades dos cultos religiosos e poderes
que sempre detinham o poder sob vários reis. O romano do permitido existem as religiões ainda, embora
com menos energia e quando hostil à sua autoridade, removeu-los completamente. Nos incontáveis
​guerras e caos das autoridades políticas destruídas, a populosa não cresceu em riqueza para a maior
parte, mas a pobreza.

Jesus foi um reformador básico da lei judaica contra os reis herodianos helenístico influenciaram. Sua
mensagem foi considerada pacífica e abraçou um mundo invisível sob a autoridade do Senhor.

Apolônio de Tiana foi um Capadócia culta grega (Ásia Menor ou Turquia moderna), que era um de
Pitágoras, um mago que praticou uma espiritualidade complicado, mas potente. Apolônio era um mágico
que foi capaz de viagem astral, realizar milagres e oferecer ensinamentos que surpreenderam as
cidades em que ele ensinou. No século IV dC, muitos dos primeiros escritores comparação Apolônio
com Jesus.

Os milagres que viajam foram uma tendência durante este período, quando o comércio Roman reuniu
numerosas tradições locais e evoluiu em conformidade. Após a suposta execução de Jesus, algum tempo
depois de sua morte, o apóstolo Paulo (que não foi um dos seguidores originais de Jesus), que cresceu um
judeu rico de Tarso, convertido aos ensinamentos de Jesus. Ele conseguiu converter pagãos ao cristianismo
por seu profundo conhecimento dos ensinamentos estóicos.

O cristianismo foi duramente castigado pelos romanos de até durante a época de Constantino, o
Imperador adota o cristianismo para estabelecer o controle e manter o poder com a populosa todo o
império.

Como Luciferiano, eu não necessariamente defendem a existência do Jesus histórico (eu não argumentar contra isso
também), ele poderia ter sido bem um homem como Apolônio que ensinou uma variante de alguma doutrina para os
outros. O cristianismo é uma religião manutenção de forças utilizado para controlar os outros, bem como outras
religiões.
O Islã é uma história semelhante, uma religião baseada blind-fé que alivia algumas das pressões mentais dos
pobres e impotentes. Duzentos anos depois da queda do Império Romano, vivia um comerciante de uma
cidade do deserto chamada Meca chamado Mohammad, que era uma exportação-trader. Na idade de 39
Mohammad começou a ter “visões”; enquanto está sentado em uma caverna, um dia, o anjo Gabriel apareceu
em uma luz branca ofuscante e fez Mohammad ler uma mensagem de “Allah”, ou simplesmente, “Deus”.

Em fantástico “O Princípio Lucifer” de Howard Bloom, é sugerido que talvez as fontes de visões de
Mohammad foram resultado de ataques epilépticos. Não importa qual a causa, a 39 anos de idade
acreditavam que ele foi escolhido como um profeta e teve que espalhar sua mensagem. Ele começou a
pregar nas esquinas sobre seu encontro com Gabriel e muitos acreditavam que ele tivesse perdido a cabeça.
Mohammad foi ridicularizado e escarnecido e poucos acreditaram nele. Os escravos começaram a deixar os
seus senhores e siga Mohammad, que causou estragos na economia local e da elite dominante. Mohammad
logo deixou Meca e viajou para Medina para ganhar seguidores lá. Depois de algum tempo, Mohammad
ganhou seguidores suficientes para ganhar poder e domínio sobre a política da cidade de Medina.
Mohammad consolidou seu poder assassinando seus rivais em Medina. Logo, ele lançou ataques contra
viajando caravanas de Meca, que interrompeu o comércio. Quando a milícia de Meca atacaram em resposta,
os fanáticos da Espada do Islã derrotou-os, acrescentando ao seu prestígio. Logo deserto tribos unidas e se
converteu ao Islã.

Mohammad logo levou seu exército para a cidade judaica de Khaibar e conquistou-a, matando 900
pessoas e escravizar as mulheres e crianças. de Mohammad dez mil fanáticos marcharam com ele para
Meca e pela força e medo convertido rapidamente os habitantes. Após esta vitória, as forças de
Mohammad saiu para conquistar e converter Pérsia, Afeganistão, vários países africanos e muito mais.
Este é apenas mais um exemplo de como a força ea religião pode estabelecer poder pela necessidade
de quem tem pouco na vida.

Outras leituras:

O princípio de Lúcifer, uma expedição científica para as forças da história por Howard Bloom. O Storm-Deus no Antigo Oriente
Próximo por Alberto RW Verde, bíblica e Estudos Judaicos, Volume 8.
Você adora Satanás?

Não. Para adorar Satanás no caminho cristão súplica monoteísta (Luciferianos ver sua própria
mente-corpo-espírito como um templo, assim, Deus / Deusa está dentro) é conduzido é selfdegrading por
Luciferianos. Nós não adoramos Satanás nem curvar diante de qualquer outra coisa. Luciferianos ver-se
“como” o Adversário, rebeldes espirituais que escolhem o seu próprio caminho e encontrar beleza espiritual (e
materiais) na iluminação e realizações que recebem. recompensa espiritual é algo ganhou com uma vida cheia
de propósito, generosidade para com aqueles que amamos e desejamos ajudar e viver como membros
produtivos da sociedade.
O Concept of Darkness and Light em Luciferianismo

Os interessados ​na ideologia e prática de Luciferianismo vai descobrir que o que a sociedade ea cultura
moderna tem condicionado-los desde os primeiros anos até agora é uma percepção de negativo e
escravidão de nossas possibilidades na vida. Luciferianismo é único na fundação de pensamento que tem
a possibilidade de despertar, desprogramar e re-forma nossos padrões de pensamento e a maneira exata
em que percebemos o mundo à nossa volta.

Os nossos primeiros anos de vida são fortemente moldada por nossos pais, mídias sociais e instituições de
ensino que doutrinar e criar o modelo da nossa percepção do mundo. Aprendemos o céu é azul, o sol é
amarelo, o branco é pureza, bom é o que a Bíblia e mídia cristã nos diz que é e do mal é colocado sobre o
nosso mundo pelo diabo que é o inimigo do homem. Não é culpa dos nossos pais; eles também foram
doutrinados nesta mentalidade de escravos.

Os seres humanos são conscientemente seres conscientes que têm uma ampla gama de emoções e paixões que
os dirigem. Em tenra idade, parece ser uma parte da condição humana a se rebelar contra algum tipo de
autoridade como nossa percepção do mundo mudar com a experiência. Alguns crescem fora deste e se tornar
potencialmente bem sucedida ou pelo menos aceitável dentro de sua estrutura social como bons trabalhadores,

etc. Existem aqueles que só degenerar em comportamento para ser socialmente destrutivo
para si e para aqueles ao seu redor. Depois, há aqueles que percebem que há algo mais
filosoficamente, mas depois de alguns anos de ser rebeldes ideológicas, rejeitando as
religiões de fé cega, permite que o peso ea influência de amigos e familiares para guiá-los à
conformidade social. Luciferianos são diferentes. Desde tenra idade, aceitamos e desenvolver
caráter forte, um sentido de moral com respeito por aqueles que chamamos de amigos e
familiares; as histórias religiosas e ensinamentos da Bíblia cristã não coincidem
necessariamente com os padrões da natureza e do ser humano; que podemos facilmente
compreender que as pessoas sempre querem colocar culpa em alguém por seus problemas e
se for dada a chance, muitas vezes agem overselfishly contra outro. Enquanto o Luciferian
não nasce como tal,

Luciferianismo não é um novo invento. Antes era chamado de “Luciferianismo” este


caminho e maneira de pensar era em muitas antigas culturas orientais perto de pré-cristãs em diferentes graus,
muitas vezes com nobreza e os líderes dessas sociedades. Cristianismo estava em uma data tardia nascido e logo
ofereceu um pipedream de paz e felicidade no final da sociedade decadente do Império Romano; um sonho
imperial de um guerreiros marciais que logo descobriu que a riqueza e corrupção foi superior ao equilíbrio social.
As massas foram altamente empobrecida e tinha pouco a olhar para frente. O cristianismo oferece uma
recompensa de felicidade àqueles boas ovelhas que se arrastou ao longo da vida em sua cultura. Cristianismo era
uma ferramenta de controle e ordem com pouca consideração para a educação, o crescimento cultural ou os
valores do herói e conquistador do período helenístico.

Somos instruídos sobre absolutos em uma idade precoce; é muito mais fácil de explicar e no controle por sua vez,
quando as coisas são preto ou branco. áreas cinzentas que exigem muitas vezes a razão ea lógica pode virar-se
contra aqueles que controlam as populações, assim condicionado os primeiros cristãos convertidos na Idade das
Trevas em idiotas iletrados e incultos (exceto para as famílias ricas, nobres ou sacerdotais) realmente funcionou
melhor do que os Padres mais antigos da Igreja 'jamais sonhou. Ao final do período medieval, o seleto poucos foram
criando uma nova era de arte e os primórdios da Ciência, enquanto a Igreja estava a reprimir e ensinando contos de
fadas de verdade, mantendo mentalidade de escravos mais forte do que nunca.

Geração após geração foi dito o que pensar e onde eles se encaixam. Como a raça de um cão, nós mudar sua
genética por este tipo de condicionamento até que eles não podem deixar de aceitar esse modo de vida. Com tantos
seres humanos, Luciferianos têm a sorte de estar acordado, mas pode encontrar os primeiros estágios da
selfliberation a crescer em stress mental confuso se não tem permissão para perceber diferentemente do que antes.
Para aceitar tal, temos de encontrar com a razão ea lógica do benefício e resultado de fazê-lo.

Vamos considerar o conceito de Darkness and Light.

Em nossa cultura, muitos comumente percebem escuridão como sendo ignorância ou representando o
'mal'. Luz é percebida tanto como pureza e santidade. Aqueles que encontram um interesse nas bordas
principais do mundo “Occult” aceitar e ainda aproximar suas vidas com essas definições. Aqueles que
encontram Magick Cerimonial ter diminuído o absoluto; ainda é uma parte do núcleo da ideologia.
Satanismo de Anton LaVey foi um antireligion revolucionário na década de 1960 que reuniu a ideologia
fundação de uma perspectiva carnal do qual evoluiu para Luciferianismo. Um satanista tem uma
auto-interesse racional e está feliz com
indulgência na vida; não necessariamente um caminho espiritual ou evolução do ser. A Luciferiano entende
indulgência é um direito humano fundamental, ainda não há um desejo interior de algo mais.

Luciferianismo reconhece que há equilíbrio na natureza e dentro de nossa própria existência. A natureza tem
funções para todas as formas de vida; evolução continua a selecionar o melhor para governar ou a astúcia para
sobreviver dentro de seu próprio ambiente. Podemos agora começar a entender com a Ciência que foi evoluído para
o que somos agora. Originalmente, eram formas de vida que se arrastavam das águas. Saímos da escuridão; assim
como o espaço envolve o sol e está ao nosso redor. Escuridão é também o lugar dos nossos maiores medos,
nossos eus ocultos e desejos primitivos. A escuridão não é 'mal' ou depressivo de qualquer forma; pelo contrário, é
o lugar de descanso, controle de meditação e sonhar. Dentro de nossos sonhos que nos envolver na escuridão para
moldar nossa fantasia noturna, inspirando nossa mente subconsciente para a pensamentos conscientes.

Escuridão e o instinto primal é a própria sede do nosso desejo e paixões; se não controlada, no entanto, iria
agir sem levar em conta os outros na busca de excesso de indulgência. Este é o lugar onde o conceito de
luz emerge. A luz é o aspecto consciente, articulada e auto-controlada de nós mesmos. Não buscamos a
luz de alguma divindade alienígena, mas sim se concentrar em nossa própria consciência. Luz representa o
conhecimento, a iluminação e com a experiência de que temos aprendido, sabedoria.

A escuridão é o fogo do nosso desejo e paixão, levantando-se e unir-se com a luz para, em seguida, é refinado,
controlada e corretamente direcionados para levar uma vida plena e alcançar nossos objetivos e conceitos de poder
individual escolhidos. O equilíbrio de luz e escuridão é essencial em Luciferianismo, reconhecemos que somos nossos
próprios deuses; responsáveis ​por nossos sucessos e falhas. Somos responsáveis ​para nós mesmos para a forma
como tratamos os outros e os conceitos fundamentais da moral, encontramos a ser uma parte da nossa consciência.

Se você observar os grandes conquistadores do mundo antigo - Alexandre o Grande, os persas


aquemênidas e Novo Reino do Egito, todos se apresentam como portadores de luz para o seu povo.
Eles procuram reforçar e desenvolver o seu próprio povo e aparecem como heróis iluminados superar
caos. Observe também como eles no momento agiu brutalmente e destruiu os seus inimigos sem o
conceito fraco que destrói mentes - culpa. Você vê, este é outro belo exemplo de equilíbrio. Na história,
o inimigo derrotado é sempre retratado como um
força da escuridão, o mal vencido como um todo e o vencedor está representando a força da luz e da
verdade. Obviamente, a história nos apresenta com um mentiras lados disseram repetidas vezes; quando
algo é dito de forma consistente e logo aceito pelas massas, torna-se “verdade”.

Luciferianismo exalta tanto a escuridão ea luz como um equilíbrio; dualidade é uma falsidade monoteísta que
não existe na natureza. Em todos os seres e dentro da natureza em si, há um ciclo de ambos destruição e
criação. Daquele que é destruído algo novo é criado em cima dele. O bem eo mal são, portanto, o mesmo
conceito. Anton LaVey definiu-o como “Good é o que você gosta, o Mal é o que você não gosta”. Como o bem
eo mal não existem, as pessoas desequilibradas e defeituosos fazer. Aqueles que roubam de outros
prejudicar o fraco ou por desejo egoísta (Luciferianismo representa indulgência com disciplina saudável)
provoca sofrimento aos outros sem provocação suficiente (auto-defesa, protegendo um ente querido) não são
de alguma maneira absoluta, destrutivo. Basta colocar eles têm muitas falhas de caráter destrutivo e são
mentais impróprios para a sociedade.

Nada neste mundo é preto e branco; existem diferentes formas de perceber alguma coisa e ele faz
importa de que lado seu próprio respeito do que está acontecendo. Luciferianismo requer a inteligência e
força independente de caráter para tomar decisões com base na experiência no momento. Pense antes
de agir, se você deve defender-se, em seguida, fazê-lo com orgulho inocente. Não faça coisas que você
vai se sentir culpada por que está em conflito com sua moral do núcleo como um indivíduo vivo.

Luciferianismo é um caminho para selfliberation espiritual com a responsabilidade de ser responsável


por seu presente e futuro. A liberdade espiritual é um dos maiores dons do símbolo que chamamos de
“Luz portador”. Não resista escuro ... ir adiante e dominá-lo, que a luz deve, então, servir o seu bem!

Leitura adicional:
“Dragon das duas chamas - Magick Demonic e os deuses de Canaã”, de

Michael W. Ford
“Drauga - Ahrimanian Yatuk Dinoih”, de Michael W. Ford “Adversarial Light - Magick do Nephilim”, de Michael W. Ford
Em relação a Vida Após a Morte

Muitos perguntam o que é a crença luciferiana na possibilidade de vida após a morte, como
luciferianos, seria irresponsável para sugerir aos outros o que para investir crença nesta área.
Desde os primeiros registros da humanidade, existem mitos e contos de fantasmas e forças
sobrenaturais que existem fora do corpo. O conceito de morte em nossa cultura judaico-cristã
moderna nos diz que devemos acreditar que há um céu e inferno e dependendo de como nos
comportamos, estamos indo para um ou outro. Muitas pessoas têm experiências que seriam
definidos como “assustador” e, claro, as histórias de experiências de quase morte. Aqueles
que praticam algumas áreas de Magia e Feitiçaria segurar em práticas estima que envolvem
viagem astral, necromancia e outros tipos de tradições metafísicas.

Lembre-se, sugeri-lhe que não há absolutos; condições variáveis ​podem criar diferentes resultados, dependendo numerosas

considerações. É importante questionar tudo, validar e fazer tal com uma base a partir de lógica e como você observar o

mundo a “trabalhar”. Luciferianos como regra, não acreditam na existência de “governar” espíritos sobrenaturais como

deuses literais, demônios ou de outra forma. Nós reconhecemos a necessidade de mito pessoal e simbolismo inspirador que

pode inflamar a nossa imaginação. Há Luciferianos que praticam magia cerimonial, que, ao entrar na câmara de ritual,

visualizar e investir crença em sua mitologia pessoal, se ele cumpre o foco de seu desejo de uma maneira espiritual ou

carnal. Tal fantasia e mito pode centrar a sua imaginação (com base no que esses símbolos representam) para colocar em

movimento a orientação de energia em direção aos objetivos que possam ter. Luciferianos não acredito em um céu ou no

inferno; estes são meros símbolos. Luciferianos não reconhecem o conceito de “céu” como um reino judaico-cristã no céu

para o chamado “bom”; Também não acreditamos em demônios no abismo do inferno que nos espera. O céu é uma

referência simbólica para o vasto céu e está associada com o sol. Os céus representam o nosso maior articulação de

consciência, a nossa capacidade de controlar e dirigir os nossos impulsos e aplicar o conhecimento que temos alcançado. O

inferno é a morada do “resto” e de contemplação de nossos desejos profundos; Submundo é um símbolo de nossa mente

inconsciente, onde nossos instintos primitivos leigos. Luciferianos não acredito em um céu ou no inferno; estes são meros

símbolos. Luciferianos não reconhecem o conceito de “céu” como um reino judaico-cristã no céu para o chamado “bom”;

Também não acreditamos em demônios no abismo do inferno que nos espera. O céu é uma referência simbólica para o

vasto céu e está associada com o sol. Os céus representam o nosso maior articulação de consciência, a nossa capacidade

de controlar e dirigir os nossos impulsos e aplicar o conhecimento que temos alcançado. O inferno é a morada do “resto” e

de contemplação de nossos desejos profundos; Submundo é um símbolo de nossa mente inconsciente, onde nossos

instintos primitivos leigos. Luciferianos não acredito em um céu ou no inferno; estes são meros símbolos. Luciferianos não

reconhecem o conceito de “céu” como um reino judaico-cristã no céu para o chamado “bom”; Também não acreditamos em demônios no abismo
O que acontece quando morrer fisicamente? A ciência não determinou quaisquer absolutos com este, mas
parece que o cérebro pode continuar a funcionar por cerca de três minutos após o espancamento paradas de
calor. Em experiências de quase morte, alguns contou ter sido capaz de observar e descrever com algum
detalhe o que está acontecendo com seu corpo quando eles clinicamente morreu antes de ser revivido no
hospital.

Será que a alma existe? Seria irresponsável para me proclamar que ele faz ou não faz. Eu sugiro que você
aplicar a razão e lógica para esse potencial em viver a vida ao máximo e buscando evoluir em tudo o que
fazem. Viva como se há uma possibilidade de existência espiritual após a morte física, como se a psique e
a força da mente e vontade é a causa de tal. Explorar e validar essas áreas que você desejo de
experimentar, mas não caia na armadilha do fanático religioso que pode oferecer nenhuma prova objetiva
e só pode jogar fantasia subjetiva como um terror-objeto para converter os outros! Use a razão ea lógica
como sua fundação e base para explicar seus pensamentos e ações e validar a sua experiência para o seu
benefício.

A alma na minha opinião pessoal é definido como o padrão único, mas definíveis de informações
reconheceu que representa no símbolo da essência de um indivíduo.

Pense sobre essa declaração e, em seguida, compará-lo com os conceitos da alma dos vários Greco-romana e

antiga perto de conceitos orientais. Se você basear a alma sobre este conceito, deve haver um meio para manter o

padrão de esta informação. Como nossos corpos são feitos de proteínas que são codificadas pelo DNA, o potencial

de sobrevivência é a energia bio-elétricos que o cérebro cria por nossos pensamentos. Quando os nossos corpos

físicos morrem, a desintegração do DNA poderia indicar os padrões são perdidas. Se nossas memórias e

personalidade são armazenados nos padrões de neurônios disparando em nossos cérebros, em seguida, deve-se

considerar quanto tempo essa energia pode existir quando o corpo morre.

Então, o que sobre o assunto mais complicado do sobrenatural e até mesmo da prática da
Magia?

Luciferianos não deve aproximar-se do caminho do ocultismo simplesmente de uma das superstições; a
filosofia e ideológica fundação deve ser firmemente no lugar e praticada, a fim de abordar o conceito de
Luciferian Magick com sucesso. Eu só gentilmente sugerem que, se nossos cérebros criar impulsos
eléctricos com
pensamentos, a mente eo corpo pode construir energia e afetam diretamente a nossa interação com o
mundo físico. Muito disso é baseado na tríade do que chamo de Will, desejo e crença e, portanto, é um
caminho verificável ao poder. Lembre-se, validar, questionar tudo e investir crença no que lhe traz
conhecimento e poder.
Em relação às origens da humanidade

Design Inteligente ou evolução?

Não havia nenhum deus no céu que nos levantou do pó. Eu tenho aplicado a base da evolução e que a ciência
teoriza agora de como começamos. Eu muitas vezes consideram o mito com qualquer potencial na base do fato
simbólico de nossa evolução. Se você ler Enuma Elish, o mito mesopotâmico de Tiamat, mãe de caos e Marduk,
campeão dos deuses, você vai notar algumas associações com evolução. Em primeiro lugar, as águas de caos
do que habitavam Tiamat, contido formas monstruosas e répteis de escuridão abyssic com instinto predador. O
jovem prole de Tiamat e Absu, os deuses foram evoluiu o suficiente para procurar criar e moldar o mundo. O
mito explica que em uma grande batalha, Tiamat e seu general-rei do exército de caos foram derrotados por
Marduk e o mundo foi moldada a partir da forma primordial de Tiamat. O sangue de Qingu foi usada para criar a
humanidade e de lá a vida evoluiu. Este é um símbolo de nossa evolução das águas primordiais das terras, a
partir de organismos simples para os seres humanos. Se você olhar para a evolução, a vida de réptil rastejou
das águas primordiais e evoluiu em terra. Com o tempo, seus cérebros obtido mais camadas e características
físicas que continuariam a criar novas espécies. Em algum momento, um grupo de primatas começou a comer
carne vermelha, que é conhecido por ser essencial para o crescimento de cérebros maiores. Devido a alguma
“tempestade perfeita” de condições, os primeiros seres humanos evoluíram de uma forma primitiva. Com o
tempo, evoluiu para o que somos hoje. Nosso presente de consciência nos permitiu refletir em níveis profundos
nosso potencial e que poderíamos ser. Nós foram conduzidos pelo nosso instinto de sobrevivência e fez mais
forte, controlando a ampla gama de emoções que podemos sentir.

Luciferianos olhar para a evolução como a nossa eventual obtenção do simbólico “Black Flame” de consciência
divina; poderíamos literalmente decidir o caminho da vida e, basicamente, o que queríamos alcançar.

Não investir crença em mitos literais como realidade; esta é a forma como os seres humanos têm sido acorrentado a
religiões e aqueles que querem nos controlar. Use mito e símbolo como uma ferramenta que tem base na razão e na
lógica. Não deixe que os outros lhe dizer que “você acredita em nada”, como você tem fé inabalável em si mesmo e
que, como indivíduos; somos responsáveis ​por nossa existência. Para acreditar em um “poder maior” para uma
pessoa religiosa é submeter a algo que não pode ser provada ou
validado; para uma Luciferiano o “poder maior” é o nosso instinto e eu superior articulada,
que nos guia.

em relação à sexualidade

Luciferianos aceitar a homossexualidade, tanto quanto a heterossexualidade; é um direito do homem e da mulher para
se sentir confiante em sua própria orientação sem julgamento. Luciferianos apoiar o casamento do mesmo sexo e
sindicatos. Alguns podem perguntar por quê? A resposta que dou é simplesmente se você é heterossexual então por
que a homossexualidade incomoda? Luciferianismo é contra a imposição de uma lei moral baseado em sentimentos
religiosos ou de outra forma; Se você por acaso sentir-se “revoltado”, então talvez seja necessária uma exploração
mais profunda da raiz de suas emoções. Se você se sentir “simplesmente não é certo”, não é mais provável um
moralista “muro” construído pelo fundo monoteísta imposta a nós em nossa cultura de uma primeira infância.
Ideologia Luciferiano O que fazer Luciferianos acreditam?

1. Luciferianos acreditam em si mesmos. Nós somos responsáveis ​por nossas vidas, há "deus" fora ou
"demônio" ou instrução dogmática. Os símbolos opcionais do ritual e os aspectos que abrangem de que;
demônios, deuses e espíritos são todos subjetiva para o indivíduo.

2. Luciferianos entender que a própria natureza é equilibrada entre "light" e "escuridão", e não "bom" e "mal".
Na natureza, o equilíbrio entre predador e presa é perceptível em todos os aspectos. espiritualismo predatória
é identificar o eu como um tipo de devorador dentro da cadeia alimentar. Ele não indica esta é uma obsessão
abrangendo todo-, mas apenas que nós, como todas as outras formas de vida, são predadores em algum nível.

Nada existe sem devorar algum tipo de vida. Isso inclui os vegetarianos também!

Assim, Luciferianos equilibrar o espiritismo predatória, observando que somos predadores para satisfazer o nosso

instinto primal para a sobrevivência, dominação e luta. Luciferianos equilibrar isso com a nossa faculdade superior de

consciência. Nós temos a responsabilidade de nossa família, comunidade, país ou qualquer que seja a nossa

existência tribal define. Nós não amar nossos inimigos; em vez procuramos conhecer os seus métodos, pontos fortes

e fracos. Nós nos esforçamos para seguir as leis da nossa terra, influenciando o mundo em torno de nós por nossa

interação positiva com ele.

3. Sociedade está sediada em predador e presa. A influência preensão rico dependendo do estado e
comandar diretamente a estrutura de funcionamento: leis, direção, etc.
Os pobres são controlados e guiados pela classe dominante, isto é um fato e uma realidade é preciso
aceitar. Não importa que tipo de estrutura política substitui outro: regra Democrática ou socialista, a elite e
os seus companheiros por esta estrutura. Reconhecer os padrões e entender!

4. Luciferianos acreditam que, dependendo de como nossos cérebros realmente trabalhar, nos encaixamos na cadeia
alimentar e devem procurar a subir nele. Lembre-se, a regra forte do fraco e do Estado astúcia forte. Luciferianos
reconhecer que o racismo detém nenhum lugar em nosso caminho: a igualdade é conquistada com o respeito ganhou
por duas condições: conhecimento e experiência = resultados!
5. A guerra é uma realidade neste mundo. Ele é produzido dentro de nós, uma parte profunda da humanidade.
Em todos os conflitos através de destruição, criação oferece um novo dom da possibilidade. Paz é feita por
conquistar a força hostil; isso deve ser feito com clareza e a força de vontade de vê-lo completar! Mostrar a
qualidade de crueldade com misericórdia equilibrada quando a situação o exige.

Quando possível, procurar entender como um inimigo percebido pode motivar-nos a evoluir.

6. Luciferianos não deve odiar outro por ser diferente; temos de encontrar um terreno comum para respeitar o
"outro”. Não desnecessariamente atacar outras religiões ou caminhos a menos que invadir sobre a sua! Se
não conseguirmos fazer isso, tornamo-nos como os cultos monoteístas de destruição.

7. Luciferianos reconhecer o auto tem excepcional possibilidade. Como pensamos, palavras faladas e as
medidas tomadas irá determinar o caminho que fazemos como indivíduos únicos. O domínio desses três pontos
para vários graus é conhecido simplesmente como Magick. Não importa como você fazê-lo, Magick está
causando a mudança de acordo com o Will. Você não é obrigado a praticar magia ritual; simplesmente usando
a estratégia para a auto-realização em seus objetivos é o padrão de prática.
LÚCIFER Por Hope Marie
Lúcifer, a Estrela da Manhã, cuja iluminação brilhou sobre todo
o mundo. O Vênus, cujo espírito rebelde subiu acima tanto os
céus e as estrelas, para tomar o seu lugar entre os planetas “.

As diferenças entre Left Hand Path & Caminho da Direita

Em filosofias e práticas esotéricas ocidentais, existem dois métodos principais (e diferentes) de abordagem e
percepção, o Caminho da Mão Esquerda e Caminho da Direita. O Caminho da Mão Esquerda é comumente
associado com 'magia negra' e rituais 'maliciosos' enquanto o Caminho da Direita está associado com a luz e
'magia branca' benevolente. Depois de ler isto, você deve ter uma compreensão clara de cristal do que os dois
caminhos são e por Luciferianos estão exclusivamente Caminho da Mão Esquerda.

O Caminho da Mão Esquerda é geralmente associada com os símbolos da escuridão, os aspectos sinistros e
proibidas do oculto. Vou tentar definir claramente não só o Caminho da Mão Esquerda (LHP) e Caminho da
Direita (RHP) são, mas também por isso Luciferianos não pode ser RHP. Isso não vai se estender para temas
profundos e avenidas da LHP mas sim a, definição pragmática básica e como ele se compara ao RHP partir de
uma perspectiva Luciferiano.

Caminho da Mão Esquerda e Caminho da Direita em Luciferianismo

Individualismo é fundamental: em primeiro lugar no pensamento, a maneira como você percebe o seu
mundo subjetivo (a maneira interna mental ou conceito interno de si e meio ambiente) e o mundo objetivo (o
mundo físico comumente compartilhada, o que é 'fora' do self). O Luciferiano procura quebrar os padrões de
pensamento da dualidade (opostos tais como o bem eo mal) e religião monoteísta. Luciferianismo incentiva
um estudo de não só a origem da religião (para demonstrar que tal é projetado para controlar as massas e
para manter o poder dos sacerdócios dominantes que estabeleceram-lo).

Caminho e Luciferiano prática mão esquerda é simplesmente entendida da seguinte


etapas básicas da vida:

1. SelfLiberation de crenças restritivas e ativamente mudar a maneira de


perceber e interagir no mundo.

Quebrando tabus não só espirituais e sociais que diz respeito a religião, a moral e compreender o
instinto primal e desejos dentro, mas o desenvolvimento de uma estrutura profunda da moralidade e
equilíbrio. SelfLiberation de dogma religioso com a consciência de auto-responsabilidade para o presente
e futuro é iniciado nas fases iniciais. A quebrar a ideia dualista que há uma divindade destrutivo e criativo
no cosmos ou a qualquer ser sobrenatural controlar ou orientar a sua vida é descoberto por questionar,
experimentando os resultados da aplicação de princípios Luciferianas para seus objetivos e ganhar a
introspecção em seus pontos fortes e fracos.

RHP é o caminho da unidade com uma idéia divina fora na natureza; LHP busca o equilíbrio dentro de si
e entende que a natureza é equilibrada também. RHP tem uma compreensão unilateral e, portanto,
irrealista da natureza: que a natureza é moralmente bom (moral são criados conceitos de governo social
humana beneficiam a cultura particular é mantida in) e em uma harmonia feliz. LHP reconhece a
natureza é tanto destrutivo e criativo; caos é evidente em tudo que nos rodeia; o equilíbrio na natureza é
fundada no princípio de predador e presa e que o indivíduo deve afirmar consciência e de comando com
confiança sua existência. aspectos LHP e honras da beleza na excelência criativa e destrutiva na
natureza e também o ciclo em que vivemos. RHP pretende governar por conceitos como “bem e do mal”
e “prejudicar ninguém”; confiando em um conceito absoluto de uma divindade benevolente ou princípio.
LHP governa por um equilíbrio de ser benéfico para aqueles que ganham seu amor e compaixão e
implacável com seus inimigos (com respeito às leis dominantes social e cultural).

2. Atingir insight, sabedoria e poder refinando sua psique em sua vida


cotidiana.

A evoluir como um indivíduo requer trabalho e dificuldade em diferentes graus (dependendo do


indivíduo) e exige um padrão de disciplina, auto-responsabilidade e a vontade de não só visualizar seus
objetivos de curto e longo prazo. Depois de aceitar que você é responsável por suas fraquezas e como
sua vida é vivida, tanto no presente e futuro. Como você evoluir para se tornar seu próprio
deus a definição simples é entendido: você, sendo a 'coisa' mais importante em sua vida, é
apenas o 'deus' que torna a vida criativa ou destrutiva. A maneira como você pensa, o que
você focar sua energia para se manifestará suas bênçãos ou infelicidade na vida (além de
acidentes ou outros eventos incontroláveis). Caminho da Direita reconhece que, buscando
uma conexão ou união com um princípio exterior, que você pode ser guiado e assistido por
uma “força” nonverifiable ou “divindade”. Luciferianos rejeitar permitindo que o auto de colocar
a fé ou crença em qualquer coisa fora ou “maior” do que eu. Este princípio LHP é em primeiro
lugar difícil como muitas vezes requer o choque de reprogramar a maneira de pensar,
destruindo conceitos de “bem e do mal” e identificando o equilíbrio entre a escuridão ea luz,

RHP é um caminho que é essencialmente um que não serve as necessidades dos indivíduos
nem refletem a natureza humana. RHP vai negar e desprezar o escuro ou primal inerente a
todos os seres humanos: a suplicar a uma divindade benevolente de um lado e procurar
remover esses desejos e instintos que nos servem bem. Lembre-se, se a natureza é tanto
destrutivo e criativo, é logicamente supor que os arquétipos ou símbolos de deuses e deusas
deve representar o mesmo. Exemplos são abundantes em mitologías e pantheons do mundo,
incluindo o cristianismo. LHP é uma viagem autodeterminada à consciência de refino,
atingindo sabedoria e poder por suas próprias escolhas e trabalho. LHP essencialmente vê
deuses e demônios como símbolos ou arquétipos; Luciferianos comumente chamamos de
“Máscaras deific”, representações simplesmente idealizadas das energias e poderes na
natureza e na humanidade.

LHP exige que o indivíduo procura aprender com os erros, pense com cuidado e planejar antes que as
ações e equilibrar o cuidado com determinação negrito. As regras Luciferianas sobre seu desenvolvimento
interior, equilibrando desejos com passos calculados no sentido de alcançar uma visão e poder no plano
espiritual e material.

3. Transformação e união da consciência em consciência divina, acumulando


sabedoria e poder ao longo do tempo com resultados tangíveis.
LHP é o caminho em que o indivíduo pensa de forma diferente a partir das ovelhas do rebanho da
sociedade e é, portanto, um caminho para selfdeification. Durante um período de tempo com esforço
consciente, um praticante LHP começará a refinar claramente e saber sua divina “self”, comumente
chamado de daemon (Verdadeira Vontade). O entendimento LHP do daemon é aquele em que a
percepção idealizada da sua consciência superior, em constante evolução e inspirar seu desejo inerente
para algo na vida. Insight, sabedoria e experiência, juntamente com o poder espiritual e mental definir
continuamente este-mitologia subjetiva do deus pessoal. não LHP não aceitar a submissão a outras forças
além do auto, o daemon ou o gênio é do indivíduo e está profundamente ligada com sua psique, mente e
corpo, tanto no mundo espiritual e físico.

RHP pode visualizar um conceito de um daemon como sendo associado com um princípio criador
singular muito maior do que eu, ou simplesmente como uma consciência espiritual exterior. LHP
rejeita, princípios criativos conscientes que governam o indivíduo além do self.
PARTE DOIS
Verdadeira Vontade & Daemonic Simbolismo: Luciferianismo como
SelfEvolution Fogo e Sombra

Mitológico Símbolos e alcançar SelfIllumination

Luciferianismo como um caminho espiritual é igualmente equilibrado com a vida carnal ou material que experimentamos

diariamente. A interação de nossos pensamentos, palavras e ações em atividades diárias alimenta não só o nosso

desenvolvimento (ou degeneração), mas exalta nosso potencial percebido, chamado Verdadeira Vontade ou Daemon

queridos. Em todos os seres vivos, indivíduo razoavelmente inteligente, não está dentro de nosso cérebro dentro das

complexidades do caráter inconsciente e consciente que chamamos de “I”, um maior desejo. Este desejo em primeiro lugar é

um sussurro distante, muitas vezes, um impulso que leva afeição por um conceito ou um talento para alguma coisa. Podemos

perceber isso quando somos jovens, enquanto que mais tarde na vida, se temos a sorte de permitir instinto para nos guiar,

manifestá-lo no que podemos alcançar intelectualmente e carnalmente.

Este é o desejo inerente, o nosso “Verdadeira Vontade”. Esta é a própria sede do que pode se tornar o nosso
“Deus Pessoal” ou “Daemon”. Atingir o que chamamos de “conversa” e conhecimento do Daemon (Aleister
Crowley chamou-o “Santo Anjo Guardião”) não é uma tarefa fácil, especialmente para manifestar plenamente
a nossa consciência. Isso requer obter conhecimento através de testes e empurrando o auto para superar um
obstáculo que duvidava que pudesse; talvez seja por meio do desempenho de êxtase de invocação do
daemonic e por uma experiência perigosa que sobreviver. O Daemon será descoberto pela primeira vez por
qualquer uma destas técnicas, uma vez que o Luciferian aplica a orientação instintiva para o caminho
determinado, começa a visualizar esta força como o “Deus pessoal”. Se o Luciferian continua no caminho
autodeterminada em vários momentos e experiências talvez imprevistas, o Daemon será ainda mais
manifesto na vontade. O daemon pode ser visualizado como simbolicamente uma forma do ser superior: a
sexual, primitivo e articulada, auto consciente. O Deus pessoal torna-se uma fonte de espiritualidade pessoal
com base na experiência, validando e o discernimento da própria vida.

Nem todo Luciferiano vai perceber a verdadeira vontade dessa maneira; este é apenas um
guia simplista para a prática mais espiritualista.

Origens helenístico do Daemon

A ideologia luciferiana é fundada sobre a filosofia antiga que é um renascimento que cada
indivíduo possui um daemon ou a possibilidade de Consciência Divina que pode orientar e
melhorar a vida. O antigo direito divino de Estado de persa, egípcia, Hellenic Régua Cult e Cult
Roman da Genius foi o direito de que os governantes / Reis foram dadas Poder Divino que foi
criada em-los (theoi Epifânio = Um Deus manifestado). Luciferianismo afirma este conceito no
indivíduo sobre os seguintes pontos:

1. Cada indivíduo é responsável por sua vida e há divindade tem domínio sobre ele.

2. O Daemon se manifesta através da realização de uma união espiritual com os instintos


primitivos e maior articulação da mente consciente; experiência, conhecimento e percepção de
metas visualizadas tanto fortalece o poder ea vontade divina ou degrada em fracasso e fraqueza.

3. O Daemon ou Verdadeira Vontade é descrito como o nosso desejo inato eo conceito idealizada do self
made continuamente excelente e divina.

4. O Daemon pode ser percebido como simbólica / psicológica ou literal em um sentido


espiritual, dependendo da predileção do indivíduo.

5. Luciferianos utilizar uma abordagem politeísta de deuses preChristian, demônios ou espíritos (chamados Máscaras
deific) como representações de ocorrências da natureza e da humanidade; Máscaras deific são simbolizados como
therionick (beastlike / demoníaca) representando instintos primordiais e concupiscências ou como antropomórfico
(governante humano / divina) manifestando-se como utilizar poderes de auto-disciplina, ordem e consistência no sentido
de objetivos na vida.

6. O Daemon é a nossa vontade que estabelece Balance e sincroniza o nosso conhecimento


subconsciente da Divina ou infernais atributos / símbolos com identificação específica para um aspecto
subjetivo do eu.

7. Luciferianos pode 'vestir' uma máscara Deific com um objetivo específico de adquirir conhecimento e com a

aplicação para um objetivo real traz sabedoria e poder. Mais uma vez, este é um caminho para aqueles que

achar que este seu desejo natural;


Luciferianos não são necessários para explorar este caminho espiritual. Os mais pragmáticos, realistas carnais ainda
tem esse “Daemon”, no entanto, é percebido em sua própria maneira de pensar.
O helenístico Régua Cult

Agathodaimon & Kakodaimon

Originalmente perto de Alexandria, Egito, Agathodaimon ( “bom daimon”) era um velho deus das
profundezas do solo fértil, cuja forma era uma cobra. A lenda de Alexandre III fundador Alexandria e, em
seguida, estabelecer um templo ao deus é historicamente conhecida 1 era um deus popular entre os
egípcios comuns; pequenos encantos, estátuas e altares foram criados em lares para honrar a Deus e
boa sorte para o lar. O conceito do culto de herói, o feito e conquistar um foi encontrado também na
Agathodaimon, que é identificado também no Egito com o culto ao herói.

1 O helenístico RulerCult e o daemon, WW Tarn, TJHS, vol. 48 parte 2.

Agathodaimon (soletrado também Agathodaimon) é traduzido 'Good Spirit' e representa uma


máscara Deific benéfico identificados com o reino chthonic da fertilidade e saúde. O conceito
grego antigo de Agathodaimon é de um espírito que é um oráculo do futuro e instrutor da
sabedoria. O Luciferiano identifica a máscara Deific de Agathodaimon como um 'title' ou
'epíteto' para o Daemon pessoal do indivíduo. Isto não implica uma única 'Agathodaimon', mas
uma representação geral do propósito da Máscara Deific para o indivíduo. Como um espírito do
'futuro', a Daemon representa a nossa representação idealizada, simbólico de nosso potencial.
Por exemplo, se a sua 'verdadeira vontade' ou desejo inerente é para se tornar um músico de
sucesso, a sua representação de sua Daemon possivelmente teria simbolismo da Apollo;

Se você ilustrada seu visualizado 'Daemon' teria atributos simbólicos parecido com a imagem da
moeda do antigo período Helénica (moedas, como Alexandre, o Grande, Ptolomeu, selêucidas, partos,
romanos, etc). Como seu iniciação e experiência é feita grande, não só o conhecimento, mas a
realização de aplicar Magick então o seu Daemon podem ter diferentes representações simbólicas,
dependendo do interesse cultural.

O Agathodaimon no Egito ptolomaico para o período romano assimila Agathodaimon


com Sarapis e Zeus Ammon. Ammon foi dito ter
assumiu a forma de uma cobra para ganhar sua noiva e foi celebrada não só em Alexandria mas também
Kyrene. Agathodaimon é associado com Sarapis e é mostrado com sua noiva Tyche, tanto em formas de
serpente. O culto alexandrino do período greco-romano assimila Isis e Sarapis na forma de serpentes
com cabeça de humanos. Sarapis também tem os chifres de Amom também. Como a deificação de boa
sorte (conhecido no Egito como Sai), Agathodaimon e Agathe Tyche são identificados como o velho
Psois e Thermuthis egípcia; identificado e igualado com Sarapis e Isis (Tique) bem. O Kakodaimon ( “mal
daimon”) foram considerados daemons maliciosos que operavam fora da estrutura em que o
Agathodaimon fez. Luciferianos não se identificam com qualquer um Agathodaimon ou Kakodaimon “fora”
do eu; estes são símbolos mitológicos de inspiração e traços de identificação dentro de uma forma
idealizada. Como os Empédocles antigos 2 indica, Daemon do indivíduo é a força ativa trabalhando
internamente para moldar sua vida. O Daemon é, portanto, benéfica como seu poder é estabelecido,
fortalecido e crescendo em poder espiritual baseado nos pensamentos e ações do indivíduo. Estabelecer
uma disciplina forte, buscando o equilíbrio, em vez de excesso de indulgência e aplicação contínua de
conhecimentos com o objetivo de sabedoria e poder é o caminho para selfmastery Luciferiano. Se um
destrói o corpo e mente com abuso de drogas ou comportamento degenerado, em seguida, o daemon é
também afectada.

2 “Daemon” como uma força Shaping “Ethos” em Heráclito, Shirley Darcus, Phoenix, Vol. 28, No. 4 (Inverno,

1974)

Compreender Panteões e Mitos antes do cristianismo antigo

Eu tenho dito antes que Luciferianismo surgiu no sentido moderno de muitos aspectos de religiões e
seus significados em panteões antigos que existiam antes JudeoChristianity e Islam. Deixe-me
fornecer uma base muito básico para as origens antigas.

antigas religiões e cultos no leste perto da antiga (Síria, Mesopotâmia, Ásia Menor, Irã, etc) foram basicamente
estruturado em torno de um mundo agrícola. Uma boa colheita era um presente dos deuses e uma má colheita
era potencialmente morte para a população. Comércio e interesses comerciais, juntamente com estabilidade
proporcionada pela conquista rivais também foi fundamental para manter as antigas cidades e territórios de
idade.
Na antiga cidade de Tiro é um bom exemplo para as antigas religiões que se tornou o inimigo
do JudeoChristianity.

O calendário solar não era apenas uma forma de calcular o tempo no mundo antigo, ele também tem uma
importância religiosa positiva para explicar a importância do panteão no poder e os templecults que detêm
o poder dentro da estrutura governamental. Uma religião solar central para a força e crescimento de um
império e uma sociedade; o sol era um símbolo de justiça, o crescimento na natureza e quando no aspecto
destrutivo do calor escaldante, um elemento destrutivo. Vemos o culto solar na Assíria no tempo de Sargão
I, Babilônia e também em Israel durante a regra politeísta de Salomão.

Durante o reinado de Hiram, rei de Tiro, o estabelecimento do culto de Heracles (Melqart) e


Astarte era para ser uma grande tradição do herói no culto solar desta cidade centrada
comercializado no Mediterrâneo Ocidental. O deus BaalHaddad foi centrado na natureza e trouxe
a chuva e promoveu a fertilidade. O consorte de BaalHaddad era Astarte que era a Grande Mãe,
a deificação do solo. Sua prole, deificado sob o nome de Tamuz foi a cultura anual e foi chamado
Adon ( 'Senhor').

Tammuz nasceu no início da primavera cresceu, amadureceu, amadurecido e seco antes de ser cortada
com a aproximação da estação do outono. A semente desta cultura antiga foi enterrado no solo no ventre
fértil da mãe terra. Quando a chegada do outono, Tammuz morreu e foi enterrado na terra. Com a
chegada da primavera, Tammuz renasceu em uma forma rejuvenescida. Tamuz foi para o solo (no
submundo) como uma divindade atrofiada velho e renasceu na primavera como o deus jovem, forte.

O símbolo do deus morrer e ressuscitar nos ciclos mitológicos oferece um simbolismo positivo,
compreensível que fornece uma ponte entre a natureza ea humanidade. O Tyrian Heracles, Melqart, era um
semideus (nascido da divindade e mulher mortal) que por suas realizações, tornou-se um deus depois de
sua morte e é um símbolo do potencial de selfexcellence. Melqart também tinha associações submundo,
bem como ainda mais antigos cultos cananeus de guerreiros nobres conhecidos como refains.

transformação religiosa é evidente nas religiões agrícolas com exemplos como o Tyrian
BaalHaddad se tornando Baal Shamem ( “Senhor do Céu”), adorado como Zeus Olympios
durante o período helenístico. O culto da
Tammuz-Adon se torna Melqart (também Melcarth) que era idêntica à Heracles. Para resumir a
transformação simbólica de acordo com a natureza:

Verão e o deus do sol temporada de outono

Baal Shamem (Zeus Olympios) - diminuindo sol, diminuindo até o solstício de inverno,
desce ao submundo do Ocidente.

Inverno e primavera deus sol

Melqart (Heracles) - sol nascente, reaparecendo no horizonte oriental, subindo do submundo em uma
manifestação rejuvenescido, vigoroso, o deus do sol de inverno e na primavera, quando o sol cresce mais
brilhante, mais quente e radiante. Seu retorno marca a bem-aventurança e renovação da natureza e por sua
vez as pessoas.

deus herói de Tiro

Melqart (Heracles) - o semideus mortal que era adorado como um herói, divinizado após a morte
física. Esta manifestação do herói cult é diferente do radiante solar deidade do sol oriental subindo.
Os rituais de oferendas e sacrifícios aos mortos foram realizadas dentro deste culto também.

Festival do Despertar da Melqart eo rei de Tiro

Este foi o festival de Tiro da ressurreição de Melqart da morte, simbolizado como o sono ea
restauração revigorado para a vida. O mito do Phoenix estava diretamente associado com os cultos de
Tiro em que a ave foi selfregenerated de suas cinzas ardentes de uma forma jovem. Vemos esse culto
manifesto na Cilícia, o culto da Sandan (Melqart-HeraclesNergal) em Tarso, onde o deus é imolado
sobre um altar e como o ciclo de Tyrian, é ressuscitado e radiante no inverno e na primavera.

O primeiro rei de Tiro, para associar o seu papel como governante com o culto de Melqart era Hiram e
mais tarde mito Lucifer (originalmente do antigo cananeu Ashtar) de Ezequiel. xxvii1-19 foi assimilado
com este festival de culto. Esta antiga perto de culto oriental é uma das origens para selfdeification como
um rulercult; a imagem do rei idealizada como um símbolo de força e poder ao seu povo.

Luciferianismo assimila esta estrutura e adapta-lo para o indivíduo; não há “povo” e do


idealizada “Daemon” é a, revigorante símbolo inspirador
em um contexto pessoal.

A tradição do rei de Tiro, promulgada em festivais seria identificar-se com o deus ou melhor, a
divindade escolheu para encarnar-se, manifestando-se na pessoa do rei conectados como um a
partir desse ponto. A manifestação, 'Epifânio', foi a manifestação física do deus no indivíduo vivo
com base nas características nele contidas.

Por que isso é importante? Luciferianos utilizar este modelo para o seu eu individual, visualizando a sua
possibilidade de selfexcellence e aspirante aspecto divino de si como sendo deificado consciência. Vamos olhar
um pouco mais perto.

Durante o período helenístico, os selêucidas e Ptolomeus em vários momentos realizada na cidade


de Tiro, antes do período romano. Antíoco IV Epifânio Nicéforo (175-164 aC), que se tornou rei em
175, visitou a cidade de Tiro, em 172 e participou do Festival do Despertar da Melqart. O rei
promulgou o papel do deus ressuscitado, radiante, que retornou ao seu povo, foi dado o epíteto
Epifânio e Theos (deus). No lugar leste, onde o sol iria nascer, um trono estava colocado em que o
rei iria se sentar e ao amanhecer o sol brilhar sobre ele, simbolicamente fusão do deus com o
indivíduo vivo, a chama de luz iria reflectir de sua pessoa ea manto resplandecente aqui estava
usando para esta cerimônia. O rei, então, subir e se mostrar para o povo, tendo demonstrado que
ele era o deus encarnado, Epifânio, manifestação viva de Baal Shamem-Melqart. Este foi um papel
capacitar em que ele se tornou o deus-rei; sua Daemon foi elevada e uma força orientadora para
sua mente mortal. A ideia de que o governante pode se tornar um deus era no conceito de que, por
um período de tempo, um deus particular teria desceu à terra e tomado forma humana. Alguns
podem ser conhecido como “New Dionísio”.

Tais títulos foram concedidos com base no que o rei iria realizar. O epíteto de Theos, conjugada com
o nome de um deus, descreve um homem (ou mulher com Thea no caso de Arsinoe II) como
reproduzindo seus traços ou realizações, com um deus particular. A diferença de Luciferianismo e
conceitos helênicos é que o Theos Epifânio da Daemon idealizada do indivíduo não é dentro da
personalidade todos os dias, em vez das qualidades e realizações do Luciferiano como um todo.

Este tipo de selfdeification foi generalizada durante o período helenístico-romano; é por isso que as
imagens dos reis, como Antíoco IV, vários Ptolomeus
e até mesmo Demetrios Poliorketes foram idealizadas em suas moedas. Antiochos usou a coroa radiada da
Helios-Apollo, assim apresentado forte simbolismo Luciferiano e 'demonizado' mais tarde por textos
judaico-cristãs.

O Daemon simbolizada na arte

Ilustrando ou apresentando as qualidades e realizações do indivíduo é para alguns Luciferianos, um


processo no desenvolvimento da espiritualidade interior e selfdeification do nosso Daemon, a Verdadeira
Vontade personificada ou Deus Pessoal. Quando você começar a sua iniciação na Luciferiano Magick, o
objetivo da realização do Daemon é o seu projeto principal; esta é a verdadeira vontade e força orientadora
do que você está instintivamente orientada para nesta vida. Existem inúmeras maneiras de conseguir
comunicação com o Daemon. Existem inúmeros métodos apresentados nos meus grimoire de; como este
não é tanto uma obra “magickial”, como é filosófica, eu listar exemplos no final desta parte.

Se você procurar a manifestar o seu Daemon ou Verdadeira Vontade na iniciação mágica, então você vai escolher
um método para atingir este. O processo pode ser, ritual disciplinado consistente ou algum exercício extremo ou
algum stress induzindo a prática de empurrar-se para além do que você considera como seus limites de
capacidade física e mental. Esta é uma experiência dupla:-lo a atingir uma visão sobre seus pontos fracos e fortes
e em sabedoria, por sua vez, que você é capaz de alcançar mais com uma vontade forte. Muitas vezes, durante o
período de conclusão deste processo, a consciência da sua Daemon é dado a conhecer através de sonho e
instinto e o mero vislumbre oferece um novo começo de insight.

O Daemon é uma versão melhorada de você, idealizado e vestido com o simbolismo dessas qualidades e

características que você tem em sua personalidade. O nome do seu Daemon não pode ser imediatamente

conhecido por sua mente consciente, mas ao longo do tempo e discernimento a partir da experiência que vai vir

à superfície. Eu vou oferecer o meu como mero exemplo. Lembre-se, como um indivíduo é sempre diferente e

único.

No início de minha Ings trabalho Luciferianas no final de 1990 eu descobri o nome de “Amel” e, em seguida, por sua
vez, “Azal'ucel”. Este nome é uma unidade óbvia de Azazel e Lúcifer, com as associações de Samael. Isso não quer
dizer que eu acredito que meu daemon é Azazel, Lucifer ou Samael, apenas incorporando características de cada um
em meu personagem
e qualidade.

Minha natureza rebelde mesmo contra Caminho da Mão Esquerda e avenidas mágicas, um impulso instintivo profundo
para o que eu senti que deve fazer e para inaugurar adiante uma nova forma de iniciação manifeste em mim o
Daemon Azal'ucel. Como eu continuei este caminho por muitos anos depois, os vários simbolismo da Azal'ucel
tornou-se claro e, às vezes, dependendo meus trabalhos, seria apresentado de forma diferente com as mesmas
qualidades fundamentais de minha Verdadeira Vontade.

I começou a experimentar com a arte de manifestar um símbolo visual do meu Daemon em que eu possa
meditar durante os rituais de concentrar a minha Verdadeira Vontade em direção ao meu trabalho na mão.
Assim, nos últimos anos, o meu Daemon tornou-se como “Akhtya Dahak Azal'ucel”, o Deus pessoal de
muitas formas, desde as várias experiências iniciáticas que já tive. O Daemon seria mostrado com minhas
qualidades faciais, idealizada, com “vestuário” simbólico do tipo de panteão I explorado e atingiu uma visão
de.

Por exemplo, estes são diferentes representações:

Azal'ucel (Daemon) como Deus pessoal dos autores encarnada:


A representação idealizada do Daemon de Michael W. Ford, ilustrado por Kitti Solymosi; O daemon é
coroado com coroa de louro de Apollo, a luz ardente de Hélio-Apollo manifestando de Azal'ucel
representando a Luz Luciferiano de consciência deificou (apresentando a filosofia Luciferiano moderno); a
serpente (s) tanto como um portador de sabedoria e de um predador devorando representam o equilíbrio
entre a consciência primordial e articulada. Aqueles que criam as suas imagens do Daemon, muitas
vezes, apresentar várias formas diferentes durante toda a vida, considerando que eles ainda continuam
no caminho.

Akhtya Dahak Azal'ucel


Esta imagem dos autores Daemon foi criado com siro - simbolismo egípcio como descrito acima,
durante o período de criação de ‘Dragon das duas chamas’ e funcionamento com as máscaras deific
Horom, Baal-Seth e Resheph. Os traços e manifestação desta imagem apresentar uma associação
simbólica diferente do que a representação mais helenístico, porém ainda mantendo os traços
principais do Daemon.

Akhtya Dahak Azal'ucel

Ahrimanian Daemon visualizados

Esta apresentação de Akhtya Dahak Azal'ucel é apresentado no culto sorcerous escuro da


Yatuk Dinoih eo caminho iniciático do Yatus do início de 2000 em 2014. Akhtya Dahak
Azal'ucel é apresentado aqui com o perfil de
o autor, idealizada e misturado com a tampa satrapal persa (este estilo é datado de 285-250 aC, durante o
período selêucida em Persis) conhecido como um Kyrbasia com diadema representando o poder ea
autoridade de Daemon no culto de Ahriman, manifestar como Akhtya. As presas representam o instinto
predatório desta espiritualidade arimânico; os grandes olhos representam discernimento espiritual ea língua
bifurcada a sabedoria da serpente. Os nomes de poder envolver os poderes Yatukih. Esta manifestação da
Daemon é utilizado exclusivamente para o funcionamento contidas na Drauga ea tradição Ahrimanian.

Como você pode ver, cada representação é variada, mas ainda no núcleo contém os traços de Daemon dos
autores pessoais, Azal'ucel. Tal não se entende como uma deificação da pessoa do autor, exclusivamente,
ao invés do desenvolvimento da espiritualidade pessoal que fornece uma base em trabalhos contínuos. Este
foi desenvolvido a partir das tradições helenísticas e os mesopotâmios também.
APOTEOSE

Um Caminho para a SelfIllumination

A palavra grega que significa ἀποθέωσις apotheoun " deificar”, traduzido em latim como
deificatio " tornando divina" é o processo de iniciação que visa o indivíduo a subir e evoluir para uma
transcendência perpétua em uma divindade. Apoteose no Luciferianismo é um tipo de Teurgia,

A etimologia da palavra Antinomianism está no ἀντί grego anti " contra" + νόμος nomos " lei". Do ponto de vista do
Caminho da Mão Esquerda, antinomianismo é o indivíduo por excelência; uma forma de reconhecer e aproveitar
o controle e, assim, poder de conectar padrões de mudança convincente de acordo com a vontade. O indivíduo
deve primeiro validar este caminho escolhendo duas tarefas específicas para afirmar o processo de Apoteose;
este é o primeiro a reconhecer o princípio do poder do pensamento e da percepção, escolhendo para aproveitar
o objetivo a curto prazo que irão moldar o objetivo a longo prazo. Definindo este primeiro e mais importante
objetivo é a primeira consideração trivial e talvez demasiado óbvio, mas em cima de investir crença na
capacidade de moldar e controlar seus pensamentos com um objetivo básico visualizado é uma fundação em
experimentar Luciferianismo na prática.

Afirmando os resultados dos primeiros passos da iniciação luciferiana, isto é, ligando os padrões e passos
em ambos os níveis mentais, espirituais e físicas do ser é para acender o fogo divino chamado a Chama
Negra; consciência individual ea luz do antinomianismo. O próximo passo nessa experiência
transformadora da iniciação é, em seguida, aplicar esta energia acumulada e a percepção de sua
experiência para um objectivo a longo prazo. Isso envolverá uma medida de trabalho duro e dedicação,
aplicando continuamente o pensamento e energia nos níveis mentais, físicas e espirituais de sua vida.

Este processo pode incluir a variação técnicas de Luciferiano Magick; Magick está claramente definida
aqui como comandante e criar a mudança, de acordo com a vontade. As ferramentas de Luciferian
Magick são muitos e até mesmo sutil no desempenho: meditação, mantra (som e vibrações
transformação, construção e energia de envio), invocações rituais ou o psicodrama de atos cerimoniais
(comandando a mudança através de energia e associações mitológicas com símbolos), visualização
mental ou qualquer técnica que inicia este processo.
Apoteose na Igreja Maior de Lucifer é atingido em várias etapas sucessivas, os níveis de experiência e
poder que valida e afirma a prática Luciferiano em uma medida muito mais profundo e profundo do que
qualquer outro sistema de crença religiosa ou dogmático. Esta é uma autodeterminada, jornada
pessoal e não é uma estrutura iniciática. Este caminho é um guia para a aplicação e evolução do
Luciferiano dentro de um sentido mental, espiritual e físico.

Despertar

O Luciferiano procura obter conhecimento sobre a auto incluindo uma compreensão da mente, espírito
e natureza física da existência. O aspirante por um período de nove meses será, no predilectation do
indivíduo, começam com uma cerimônia formal de dedicação, em que os objectivos da Luciferian são
afirmados e o início da exploração da ideologia luciferiana e filosofia na prática. O Luciferiano pode ser
tão envolvido como ele ou ela determina importante, não doutrinação público ou formal em GCOL é
necessária. Se o indivíduo determina por aurgurs sutis (por ter uma condução ou atraindo desejo ou a
fortuna de envolvimento visualizado) e com base na autodeterminação, pode optar por dedicar
formalmente a auto para a prática de Luciferian Theurgy e Apoteose pelo caminho sutil no sentido de
sabedoria e poder.

Luminância (Nascimento na Chama Black)

Se o Luciferian aplica-se o caminho da Apoteose e Luciferiano Theurgy em GCOL, as duas primeiras


provas serão aplicadas durante o período de gestação e afirmou com resultados tangíveis. A
luminância (Nascimento na Chama Black) é o estado de ser no qual o aspirante se torna o centro e
isolar canal para a sua própria existência, estando ciente plenamente que ele ou ela é tanto a psique e
daemon no eu, literalmente, o deus ou governante vigor do self.

Ascensão

Pelo envolvimento continuado na GCOL, com evidências admirável e consistente, a Luciferian é capaz de
expressar a sua sabedoria e experiência para os outros pelo exemplo da Apoteose. O Luciferian é capaz de,
pelo seu critério, o caminho de ascensão como um exemplo vivo do espírito contraditório, algo semelhante
ao que os antigos gregos chamado de “semideus”; tanto humanos como divindade em um mortal
corpo. Esta consciência começando é afirmado pelo exemplo da manifestação do potencial
divino, ' Epifânio ', O aparecimento de ilustre selfdeification em fases precoces. Isso não sugere
uma vaga, algo mitológico e que não pode ser validado pela lógica ou da ciência.

Em vez disso, Epifânio é definida aqui como demonstrar pelo exemplo de vida que o Luciferian
tornou-se ciente e aplicando ativamente a responsabilidade de ser os próprio deus ou deusa por
exemplo racional. A apoteose é uma experiência de vida em evolução no qual daemon ones' (Roman:
gênio) ou True Will é dado a conhecer ele ou ela.

Luciferianos definir 'auto -deification' como o processo de se tornar ciente de que o auto é responsável por
sua única vida, singular. Não há nem predeterminado 'destino' nem governança por uma divindade invisível
ou forças além do self. Esta consciência é essencialmente gradual e deve ser afirmada e validado pelo
Luciferiano pessoalmente; é de facto uma séria e no primeiro choque potencialmente solitário de
isolamento.

A recompensa é que desde que não há nem divindade governante exterior moldar o seu futuro, nem ser
responsável pelo seu passado, presente ou futuro, e então a razão indica que só tu és o único deus ou
deusa que é. O Luciferiano entende com clareza que ele ou ela não é um deus, no sentido da interpretação
mitológica bíblica: você não é responsável para governar a vida fora de si mesmo, a menos que você está
em algum papel de liderança. Em resumo, como você percebe e a escolha que você faz, palavras faladas e
curso de ações na vida cotidiana vai determinar o seu sucesso do fracasso dependendo de seus valores e
objetivos. Você deve aprender a conhecer-se, pense com cuidado e ser ousado nas ações que irão moldar
o seu presente e futuro curso de modo forjado. Este é essencialmente um ser sobre o Caminho da Mão
Esquerda; seus instintos primitivos será guiado e comandado por seu intelecto consciente e força de
vontade. Com o tempo você vai ter uma visão e sabedoria de sua experiência e poder alcançado nesta
jornada, você vai aprender a confiar em si mesmo.

O desejo inerente do que você se sentir atraído a fazer na vida, comumente percebida como a “verdadeira
vontade”, para alguns será interpretado como o que é uma forte espiritualidade dentro. Esta espiritualidade
pode ser refletido por alguns como o aspecto de auto que você chamar o daemon, a realização espiritual
mitológica de seu deus pessoal; literalmente o potencial em constante evolução de selfexcellence que orienta o
seu
curso de vida. Este daemon pessoal não é alguma força externa, em vez um gênio espelhado e manifestado
vestido com essas características, visualizado no simbolismo mitológico, como a força demoníaca que inspira e
às vezes, conforta as suas necessidades espirituais.

Para aqueles que sentem o vazio precoce de estar no Caminho da Mão Esquerda, tomar cuidado e ser
forte para manter o curso do seu despertar precoce Luciferiano; o discernimento e sabedoria alcançado,
juntamente com um senso pessoal de poder que produzirá por suas ações o Deus pessoal que chamamos
de daemon. O daemon ficará claro e preencher esse vazio muito o que trará uma confiança e auto-amor tão
necessário para uma vida saudável e feliz.

theos Epifânio

O estado de ser conhecido como 'Theos Epifanes' são mestres de Luciferianismo; aqueles que têm afirmado
consistentemente e validado Luciferianismo na prática e na sua própria maneira original .. Theos ou Thea
(feminino) é a palavra grega para “Deus” e ambos representa 'Deus manifesto', o aparecimento ilustre de uma
característica divina no indivíduo. Esta é uma referência simbólica baseado em características presentes na
personalidade e realizações do Luciferian.

O daemon ao longo do tempo por seus pensamentos, palavras e ações serão fortalecidos ou enfraquecidos
pelo seu próprio caminho autodeterminada, seja consciente ou inconscientemente. Theos Epifânio é um estado
de existência em que você tem claramente manifestado a sua divindade em união com o seu estado potencial
e presente de ser. Você estará confiante, inspirada, por vezes, com a realização passado e objetivos presentes
com uma imagem clara visualizado de onde você está indo na vida. Em tempos de crise ou de luta, você pode
encontrar conforto e orientação no seu daemon e uma confiança espiritual profunda que não será abalada pela
falta de fé. A fé é diferente do que a confiança; ter fé é seguir cegamente algo que não pode ser validada ou
comprovada em qualquer sentido lógico. Para se ter confiança é investir crença com confiança em algo que
tem um ponto lógico de referência.
ORAÇÃO Luciferiano

O seguinte é uma oração simples que pode ser usado quando você sente a necessidade de força; ele também
deve ser usado em momentos em que você tem sucesso e vitória para seus objetivos; Procuramos sempre
manter o foco e manter as coisas em perspectiva. Você sempre pode se tornar maior; você sempre tem o
potencial de mais conhecimento! Você pode recitar este em sua própria maneira - a relação com o Espírito
Adversarial irá orientar e permitir que você desenvolva como sua própria pessoa. Esta invocação particular,
tem-se revelado bastante poderoso para muitos Luciferianos; que chama para o potencial oculto e não a uma
força exterior. Use bem!
A Invocação Luciferiano

(Também o Oração ao Anjo de Luz)


- Reproduzido com permissão de “Adversarial Light - Magick do Nephilim”, de Michael W. Ford, súcubo Productions.

Eu te invoco, Deus dentro de mim!


Para que eu possa buscar a minha própria redenção para que eu possa conhecer os segredos dentro deste mundo! Que eu
me levantar para ser sábio através da experiência e teste Então serei um Portador da Luz

A Fonte da Chama Negra do Conhecimento I oferecem apenas orações para o meu potencial e
possível grandeza que o anjo e Daemon dentro de mim é reforçada! Não tenho necessidade de um
Deus falso e ciumento que deseja opressão e súplica a suas ovelhas! Meu Deus e Deusa habitar
dentro! Vou me levantar às alturas através da educação, experiência e equilíbrio

Que eu sempre ter a sabedoria para manter-me responsável Para tratar os outros como eles me tratam
a procurar a felicidade em Vitória
Para desafiar-me a maior realização de auto-dirigida que serei como o dragão que devora
fraqueza e fortalece como o Anjo de Luz Por isso, é feito!
New Era Luciferiano O fim do mundo

Por Jeremy Corvo

Alguma coisa mudou. Você provavelmente já sentiu. Alguns valores que pareciam óbvias no passado já
não é válida e talvez nunca estão foram. Uma mudança fundamental ocorreu. Na verdade, o Fim do
Mundo ocorreu mais uma vez e aqueles que a conhecem já ajustaram suas estratégias para
posicionar-se para o sucesso neste novo mundo. O próprio fato de que você decidiu ler este livro indica
que você está em ressonância com este novo aeon. Para definir a palavra, 'aeon' originalmente
significava “vida” ou especificamente, “ser”; entendida mais comumente como “tempo” ou “eras”.

Ele é a posição da Igreja que temos de fato entrou em uma era Luciferiano Novo, mas o que isso significa
exatamente? A Era Luciferiano Nova (NLE) é uma força de transformação global alimentada por uma
confluência de energias indefinidos e cristalizado através de um acto de criação mágico.

Como os primeiros sinais de Primavera, apesar do fato de que ainda estamos vivendo em tempos sombrios há
uma sutil sensação de vitalidade, muito dormente, que está despertando. A sensação de que somos todos parte
desse processo e pode enriquecer essa corrente se optar por utilizá-lo para a vantagem de nós e os outros.
Você não está sozinho. Indivíduos em todo o mundo estão em sintonia com a percepção de que estamos a viver
a infância de um mundo novo.

Esta mudança fundamental foi antecipado e até mesmo temido por muitos na forma de profecias,
calendários e às vezes através de um senso de apocalipse iminente. O Fim do Mundo, de fato, vir a
passar e esta não é a primeira vez. No auge da civilização maia acreditavam que eles estavam
vivendo na Quarta Criação. Em outras palavras, o mundo já tinha terminado três vezes anteriormente
e uma nova criação tomou o seu lugar cada vez.

Aconteceu mais uma vez em 21 de dezembro de 2012 EC, quando o velho mundo terminou, o New
Luciferiano Era espontaneamente surgiu em seu lugar. Contracção terminologia dos maias podemos
confiantemente declarar que estamos vivendo agora na quinta criação. O Maya estavam longe de ser os
únicos a reconhecer e prever essa transição; no entanto, eles são dignos de nota ter o que foi
provavelmente o conjunto mais preciso de calendários conhecidos por ter existido na história da
humanidade. o
atualmente calendário gregoriano populares empalidece em comparação. A Maya teve astrônomos
incrivelmente talentosos e seus calendários têm provado ser excelente em planetária rastreamento e outros
ciclos naturais. Ele é de seu calendário “Contagem Longa” que temos a data de 21 de dezembro de 2012. Ele
marca o fim de que o calendário eo início de um novo ciclo maciça.

Esta data chamou a atenção de todo o mundo. Muitos previram aniquilação física, sem entender o conceito maia de ciclos.

Quando alguma coisa termina, ele só começa de novo; mas cada nova iteração do ciclo traz um aspecto diferente para a

frente. Outros afirmaram que os seres humanos preparados para o evento de repente “Ascend” para se tornar seres imortais

existentes em frequências mais altas da realidade. Este conceito é essencialmente uma versão New Age de “The Rapture”

certos ramos do cristianismo ensina, em que Jesus voltará e se teletransportar todos aqueles que foram “salvos” diretamente

para o céu. É claro que a ascensão automática em massa não ocorreu como previsto. No entanto, vamos ser generosos e

reconsiderar essa idéia de um ângulo diferente. Um “Mestre Ascensionado” é, em teoria, um indivíduo que transcendeu a

carne mortal para se tornar um ser imortal capaz de influenciar os acontecimentos mundiais através de comunicação com

aqueles entre os vivos que são sensíveis às forças sutis. No passado, estabelecendo um legado poderoso o suficiente para

influenciar as pessoas por várias gerações foi principalmente dentro do domínio daqueles a sorte de nascer em posições de

riqueza e poder. Estamos agora vivendo em uma época que fornece um nível sem precedentes de acesso aos recursos que

pode ser aproveitado por um número cada vez maior de pessoas de todas as esferas da vida. Estes recursos podem ser

utilizados por praticamente qualquer pessoa para amplificar suas ações e para atingir um enorme número de potenciais

apoiantes. estabelecendo um legado poderoso o suficiente para influenciar as pessoas por várias gerações foi

principalmente dentro do domínio daqueles a sorte de nascer em posições de riqueza e poder. Estamos agora vivendo em

uma época que fornece um nível sem precedentes de acesso aos recursos que pode ser aproveitado por um número cada

vez maior de pessoas de todas as esferas da vida. Estes recursos podem ser utilizados por praticamente qualquer pessoa

para amplificar suas ações e para atingir um enorme número de potenciais apoiantes. estabelecendo um legado poderoso o

suficiente para influenciar as pessoas por várias gerações foi principalmente dentro do domínio daqueles a sorte de nascer

em posições de riqueza e poder. Estamos agora vivendo em uma época que fornece um nível sem precedentes de acesso aos recursos que pod

Outra previsão popular era que o número de indivíduos espiritualmente despertos iria atingir uma massa
crítica; inevitavelmente levando a um despertar grande escala entre a maioria. Este é de facto um aspecto
do que nós chamamos de NLE. O despertar espiritual neste caso é a consciência de que os aspectos
únicos de um indivíduo são as chaves para libertar o seu potencial praticamente ilimitado. Qualquer
religião ou ensinamento espiritual que prega conformidade com o grupo e a negação absoluta de qualquer
aspecto do eu não tem o melhor interesse dos membros em mente. Sistemas que exigem conformidade
são projetados para transformar indivíduos únicos em recursos dispensáveis ​à disposição daqueles que
definir a política. Esse tipo de coisa também pode ser visto em outras áreas da sociedade. Por outro lado,
as organizações abraçando o NLE considerar o
indivíduo como soberano e único. Além de instituições de caridade, organizações deve ser focado
em ser um recurso útil para seus membros. O NLE é Aeon do indivíduo.

A Nova Era

Há muitas correntes de pensamento e astrológicos ocorrências que levaram a esta mudança.


Em primeiro lugar, temos de compreender o conceito de Idade / Era / Aeon. Para começar,
podemos contemplar os períodos de tempo comumente referenciados no desenvolvimento da
humanidade, como a Idade da Pedra, Idade do Bronze, Idade do Ferro, Idade das Trevas, a
Idade da Razão, etc ... Durante a Idade do Bronze, por exemplo, ferramentas de bronze foram
amplamente utilizados devido ao fato de que eles eram muito melhor e mais acessível do que
qualquer outra coisa disponível no momento. A Idade das Trevas se referir a um período de
pensamento supersticiosos e antiintellectual. Essas idades descritivos muitas vezes se aplica a
um período de tempo em uma cultura específica, em vez de todo o planeta.

Embora os exemplos acima mencionados descrevem eras reais na história da humanidade, isso nem
sempre é o caso. Às vezes você vai encontrar mítico, bem como Idade ocultas. A ideia de uma Idade
de Ouro perdido há muito tempo é um exemplo de um tal Idade mítico. Se uma Idade de Ouro real
existia na pré-história, foi mitificado por tantas culturas diferentes em uma infinidade de maneiras. A
Idade de Ouro é suposto ser um período de tempo caminho de volta quando os seres humanos
viviam pacificamente em um estado de inocência e com tal abundância de alimentos acessíveis que
mal teve que trabalhar para ele. Até hoje as pessoas especulam sobre se uma Idade de Ouro real
ocorreu e o que teria parecia especificamente. O conceito tem influenciado culturas inteiras por
milhares de anos e continua a fazê-lo. Em certo sentido, ela representa simbolicamente o tempo
gasto no útero.

Junto com a idéia de sucessivas eras da humanidade vêm as previsões de idades futuras eo que pode
parecer. Isso nos leva para o lado mais esotérico deste assunto. Provavelmente o sistema esotérico mais
popular de prever idades sucessivas é baseado em astrologia. Cada Age está relacionada a um signo do
zodíaco. A teoria é que o signo que governa sobre uma Idade irá exercer uma influência sobre o
desenvolvimento da humanidade durante esse Idade. Isso é semelhante à maneira como signo solar de
uma pessoa na astrologia é suposto exercer uma sutil
influência sobre a vida e personalidade de cada indivíduo. A diferença é que em vez da vida de uma única
pessoa, a regência zodiacal de uma idade influencia toda a humanidade por muitas gerações. Dependendo
se você reconhece 12 ou 13 signos do zodíaco, cada Idade astrológica dura, em média, cerca de 2000
anos. Para determinar o que Idade zodiacal que você está vivendo, observar ou calcular qual sinal /
constelação do zodíaco o sol nasce no na manhã do Equinócio da Primavera. Devido a uma oscilação lenta
do eixo da Terra, isso muda ao longo do tempo. O deslocamento gradual entre as idades em que o sistema
é referido como a precessão do Equinoxes. No momento, estamos passando por uma transição da Era de
Peixes para a Era de Aquário. É o consenso geral de que a Era de Peixes foi em grande parte da era do
cristianismo. É muitas vezes assinalou que Peixes é o peixe e que o peixe também tem sido um símbolo do
cristianismo desde os seus primórdios. Ainda hoje você vê um símbolo de peixe no pára-choque de veículos
de alguns cristãos para indicar suas crenças religiosas. Não se pode negar que o cristianismo em suas
diversas formas tem sido um dos mais ideologias-shaping mundo no planeta durante os últimos dois mil
anos, para melhor ou para pior. Cristianismo tem de se adaptar às realidades da nova era em que vivemos
ou eles vão se tornar cada vez mais irrelevante. De qualquer forma, o cristianismo como uma grande
potência mundial está destinada a ser substituída por outra religião ou filosofia. É intenção do GCOL para
nos distinguir como uma parte importante da vanguarda dos filósofos e cientistas espirituais que são
pioneiras novas formas de pensamento que irá guiar e inspirar a humanidade para os próximos milhares de
anos. Nós não somos os únicos que têm vindo a explorar as implicações de entrar numa nova era para a
humanidade. Antes de ir mais longe, é útil para compreender algumas dessas escolas paralelas de
pensamento.

Os fios do tempo as

Threads do Tempo

1947) provou ser uma enorme influência no pensamento esotérico moderna e prática. Ele estava
envolvido em organizações maçônicas franja e até estabeleceu sua própria religião chamada Thelema.
Junto com a estudar várias formas orientais de pensamento esotérico ele foi treinado no ocultismo
ocidental principalmente através da Ordem Hermética da Golden Dawn. Ele foi considerado por muitos
como um praticante de magia negra e foi até chamado de “o pior homem do mundo” pela imprensa
popular. Embora ele encorajou esta imagem de bad boy na mídia,
seu sistema real do ocultismo ainda era oficialmente Caminho da Direita. Uma das maiores
contribuições que ele fez para a comunidade esotérica era sua escritura canalizada, “Liber AL vel
Legis” mais comumente conhecido como O Livro da Lei. Este foi canalizado ao longo de três dias em
abril de 1904 CE e foi dito para inaugurar o novo Aeon de Horus. De acordo com Crowley, havia duas
Éons anteriores; a mais antiga relacionada com a deusa egípcia Isis, caracterizada por uma sociedade
pagã antiga matriarcal que estava enraizada nos ciclos da natureza. Isto foi seguido pela Aeon de
Osiris. Este era para ser uma época patriarcal obcecado pela morte e ressurreição que incidiu sobre o
espírito com a exclusão e mesmo demonização da carne.

Finalmente, com a escritura do Livro da Lei, em 1904, veio o advento do Aeon de Hórus, filho de Ísis e
Osíris. Como você provavelmente pode imaginar, isso era supostamente para incorporar um equilíbrio
entre os dois séculos anteriores. Crowley pregou que o Aeon de Hórus seria caracterizada por um foco no
indivíduo e manifestando o seu propósito final na vida. Este propósito final foi referido como verdadeira
vontade de uma pessoa. Se você investigar o conceito, ele é fortemente influenciado pelo conceito oriental
de Dharma. Outra característica do Aeon de Horus incluem um nível de ambigüidade de gênero e é
descrito na escritura de Crowley usando uma linguagem muito agressiva e guerreira.

Há ar e muitos entre os seguidores dos ensinamentos de Crowley que acreditam que o Aeon
de Horus serão substituídas ou mesmo sobrepostas com um novo Aeon de Ma'at, tendo o seu
homónimo da deusa egípcia da Justiça e equilíbrio. O primeiro e mais notável defensor da
sobreposição Aeons teoria veio de Charles Stansfield Jones, também conhecido como Frater
Achad. Achad era um estudante de Crowley e ao mesmo tempo considerada a sua criança
mágica e sucessor. Outro estudante notável de Crowley foi Jack Parsons (nascido Marvel
Whiteside Parsons 1914-1952.) Não só foi Parsons um ocultista talentoso, mas ele também
era um cientista de foguetes literal. Um dos fundadores do Jet Propulsion Laboratories, suas
inovações na criação de um combustível sólido, eventualmente levou à tecnologia que pousou
com sucesso um homem na lua.

Além deste grande honra, você mal consegue encontrar uma referência a Jack Parsons no material moderno
produzido pela agência espacial NASA. Por contrato, o nazista
cientista que desenvolveu o V-2 míssil balístico durante a Segunda Guerra Mundial, Wernher von Braun
(1912-1977), se juntou a NASA após a guerra e ocupa um lugar de alta estima dentro de sua literatura.
Aparentemente, no campo da ciência do foguete, sendo um nazista é mais aceitável do que ser um ocultista.

Também pode ser interessante notar que Parsons foi ao mesmo tempo um grande amigo do escritor
de ficção científica L. Ron Hubbard, que mais tarde viria a fundar a Igreja da Cientologia. Hubbard
participou em diversas experiências ocultas com Parsons. Seu relacionamento azedou quando
Hubbard fugiu com um iate os dois tinham investido em conjunto. Antes de sua queda para fora,
Parsons foi assistido por Hubbard no agora infame Babalon de Trabalho. O trabalho Babalon começou
por volta do início de 1946 CE A finalidade desta operação foi de modificar ou direcionar o Aeon de
Hórus através da introdução de uma força ainda mais equilíbrio na equação. Parsons viu o Aeon de
Horus como ainda é muito masculino focado e tendendo a guerra e destruição. O contrapeso em sua
mente era amor, compreensão e liberdade dionisíaco incorporada pela deusa Thelêmico Babalon.
Essencialmente, este é o arquétipo da mulher liberada.

Os Parsons método utilizado foi inspirado por uma obra de ficção ocultista escrito por Crowley chamado
Moonchild. Esta foi uma forma elaborada de magia sexual que visa conceber e gestar uma criança humana
sob as condições adequadas de modo a proporcionar um corpo físico para a encarnação de uma entidade
ou força espiritual específica. No romance de Crowley, a força dos protagonistas tentar encarnar é a
inteligência espiritual da Lua. Parsons não necessariamente a intenção de conceber um filho literal através
de seu trabalho. Seu objetivo era aumentar a presença da força de Babalon no mundo.

Devido à natureza deste trabalho, Parsons necessário um parceiro mágico feminino. Depois de uma cerimônia
de trazer um parceiro adequado em sua vida, ele conheceu artista Marjorie Cameron (1922-1995), que se
casou mais tarde. Eles realizaram uma série de operações sexo mágicos que resultou na entrega de Liber 49,
também conhecido como O Livro de Babalon. Cameron chegou a engravidar durante o trabalho Babalon, mas
não levar a criança a prazo. Independentemente disso, Parsons considerou o trabalho para ser um sucesso.

Muitos dos ideais que Parsons ativamente engajados em tais como o amor livre, a vida comunitária e
exploração de práticas espirituais esotéricos, tornou-se pedra angular da
subcultura hippie da década de 1960 e 1970. Ele estava entre os hippies que a vinda Age of Aquarius
começaram a entrar na consciência popular. No ano de 1966
CE um homem que vai pelo nome Anton Szandor LaVey (1930-1997) fundou a Igreja de Satanás e
proclamou o início do Ano Um da Era de Satanás. Em 1969, no mesmo ano que o festival Woodstock
icônico, ele publicou A Bíblia Satânica. Este livro apresenta uma filosofia ateísta que utilizou Satanás
como um personagem mítico a ser emulado. Este livro introduziu inúmeras pessoas ao que é muitas
vezes referido como o Caminho da Mão Esquerda. Como a Igreja de Satanás começou a crescer, um
dos primeiros membros nomeados Michael Aquino (nascido em 1946) subiu para uma posição de
destaque dentro da organização. é ainda alegado que ele ghostwrote material para alguns dos livros de
LaVey. A posição de Aquino dentro da Igreja lhe permitiu desenvolver conexões com um grande número
de membros locais e remotos. Certas questões dentro da Igreja de Satanás começou a fomentar a
dissidência interna. Estes incluíram a suposta venda de títulos dentro da Igreja por LaVey, bem como um
número crescente de membros que sentiram que a abordagem estritamente ateu deixou algo a desejar.
No verão de 1975 CE Aquino levou à formação de uma organização cismático ele chamou o Templo de
Set. Este foi formalizada por um ato de “maior magia negra”, que também resultou na recepção de um
texto canalizada chamado O Livro da Revelação By Night. Aquino introduziu o conceito de que LaVey
tinha sido nomeado por “The Prince of Darkness”-se para formar a Igreja de Satanás. Ele chamou isso
de “Mandato Infernal” e afirmou que este mandato tinha passado para ele mesmo em 1975 CE, com a
fundação do Templo de Set. A filosofia do Templo de Set é considerado por seus membros como uma
evolução do que foi anteriormente referido como satanismo.

Dentro do Templo de Set, a idéia de Aeons recebeu um maior desenvolvimento. Afirmou-se que um
indivíduo de desenvolvimento de alta o suficiente (que referido como um Magus) poderia falar um
novo Aeon em existência com uma palavra. Nesta interpretação, Thelema era o Verbo que Crowley
falou para trazer o Aeon de Hórus em ser. A Palavra do Age of Satan era Indulgence. A Palavra
primário do Aeon de Set é Xeper, que vem do Egito e é dito para dizer, “Eu vim a existir.” A
continuação do desenvolvimento do Aeon de Set foi falado a existir com a nova manifestação Word.
Neste esquema uma nova palavra pode evoluir um Aeon existente ou instituir um novo. Movendo-se
para a década de 1980, o movimento hippie começa a se transformar no que hoje
se referem como o movimento da Nova Era. Ele veio a ser conhecido como a Nova Era devido à crença
generalizada na iminente Era de Aquário. Embora muito eclético e sincrético, existem alguns elementos que são
freqüentemente encontrados entre os seguidores da Nova Era. Isso geralmente inclui um fascínio com as práticas
religiosas orientais, muitas vezes filtrada através de uma lente Ocidental, como podem ser encontrados dentro da
Sociedade Teosófica. Outras características comuns incluem um foco em cura, xamanismo core, ambientalismo,
direitos humanos e de auto-ajuda psicologia. Entre o movimento, canalizando informações de entidades
desencarnadas ou extraterrestres é algo que acontece com bastante frequência, e é geralmente visto como um
sinal de progresso espiritual por parte do canal.

Uma figura de nota especial é autor e Guru José Argüelles (1939-2011). Ele é um dos fundadores do Dia
da Terra e ajudou a criar o calendário maia Dreamscape inspirado. No entanto, sua contribuição mais
importante para o movimento da Nova Era era seu papel de liderança na organização do evento
Convergência Harmônica realizada em 1987 CE que eventualmente iniciado interesse dominante no
fenômeno de 2012. A Convergência Harmônica foi uma meditação globalmente sincronizada,
possivelmente o primeiro na história. O timing desta foi originalmente pretendia ser significativa para os
maias no livro de 1971 Lord of the Dawn por Tony Shearer (nascido em 1926.) Este livro também foi um
dos primeiros a afirmar que 21 de dezembro de 2012 foi importante para a cultura maia . No final de 1990
de um canadense anônima tornou-se interessado na antiga civilização maia, que reacendeu uma paixão
para a compreensão dos vários calendários do mundo e da história do seu desenvolvimento. O ponto
culminante desta pesquisa resultou na criação do calendário Abismal em 21 de dezembro de 2005. Este
calendário combina um mês lunar, chamado de uma lunação, com um ano solar. Cada tipo de ciclo
inicia-se no ponto mais escuro (daí o “ABISMAL”, relativa ao Abismo) e começa em zero. Por exemplo, dia
0 de uma lunação começa na Lua Nova e cada Ano Novo começa no Solstício de Inverno. O objetivo
deste calendário é fornecer uma forma mais precisa de marcação ciclos reais observados na natureza e do
cosmos. Além disso, seu criador espera que ele pode ser usado como um padrão global enquanto ainda
permitindo o uso de calendários pré-existentes e facilitando a tradução entre calendários. No verão de
2012 CE autor e professor Jeremy Corvo organizou e produziu a primeira Convenção Caminho da Mão
Esquerda Internacional em Toronto, Canadá. Foi um evento muito original, não-sectária que energizado e
inspirado muitos na comunidade Left Hand Path em todo o mundo. Nos seguintes meses que antecederam
a
o solstício de inverno, o fenômeno de 2012 tinha atingido um nível muito elevado de intensidade. Era tudo
sobre ambos os meios de comunicação subterrâneos e mainstream e era praticamente impossível evitar
ouvir sobre isso.

Foi neste cenário que corvo veio a perceber em um flash de insight que a promessa de uma era Luciferiano New estava

finalmente em mãos. Ele percebeu que uma multidão de forças aeônica foram convergindo e decidiu aproveitar essa.

Através de um ato de magia criação promulgada em 21 de dezembro de 2012 CE, e não ao contrário do que realizada por

Parsons na Babalon de Trabalho, Crow e seu parceiro declarou formalmente a manifestação do Ano Zero da Nova Era

Luciferiano. No mesmo dia, Ano Zero do calendário Abismal foi oficialmente lançado para coincidir com o fim do calendário

de longa contagem maia. É a posição oficial do GCOL que o calendário Abismal é atualmente o calendário mais preciso para

representar a Nova Era Luciferiano e foi provisoriamente adotado como tal. O formato para usar o calendário abismal para

marcar uma data no New Luciferiano Era é para marcar o Ano, a lunação desse ano e, em seguida, o dia dentro desse

lunação. Por exemplo 15 de maio de 2015 CE no calendário gregoriano padrão seria representado como NLE Y2-L4-D27. A

próxima lunação começa na Lua Nova de 18 de Maio, para que dia seria representado por Y2-L5-D0 NLE. Uma vez que este

YLD é o formato padrão para uso GCOL, por conveniência podemos abandonar as letras e marcar a data simplesmente

como 2-5-0 NLE. Uma maior personalização do Calendário Péssimo para as nossas necessidades específicas está em

desenvolvimento. de modo que o dia seria representado por Y2-L5-D0 NLE. Uma vez que este YLD é o formato padrão para

uso GCOL, por conveniência podemos abandonar as letras e marcar a data simplesmente como 2-5-0 NLE. Uma maior

personalização do Calendário Péssimo para as nossas necessidades específicas está em desenvolvimento. de modo que o

dia seria representado por Y2-L5-D0 NLE. Uma vez que este YLD é o formato padrão para uso GCOL, por conveniência

podemos abandonar as letras e marcar a data simplesmente como 2-5-0 NLE. Uma maior personalização do Calendário

Péssimo para as nossas necessidades específicas está em desenvolvimento.

A Era Luciferiano Nova

Para onde vamos a partir daqui eo que podemos esperar desta nova era Luciferiano? É inteiramente até as
ações de cada indivíduo. Aqueles que abraçar esta nova corrente e é condições únicas vai encontrar suas
ações amplificado, enquanto aqueles que lutam ele irá encontrar resistência crescente. Já fizemos grandes
progressos. O GCOL veio a público para uma audiência internacional em 1-5-4 NLE ea taxa de crescimento
tem sido nada menos do que impressionante, mesmo por estimativas otimistas. Outra Conferência
Caminho da Mão Esquerda Internacional foi realizada, desta vez nos EUA, no fim de semana 1-8-0 NLE.
Assim como na conferência anterior de

2012, muitas pontes foram construídas entre indivíduos e seitas dentro e fora do Caminho da Mão
Esquerda durante este evento, facilitando um maior nível de unidade e colaboração entre linhas sectárias.
Estes são apenas alguns exemplos diretamente relevantes para aqueles com interesse na GCOL. Há muitos mais se você

levar até mesmo alguns momentos para pesquisá-lo, mas o melhor ainda para vir. Que realizações é que você vai instigar a

manifestar ainda mais o NLE no mundo? Que tendências você vai influenciar? Que tipo de arte que você vai criar? O ciências

você vai avançar? No NLE o indivíduo pode fazer um impacto ainda maior do que nunca na história, mas não vai ser

entregue a você. Você tem que colocar no trabalho duro. Sem direção, a tendência da Nova Era Luciferiano pode degenerar

em narcisismo generalizado. Podemos ver isso no movimento Hipster. A Hipster é definido como aquele que tenta ser legal

ou hip por consumir as coisas consideradas cool. Isso inclui comer alimentos exóticos ou gourmet, vestindo roupas e

penteados criados para chamar a atenção (muitas vezes de forma irônica, como pêlos faciais ridículo) e ouvir música

obscura. O Hipster não é um artista nem é um criador de tendências. Vemos também o fenômeno dos que estão “Internet

famoso.” Este é um indivíduo que tem um pouco de carisma e é hábil no uso das mídias sociais, mas de outra forma bastante

comum. Eles acumular uma grande sequência de pessoas que irão verificar regularmente para ver as atualizações da pessoa

sobre as atividades diárias, reflexões aleatórias, roupas usadas e refeições consumidas. ”Este é um indivíduo que tem um

pouco de carisma e é especialista na utilização dos meios de comunicação social, mas de outra forma bastante comum. Eles

acumular uma grande sequência de pessoas que irão verificar regularmente para ver as atualizações da pessoa sobre as

atividades diárias, reflexões aleatórias, roupas usadas e refeições consumidas. ”Este é um indivíduo que tem um pouco de

carisma e é especialista na utilização dos meios de comunicação social, mas de outra forma bastante comum. Eles acumular

uma grande sequência de pessoas que irão verificar regularmente para ver as atualizações da pessoa sobre as atividades

diárias, reflexões aleatórias, roupas usadas e refeições consumidas.

Este é um reconhecimento vazio e normalmente de curta duração. É verdade que parece que estamos
no que alguns têm chamado de uma economia da atenção. No entanto, devemos estar buscando depois
de valor real e profundidade, e não simplesmente a atenção para seu próprio bem. Nós estamos olhando
para aquilo que vai deixar um impacto duradouro e estabelecer um legado poderoso. Isto é conseguido
através da exploração corajosa do desconhecido (aka the Darkness) e trazendo as idéias de volta para
enriquecer a sua comunidade (aka para a Luz.) Joseph Campbell chamou isso de Journey do Herói. Nós
gostamos de chamá-lo o caminho completo. prática continuada do caminho completo leva a um maior
autoconhecimento e, finalmente, resulta na auto Harmonizado completa. Este é um indivíduo totalmente
integrado com todas as partes do seu Eu harmoniosamente trabalhar em direção a objetivos comuns.
O Maior Igreja de Lúcifer Symbol “lobo” O Lobo é um dos muitos símbolos potenciais do Espírito
Luciferiano. Os lobos são predadores, caçadores ideais que são obviamente auto-suficientes, usar o
pensamento calculado antes de agir, leal e protetor de seu bando. O lobo é um símbolo do desejo
carnal e os nossos instintos primitivos; é tanto cruel a presa e amar aos aceito como parte do pacote.
Outros animais ou répteis que podem ser símbolos da Luciferian são serpentes, corvos, leões, falcões
e águias; cada um tem sido associada com vários deuses e suas manifestações em culturas como a
greco-romana, celta, egípcia, persa, cananeus, germânica e muitos outros.
Equilíbrio

Por Jacob Sem

Com Michael W. Ford

Luciferianismo como uma filosofia praticando tem um conceito profundamente única se você pode aceitá-la como
uma “religião”; Em primeiro lugar, não existe um conjunto dogmático de mitos que explicam afastado por que
estamos aqui. Nem Luciferianismo definir o que a sua abordagem à espiritualidade deve ser, que é
exclusivamente sua. Luciferianismo como uma filosofia praticando exige o caminho de metas e experiência que
combustíveis ou selfevolution autodeterminada. Esta prática, ao aplicar a filosofia, se transforma em uma
experiência espiritual e interação que pode ser tão intensa na aplicação racional ou exaltação espiritual.

Existem muitos caminhos de selfevolution e aplicação da filosofia luciferiana, um deles sendo o que é
nomeado após a fundação do núcleo de nosso caminho: equilíbrio. Equilíbrio é a conclusão de puro
equilíbrio de si mesmo. Esta é a vibração perfeito de luz e escuridão dentro de si para alcançar um
selfgnosis. A fim de alcançar “Equilibrium” temos de olhar para alguns aspectos de axiomas clássicos e
novos.

“Verdadeira Vontade” é a consciência e escolha para dirigir a chama interior que estamos cada carregado com.
Ao tocar a este fogo interno, você está tocando em “Will”, uma força que é extremamente poderoso e
permanente. Ao contrário de “vontade” com um minúsculas “w”, Will vem de sua própria chama interior.
Chamamos isso de “Black Flame” É intocado por forças externas (ocorrências do dia-a-dia que interferem com
a vontade). . Ao saber isso, então pode-se dirigir “Will” para criar uma causa e, em seguida, medir o resultado
do efeito.

Para cada causa há um efeito. Não existe tal coisa como acaso. Temos de levantar-se para uma nova
compreensão de si mesmo e tornar-se os causadores e controlar os efeitos. Ao olhar para o auto devemos
analisar cada situação para determinar as causas de todas as coisas com honestidade total. Só então
poderemos chegar à raiz do eu. A fim de ditar os efeitos em nossas vidas, devemos compreender
corretamente as causas. Controlar as causas para obter o efeito ou resultado deseja alcançar. Este princípio
corresponde diretamente com “True Will.”
Tudo é polar e opostos; isso não significa no entanto, uma “absoluta”. Um absoluto seria algo como
“bom” ou “mau”. Muitas vezes, sem entender a dinâmica do contrário, é definido o “mal” ou “destrutivo”
na natureza. Na natureza não há “bom” ou “mau”; estes são termos morais humanos utilizados para
definir o que gostamos ou não. Algo pode ser “destrutivo” ou falta de equilíbrio; criminosos (com base
em leis sociais) e assassinos são exemplos de possíveis problemas na sociedade. predadores sexuais
são claramente uma carga sobre o possível excelência da humanidade; Assim, enquanto nós não
chamá-los de “mal”, entendemos que eles têm um componente mental que não pode ser tolerado.
Mesmo os indivíduos que você considera “inimigo” não são completamente “destrutiva”; se fossem eles
iriam destruir-se rapidamente.

A pessoa que você idolatram ou “deus” seus vizinhos orar a (se ele ainda existia) não é “bom”. Se algo estava
completamente “bom” e “pura”, que seria rapidamente destruído pela falta de vontade ou eliminado por uma
força predatória. Anton Szandor LaVey disse que é melhor quando definiu “bom” quanto o que você gosta,
“mal” como o que você não gosta. Com isso fora do caminho, vamos olhar para Luciferianismo na disciplina
de equilíbrio.

Luciferianos não são dualistas; nós não acreditamos em um “bom” e “mal” consciência ou força. Rejeitamos
a noção de dualismo. DUALISMO afirma que quente e frio, luz e escuro, são separados e distintos um do
outro. O GCOL olha como este como um sistema não-trabalho. Um não pode existir sem o outro ou nunca
teríamos nomes para eles ou percebê-los como tal. Quente e frio, embora em pólos opostos são as
mesmas na natureza. Ambos restante no mesmo eixo, mas ainda são opostos a partir de um extremo ao
outro em diferentes vibrações. Dois ou muitas coisas que não estão no mesmo eixo não pode ser polar. Por
exemplo; amargo e quente ou fria e doce não são polares, pois ambos mentir sobre um eixo natural e
fundamental diferente.

Tudo vibra em uma freqüência maior ou menor. Isto significa que os vibra quentes
rapidamente e vibra frio lentamente. Eles residem no mesmo eixo e são polares para quando atingem equilibrar o
resultado é uma temperatura neutra. Isso se aplica a todas as coisas da mesma natureza. Emoções e pensamentos
vibrar. Se dominado, vibrações pode mudar por Will. Isto significa emoções como triste pode se transformar em feliz; apenas
pela concentração e pela força de vontade, em qualquer dado momento apenas mudando vibração. Chamamos
essa transmutação mental ou alquimia mental. Este não é um conceito novo, mas não é fácil de dominar. Primeiro
temos de chegar a um entendimento completo da nossa própria iluminação e estar disposto a ser totalmente
honesto com
auto. Uma vez dominado, uma pessoa tem o controle completo de emoções mentais e pessoais a qualquer
momento. A pessoa pode, então, mudar o humor ea emoção de estado para estado de grau em grau. Tudo
que é corresponde um com o outro. Vemos isso em ação nos axiomas acima e em plenitude no mundo que
nos rodeia. Os humanos interagem em níveis não vistos pelo olho. Por exemplo: Quando se fala de alguém,
entender que o simples fato de que você está falando e que eles estão ouvindo você falar significa que o
orador é literalmente dentro da mente do ouvinte. Isso funciona de ambas as partes. Aquele que
compreende isso tem grandes vantagens sobre o único que não faz. Desde que correspondem
mentalmente, em seguida, o mestre pode mudar os padrões mentais de quem está sendo alvo de
pensamento sugestivo. O mestre pode, então, criar uma causa e efeito na mente do ouvinte. Infelizmente,
esta arte tem sido usada há séculos pelos mestres manipuladores para ganho pessoal e ganância. Os itens
dito acima, se entendida em plenitude vai desbloquear muitas portas. Pode-se dominar si e do mundo em
torno deles, simplesmente fazendo as ligações do texto acima.

II

O domínio de si mesmo pode levar ao domínio do mundo ao seu redor. equilíbrio perfeito entre a luz ea
escuridão de si, combinado com o completo entendimento que cada um desempenha um papel importante em
sua vida, vai abrir os olhos para novas possibilidades.

Quando somos consumidos pela luz ou escuro nos tornamos um prejuízo para si mesmo e para o mundo que nos
rodeia. Se vivemos muito fortemente no escuro, então, tornar-se amargo e zangado com o mundo que nos
rodeia. Estamos atormentado pela depressão. Nós nos colocamos em um poço de escuridão sem vislumbre de
esperança. Nós vemos nada e são cegos para o auto. A extremidade oposta do espectro é igualmente prejudicial.
Quando vivemos a pesadamente na luz, nos encontramos lutando pela perfeição impossível de si e do mundo
que nos rodeia. Nós demonizar tudo o que não está de acordo com a nossa ideia de perfeição e pontos de vista.
Nós tornam-se rígidos e em nossos costumes. Somos zelosos sobre nossas convicções e tornar-se duro como
pedra em mente. A humanidade não se destina a alcançar completa pureza e perfeição ideológica. Trabalhar
para isso só vai terminar em fracasso e auto-aversão banhado em culpa. Ambas as extremidades do pólo vai
acabar em uma forma de escravidão pessoal.
Equilíbrio de luz e escuridão vai levar a uma compreensão de si mesmo. Depois de entender si mesmo, você
não vai sentir a necessidade de se fixar em uma extremidade do poste ou outro. Você vai entender que você é
luz e escuro e funcionará vida de acordo com essa realidade. Em termos comuns que são o bem eo mal. Nós
dois mentir e dizer verdades. Nós cometemos erros e podemos aprender com eles. Todos nós temos defeitos,
mas eles não nos fazem intrinsecamente mau e nós não precisam negar a sua existência.

Como Luciferianos vemos este conceito no mundo que nos rodeia. Ambos claro e escuro são necessários. Se um
fora equilibra o outro então o caos abrange a terra. Destruição é necessário para abrir espaço para a criação. Na
natureza, os animais são mortos para fornecer vida para outros animais. O ecossistema é um delicado equilíbrio
de nascimento e morte, nossas funções de terra sobre um saldo de noite e de dia.

Nossa estrutura social precisa refletir este exemplo de equilíbrio, não favorece sistemas de dualidade ou extremos.
Não pode haver uma asa direita ou uma asa esquerda, para cada asa que as tentativas para bater em diferentes
vibrações serão essencialmente rasgar o órgão distante. Cada ala tem que bater no mesmo ritmo, a fim de voar em
progressão.

III

Nosso mundo está em uma importante encruzilhada. Equilíbrio é inexistente. Estamos em uma mistura de
Idade das Trevas e do Iluminismo. Algumas pessoas estão mantendo-se cego pela escuridão na máscara de
luz onde os outros estão imersão na riqueza de novas informações disponíveis e estão lutando para o
progresso. Os dois lados estão em guerra uns com os outros. Isto está a dificultar a progressão. Estamos longe
de onde nós pode ser devido a essa turbulência.

A luz não pode equilibrar o mundo se está consumindo. Olhe para o que está fazendo para o nosso
mundo. Não importa quão duro eles podem tentar eles falharão. Existem muitas variáveis ​imprevisíveis
envolvidos. Eles atuam sobre os chamados direitos divinos cobrados dos seus deuses que eles criam,
a fim de ganhar base de poder em seu ponto de vista. Esquecem-se de onde seu ponto de vista vem
mesmo a partir. A fim de manter o poder que esconder, negar e ou destruir sua história. Eles só querem
ignorância a prevalecer para que eles não podem tornar-se infalível. Desastre coloca-lo em sua esteira.
Quanto mais se segurar e quanto mais eles empurram para a luz o mais cego por isso eles se tornam.
Tornam-se consumida pelo preto com o pretexto de luz. Nada mais importa, mas o ponto de vista que
detêm tão firmemente que eles vão lutar até a morte para ele,
Nós vemos a escuridão se espalhando cada vez mais rápido do que antes. Nós vemos o movimento de na
juventude de hoje, que são sempre tão perdido que antes. Estas novas mentes estão confusas com o mundo ao
seu redor. Eles estão mais abertos do que nunca, mas os que habitam na luz forçá-los em culpa e vergonha para
interrogatório. Eles são forçados a batalhas internas e guerras sobre o certo eo errado, o bem eo mal e não têm
verdadeira educação sobre como lidar com ele. Essas pessoas tendem a habitar na escuridão. Eles são superados
com depressão e emoções do fracasso; eles se sentem como se eles não são compreendidos. Eles se voltam para
o que podem para matar o falso dor e culpa. Os pais se perder em ser capaz de ajudá-los; eles não sabem nada do
escuro para que eles não podem entender as necessidades de seu filho. Esses jovens crescem em rebelião
definhando talento e nunca aprender a ser produtivo. Eles ficar de braços cruzados, esperando o mundo para
entregar-lhes uma vida quando a vida é apenas um passo de distância.

É hora de ambos os lados se libertar das amarras que estão segurando-los de volta. O mundo está pronto para uma
nova era: uma era baseada na progressão e compreensão, uma época em que nós, como um todo pode encontrar
aceitação, sem a necessidade de raiva. Esses chamados “portadores de luz” nos nomes de seus deuses devem ser
educados para fora da existência, ensinando a humanidade para se tornar um Lúcifer (portador da luz e sabedoria)
em seu próprio direito. Esta não é uma chamada para a doutrinação como usamos a palavra Lúcifer como um
arquétipo de auto-iluminação, não como um literal ser. Este é um grito de mudança. É hora de permitir que as
pessoas a ver o mundo em torno deles para o que ele realmente é. Nós, como um todo está em um jogo de xadrez,
sendo movido ao longo como peões no tabuleiro da vida, com a falsa realidade de liberdade. Este um grito para as
massas para iluminar suas mentes é. Torne-se o mestre em vez do peão. Torne-se os causadores não o efeito. Não
ande como os falsos profetas caminhar por eles, também, são ovelhas para o matadouro e são sem sentido para os
mestres que os controlam.

IV
Despertar

Despertar é quando uma pessoa começa a se tornar auto-consciente e começa a fazer as conexões
correspondentes no mundo circundante. Principalmente, este é um processo lento de causa e afetar que
lentamente despertar a mente para se tornar mais perceptivo.

Você deve estar preparado para qualquer resultado quando você começa a tornar-se desperto. O processo de
se tornar desperto pode ser muito difícil de lidar. Imagine acordar
de um sonho sem saber que você nunca foram dormir. O sonho era vívido e real e durou anos. Sua vida e
identidade pessoal tornou-se construída em torno esse sonho. Imagine que você acordar desse sonho e em
um instante você percebe nada daquilo era real. Você tornar-se confuso e irritado. Sua vida parece ser
desperdiçado. Você começa a ver as mentiras em torno de você.

Não tenha medo. Porque, se há nunca foi um sonho, então você nunca iria compreender a realidade no
máximo. Aprender com ele. Não ficar com raiva. Entenda que há lições a serem aprendidas. Há um ditado
budista que estados. “Nunca se pode saber a verdadeira felicidade a menos que tenham conhecido
verdadeiro sofrimento.” O mesmo se aplica aqui. Nunca se pode conhecer as verdades sem saber as
mentiras.

Estas são as etapas para se tornar totalmente desperto.

Uma pessoa se torna consciente do padrão do que eles estão sendo vendidos. Eles também começam a sentir
um vazio, como se eles já não podem encher seu copo espiritual com o que está sendo dito a eles. Eles podem
começar a escolher as rotinas e naturezas do que eles seguem. Eles vêem que não são como costumavam
aparecer. A maioria das pessoas tendem a cair longe da fé neste momento. Ou eles avançam para a segunda
etapa ou eles param de cuidar e simplesmente não assistir a sua igreja por mais tempo. A segunda etapa é
reunir conhecimento. Você pode começar a pesquisar pouco a pouco e começar a ver as histórias de sua fé.
Com isso vem mais de uma compreensão do grande mentira. Você começa a ver as coisas que mantiveram
acorrentados na culpa como armadilhas infantis e vários de progresso. Declarações como “O diabo colocou este
aqui para temperatura você do Senhor”, ou, “O maior feito o diabo já feito era homem convincente que ele não
era real” tornar-se evidente pelo que são: armadilhas. Não se sinta culpado sobre eles. Se você não vê-los agora
você vai no tempo. Eles são muito comuns e amplamente utilizado e só um pequeno número. Por quê? Porque
eles trabalham. A terceira etapa é quando você veio para a plena realização que você é o canal de todas as
coisas. Você pode notar um fogo queimando em você, um fogo que impulsiona você. Você se tornou
auto-consciente e não no sentido clássico. (Estamos conscientes de que estamos aqui no ponto do espaço no
tempo.) Eu estou falando sobre estar ciente de quem você é e o potencial que você espera, sem entender nada
pode ligar você a menos que você permitir que ele. Nada no mundo pode tomar o seu poder pessoal longe a
menos que você dá-lo afastado. Se você é fraco em “Will” é apenas porque você escolhe ser. Você é o seu pior
inimigo. Você está onde você está, porque é onde você quer ser. Quando você se tornar ciente de que você
perceber que você pode mudar a sua vida em um instante, se você optar por.
Para tornar-se acordado que temos de enfrentar nossa escuridão e conquistá-lo. A tarefa mais difícil é reviver os
erros do passado, falhas e dor não importa o que é. Temos de encontrar a causa para os efeitos em nossas vidas.
Devemos cavar fundo em si mesmo e encontrar a verdade de cada uma das nossas próprias vidas. Por exemplo;
aqueles que sofrem de abuso deve enfrentar essa cabeça escuridão diante. Eles devem aprender a deixar de ir a
bagagem e seguir em frente. Isto é mais fácil dizer do que fazer, mas ainda assim tão simples conceito. Devemos
enfrentá-lo e enfrentar a pessoa que era o agressor no plano mental. Temos de tomar de volta o poder pessoal que
demos a eles e uma vez por todas se livrar da dor e da bagagem que carregamos como o resultado. Isto é
importante se você quiser progredir para o estado de pura harmonia.

O maior obstáculo que você vai encontrar é o medo. Este pode ser o medo de si, medo de olhar no espelho e,
finalmente, enfrentar a mente, corpo e espírito manifesta em uma vida, corpo físico: você. Não tenha medo, pois no
final você terá sabedoria e discernimento como nunca antes. Você será capaz de conquistar todas as tarefas e ser
frutífero em sua vida. Você será acordado. Tire um tempo para desfrutar de seu sucesso e vitórias; no entanto não
permitem descanso para transformar lentamente em preguiça. Isso pode ocorrer muito rapidamente e é mais do que
provavelmente vai acontecer várias vezes durante a sua vida. Não deixe que isso desanimá-lo, basta estar atento a
isso para testar os seus pontos fortes e fracos de novo.

O que é verdade para o Luciferian é que você nunca vai alcançar o ponto mais alto de onde sua
verdadeira vontade orienta; há sempre novos desafios, desejos e possibilidades no mundo.
Aproveite o dia e desfrute da noite!

Vibrações Mental V

Pense em você como um instrumento musical. Você vibrar de acordo com humores e emoções que você escolher
para ter. Emoção é meramente uma resposta a um efeito e pode ser controlada. Nossas vibrações mentais ditar
nossas emoções e humores. Estas vibrações podem ser alteradas à vontade.

Para aprender os conceitos básicos de vibrações mentais fazer isso com um pequeno exercício.
Em uma sala iluminada dim sentar com as pernas cruzadas no chão em posição confortável. É importante ser
capaz de relaxar.

1. Se a música ajuda a tocar algo que coloca você no à “Zona”.


2. Visualize seus pés que crescem raízes no solo; este será o seu aterramento. Ver no plano
mental a luz que vem da terra nas raízes que se instala
na barriga.
3. Criar uma bola mental de luz dentro da barriga e condensá-lo em um ponto.
4. Visualize a pulsante luz bola e movê-lo diretamente na frente de você.
5. Concentre todas as suas emoções sobre aquela bola de luz.
6. Forçar as bolas pulso para tornar-se maior e mais rápida.
7. Espere um momento
8. Como você se sente? Os resultados devem variar caso a caso, mas, em média, você vai se sentir uma das
poucas emoções. uma. hiper
b. Ansioso
c. A sensação de zumbido
d. Raiva
9. Agora desacelerar a taxa de bolas de vibração. Como você está se sentindo? Mais uma vez, os resultados podem
variar, mas, em média, você pode sentir um dos seguintes emoções.
uma. Depressão
b. Triste
c. Lerdo
d. Preguiçoso
10. Alterar a bola para uma taxa que se sente confortável para você e examinar como você se sente. Este é o
seu equilíbrio no plano mental.

Como resultado, independentemente do resultado, este exercício deve ter mostrado uma coisa: mentalmente podemos
controlar nossos pensamentos e emoções. Nós nos concentramos e tornar-se consciente de si mesmo. Esta é a chave para
o equilíbrio: consciência de si. Uma vez que você é capaz de tornar plenamente consciente de si mesmo, então você pode
dominar qualquer coisa que a vida tem para você.

VI
Planos do Auto

Há três planos para o auto: o mental, o físico eo espiritual. Cada corresponde com o outro para obter uma
harmonia de auto. Cada vibram em diferentes pontos, mas pode ser posta em equilíbrio para alcançar
uma oitava perfeita. Há também dois estados do plano mental: o consciente eo inconsciente. Este
conceito vai em reinos muito mais profundas, mas é desnecessário para escrever sobre estes neste
momento e vamos nos concentrar nos planos acima.

Quando as fusões inconscientes e começa a tornar-se consciente, a mente adormecida acorda. Em


seguida, ele faz conexões e realizações das realidades que nunca vimos antes. A necessidade das
explicações menores de vida e as de
superstição não são mais necessários para preencher o entendimento do auto com explicações desnecessárias.
Este é o modelo de equilíbrio de si mesmo. Na figura abaixo você vai ver que Equilibrium supera tudo. Em
Equilibrium você irá mesclar todos os planos de auto em unidade. Todos os aviões são iguais e vibrar em
harmonia uns com os outros. Cada um corresponde uns com os outros com base em sua vontade. Agora você
está no controle total de todas as coisas. Este é o estado mais puro do iluminado.
O objetivo da fusão de aviões é alcançar um equilíbrio harmônico com o ego. Isto significa que nos tornamos
plenamente conscientes de todos os aspectos dos três painéis do self. Alguns podem dizer que este é
inalcançável, mas torna-se simples depois de ter dominado as idéias e conceitos do equilíbrio mais profundo.
aspectos mais profundos do equilíbrio são utilizados apenas depois que a pessoa alcançou um estado desperto.
Agora, para começar: Acender a chama negra

Agora, para a tarefa à mão - de aplicar esta filosofia para sua vida e começar o caminho para selfdeification e

realização de seus desejos e objetivos! Em primeiro lugar, comparar os traços Luciferianas e ver como você se

encaixa com esses pontos básicos; fazer algumas anotações sobre seus pontos fortes e fracos. Pegue os 11

pontos Luciferianas do Poder e com cada ponto, aplicam-se a um aspecto fácil em sua vida. Validar os pontos

com primeiros gols fáceis; lembre-se a consistência é a chave para a vitória! Haverá momentos em que ele pode

crescer difícil, estressante ou mesmo cansativo; este é o lugar onde os líderes são separados pelos seguidores!

Luciferianos deve fazer a vontade forte por manter o curso, conhecendo-lhes os passos para a vitória são diante
deles. Quando novas e excitantes caminhos surgem, muitos aclamam o que podem fazer; ainda um grande número
crescer rapidamente entediados ou cansados ​quando eles não conseguir estímulos constantes do caminho! Nada é
constantemente excitante ou novo; existem pontos baixos com tudo! Ao criar hábitos saudáveis ​a partir dos 11
pontos que você vai notar a sua vida começa a moldar-se lentamente para o que você deseja!

Se a filosofia de Luciferianismo inspira você procurar Apoteose, basta aplicar a estrutura delineada aqui e
adaptá-lo à sua personalidade e vida. Se você procurar a dominar seus pensamentos e procurar perceber a
sua espiritualidade interior, Equilíbrio vai oferecer uma estrutura básica em ascensão e evoluindo. Para alguns
Luciferianos, Magick será uma escolha com base no seu predilectation para a imaginação artística; você vai
encontrar nenhuma falta de grimoires e caminhos iniciáticos aqui. Utilizar um grimoire e adaptar os rituais de
auto-iniciação ao seu gosto; no entanto fazê-lo com convicção, dedicação e disciplina!
Rex Mundi

O rei deste mundo

Luciferianismo é a chave para se tornar um templo da mente, corpo e espírito como uma manifestação literal
de Rex Mundi - o rei deste mundo, um outro epíteto do adversário! Você tem a possibilidade de se tornar Rex
Mundi por acender a Chama Negra, a compreensão de como você pode evoluir e o caminho para seus
objetivos carnais e espirituais. Este é o caminho para se tornar, literalmente, como a figura heróica de Lúcifer!
Para ser Rex Mundi é orientar, formar e manifestar o mundo em torno de você com base em sua Verdadeira
Vontade! Não se perca no misticismo que leva às perguntas mais inúteis; quando você atingir o conhecimento
que você deve usá-lo e obter conhecimento e poder a partir dele! Se você não obter conhecimento e poder de
conhecimento, então não vale a pena! Luciferianos buscar o poder, controle e resultados a partir desses
esforços!

O Daemonic é serpentina, o fluido e transformador. Seus desejos vai mudar, evoluir e orientá-lo para
maiores possibilidades durante o curso de sua vida. Lembre-se de começar a olhar para o simbolismo
do adversário de forma diferente: a imagem de Lúcifer ou Satanás tem origens nos panteões
conquista de deuses e daimons de antigas religiões e culturas pré-cristãs! Os pais cristãos que
construíram a Bíblia fez os traços do herói-culturas para ser overlyextreme e, assim, demonizado.
Veja através dos símbolos agora sinistros para compreender o equilíbrio em suas origens originais!

Para maiores informações:


www.greaterchurchoflucifer.org

Para mais Súcubo Productions obras publicadas:


www.lulu.com/spotlight/succubusbooks
Para Supplies Luciferianas e Ocultas: www.luciferianapotheca.com
sobre os autores

Michael W. Ford

Autor de mais de 22 livros, compositor de dark ambient e música ritualística, professor Michael W. Ford é um visionário Luciferiano líder e
praticante Caminho da Mão Esquerda. Michael é um estudante e pesquisador de Ancient Near Eastern religiões, culturas pagãs, helenístico
religião, cultos romanas imperiais, início do cristianismo e da história do ocultismo.

Mr. Ford estabeleceu contato com sua Verdadeira Vontade (Daemon) após assimilar práticas da sua marca desenvolvimento de
“Luciferian” magia, Thelema, Magia do Caos e vampirismo. O primeiro trabalho de Michael tomou forma; “The Book of the Moon Witch”
foi o seu primeiro livro expansiva de sombras. Súcubo Productions publicou “Bruxaria luciferiana” de uma série de grimoires curtas em
2005, que abriu as portas para numerosos livros depois. Michael e seu parceiro, Esperança Marie, fundou a Luciferiano Apotheca em
2007 e expandiu sua editora, súcubo Productions.

Em 2008, Michael fundou o protótipo para o GCOL, “A Igreja de Adversarial Light” (carvão), que foi apresentar uma base filosófica para
novas Luciferianos. Michael teve pouco tempo para desenvolver CARVÃO de acordo com a sua visão e colocá-lo em banho-maria. Em
2014, o conceito de Jacob Nº de GCOL, inspirado por suas obras publicadas, seria o novo navio para Luciferianismo. Junto com Jacob
Não e Jeremy Crow, Michael é um Archon na Igreja Maior de Lúcifer.

Jeremy Corvo

Jeremy Corvo é um ocultista Path, autor e organizador da comunidade completa. Ele tem experimentado com o esotérico para a maioria de
sua vida. Ele foi criado com o grau de Mestre Maçom no Rito Antigo e Primitivo de Memphis Misraïm. Jeremy foi ordenado sacerdote
gnóstico, iniciado em martinismo com o grau de S :: I :: & Cavaleiro na linhagem Portugal da Ordem dos Templários Ordem. Ele ocupou
cargos de oficial de várias Ordens Esotéricas incluindo a Golden Dawn e o Ordo Templi Orientis. Em 2002 Jeremy começou a colocar para
fora artigos sobre gnóstico Luciferianismo. Ele se juntou ao Ordo Luciferi e eventualmente se tornou seu novo Grand Conselheiro. Ele
fundou a Luciferiano Research Society (LRS), um coletivo não-hierárquica de artistas de todos os ramos do Caminho da Mão Esquerda.
Jeremy também fundou o Caminho da Mão Esquerda Internacional Conference e manifestou a primeira em Toronto, Canadá. Ele declarou
o início da Nova Era Luciferiano em 21 de dezembro de 2012. Jeremy lançou o Zigurate de Enki, um sumério inspirado Esoteric Order e ele
é um dos três Archons título, o Maior Igreja de Lúcifer.

Jacob Sem

Lucifer Ina Etuti Esbu ( O portador da luz que habita na escuridão), conhecido como Jacob Sem criado, o Maior Igreja de Lúcifer na esperança de
estimular um novo movimento mundial de progressiva e autoconsciência. Este movimento foi provocado por uma compreensão da nova era eo que ele
pode trazer para a humanidade como um todo. Na esperança de encontrar uma auto-verdade que ele poderia, então, passar para os outros ele perseguiu
uma licenciatura em Psicologia Cognitiva.

Seu objetivo era aprender tudo o que podia sobre como o funcionamento da mente e para orientar as pessoas ao longo de seu caminho de
auto-capacitação e compreensão. Como ele ponderou sobre sua vida, ele teve uma idéia, uma faísca foi criado, e ambição definida no. Tudo o que ele
tinha preparado para toda a sua vida levam até este ponto. Ele pegou a caneta no papel e construiu um design. “E se houvesse um lugar que era
pró-ativa no mundo para ajudar a trazer um novo
idade do homem? E se todos aqueles que nunca tiveram uma voz poderia ter um como uma família e ser capaz de ser ouvido? Quais são todas
as pessoas da terra, que queria respostas reais teve alguém que realmente tem respostas e não apenas respostas vagas? Assim começou o
Maior Igreja de Lúcifer; uma casa para todos aqueles que procuram a luz da verdade de si e do mundo ao seu redor.

Você também pode gostar