Você está na página 1de 8

FACULDADE DE DIREITO

PLANO ANALÍTICO DE DIREITO ADMINISTRATIVO I

Curso de Direito - Departamento de Ciências Jurídico-Políticas


Ano lectivo de 2021 – Semestre: 1°
Regime laboral

DOCENTES

Nome E-mail
Regente Doutor Paulo Comoane pdcomoane@gmail.com
Doutor Albano Macie albanomacy@gmail.com
Assistentes dra. Ana Sambo senia.sambo@gmail.com

HORAS

Horas Teórica Prática Teórico Seminário Avaliação Outras Total


-Prática
Contacto directo 21 4 - - 4 25+4
por semestre
Contacto directo 3 1 - - - - 3
Presencial/semana
Contacto directo 2 - - - - - 2
remoto/semana

CARGA HORÁRIA E HORÁRIO

Duração da disciplina: 12 Semanas 17/05/2021 a 06/08/2021


Carga horária: 2:00-3:00 Horas/Semana 29 Horas/Semestre
Local/Sala: Campus Universitário - Complexo Pedagógico 2502
Horário: Aulas modelo presencial Aulas modelo remoto
Quarta-feira 08:00-09:50 10:40-11:30
Sexta-feira 10:00-10:50 08:00-08:50
Sábado
(nas datas previamente 10:00-12:00 10:00-12:00
marcadas)

1
INTRODUÇÃO

Na organização e funcionamento da Administração Pública, o Direito Administrativo


aparece como uma disciplina que dá continuidade ao estudo da Ciência Política e Direito
Constitucional e existe nos currículos da maioria das Faculdades de Direito do sistema civil law.
Constitui uma disciplina de carácter obrigatório no curso de Direito, leccionado no 2.º ano, tanto no
período laboral como no pós-laboral. A sua importância resulta do facto de regular, num Estado de
Direito Democrático, o exercício do poder administrativo na prossecução do interesse público.
Partindo da ideia de que o objecto do Direito Administrativo é a Administração Pública nas suas
diversas acepções, serão analisadas as entidades que a integram e as actividades que compõem a
função administrativa integrada numa das três funções do Estado. O desenvolvimento do conteúdo
da disciplina preparará o estudante para a análise de temas específicos a serem desenvolvidos no
semestre subsequente, na disciplina de Direito Administrativo II, considerando as tendências actuais
do Direito Administrativo, decorrentes da globalização e das alterações efectuadas à Constituição de
2004 e a legislação ordinária relevante para a disciplina.

Objectivo geral:
 Disciplinar o exercício dos poderes públicos de autoridade, aplicável não só às actividades
desenvolvidas por pessoas colectivas de direito público, como também as de direito privado,
quando actuem no exercício de prerrogativas de autoridade pública.

Resultados de aprendizagem

 Definir, caracterizar e delimitar o Direito Administrativo I relativamente aos outros ramos


do Direito, em especial o Direito Constitucional;
 Identificar o objecto e a Função do Direito Administrativo;
 Caracterizar o Sistema Administrativo de Moçambique tendo por referência os sistemas
administrativos modelo;
 Caracterizar a Organização Administrativa de Moçambique e aplicar a teoria geral da
organização administrativa;
 Aplicar o Direito Administrativo para a resolução de questões práticas no domínio da
matéria estudada.

II. ESTRATÉGIAS DE ENSINO E DE APRENDIZAGEM

O processo de ensino e aprendizagem nesta disciplina, baseia-se na simbiose equilibrada de


aulas teóricas e práticas, ministradas de acordo com os seguintes métodos pedagógicos:
• Exposição oral das matérias efectuada pelos docentes;
• Participativos de ensino/aprendizagem;
• Discussão de teorias e resolução de casos práticos na sala de aulas;
• Elaboração de fichas de leitura pelos estudantes; e
• Realização de trabalhos de pesquisa, individual e em grupos de trabalho pelos
estudantes.
Serão utilizados os meios didáticos disponíveis, designadamente o quadro branco, data show,
manuais, textos de apoio, legislação e outra documentação de interesse do tema e para a disciplina.
A presença do estudante às aulas teóricas e práticas e em outras actividades curriculares desta

2
disciplina é obrigatória nos termos do disposto no n.˚ 1 do art. 37, do Regulamento Pedagógico,
aprovado pela Deliberação n.˚ 10/CUN/2014.

III. ESTRATÉGIAS DE AVALIAÇÃO

Actividades de presença obrigatória: Aulas práticas e teórico-práticas.


Tipos de avaliação: os estudantes realizarão 2 testes escritos (obrigatórios), os quais estão
marcados para o sábado.

Prova Matéria Modalidade Data Hora Duração Teste de reposição*1


1º Temas I a III Teste de 2 horas
Desenvolvim 03/07 06/08 10:00 Sala 42
ento 10:00 1FADIR
2º Temas IV e V I Teste misto 07/08 2 horas

O “teste misto” traduz a simbiose entre o teste de escolha múltipla e o teste de


desenvolvimento. O “teste de escolha múltipla” inclui respostas de escolha múltipla stricto sensu,
respostas de verdadeiro ou falso e respostas de preenchimento de frases incompletas de modo a
torná-las inteligíveis. O “teste de desenvolvimento” corresponde ao teste clássico. Inclui a resolução
de hipótese (s) prática (s) e pergunta (s) de comentário.

Condições de realização de testes: a realização das provas obedece aos comandos


prevenidos no regulamento pedagógico e nas comunicações internas da direcção adjunta
para a graduação. Constitui obrigação do estudante conhecer estes instrumentos e reger-se
pelos mesmos. Por exemplo, o estudante deve fazer-se acompanhar do cartão de estudante ou
comprovativo de inscrição e, neste caso, de documento de identificação com foto; não deve estar na
posse de telemóvel (ainda que desligado) ou outro material não autorizado; não deve trocar material
(v.g., legislação); e deve identificar a sua prova com o seu nome. Iniciada a prova, não é permitida a
saída da sala. Decorridos 15 minutos após a distribuição da prova não é autorizada a entrada na sala.

A realização de testes de reposição é feita, exclusivamente, nos termos regulamentares, ou


seja, mediante despacho de autorização e na data marcada. O estudante deve fazer-se acompanhar
do despacho ou da cópia do requerimento, com carimbo de entrada na Secretaria da Faculdade.
Neste último caso, a prova só será corrigida e publicada após a apresentação do despacho de
autorização. O teste de reposição não será realizado em data distinta da marcada pela equipa
docente para os estudantes que não compareçam nessa data.

Fórmulas de cálculo da média de frequência: média dos dois testes realizados que
corresponde ao somatório das suas notas, devendo o resultado ser dividido por dois. Os testes de
frequência têm igual peso e valor. Sendo de realização obrigatória, a sua falta determina a exclusão
na disciplina.

1
* Sujeito a confirmação.

3
IV. PROGRAMA TEMÁTICO

Tema I – INTRODUÇÃO
Objectivos:
No fim do estudo do tema o estudante deve ser capaz de:
 Exprimir a noção e os vários sentidos de Administração Pública;
 Distinguir a administração pública da administração privada;
 Compreender o “nascimento” do Direito Administrativo;
 Delimitar a função administrativa no contexto das funções do Estado;
 Distinguir os vários sistemas administrativos e caracterizar o sistema administrativo
moçambicano;
 Definir o Direito Administrativo;
 Identificar os tipos de normas administrativas;
 Apontar os traços específicos do Direito Administrativo; e
 Explicar a natureza do Direito Administrativo.
Conteúdo:
 Noção de Administração Pública;
 Administração Pública e Administração Privada;
 O nascimento do Direito Administrativo;
 Função administrativa no contexto das funções estaduais;
 Sistemas administrativos: sistema administrativo tradicional, francês e britânico;
 Noção do Direito Administrativo;
 Tipos de normas administrativas;
 Características do Direito Administrativo; e
 Natureza do Direito Administrativo.

Tema II – ADMINISTRAÇÃO E O DIREITO


Objectivos:
No fim do estudo do tema o estudante deve ser capaz de:
 Distinguir a actividade de gestão pública da actividade de gestão privada;
 Explicar se e em que medida a Administração Pública acha-se subordina-se ao Direito; e
 Enunciar as fontes do Direito Administrativo.
Conteúdo:
 Vinculação da Administração ao Direito;
 Administração e o Direito Privado;
 Discricionariedade administrativa; e
 Fontes do Direito Administrativo.

Tema III – O PODER ADMINISTRATIVO E OS DIREITOS DOS PARTICULARES


Objectivos:
No fim do estudo deste tema o estudante deve ser capaz de:
 Enunciar o sentido e o alcance do princípio da separação de poderes; e
 Debruçar-se acerca do poder administrativo e explicar a sua articulação com os direitos dos
particulares na prossecução do interesse público.

4
Conteúdo:
 O princípio da separação de poderes;
 O poder administrativo;
 Manifestações do poder administrativo;
 Corolários do poder administrativo; e
 Princípios constitucionais sobre o poder administrativo.

Tema IV – TEORIA GERAL DA ORGANIZAÇÃO ADMINISTRATIVA


Objectivos:
No fim do estudo deste tema o estudante deve ser capaz de:
 Compreender a noção de pessoa colectiva pública, na natureza da sua criação e o seu
substrato;
 Enunciar os vários tipos de órgãos de uma pessoa colectiva;
 Explicar as noções de atribuição e competência;
 Debruçar-se sobre as várias espécies de pessoas colectivas púbicas e as relações funcionais
interorgânicas que se podem estabelecer entre elas;
 Explicar os vários sistemas de organização administrativa e situar o sistema moçambicano; e
 Conhecer os princípios informadores da organização administrativa moçambicana.
Conteúdo:
 Elementos da organização administrativa;
 Sistemas de organização administrativa;
 Tipos de relações funcionais interorgânicas; e
 Princípios constitucionais da organização administrativa moçambicana.

Tema V – ORGANIZAÇÃO ADMINISTRATIVA DE MOÇAMBIQUE


Objectivos:
No fim do estudo do tema o estudante deve ser capaz de:
 Compreender e analisar criticamente a organização administrativa moçambicana.
Conteúdo
 A Administração central do Estado;
 A Administração periférica;
 A Administração estadual indirecta;
 A Administração autónoma; e
 As instituições particulares de interesse público.

5
IV. CALENDÁRIO DAS AULAS
PERÍODO TEMA CONTEÚDO PROF.
Noção de Administração Pública; Administração Pública e
Administração Privada; O nascimento do Direito
I Administrativo; Função administrativa no contexto das
17-28/05 funções estaduais; Sistemas administrativos: sistema
Presencial INTRODUÇÃO administrativo tradicional, francês e britânico; Noção do Todos
Direito Administrativo; Tipos de normas administrativas;
Características do Direito Administrativo; e Natureza do
Direito Administrativo.

II Vinculação da Administração ao Direito; Administração e o


ADMINISTRAÇÃO Direito Privado; Discricionariedade administrativa; e Todos
E O DIREITO Fontes do Direito Administrativo.

III O princípio da separação de poderes; O poder


31/05-04/06
Presencial O PODER administrativo; Manifestações do poder administrativo;
ADMINISTRATIVO Corolários do poder administrativo; e Princípios Todos
E OS DIREITOS constitucionais sobre o poder administrativo.
DOS
PARTICULARES

III O princípio da separação de poderes; O poder


O PODER administrativo; Manifestações do poder administrativo;
07-18/06 ADMINISTRATIVO Corolários do poder administrativo; e Princípios Todos
Remoto E OS DIREITOS constitucionais sobre o poder administrativo.
DOS
PARTICULARES
IV
TEORIA GERAL Elementos da organização administrativa; Todos
21-25/06 DA
Presencial ORGANIZAÇÃO
ADMINISTRATIVA
03/07 1.º TESTE ESCRITO Todos
Presencial
IV Sistemas de organização administrativa; Tipos de relações
28/06-02-07 TEORIA GERAL funcionais interorgânicas; e Princípios constitucionais da Todos
Presencial DA organização administrativa moçambicana.
ORGANIZAÇÃO
ADMINISTRATIVA
Todos
05- 16/07 V A Administração central do Estado;
Remoto ORGANIZAÇÃO
19- 30/07 ADMINISTRATIVA A Administração periférica; A Administração estadual Todos
Presencial DE MOÇAMBIQUE indirecta.
07/08 2.º TESTE ESCRITO Todos
Presencial

6
V A Administração autónoma; As instituições particulares de Todos
02 - 06/08 ORGANIZAÇÃO interesse público
Remoto ADMINISTRATIVA
DE MOÇAMBIQUE

V. BIBLIOGRAFIA E RECURSOS

A. DOUTRINA

Bibliografia Básica:
1. AMARAL, Diogo Freitas do – Curso de Direito Administrativo, 2ª ed., Vol. I (8ª reimpressão da
2ª edição de 1994) e II (3ª impressão da edição de 2001), Coimbra, Almedina.
2. ANDRADE, José Vieira – Lições de Direito Administrativo, Almedina, Imprensa da
Universidade de Coimbra, 2014.
3. CAUPERS, João – Introdução ao Direito Administrativo, Âncora Editora, 2003.
4. JÙNIOR, José Cretella, Manual de Direito Administrativo, 4.ª edição, Forense, Rio de
Janeiro, 1989.
5. MACIE, Albano – Lições de Direito Administrativo, Editora Escolar, 2013.
6. RIVERO, JEAN. Direito Administrativo. Almedina, 1982.

Bibliografia Complementar:
1. CHAMBULE, Alfredo – Organização Administrativa de Moçambique, Maputo.
2. CORREIA, Fernando Alves – Alguns Conceitos de Direito Administrativo, Coimbra, Almedina,
1998.
3. DE SÁ, LUÍS MANUEL DA SIVA, Introdução ao Direito Administrativo, caderno de
apoio, Universidade Aberta.
4. DI PIETRO, MARIA SYLVIA ZANELLA, Direito Administrativo, 25ª edição, São Paulo,
editora Atlas SA, 2012.
5. OTERO, Paulo – Manual de Direito Administrativo, Vol. I, Almedina, 2013.
6. QUEIRÓ, Afonso Rodrigues – Lições de Direito Administrativo, Vol. I, Coimbra, 1976.

B. LEGISLAÇÃO
1. Constituição da República de Moçambique, de 16 de Novembro de 2004, BR, I Série, n.º 51,
de 22 de Dezembro de 2004, revista pela Lei n.º 1/2018, de 12 de Junho.
2. Lei n.º 14/2011, de 10 de Agosto (Lei do Procedimento Administrativo), BR, I Série, n.º 32,
de 10 de Agosto;
7
3. Lei n.º 6/2012, de 5 de Fevereiro (Lei das Empresas Públicas), BR, I Série, n.º 6, de 5 de
Fevereiro;
4. Lei n.º 7/2012, de 08 de Fevereiro (Lei Base de Organização e Funcionamento da
Administração Pública), BR, I Série, n.º 6, de 08 de Fevereiro;
5. Lei n.º 7/2018, de 3 de Agosto (Lei de Implantação das Autarquias Locais), BR, I Série, n.º
152, de 3 Agosto;
6. Decreto n.º 30/2001, de 15 de Outubro (Normas de Funcionamento de Serviços da
Administração Pública), BR, I Série, n.º 41, de 15 de Outubro.

C. JURISPRUDÊNCIA
1. Conselho Constitucional (Deliberações e Acórdãos, vol. II, CFJJ-MJ-CC, Colecção de
Jurisprudência 2, Maputo, 2008);
2. Tribunal Supremo (Acórdãos do Tribunal Supremo, Jurisdição Criminal 1990-2003, vol I,
Tribunal Supremo, Maputo, 2008).

D. SÍTIOS DA INTERNET
www.cconstitucional.org.mz, www.portaldogoverno.gov.mz, www.dgsi.pt, www.saflii.org,
www.scholar.google.com, www.ta.gov.mz

Maputo, aos 02 de Junho de 2021

Paulo Daniel Comoane

O Regente

Você também pode gostar