Você está na página 1de 32

❖ VIMOS QUE NA AMÉRICA CENTRAL EXISTIRAM MUITOS

POVOS, COMO OS MAIAS E OS OLMECAS QUE


DESAPARECERAM POR ALGUMA RAZÃO.

❖ OS ASTECAS APARECERAM NA REGIÃO POR VOLTA DE


1.100 D.C.

❖ ERAM TAMBÉM CHAMADOS DE MEXICAS (DAÍ MÉXICO).


CIVILIZAÇÃOMAIA

IMPÉRIOASTECA
Formação do Império
Asteca

Migração dos Astecas para o


Representação de Tenochtitlan vale do México

Os astecas, ou mexicas,
emigraram da região de Aztlán,
território dos atuais Estados
Unidos, para o vale do México, e
fixaram-se nas ilhas do lago
Texcoco onde fundaram a
cidade de Tenochtitlán (atual
cidade do México), em 1325.
Formação da Tríplice
Aliança (Tenochtitlan,
Texcoco e Tlacopan) contra
Azcapotzalco
❖ OS ASTECAS FUNDARAM SUA MAIOR CIDADE,
TENOCHTITLAN, NO ANO DE 1.325 D.C

❖ ELA FOI CONSTRUÍDA EM UMA ILHA EM UM LAGO MEXICANO


CHAMADO TEXCOCO.

❖ ELES FORMARAM UM IMPÉRIO, COM UM TLATOANI, E


DOMINARAM TUDO QUE PODIAM ATÉ QUE EM 1521 O
TERRITÓRIO FOI TOMADO POR INVASORES ESPANHÓIS
Códice com
Matricula de
O Império tributário Tributos

Império Asteca não governava diretamente as


regiões conquistadas. Exigia a entrega regular de
tributos.
ASTECAS

• Por volta de 1440, no início do governo de


Montezuma I, estima-se que cerca de 15
milhões habitavam o império.

• No século XVI, a capital do Império,


Tenochtitlán era uma das maiores cidades
do mundo, e também um grande centro Os guerreiros jaguar e águia eram as duas grandes ordens
cultural e econômico, com templos, da nobreza asteca.
palácios, mercados, monumentos
artísticos, ruas bem traçadas, praças e
canais de irrigação.
A agricultura no
vale do México
Chinampas: canteiros em
Principais cultivos terrenos alagadiços.

Milho

Abóbora

Feijão
❖ OS ASTECAS DESENVOLVERAM TECNICAS DE PLANTIO
FABULOSAS

❖ COMO AS CHINAMPAS.

❖ TAMBÉM TOMAVAM BANHO TODOS OS DIAS E TINHAM


CANAIS DE AGUA EM SUAS CIDADES E PLANTAÇÕES.
Origem do Mundo – Leyenda de los soles

Os astecas acreditavam que, antes do presente, existiam outros


mundos formados por quatro sóis, cada um com um tipo de habitante:
Gigantes, que foram mortos por jaguares enviados por Tezcatlipoca;
Humanos que foram assomados por um grande vento feito
por Quetzalcóatl, e então eles precisaram agarrar-se a árvores,
transformando-se em macacos;
Humanos que viraram pássaros para não morrerem na chuva de fogo
enviada por Tlaloc;
Humanos que viraram peixe para não morrerem no diluvio causado
pela deusa Chalchiuhtlicue;
E os humanos atuais, predestinados a sumir pela destruição
empreendida por Deus do sol pelos terremotos.

No quinto sol, tudo era negro e morto. Os deuses se reuniram em Teotihuacán para discutir a quem caberia a missão de criar o mundo, tarefa que exigia
que um deles teria que se jogar dentro de uma fogueira. O selecionado para esse sacrifício foi Tecuciztecatl.
No momento fatídico, Tecuciztecatl retrocede ante o fogo; mas o segundo, um pequeno Deus, humilde e pobre (usado como metáfora do povo asteca
sobre suas origens), Nanahuatzin, se lança sem vacilar à fogueira, convertendo-se no Sol. Ao ver isto, o primeiro Deus, sentindo coragem, decide jogar-se
transformando-se na Lua.
Ainda assim, os dois astros continuam inertes e é indispensável alimentá-los para que se movam. Então outros deuses decidiram sacrificar-se e dar a
“água preciosa”, necessária para criar o sangue. Por isso se os homens são obrigados a recriar eternamente o sacrifício divino original.

Eles acreditavam que os deuses gostavam destes sacrifícios. Eles eram geralmente praticados com prisioneiros de guerras. Para eles era uma honra dar a
vida por um deus.
Guerras “floridas” e o sacrifício humano
Guerras Floridas: guerras de baixa
intensidade entre o Império Asteca e
cidades autônomas.
Interpretações divergentes:
• Guerras rituais para prover prisioneiros a
serem sacrificados.
• Guerras de fato de resistência contra a
incorporação ao Império Asteca.

A lógica do sacrifício humano asteca:


- Cosmologia e significado religioso.

- O aspecto político: amedrontar os inimigos.


Quetzalcoatl, o deus serpente emplumada,
deus da criação, da aprendizagem e do vento.
O sol se move levado por sua respiração. Deuses Astecas
Quando os guerreiros morrem, suas almas se
transformam em raras aves emplumadas e
voam para o sol Tlaloc ("Aquele que descansa
sobre a terra"), também
Conhecida como a "A saia de Jade"
chamado Nuhualpili, é o deus
e deusa da fertilidade e da
asteca da chuva, fertilidade e
agricultura. Conhecida também
com o nome de Apozonalotl, do relâmpago
Era o deus que teria se lançado no manifesta-se nas ondulações das
fogo para transformar-se em sol. águas
Nanahuatzin
O Inca” era a mais importante autoridade política entre o povo inca. Venerado
como o descendente do deus-sol Inti Raymi, o imperador era o principal
guardião de todos os bens pertencentes ao Estado, incluindo a propriedade
das terras. Os terrenos cultiváveis eram divididos em três parcelas distintas: a
terra do Inca, destinada ao rei e seus familiares; a terra do deus-sol,
controlada pelos sacerdotes; e a terra da população.
Em um âmbito geral, a elite da sociedade inca estava composta pela família
real e os ocupantes dos altos cargos político-administrativos (sacerdotes,
chefes militares, juízes, governadores provinciais e sábios). Logo abaixo, em
posição mediana, temos os comerciantes e artesãos que garantiam a
circulação de mercadorias que atestaram a presença de uma rica cultura
material.

Conhecida como a “cidade


perdida dos Incas”, Machu
Picchu é a principal
atração turística do Peru
Formação e expansão do Império Inca
(Tawantinsuyu)

Estratégias de dominação:

Exército do Inca se mostra o mais forte


Expansão se Guerra da região.
inicia com o Sapa
Inca Pachacuti a
partir de 1438.
das elites locais. Alianças e circulação
Cooptação das elites dentro do Império; Cuzco se
torna uma capital Imperial.
❖ A FRENTE DO IMPÉRIO ESTAVA O SAPA-INCA, FILHO DO SOL E SUA
ESPOSA ERA A FILHA DA LUA.

❖ DEPOIS VINHAM OS GOVERNADORES DE CADA REGIÃO DO IMPÉRIO, OS


SACERDOTES, OS SOLDADOS E FINALMENTE O POVO.

❖ AO CONTRÁRIO DE OUTROS IMPÉRIOS, OS INCAS SOUBERAM DIVIDIR BEM


SUAS RIQUEZAS E MESMO OS NOBRES TENDO LUXOS.

❖ O POVO (CHAMA DOS DE AILLUS) RECEBIAM TERRAS PARA PLANTAR E


TRABALHOS PARA FAZER.
Incas
• Os camponeses se organizavam através de um extenso grupo
familiar que ficava conhecido com o nome de ayllu.

• Cada ayllu tinha o trabalho agrícola, o serviço militar e suas


demais obras organizadas por um líder mais velho chamado
curaca. Geralmente, cada uma dessas unidades de produção
era dotada de um grande armazém que estocava alimentos e
roupas utilizados em qualquer eventualidade.
❖ TUDO ERA ENTREGUE AOS GOVERNANTES E DEVOLVIDO A TODOS
SEGUNDO O QUE PRECISAVAM

❖ NO IMPÉRIO INCA TODOS TINHA M COMIDA, ROUPAS E TUDO O


QUE PRECISAVAM

❖ NADA DE POBREZA!
❖ POR ISSO AS VEZES OS INCAS NEM TINHAM QUE LUTAR PARA
QUE OUTROS POVOS SERVISSEM AO IMPÉRIO INCA.
❖ MÁS COMO NÃO TINHA POBREZA ENTRE OS INCAS?

❖ ELES VIVIAM NAS MONTANHAS CERTO?

❖ ONDE ARRUMAVAM TANTA COMIDA? JÁ QUE O IMPÉRIO CHEGOU


A TER 12 MILHÕES DE PESSOAS.

❖ JÁ QUE NÃO TINHAM PLANÍCIES OS INCAS TIVERAM QUE


APRENDER A PLANTAR NAS ENCOSTAS DAS MONTANHAS
❖ DESENV OLV ERA M U M SISTEMA DE TERRAÇOS, ONDE AS
ENCOSTAS ERAM CAVADAS EM FORMA DE GRANDES ESCADAS.

Agricultura ❖ UMA ESPÉCIE DE CURVA DE NÍVEL QUE VEMOS NAS PLANTAÇÕES


HOJE.

Andina antiga ❖ TAMBÉM APRENDERAM A CRIAR CANAIS PARA DISTRIBUIR A AGUA


POR ESSES PLANALTOS.

❖ ASSIM PUDERAM CULTIVAR ALIMENTOS SUFICIENTES PARA QUE


Principais culturas Andinas NÃO HOUVESSE FOME.

Terraços agrícolas

Batata

Milho

Quinoa
Terraços de Moray
Estradas e
Importância da construção de cidades e
Cidades estradas para a administração do
Império: o controle sobre o território.

Cuzco,
capital Imperial

Saksaywaman: fortaleza vizinha a Cuzco


❖ O IMPÉRIO INCA ERA MUITO ORGANIZADO.

❖ ELES TINHAM UM ENORME SISTEMA DE ESTRADAS QUE ATRAVESSAVA


TODO O IMPÉRIO, ASSIM COMO OS ROMANOS, SE LEMBRA?

❖ A PRINCIPAL ESTRADA ERA A “ESTRADA REAL”, QUE IA DA CAPITAL


CUZCO A QUITO.

❖ ELA TINHA 2.400 QUILÔMETROS!


❖ ESSAS ESTRA DAS SERV IAM PARA O COMERCIO, DISTRIBUIÇÃO
DE ALIMENTOS E RIQUESAS

❖ TAMBÉM SERVIA COMO CAMINHOS PARA O SISTEMA DE CORREIOS INCA, OS


CHASQUE.
❖ OS CHASQUES REVEZAVAM E CADA UM CORRIA UMA PARTE DA ESTRADA
ENTREGANDO A MENSAGEM AO PRÓXIMO ATÉ QUE ELA CHEGASSE AO
DESTINO

❖ COMO NAS CORRIDAS DE REVEZA MENTO QUE VEMOS HOJE, E É CLARO ELES
TINHAM QUE TER UM GRANDE PREPARO FÍSICO!
❖ AS TÉCNICAS DE CONSTRUÇÃO DOS INCAS SURPREENDEM ATÉ HOJE.

❖ OS INCAS PEGAVAM PEDRAS GIGANTES E ENCAIXAVAM UMAS NAS


OUTRAS,SEM CIMENTO OU NADA DO TIPO, APENAS ENCAIXADAS.

❖ ELAS FORAM ENCAIXADAS TÃO BEM QUE AINDA HOJE QUANDO VOCÊ
FOR A UMA RUÍNA INCA NÃO VAI CONSEGUIR PASSAR UMA FOLHA DE
PAPEL ENTRE ELAS.

❖ UM EXEMPLO DESSE TALENTO ESTÁ NA CIDADE DE MACHU PICCHU.


No museu do ouro, em Lima, no Peru, que guarda objetos de extraordinária beleza. Embora a maior
parte das peças tenha sido destruída pelos espanhóis durante a ocupação do território, ainda
sobraram mantos sacerdotais bordados a ouro, luvas de ouro (manoplas) também para uso dos
sacerdotes, capacetes ornados, copos, pratos, taças, brincos, placas peitorais, instrumentos cirúrgicos
de ouro e pequenas esculturas em ouro que reproduziam atos sexuais e que tinham a função
educativa dos futuros imperadores. A prata era usada cotidianamente e, dos objetos feitos neste
material restaram poucos exemplares: canecas, jarras, pratos, talheres e enfeites domésticos.
❖ OS INCAS NÃO DESENVOLVERAM UM SISTEMA DE ESCRITA COMO OS
MAIAS OU OS CÓDICES MEXICAS.

❖ ENTÃO TINHAM QUE TRANSMITIR SEUS CONHECIMENTOS


ORALMENTE (FALANDO).

❖ PARA OS INCAS OS SEUS IMPERADORES ERAM DESCENDENTES DO


DEUS AYAMANCO, ASSIM ERAM TAMBÉM DESCENDEN TES DO PAI
DELE O DEUS SOL INTI POR ISSO ERA CHAMADO INKA (INTI-
FILHO DO SOL).

Você também pode gostar