Você está na página 1de 2

c) definido e praticado por Napoleão, graças às vi-

01-Vunesp tórias que obteve sobre os ingleses, arrancando


Com a publicação do livro do economista inglês destes partes de seu outrora poderoso império
Hobson, Imperialismo, um estudo, em 1902, colonial.
difundiu-se o significado moderno da expressão d) um produto natural da Revolução Francesa e sua
“imperialismo”, que passou a ser entendido como: ideologia expansionista, justificadora do domínio
a) um esforço despendido pelas economias centrais, que povos superiores poderiam exercer sobre a
no sentido de promover as economias periféricas. atrasada América de então.
b) a condição prévia e necessária ao incremento do e) a solução pensada por alemães e italianos para
desenvolvimento industrial nos países capitalistas. compensarem sua falta de unidade política.
c) um acordo entre as potências capitalistas para
dividir, de forma pacífica, os mercados mundiais. 04-Mackenzie-SP
d) a expansão econômica e política em escala O chanceler alemão Otto Von Bismarck organizou
mundial das economias capitalistas na fase uma importante reunião, a Conferência de Berlim
monopolista. (1884-1885). Participaram desse encontro
e) o “fardo do homem branco”, empreendimento representantes de 15 países, além dos Estados
europeu, procurando expandir a civilização na Unidos da América. O objetivo desse encontro foi:
África. a) estabelecer as bases da Política de Alianças.
b) partilhar o continente africano.
02-Mackenzie-SP c) formular o equilíbrio europeu.
Uma das alternativas abaixo não corresponde às d) instaurar a Liga dos Três Imperadores.
diferenças entre o neocolonialismo do século XIX e e) organizar os Zollverein.
o colonialismo do século XVI.
a) Os agentes do colonialismo foram a burguesia 05-Mackenzie-SP
financeiro-industrial e os Estados da Europa e Como a lei da gravitação universal de Newton, a
América, enquanto os do neocolonialismo foram os Teoria da Evolução teve conseqüências
Estados metropolitanos europeus e sua burguesia revolucionárias fora da área científica.
comercial. [...]
b) As principais áreas de dominação do neocolonia- Alguns pensadores sociais aplicaram as conclusões
lismo foram à África e a Ásia, e as do colonialismo, darwinianas à ordem social, produzindo teorias
as Américas. que as transferiram à explicação dos problemas
sociais. As expressões “luta pela existência” e
c) A fase do capitalismo em que o neocolonialismo
“sobrevivência do mais capaz” foram tomadas de
se desenvolveu denomina-se capitalismo industrial
Darwin para apoiar a defesa que faziam do
e financeiro e a do colonialismo, capitalismo
individualismo econômico. Flávio de Campos e
comercial.
Renan Garcia – Oficina de História
d) O neocolonialismo buscava garantir a reserva de O darwinismo social foi utilizado como argumento
mercados e o fornecimento de matérias-primas, para justificar, no século XIX, o:
enquanto o colonialismo buscava o fornecimento de
a) colonialismo.
produtos tropicais e metais preciosos.
b) imperialismo.
e) O neocolonialismo teve como justificativa c) liberalismo.
ideológica a missão civilizadora do homem branco d) socialismo.
de espalhar o progresso, enquanto no colonialismo a e) neoliberalismo.
justificativa era a expansão da fé cristã.
06-Udesc
03-FGV-SP O avanço da industrialização e a consolidação do
Sobre o neocolonialismo da segunda metade do capitalismo monopolista levaram as potências euro-
século XIX, podemos afirmar que foi: péias, os Estados Unidos e o Japão a iniciarem, nas
últimas décadas do século XIX, um movimento de
a) uma necessidade imposta pela Revolução Indus-
expansão e de conquista que ficou conhecido como
trial, pois a crescente produção exigia novas fontes
Imperialismo. Sobre esse processo, é incorreto
de matérias-primas e novos mercados consumi-
afirmar:
dores.
a) Esse processo foi acompanhado de uma forte
b) resultado indireto das reivindicações operárias,
justificativa ideológica exercida de várias formas
que instigaram os partidos de esquerda a
como, por exemplo, com teorias que asseguravam a
pressionarem os governos no sentido de serem
superioridade da raça branca sobre as demais.
feitas conquistas coloniais que solucionassem os
problemas sociais.
b) Inglaterra e França ficaram com poucos 09-PUC-RJ
territórios, de reduzidas possibilidades econômicas, Assinale a alternativa correta a respeito da expansão
e reacenderam sua antiga rivalidade. imperialista na Ásia e na África, na segunda metade
c) Esse processo promoveu a partilha da África e da do século XIX.
Ásia e estabeleceu áreas de influência. a) Ela derivou da necessidade de substituir os
d) As potências capitalistas buscavam áreas para mercados dos novos países americanos, uma vez
aplicação de capitais, novos mercados consumi- que a constituição de Estados nacionais foi
dores e regiões fornecedoras de matérias-primas acompanhada de políticas protecionistas.
para a indústria. b) Ela foi motivada pela busca de novas fontes de
e) Esse processo gerou descontentamentos e um matérias-primas e de novos mercados consumi-
estado de tensão permanente entre as potências, em dores, fundamentais para a expansão capitalista dos
função das repartições desiguais das áreas de países europeus.
influência. c) Ela foi conseqüência direta da formação do Se-
gundo Império alemão e da ampliação de suas
07-PUC-MG rivalidades em relação ao governo da França.
Ainda sobre o imperialismo entre 1870 e 1914, são d) Ela atendeu, primordialmente, às necessidades da
fatores que o justificam, exceto: expansão demográfica em diversos países europeus,
a) a necessidade de controlar regiões produtoras de decorrentes de políticas médicas preventivas e
matérias-primas essenciais à indústria capitalista. programas de saneamento básico.
b) a ideologia da superioridade racial dos povos e) Ela viabilizou a integração econômica mundial,
europeus que levariam aos “povos atrasados” os favorecendo a circulação de riquezas, de tecnologia
benefícios da civilização superior. e de conhecimentos entre povos e regiões
c) a conquista de pontos estratégicos para a defesa envolvidos.
das colônias existentes ou da própria metrópole.
d) a necessidade de explorar capitais para áreas po- 10-UFPel-RS
bres do mundo, no sentido de ajudá-las a superar o Em 1997, ocorreu a devolução de Hong Kong pela
atraso econômico. Inglaterra ao governo chinês. A Inglaterra havia
e) a retração dos mercados europeus, após a crise de tomado aquele território da China por ocasião da:
1870, que impulsionou Europa e EUA a buscarem a) Insurreição dos Taipingues (1845-1860), iniciada
mercados consumidores. após a prisão de chineses que traficavam ópio para a
Inglaterra.
08-ENEM b) Guerra do Ópio (1839-1842), que eclodiu com a
O continente africano em seu conjunto apresenta destruição, por parte do governo chinês, de cargas
44% de suas fronteiras apoiadas em meridianos e de ópio trazidas pelos comerciantes ingleses.
paralelos; 30% por linhas retas e arqueadas, e c) Guerra dos Cipaios (1857-1859), devida ao rom-
apenas 26% se referem a limites naturais que pimento do Tratado de Nanquim, pela China, que
geralmente coincidem com os de locais de havia voltado a produzir o ópio.
habitação dos grupos étnicos. d) Insurreição dos Boxers (1898-1901), quando os
MARTIN, A. R. Fronteiras e nações. São Paulo: chineses faziam de Hong Kong um centro de
Contexto, 1998. exportação de ópio para a Europa.
Diferentemente do continente americano, onde e) Revolução Chinesa (1949), que se expandiu até a
quase a totalidade das fronteiras obedece a limites Índia, onde os chineses passaram a produzir o ópio
naturais, a África apresenta as características citadas para o mercado europeu.
em virtude, principalmente:
a) da sua recente demarcação, que contou com 01-D
técnicas cartográficas antes desconhecidas. 02-A
b) dos interesses de países europeus preocupados 03-A
com a partilha dos seus recursos naturais. 04-B
c) das extensas áreas desérticas que dificultam a 05-B
demarcação dos “limites naturais”. 06-B
d) da natureza nômade das populações africanas, 07-D
especialmente aquelas oriundas da África Sub- 08-B
saariana. 09-B
e) da grande extensão longitudinal, o que 10-B
demandaria enormes gastos para demarcação.