Você está na página 1de 6

“Unip-Universidade Paulista Sorocaba”

Circuito RLC Série (Ressonância)

Elaine Pereira de Santana T591GB6 _EB4C17

Francielli Medeiros de Proença B33GHA4_EB4C17

Janaina Camargo B372IF1_EB4D17

Jeferson Pereira Leite B2869C7_EB4D17

Juliana Gonçalves Dias B30129-5_EB3B17

Professor: Marcelo Bellodi

03.Set.2013

Terça-Feira
Introdução

O circuito RLC associado a um circuito em série é composto por um


resistor (R), um capacitor (C) e um indutor (L). A alimentação do circuito é
gerada por um gerador de tensão alternada, como mostra na figura 7.

Circuito em Série - É uma ligação sequencial, aonde cada


componente recebe a mesma quantidade de carga, sendo assim os
componentes são dependentes um do outro.

Resistor - São componentes de um circuito elétrico aonde sua função


é converter energia elétrica em energia térmica, além de criar uma
resistência a tensão.

Capacitor-Sua função é armazenar energia elétrica, além de criar


um desiquilíbrio interno.

Indutor-Sua função é armazenar energia elétrica no campo


magnético.
1. Objetivo

Analisar os valores obtidos através do Circuito RLC Série


(Ressonância), que está associado a um gerador de corrente contínua.

2. Material Utilizado:

 Placa com circuito RLC.

Figura 1: Placa com Circuito RLC.

 Multímetro.

Figura 2: Multímetro .

 Fios de ligação.

Figura 3: Fios de ligação.


 Gerador de áudio.

Figura 4: Gerador de aúdio.

3. Arranjo Experimental.

1º Construir um circuito RLC em série.

2º Incluir o gerador de áudio e o multímetro no circuito.

3º Ligar o gerador para aplicar uma frequência de tensão.

4º Alterar as frequências da tensão aplicada no circuito RLC em série.

5º Anotar os valores obtidos através da tensão do resistor

R(Ur), adição da bobina e as tensões do capacitor em cada situação.

Figura 5: Circuito RLC série.


3.1. Esquema do circuito RLC série.

Figura 7: Esquema do circuito. (http://www.fis.ita.br)

4. Dados Obtidos.

4.1Tabela.

f (k Hz) Ur (V) U bob+c (V)


pp pp

1 0,93 3,125

2 1,005 1,437

3 1,015 0,662

4 1,013 0,18

5 1,007 0,161

6 0,995 0,46

7 0,983 0,723

8 0,969 0,945

9 0,954 1,146

10 0,935 1,358

Tabela 1: Tabela com valores obtidos.


5. Análise dos dados.

5.1. Gráfico com os valores.

3,5

2,5

2
Ur pp (V)
1,5 U bob pp (v)

0,5

0
1 2 3 4 5 6 7 8 9 10
Frequência (k Hz)

Figura 6: Gráfico com os valores obtidos.

6. Conclusão.

Através do experimento realizado conseguimos concluir que os valores


estão dentro da tolerância permitida.

7. Bibliografia.

F.T.Dorneles; I.S.Araujo; E.A.Veit: circuito RLC.CREF-Instituto de


Física-UFRGS81.Disponível em:
<<http://www.if.ufrgs.br/cref/ntef/circuitos/>>.Acesso: 17 Set.2013.

Circuito RLC.Fis.ita.Disponível em: <<http: //fis.ita.br.>>.Acesso em:


17 Set.2013.

Você também pode gostar