Você está na página 1de 33

[Prova de ciências humanas e suas tecnologias & Prova

de ciências da natureza e suas tecnologias]

2° Ano

DADOS DO ALUNO
NOME (LETRA DE FORMA):

TURMA (LETRA DE FORMA):


[PROVA DE CIÊNCIAS HUMANAS E SUAS TECNOLOGIAS & PROVA DE CIÊNCIAS DA NATUREZA E SUAS TECNOLOGIAS]

HISTÓRIA
3. O reconhecimento da independência brasileira
1. A Constituição imperial brasileira, promulgada por Portugal foi devido principalmente:
em 1824, estabeleceu linhas básicas da
estrutura e do funcionamento do sistema político a) à mediação da França e dos Estados Unidos e à
imperial tais como o(a): atribuição do título de Imperador Perpétuo do Brasil a
D.João VI.
a) equilíbrio dos poderes com o controle constitucional b) à mediação da Espanha e à renovação dos acordos
do Imperador e as ordens sociais privilegiadas. comerciais de 1810 com a Inglaterra.
b) ampla participação política de todos os cidadãos, com c) à mediação de Lord Strangford e ao fechamento das
exceção dos escravos. Cortes Portuguesas.
c) laicização do Estado por influência das ideias liberais. d) à mediação da Inglaterra e à transferência para o
d) predominância do poder do imperador sobre todo o Brasil de dívida em libras contraída por Portugal no
sistema através do Poder Moderador. Reino Unido.
e) autonomia das Províncias e, principalmente, dos e) à mediação da Santa Aliança e ao pagamento à
Municípios, reconhecendo-se a formação regionalizada Inglaterra de indenização pelas invasões napoleônicas.
do país.
4. A organização do Estado brasileiro que se
2. No Brasil, durante o Primeiro Império, a situação seguiu à Independência resultou no projeto do
financeira era precária, pelo fato de que: grupo:

a) o comércio de importação entrou em colapso com a a) liberal-conservador, que defendia a monarquia


vinda da Família Real (1808); constitucional, a integridade territorial e o regime
b) os Estados Unidos faziam concorrência aos nossos centralizado.
produtos, especialmente o açúcar; b) maçônico, que pregava a autonomia provincial, o
c) os principais produtos de exportação - açúcar e fortalecimento do executivo e a extinção da escravidão.
algodão - não eram suficientes para o equilíbrio da c) liberal-radical, que defendia a convocação de uma
balança comercial do país; Assembleia Constituinte, a igualdade de direitos políticos
d) o capitalismo inglês se recusava a fornecer e a manutenção da estrutura social.
empréstimos para a agricultura; d) cortesão, que defendia os interesses recolonizadores,
e) o sistema bancário era praticamente inexistente, só as tradições monárquicas e o liberalismo econômico.
tendo sido fundado o Banco do Brasil em 1850. e) liberal-democrático, que defendia a soberania popular,
o federalismo e a legitimidade monárquica.

5. A Confederação do Equador, movimento que


eclodiu em Pernambuco em julho de 1824,
caracterizou-se por:

a) ser um movimento contrário às medidas da Corte


Portuguesa, que visava favorecer o monopólio do
comércio.
b) uma oposição a medidas centralizadoras e
absolutistas do Primeiro Reinado, sendo um movimento
republicano.

2
[PROVA DE CIÊNCIAS HUMANAS E SUAS TECNOLOGIAS & PROVA DE CIÊNCIAS DA NATUREZA E SUAS TECNOLOGIAS]

c) garantir a integridade do território brasileiro e a


centralização administrativa. 6. Apesar do Alvará de Liberdade Industrial de
d) ser um movimento contrário à maçonaria, clero e 1808, o desenvolvimento industrial brasileiro
demais associações absolutistas. não ocorreu, dentre outros fatores, porque:
e) levar seu principal líder, Frei Joaquim do Amor Divino
Caneca, à liderança da Constituinte de 1824. a) a elite agrária, defensora das atividades
manufatureiras, não tinha, contudo, expressão política.
b) a falta de capital anulava as vantagens da excelente
rede de transportes e comunicação da época.
c) o tratado de 1810, com a Inglaterra, anulava nosso
esforço industrial, já que oferecia a este país o controle
de nosso mercado.
d) embora com grande mercado e mão-de-obra
qualificada, faltava-nos tecnologia.
e) a manutenção do rígido monopólio colonial impedia o
sucesso de nossa industrialização.

7. (EBEM)

Na visão do cartunista, a Independência do Brasil, ocorrida em 1822,

a) foi resultado das manifestações populares ocorridas nas ruas das principais cidades do país.
b) resultou dos interesses dos intelectuais que participaram das conjurações e revoltas.
c) decorreu da visão humanitária dos ingleses em relação à exploração da colônia.
d) representou um negócio comercial favorável aos interesses dos ingleses.
e) não passou de uma encenação, já que os portugueses continuaram explorando o país.

3
[PROVA DE CIÊNCIAS HUMANAS E SUAS TECNOLOGIAS & PROVA DE CIÊNCIAS DA NATUREZA E SUAS TECNOLOGIAS]

8. Se o voto deixasse de ser obrigatório, o senhor iria votar nas próximas eleições?

(O GLOBO - 3/8/98)

Conforme a pesquisa do Ibope, atualmente, mais da metade dos eleitores não faz questão de votar. Entretanto, durante
o período de Império, de acordo com a Constituição de 1824, no Brasil era o sistema eleitoral que restringia a participação
política da maioria, pois

a) garantia a vitaliciedade do mandato dos deputados, tornando raras as eleições.


b) convocava eleições apenas para o cargo de Primeiro Ministro, conforme regulamentação do Parlamentarismo.
c) concedia o direito de votar somente a quem tivesse certa renda, sendo os votantes selecionados segundo critérios
censitários.
d) promovia eleições em Portugal, com validade para o Brasil.
e) permitia apenas às camadas da elite portuguesa o direito de eleger seus representantes, limitando a influência da
aristocracia rural brasileira.

9. Leia os textos a seguir, reflita e responda.

Após a Independência política do Brasil, em 1822, era necessário organizar o novo Estado, fazendo leis e regulamentando
a administração por meio de uma Constituição. Para tanto, reuniu-se em maio de 1823, uma Assembleia Constituinte
composta por 90 deputados pertencentes à aristocracia rural.(...) Na abertura dos trabalhos, o Imperador D. Pedro I
revelou sua posição autoritária, comprometendo-se a defender a futura Constituição desde que ela fosse digna do Brasil
e dele próprio.
VICENTINO, C; DORIGO, G. "História Geral do Brasil." São Paulo: Scipione, 2001.

A Independência política do Brasil, em 1822, foi cercada de divergências, entre elas, o desagrado do Imperador com a
possibilidade, prevista no projeto constitucional, de o seu poder vir a ser limitado, o que resultou no fechamento da
Constituinte em novembro de 1823. Uma comissão, então, foi nomeada por D. Pedro I para elaborar um novo projeto
constitucional, outorgado por este imperador, em 25 de março de 1824.

4
[PROVA DE CIÊNCIAS HUMANAS E SUAS TECNOLOGIAS & PROVA DE CIÊNCIAS DA NATUREZA E SUAS TECNOLOGIAS]

Em relação à Constituição Imperial, de 1824, é correto afirmar que nela

a) foi consagrada a extinção do tráfico de escravos, devido à pressão da sociedade liberal do Rio de Janeiro.
b) foi introduzido o sufrágio universal, somente para os homens maiores de 18 anos e alfabetizados, mantendo a exigência
do voto secreto.
c) foi abolido o padroado, assegurando ampla liberdade religiosa a todos os brasileiros natos, limitando os cultos religiosos
aos seus templos.
d) o poder moderador era atribuição exclusiva do Imperador, conferindo a ele, proeminência sobre os demais poderes.
e) o poder executivo seria exercido pelos ministros de Estado, tendo estes total controle sobre o poder moderador.

10. A partir da gravura a seguir, é possível afirmar que, logo após a emancipação política do Brasil.

I - os escravos estavam gratificados porque, desde aquele momento, não podiam ser recomprados pelos comerciantes
de escravos e vendidos em outras partes da América.
II - a abdicação do primeiro Imperador determinou o fim da escravidão.
III - a situação dos escravos permaneceu essencialmente a mesma do período colonial.

Quais afirmativas completam corretamente a frase inicial?

a) Apenas I
b) Apenas II
c) Apenas III
d) Apenas I e II
e) Apenas I e III

5
[PROVA DE CIÊNCIAS HUMANAS E SUAS TECNOLOGIAS & PROVA DE CIÊNCIAS DA NATUREZA E SUAS TECNOLOGIAS]

11. As relações do Brasil com a Inglaterra constituíram-se num dos principais problemas da política externa do
Império, como se observa no(a):

a) apoio da Inglaterra a Portugal, seu tradicional aliado, nas Guerras de Independência.


b) conflito decorrente das restrições alfandegárias impostas por D. Pedro I aos ingleses.
c) participação dominante de capitais ingleses no financiamento da expansão cafeeira.
d) concordância inglesa em relação ao expansionismo imperial na Cisplatina.
e) oposição da Inglaterra, país pioneiro no desenvolvimento industrial, ao tráfico negreiro.

12. (EBEM)

(NOVAES, Carlos Eduardo e LOBO, César. "História do Brasil para principiantes: de Cabral a Cardoso, quinhentos
anos de novela". 2• edição, São Paulo, Ática, 1998)

A charge aponta para uma importante característica da Carta Outorgada de 1824, qual seja, a instituição do(a):

a) voto universal.
b) voto censitário.
c) poder moderador.
d) parlamentarismo às avessas.
e) monarquia dual.

6
[PROVA DE CIÊNCIAS HUMANAS E SUAS TECNOLOGIAS & PROVA DE CIÊNCIAS DA NATUREZA E SUAS TECNOLOGIAS]

13. O processo de independência do Brasil 15. Durante o processo de formação do Estado


caracterizou-se por: Nacional brasileiro (século XIX), muito se
discutiu sobre a distância entre o Brasil ideal,
a) ser conduzido pela classe dominante que manteve o europeu e branco, imaginado pelos intelectuais
governo monárquico como garantia de seus privilégios. e políticos do período, e o Brasil real, periférico
b) ter uma ideologia democrática e reformista, alterando e mestiço, herança da colônia e da escravidão.
o quadro social imediatamente após a independência. Como decorrência teórica e política deste contraste, é
c) evitar a dependência dos mercados internacionais, correto identificar:
criando uma economia autônoma.
d) grande participação popular, fundamental na a) a conciliação entre os mais ricos e os mais pobres
prolongada guerra contra as tropas metropolitanas. como prática comum da política, desde os tempos da
e) promover um governo descentralizado e liberal colônia e da escravidão.
através da Constituição de 1824. b) a consciência revolucionária do povo brasileiro,
expressada em inúmeras ocasiões, que impede as
14. Em 1823, José Bonifácio, em representação à ditaduras e as arbitrariedades dos organismos estatais.
Assembleia Constituinte dizia: "que educação c) o mito da democracia racial, da benevolência das
pode ter as famílias que se servem com as elites e do passado de paz e harmonia entre os
escravas que se prostituem ao primeiro que as brasileiros, que veio a constituir-se na crença sobre o
procura? Tudo se compensa nesta vida. Nós caráter pacifico e conformado do povo brasileiro.
tiranizamos os escravos e os reduzimos a brutos d) a consciência cívica da população, expressada nos
animais e eles, nos inculcam toda a sua momentos eleitorais, em que prevalece invariavelmente
imoralidade e todos os seus vícios." a preferência pelo voto ideológico, isto é, recusando os
favores, os currais e a mercantilização do voto.
Fonte: José Bonifácio. Representação à Assembleia e) a consciência partidária entre ricos e pobres se
Geral Constituinte, citado por FREYRE, Gilberto. harmonizavam ideologicamente.
Casa Grande e Senzala. 12. ed. Brasília: Editora da
UnB, 1973. p. 392.

O fragmento sugere:

a) que a escravidão comprometia moralmente os


escravos, mas os vícios e comportamentos morais dos
cativos não atingiam as famílias proprietárias.
b) uma síntese da tendência geral do pensamento
abolicionista da época, que comumente, fazia a
autodefesa de classe e de raça.
c) a defesa incondicional dos direitos dos escravos em
detrimento dos interesses dos setores escravagistas.
d) um interesse profundo pela sorte dos oprimidos,
principalmente no que tange à exploração sexual da
mulher escrava.
e) que a escravidão no contexto da Assembleia Geral
Constituinte de 1823, não despertou qualquer debate
sobre a condição do escravo no Brasil.

7
[PROVA DE CIÊNCIAS HUMANAS E SUAS TECNOLOGIAS & PROVA DE CIÊNCIAS DA NATUREZA E SUAS TECNOLOGIAS]

GEOGRAFIA A respeito do contexto em que se inserem as


Grandes Guerras Mundiais do século XX, considere
16. (UESPI) O período subseqüente à grande I, II e III a seguir.
crise de 1929, ocasionada, sobretudo, pela
superprodução desordenada, levou os I. Os conflitos econômicos, sociais e ideológicos entre as
Estados Unidos a um abrangente projeto de principais potências capitalistas, tanto no período
obras públicas implantado pelo Governo anterior a 1914, quanto naquele que antecede à
Roosevelt, conhecido como “New Deal”. Segunda Guerra, levaram à disputa imperialista e à
Sobre esse programa, é correto afirmar que: corrida armamentista.
II. Nas origens dos dois grandes conflitos mundiais,
1. foi inspirado na teoria do economista J. Mainard podemos identificar a intensificação da propaganda
Keynes, que defendia uma ampla participação do Estado nacionalista e a formação de um sistema de alianças
nas questões de ordem socioeconômica e política. político-militares entre as nações imperialistas.
2. o mercado é que deveria se sobrepor ao Estado III. Nas duas guerras, o conflito armado entre as
Nacional com relação ao planejamento e às diretrizes potências imperialistas, apesar do pesado custo em
socioeconômicas e políticas. termos de vítimas, conseguiu solucionar os problemas
3. foi inspirado no Plano Marshall, que objetivava econômicos, as divergências e os ressentimentos entre
expandir os ideais de consumo e de liberdade de as nações beligerantes.
mercado.
Desse modo,
Está (ão) correta(s): a) somente I está correta.
b) somente II está correta.
a) 1 apenas c) somente III está correta.
b) 2 apenas d) somente II e III estão corretas.
c) 1 e 3 apenas e) somente I e II estão corretas.
d) 2 e 3 apenas
e) 1, 2 e 3 18. (PUCSP) Apesar de os combates da Segunda
Guerra, ocorrida entre 1939 e 1945, terem
17. (MACKENZIE) transcorrido principalmente na Europa e no
Oceano Pacífico, ela pode ser considerada
“Morrer pela Pátria, pela Ideia! [...] Não, isso é fugir “mundial”, pois
da verdade. Mesmo no front, matar é que é
importante [...] Morrer não é nada, isso não existe. a) os países participantes envolveram suas colônias
Ninguém pode imaginar sua própria morte. Matar é o americanas, africanas e asiáticas nos conflitos e
importante. Essa é a fronteira a ser cruzada. Sim, estenderam as ações armadas a todos os continentes e
esse é um ato concreto de vontade. Porque aí você oceanos.
torna sua vontade viva na de outro homem.” b) não era possível a nenhum país manter-se neutro
diante do choque entre os membros do Eixo (Alemanha,
Da carta de um jovem voluntário da República Social Itália e Japão) e os Aliados (liderados por Inglaterra e
Fascista, de 1943 França).
c) os seus efeitos políticos e econômicos atingiram as
diversas partes do planeta e provocaram alterações
importantes nas relações internacionais, durante e após
os conflitos.

8
[PROVA DE CIÊNCIAS HUMANAS E SUAS TECNOLOGIAS & PROVA DE CIÊNCIAS DA NATUREZA E SUAS TECNOLOGIAS]

d) todos os países do Ocidente tiveram parte de sua


população envolvida nos confrontos e computaram 21. (UFAL) A Revolução Russa de 1917 é
mortos e feridos durante o conflito e mesmo após seu considerada um dos episódios mais
desfecho. importantes da história do século XX.
e) os únicos países que se mantiveram afastados da luta Também reconhecida como Revolução
foram Estados Unidos e União Soviética, as chamadas Socialista Russa, ela exerceu considerável
superpotências, que representavam a força do influência na vida de centenas de milhões de
capitalismo e do socialismo. seres humanos. Sobre esse tema, analise as
afirmações a seguir.
19. (UFOP) Os anos trinta do século XX foram
marcados pela depressão econômica, 1) O cenário desolador composto na Rússia após sua
decorrente da crise da Bolsa de Nova Iorque. desastrosa participação na Primeira Guerra Mundial
Sobre as consequências políticas dessa emoldurou o quadro da Revolução de 1917.
depressão, assinale a alternativa CORRETA: 2) A disputa entre russos e japoneses pela posse dos
territórios da Coréia e da Manchúria constituiu uma das
a) Houve o desenvolvimento de políticas econômicas motivações imediatas para se deflagrar a Revolução.
baseadas no livre comércio e independentes do Estado, 3) Os partidos de esquerda que se encontravam na
como o New Deal dos EUA. clandestinidade ressurgiram na conjuntura
b) Ocorreu, em toda a Europa, a consolidação do revolucionária, fazendo eco às exigências de derrubada
pluripartidarismo e da autonomia dos parlamentos, em da monarquia russa.
prejuízo do Poder Executivo. 4) Os Bolcheviques liderados por Lênin preferiam adotar
c) Houve o fortalecimento das democracias liberais e o estratégias de negociação, mas foram vencidos pelo
desenvolvimento de políticas de defesa dos direitos civis. bloco liderado por Trotski.
d) Ocorreu o crescimento de regimes totalitários, 5) Os soldados russos encarregados de conter os
acompanhado de ênfase na propaganda nacionalista e movimentos grevistas aderiram a eles, desobedecendo
de aumento do poder repressivo. às ordens dos generais czaristas.

20. PUC-PR-CURSOS SUPERIORES DE Estão corretas apenas:


TECNOLOGIA) A Europa da passagem do
século XIX para o XX viveu um período de a) 1, 2 e 3
conflitos que levaram à eclosão da Primeira b) 1, 3 e 4
Guerra Mundial em 1914. Nesse período, c) 1, 4 e 5
formam-se as chamadas políticas de d) 1, 3 e 5
alianças, que resultaram em duas grandes e) 2, 4 e 5
coligações: a Tríplice Aliança e a Tríplice
Entente.

Marque a alternativa que completa CORRETAMENTE


os países que formavam a Tríplice Entente:

a) Grã-Bretanha, França e Rússia.


b) Grã-Bretanha, Estados Unidos e França.
c) Alemanha, França e Rússia.
d) Rússia, Alemanha e Grã-Bretanha.
e) Império Austro-Húngaro, Alemanha e Itália.

9
[PROVA DE CIÊNCIAS HUMANAS E SUAS TECNOLOGIAS & PROVA DE CIÊNCIAS DA NATUREZA E SUAS TECNOLOGIAS]

22. (UFRN) As ideias de diversas correntes 24. (IFSP) Em seu discurso de posse, em 1933, o
marxistas deram as bases teóricas das presidente dos EUA, Franklin Delano
grandes revoluções políticas no século XX: a Roosevelt, tentou encorajar seus
Revolução Russa de 1917, a Revolução compatriotas: “O único medo que devemos
Chinesa de 1949 e a Revolução Cubana de ter é do próprio temor.Uma multidão de
1959. cidadãos desempregados enfrenta o grave
problema da subsistência e um número
Nos três exemplos citados, a inspiração marxista igualmente grande recebe pequeno salário
pode ser identificada pelo seu trabalho.Somente um otimista pode
negar as realidades sombrias do momento.”
a) no Anarquismo, que propunha a destruição da
propriedade privada e a abolição das hierarquias dentro O problema que atemorizava os EUA, cujos efeitos
do Estado, e que serviu de base norteadora para essas foram desemprego e baixos salários, referido pelo
revoluções. presidente Roosevelt, era:
b) no combate ao Capitalismo, visando à formação de a) a Primeira Guerra Mundial, em que os EUA lutaram
um mundo novo, que aboliria a desigualdade social e ao lado da Tríplice Entente contra a Tríplice Aliança,
integraria o proletariado no cenário da política. obtendo a vitória após três anos de combate. Entretanto,
c) na forte vinculação existente entre as propostas dos a vitória não trouxe crescimento econômico, mas, sim,
revolucionários e aquelas defendidas pelo Liberalismo, desemprego e fome.
sobretudo a defesa dos interesses dos trabalhadores. b) a Segunda Guerra Mundial, quando os norte-
d) na condução do processo revolucionário por um americanos lutaram ao lado dos Aliados contra o Eixo
conjunto de partidos políticos defensores do Socialismo, nazifascista. Embora vencedores, o ônus financeiro da
sob lideranças camponesas, mas com frágil repercussão guerra foi muito pesado.
no proletariado. c) a Guerra do Vietnã, quando os EUA apoiaram o Vietnã
do Sul contra o avanço comunista do Vietnã do Norte ,
23. (PUCRS) A partir de 1933, o governo de F. D. tendo gasto milhões de dólares em uma guerra
Roosevelt, nos Estados Unidos, pôs em infrutífera.
marcha uma série coordenada de ações nas d) a depressão de 1929, causada pela existência de uma
áreas social e econômica, conhecida como superprodução, acompanhada de um subconsumo, crise
New Deal, para fazer frente à depressão que típica de um Estado Liberal.
se estabelecera no país e no mundo e) a primeira Guerra do Golfo, quando o Iraque invadiu o
capitalista a partir de 1929. Uma das Kuwait e os EUA , na defesa de seus interesses
principais ações do New Deal para superar a petrolíferos, invadiram o Iraque na defesa de seu
crise foi pequeno estado aliado.

a) a extinção do financiamento do seguro social pelo


Banco Central norte-americano.
b) a intervenção legislativa do Estado nas relações
capital-trabalho.
c) o fortalecimento do padrão ouro através da diminuição
do papel-moeda circulante.
d) o ajuste das contas públicas por meio da supressão
de obras como estradas e hidrelétricas.
e) o corte de subsídios à agricultura, visando a tornar a
produção do setor mais competitiva.

10
[PROVA DE CIÊNCIAS HUMANAS E SUAS TECNOLOGIAS & PROVA DE CIÊNCIAS DA NATUREZA E SUAS TECNOLOGIAS]

25. (FACID) “Dia 24 de Outubro de 1929 foi a quinta-feira em que a Bolsa de Valores de Nova York quebrou, o
dia que oficialmente começou a Crise de 29. Esse fato levou o mundo inteiro à crise, especialmente os
Estados Unidos.

A quebra da bolsa de valores de Nova York resultou numa crise econômica sem precedentes na história dos Estados
Unidos da América, culminando com a Grande Depressão. Vários fatores contribuíram para desencadear essa
crise, EXCETO:

a) as intervenções do Estado no mercado de ações contribuíam para a baixa dos preços das ações na bolsa de valores,
provocando a quebra de Wall Street.
b) a compressão dos salários da massa trabalhadora dos Estados Unidos limitava e diminuía o consumo interno,
provocando crescentes acúmulos de estoques.
c) a recuperação da produção européia voltava a concorrer nos mercados internacionais com os industriais norte-
americanos, encolhendo o mercado externo para os EUA.
d) a superprodução agrícola, que foi resultante da modernização no campo e da grande oferta de produtos agrícolas,
provocou a queda dos preços e o endividamento dos agricultores.
e) o aumento constante do ritmo de produção da indústria norte-americana acompanhado do subconsumo interno e das
limitações externas contribuíam para a crise de superprodução.

11
[PROVA DE CIÊNCIAS HUMANAS E SUAS TECNOLOGIAS & PROVA DE CIÊNCIAS DA NATUREZA E SUAS TECNOLOGIAS]

26. (UPF) Leia alguns dos artigos do Tratado de diferentes eventos. Alguns analistas
Versalhes. comparam parte de seus efeitos com aqueles
decorrentes da crise da primeira metade do
Art. 45 – (...) a Alemanha cede à França a propriedade século XX marcada pela _____________. Ao
absoluta, com direitos exclusivos de exploração, contrário da precedente, a atual crise não
desimpedidos e livres de todas as dívidas e pode ser marcada por um único evento, mas
despesas de qualquer tipo, as minas de carvão sim eventos, como, por exemplo, o estouro
situadas na bacia do rio Sarre. da “bolha da internet” (Índice Nasdaq), em
Art. 119 – A Alemanha renuncia em favor do Principal 2001, a quebra de bancos de investimentos
Aliado e das Potências Associadas todos os seus importantes nos EUA, em 2008, dentre
direitos e títulos sobre as possessões de ultramar. outros. Em suas diferenças e
Art. 198 – As forças armadas da Alemanha não especificidades, porém, pode-se afirmar que
devem incluir quaisquer forças militares ou navais. ambas as crises são _____________ e
Art. 232 – Os Governos Aliados e Associados exigem geraram _____________. Igualmente que
e a Alemanha promete que fará compensações por afetaram, sem precedentes, a economia de
todos os danos causados à população civil das diferentes países, sendo grande parte por
Potências Aliadas e Associadas e a sua propriedade causa da ______________.
durante o período de beligerância de cada uma.
Assinale a alternativa que preenche corretamente os
(MARQUES, Adhemar; BERUTTI, Flávio; FARIA, espaços em branco, na sequência estabelecida, com
Ricardo. História Contemporânea através de textos. as respectivas informações que se integram ao
São Paulo: Contexto, 2008, p. 115-117) contexto.

A partir da leitura dos artigos transcritos, a) crise dos suprimes – nacionais – superinflação – crise
é correto afirmar que o Tratado de Versalhes: das moedas como dólar e o euro
a) encerrou a Segunda Guerra Mundial, fazendo com b) quebra da Bolsa de Valores de Nova Iorque, em 1929
que a Alemanha perdesse as colônias ultramarinas para – mundiais – recessão – interdependência entre os
os países Aliados. mercados
b) extinguiu a Liga das Nações, propondo a criação da c) Primeira Guerra Mundial, em 1914 – mundiais – guerra
Organização das Nações Unidas (ONU), em 1945, com – indústria armamentista
o objetivo de preservar a paz mundial. d) crise do café no Brasil, em 1929 – regionais –
c) estimulou a competição econômica e colonial entre os crescimento – comodities
países europeus, resultando na Primeira Guerra e) quebra da Bolsa de Valores de Nova Iorque, 1929 –
Mundial. diferentes, pois uma era local e outra mundial – medo do
d) permitiu que as potências aliadas dividissem a comunismo e agora medo do esfacelamento da União
Alemanha, no fim da Segunda Guerra Mundial, em Européia – crise política e econômica na Europa e EUA
quatro zonas de ocupação: francesa, britânica,
americana e soviética. 28. (UNISINOS) “A essência da visão pessoal de
e) impôs duras sanções à Alemanha, no final da Primeira mundo de Hitler compreendia a crença na
Guerra Mundial, fazendo ressurgir um nacionalismo história co- mo uma luta racial, o anti-
exacerbado e reorganizando as forças políticas do país. semitismo radical, a convicção de que o
futuro da Alemanha só poderia ser garantido
27. (UDESC) O início do século XXI vem sendo através da conquista de Lebensraum
marcado por uma grave crise financeira e (“espaço vital”) à custa da Rússia, e a união
econômica mundial, culminada por de todas essas linhas de pensamento na

12
[PROVA DE CIÊNCIAS HUMANAS E SUAS TECNOLOGIAS & PROVA DE CIÊNCIAS DA NATUREZA E SUAS TECNOLOGIAS]

noção de uma luta de vida ou morte, até o d) trata-se de uma crise que provocou o colapso da
fim, contra o marxismo – personificado, da economia dos países capitalistas. No caso dos Estados
maneira mais concreta, no ‘bolchevismo Unidos, marcou o fim do clima de prosperidade da
judaico’ da União Soviética”. década de 1920, caracterizado pelo grande crescimento
da produção.
(KERSHAW, Ian. Hitler. Um perfil do poder. Rio de e) a crise econômica que aconteceu no final da década
Janeiro: Jorge Zahar, 1993, p. 25.) de 1920 abalou seriamente os países capitalistas, entre
eles a Rússia. Assim, essa crise foi uma das principais
Que circunstâncias históricas do início do século XX causas da revolução russa, que implantou o comunismo
podem ser associadas ao surgimento e desenvolvimento naquele país.
dessas ideias, na Alemanha?
30. (UPF) Após a Primeira Guerra Mundial os
a) 1a Guerra Mundial – Tratado de Versalhes – Estados Unidos da América destacaram-se
Revolução Russa. no contexto internacional como um dos
b) Guerra Franco-Prussiana – Imperialismo – Crise do vencedores do conflito e como principal país
Capitalismo. industrial do mundo. Sua riqueza
c) 2a Guerra Mundial – Criação da ONU – Divisão da contrastava com a Europa, devastada com o
Alemanha. conflito e ainda buscando sua reconstrução.
d) República de Weimer – Sionismo – Guerra Fria. Todavia, a prosperidade dos anos 1920 não
e) Crise de 1929 – Criação do Estado de Israel – Guerra duraria muito para os estadunidenses. Em
Árabe-Israelense. 1929 a queda brusca dos valores das ações
negociadas na Bolsa de Nova York
29. (UNIOESTE) “No final da década de 20, desencadeou uma das mais graves crises do
ocorreu uma das maiores crises vividas pelo capitalismo mundial. Sobre o contexto
capitalismo: a Grande Depressão. Este mencionado acima é correto afirmar que:
fenômeno foi determinado por uma crise de
superprodução que atingiu todos os países a) a Primeira Guerra Mundial foi muito vantajosa para os
capitalistas.” estadunidenses, pois, para suprir a demanda de
produtos e alimentos da Europa em guerra, os EUA
MARQUES, Adhemar; BERUTTI, Flávio; FARIA, tiveram sua indústria ampliada, diversificada e
Ricardo. História Contemporânea Através de Textos. consolidada.
11a edição. São Paulo: Contexto, 2005. p. 155. b) as vendas de produtos foram estimuladas pela oferta
de crédito facilitado e de parcelamento das compras de
Tendo por base o fragmento transcrito acima, sobre bens duráveis.
a crise de 1929, é correto afirmar que c) a situação de depressão econômica nos EUA
começou a ser diminuída com a eleição do democrata
a) a crise de 1929 não afetou a economia brasileira, pois Franklin Delano Roosevelt e a posterior implantação do
naquela época o Brasil ainda não era um país capitalista. New Deal (Novo Acordo).
b) somente os países capitalistas europeus foram d) o cotidiano dos cidadãos norte-americanos foi
afetados pela crise de 1929. Os Estados Unidos bruscamente alterado pela crise iniciada em 1929. A
evitaram a eclosão da crise com a implantação do New Cruz Vermelha organizava filas para a distribuição de
Deal. comida e roupas, em um contraste com o anunciado
c) trata-se de uma crise de superprodução que afetou american way of life (estilo de vida americano), que tinha
apenas as indústrias dos países capitalistas. Como na como pressupostos o consumismo e o liberalismo
época a economia brasileira baseava-se na produção de econômico.
café, o Brasil não foi afetado pela crise. e) todas as alternativas estão corretas.

13
[PROVA DE CIÊNCIAS HUMANAS E SUAS TECNOLOGIAS & PROVA DE CIÊNCIAS DA NATUREZA E SUAS TECNOLOGIAS]

Democracia é um sistema em que as pessoas de um


SOCIOLOGIA país podem participar da vida política. Esta participação
pode ocorrer através de eleições, plebiscitos e
31. (Enem 2012) Leia. referendos. Numa democracia, as pessoas possuem
liberdade de expressão e podem manifestar suas
Minha vida é andar opiniões. Por isso mesmo, embora com sentidos
Por esse país distintos, política e democracia se complementam.
Pra ver se um dia A democracia é a melhor forma de governo e de poder,
Descanso feliz mas poucas pessoas fazem da política um instrumento
Guardando as recordações de cidadania. Muitos preferem, ou assim lhes foi
Das terras onde passei ensinado, que política e democracia são um mero ritual
Andando pelos sertões de escolha, através das eleições. Neste sentido, a
E dos amigos que lá deixei política distanciou-se da vida cotidiana e real; parece
mais um espetáculo midiático a que nos submetemos a
GONZAGA, L.; CORDOVIL, H. A vida de viajante, 1953. cada dois anos em nosso país.
Disponível em: www.recife.pe.gov.br. Acesso em: 20 fev. Ouso afirmar que nossa apatia política colabora muito
2012 (fragmento). para elevar os custos e determinar a qualidade de nossa
democracia. Como abrimos mão de participar ativa e
A letra dessa canção reflete elementos identitários que cotidianamente das decisões tomadas pelos políticos
representam a envolvendo os destinos de nossas cidades — o que nos
a) valorização das características naturais do Sertão garantiria estar por dentro dos processos -, acabamos
nordestino. submetidos aos espetáculos de marketing midiático. Dá
b) denúncia da precariedade social provocada pela para imaginar como seria uma campanha sem o largo
seca. uso da mídia (rádios, televisão, impressos,…)? Como
c) experiência de deslocamento vivenciada pelo conheceríamos as propostas e os candidatos que se
migrante. dispõem a nos representar?
d) profunda desigualdade social entre as regiões A consequência direta da participação efetiva e
brasileiras. permanente das pessoas nas questões que envolvem a
e) discriminação dos nordestinos nos grandes centros política e a sociedade será a relativização dos
urbanos. espetáculos midiáticos que envolvem as campanhas
políticas, uma vez que não precisaremos mais tanto
32. (ENEM 2012) Valor e preço da democracia deles para subsidiar nossas escolhas. A política e a
democracia, com participação, serão mais autênticas e
Se o bem maior da nossa sociedade é a democracia mais fidedignas com a realidade. O preço pela
porque pagamos tão caro por ela? Se a liberdade de democracia é a nossa participação, não a nossa apatia!
expressão e comunicação é de tão significativo valor, PIES, Nei Alberto. Sul 21. Disponível em:
porque se impõem tantas dificuldades para a gente se www.sul21.com.br/20012/09
comunicar? Por que custam tanto as campanhas
políticas se as mesmas visam subsidiar nossas
escolhas, tendo em vista diferentes projetos em disputa
na sociedade? Por que a democracia cobra seu preço?
Quando chegaremos a concluir que, para que a
democracia aconteça, todos tem de pagar um preço?
É importante recordar que democracia, como outros
tantos valores da sociedade, nasceu do grego
demo=povo e cracia=governo, ou seja, governo do povo.

14
[PROVA DE CIÊNCIAS HUMANAS E SUAS TECNOLOGIAS & PROVA DE CIÊNCIAS DA NATUREZA E SUAS TECNOLOGIAS]

O texto discute a relação entre política, democracia e


participação no Brasil. Com base nas argumentações do
autor, é correto afirmar que:

a) A participação política dos cidadãos é tão efetiva


que dispensa a utilização dos recursos
midiáticos nas campanhas, reduzindo o custo
delas.
b) O custo alto das campanhas está diretamente
relacionado à falta de participação efetiva dos
cidadãos na política, o que torna as eleições um
espetáculo de mídia.
c) A participação política dos cidadãos deve ser
restrita às eleições, que são o momento mais
importante da vida democrática.
d) Numa democracia as pessoas devem guardar
suas opiniões apenas para si, para evitar
conflitos e discussões que nada resolvem.
e) A democracia brasileira, e em particular o
processo eleitoral, tem-se revelado um sistema
que não precisa ser aperfeiçoado.

33. O cartum, publicado em 1932, ironiza as consequências sociais das constantes prisões de Mahatma Gandhi pelas
autoridades britânicas, na Índia, demonstrando

a) a ineficiência do sistema judiciário inglês no território indiano.


b) o apoio da população hindu à prisão de Gandhi
c) o caráter violento das manifestações hindus frente à ação inglesa.
d) a impossibilidade de deter o movimento liderado por Gandhi.
e) a indiferença das autoridades britânicas frente ao apelo popular hindu.

15
[PROVA DE CIÊNCIAS HUMANAS E SUAS TECNOLOGIAS & PROVA DE CIÊNCIAS DA NATUREZA E SUAS TECNOLOGIAS]

34. (Unicentro 2012) A vida política não acontece apenas dentro do esquema ortodoxo dos partidos políticos, da
votação e da representação em organismos legislativos e governamentais. O que geralmente
ocorre é que alguns grupos percebem que esse esquema impossibilita a concretização de seus objetivos ou ideais, ou
mesmo os bloqueia efetivamente. [...] Às vezes, a mudança política e social só pode ser realizada recorrendo-se a formas
não ortodoxas de ação política.

GIDDENS, A. Sociologia. 4. ed. Tradução Sandra Regina Netz. Porto Alegre : Artmed, 2008.

Há um tipo comum de atividade política não ortodoxa, que busca promover um interesse comum ou assegurar uma meta
comum através de ações fora das esferas institucionais, que se chama de

a) interação social.
b) mobilidade lateral.
c) movimento social.
d) princípio preventivo.
e) movimento de acomodação urbana

35. (Unicentro 2011) Os novos movimentos sociais são diferentes das ações coletivas de antes, por eles politizarem
a esfera privada e tornarem públicas as problemáticas das minorias sociais. Assim, dentre esses movimentos,
destacam-se aqueles que

a) envolvem negros, indígenas, sem-terra e sem-teto.


b) determinam a opinião pública sobre as questões ecológicas.
c) produzem discussões locais e regionais, não abarcando questões globais.
d) se desenvolvem a partir do controle do Estado e dos partidos políticos.
e) realizam pressão política, apoiando contestação da política econômica, e lutam por melhores salários.

36. (Unioeste 2011) Os conflitos sociais gerados durante o desenvolvimento do capitalismo promoveram o
nascimento de um conjunto de movimentos sociais ao longo da história contemporânea. No intuito de
problematizar e transformar a realidade vivida movimentos de trabalhadores da cidade e do campo surgiram no
mundo todo, exigindo respostas às dificuldades existentes e melhorias nas condições de vida da população.
Contudo, tais movimentos sofreram muitas modificações nas últimas décadas. Sobre isso é incorreto afirmar que

a) com o fortalecimento da democracia e da participação popular nas eleições representativas os movimentos sociais
perderam importância, pois é o voto o único e o verdadeiro canal de participação política da população.
b) o fim do bloco soviético e a crise nos partidos de esquerda promoveram um refluxo ideológico nos movimentos sociais,
que gradativamente abandonaram a perspectiva revolucionaria em defesa da colaboração com o Estado e com as elites
dirigentes.
c) o fortalecimento de outros canais de reivindicação, como a televisão e a internet, enfraqueceu umas das funções
primordiais dos movimentos sociais, que era de deixar público as necessidades de comunidades especificas.
d) embora existam inúmeros movimentos sociais no Brasil, o Movimento Sem Terra continua a ser o mais significativo,
devido ao número de pessoas que representa e as suas formas de luta.
e) no mundo contemporâneo, as organizações não governamentais vêm dividindo espaço com os movimentos sociais
nos processos de divulgação dos diferentes problemas sociais e também na representação popular.

16
[PROVA DE CIÊNCIAS HUMANAS E SUAS TECNOLOGIAS & PROVA DE CIÊNCIAS DA NATUREZA E SUAS TECNOLOGIAS]

37. (Uel 2007) O quadro abaixo, criado pelo italiano Giuseppe Pellizza, é uma expressiva representação da
emergência dos movimentos sociais no final do século XIX, ao mostrar uma multidão de trabalhadores que,
determinadamente, avança para reivindicar seus direitos. Esse fenômeno de desenvolvimento das organizações
coletivas, como o movimento sindical e os partidos políticos, teve início na Europa e Estados Unidos do século
XIX, espalhando-se por todo o mundo ocidental.

Qual das afirmativas abaixo corresponde às condições sociais daquele período?

a) A rígida estratificação social impedia que os camponeses procurassem trabalho fora dos limites feudais.
b) A estagnação do setor econômico-produtivo, centralizado num mundo agrário incapaz de atender às necessidades
humanas de subsistência.
c) Leis trabalhistas que reconheciam os direitos dos homens, mulheres e crianças.
d) As péssimas condições de vida dos mais pobres, com longas jornadas de trabalho e precárias condições de
habitação.
e) A expansão dos governos democráticos, abertos à participação popular e à inclusão dos mais pobres na política.

FILOSOFIA e) Nietzsche segue a mesma forma de pensar a


metafísica proposta por Platão e Aristóteles.
38. (Ufsj 2013) Na filosofia de Friedrich Nietzsche, é
fundamental entender a crítica que ele faz à 39. (Ufsj 2012) Nietzsche identificou os deuses
metafísica. Nesse sentido, é CORRETO afirmar gregos Apolo e Dionísio, respectivamente, como
que essa crític
a) complexidade e ingenuidade: extremos de um mesmo
a) tem o sentido, na tradição filosófica, de segmento moral, no qual se inserem as paixões
contentamento, plenitude. humanas.
b) é a inauguração de uma nova forma de pensar sem b) movimento e niilismo: polos de tensão na existência
metafísica através do método genealógico. humana.
c) é o discernimento proposto por Nietzsche para levar à c) alteridade e virtu: expressões dinâmicas de
supressão da tendência que o homem tem à intervenção e subversão de toda moral humana.
individualidade radical. d) razão e desordem: dimensões complementares da
d) pressupõe que nenhum homem, de posse de sua realidade.
razão, tem como conceber uma metafísica qualquer, que
não tenha recebido a chancela da observação.

17
[PROVA DE CIÊNCIAS HUMANAS E SUAS TECNOLOGIAS & PROVA DE CIÊNCIAS DA NATUREZA E SUAS TECNOLOGIAS]

e) Para Nietzsche são dimensões contrarias, onde para


o filosofo do niilismo, o espírito apolínio sobrepõe-se ao 42. (Ueg 2011) No século XIX, o filósofo alemão
dionisíaco. Friedrich Nietzsche vislumbrou o advento do
“super-homem” em reação ao que para ele era
40. Nietzsche empreendeu uma Genealogia da a crise cultural da época. Na década de 1930, foi
moral, com a qual desejou mostrar que os criado nos Estados Unidos o Super-Homem, um
valores da tradição judaico-cristã eram dos mais conhecidos personagens das histórias
basicamente niilistas. No prólogo do livro, em quadrinhos. A diferença entre os dois “super-
Nietzsche enuncia sua nova exigência, segundo homens” está no fato de Nietzsche defender que
a qual: o super-homem

a) Será preciso descobrir a verdade dos valores morais. a) agiria de modo coerente com os valores pacifistas,
b) O próprio valor dos valores morais deverá ser repudiando o uso da força física e da violência na
questionado. consecução de seus objetivos.
c) A vontade de vingança deverá operar contra a b) expressaria os princípios morais do protestantismo,
metafísica. em contraposição ao materialismo presente no herói dos
d) Os fracos deverão ser protegidos da vontade dos quadrinhos.
fortes. c) abdicar-se-ia das regras morais vigentes,
e) A vontade de saber deverá prevalecer sobre todas as desprezando as noções de “bem”, “mal”, “certo” e
outras. “errado”, típicas do cristianismo.
d) representaria os valores políticos e morais alemães, e
41. A chamada Escola de Frankfurt marcou a não o individualismo pequeno burguês norte-americano.
Filosofia da primeira metade do século XX, e) O Super-Homem dos quadrinhos teve uma inspiração
tendo como temática chave a(o) direta na concepções e formulação de ideias propostas
pelo filósofo.
A) desestruturação das ideias herdadas do materialismo
histórico. 43. A frase de Nietzsche “o que não me mata, me
B) crítica da razão em moldes pós-estruturalistas. fortalece” pode ser entendida como:
C) reestruturação do socialismo francês do século XIX.
D) dilema entre a ética e as políticas públicas liberais. a) Aquilo que não é capaz de aniquilar a
E) crítica da indústria cultural e do capitalismo. existência do homem não é de todo o mal,
por mais que pensemos assim. O
sofrimento, o prejuízo, a dor, enfim os
sentimentos considerados negativos pela
sociedade podem ajudar o ser humano a se
conhecer e a se fortalecer diante da vida. É
possível sempre tirar algo de positivo em
meio aos problemas, por mais difíceis que
sejam. Mas apenas as pessoas fortes são
capazes de fazê-los.
b) Significa crer que Deus não permitirá que
algo de tão ruim abale a vida do fiel. Deus
está no comando e ele sabe o quanto o ser
humano pode suportar.

18
[PROVA DE CIÊNCIAS HUMANAS E SUAS TECNOLOGIAS & PROVA DE CIÊNCIAS DA NATUREZA E SUAS TECNOLOGIAS]

c) Significa dizer que não existe vida sem


sofrimentos e que cabe ao ser humano 45. (UEL – 2006) “A indústria cultural vende Cultura.
ignorá-los ou se anestesiar diante deles, Para vendê-la, deve seduzir e agradar o
procurando na imagem divina uma válvula consumidor. Para seduzi-lo e agradá-lo, não
de escape para aliviar a sua dor. pode chocá-lo, provocá-lo, fazê-lo pensar, fazê-
d) É ter fé de que nem sempre os problemas lo ter informações novas que perturbem, mas
são tão ruins. E quanto mais brandos forem deve devolver-lhe, com nova aparência, o que
eles, mais a pessoa poderá se desenvolver ele sabe, já viu, já fez. A ‘média’ é o senso-
como ser humano. comum cristalizado que a indústria cultural
e) Para Nietzsche a fé é um elemento devolve com cara de coisa nova [...]. Dessa
indispensável para quem deseja viver para maneira, um conjunto de programas e
Deus. A fé torna o cristão mais forte, publicações que poderiam ter verdadeiro
capacitando-o a suportar as adversidades e significado cultural tornam-se o contrário da
equipando-o a viver uma vida que agrada ao Cultura e de sua democratização, pois se
Senhor. dirigem a um público transformado em massa
inculta, infantil, desinformada e passiva”.
44. A moral de rebanho é: (CHAUÍ, Marilena. Filosofia. 7. ed. São Paulo:
Ática, 2000. p. 330-333.) Com base no texto e
I. A moral cristã. nos conhecimentos sobre meios de
II. A moral geradora de resentimentos e culpas. comunicação e indústria cultural, considere as
III. A moral fundada na aceitação do sofrimento, da afirmativas a seguir. I. Por terem massificado
renúncia, do altruísmo, da piedade, típicos da moral dos seu público por meio da indústria cultural, os
fracos. meios de comunicação vendem produtos
IV. A moral que resgata a dimensão dionisíaca e homogeneizados. II. Os meios de comunicação
favorece o desenvolvimento autêntico do ser humano. vendem produtos culturais destituídos de
V. A moral que favorece o desenvolvimento do ser matizes ideológicos e políticos. III. No contexto
humano, respeitando as dimensões dionisíaca e da indústria cultural, por meio de processos de
apolínea, reconhecendo como válidos os seus desejos e alienação de seu público, os meios de
vontades e não os entendendo como pecado ou algo que comunicação recriam o senso comum enquanto
deva ser condenado. novidade. IV. Os produtos culturais com efetiva
capacidade de democratização da cultura
Estão corretas as afirmativas: perdem sua força em função do poder da
indústria cultural na sociedade atual. Estão
a) I, II, IV e V. corretas apenas as afirmativas:
b) I, II, III e IV.
c) I, II e III. a) I e II.
d) I, II e V. b) I e III.
e) I, II. c) II e IV.
d) I, III e IV.
e) II, III e IV.

19
[PROVA DE CIÊNCIAS HUMANAS E SUAS TECNOLOGIAS & PROVA DE CIÊNCIAS DA NATUREZA E SUAS TECNOLOGIAS]

BIOLOGIA

46. Aparelho digestivo ou sistema digestório, como recomenda a nova nomenclatura, é composto de uma série de
órgãos tubulares interligados, formando um único tubo que se estende desde a boca até o ânus.
Alguns órgãos que compõem esse sistema estão evidenciados na figura abaixo. Observe-a:

Considerando a figura e o assunto abordado, analise as alternativas abaixo e assinale a QUE REPRESENTA o órgão em
que é produzida a enzima pepsina.

a) II
b) III
c) IV
d) I
e) N.R.A

20
[PROVA DE CIÊNCIAS HUMANAS E SUAS TECNOLOGIAS & PROVA DE CIÊNCIAS DA NATUREZA E SUAS TECNOLOGIAS]

47. Uma pessoa fez uma refeição da qual


constavam as substâncias I, II e III. Durante a 49. Relacione as informações de acordo com as
digestão ocorreram os seguintes processos: na letras dos órgãos identificados a esquerda:
boca iniciou-se a digestão de II; no estômago
iniciou-se a digestão de I e a de III foi (XXX) Tubo de aproximadamente 3
(a) Faringe
interrompida; no duodeno ocorreu digestão das metros enrolado no abdômen.
três substâncias. Com base nesses dados, é (XXX) Recebe os alimentos vindos do
possível afirmar corretamente que I, II e III são, (b) Esôfago
esôfago.
respectivamente, (XXX) Contém os restos de alimentos
(c) Estômago que serão eliminados na forma de
a) carboidrato, proteína e lipídio. fezes.
b) proteína, carboidrato e lipídio. (d) Intestino (XXX) Órgão que leva o alimento da
c) lipídio, carboidrato e proteína. delgado boca ao esôfago.
d) carboidrato, lipídio e proteína. (e) Intestino (XXX) Conduz os alimentos da
e) proteína, lipídio e carboidrato. grosso faringe até o estômago.
(XXX) Onde ocorrem os processos de
48. Na praça de alimentação de um “Shopping (f) Boca
mastigar, triturar e moer os alimentos
Center”, um jovem casal resolveu lanchar. O
rapaz comeu um sanduíche de carne bovina,
A) D, C, E, A, B, F
ovo frito, bacon e queijo e tomou um
B) E, A, B, F, C, D
refrigerante. A moça comeu um pedaço de pizza
C) D, A, C, F, E, B
de rúcula e tomou suco natural.
D) A, B, C, D, E, F
E) B, C, D ,E ,F, A
Analise as afirmativas abaixo e assinale a alternativa que
indica as corretas.
50. Quando se come um cozido, as batatas e a
carne começam a ser digeridas,
I. O pão do sanduíche do rapaz começou a ser digerido
respectivamente:
quimicamente no estômago.
II. O processo digestivo da refeição da moça teve início
a) No estômago e na boca.
na boca, pois era rica em carboidratos.
b) Na boca e no estômago.
III. O rapaz necessitou de maiores quantidades de
c) Na boca e no duodeno.
pepsina e tripsina para concluir a sua digestão.
d) No estômago e no duodeno.
IV. O intestino delgado não é o local que ocorre o final
e) no duodeno e no estômago.
da digestão das proteínas, lipídios e carboidratos.

a) I e III.
b) I, III e IV.
c) II e III.
d) II, III e IV.
e) III e IV.

21
[PROVA DE CIÊNCIAS HUMANAS E SUAS TECNOLOGIAS & PROVA DE CIÊNCIAS DA NATUREZA E SUAS TECNOLOGIAS]

(C) o corpo anelado é uma característica fortemente


51. Alguns anfíbios e répteis são adaptados à vida adaptativa, mas seria transmitida apenas à primeira
subterrânea. Nessa situação, apresentam geração de descendentes.
algumas características corporais como, por (D) as patas teriam sido perdidas pela falta de uso e, em
exemplo, ausência de patas, corpo anelado que seguida, essa característica foi incorporada ao
facilita o deslocamento no subsolo e, em alguns patrimônio genético e então transmitida aos
casos, ausência de olhos. Suponha que um descendentes.
biólogo tentasse explicar a origem das (E) as características citadas no texto foram adquiridas
adaptações mencionadas no texto utilizando por meio de mutações e depois, ao longo do tempo,
conceitos da teoria evolutiva de Lamarck. Ao foram selecionadas por serem mais adaptadas ao
adotar esse ponto de vista, ele diria que ambiente em que os organismos se encontram.

(A) as características citadas no texto foram originadas


pela seleção natural.
(B) a ausência de olhos teria sido causada pela falta de
uso dos mesmos, segundo a lei do uso e desuso.

52. A evolução pode envolver tanto aspectos genéticos quanto comportamentais de determinados indivíduos. A figura
a seguir ilustra implicitamente características evolutivas da espécie humana. Observe-a.

Considerando a figura e o assunto abordado, assinale, nas alternativas abaixo, a que representa uma característica NÃO
CONTEMPLADA no processo apresentado pela figura.

a) Seleção natural.
b) Criacionismo.
c) Teoria evolucionista.
d) Variabilidade genética.
e) Evolução Cibernética

22
[PROVA DE CIÊNCIAS HUMANAS E SUAS TECNOLOGIAS & PROVA DE CIÊNCIAS DA NATUREZA E SUAS TECNOLOGIAS]

53. Em 1859, Charles Robert Darwin publicou seu 56. O intestino grosso é um órgão de
livro mais famoso " A origem das Espécies". aproximadamente 50 cm de comprimento e 7 cm
Dentre os conceitos considerados por Darwin de diâmetro, podendo ser dividido em: ceco,
para a elaboração de sua teoria sobre a colo e reto. Esse órgão está relacionado com:
evolução biológica das espécies, podemos citar:
a) a digestão mecânica do alimento.
I. Seleção natural b) a digestão de gorduras.
II. Lei do uso e desuso c) a digestão de proteínas.
II. Mutação d) a absorção de água.
IV. Adaptação ao meio e) a quebra de amido.

Estão CORRETAS as opções:

a) somente I e III.
b) somente I e IV.
c) somente II e III.
d) somente III e IV.
e) Todas as alternativas

54. O sistema digestório é formado por diversos


órgãos que atuam juntos para conseguir retirar
dos alimentos as substâncias necessárias para
o nosso corpo. O amido só pode ser aproveitado
após ser quebrado em partículas menores.
Marque a alternativa que indica corretamente
onde se inicia a digestão do amido.

a) boca.
b) faringe.
c) estômago.
d) intestino delgado.
e) intestino grosso.

55. O pâncreas e o fígado são glândulas anexas do


sistema digestório humano. Entre as funções do
fígado, destaca-se a capacidade de produção de
uma substância que atua emulsificando
gorduras. Essa substância recebe o nome de:

a) tripsina.
b) pepsina.
c) bile.
d) amilase.
e) lipase pancreática.

23
[PROVA DE CIÊNCIAS HUMANAS E SUAS TECNOLOGIAS & PROVA DE CIÊNCIAS DA NATUREZA E SUAS TECNOLOGIAS]

57. Uma determinada enzima, retirada de um órgão do aparelho digestivo de um mamífero, foi distribuída igualmente
em 8 tubos de ensaio. O tipo de alimento e o pH de cada tubo estão informados na tabela a seguir.

Observe os alimentos e o pH encontrado em cada tubo de ensaio


Os tubos de ensaio foram mantidos a 37°C e após 10 horas observou-se digestão do alimento apenas no tubo III. Com
base nesses dados, é possível concluir que a enzima utilizada e o órgão de onde foi retirada são, respectivamente:

a) amilase pancreática e intestino.


b) maltase e estômago.
c) tripsina e intestino.
d) ptialina e boca.
e) pepsina e estômago.

58. Os fenilcetonúricos têm falta de uma enzima do fígado responsável pelo metabolismo do aminoácido fenilalanina.
Para que essa substância não se acumule no sangue, sua dieta alimentar deve se restringir, dentre os nutrientes
mencionados a seguir:

a) as proteínas apenas.
b) aos carboidratos apenas.
c) às gorduras apenas.
d) às gorduras e aos carboidratos.
e) às gorduras e às proteínas.

59. O principal órgão digestivo do ser humano adulto não é o estômago, como muitos equivocadamente afirmam,
mas sim o intestino. Tal informação é justificada, fisiologicamente, pela presença preponderante de uma enzima
específica no estômago, responsável pela digestão apenas

A) de proteínas e lipídeos, não ocorrendo a absorção de nutrientes e água, enquanto no intestino ocorre a digestão de
proteínas, lipídeos e carboidratos, seguida pela absorção de nutrientes e água.
B) de proteínas e aminoácidos, não ocorrendo a absorção de nutrientes e água, enquanto no intestino ocorre a digestão
de lipídeos e carboidratos, seguida pela absorção de nutrientes e água.
24
[PROVA DE CIÊNCIAS HUMANAS E SUAS TECNOLOGIAS & PROVA DE CIÊNCIAS DA NATUREZA E SUAS TECNOLOGIAS]

C) inicial de lipídeos, não ocorrendo a absorção de nutrientes e água, enquanto no intestino ocorre a digestão de proteínas
e carboidratos, seguida pela absorção de nutrientes e água.
D) inicial de proteínas, ocorrendo também a absorção de água, enquanto no intestino ocorre a digestão de proteínas,
lipídeos e carboidratos, seguida pela absorção de nutrientes e água.
E) de carboidratos e lipídeos, ocorrendo também a absorção de nutrientes e água, enquanto no intestino ocorre a digestão
de proteínas, lipídeos e carboidratos, seguida pela absorção de nutrientes.

60. Observe a figura.

Com relação à figura, assinale a afirmativa incorreta:

a) Em 2, ocorre o armazenamento da bile, que contém os sais biliares que serão utilizados para a emulsificação de
gorduras no intestino delgado.
b) Em 3, ocorre parte da digestão de proteínas pela ação da pepsina, enzima ativada pelo pH ácido.
c) Em 5, ocorre grande parte da absorção de água e eletrólitos e vivem bactérias importantes que produzem vitamina K,
biotina e ácido fólico.
d) Em 4, são produzidas as enzimas tripsinogênio, quimotripsinogênio, amilase pancreática, lipase, sacarase, lactase e
maltase.
e) N.R.A

25
[PROVA DE CIÊNCIAS HUMANAS E SUAS TECNOLOGIAS & PROVA DE CIÊNCIAS DA NATUREZA E SUAS TECNOLOGIAS]

QUÍMICA d) O coeficiente estequiométrico para o oxigênio é de


12,5 para 1 do octano.
61. O alumínio é obtido pela eletrólise da bauxita. e) O coeficiente estequiométrico para o gás carbônico é
Nessa eletrólise, ocorre a formação de oxigênio de 9 para 1 do octano.
que reage com um dos eletrodos de carbono
utilizados no processo. 63. Considere a reação abaixo:

Al2O3 + C  CO2 + Al NaN3 + Fe2O3  Na2O + Fe + N2


Para dois mols de Al2O3, quantos mols de CO2 e de Al, A partir da reação química balanceada, a soma dos
respectivamente, são produzidos esse processo? coeficientes estequiométricos dessa reação é
equivalente a:
a) 3 e 2
b) 1 e 4 a) 17
c) 2 e 3 b) 18
d) 2 e 1 c) 19
e) 3 e 4 d) 20
e) 21
62. (ENEM/2010) As mobilizações para promover
um planeta melhor para as futuras gerações são 64. Considere a reação abaixo:
cada vez mais frequentes. A maior parte dos
meios de transporte de massa é atualmente V2O5 + Al  V + Al2O3
movida pela queima de um combustível fóssil.
A título de exemplificação do ônus causado por A partir da reação química balanceada, a soma dos
essa prática, basto saber que um carro produz, coeficientes estequiométricos dessa reação é
em média, cerca de 200 g de dióxido de carbono equivalente a:
por km percorrido. Revista Aquecimento Global.
Ano 2, n.o 8. Publicação do Instituto Brasileiro a) 24
de Cultura Ltda. Um dos principais constituintes b) 25
da gasolina é o octano (C8H18). Por meio da c) 26
combustão do octano é possível a liberação de d) 27
energia, permitindo que o carro entre em e) 28
movimento. A equação que representa a reação
química desse processo demonstra que:

C8H18 + O2  CO2 + H2O


a) No processo há liberação de oxigênio, sob a forma de
O2 .
b) O coeficiente estequiométrico para a água é de 8 para
1 do octano.
c) No processo há consumo de água, para que haja
liberação de energia.

26
[PROVA DE CIÊNCIAS HUMANAS E SUAS TECNOLOGIAS & PROVA DE CIÊNCIAS DA NATUREZA E SUAS TECNOLOGIAS]

65. Considere a reação de combustão completa do 67. Um airbag é uma bolsa que infla rapidamente e
etanol (C2H6O). Qual a massa de oxigênio que, num acidente de carro, ajuda a prevenir
necessária para queimar completamente 161 g lesões graves. Quando se produz a
de etanol (C2H6O)? (Considere as massas desaceleração repentina do carro, é conectado
atômicas iguais a C = 12 g/mol; H = 1 g/mol; O automaticamente em um interruptor, que inicia
= 16 g/mol) uma reação química, liberando gás nitrogênio
em quantidade suficiente, conforme a equação
C2H6O + O2  CO2 + H2O a seguir:

a) 333 g NaN3(s) + Fe2O3(s) → Na2O(s) + Fe(s) + N2(g)


b) 334 g
c) 335 g Considere o volume de um mol de gás, nas CNTP, igual
d) 336 g a 22,4 litros. Nessas condições, de acordo com a reação
e) 337 g química, quando reagem 3 mols de NaN3, o volume de
nitrogênio gasoso que se obtém é, aproximadamente,
de:
66. Os clorofluorcarbonos (CFCs) sofrem
decomposição nas altas camadas da atmosfera a) 101 L
originando átomos de cloro, os quais atacam b) 202 L
moléculas de ozônio, O3, produzindo oxigênio, c) 56 L
O2. Supondo-se que um mol de ozônio seja d) 45 L
totalmente transformado em moléculas de gás e) 150 L
oxigênio de acordo com a reação abaixo, o
número de moléculas produzidas será? 68. Uma das maneiras de impedir que o dióxido de
(Considere que 1 mol contém 6,02x1023 enxofre, SO2, um dos responsáveis pela “chuva
moléculas) ácida”, seja liberado para a atmosfera é tratá-lo
previamente com óxido de magnésio na
presença de ar, como equacionado a seguir:
O3  O 2
a) 3,01x1023 MgO(s) + SO2(g) + O2(g)  MgSO4(s)
b) 6,02x1023
c) 9,03x1023 Qual a massa de óxido de magnésio, MgO(s), em
d) 12,04x1023 quilogramas, consumida no tratamento de 200 mols de
e) 18,06x1023 dióxido de enxofre, SO2? (Considere as seguintes
massas atômicas: Mg = 24,3 g/mol; O = 16 g/mol; S = 32
g/mol)

a) 7
b) 8
c) 9
d)10
e) 11

27
[PROVA DE CIÊNCIAS HUMANAS E SUAS TECNOLOGIAS & PROVA DE CIÊNCIAS DA NATUREZA E SUAS TECNOLOGIAS]

69. (PUC-MG) Fosgênio, COCl2, é um gás 71. Dada a equação:


venenoso. Quando inalado, reage com a água
nos pulmões para produzir ácido clorídrico TiCl4 + Mg  MgCl2 + Ti
(HCl), que causa graves danos pulmonares,
levando, finalmente, à morte: por causa disso, já Considerando que foram utilizados 9,5 g de TiCl4, qual a
foi até usado como gás de guerra. A equação massa de titânio, Ti, obtida aproximadamente:
química dessa reação é: (Considere as seguintes massas atômicas: Ti = 48 g/mol,
Cl = 35,5 g/mol)
COCl2 + H2O → CO2 + HCl
a) 1,2g
Se uma pessoa inalar 198 mg de fosgênio, a massa de b) 2,4g
ácido clorídrico, em gramas, que se forma nos pulmões, c) 3,6g
é igual a: (Considere as seguintes massas atômicas: C d) 4,8g
= 12 g/mol; O = 16 g/mol; Cl = 35,5 g/mol; H = 1 g/mol) e) 7,2g

a) 0,109 72. Dada a reação química abaixo:


b) 0,146
c) 0,292
d) 0,0365
Na2CO3 + HCl  NaCl + CO2 + H2O
e) 0,073
A massa de carbonato de sódio (Na2CO3) que reage
completamente com 0,25 mol de ácido clorídrico (HCl) é:
70. Os aromatizantes, na sua grande maioria,
(Dados: massas atômicas: Na = 23; C = 12; O = 16; H
pertencem a um grupo funcional denominado
=1; Cl = 35,5)
éster. O éster butirato de metila, C5H10O2, que
ocorre na maçã, pode ser obtido pela reação do
a) 6,62 g
ácido butírico, C4H8O2, com metanol, CH4O:
b) 26,50 g
c) 13,25 g
C4H8O2 + CH4O  C5H10O2 + H2O d) 10,37 g
e) 20,75 g
A quantidade de matéria de butirato de metila, C5H10O2,
que pode ser obtida a partir de 3,52 g de ácido butírico, 73. Considere a reação abaixo:
C4H8O2, é: Dados: C = 12; H =1; O = 16

a) 0,04
CH4 + O2  CO2 + H2O
b) 0,05
O volume de dióxido de carbono (CO2) produzido na
c) 0,07
combustão de 960 g de metano (CH4) é: Dados: 1 mol =
d) 4,08
22,4 L; massas atômicas: C = 12; H =1; O = 16.
e) 5,10
a) 60 L
b) 1620 L
c) 1344 L
d) 1476 L
e) 960 L

28
[PROVA DE CIÊNCIAS HUMANAS E SUAS TECNOLOGIAS & PROVA DE CIÊNCIAS DA NATUREZA E SUAS TECNOLOGIAS]

74. A respiração aeróbia, processo complexo que FÍSICA


ocorre nas células das plantas e dos animais,
pode, simplificadamente, ser representada pela 76. (Unitau) Dois raios de luz, que se propagam em
seguinte reação: um meio homogêneo e transparente,
interceptam-se em certo ponto. A partir desse
C6H12O6 + O2  CO2 + H2O ponto, pode-se afirmar que:

Considerando as seguintes massas atômicas: C = 12; H a) os raios luminosos cancelam-se.


= 1; O = 16; calcule, em gramas, a quantidade de dióxido b) mudam a direção de propagação.
de carbono (CO2) produzida na reação completa de 36 g c) continuam propagando-se na mesma direção e
de glicose (C6H12O6). sentindo que antes.
d) propagam-se em trajetórias curvas.
a) 50,8 g e) retornam em sentidos opostos.
b) 51,8 g
c) 52,8 g 77. Um objeto de 8,0 m de altura é colocado na
d) 53,8 g frente de uma câmara escura de orifício a uma
e) 54,8 g distância de 3,0 m. Sabendo que a câmara
possui 25 cm de profundidade, calcule o
75. Considere a obtenção do ferro, Fe, utilizando tamanho da imagem formada.
óxido férrico, Fe2O3, conforme a reação:
a) 06,7m
b) 6,7m
Fe2O3(s) + CO(g) → Fe(s) + CO2(g) c) 0,67m.
d) 0,067m..
Se utilizarmos 4,8 kg de óxido férrico (Fe2O3), qual o e) 67m..
número de moléculas de dióxido de carbono (CO2)
formadas? Dados: 1 mol = 6,0x1023 moléculas. Massas 78. Um pesquisador precisava medir a altura de um
atômicas: Fe = 56; O = 16; C = 12. prédio de vinte andares, porém ele não possuía
o instrumento de medida necessário para
a) 5,4x1023 realizar essa medição. Conhecendo o princípio
b) 1,8x1023 da propagação retilínea da luz, ele utilizou uma
c) 2,7x1023 haste de madeira de 1 m de altura e, em
d) 1,8x1024 seguida, mediu a sombra projetada pela haste,
e) 5,4x1025 que foi de 20 cm, e a sombra projetada pelo
prédio, que foi de 12 m.

a) 0,6m
b) 60cm
c) 60m.
d) 0,06cm..
e) 0,06m..

29
[PROVA DE CIÊNCIAS HUMANAS E SUAS TECNOLOGIAS & PROVA DE CIÊNCIAS DA NATUREZA E SUAS TECNOLOGIAS]

79. (UFRG) A formação de sombra evidencia que: 80. (FGV-SP) Um feixe luminoso de raios paralelos,
que se propaga em um meio óptico homogêneo,
a) a luz se propaga em linha reta incide sobre uma superfície que separa o
b) a velocidade da luz não depende do referencial primeiro meio de um segundo, passando a se
c) a luz sofre refração propagar neste.
d) a luz é necessariamente fenômeno de natureza Substituindo-se o segundo meio óptico por um vidro
corpuscular fosco e translúcido, e admitindo que os raios de luz nele
e) a temperatura do obstáculo influi na luz que o penetrem, estes perdem o paralelismo, podendo-se dizer
atravessa que nessa situação ocorreu uma

a) reflexão difusa.
b) reflexão regular.
c) refração difusa.
d) refração regular.
e) absorção difusa.

81. Um raio de luz incide sobre um espelho plano. De acordo com as condições dadas na figura, determine o valor
do ângulo de incidência.

a) θ = 50º
b) θ = 40º
c) θ = 130º
d) θ = 90º
e) n.d.a.

30
82. Analise as proposições a seguir sobre a reflexão 85. (UEM) Um objeto de tamanho igual a 15 cm está
da luz: situado a uma distância igual a 30 cm de uma
lente. Verifica-se que a lente forma uma imagem
I – O fenômeno da reflexão ocorre quando a luz incide virtual do objeto cujo tamanho é igual a 3 cm.
sobre uma superfície e retorna ao seu meio original; Qual é o módulo da distância (em cm) da
II – Quando ocorre reflexão difusa, a imagem formada é imagem à lente?
bastante nítida;
III – Na reflexão regular, os raios de luz propagam-se de a) 4 cm
forma paralela uns aos outros; b) 5 cm
IV – Quando a luz é refletida por uma superfície, o ângulo c) 6 cm
de reflexão é sempre igual ao ângulo de incidência da d) 7 cm
luz. e) 8 cm

Estão corretas: 86. Um prédio de 50 m está posicionado frente a


uma câmara escura de orifício de tamanho 6 cm.
a) I, II e III apenas Sabendo que a imagem formada na câmara tem
b) I, III e IV apenas tamanho 3 cm, determine a distância entre o
c) I, II e IV apenas prédio e a câmara.
d) II, III e IV apenas
e) todas afirmativas estão corretas a) 300 m
b) 140 m
83. (Esam-RN) Um lápis está na posição vertical a c) 160 m
20 cm de um espelho plano, também vertical, d) 170 m
que produz uma imagem desse lápis. A imagem e) 100 m
do lápis:
87. Um homem de 2,0m de altura coloca-se 0,5m de
a) é real e fica a 20 cm do espelho uma câmera escura ( de orifício ) de
b) é virtual e fica a 20 cm do espelho comprimento 30cm. O tamanho da imagem
c) é real e fica a 10 cm do espelho formada no interior da câmera é?
d) é virtual e fica a 10 cm do espelho
e) é real e fica junto ao espelho a) 0,8m
b) 1,4m
84. (Cefet-PR) Dois espelhos planos fornecem c) 1,0
11(onze) imagens de um objeto. Logo, podemos d) 1,2cm
concluir que os espelhos formam um ângulo de: e) 1,2 m

a) 10°
b) 25°
c) 30°
d) 36°
e) um valor diferente desses
[PROVA DE CIÊNCIAS HUMANAS E SUAS TECNOLOGIAS & PROVA DE CIÊNCIAS DA NATUREZA E SUAS TECNOLOGIAS]

88. (FCC) Na figura abaixo, estão representados um morro, uma árvore e um observador (O). A altura da árvore é de
50 m e a distância entre ela e o observador, de 300 m. A distância entre o observador e o ponto M é de 800 m.
Qual é, aproximadamente, a altura (H) do morro se, do ponto de vista do observador, o topo da árvore e o topo
do morro estão alinhados?

a) 133 m
b) 512 m
c) 1 100 m
d) 1 831 m
e) 2 400 m

89. (FESP) Um edifício projeta no solo uma sombra de 40 m. No mesmo instante, um observador toma uma haste
vertical de 20 cm e nota que sua sombra mede 0,80 m. A altura do edifício é de:

a) 4 m
b) 8 m
c) 10 m
d) 20 m
e) 40 m

90. (ITA) Dos objetos citados a seguir, assinale aquele que seria visível em uma sala perfeitamente escura:

a) um espelho
b) qualquer superfície de cor clara
c) um fio aquecido ao rubro
d) uma lâmpada desligada
e) um gato preto

32
[PROVA DE CIÊNCIAS HUMANAS E SUAS TECNOLOGIAS & PROVA DE CIÊNCIAS DA NATUREZA E SUAS TECNOLOGIAS]

33

Você também pode gostar