Você está na página 1de 8

Estudo das Medidas

de tendência central ou de posição


Medidas de variabilidade ou de dispersão ou de variação
de formato

1. Medidas de Tendência Central ou de Posição


i) Definição:
Medidas de tendência central, como o próprio nome já diz, são aquelas cujo
resultado tende localizar-se no centro da série.
De modo geral, se houver a necessidade ou interesse em apresentar informações de
um conjunto de dados na forma resumida devemos apresentá-los em forma de
medidas de tendência central.
As medidas mais utilizadas em estatística são:
a média, a moda e a mediana.

ii) Medidas para Dados não Agrupados


1. Média ( X )
- Aritmética
- Simples
- Ponderada
- Geométrica
- Harmônica

1.1 Média Aritmética Simples


Para se obter a média aritmética simples de um conjunto de dados, devemos dividir
a soma dos valores de todos os dados do conjunto pela quantidade deles.
n
∑x i
X = i =1
n
Exemplo: Supondo que um aluno obteve as seguintes notas nas provas bimestrais
durante o ano de 99.
10 bimestre 4
20 bimestre 5
30 bimestre 4
0
4 bimestre 7
para obter a média aritmética simples das notas e saber se o aluno ficará na final,
faremos o seguinte cálculo: x1 = 4, x2 = 5, x3 = 4, x4 = 7 e n = 4. Logo:
4
∑xi 4 +5 +4 +7 20
X = i =1 = = =5
n 4 4
2

indica que a nota média obtida pelo aluno durante o ano foi 5 portanto fará a prova
final.
Comparar a posição do aluno cuja média obtida no exemplo anterior com um outro
aluno que obteve as notas, 3, 7, 8 e 4 respectivamente nos 4 bimestres.
Solução:
3 +7 +8 +4 22
X = = =5,5
4 4
Ao comparar a média 5 do primeiro aluno com a média 5,5 do segundo aluno,
concluímos que o desempenho do segundo aluno foi melhor do que o do primeiro.

O desvio em relação à média (di) é a diferença entre cada elemento de um conjunto


de valores e a média aritmética. Então, d i = xi − X .

Propriedades da média
a) a soma algébrica dos desvios tomados em relação à média é nula.
∑( xi − X ) = 0.
b) a soma algébrica dos quadrados dos desvios (em realçào à média) é mínima.
∑( xi − X ) 2 ≤ ∑( xi − yi ) 2 , onde X ≠ y i .
c) somando ou subtraindo uma constante a todos valores de uma variável, a média
ficará acrescida ou subtraída dessa constante.
∑ ( xi + k ) = ∑ xi + ∑ k = ∑ xi + nk = X + k .
n n n
d) multiplicando (ou dividindo) todos os valores de uma variável por uma
constante, a média ficará multiplicada ou dividida por essa constante.
∑kx i = k ∑ xi = kX .
n n

1.2 Média Aritmética Ponderada


Média ponderada é uma média aritmética na qual será atribuído um peso a cada
valor da série.
n
∑ xi . p i
X p = i =1 n
∑ pi
i =1
Exemplos:
a) Um professor de Estatística I adotou para 1998 os seguintes pesos para as notas
bimestrais:
10 bimestre peso 1 30 bimestre peso 3
20 bimestre peso 2 40 bimestre peso 4
Qual será a média de um aluno que obteve as seguintes notas de Estatística I: 5, 4, 3
e 2 nos respectivos bimestres ?
Solução:
Xp =
(5 .1) +( 4 . 2 ) +(3 . 3) +( 2 . 4 ) =5 +8 +9 +8 =30 =3
10 10 10
3

b) Foi organizado um churrasco para comemorar a conclusão do Curso de


Engenharia Mecânica. Foram compradas as seguintes carnes aos respectivos preços:
10 Kg de filé mignon R$ 12,00 o Kg
20 Kg de lingüiça R$ 7,00 o Kg
10 Kg de picanha R$ 16,00 o Kg
Qual o valor médio do Kg de carne adquirida ?
Solução:
Xp=
(10 ×12 ,00 ) +( 20 ×7,00 ) +(10 ×16 ,00 ) =120 ,00 +140 ,00 +160 ,00
=10 ,5
10 +20 +10 40
portanto o custo médio da carne comprada é R$10,50.

1.3 Média Geométrica ( X G )


É a raiz que tem para índice o nº de elementos da série e para radicando o produto
desses elementos.
X G =n x1 .x 2 ..... x n
Exemplo: 2, 4 e 5
X G = 3 2 × 4 × 5 = 3 40 ≅ 3,42

1.4 Média Harmônica ( X h )


É o quociente entre o número de elementos da série (n) e a soma dos seus inversos,
admitindo-se todos os elementos da série diferentes de zero.
n
Xh =
1 / x1 +1 / x 2 +... +1 / x n
Exemplo: 2,4 e 5
3 3 60
Xh = = = ≅3,16
1 / 2 +1 / 4 +1 / 5 19 / 20 19

2. Moda (Mo )
Moda de uma série é o dado que mais se repete ou que possui a maior freqüência.
Exemplo: - Determinar a moda de idade de uma classe de alunos em que a pesquisa
tenha revelado as seguintes idades:
18, 18, 19, 20, 21, 21, 22, 23, 23, 23, 24, 25, 26.
Como a moda é o valor que mais ocorre na pesquisa, então a moda da série de
idades é 23 anos.

3. Mediana (Me)
É o elemento que está exatamente no centro das informações ordenadas. Para se
obter o elemento mediana de uma série deveremos seguir os seguintes passos:
N +1
a) Se N for ímpar a mediana é o termo de ordem P = .
2
b) Se N for par é a média aritmética dos termos de ordem :
N N
P1 = e P2 = +1
2 2
4

Exemplos:
a) Determine o valor da mediana da série que é composta dos seguintes elementos:
56, 58 , 62, 65 e 90.
Solução:
N +1 5 +1
N = 5 (ímpar), P = = = 3 0 elemento da série ordenada . Então Me = 62.
2 2

b) Pesquisa realizada a respeito de erros por folha, cometidos por digitadores,


revelou as seguintes quantidades: 12, 12, 13, 13, 15, 16, 18,20. Determinar a
quantidade mediana de falhas.
Solução:
8 8
N = 8(par), então P1 = = 4 0 elemento e P2 = + 1 = 5 0 elemento
2 2
Logo a mediana será:
13 + 15 28
Me = = = 14
2 2

iii) Medidas para Dados Agrupados

1. Média Aritmética ( X )
a) Sem intervalos de classe
n
∑xi . Fi
X = i =1 n
∑Fi
i =1

Exemplo:
TABELA I
Após ter sido realizada a prova bimestral, numa turma de Estatística I, o professor
efetuou levantamento das notas obtidas pelos alunos, e observou a seguinte
distribuição:
NOTAS Fi xi.Fi
1 3 3
2 5 10
3 12 36
4 20 80
5 32 160
6 26 156
7 18 126
8 8 64
9 3 27
∑ 127 662
5

662
X = =5,2 nota média obtida pelos alunos.
127

b) Com intervalos de classe


b.1) Processo Longo
n
∑PM . Fi
X = i =1 n , onde PM é o ponto médio de cada intervalo de classe.
∑Fi
i =1
b.2) Processo Abreviado
 n 
  ∑ d i .Fi  
X = PM Me +   i =1n  ×h
 , onde PMMe é o ponto médio da mediana
 ∑ Fi 
 i =1 
e di é o desvio, ou seja, a diferença entre o ponto médio de cada intervalo
PM −PM Me
de classe e o ponto médio da mediana. Então, di = .
h

TABELA II

Nº tel. Fi Fiac PM PM. Fi di di.Fi


7 |-- 12 3 3 9,5 28,5 -2 -6
12 |-- 17 10 13 14,5 145,0 -1 -10
17 |-- 22 8 21 19,5 156,0 0 0
22 |-- 27 5 26 24,5 122,5 1 5
27 |-- 32 2 28 29,5 59,0 2 4
32 |-- 37 2 30 34,5 69,0 3 6
∑ 30 580,0 -1

Aplicando o processo longo, temos:


580 ,0
X= =19 ,333
30

Aplicando o processo abreviado, obtemos:


 −1 
X =19 ,5 + ×5 =19 ,333
 30 

2. Mediana ( Me )
a) Sem intervalos de classe
Mediana é o valor da variável correspondente a freqüência acumulada que é
N
imediatamente superior à P = . Do exemplo da TABELA I, temos que a
2
6

mediana é o valor da variável de freqüência acumulada imediatamente superior à


127
P= = 63 ,5. Portanto, a Me = 5.
2
NOTA: No caso de existir uma freqüência acumulada, isto é, Fiac = P. Neste caso,
a mediana será dada por:
xi + xi +1
Me =
2
b) Com intervalos de classe
 P − Fi ' ac 
Me = LiMe +  ×h onde:

 Fi 

LiMe - Limite inferior da classe mediana;
'
Fi ac - freqüência acumulada da classe anterior à classe mediana;
P - é a posição da mediana;
Fi - é a freqüência simples da classe mediana;
h - é a amplitude do intervalo da classe mediana.

Do exemplo da TABELA II, temos que:


15 −13 
Me = 17 +   ×5 =18 ,25 .
 8 

3. Moda (Mo)
a) Sem intervalos de classe
Basta fixar o valor da variável de maior freqüência. Portanto, do exemplo da
TABELA I , a moda será igual a 5.

b) Com intervalos de classe


 f Mo − f ant 
Mo = LiMo + 
2 f Mo −( f ant + f post
 )  ×h
Do exemplo da TABELA II, podemos obter o valor da moda da seguinte maneira:
 10 −3 
Mo = 12 +  ×5 =15 ,888
2 ×10 −(3 +8) 

2. Medidas Separatrizes

São valores que dividem uma série ordenada de dados ou uma distribuição de freqüência
em partes quaisquer. Principais separatrizes:
• QUARTIL (Qi) : divide a série ou a distribuição em quatro partes iguais.
• DECIL (Di) : divide a série ou a distribuição em dez partes iguais.
• PERCENTIL (Pi) ou CENTIL (Ci) : divide a série ou a distribuição em cem partes
iguais.
7

1º Caso : PARA DADOS BRUTOS

Cálculo da posição da separatriz:


i ( n +1 ) i ( n +1 ) i ( n +1)
POSQi= 4 POSDi= 10 POSPi = 100

Uma separatriz genérica é determinável pela seguinte fórmula:


p ( n +1 ) 
Sp = X  
 q 
 p ( n +1 )  p ( n +1 ) 
Sp = X int
 q 

+ frac 
 q 


  p ( n +1 )   p ( n +1)  
X int +1 −X int  
  q   q  
onde :

Sp ⇒ indica uma separatriz genérica S de ordem p;


X ⇒ indica um elemento qualquer do conjunto de dados;
p( n +1 )
⇒ é um índice que indica a posição do elemento X no conjunto ordenado;
q
p( n +1) 
int 
q  ⇒ indica a parte inteira do índice;
 
p( n +1) 
frac 
q  ⇒ indica a parte fracionária do índice;
 
q ⇒ é o nº de partições do conjunto, com q ∈N e q > 1 ;
p é a ordem da separatriz, sendo 1 ≤ p ≤ q – 1.

Exemplo:

1º) Calcule o Primeiro quartil (Q1) da série abaixo:


- 5 - 8 - 5 - 5 - 10 - 1 - 12 - 12 - 11 - 13 - 15
Primeiro passo, devemos ordenar os dados:
- 2 - 5 - 5 - 5 - 8 - 10 - 11 - 12 - 12 - 13 - 15

Sp=Q1= X
 1( 12 + 1 )  1( 12 + 1 )    1( 12 + 1 )   1( 12 + 1 ) 
int  + frac   • X int + 1 − X int 
 4   4    4   4 
Q1= X [int 3 ,25 ] + frac 3 ,25 • { X [ int 4 ,25 ] − X [ int 3 ,25 ]}
Q1= X [ 3] +0 ,25 •{ X [ 4 ] − X [ 3]}
Q1= 5 + 0,25 •{5 −5}
Q1= 5

2º) Calcule o quarto decil de:


8

Xi FI Fiac
2 1 1
5 4 5
6 3 8
8 2 10
∑ 10

D4 = ?
D4 = 5 + 0,4 ( 5 – 5 ) = 5

2º Caso: PARA DADOS AGRUPADOS COM INTERVALOS DE CLASSE

 P − Fiac ant 
S = Li + 
 
× h
 Fi 

S → Separatriz
L i → Limite inferior da classe que contém a separatriz
P → Posição da separatriz
Fiacant → Freq. Ac. Da classe anterior à classe que contém a separatriz
F i → Freq. Da classe que contém a separatriz.
Exemplo: Calcule o valor do vigésimo percentil ( P20 ).

Nºtel. Fi F iac
7|--12 3 3
12|--17 10 13
17|--22 8 21
22|--27 5 26
27|--32 2 28
32|--37 2 30
∑ 30

20 ( 30 +1 )
P= = 6,2
100

 6 ,2 − 3 
P20 = 12 +  ×5 = 13,6
 10 