Você está na página 1de 6

http://www.rh.com.

br/Portal/Carreira/Artigo/5234/plano-de-carreira-sua-empresa-tem-que-
fazer-um.html

Plano de carreira: sua empresa tem que


fazer um!
Por Marizete Furbino para o RH.com.br

Século XXI. Era da globalização, marcada por grande competitividade, mudanças e


incertezas, onde todos estão voltados para resultados e, por conseguinte, preocupados com
desempenhos. Tornou-se imprescindível, então, que para a obtenção da eficiência e
eficácia, cada empresa elabore e mantenha sempre atualizado o plano de carreira de seus
colaboradores.

O plano de carreira contribui para que a organização não apenas sobreviva neste mercado
altamente competitivo, mas faça o seu diferencial, se tornando sólida, através de seus
colaboradores. Ele deve ir ao encontro da missão e visão da própria empresa, conciliando
objetivos e benefícios organizacionais, com os dos profissionais, aliando-se então os
interesses da empresa como os de seus colaboradores. Assim, pautados na ética, nos
valores, princípios e na cultura organizacional, o plano de carreira deve cooperar para o
alcance do desenvolvimento e crescimento tanto do profissional como da corporação,
alcançando diferencial no mercado e gerando sucesso.

A empresa do Século XXI tem plena consciência que a causa maior de sua existência, são
seus clientes, seja no âmbito interno e/ou externo. Por isso, deve zelar e cuidar dos mesmos,
buscando sempre satisfazer às suas reais necessidades. Verifica-se que, quando há
satisfação, existe uma relação de doação, de prazer, de entrega e, como conseqüência, o
alcance da produtividade com qualidade.

A partir da elaboração de um plano de cargos e salários é que a empresa deverá implantar e


implementar o plano de carreira. Portanto, ao elaborá-lo, a corporação deverá fazer um
diagnóstico de suas reais necessidades, atentar quanto à estrutura, política salarial a ser a
adotada, remuneração, cargos. Além disso, verificar perfis dos profissionais coerentes com
os cargos, metas, capacidades e competências, visando sempre atender aos objetivos e às
expectativas da organização e dos profissionais que compõem tal organização.

É preciso que fiquem bem claras as progressões, tanto em âmbito vertical como horizontal,
e que sejam definidos como e quando o profissional alcançará o crescimento. Vale ressaltar
a importância de oferecer igualdade de oportunidade a quem de direito, valorizando assim
cada colaborador e evitando desta forma um descontentamento, o que poderia gerar futuros
dissabores.

É inaceitável que um colaborador qualificado seja preterido em uma promoção com


favorecimento de outro menos capacitado por conta de uma decisão gerencial injusta ou
nitidamente equivocada moralmente/eticamente. Não há nada pior em uma empresa do que
um colaborador desapontado por uma decisão empresarial incorreta. Certamente ele se
tornará um potencial inimigo na corporação, comprometendo o bom nome da mesma,
conquistado a duras penas.

Pensando no alcance dos resultados, a empresa deverá liberar recursos destinados à


profissionalização e ao aperfeiçoamento de seus profissionais, que somados com
envolvimento e comprometimento irão alcançar o desenvolvimento e crescimento esperado,
o que não impede que cada profissional também tome tal iniciativa.

A elaboração de um plano de carreira implica relação de pensar e repensar o passado e o


presente, bem como o futuro de forma cautelosa e com muita transparência nas ações,
envolvendo todo um trabalho de equipe. Além da participação do Departamento de
Recursos Humanos da empresa, o ideal é que esta equipe seja composta por
multiprofissionais, devendo ter a participação efetiva de todos os envolvidos. Vale lembrar
que todo plano de carreira deverá ser flexível, estar aberto a mudanças e adaptações, pois
poderá sofrer quaisquer alterações ao longo de todo o processo.

O plano de carreira irá colaborar para a valorização dos profissionais da organização,


concebendo-os como um ser humano, ser bio-psico-social, que pensa e possui talentos,
conhecimentos, capacidades, anseios e necessidades diversas e é capaz de contribuir e
muito para que a empresa faça a diferença no mercado.

Os benefícios da companhia que possui plano de carreira implantado e implementado são


inúmeros. Dentre eles, podemos destacar a seleção interna de pessoal de forma mais
consciente e, portanto, tendo mais chance de acerto na escolha, a intensificação do
relacionamento da empresa para com o colaborador, além de conseguir que os funcionários
atuem motivados, contribuindo com o desenvolvimento profissional e organizacional.

Lembramos que, no Século XXI, o plano de carreira deverá ser de responsabilidade de cada
profissional. Portanto, se a empresa não o fizer, o profissional deverá ter a consciência que,
para permanecer no mercado e não ser pisoteado, correndo risco de expulsão, este deverá
elaborar o seu plano.
Plano de carreira, para que serve?
O artigo tem objetivo de ajudar o leitor na importancia de se ter
um plano de carreira para realizar os sonhos.
A+
A-
Tamanho do texto:
Por Nestor de Almeida

Close
Compartilhar
Denunciar Spam
Imprimir
Plano de carreira, para que serve?

O plano de carreira tem por objetivo colocar a pessoa nos trilhos do sucesso pessoal,
profissional, familiar e comunitário, programando, assim, o crescimento nas quatro áreas de
maneira eficaz. Ele possibilita programar o tempo necessário para alcançar os objetivos e
avaliar se os conhecimentos são suficientes ou não para realizar os projetos. Se não for,
onde e quando buscá-lo? Do que precisa abrir mão, no presente ou no futuro, para tornar
real os sonhos? Investir mais ou menos energias em determinado momento, ajuda a
conhecer tendências do mercado futuro e se programar para ser bem sucedido nas
mudanças. O plano de carreira ajuda a pessoa a ter controle sobre sua própria vida evitando
que perca tempo, conhecimentos, dinheiro, energias com que não vai trazes os resultados
esperados.

Quando elaborar um plano de carreira?

1º - Quando não se definiu o que almeja na vida, em que mercado trabalhar, qual curso
fazer, qual profissão seguir para o resto da vida útil. Ou ainda, aquele que passou por uma
decepção profissional e quer encontrar uma nova carreira ou busca ter seu negocio
próprio...

2º- Quando a pessoa que trabalhou por vários anos em um seguimento do mercado e perdeu
o emprego por motivo de idade ou por ser uma profissão que esta a caminha da extinção; a
pessoa que tenha dificuldade de se recolocar na mesma atividade e por isso busca uma nova
profissão...
3º- quando uma pessoa trabalhou algum tempo em uma empresa e pretende mudar de
departamento ou cargo dentro da própria empresa e tem encontrado dificuldades para
alcançar seus objetivos dentro da empresa ou organizar-se para abrir e administrar um
negocio próprio paralelo à sua atividade na empresa, se preparar para mudar de emprego...

4ª- Quando se tem seu próprio negocio, mas não esta progredindo como gostaria; quem tem
sua empresa bem sucedida e pretende buscar uma segunda opção no mercado, ou, quando
está deixando de trabalhar por conta própria e quer voltar ao mercado com carteira
assinada...

5º- Quando a pessoa se aposentou ou esta prestes a se aposentar e não quer ficar parado;
quando esta fora do mercado de trabalho por motivo (particulares).

Para cada momento desses o plano de carreira tem suas variáveis, porem, ele é de suma
importância para que a pessoa chegue aos seus objetivos mais rápidos e com eficácia.

Plano de carreira funciona?

Sim. Se a pessoa tiver disciplina, determinação, paciência e abrir mão das facilidades em
prol dos seus objetivos. Sempre encontro pessoas com um potencial enorme, mas não chega
a lugar algum ou demora muito mais que deveria para alcançar seus objetivos e, às vezes,
até perdem o emprego ou oportunidade de crescimento por não terem um plano de carreira.

É importante que a empresa saiba que o funcionário tem um plano de carreira?

Sim. Pois tanto o RH como as lideranças podem acompanhar, motivar e orientar o


funcionário em seu plano de carreira ou ainda ajudá-lo a elaborar um, caso não o tenha.
Quando isso acontece na empresa todos saem ganhado. O funcionário que tem um plano de
carreira é mais focado nos seus objetivos: age mais rápido, é mais dedicado, busca maior
conhecimento, trabalha melhor em equipe e tem melhor qualidade. Quando o funcionário
tem um plano de carreira e não recebe apoio da empresa, a empresa corre o risco de perdê-
lo para a concorrência. Portanto, é importante que a empresa tenha uma estrutura para
acompanhar, motivar e orientar o plano de carreira dos seus funcionários.

Plano de carreira é difícil ser elaborado?


Não. No entanto, é necessário que se tenha conhecimento ou que haja um pessoa com
conhecimento para ajudar na elaboração de um plano.

Quando elaboro um plano de carreira para os meus clientes, sempre incluo os quatro pilares
dos sonhos por entender que a pessoa não deve se preocupar só com o crescimento
profissional, mas também pessoal, familiar e comunitário. Quando ela tem planos de
crescimentos nestas quatro áreas e trabalha para realização dos mesmos, não tem como não
ser bem sucedida. Uma área contribui para o crescimento da outra e assim a pessoa se torna
realizada e com prazer de viver.

Para você refletir um pouco!

De zero a cinco, que nota você dá para cada uma de suas realizações: Pessoal, profissional,
familiar e comunitário?

Em qual dos quatro itens você precisa se dedicar um pouco mais?

Você já elaborou seu plano de carreira?

Pensamento: "Quem não sabe para onde navegar com seu barco a vela nenhum vento é
favorável."

Este artigo não tem objetivo de ensina a elaborar um plano de carreira, mas sim de mostrar
a importância de se ter um plano para ser uma pessoa bem sucedida em todas as áreas da
vida.

Compartilhe este artigo com seus amigos.

Participe da palestra Online Plano de carreira, o guia para chegar mais rapido.

Visite site www.almeida1vencedor.com e conheça o conteudo da Palestra e saiba como


participar.
Nestor de Almeida foi um menino que morou por quatro anos nas ruas e hoje é graduado
em propaganda e marketing, administrador de empresa. Foi superintendente da Bradesco
vida e previdência. Palestrante dos grandes eventos certificado pela Academia do
Palestrante, coach e por ter encontrado muitas dificuldades para vencer, tornou-se um
estudioso e especialista em treinar, motivar e orientar pessoas a sonharem e realizar seus
sonhos. (ele faz uma revolução na vida das pessoas com suas palestras) Conselheiro e
orientador de plano de carreira, escritor, colunista, autor do livro: De menino de rua a
executivo. Esta finalizando mais dois livros, um grande sonho não se realiza sozinho e o
medo pode estar impedindo o teu sucesso. Tem artigos publicados em mais de 300 canais
de comunicação no Brasil e Exterior.

Contato: (11) 6260-5811

almeida1vencedor@almeida1vencedor.com

www.almeida1vencedor.com

almeida4891@hotmail.com

Leia o livro DE MENINO DE RUA A EXECUTIVO. Autor: Nestor de Almeida Compre


atrevés do site acima.

Siga os posts do Administradores no Twitter: @admnews.