Você está na página 1de 3

Economia

1-Não é possível compreender a inflação quer enquanto conceito, quer


enquanto fenómeno, sem uma, ainda que breve, incursão pelo valor da moeda
Justifique.

Como a inflação tem reflexos na redução do valor da moeda e como o excesso de


moeda em circulação é uma das causas da inflação há necessidade de estudar a
moeda.

2-Indique os vários tipos de valor da moeda

Valor intrínseco(que corresponde ao valor do material que nele está inscrito). Valor
de colecção e Valor nominal ou facial(valor inscrito no título)

3-Afinal o que é a inflação?

A inflação é o desequilíbrio entre a procura e a oferta que origina várias


consequências, entre os quais o aumento dos preços. Para muitos autores a
noção de inflação confunde-se com a consequência mais comum: o aumento dos
preços. A inflação está relacionada portanto com o aumento generalizado e
contínuo dos preços.

4-Relacione a inflação com a desvalorização cambial

Enquanto a inflação é uma desvalorização interna da moeda em relação aos bens


que com ela podem ser adquiridos, a desvalorização cambial consiste numa
alteração do valor da moeda nacional face às moedas estrangeiras. Estes fenómenos
estão relacionados.A inflação interna superior à que se verifica no exterior obriga à
desvalorização da moeda nacional o que torna as exportações mais baratas e as
importações mais caras.

5-Distinga os diversos tipos de inflação

Deslizante, quando o aumento dos preços é cerca de 3%, trotante( + de 3%) e


galopante(altas taxas de inflação em que a moeda perde a qualidade de reserva de
valor.

Desinflação – Período de Inflação em que a taxa respectiva está a descer.

Estagflação – período de inflação associado a uma estagnação da actividade


económica.

6-Indique algumas causas da inflação

· Aumento da procura
· Aumento dos custos de produção
· Excesso de moeda em circulação
· Expectativas dos agentes económicos
· Financiamento do défice orçamental

1
7-Explique as duas vias pelas quais um aumento de salários pode provocar
inflação

-Em determinado ramo de actividade, com o aumento da produtividade aumentam


os salários(Princípio da produtividade). Outros trabalhadores de outros ramos
exigem aumentos salariais , sem que haja aumento suficiente da produtividade pelo
que origina aumento dos custos de produção e inevitavelmente aumento dos preços(
Princípio da paridade). Outros trabalhadores exigem aumentos salariais para repor o
poder de compra. O aumento dos salários é, nalguns casos causa da inflação.

8-Comente a frase: Nem sempre um aumento dos salários resulta inflação

O aumento dos salários não origina aumento dos preços se for acompanhado por um
aumento da produtividade aceitável.

9-Explique como a existência de expectativas relativamente ao aumento das


taxas de juro poderá alimentar a inflação

Se há aumento das expectativas por parte dos agentes económicos relativamente a


um possível aumento da taxa de juro, pode originar aumento dos preços, visto que o
possível aumento da taxa de juro origina aumento dos custos de produção e que tem
reflexos no aumento dos preços.

10-Justifique a afirmação " Os detentores de rendimentos fixos, como os


pensionistas, são os que mais perdem com a inflação

Os pensionistas são os que mais perdem porque têm rendimentos baixos e que
variam muito lentamente.

11-Explique através de um exemplo prático o índice de preços. Como se


calcula o Índice de Preços no Consumidor (IPC)?

Neste caso considera-se o preço do cabaz de compras(vários produtos).

O preço do cabaz era de 1800 em 1998 e em 1999 era de 2100 euros. Qual o índice
de preços no consumidor?

IPC99/98 = 2100 X 100/1800

= 116

O que se comprava em 1998 por 100 euros compra-se agora por 116 euros

12-Refira a importância do Índice de Preços no Consumidor


Harmonizado(IPCH)?

Para melhor compreender a evolução dos preços nos diferentes países da União
Europeia, tem vindo a uniformizar-se o cálculo do IPC. O IPC harmonizado inclui

2
outras rubricas não integradas no IPC normal: medicamentos não comparticipados,
seguros de habitação e educação.

13-Como se calcula o PNB real? O que é o deflator do PIB?

O IPC é utilizado na deflação de valores. Para isso basta dividir o valor da grandeza
a deflacionar pelo IPC e multiplicar por 100.

(3) = (1) x 100 / (2)

1-PIB nominal(milhares de milhões de dólares correntes)

2- Número índice dos preços (deflator do PIB)

3.PIB real (milhares de milhões de dólares a preços de 1990)

14- Quais os objectivos a atingir com as políticas antinflacionistas?

Combater o aumento dos preços e reduzir os efeitos da diminuição do poder de


compra

15-Indique algumas medidas a seguir para combater a inflação

Política fiscal(aumento dos impostos) Política orçamental(redução das despesas do


Estado), aumento das taxas de juro, controlo dos salários e a fixação dos preços.

Política de controlo da inflação


Conjunto coerente de acções destinadas a manter o nível de preços a níveis
aceitáveis, através do aumento de impostos, limitação do aumento dos salários ou o
controle da massa monetária em circulação.