Você está na página 1de 5

Módulo: Saúde da Criança e do Adolescente e Cuidados de Enfermagem I

______________________________________________________________________
Discente:BiancaEstevamFarias. Tutoria:A

Adolescência

Agravos
Estágios da nutricionais
adolescência da
adolescência

relacionados

Maus hábitos
alimentares
Adolescência Adolescência
Pré-adolescência
intermediária tardia
(9-13 anos) exemplo
(14-16 anos) (17-20 anos)

Consumo
Consumode Diminuição do
Omissão do café da
ultraprocessados, consumo de frutas e
substituição de manhã, realizar
refeições verduras, consumo
refeições naturais por excessivo de
lanches assistindo algo carboidratos
Obesidade

determinantes da obesidade causam

Retardo do
Redução da Comportamento crescimento e da
Nutrição Genéticos e atividade quanto ao maturação sexual
inadequada metabólicos física e hábito
sedentarismo alimentar
podem desencadear

Obesidade,
Obesidade,diabetes tipo 2,
dislipidemias, hipertensão
arterial e problemas
cardiovasculares

Transtornos
alimentares
comuns na
adolescência

Anorexia Bulimia Transtorno


nervosa nervosa de comer
compulsivo

caracteriza-se
caracteriza-se caracteriza-se

Transtorno Os indivíduos são As pessoas ingerem Ingestão


alimentar que extremamente grande quantidades de
exagerada e
emagrecidos, mas têm a alimentos e depois
geralmente inicia convicção que estão eliminam o excesso de
compulsiva de
na puberdade alimentos
com excesso de peso calorias

pode ser
de dois tipos

O tipo restritivo e o Podem


Podemrealizar jejuns As pessoas
tipo compulsão prolongados, vômitos geralmente
periódica autoinduzidos, uso de desenvolvem
laxantes, diuréticos ou sobrepeso ou
práticas obsessiva de obesidade
exercício físico
Alterações
durante a
puberdade

obtidas sãocaracterísticas físicas, as


Desenvolvimento psicológicas sociais adulto de e
físico Crescimento

modificações
as decorrentes
são ação da rápido
crescimento estatura
hormônios
dos eixo do chamado estirão
liberal
hipotálamo-hipófise-gonadal

destacam-se fase:
nessa puberdade última etapa a a é
crescimento físico
do meninas puberdade
entram
primeiro anos meninos

Aceleração e Maturação sexual Durante


Durantea puberdade
desaceleração Desenvolvimento de os Meninos crescem Durantea puberdade
Durante
do como surgimento as meninas crescem
crescimento; todos os sistemas do dos carácteres cerca de 10cm/ano
Modificação organismo, com entre os 13 e 14 cerca de 9cm/ano,
da excessão do tec. sexuais entre os 11 e 12
anos
composição e secundários, os anos
proporção corporal Linfoidee subcutâneo estágios de tanner

O adolescente termina seu


Meninas levam em desenvolvimento físico em
torno de 2/3 anos p/ cercade 18 a 36 meses; aoApósa menarca as
terminar as finalda puberdade o meninas crescem, no
mudanças físicas, os crescimento esquelético máximo,
oe de 5 a 7cm
meninos, por volta amadurecimento gonadal
de 4 está concluído

Composição e
proporção Maturidade
sexual
corporal

Ocorre
alterações na Desenvolvimento Meninas Meninos
quantidade ena muscular, com
distribuição de hipertrofia e
gordura no hiperplasia das
células musculares
corpo

A menarca representa Os hormônios fsh lh e


uma desaceleração do atuam aumentando os
crescimento maior
e testículos, o hormônio
acúmulo de tecido é
testosterona
adiposo responsável pelos
carácteres masculinos
Sequência de
crescimento

Os hormônios FSH lh e
estimulama produção de Por volta de 9/10 anos
progesterona e ocorre a primeira
estrogênio, responsáveis manifestação
fases crescimento
do esquelético de
pelas transformações puberdade, o aumento do
puberais na menina volume testicular

Crescimento estável Crescimento estatural Os diâmetros


(pré-puberal); inicia-se pelos pés, biacromial ebiilíaco
crescimento seguindo a ordem das também apresentam
extremidades para o variações de Primeira manifestação
acelerado (puberal); éo
desaceleração tronco crescimento durante de puberdade
do Surgimento dobroto
crescimento a puberdade 1
mamário, telarca ano depois observa-se
(pós-puberal) entre
7 a 9 anos, éseguida o crescimento peniano,
pela pubarca pelo
e inicialmente em tamanho
estirão puberal e depois em diâmetro

Pelos axilares aparecem Ocorre mudança na


cercade 2 anos após os voz devido às
pelos pubianos, pelo
o alterações
facial aparece ao mesmo morfológicas das Os estágios de maturação
tempo que o axilar nos pregas vocais sexual de Tanner
meninos (meninose de meninas)
são utilizados para
exemplificar as mudanças
que ocorrem nessa fase
Desenvolvimento
da identidade
na adolescência

A identidade é a capacidade de dominar ativamente o


ambiente, por intermédio da percepção de si e do
mundo

O A conquista da
desenvolvimento identidade
da identidade está ocorre por
vinculado meio:

Experiências Desligamento Ocorre um


processo de
A compreensão das As modificações de ao longo da progressivo dos pais, separação e
transformações que socialização vida do ambiente e dos individuação
ocorrem nessa fase valores da infância

Oadolescente pode
inicialmente negar suas
transformações e viver
Oadolescente passa um estágio de
por momentos de regressão
experimentação e
perdas

vivência três grandes perdas Fazemparte


do
desenvolvimento
da identidade

síndrome da adolescência normal


Luto pela Luto pela perda da Luto pela
perda do identidade infantil e perda dos
corpo o surgimento de pais da
infantil responsabilidades e infância
deveres
A busca Separação Tendência Reconhecimento Constantes
de si progressiva grupal e das flutuações de
mesmo dos pais desenvolvimento transformações humor e
da socialização corporais evolução sexual
Caderneta
de saúde do
Adolescente

Dicasde Tabela de
saúde desenvolvimento

Estágios de
maturação
Registro Imc sexual de
Calendário tanner
de vacinação

Gráfico de
estatura
por idade

Alterações
físicas

Gráfico de
imc por idade

Uso de
métodos
contraceptivos

Orientações
de saúde por
idade
REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS
São Paulo (Cidade). Secretaria da Saúde. Manual de atenção à saúde do adolescente./
Secretaria da Saúde. Coordenação de Desenvolvimento de Programas e Políticas de
Saúde CODEPPS. São Paulo: SMS, 2006.
BRASIL. Ministério da Saúde. Secretaria de Atenção à Saúde. Departamento de Ações
Programáticas e Estratégicas. Proteger e cuidar da saúde de adolescentes na atenção
básica. 2. ed. – Brasília: Ministério da Saúde, 2018. Disponível em:
http://bvsms.saude.gov.br/bvs/publicacoes/proteger_cuidar_adolescentes_atencao_basic
a_2ed.pdf

Você também pode gostar