Você está na página 1de 110

Metais: Uma visão geral

s M et ál ic o s
Materiai
Quais os metais existentes conhecidos atualmente?

87 elementos
metálicos
Vamos ver como está seu conhecimento sobre
elementos da tabela periódica?

Tente responder qual metal corresponde ao símbolo indicado:


Li - Lítio Na - Sódio
• Principais aplicações: baterias e • Reage violentamente na água.
medicamentos antidepressivos. Presente no sal de cozinha (NaCl)
K - Potássio Rb - Rubídio
• Presente em diversos alimentos. • Usado em fogos de artifício (cor
Reagente importante em roxa).
titulações.
Cs - Césio Fr - Frâncio
• Aplicações médicas. • Por causa de sua alta
instabilidade e tempo de meia-
vida bastante curto de 22
minutos, o elemento frâncio não
tem uso comercial.

Desastre radiológico em Goiânia envolvendo césio:


https://super.abril.com.br/mundo-estranho/o-que-foi-o-acidente-com-o-cesio-137/
Be - Berílio Mg - Magnésio
• Elemento químico adicionado • Um dos metais mais leves.
em ligas de cobre. Utilizado em rodas de liga leve.

Cobre com adição de berílio: aumenta a dureza.


Ca - Cálcio Sr - Estrôncio
• Presente em diversos alimentos. • Usado em fogos de artifício (cor
de chama vermelha).
Ba - Bário Ra - Rádio
• Exames de • Usado em tratamentos de
contraste do câncer (radioterapia).
tubo digestivo.
La - Lantânio Ce - Cério
• Usado na produção de lentes de • Adicionado ao ferro para
telescópio. produção de pedras de isqueiro.
Pr - Praseodímio Nd - Neodímio
• Usado na produção de óculos de •  Usado em ligas com ferro para
proteção de soldador. produção de imãs potentes.
Pm - Promécio Sm - Samário
• Seus  sais luminescente são • Liga de samário-cobalto é utilizada
usados em ponteiros. na produção de imãs de alta
resistência à desmagnetização.
Eu - Európio Gd - Gadolínio
• Usado como dopante em • Elemento de contraste em
polímeros e vidros. ressonância magnética (destaca
aumento de tumores).
Tb - Térbio Dy - Disprósio
• Usado em pigmentos • É um dos componentes da liga conhecida
como Terfenol-D; esta liga apresenta
fluorescentes verde. magnetostrição – ou seja, muda de
dimensões e/ou forma durante um
procedimento de magnetização
Ho - Hólmio Er - Érbio
• Usado em laser de cirurgias • Usado em dopagem de fibras
médicas. ópticas usadas em sistemas de
comunicação.
Tm - Túlio Yb - Itérbio
• Usado em lasers com aplicação • Usado na produção de laser de
em cirurgias. fibra.
Lu - Lutécio Ac - Actínio
• Aplicações na medicina • Usado na medicina radioativa.
fotodinâmica.
Th - Tório Pa - Protactínio
• Adicionado ao magnésio para • A escassez do elemento e sua
aumentar a temperatura de elevada radioatividade tornam
fusão. seu uso no cotidiano muito
complicado.
U - Urânio Np - Netúnio
• Usado para produção de energia • Mais utilizado em pesquisas.
nuclear.
Pu - Plutônio Am - Amerício
• Usado na produção de armas • Usado em detectores de
nucleares. fumação.
Cm - Cúrio Bk - Berquélio
• Usado na produção de sondas • Aplicações em pesquisas.
interplanetárias.
Cf - Califórnio Es - Einstênio
• Usado em equipamentos para • Uso em pesquisas.
detecção de metais.
Fm - Férmio Md - Mendelévio
• Elemento radioativo. Entre os • O mendelévio não
resíduos da explosão teste possui aplicações práticas.
da primeira bomba de hidrogênio,
foi encontrado férmio.
No - Nobélio Lr - Laurêncio
• Usado em pesquisas. • Não possui aplicações práticas.
Sc - Escândio Y - Ítrio
• Adicionado como elemento de • Usado em LEDs que produzem
liga ao alumínio para aumentar luz branca
o ponto de fusão.
Ti - Titânio Zr - Zircônio
• Usado em próteses por ser • É utilizado principalmente (em
biocompatível. torno de 90% do consumo)
como revestimento de reatores
nucleares, devido a sua seção de
choques de nêutrons ser muito
baixa. 
Hf - Háfnio Rf - Rutherfórdio
• Usado como elemento de liga • Radioativo e com tempo de meia
aumentando a resistência à vida muito curto, não tendo
corrosão dos metais. aplicações práticas.
V - Vanádio Nb - Nióbio
• Em sua maioria, é utilizado • Maior utilização como elemento
como elemento de liga em de liga em metais para aumentar
metais para aumentar a dureza e a resistência ao desgaste.
a resistência à corrosão.
Ta - Tântalo Db - Dúbnio
• Usado na indústria de • Não há aplicações práticas.
eletrônicos na produção de
resistores e capacitores.
Cr - Cromo Mo - Molibdênio
• Usado como revestimento ou •  A maior parte é utilizada na
como elemento de liga principal fabricação de ligas metálicas; é
em aço inoxidável. usado em ligas de aço para
aumentar a condutividade
térmica, a dureza, a resistência e
a resistência à corrosão e ao
desgaste.
W - Tungstênio Sg - Seabórgio
• Usado como elemento de liga • Não há aplicações práticas.
em metais para obtenção de alta
dureza (broca, por exemplo).
Mn: Manganês TC: Tecnécio
• Sua principal aplicação é na • Encontrado na Terra em
siderurgia. Usado como agente quantidades ínfimas,
removedor de enxofre e restringindo seu uso.
oxigênio de ligas metálicas.
Re: Rênio
• Usado em ligas que necessitam
suportar altas temperaturas,
exemplo termopares.
Bh - Bohrio Fe - Ferro
• Não há aplicações práticas. • Metal mais utilizado no planeta.
Constitui as ligas de aço e ferro
fundido, principalmente.
Ru - Rutênio Os - Ósmio
• Usado como elemento de liga • Tem sido usado para a detecção
endurecedor. de impressões digitais.
Hs - Hássio Co - Cobalto
• Não • Usado na sua maioria em ligas
apresenta aplicações práticas.  metálicas (em torno de 65% do
cobalto utilizado no mundo)
Rh - Ródio Ir - Irídio
• Usado em banhos de joias. • Usado em velas de ignição de
veículos.
Mt - Meitnério Ni - Níquel
• Este elemento não • Usado como elemento de liga e
apresenta aplicações práticas. revestimentos para aumentar a
resistência a corrosão.
Pd - Paládio Pt - Platina
• Usado em catalisadores para • A platina é utilizada nos
redução de poluentes em conversores catalíticos. OBS: Não
automóveis. Também é um dos é usado em próteses humanas!
ingredientes do ouro branco.
Ds - Darmstadtio Cu - Cobre
• Este elemento não • Metal com excelentes
possui aplicação práticas. propriedades condutoras.
Ag - Prata Au - Ouro
• Usado em joias. • Usado em joias.
Rg - Roentgênio Zn - Zinco
• Apresenta meia-vida em torno • Usado largamente na
de 15 milissegundos não galvanização (revestimento de
apresentando aplicações zinco em metais ferrosos).
práticas.
Cd - Cádmio Hg - Mercúrio
• Usado em baterias níquel- • Usado em termômetros.
cadmio.
Cn - Copérnicio Al - Alumínio
• Esse elemento não apresenta • Metal largamente utilizado em
aplicações práticas. embalagem e dispositivos em
geral.
Ga - Gálio In - Índio
• Quando misturado ao Arsênio, forma • Usado na produção de painéis
o Arsenieto de Gálio e permite a solares.
criação de semicondutores de alta
qualidade.
Tl - Tálio Nh - Nihônio
• Usado na produção de • Não apresenta aplicações
termômetros de baixa práticas.
temperatura.
Sn - Estanho Pb - Chumbo
• Usado em solda branda. • Usado em baterias de
automóvel.
Fl - Fleróvio Mc - Moscóvio
• Não há aplicações fora da • Não há aplicações práticas.
pesquisa.
Lv - Livemório Ufa... acabou...
• Não há aplicações práticas.
Utilização prática dos metais

Cúrio?
Metal?
Nem sabia que
existia...

Nem todos metais existentes


são utilizados, ou ainda, com
utilizações restritas.
Metais puros ou ligados

• Alguns metais são utilizados na forma pura. Exemplo: Cu em fios


elétricos.

• Outros como ligas. Exemplo: Cu-Zn (latão), usado em conexões de


tubulações, objetos de decoração, entre outros. Ti6Al4V (Liga de
titânio mais comum), titânio com 6% de alumínio e 4% de
vanádio.
É comum separar os metais em grupos
• Fundidos:
• Conformados:
• Refratários:
• Preciosos:
• Nobres:
• Pesados:
• Ferrosos e não ferrosos:
• Entre outros...
Fundidos: processados por fundição.

Metal líquido sendo Metal líquido


Metal solidificado
vazado solidificando

Figura esquemática de Imagem de uma barra


fundida Microestrutura da barra
uma barra fundida fundida: Dentritas.
Aumento 100x

Para saber mais: https://www.youtube.com/watch?v=PtyaunJZ14k


Conformados: processados por conformação mecânica.

Metal líquido sendo vazado, solidifica no molde e é retirado


continuamente por rolos extratores.

Para saber mais:


https://www.youtube.com/watch?v=qfqPXZ9nvA4

Grãos encruados
Grãos
(achatados).
equiaxiais. Micrografia: Aumento 200x
Micrografia: Aumento 200x
(Abrindo um Parêntese)
• Metalografia:  é o estudo  da morfologia e estrutura dos metais pela observação microestrutural em
microscópio.

Metal: Aço, Corte de uma Amostra Lixamento:


por exemplo. amostra. embutida com Sequência de lixas até
resina. granulometria 1200.

Polimento:
Panos e pasta diamantada Microscópio Óptico Microestrutura: Foto
Ataque químico: por
de 2 e 1µm. com câmera acoplada com aumento de
exemplo, reagente: Nital
gera Micrografia. 1000x
55
Metais refratários: resistentes a altas temperaturas.

Eletrodo de solda TIG (liga a base


de tungstênio). A temperatura do
arco elétrico pode chegar a
3000°C!
Como ter uma liga que possa resistir 3000°C?

• Nióbio: 2.477°C
• Tântalo: 3.017°C
• Molibdênio: 2.623°C
Utilizando ou adicionando
• Tungstênio: 3.422°C
elementos de liga com alto
• Rênio: 3.185°C
ponto de fusão.
• Ósmio: 3.033°C
• Irídio: 2.466°C
Metais preciosos: alto valor de mercado.

Exemplos de metais preciosos:

• Platina
• Paládio
• Ródio
• Irídio
• Ósmio
• Rutênio
• Ouro
• Prata
Metais nobres: alta resistência à corrosão.

• Metais que apresentam grande dificuldade em perder elétrons.

Oxidar = perder e-
Metais pesados
• Metal pesado é um conceito em
evolução.

• Algumas vezes definido em função da


densidade, massa específica ou massa
atômica.

Exemplos de metais pesados:


• Atualmente questões ambientais e
• Chumbo
toxicológicas têm um papel
• Mercúrio
fundamental na caracterização de um
• Cromo • Cobalto
metal pesado.
• Cádmio • Níquel
Para saber mais: • Cobre
http://qnesc.sbq.org.br/online/qnesc33_4/199-CCD-7510.pdf • Zinco
Os metais pesados são bioacumuláveis, ou seja, não metabolizáveis
(organismos vivos não podem degradá-los), o que faz com que
permaneçam em caráter cumulativo ao longo da cadeia alimentar.
Ferrosos vs Não ferrosos

• É comum separar os metais em dois grandes grupos: os ferrosos (tendo como


constituinte principal o ferro) e os não-ferrosos.
Materiais
Metálico
s

Não
Ferrosos
Ferrosos

Fe- Ligas
Fe-C Ligas Cu Outras
Outros Leve

Ferros Aços Aços


Ligas Al Ligas Mg Ligas Ti Bronze Latão
Fundidos Carbono Ligados
Metais ferrosos
Densidade Fe: 7,8 g/cm3 Ponto de fusão Fe: 1536 °C

Aço carbono Aço inoxidável Ferro Fundido

Aço com adição mínima de 11% Usado em componentes com


de cromo. geometria complexa. Menor
custo.
Aço vs Ferro Fundido

• Família dos aços: até 2,11% de C


• Família dos ferros fundidos: acima de 2,11%C

Qual a diferença entre Ferro Fundido e Aço?


Classificação dos aços
Baixo carbono: até 0,30% de carbono. Os aços estão subdivididos em:

 Médio carbono: de 0,30% a 0,60%. Aços


Aço – Carbono: constituído
essencialmente de ferro e carbono.
Alto carbono: acima de 0,60%
Aço baixa liga: adições de 2% até 5%
de elementos de liga.
Carbono Baixa Liga Alta Liga
Aço alta liga: adições acima de 5% de
elementos de liga (geralmente em
Baixo Médio torno de 10%).
Ato Carbono Fe-Cr
Carbono Carbono

Ferrítico Austenítico Martensítico Duplex


Classificação dos Ferros
Classificação ferros fundidos
Fundidos

Ferros
Fundidos

Com Com
Mesclado
Grafita Carbonetos

Cinzento Nodular Vermicular Maleável Branco


Ligas leves
Alumínio Magnésio Titânio
Densidade: 2,7 g/cm3 Densidade: 1,7 g/cm3 Densidade: 4,5 g/cm3
Ponto de fusão: 660°C Ponto de fusão: 650 °C Ponto de fusão: 1660 °C

Metal bastante reativo, sendo usado Metal com melhor relação


Apresenta boas características
dessa forma como anodo de sacrifício resistência/densidade, aliado ainda a
de resistência mecânica com a
em cascos de navio para proteção excelente resistência à corrosão,
vantagem de ter uma baixa
catódica do casco contra corrosão. característica ideais no uso de próteses.
densidade.
Cobre e a principais ligas
Densidade: 8,9 g/cm3 Ponto de fusão: 1083°C

Cobre puro Latão: Cu-Zn Bronze: Cu-Sn


A pureza é essencial para a boa
condutividade elétrica, O cobre ligado apresenta propriedades mecânicas superiores, além de
contudo apresenta baixa uma boa resistência a corrosão. As ligas de cobre mais conhecidas são as
resistência mecânica. que envolvem zinco e estanho, apesar de existirem outras.
Outros metais

Será que vamos ver os


87 elementos
metálicos... Pessoal! Veremos os
metais mais utilizados.
Níquel
Densidade: 8,9 g/cm3 Ponto de fusão: 1455°C

Revestimento vs Elemento de liga

No aço: o níquel aumenta a ductilidade e a


Em aços de baixa resistência à corrosão
tenacidade e reduz a taxa de corrosão.
forma uma barreira protetora.
Outras ligas importantes: Nitinol, Monel,
Inconel, Duraníquel,
Liga Nitinol Ni-Ti: efeito memória de forma.

https://www.youtube.com/watch?v=t-zCBKRg7Cs
Sugestão de vídeos
https://www.youtube.com/watch?v=FBaIdvgbBAM sobre a liga nitinol.
Liga Monel: Ni-Cu
• Resistente à corrosão, em especial na água salgada, sendo por isso
utilizada na indústria naval e petrolífera. Por ser resistente a meios
ácidos é também utilizada na indústria alimentícia.
Liga Inconel: Ni-Cr
• Quando essas ligas são submetidas à temperaturas elevadas, forma-
se uma camada espessa e estável de óxido que protege a superfície
das peças do ambiente ao qual estão expostas.
Duraníquel: Liga 94% Ni – 4,5% Al – 0,5%Ti

• Mantém propriedades em temperaturas


até 300°C.

• Usado em molas e componentes


elétricos.
Cobalto
Densidade: 8,8 g/cm3 Ponto de fusão: 1495°C

Cobalto puro apresenta alta fragilidade. Utilizado, geralmente,


na forma de metal ligado.

 Indicado para aplicações especiais, que exijam elevada resistência à


corrosão, propriedades magnéticas, resistência ao desgaste e
resistência mecânica em altas temperaturas. Além disso, por
apresentar biocompatibilidade, algumas ligas de cobalto (do sistema
Co-Cr) podem ser utilizadas na fabricação de implantes cirúrgicos
ortopédicos.
Liga cromo-cobalto
Zinco
Densidade: 7,1 g/cm3 Ponto de fusão: 420 °C

Revestimento vs Elemento de liga

Sua maior utilização se da na galvanização A liga mais conhecida é Cu-Zn (latão) e a


de ligas ferrosas. Zamac. Denominação dada pelas iniciais
dos constituintes: Zinco (Zn), Alumínio (Al),
Magnésio (Mg) e Cobre (Cu).
O processo de corrosão ocorre por uma reação
espontânea (pilha eletroquímica). O ar atmosférico,
rico em água (H2O) e oxigênio (O2), se comporta como
catodo reduzindo o oxigênio e consequentemente
formando íons hidróxido (OH-). A dissolução do ferro,
promovido a anodo, causa perfurações na peça
metálica (pites de corrosão). O hidróxido de ferro,
Fe(OH)2, formado pela reação entre o ferro e os íons
hidróxido, rapidamente se oxida formando óxido de
ferro, 4Fe(OH)3, comumente chamado de ferrugem. O
revestimento de zinco, além de impedir o contato da
água e do oxigênio com o aço, ainda protege
catodicamente o aço por ser mais reativo.
Chumbo
Densidade: 11,3 g/cm3 Ponto de fusão: 327 °C

A toxicidade desse metal tem restringido


bastante seu uso. Sendo um dos metais de maior
densidade, torna seu uso interessante quando
requer peso (exemplo utensílios de pesca e
contrapeso em rodas para balanceamento e
munições). Contudo seu principal uso é em
baterias de automóveis devido a boa resistência
Sugestão de Leitura: em meio ao ácido sulfúrico.
http://static.sites.sbq.org.br/rvq.sbq.org.br/pdf/v9n3a06.pdf
Estanho
Densidade: 7,2 g/cm3 Ponto de fusão: 232 °C

Revestimento vs Elemento de liga

Apresenta boa resistência a corrosão


O estanho juntamente com o chumbo é
tornando seu uso interessante em
utilizado para produção do arame de solda
revestimentos, como por exemplo em folhas
branca (também chamada solda fria).
de flandres.
A folha de flandres é um composto laminado de aço e Observem que no ponto eutético a
revestido com estanho e outros filmes poliméricos. O Sn temperatura de fusão é 183°C (~50°C a menos
além de apresentar alta resistência e maleabilidade, do que a TF do estanho puro), ou seja, no caso
incorpora de forma adequada ao aço, com elevada da solda branda é interessante a utilização da
propriedade de vedação, opacidade, ideal para proteção liga ao invés do metal sozinho. É popularmente
de alimento. chamada de solda de estanho, pois o Sn se
encontra em maior quantidade.
Nióbio
Densidade: 8,5 g/cm3 Ponto de fusão: 2468 °C

Usado, principalmente, como elemento de


liga em aços e ferros fundidos. Apresenta
tendência a formar carbonetos, tornando
as ligas bastante resistentes ao desgaste.

Para saber mais sobre a resistência ao desgaste:


https://www.sciencedirect.com/science/article/pii/S0263436817307321?casa_token=_TlbakMM86
4AAAAA:O-R-NN_DwQFz-GZNg1OHV-k8Xu0NGQVJgwODGwDMKpFXbTqgA-6xvOm_o1l-RpopqZR1E
_gaZoA

Para saber mais sobre extração nióbio:


https
://brasilalemanhanews.com.br/coluna-em-destaque/minerios-estrategicos-o-niobio-no
-brasil-e-no-mundo
/
Nomenclaturas
• Existe uma infinidade de nomenclaturas determinadas por normas
técnicas ou algumas vezes comercialmente denominadas.

• Veremos as mais populares.


Nomenclatura dos aços carbono e baixa liga
Quatro algarismos para designar os aços.
Grupo ao qual pertence

NORMA XXYY
Porcentagem de
carbono expresso em
centésimos por cento
ABNT/SAE/AISI

ABNT: Associação Brasileira de Normas Técnicas


SAE: Society of Automotive Engineers
AISI: American Iron and Steel Institute
Grupo:
Exemplo: aço carbono com 0,2% de carbono

Aço carbono

Aço ABNT 1020


Porcentagem de
carbono expresso em
centésimos por cento
Associação Brasileira
de Normas Técnicas

86
Ex: Nomenclatura dos Aços ao Carbono

Quatro algarismos para designar os aços.


Indica aços ao carbono comuns

Indica que não há adições de elementos


químicos.

SAE 1 0 4 0
Teor de carbono:
0,4% C

Society of Automotive
Engineers

87
Nomenclatura dos Aços Carbono com adições de
outros elementos

Quatro algarismos para designar os aços.


Indica aços carbono

Indica que há adições de elementos


químicos (por ex: enxofre).

SAE 1118
Teor de carbono:
0,18% C

Society of Automotive
Engineers

88
Nomenclatura dos Aços Ligados

Quatro algarismos para designar os aços ligados.


Tipo dos elementos de liga (por ex: Mo)
Teor de carbono: 0,5% C

SAE 4150

Society of Automotive
Engineers

89
Nomenclatura dos aços Inoxidáveis
• Os aços inoxidáveis estão classificados nos seguintes grupos:

Aços inoxidáveis Martensíticos


Aços inoxidáveis Ferríticos
Aços inoxidáveis Austeníticos
Aços inoxidáveis Duplex
Endurecíveis por precipitação (PH – Precipitation Hardening)

90
Nomenclatura dos aços inoxidáveis
• A nomenclatura AISI contém 3 séries de 3 dígitos:
• Série 200 (Cr, Ni, Mn)
• Série 300 (Cr, Ni)
• Série 400 (Cr)

• As séries 200 e 300 são dos aços inox austeníticos.


• A série 400 contém os aços inox ferríticos e martensíticos.
• O aço inoxidável duplex não apresenta nomenclatura, mas há nomes
comuns bastante registrados por diversos produtores.

• Composição predominante: cromo, níquel, molibdênio.

Exemplo:
• Os aços inoxidáveis PH podem ser tratados termicamente para oferecer boa
tenacidade e ductilidade.
Exemplo: Aço Inox Martensítico

94
Exemplo: Aço Inox Ferrítico

95
Exemplo: Aço Inox Austenítico

96
Classificação AISI aços ferramenta:
Ferro Fundido
• Genericamente, os ferros fundidos são uma classe de ligas ferrosas
com teor de carbono acima de 2,11%.

• Na prática, entretanto, a maioria dos ferros fundidos contém entre 3 e


4,5%

98
Nomenclatura do Fofo Cinzento
Ferro fundido cinzento

FC - XXX
resistência a tração em MPa

Exemplo:
FC-400 – ferro fundido cinzento com resistência a tração de 400MPa.

99
Nomenclatura do Fofo Nodular
Ferro fundido nodular

Porcentagem de alongamento

FE - XXXYY
resistência a tração em MPa

Exemplo:
FE-42012 – ferro fundido nodular com resistência a tração de 420MPa, e
alongamento de 12%;

100
Nomenclatura do Fofo Maleável
Ferro fundido maleável
Núcleo Preto
Porcentagem de alongamento

FMP - XXXYY
resistência a tração em MPa

Exemplo:
FMP-35012 – ferro fundido maleável de núcleo preto com resistência a
tração de 350MPa, e alongamento de 12%.

101
Classificação das ligas de alumínio
Nomenclatura alumínio
• As ligas de alumínio trabalhadas mecanicamente são identificadas por
quatro dígitos:

• O primeiro identifica os principais elementos de liga.

• Os três últimos, o grau de pureza e/ou composição química.


• Após os quatro dígitos pode existir uma letra separada por um hífen
que identifica o tipo da liga:

F: estado como fabricado


O: recozido
H: trabalhado a frio
W: solubilizado
T: endurecido por envelhecimento
Sistemas de designação de têmpera para ligas de alumínio.
Nomenclatura Alumínio

Alumínio conformado:
Nomenclatura Alumínio

Alumínio fundido:
Exemplos:
• Alumínio 1065: não ligado com 65% de pureza.
• Alumínio 2024: elemento de liga majoritário cobre 4,4%
• Alumínio 3003: elemento de liga majoritário manganês 1,2%
• Alumínio 5052: elemento de liga majoritário magnésio 2,5%
• Alumínio 7075: elemento de liga majoritário zinco 6,1 %.
Referências:
• ASM Handbook Volume 2: Properties and Selection: Nonferrous Alloys and
Special-Purpose Materials

• ASM Handbook, Volume 1: Properties and Selection: Irons, Steels, and High-
Performance Alloys

• CALLISTER, W. D., Jr.; RETHWISCH, D. G. Ciência e Engenharia de Materiais:


uma introdução. 8.ed. Rio de Janeiro, RJ: LTC, 2015.

• PADILHA, A. F. Materiais de Engenharia. São Paulo, SP: Hemus, 2007.


Bons estudos!

Você também pode gostar