Você está na página 1de 1

A INTERCULTURALIDADE NA

EDUCAÇÃO DE PAULO FREIRE


Círculo de Pesquisas e Estudos Pós-Doutorais 02.09.2011

Q u e m é a P r o f ª Iv a n i l d e ?
Doutora em Educação (Currículo)

pela PUC/SP; Pós-Doutora pela PUC

do Rio de Janeiro; - Docente do

Programa de Pós-Graduação em

Educação; Coordenadora do Núcleo

de Educação Popular Paulo Freire

da UEPA (NEP); Vice-coordenadora

do Programa de Pós-Graduação em

Educação da UEPA. Autora de 6

livros publicados, sendo dois em 2ª

edição, 16 livros como organizadora

e 50 publicações em capítulos de

livros. Entre suas produções

destacam-se: “Filosofia da

Educação: reflexões e debates”

(Vozes); “Saberes, imaginários e

representações na educação

especial: a problemática ética da

diferença e da exclusão social’ Profª Drª Ivanilde Apoluceno de Oliveira

Falando sobre a pesquisa...


(Vozes) e “Leituras Freireanas

sobre educação” (UNESP).

No Brasil a questão da diferença cultural Paulo Freire em sua concepção de educação


torna-se evidenciada, nos anos 90, popular ao estabelecer a cultura como centro de
principalmente em função da política pluralista referência da educação, relacionando
cultural do ensino fundamental, implantada por conhecimento, cultura e poder, contribui para a
meio dos (PCNs), que direcionam a educação gênese histórica da interculturalidade no Brasil?
para as diferenças de etnia, gênero e classe. Consiste em uma pesquisa bibliográfica, tendo
Entretanto, a questão da diferença cultural já como base a leitura de obras de Freire e de
estava presente nos movimentos de grupos autores que tratam sobre educação popular, a
sociais excluídos por fatores étnicos, como os interculturalidade, bem como assuntos de
indígenas e os afro-descendentes, bem com já interface com o tema em estudo. Entre os
vinha sendo problematizada pelos movimentos resultados da pesquisa destaco que há
de educação popular, sendo Paulo Freire uma aproximação teórica entre Paulo Freire e a
das principais referências. Neste Círculo de educação intercultural crítica por meio da
Estudos e Pesquisas Pós-Doutorais analiso a relação que estabelece entre cultura e a
contribuição do pensamento educacional de educação; da matriz liberdade construída em
Paulo Freire para a gênese histórica da seu projeto educacional e do debate sobre o
interculturalidade no Brasil, identificando por multiculturalismo, apresentando questões de
meio de seus referenciais pedagógicos que a sua classe, gênero, etnia, diferença, solidariedade,
educação libertadora pode ser considerada alteridade, tolerância, entre outras.
intercultural crítica. Parto o estudo da pergunta:

O Círculo de Pesquisas e Estudos Pós­Doutorais é uma iniciativa da linha de Saberes Culturais e Educação na Amazônia, do
curso de Mestrado em Educação da UEPA, coordenado pela profª Drª Maria Betânia Albuquerque.
As inscrições podem ser realizadas gratuitamente pelo e­mail: cpepd.uepa@gmail.com

Você também pode gostar