Você está na página 1de 10

– Atividades Complementares –

Regulamento Institucional

Atividades
Complementares
REGULAMENTO
Atividades Complementares
Regulamento

SUMÁRIO
CAPITULO I........................................................................................................... 4
DISPOSIÇÕES PRELIMINARES ................................................................................. 4
CAPÍTULO II ......................................................................................................... 4
DA NATUREZA E FINALIDADES ................................................................................ 4
CAPÍTULO III ........................................................................................................ 5
DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES ...................................................................... 5
Seção I ............................................................................................................. 5
Atividades de iniciação científica .......................................................................... 5
Seção II ............................................................................................................ 5
Nas atividades de monitoria................................................................................. 5
Seção III ........................................................................................................... 5
Nas atividades de nivelamento ............................................................................. 5
Seção IV ........................................................................................................... 6
Nas atividades de extensão ................................................................................. 6
Seção V ............................................................................................................ 6
Do estágio extracurricular ................................................................................... 6
Seção VI ........................................................................................................... 7
Dos eventos científicos ou culturais ...................................................................... 7
Seção VII .......................................................................................................... 7
Das disciplinas pertencentes a outros cursos superiores .......................................... 7
Seção VIII ......................................................................................................... 7
Atividades Acadêmicas Diversas ........................................................................... 7
CAPÍTULO IV ......................................................................................................... 7
DISPOSIÇÕES GERAIS ........................................................................................... 7
Da Tabela de Conversão das Atividades Complementares ........................................ 9

3
Atividades Complementares
Regulamento

REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES

CAPITULO I
DISPOSIÇÕES PRELIMINARES
Art. 1º O presente conjunto de normas da Faculdade Católica Paulista tem por
finalidade normatizar o registro acadêmico das Atividades Complementares dos cursos de
graduação, sendo o seu integral cumprimento indispensável para a colação de grau.
Art. 2º As atividades Complementares compõem o currículo dos cursos de
graduação, nas modalidades presencial e a distância, possibilitando a integração de
conhecimentos e competências adquiridos pelo aluno em atividades curriculares e
extracurriculares, de interesse para sua formação profissional e pessoal.
Art. 3º As Atividades Complementares terão carga horária estabelecida no projeto
pedagógico do curso.

CAPÍTULO II
DA NATUREZA E FINALIDADES
Art. 4º As Atividades Complementares são constituídas por inovações
tecnológicas, pedagógicas e metodológicas na operacionalização do projeto pedagógico
do curso, que ampliam as possibilidades da interação acadêmica, flexibilização curricular,
criação, produção e compartilhamento do conhecimento.
Art. 5º As Atividades Complementares têm por finalidades:
I – Complementar a formação profissional e social;
II – Estimular práticas de estudos independentes, visando a uma progressiva
autonomia profissional e intelectual do aluno;
III – Propiciar a inter e a transdisciplinaridade no currículo, prevendo a integração
entre semestres, séries e cursos;
IV - Encorajar o reconhecimento de competências e habilidades adquiridas pelo
aluno fora do ambiente escolar, incluindo a prática de estudos e atividades
independentes e transversais, priorizando as experiências profissionalizantes relevantes
para a área de formação do egresso;
V – Fortalecer a articulação da teoria com a prática, valorizando a pesquisa
individual e coletiva e a participação em ações de extensão junto à comunidade.

4
Atividades Complementares
Regulamento

CAPÍTULO III
DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES
Art. 6º. As atividades complementares permitem o aproveitamento dos
conhecimentos adquiridos pelo estudante, em atividades, tais como, de monitoria,
iniciação científica, extensão, participação em eventos científicos ou culturais ou em
programas ou cursos oferecidos por organizações empresariais, e outras definidas neste
Regulamento ou aprovadas pelos Conselhos de Curso.
Art. 7º São consideradas atividades que podem ser validadas como atividades
complementares as contidas nas seções I a VI deste Capítulo.

Seção I
Atividades de iniciação científica
Art. 8º A validação de iniciação científica como atividades complementares se dará
mediante supervisão docente, da seguinte forma:
I - trabalhos desenvolvidos com orientação docente, apresentados na Instituição
(extra sala de aula e extra disciplina específica), em eventos científicos específicos ou
seminários multidisciplinares;
II - trabalhos desenvolvidos com orientação docente, apresentados em eventos
científicos específicos ou seminários e publicados em anais, mencionando o nome da
Instituição;
III - trabalhos científicos publicados em revista de circulação nacional, registrando
o nome da Instituição;
IV - trabalhos científicos publicados em periódicos científicos, registrando o nome
da Instituição;
V - livros ou capítulos de livros publicados, registrando o nome da Instituição.

Seção II
Nas atividades de monitoria
Art. 9º As atividades de monitorias em disciplinas do curso de graduação no qual
o aluno está matriculado, serão contempladas para efeito dos registros como atividades
complementares.

Seção III
Nas atividades de nivelamento
Art. 10. As atividades definidas no programa de nivelamento da Instituição serão
contempladas para efeito dos registros como atividades complementares.

5
Atividades Complementares
Regulamento

Seção IV
Nas atividades de extensão
Art. 11. Atividades de extensão, sob coordenação docente, na forma de cursos ou
serviços, aprovados pelo Conselho de Curso conforme segue:
I – participação em eventos promovidos pela Instituição;
II - participação em eventos externos à Instituição;
III - organização, coordenação, realização de cursos e/ou eventos internos ou
externos à Instituição, de interesse desta ou da comunidade;
IV –participação em cursos livres oferecidos pela Biblioteca da Instituição
referentes a bases de dados e outros temas;
V - participação em programas sociais tais como: comunidade solidária, escola
solidária, projeto amigos da escola ou afins, considerando-se que o Programa Bolsa
Escola da Família não será validado como atividades complementares;
VI - participação em viagens científicas;
VII – participação em visitas monitoradas;
VIII - participação em programas de intercâmbio institucional, nacional e/ou
internacional;
IX – participação na organização em campanhas comunitárias;
X - participação na organização em campanhas da Instituição:
a) semana da profissão,
b) outros eventos a serem disponibilizados pela Instituição;
XI – participação em cursos de aperfeiçoamento pessoal que contribuam para a
formação do perfil do egresso;
XII - participação ou trabalho na organização de ligas acadêmicas, atlética, jornal
do curso e/ou da Instituição, diretório ou centro acadêmico;
XIII - participação, com frequência e aprovação em cursos de idiomas,
comunicação e expressão e de informática, cujas cargas horárias não tenham sido objeto
de validação de disciplina ou aproveitamento de estudos.

Seção V
Do estágio extracurricular
Art. 12. Estágios extracurriculares desenvolvidos com base em convênios firmados
pela Instituição.
Art. 13. Estágios em núcleos práticos instalados na Instituição.

6
Atividades Complementares
Regulamento

Seção VI
Dos eventos científicos ou culturais
Art. 14. Eventos científicos ou culturais diversos (seminários, simpósios,
congressos, conferências e similares) como segue:
I – participação em eventos científicos ou culturais promovidos pela Instituição;
II - participação em eventos científicos ou culturais externos à Instituição;
III - organização e/ou trabalho em eventos científicos ou culturais promovidos
pela Instituição.
IV – participação como ouvinte na apresentação de monografias, dissertações,
artigos, teses e trabalhos científicos.

Seção VII
Das disciplinas pertencentes a outros cursos superiores
Art. 15. Disciplinas pertencentes a outros cursos da Instituição ou de outras
instituições de ensino superior, frequentadas e aprovadas.
Parágrafo único. O aluno poderá optar pela disciplina de Libras, pertencente às
matrizes curriculares dos cursos oferecidos pela Instituição, que terá a carga horária
definida na matriz curricular de origem integralmente considerada para compor o total
das horas destinadas às atividades complementares.

Seção VIII
Atividades Acadêmicas Diversas
Art. 16. Poderão ser consideradas atividades complementares outras atividades
propostas pelos estudantes, em qualquer campo do conhecimento, devidamente
autorizada pelo Conselho do Curso.

CAPÍTULO IV
DISPOSIÇÕES GERAIS
Art. 17. Aos supervisores de atividades complementares e ao coordenador do
curso compete avaliar os estudos ou atividades realizadas pelo aluno, acompanhar e
controlar junto à secretaria acadêmica o registro no histórico escolar do aluno, das
atividades complementares realizadas.
Art. 18. As atividades e estudos que integram as atividades complementares
devem ser desenvolvidos ao longo do curso, observando as alocações das horas no
respectivo currículo, não podendo, portanto, ser realizadas integralmente em um ano ou
série.

7
Atividades Complementares
Regulamento

Art. 19 As atividades e estudos propostos para consolidação como atividades


complementares devem ser realizadas no período correspondente aos anos de formação
do aluno, podendo retroagir até no máximo um ano anterior ao de ingresso no curso.
Art. 20. Os limites de carga horária passíveis de validação para cada uma das
modalidades e atividades estão estabelecidos neste Regulamento, visando garantir uma
diversidade de vivências e enriquecimento na formação do perfil do egresso.
Parágrafo único. As especificações das atividades e as cargas horárias
correspondentes, mencionadas no caput deste artigo estão apresentadas na Tabela de
Conversão das Atividades Complementares, no Anexo I, ao final deste Regulamento.
Art. 20. Compete aos Conselhos de Curso dirimir dúvidas referentes à
interpretação destas normas, bem como propor atos complementares que se fizerem
necessários, com o objetivo de suprir lacunas.
Art. 21. Estas normas entram em vigor após sua aprovação pelo Conselho de
Ensino, Pesquisa e Extensão - CONSEPE.

8
Atividades Complementares
Regulamento

ANEXO I

Da Tabela de Conversão das Atividades Complementares


Modalidade Atividade Carga horária Comprovação
Trabalhos desenvolvidos com
orientação docente, apresentados na 2 horas por trabalho,
Certificado ou
Instituição (extra sala de aula e limitado a, no máximo,
declaração do
extra disciplina específica), em 8 horas em todo o curso
professor orientador
eventos científicos específicos ou de graduação.
seminários multidisciplinares.
Trabalhos desenvolvidos com
5 horas por trabalho,
orientação docente, apresentados
limitado a, no máximo,
em eventos científicos específicos ou Cópia da publicação
20 horas em todo o
seminários e publicados em anais,
curso de graduação.
Iniciação científica mencionando o nome da Instituição.
20 horas por trabalho,
Trabalhos científicos publicados em
limitado a, no máximo,
revista de circulação nacional, Cópia da publicação
40 horas em todo o
registrando o nome da Instituição.
curso de graduação.
Trabalhos científicos publicados em 20 horas por trabalho,
periódicos científicos, registrando o limitado a, no máximo, Cópia da publicação
nome da Instituição. 40 horas no curso.
Livros ou capítulos de livros
40 horas por trabalho,
publicados, registrado o nome da Cópia da publicação
limitado a 1 no curso.
Instituição.
16 horas por semestre
Atividades de monitorias em Certificado ou
letivo, limitado a, no
Monitoria disciplinas pertencentes ao currículo declaração do
máximo, 64 horas no
dos cursos da Instituição. professor orientador
curso.
Será considerada
Declaração do
Programa de Atividades definidas no programa de integralmente a carga
professor
Nivelamento nivelamento da Instituição horária de participação
responsável.
comprovada do aluno.
3 horas por evento, de
acordo com avaliação do Lista de frequência e
Participação em eventos promovidos
coordenador do curso, relatório do assunto
pela Instituição.
limitado a, no máximo abordado
20 horas.
3 horas por evento,
Participação em eventos externos à Certificado ou
limitado a, no máximo
Instituição. declaração
15 horas.
Organização, coordenação,
realização de cursos e/ou eventos 3 horas por evento,
internos ou externos à Instituição, limitado a, no máximo Projeto do Evento
de interesse desta ou da 15 horas.
comunidade.
Participação em cursos livres
3 horas por evento,
Extensão oferecidos pela Biblioteca da Certificado ou
limitado a, no máximo
Instituição referentes a bases de declaração
15 horas.
dados e outros temas.
Participação nos programas
comunidade solidária, escola 10 horas por semestre, Certificado ou
solidária, projeto amigos da escola limitado a 30 horas. declaração
ou afins.
Certificado ou
2 horas por evento,
declaração do
Participação em viagens científicas limitado a, no máximo
professor
20 horas.
responsável
Certificado ou
2 horas por evento,
declaração do
Participação em visitas monitoradas. limitado a, no máximo
professor
20 horas.
responsável

9
Atividades Complementares
Regulamento

Modalidade Atividade Carga horária Comprovação


Participação em programas de 3 horas por evento,
Certificado ou
intercâmbio institucional, nacional limitado a, no máximo
declaração
e/ou internacional. 15 horas.
Participação ou trabalho na 2 horas por evento,
Certificado ou
organização em campanhas limitado a, no máximo
declaração
comunitárias 30 horas.
3 horas por evento,
Participação em campanhas de Comprovante de
limitado a, no máximo
doação de sangue doação
30 horas.
Participação ou trabalho na
3 horas por evento,
organização em campanhas da Comprovante de
limitado a, no máximo
Instituição – (semana da profissão, participação
15 horas.
outros eventos).
A ser determinada pelo
Conselho de Curso
dependendo da
relevância da atividade
para o perfil do egresso,
Participação em cursos de
com o mínimo de 3 Certificado ou
aperfeiçoamento pessoal que
horas por evento, comprovante de
contribuam para a formação do perfil
porém nunca superior a participação
do egresso.
20% da carga horária
total de atividades
complementares
determinada para o
curso.
Participação ou trabalho na
3 horas por evento ou
organização de ligas acadêmicas,
semestre letivo de Comprovante de
atlética, jornal do curso e/ou da
participação, limitado a, participação
Instituição, diretório ou centro
no máximo 15 horas.
acadêmico.
Participação, com frequência e
10 horas por trabalho
aprovação em cursos de idiomas,
ou semestre de
comunicação e expressão e de
trabalho, limitado a, no Certificado de
informática, cujas cargas horárias
máximo, 30 horas em Conclusão
não tenham sido objeto de validação
todo o curso de
de disciplina ou aproveitamento de
graduação.
estudos.
Estágios extracurriculares 5 horas por evento,
Atestado de
desenvolvidos com base em limitado a, no máximo
Exercício
convênios firmados pela Instituição. 15 horas.
Estágio 10 horas por estágio ou
extracurricular semestre de
Estágios em núcleos práticos participação, limitado a, Atestado de
instalados na Instituição. no máximo, 40 horas Exercício
em todo o curso de
graduação.
Certificado ou
Participação em eventos científicos 2 horas por evento,
declaração do
ou culturais promovidos pela limitado a, no máximo
professor
Instituição. 20 horas.
responsável
2 horas por evento,
Participação em eventos científicos Comprovante de
limitado a, no máximo
ou culturais externos à Instituição. participação
Eventos científicos 10 horas.
ou culturais Organização e/ou trabalho em 5 horas por evento,
Comprovante de
eventos científicos ou culturais limitado a, no máximo
participação
promovidos pela Instituição. 20 horas.
Participação como ouvinte na
2 horas por evento,
apresentação de monografias, Comprovante de
limitado a, no máximo
dissertações, artigos, teses e participação
20 horas.
trabalhos científicos.

10
Atividades Complementares
Regulamento

Modalidade Atividade Carga horária Comprovação


Disciplinas pertencentes a outros 20 horas por disciplina
cursos superiores, de graduação ou cursada, limitado a no
sequenciais, da própria Instituição ou máximo 60 horas em Declaração da IES
Disciplinas de outras instituições de ensino todo o curso de
pertencentes a superior, frequentadas e aprovadas. graduação.
outros cursos
superiores Disciplina de Libras integrante das
Será considerada
matrizes curriculares dos cursos de
integralmente a carga Declaração da IES
licenciatura oferecidos pela
horária da disciplina.
Instituição.
Outras atividades propostas pelos
Atividades estudantes, em qualquer campo do A ser definida pelo Comprovante de
Acadêmicas Diversas conhecimento, devidamente Conselho de Curso participação
autorizada pelo Conselho do Curso.

11

Você também pode gostar