Você está na página 1de 3

PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ESTUDOS LITERÁRIOS

DINTER – UNESP/UNIFAP

Nome da disciplina: MITO E POESIA: FUNÇÕES E


REPRESENTAÇÕES POÉTICAS DA
MITOLOGIA
Professores Responsáveis Prof. Dr. Fernando Brandão dos Santos
Prof. Dr. João Batista Toledo Prado
Período: 16 a 25/09/2019
Créditos: 08

EMENTA:
O curso visa a levar o aluno a identificar a existência e as formas de expressão do mito
na arte, sobretudo a verbal, por meio do estudo de teorias e críticas compatíveis com a
análise do objeto literário, e a partir do reconhecimento de universos mitológicos
basilares e fundamentais para a arte ocidental – como é o greco-latino – presentes em
manifestações literárias de todos os matizes e épocas no Ocidente, pela via do estudo de
sua ocorrência nos principais gêneros poéticos da Antiguidade Clássica, fonte
primordial para o conhecimento do mito-relato.

OBJETIVOS:
1. promover a diferenciação entre o mito celebrado no rito e o relatado na arte;
2. compreender seu emprego e funções artísticas, especialmente na poesia, desde
suas manifestações na Antiguidade Clássica até algumas de suas retomadas e
releituras no mundo contemporâneo;
3. reconhecer os principais gêneros e formas poéticas da Antiguidade Clássica, que
embasam as modernas formas poéticas do Ocidente europeu;

METODOLOGIA:
As teorias e formas de manifestação do mito relatado serão exemplificadas e
demonstradas sobretudo em poemas, em especial os da literatura grega e romana
antigas, em obras de gêneros poéticos modelares e compatíveis com o estudo dos relatos
míticos, de forma direta ou indireta. Para tanto, apreciar-se-ão as passagens mais
significativas de tais obras, ao mesmo tempo em que serão discutidos textos de apoio
que versem sobre a questão do mito e da mitologia, desde sua abordagem antropológica
até, sobretudo, seu emprego e função na literatura do passado clássico, mas também na
de seus desdobramentos ulteriores no Ocidente.

Programa:

1. Relatos mitológicos: da literatura aos mass midia;

2. Mito e mitologia no Ocidente: fontes e teorias;


3. Mito celebrado: definições, concepções e funções desde as sociedades antigas;

4. Mito relatado: presença, forma e função na literatura;

5. Personagens mitológicas no Drama Antigo;

6. Concepções míticas na Poesia Filosófica;

7. Tramas do divino na Epopéia;

8. Referências míticas na Poesia Pastoril;

9. Celebrações aos deuses na Poesia Didática;

10. Presença de mitos na Poesia Lírica e Elegíaca;

Avaliação:

1. participação em atividades tais como discussão de leituras recomendadas,


fichamentos de leitura e apresentação de seminários;

2. elaboração de monografia final.

Bibliografia Essencial1

Estudos:
1. ALVES, R., MORAIS, R. de et al. As razões do mito. Campinas: Papirus, 1988.
2. ARMSTRONG, Karen. Breve história do mito. Trad. Celso Nogueira. São Paulo:
Companhia das Letras, 2009.
3. CALASSO, Roberto. A literatura e os deuses. Trad. Jônatas Batista Neto. São
Paulo: Companhia das Letras, 2004.
4. CASSIRER, Ernst. Linguagem e mito. 4ª ed. Trad. da editora (s/c). São Paulo:
Perspectiva, 2000.
5. DODDS, E. R. Os gregos e o irracional. Trad. L. S. B. de Carvalho. Lisboa:
Gradiva, 1988.
6. DURANT, Gilbert. A imaginação simbólica. Trad. da 6ª ed. francesa por Carlos
A. de Brito. Lisboa: Edições 70, 1995.

1
Haverá indicação de bibliografia suplementar ao longo do curso, na medida do necessário,
principalmente no que toca às obras dos poetas estudados e outras vertentes téoricas.
7. ELIADE, Mircea. Mito e realidade. Trad. Pola Civelli. São Paulo: Perspectiva,
1972.
8. ELIADE, Mircea. O mito do eterno retorno. Trad. Mauela Torres. Lisboa:
Edições 70, 1985.
9. HAMILTON, Edith. A mitologia. Trad. Jefferson L. Camargo. São Paulo: Martins
Fontes, 1992.
10. KIRK, G. S. El mito. Su significado y funciones en la antigüedad y otras
culturas. Trad. T. de Lozoya. Barcelona/Buenos Aires: Paidós, 1985.
11. RUTHVEN, K. K. O mito. Trad. Esther E. H. de BeerMann. São Paulo:
Perspectiva, 1997.
12. SOUZA, Eudoro de. História e mito. Brasília: EdUNB, 1981.
13. TEMPE, Grupo. Los dioses del Olimpo. Madrid: Alianza Editorial, 1998.
14. VERNANT, J.-P. Mito e religião na Grécia antiga. São Paulo: Martins Fontes,
2006.
15. VEYNE, Paul. Acreditaram os gregos nos seus mitos? Trad. António
Gonçalves. Lisboa: Edições 70, 19??.

Manuais e dicionários de mitologia:

1. GRAVES, Robert. O grande livro dos mitos gregos. Rio de Janeiro: Ediouro,
2008.
2. STAPLETON, Michael. A dictionary of Greek and Roman mythology.
London/New York/Sydney/Toronto: Hamlyn, 1978.
3. GRIMAL, Pierre. Dicionário da Mitologia grega e romana. 2ª ed. Trad. Victor
Jabouille. Lisboa/Rio de Janeiro: DIFEL/Editora Bertrand Brasil, 1993.
4. HARVEY, Paul. Dicionário Oxford de literatura clássica grega e latina. Trad.
Mário da Gama Kury. Rio de Janeiro: Zahar, 1987.
5. WOODFORD, Susan. Images of myths in classical antiquity. Cambridge (UK):
Cambridge University Press, 2003.
6. COMMELIN, P. Mitologia grega e romana. 2ª ed. Trad. Eduardo Brandão. São
Paulo: Martins Fontes, 2000.