Você está na página 1de 2

Este número temático da revista Ler História, subordinado ao tema «Repúblicas:

culturas e práticas», reúne uma colaboração ampla e diversificada.


Foi objectivo geral dos organizadores procurar alargar o campo de análise e de debate
em torno do tema «repúblicas e republicanismos», com base em análises sobre as
influências internacionais, a circulação de modelos e de práticas políticas, a partilha de
referências culturais ou ideológicas.
Procurou-se ainda concretizar outros objectivos, principalmente a apresentação de
alguns dos avanços mais significativos realizados pela recente historiografia sobre a I
República portuguesa. Aqui, dois temas emergiram como particularmente fortes: os
repertórios republicanos e a definição de projectos de transformação da sociedade em
alguns domínios, como a religião, a educação, a habitação ou a agenda colonial. Por
outro lado, considerou-se importante e necessária uma abertura à reflexão histórica
sobre a inserção da I República Portuguesa no contexto internacional – uma reflexão já
trabalhada mas que ainda apresenta espaço para aprofundamento, especialmente quando
se procura ultrapassar as considerações já clássicas relativas à influência da III
República Francesa sobre o projecto republicano em Portugal. O repto foi lançado, mas
nem sempre foi possível obter resposta. De facto, ainda não chegou o tempo de uma
verdadeira história comparada dos modelos republicanos, mas procurámos dar um passo
nessa direcção, com inclusão de artigos que abordam as realidades turca e brasileira,
para além dos que se referem aos contextos europeus, talvez mais conhecidos pelo leitor
português, como é o caso da Itália, da França e da Espanha.
Os estudos aqui apresentados estão organizados em torno de três temas: Modelos
Nacionais, Culturas e Formas de Politização e Programas e Acções. No primeiro grupo,
reuniu-se um conjunto de estudos onde os autores analisam modelos e experiências
republicanas em vários espaços nacionais, salientando a circulação de ideias e de
paradigmas, os contágios e influências múltiplas entre diversos movimentos
republicanos. Espanha, Itália, Brasil e Turquia são os espaços nacionais aqui
percorridos. Sob o tema Culturas e Formas de Politização, agruparam-se estudos onde
são colocados em evidência aspectos da cultura democrática-republicana. A opção por
análises prolongadas no tempo permitiu realçar dinâmicas, mudanças e permanência, de
fenómenos como a laicização e a leitura no feminino. Por último, no terceiro conjunto
de estudos focam-se aspectos do projecto e das realizações da I República portuguesa,
percorrendo aspectos como a educação, a construção de habitação social, a política
colonial e a acção da Marinha.
Comissão Nacional
para as Comemorações
do Centenário da República

Palácio Foz
Praça dos Restauradores
1250-187 LISBOA
T +351 213 405 500
F +351 213 405 519
comissao@centenariorepublica.pt
http://centenariorepublica.pt