Você está na página 1de 4

Disciplina: Direito Processual Constitucional

ATIVIDADE 1

1. Podem propor ação direta de inconstitucionalidade e perante o Supremo


Tribunal Federal, exceto:

a. O Presidente da República e o Governador do Estado


b. O Conselho Seccional da Ordem dos Advogados do Brasil e o
partido político com representação nas assembleias legislativas.
c. As mesas do Senado Federal, da Câmara dos Deputados e das
Assembleias Legislativas.
d. O Procurador Geral da República e Confederação Sindical ou
entidade de classe de âmbito nacional

2. Direito e suas garantias: Os Direito são bens e vantagens conferidos


pela norma, enquanto as garantias são meios destinados a fazer valer
esses direitos, são instrumentos pelos quais se asseguram o exercício e
o gozo daqueles bens e vantagens. Assinale a alternativa em que não
se verifica a correspondência entre o direito e sua garantia:

a. Todos são iguais perante a lei, sem distinção de qualquer


natureza – artigo 5º - (Direito). A prática do racismo constitui
crime inafiançável e imprescritível, sujeito à pena de reclusão nos
termos da lei – artigo 5º, XLII (Garantia);
b. É livre a manifestação do pensamento, sendo vedado o
anonimato – artigo 5º, IV (Direito). É assegurado o direito de
resposta, proporcional ao agravo, além da indenização por dano
material, moral ou à imagem – artigo 5º, V (Garantia);
c. É livre a locomoção no território nacional em tempo de paz –
artigo 5º, XV (Direito). Conceder-se-á habeas-corpussempre que
alguém sofrer ou se achar ameaçado de sofrer violência ou
coação em sua liberdade de locomoção, por ilegalidade ou abuso
de poder artigo 5º, LXVIII (Garantia);
d. É plena a liberdade de associação – artigo 5º, XVII (Direito).
Conceder-se-á habeas data – artigo 5º, LXXII (Garantia).

3. Não será objeto de deliberação a proposta de emenda a Constituição


tendente a abolir, exceto:

a. o sistema de governo presidencialista;


b. a forma federativa de Estado;
c. a separação dos poderes e o voto direto, secreto, universal e
periódico;
d. direitos e garantia individuais.
4. Em se tratando da interpretação da Constituição Federal, é correto
afirmar que as normas constantes do ato das Disposições Transitórias
são consideradas normas:

a. constitucionais, mas não pode excepcionar o disposto no corpo


principal da Constituição Federal;
b. constitucionais, podendo excepcionar o disposto no corpo
principal da Constituição Federal;
c. infraconstitucionais, com a mesma hierarquia das leis
complementares;
d. infraconstitucionais, com a mesma hierarquia das leis ordinárias.

5. A inviolabilidade do sigilo de correspondência nos termos da constituição


federal:

a. não admite exceções;


b. admite exceções apenas para fins de investigação criminal ou
instrução processual penal, desde que por ordem judicial;
c. admite exceções apenas para fins de investigação criminal ou
instrução processual penal, mediante ordem judicial ou policial;
d. admite exceções para fins de investigação criminal ou instrução
processual civil ou penal, desde que por ordem judicial.

6. Na vigência do estado de sítio só poderão ser tomadas contra as


pessoas as seguintes medidas, exceto:

a. obrigação de permanência em localidade determinada e detenção


em edifício não destinado a acusados ou condenados por crimes
comuns;
b. restrições relativas à inviolabilidade da correspondência, ao sigilo
das comunicações, à prestação de informação e à liberdade de
imprensa, radiodifusão e televisão, inclusive restrições à difusão
de pronunciamentos de parlamentares efetuados em suas casas
legislativas mesmo que liberada pela respectiva mesa;
c. suspensão da liberdade de reunião e busca e apreensão em
domicílio;
d. intervenção nas empresas de serviços públicos e requisição de
bens.

7. Atualmente muito se fala em alterações no modelo da Federação


Brasileira. Alguns defendem a substituição, por um modelo de Estado
unitário. Essa substituição, na sistemática do ordenamento jurídico
vigente:

a. dependeria de lei ordinária;


b. dependeria de lei complementar;
c. dependeria de emenda à Constituição;
d. seria constitucionalmente impossível.
8. Ante o impedimento do Presidente da República e do Vice-Presidente da
República, será chamado em primeiro lugar para exercer a Presidência:

a. Presidente do Congresso Nacional;


b. Presidente da Câmara dos Deputados;
c. Presidente do Supremo Tribunal Federal;
d. Ministro da Casa Civil.

9. A Constituição Federal vigente é considerada:

a. flexível, pois caracteriza a República Federativa do Brasil como


um Estado Democrático de Direito;
b. flexível, pois prevê mais direitos do que deveres aos indivíduos;
c. rígida pois prevê medidas excepcionais de defesa do Estado,
como o estado de sítio e o estado de defesa;
d. rígida, pois prevê mecanismos de alteração do texto
constitucionais mais rigorosos que o processo legislativo
ordinário.

10. Norma constitucional de eficácia limitada:

a. é aquela que não produz qualquer efeito, antes da norma


integrativa infraconstitucional.
b. é aquela que produz todos seus efeitos, mas que restringe os
direitos individuais e coletivos;
c. é aquela que produz todos seus efeitos, podendo ser limitada
pelo legislador infraconstitucional;
d. é aquela que produz alguns efeitos, sendo a vinculação do
legislador infraconstitucional aos seus vetores um deles.

11. A intervenção federal é decretada:

a. pelo Presidente da República, sendo sempre controlada pelo


Poder Legislativo;
b. pelo Presidente da República, podendo ser, em casos
determinados pela Constituição Federal, dispensados a
apreciação pelo Congresso Nacional;
c. pelo Presidente do Supremo Tribunal Federal, mas sempre
depois de ouvido o Congresso Nacional;
d. pelo Congresso Nacional, que dependerá da decisão do
Congresso Nacional.

12. Ao direito à probidade e à moralidade da Administração Pública, a


Constituição Federal consagra uma garantia:

13. Habeas-corpus;
14. Habeas –data;
15. Ação popular;
16. Mandado de Injunção;

17. O Presidente da República é julgado:

a. pelo Senado Federal em crime de responsabilidade e pelo


Tribunal Regional Federal de Brasília por crime comum;
b. sempre pelo Supremo Tribunal Federal;
c. pelo Supremo Tribunal Federal em qualquer crime, mas no caso
de crime de responsabilidade o STF deve ser presidido pelo
Presidente do Senado Federal;
d. pelo Supremo Tribunal Federal em crime comum e pelo Senado
Federal em crime de responsabilidade.

18. Ocorrendo impedimento concomitante do Presidente e do Vice ou no


caso de vacância de ambos os cargos, convocar-se-á eleição direta para
noventa dias depois da última vaga, se esta ocorrer antes de iniciar os
dois últimos anos de mandato presidencial. Contudo, se a última vaga se
der nos últimos dois anos:

a. O Presidente da Câmara dos Deputados cumpre o tempo do


mandato;
b. O Presidente do Senado Federal cumpre o tempo do mandato;
c. O Presidente do Supremo Tribunal Federal cumpre o tempo do
mandato;
d. O Congresso Nacional elege o Presidente para cumprir o tempo
do mandato.

19. Só uma das alternativas não caracteriza a Federação:

20. Subordinação financeira dos Estados à União, em nome da Unidade


fracional;
21. descentralização político-administrativa constitucionalmente prevista;
22. existência de um órgão que dite a vontade dos membros da Federação,
no caso o Senado Federal;
23. existência de um órgão constitucional encarregado do controle da
constitucionalidade das leis, dificultando a invasão de competência.

Você também pode gostar