Você está na página 1de 6

Uma didática da invenção

VII

No descomeço era o verbo.


Só depois é que veio o delírio do verbo.
O delírio do verbo estava no começo, lá onde a
criança diz: Eu escuto a cor dos passarinhos.
A criança não sabe que o verbo escutar não funciona
para cor, mas para som.
Então se a criança muda a função de um verbo, ele
delira.
E pois.
Em poesia que é voz de poeta, que é a voz de fazer
nascimentos —
O verbo tem que pegar delírio.

BARROS, Manoel de. In: O livro das ignorãças. 9. ed. Rio de Janeiro: Record, 2000. p. 15. (Fragmento).

1. No poema, o autor cria uma palavra nova, um neologismo: qual é? Explique por meio de
quais mecanismos gramaticais essa construção se tornou possível.

2. Há duas palavras no texto formadas por sufixação. Quais são? Indique o significado dos
sufixos nessas palavras.

Leia a propaganda a seguir para responder as questões 5 e 6.

3. Na propaganda, a revista é qualificada por três adjetivos: investigativa, indiscreta e


instigante. Em qual deles o in pode ser classificado como um prefixo? Justifique.
Leia a tira a seguir e responda a próxima questão.

BROWNE, Dik. Hagar. Folha de S.Paulo, São Paulo, 12 jan. 1999.

4. A palavra “desaproximemos”, utilizada por Eddie Sortudo, é um neologismo formado pelo


acréscimo do prefixo des-.

a) Qual o sentido desse prefixo neste contexto?

b) O que Eddie Sortudo está sugerindo a Hagar, dada a situação em que se encontram?

c) Que outra palavra, também formada por derivação prefixal, aparece na tira? Justifique sua
resposta, explicando o sentido do prefixo utilizado.

Leia o texto abaixo para responder as questões 8, 9 e 10.

[...] Há neologismos problemáticos.


O “famoso” imexível é um deles. Você deve estar lembrado do seu nascimento: filho de Antônio
Magri no lançamento do Plano Collor. Observe que o adjetivo imexível foi inventado graças ao
prefixo i- (negação) e ao sufixo -vel (possibilidade), que nós encontramos, por exemplo, em imutável
(que não pode ser mudado). Sem dúvida, portanto, o maior pecado do imexível está na “fonte
criadora”. Devido à sua “origem”, a palavra carrega consigo uma carga pejorativa. Só é usada por
brincadeira ou para fazer piada.
DUARTE, Sérgio Nogueira. Língua viva: uma análise simples e bem-humorada da linguagem do brasileiro.
Rio de Janeiro: Rocco, 1998. (Fragmento).

5. Sérgio Nogueira Duarte, em seu texto, explica a formação do neologismo “imexível”. Que
processo de formação de palavra dá origem a esse vocábulo? Justifique sua resposta. (0,5)

6. Poderíamos afirmar que o termo imutável é formado a partir do mesmo processo de


“imexível”? Justifique, gramaticalmente, sua resposta. (1,0)

7. Na frase “O ‘famoso’ imexível é um deles.”, podemos constatar outro processo de


formação de palavras.

a) Qual é ele e em que consiste?

b) Explique como se dá esse processo na frase transcrita. (0,5)


Leia a tira a seguir.

LAERTE, Classificados: livro 2. São Paulo: Devir, 2002, p.

8. Como se produz o efeito de humor da tirinha?

9. Para obter o efeito de humor desejado, o autor da tira cria uma nova palavra. Qual é a
palavra criada por Laerte e qual é o processo utilizado em sua criação?

10. Quando a palavra é formada pela união de dois ou mais radicais, ocorre a composição,
que pode ser por justaposição ou aglutinação. As palavras a seguir foram formadas,
respectivamente, por:

Guarda-sol / Pontapé / Guarda-roupa / Pernilongo / Aguardente

a) Aglutinação – Aglutinação – Justaposição – Aglutinação – Justaposição.


b) Aglutinação – Aglutinação – Justaposição – Justaposição – Justaposição.
c) Aglutinação – Justaposição – Justaposição – Justaposição – Justaposição.
d) Justaposição – Justaposição – Justaposição – Aglutinação – Aglutinação.
e) Justaposição – Aglutinação – Justaposição – Aglutinação – Justaposição.

11. Assinale a opção em que o vocábulo destacado é formado por derivação regressiva.
a) Opressão
b) Deficiente (adj.)
c) Tribo
d) Adestrar (verbo)
e) Manejo (substantivo)

12. Assinale a opção em que o processo de formação de palavras está indevidamente caracterizado.
a) Pai-nosso: composição por justaposição.
b) Aventuroso: derivação sufixal.
c) Embonecar: composição por aglutinação
d) Descanso: derivação regressiva.
e) Incerto: derivação prefixal.

13. As palavras sinceramente, florzinha e homenzarrão são formadas por derivação:


a) parassintética;
b) prefixal;
c) imprópria;
d) regressiva;
e) sufixal.

14. Considerando o processo de formação de palavras, relacione a coluna da direita com a da


esquerda:

(1) Derivação imprópria ( ) Desenredo


(2) Prefixação ( ) Narrador
(3) Prefixação e sufixação ( ) Infinitamente
(4) Sufixação ( ) O voar
(5) Composição por justaposição ( ) Pão-de-mel

a) 3-4-2-5-1
b) 2-4-3-5-1
c) 2-4-3-1-5
d) 4-1-5-2-3
e) 4-1-5-3-2

15. Passageiros é uma palavra formada por:


a) derivação prefixal;
b) derivação sufixal;
c) derivação regressiva;
d) derivação parassintética;
e) composição;

16. A palavra incorruptível é formada pelo seguinte processo:


a) derivação prefixal.
b) derivação parassintética.
c) derivação sufixal.
d) derivação prefixal e sufixal.
e) aglutinação.

17. A relação entre verbo e substantivo INADEQUADA é:


a) pretender – pretensão;
b) adquirir – aquisição;
c) agredir – agressão;
d) perder – perdida;
e) recusar – recusa.

18. Classifique as palavras de acordo com a derivação: Derivação sufixal, derivação prefixal ou
parassintética.
a) desfazer ____________________________
b) retocar _____________________________
c) entardecer __________________________
d) soterrar ____________________________
e) dormitório __________________________
f) desvalorizar _________________________
g) reconstruir __________________________
h) tristonho __________________________
i) ex-aluno __________________________
j) descrer __________________________
k) borracharia __________________________
l) felizmente __________________________

19. Marque a alternativa em que haja palavras formadas apenas pelo processo de composição por
aglutinação:
a) amor-perfeito, passatempo
b) bem-me-quer, girassol
c) madrepérola, cachorro-quente
d) guarda-roupas, pernilongo
e) aguardente, planalto

20. Os processos de formação das palavras “super-herói”; “termonuclear” e “utilização” são,


respectivamente, por
a) prefixação, aglutinação e prefixação.
b) prefixação, aglutinação e sufixação.
c) justaposição, neologismo e prefixação.
d) aglutinação, hibridismo e parassíntese.
e) hibridismo, derivação regressiva e prefixação.

21. É exemplo de palavra formada por derivação parassintética:


a) pernalta;
b) passatempo;
c) pontiagudo;
d) vidraceiro;
e) anoitecer.

Você também pode gostar