Você está na página 1de 3

ESCOLA LUÍS DE CAMÕES

(ENSINO EQUIVALENTE AO OFICIAL)

Texto1

O USO DO TELEFONE

Ao profissional do secretariado exige-se que saiba atender o telefone:

Ao telefone evita-se:

▼ Falar aos berros;

▼Abandonar o lugar sem ter um substituto;

▼O telefone ocupar com assuntos banais só porque não tem nada de fazer;

▼ Estar a atender o telefone ao mesmo tempo a falar com o companheiro ao lado;

▼ Demorar de atender o telefone;

▼ Transferir uma chamada ao chefe sem perguntar se pode atender;

▼ Cortar uma chamada desligando simplesmente o telefone.

Há, por outro lado, uma série de atitudes a tomar e aperfeiçoar, atendendo as condições reais do
local de trabalho.

1º Antes de fazer uma chamada assente num bloco os tópicos do assunto a tratar e o nome da pessoa
a quem vai falar.

2º Marque o número com calma.

3º Identifique-se e exponha o assunto de forma clara.

4º Ao receber o telefonema identifique-se e seja agradável, mesmo que não possa resolver o assunto
ou tenha mesmo havido um engano.

5º Acabado o telefonema, pouse o auscultador no descanso.


Texto2

COMO REPAR UM PNEU FURADO

Material

Raspador ou faca, cola, remendo, duas chaves de fenda, uma chave de bicicleta.

Indicações

- Ponha a bicicleta virada para o ar.

- Desmonte a roda.

- Tire a câmara de ar, encha e mergulhe em água para detectar o furo.

- Raspe a volta do furo.

- Aplique a cola e deixe 5 minutos antes de colar o remendo.

- Cole o remendo e deixe secar sob um peso.

- Volte a encher a câmara de ar e mergulhe em água para ver se o remendo está bem, se não, repita a
operação.

Em caso de não teres um remendo apropriado, podes utilizar um pedaço da câmara de ar bem
raspado e limpo.

Recomendação

Conserve o seu pneu evitando altas velocidades em locais esburacados, derrapagens, pisar lugares
pedregosos e andar com o pneu vazio.
Instrução técnica

Características

Modos verbais

Na parte do texto em que se dão a conhecer as atitudes a tomar usam-se verbos que não estejam no
modo conjuntivo, como é o caso das formas verbais: assente, marque, identifique-se… Estas formas
verbais estão no modo conjuntivo. Este modo é usado quando o falante revela dúvida, suposição,
desejo, dá um conselho ou, uma ordem de forma atenuada (texto1).

O outro é o modo imperativo, que é utilizado para dar uma ordem, fazer um pedido, dar um
conselho.

O imperativo, quando se usa de forma negativa equivale ao modo conjuntivo.

Pronomes

Pronomes interrogativos

Chamam-se pronomes interrogativos os pronomes: que, quem, qual, empregues para formular uma
pergunta.

Pronomes indefinidos

Aplicam-se à 3ª pessoa gramatical, quando considerada de um modo vago. São eles: algum,
nenhum, todo, outro, muito, pouco, certo, vários, tanto, quanto, qualquer, alguém, ninguém, tudo,
outrem, nada, cada, algo.

Alguns destes pronomes podem variar em género (masculino/feminino) e em número


(singular/plural), mas outros não têm variação.

Você também pode gostar