Você está na página 1de 16

DIRECÇÃO ACADÉMICA

DEPARTAMENTO DE ECONOMIA E GESTÃO

CURSO DE GESTÃO AMBIENTAL

Disciplina: Matemática Aplicada

Theme: Aplicação das Funções Matemáticas na Gestão de Problemas

Ambientais

Discente: Arcenio Artur Munguambe

Código do estudante:

Docente:________________

Xai-Xai, Junho de 2021


Índice
Capitulo I....................................................................................................................................1

1. Introdução.......................................................................................................................1

1.1. Objectivos....................................................................................................................1

1.1.1. Geral.....................................................................................................................1

1.1.2. Específicos...........................................................................................................1

Capitulo II..................................................................................................................................2

2. Desenvolvimento.............................................................................................................2

2.1. Funções........................................................................................................................2

2.1.1. Função inversa.....................................................................................................3

2.1.2. Função Par............................................................................................................3

2.1.3. Função ímpar........................................................................................................3

2.1.4. Função injetora ou injetiva...................................................................................4

2.1.5. Função Sobrejetora ou sobrejetiva.......................................................................4

2.1.6. Função Inversa.....................................................................................................5

2.1.7. Função Demanda:.................................................................................................5

2.1.8. Função oferta........................................................................................................5

2.2. Aplicação das funções na gestão dos problemas ambientais.......................................6

2.3. Problemas propostos.......................................................................................................7

Capitulo III...............................................................................................................................12

Capitulo IV...............................................................................................................................13

Referencias Bibliográficas.......................................................................................................13
Capitulo I
1. Introdução

O presente trabalho tem como tema emfoco, Aplicação das Funções Matemáticas na Gestão
de Problemas Ambientais .

De acordo com Noé (2020), a Matemática é uma ciência que relaciona a lógica com situações
práticas habituais. Ela desenvolve uma constante busca pela veracidade dos fatos por meio de
técnicas precisas e exatas. Ao longo da história, a Matemática foi sendo construída e
aperfeiçoada, prosseguindo em constante evolução, investigando novas situações e
estabelecendo relações com os acontecimentos cotidianos.

Quando olhamos a história da matemática, percebemos que sua prática é feita baseada nas
necessidades diárias da comunidade. Onde os matemáticos desenvolvem diariamente funções
matemáticos para resolver problemas que apoquenta a sociedade.

Desse modo o presente trabalho tem como objectivo reconhecer a aplicação das funções
matemáticas na resolução de problemas ambientais e resolver os problemas propostos
relativos a gestão de Problemas Ambientais.

O relatório esta organizado em 4 capítulos capítulos

1º Capitulo: Corresponde a introdução do trabalho e apresentação dos respectivos


objectovos;

2º Capitulo: Corresponde ao Desenvolvimento do trabalho onde e feito a revisão da


literatura e o desenvolvimento do trabalho.

3º Capitulo: Corresponde as conclusões chegadas no desenvolvimento da respetiva pesquisa.

4º Capitulo: é Constituído por referencias bibliográficas consultadas na pesquisa. Que se


encontrão organizadas em ordem alfabética.

1.1. Objectivos
1.1.1. Geral
 Desenvolver as funções matemáticas no âmbito da Gestão Ambiental.
1.1.2. Específicos
 Definir cada tipo de função apreendida;
 Estudar aplicação das funções matemática na gestão dos problemas ambientais;

1
Capitulo II
2. Desenvolvimento
De acordo com a Redação Beduka (2020), os problemas ambientais são fenômenos que
prejudicam o ritmo de desenvolvimento do Meio Ambiente. Eles podem agir tanto acelerando
processos naturais ou destruindo e atrasando outros. Fato é que modificar o ritmo natural das
coisas causa muitas consequências desastrosas.

Os principais problemas ambientais que afetam o Moçambique e o mundo são:

_ Desmatamento

_ Superpopulação e problemas derivados dos Resíduos (Lixo);

_ Poluição da águas, Escassez, Assoreamento e Eutrofização;

_ Poluição do Ar e Mudanças climáticas – Aquecimento Global;

_Poluição, Degradação do Solo e Desertificação;

_ Extinção de Espécies e Contaminações Biológicas.

2.1. Funções

Definição
Função é uma regra que relaciona cada elemento de um conjunto (representado pela variável
x) a um único elemento de outro conjunto (representado pela variável y). Para cada valor de x,
podemos determinar um valor de y, dizemos então que y está em função de x.

Tipos de funções aprendidas:


2
2.1.1. Função inversa
.A função inversa, como o nome já sugere, é a função f(x) -1, que faz exatamente o inverso da
função f(x). Para que uma função admita uma inversa, ela precisa ser bijetora, ou seja, injetora
e sobrejetora ao mesmo tempo. A lei de formação de uma função inversa faz o contrário do
que a função f(x) faz

Por exemplo, a função y = 3x-5 possui inversa y-1 = (x+5)/3.

2.1.2. Função Par


A função par é simétrica em relação ao eixo vertical, ou seja, à ordenada y. A simetria pode
ser entendido como sendo uma figura/gráfico que, ao dividi-la em partes iguais e sobrepô-las,
as partes coincidem-se perfeitamente.

Fórmula geral da função par:


f(x) = f(- x)
x = domínio
f(x) = imagem
- x = simétrico do domínio
Exemplo de gráfico da função par: f(x) = x2

2.1.3. Função ímpar


A função ímpar é simétrica (figura/gráfico que, ao dividi-la em partes iguais e sobrepô-las, as
partes coincidem-se perfeitamente) em relação ao eixo horizontal, ou seja, à abscissa x.

Fórmula geral da função ímpar


f(– x) = – f(x)
– x = domínio

3
f(– x) = imagem
- f(x) = simétrico da imagem
Exemplo de gráfico da função ímpar: f(x) = 2x

Função Linear e afim


A função linear é um caso particular de função afim que apresenta a lei de formação do tipo
f(x) = ax, em que a é real e diferente de zero.
Uma função afim ou função do 1° grau é caracterizada por apresentar uma lei de formação do
tipo f(x) = a·x + b, na qual os coeficientes a e b são números reais, além de, necessariamente,
a ser diferente de zero (a ≠ 0). O gráfico de uma função afim é uma reta que pode tocar o eixo
x do plano cartesiano em um único ponto, que é chamado de zero da função.

Aplicação da função linear e afim

Uma das principais aplicações da função linear é a relação de proporção existente entre os
elementos do domínio e da imagem, pois observamos que conforme variam os elementos do
domínio, suas respectivas imagens variam na mesma proporção, sendo essa proporção o
coeficiente angular da função, nesse caso chamado de taxa de variação.

2.1.4. Função injetora ou injetiva


Nessa função, cada elemento do domínio (x) associa-se a um único elemento da imagem f(x).
Todavia, podem existir elementos do contradomínio que não são imagem. Quando isso
acontece, dizemos que o contradomínio e imagem são diferentes. Veja um exemplo:

 Conjunto dos elementos do domínio da função: D(f) = {-1,5, +2, +8}


 Conjunto dos elementos da imagem da função: Im(f) = {A, C, D}
 Conjunto dos elementos do contradomínio da função: CD(f) = {A, B, C, D}
4
2.1.5. Função Sobrejetora ou sobrejetiva

Na função sobrejetiva, todos os elementos do domínio possue um elemento na imagem. Pode


acontecer de dois elementos do domínio possuírem a mesma imagem. Nesse caso, imagem e
contradomínio possuem a mesma quantidade de elementos.

 Conjunto dos elementos do domínio da função: D(f) = {-10, 2, 8, 25}


 Conjunto dos elementos da imagem da função: Im (f) = {A, B, C}
 Conjunto dos elementos do contradomínio da função: CD (f) = {A, B, C}

2.1.6. Função Inversa


A função inversa ou invertível é um tipo de função bijetora, ou seja, ela é sobrejetora e
injetora ao mesmo tempo.

Recebe esse nome pois a partir de uma dada função, é possível inverter os elementos
correspondentes de outra. Em outros termos, a função inversa cria funções a partir de outras.

Sendo assim, os elementos de uma função A possuem correspondentes em outra função B.

2.1.7. Função Demanda:


Relaciona a quantidade demandada e o preço de um bem. Sabe-se que quando o preço
aumenta, a procura diminui e, quando o preço diminui, a procura aumenta. Esta é a Lei de
demanda, caracterizada por uma função decrescente.

2.1.8. Função oferta


A função oferta representa a relação entre o preço de mercado de um bem e a quantidade
desse mesmo bem que os produtores estão dispostos a produzir e a vender. À representação
gráfica da função oferta é dada a designação de curva da oferta.

2.1.9. Funções Polinomiais


Uma função é dita polinomial quando dado uma função f:R→R a sua lei é dada por um
polinômio de grau n. Relembrando o conceito de polinômios, podemos representar uma
função polinomial de uma forma genérica como:

f ( x )=an + x n+ an−1 + x n−1+ an−2+ x n−2 +…+ a1 + x 1+ a0 + x 0

Ou

5
n
f ( x )=∑ ai + x i
i =0

2.1.10. Funções Trigonométricas

As funções trigonométricas são funções angulares obtidas através do auxílio do círculo


trigonométrico.

Destacamos as principais funções trigonométricas:

 Função Seno;
 Função Cosseno;
 Função Tangente.

2.2. Aplicação das funções na gestão dos problemas ambientais

Os problemas ambientais são decorrentes principalmente do crescimento e desenvolvimento


da sociedade. Dessa forma as funções matemáticas são aplicadas na Gestão de problemas
ambientais aplicando:

 Funções lineares e afim para modelar o número de indivíduos em uma população de


acordo com o tempo (modelos de crescimento demográfico). Podendo controlar
consumismo e à despreocupação com a natureza e reduzir o aquecimento global, a
extinção de animais e perda de biodiversidade, e a poluição dos recursos hídricos.
 Funções demanda e oferta permite determinar o valor, ou utilidade marginal para os
consumidores para essa unidade de produto. Ele indica a quantia que um consumidor
estaria disposto a pagar por aquela unidade específica do bem: o seu custo marginal.
Desse modo, com ajuda desses funções pode-se calcular o consumo de um certo produto
podendo prever a quantidade de lixo físico produzido. Um exemplo pratico foi a
introdução e recipientes recicláveis para o controle da produção de resíduos sólidos.

6
2.3. Problemas propostos

3. Dados Resolução
U = 84 professores a) U = nF1 + nF2 – n(F1Ո F2)
F1 = 68 primeia vacina 72 = 68 + 50 – 2*n(F1Ո F2)
F2 = 50 segunda vacina n(F1Ո F2) = 118 – 72 = 46
N = 12 não receberão nenhuma cacina R: O número de Professores que receberam
a) n(F1Ո F2) =>? as duas dozes da vacina é de 46
b) Xt => ? profissionais de saúde.
b) X1 = nF1 – N X2 = nF2 – N
c) .
X 1= 68 – 46 X2 = 50 – 46
84 – 12 = 72 profissionais que receberam
X 1= 22 X2 = 4
vacinas

Xt = X1 + X2
Xt = 22 +4
Xt = 26
R: Os professores que receberam apenas
uma vacina são 26 profissionais de saúde.
c)
R: As pessoas que receberam Pelo menos
uma das vacinas são 72 profissionais de
saúde

7
2. a)

x2
h( x )=100+20 x−
10

h(x) =20−x /5

h(x) =−1/2

R: a produção por hectar sem uso do fertilizante é de -1/2 he

b)

Zeros de h(x) =20−x /5

x −x x
h(x) =0 ⟺ 20− =0 ⟺
5 5 ( )
=−20 /(−1) ⟺ =20 ⟺ x=20∗5 ⟺ x=100
5

x −∞ 100 +∞

h(x) + 0 -

h(x) máximo

x2
h( x )=100+20 x−
10

( 100 )2
h( 100 )=100+20∗100−
10

10000
h( 100 )=2100− =1100
10

R: A produção máxima é de 1100 kg/ha e a quantidade empregue para atingir essa produção
máxima é de 100 kg/ha.

3.

8
10000−x
( )
t ( x )=log 1 /410 000 , Com x<10 000

Resolução

a) A informação x <10 000significa que o números de Hectares a serem lavrado não pode ser igual
ou superior a 10 000 ha.

b) . t=2 anos

( 10000−x
10 000 )
t ( x )=log 1 /4

( 1010000
000−x
)
2=log 1/ 4

(1/4 )2= ( 1010000−x


000 )

1 10 000−x
8
= (
10 000 )
80 000−8 x=10 000

(−8 x=10 000−80 000 ) /(−1)

8 x=70 000

70 000
x= =8 750
8

R: Num período de dois anos foi desmatado 8 750 hectares.

c) . x=8 750 hectares

( 10000−x )
t ( x )=log 1 10 000
4

( 10 000−8
10 000
750
)
t (8 750 )=log 1
4

9
( 101 250
000 )
t (8 750 )=log1 / 4

( 101 250
000 )
t (8 750 )=log1 / 4 =1.5=1 ano e 6 meses

R: O tempo para um desmatamento de 8750 hectares é de 1 anos e 6 meses

1
d) t= ano
2

( 10000−x
10 000 )
t ( x )=log 1 /4

( 1010000
000−x
)
2=log 1/ 4

1
(1/4 ) 2 = ( 1010000−x
000 )

1 10 000−x
2
= (
10 000 )
20 000−2 x=10 000

(−2 x=10 000−20 000 ) /(−1)

2 x=10 000

10 000
x= =5 000
2

R: Num período de 6 meses foi desmatado 5 000 hectares.

4.

C(q) =0,1 q3−18 q 2 +1500 q+ 10 000

a) q=50 aparehos

C(50)=0,1 ¿ 503−18 ¿ 502 +1 500∗50+10 000

C(50)=12 500−45 000+75 000+10 000

10
C(50)=52 500,00

R: Quando são produzidos 50 aparelhos o custo é de52 500,00

b) q=50 aparehos

C(51)=0,1 ¿ 513−18 ¿ 512+1 500∗51+ 10000

C(51)=12 500−45 000+75 000+10 000

C(51)=52 947,10

Diferença: 52 947,10−52 500,00=447,10

R: Quando é produzido 51o aparelhos o custo é de ….

c) Cmg=FuncaoCusto Marginal=C Cq¿ ¿

C(q) =0,1 q3−18 q 2 +1500 q+ 10 000

C Cq¿ ¿ =0,3 q2−36 q1 +1500

R: O custo Marginal é a derivada da função custo C Cq¿ ¿ =0,3 q2−36 q1 +1500

11
Capitulo III
4. Considerações finais
Em suma, a Matemática é uma ciência que relaciona a lógica com situações práticas
habituais. Ela desenvolve uma constante busca pela veracidade dos fatos por meio de técnicas
precisas e exatas.

As funções matemática possuem uma grande aplicação na gestão de problemas ambientais.


Elas podem ser usadas para modelar o número de indivíduos em uma população de acordo
com o tempo (modelos de crescimento demográfico) e com esses dados pode se prever as
possíveis consequências desse crescimento demográfico e ajudar a tracar metidas para a sua
gestão,

12
Capitulo IV

Referencias Bibliográficas
Lorenzato, S. para aprender matemática. São paulo. ED. Autores associados. 2012.

Zuffe, E. M. Alguns aspectos do desenvolvimento histórico do concito de função. Educaçao


Matrmatica em Revista. 20011

Redacao Beduka. 2020. Os 6 principais problemas ambientais no mundo. Disponivel em


<https://beduka.com/blog/materias/geografia/problemas-ambientais-no-mundo/>> acesso em
9 de Junho de 2021.

13

Você também pode gostar