Você está na página 1de 37

INSTITUTO FEDERAL DA PARAÍBA (IFPB)

DEPARTAMENTO DE ESTRUTURA
CONCRETO ARMADO I

INTRODUÇÃO

Prof. Iarly Vanderlei


Composição do Concreto
Cimento + Água Pasta + Agregado Miúdo Argamassa + Agregado Graúdo

Pasta Argamassa Concreto Simples


Composição do Concreto
Concreto Simples ≠ ConcretoArmado

COMPORTAMENTO CONJUNTO
Concreto Simples ≠ ConcretoArmado
• Uma viga de concreto simples rompe bruscamente logo que aparece a primeira fissura, após a
tensão de tração atuante igualar a resistência do concreto à tração. Entretanto, colocando-se uma
armadura convenientemente posicionada na região das tensões de tração, eleva-se
significativamente a capacidade de carga da viga.
Principais Normas Brasileiras para C.A
Breve Histórico
• Império Romano:

⎻ Argamassa: areia, pedra moída e cinzas vulcânicas (pozolanas) aplicadas como aglomerante
pelos romanos.

Figura – Pantheon romano.


Breve Histórico
Figura –Coliseu romano.

Figura –Coliseu romano.


Breve Histórico
• Joseph Aspdin:
⎻ O cimento Portland foi descoberto na Inglaterra em 1824

• Joseph Louis Lambot:

⎻ O cimento armado surgiu na França (1849)


- barco de Lambot.

⎻ Construído com telas de fios finos de


ferro preenchidas com argamassa (sem
sucesso comercial).
Breve Histórico

• Joseph Monier:

⎻ Em 1861, o francês Mounier fabricou


vasos de argamassa de cimento com
armadura de arame.
Breve Histórico
• Mörsch e Ritter (1902):
⎻ A primeira teoria realista (consistente) sobre o dimensionamento das peças de concreto
armado surgiu em 1902, por Mörsch, engenheiro alemão, professor da Universidade de
Stuttgart (Alemanha).
Breve Histórico
• Ingalls Building (1903):

⎻ Primeiro “arranha céu” em concreto


armado com 16 andares.
Atualmente
Vantagens e Desvantagens do C.A
Resistência à Compressão do Concreto
• É a principal característica mecânica do concreto
Resistência Característica do Concreto (fck)
Resistência Característica do Concreto (fck)
Efeito Rüsch
• Efeito Rüsch: Cargas de longa
duração

⇒Resistência do concreto à compressão


para cargas de longa duração é inferior
àquela referente a carregamentos rápidos

⇒Diminui se a resistência de curta


duração em 15%
Resistência do Concreto à Tração
• Com base na norma NBR6118:2014, pode-se admitir as seguintes propriedades
para o concreto:
Módulo de Elasticidade
• O módulo de elasticidade (ou módulo de deformação longitudinal), é um
parâmetro relativo à deformabilidade do concreto sob tensões de compressão.

 𝐸𝑐𝑖 é o módulo de deformação


longitudinal tangente à curva na
origem do diagrama; Os Valores dos módulos
de deformação e de c2 e
 𝐸𝑐𝑠 é o módulo de deformação cu dependem da
secante e representa a inclinação resistência do concreto.
da reta que passa pela origem e
corta o diagrama no ponto de
tensão igual a 0,4 𝑓𝑐.
Módulo de Elasticidade
• Módulo de elasticidade tangente (𝐸𝑐 ou 𝐸𝑐𝑖):
Módulo de Elasticidade
• Módulo de elasticidade secante (𝐸𝑐𝑠):

𝐸𝑐𝑠 = 𝛼𝑖 𝐸𝑐

𝑓𝑐𝑘
𝛼𝑖 = 0,8 + 0,2 ∙ ≤ 1,0
80
Coeficiente de Poisson
Diagrama Tensão-Deformação do Concreto
• Para efeitos de cálculo, aproxima-
se o diagrama tensão-deformação
por um diagrama parábola-
retângulo composto por uma
parábola (desenvolvida por
Hognestad) e uma reta entre as
deformações o e cu.
Diagrama Tensão-Deformação do Concreto
Diagrama Tensão-Deformação do Concreto
• Diagrama tensão deformação (Retangular):
Diagrama Tensão-Deformação do Concreto
• Diagrama tensão deformação (Retangular):
• Efeito Rüsch
• Ganho de resistência no tempo
• Confinamento da prensa
Propriedades reológicas do concreto
⎻ RETRAÇÃO (shrinkage): É a diminuição de volume do concreto ao longo do
tempo, provocada principalmente pela evaporação da água não utilizada nas
reações químicas de hidratação do cimento.

• Ocorre mesmo na ausência de ações ou carregamentos externos.

• Água é expulsa primeiramente próxima a superfície do concreto e, por último, do


seu interior (Criação de tensões internas que podem provocar fissuração)

• Responsável pelo aparecimento de fissuras em lajes e pistas de rolamento.


Propriedades reológicas do concreto
Os fatores que mais influem na retração são:

• Composição química do cimento: os cimentos mais resistentes e os de


endurecimento mais rápido causam maior retração;
• Água de amassamento: quanto maior a relação água/cimento, maior
a retração;
• Umidade ambiental: o aumento da umidade ambiente dificulta a
evaporação, diminuindo a retração;
• Temperatura ambiente: o aumento da temperatura, aumenta a retração;
Propriedades reológicas do concreto
Os fatores que mais influem na retração são:

• Espessura dos elementos: a retração aumenta com a diminuição da


espessura do elemento, por ser maior a superfície de contato com o
ambiente em relação ao volume da peça, possibilitando maior evaporação.

→ Os efeitos da retração podem ser diminuídos executando uma


cuidadosa cura, durante pelo menos os primeiros dez dias após a concretagem.
Propriedades reológicas do concreto
⎻ FLUÊNCIA (creep): É a deformação lenta da massa de concreto no
decorrer do tempo, quando mantida sob tensão.

A relevância desse tipo de deformação está ligada,


sobretudo, à sua magnitude que pode assumir até três
vezes o valor da deformação imediata ao carregamento.
Propriedades reológicas do concreto
• Os fatores que mais influem na fluência:
a) Idade do concreto: maior nas idades mais jovens do concreto;
b) Umidade do ar: a deformação é maior ao ar seco;
c) Tensão: a fluência é proporcional à tensão que a produz;
d) Dimensões da peça: a fluência é menor em peças de grandes
dimensões.
Aço para ConcretoArmado

• Utilização dos aços estruturais normatizados:

CA – [resistência característica à tração em kgf/mm²]

- CA25 (fyk = 250 MPa);


- CA50 (fyk = 500 MPa);
- CA60 (fyk = 600 MPa).
Aço para ConcretoArmado

Superfície nervurada Superfície lisa Superfície entalhada


Aço para ConcretoArmado
• As barras comerciais são fornecidas com comprimento de 12
m e outras formas, como rolos para os fios.
• Diâmetros (mm) da NBR 7480:
 Barras: 5; 6,3; 8; 10; 12,5; 16; 20; 22; 25; 32 e 40.
 Fios: 2,4; 3,4; 3,8; 4,2; 5; 5,5; 6; 6,4; 7; 8; 9,5 e 10.
Diagrama tensão deformação do aço
• Diagrama simplificado para cálculo (Elastoplástico perfeito):
Exercício Proposto
• Calcule os seguintes parâmetros (λ, αc, 𝒇𝒄𝒅 , 𝒇𝒚𝒅 , 𝒇𝒄𝒕𝒌,𝒊𝒏𝒇 ; 𝒇𝒄𝒕,𝒎 ; 𝒇𝒄𝒕,𝒔𝒖𝒑 ; ε𝒄𝟐 ;
ε𝒄𝒖 ; ε𝒚𝒅 ; E𝒄𝒊 e E𝒄𝒔 ).

a) C60; CA-50; agregado basalto.


b) C30; CA 50; agregado arenito.
c) C50; CA 50; agregado granito.

Você também pode gostar