Você está na página 1de 9

INICIAÇÃO À MÚSICA E AO VIOLÃO

MARIO SALES SANTOS

TREINOS COM TRÊS DEDOS E OS PRIMEIROS ACORDES


PARA TOCAR AS PRIMEIRAS MÚSICAS

São Paulo

2013

Mário Sales Santos – RG: 44.749.077-01


SUMARIO

OBJETIVO DA AULA ..................................................................................... 02


TREINOS A SEREM EXECUTADOS ............................................................. 02
MÃO ESQUERDA E MÃO DIREITA ............................................................... 03
NOTAS MUSICAIS .......................................................................................... 03
LEITURA DE CIFRAS ..................................................................................... 05
BRAÇO DO VIOLÃO COM NOTAS MUSICAIS .............................................. 05
ACORDES MAIORES E MENORES ............................................................... 07
CONCLUSÃO .................................................................................................. 08

Mário Sales Santos – RG: 44.749.077-01


OBJETIVO DA AULA

O Objetivo desta aula é desenvolver vários ritmos com a mão direita, ou no


caso dos canhotos a mão esquerda e iniciar os treinos de acordes com a mão
esquerda (direita para os canhotos) para que se toquem as primeiras músicas.

TREINOS A SEREM EXECUTADOS

Considerando PB= Polegar para baixo / IC= Indicador para cima e / IB=
Indicador para baixo, vamos desenvolver alguns ritmos para que estes sejam
aplicados em músicas.

OBS: Todos os treinos devem ser feitos com a contagem do tempo da música
pelo aluno, de acordo com o demonstrado pelo Prof° Mário Sales na vídeo aula
e a velocidade deve ser aumentada gradativamente para que se tenha bom
progresso.

Treino 1:

Contagem: 1, 2, 3, 4 – 1, 2, 3,, 4 – (...)


Movimentos: 1=PB / 2=IC / 3=IB / 4=IC.

Treino 2:
Contagem: 1, 2, 3 – 1, 2, 3 – (...)
Movimentos: 1=PB / 2=IB / 3=IC

Treino 3:
Contagem: 1, 2, 3. 4 – 1, 2, 3, 4, - (...)
Movimentos : 1= PB / 2=IC / 3=IC / 4= IB

Treino 4:
Contagem: 1, 2, 3, 4, 5, 6 – 1, 2, 3, 4, 5, 6 (...)
Movimentos: 1=PB / 2= IB / 3= IC / 4= IC / 5= IB / 6= IC.

OBS: É importante observar as vídeo aulas para poder fazer o movimento de


acordo com o planejado e ter os resultados corretos.

Estes treinos são exemplos do que deve ser feitos na mão direita para
executar músicas, pois “MOVIMENTOS DE MÃO DIREITA + ACORDES DE
MÃO ESQUERDA = MÚSICAS DIVERSAS”.

Mário Sales Santos – RG: 44.749.077-01


MÃO ESQUERDA E MÃO DIREITA

Para relembrar:

Para que se comece a montar acordes e tocar músicas é preciso saber como
são chamados os dedos:

Mão esquerda (ME)


P – Polegar
1 – Indicador ( Será chamado nas aulas sempre de dedo um )
2 – Médio ( Será chamado nas aulas sempre de dedo dois)
3 – Anelar ( Será chamado nas aulas sempre de dedo três )
4 – Mínimo ( Será chamado nas aulas sempre de dedo quatro )

Mão direita (MD)


P – Polegar
I – Indicador
M – Médio
A – Anelar

NOTAS MUSICAIS

Existem sete ( 07 ) notas musicais com os nomes de: DÓ, RÉ, MI, FÁ, SOL,
LÁ, SI. Estas notas musicais tem uma distância de uma para a outra, o que
chamamos de intervalo.
Todas as sete notas musicais tem uma distância ( intervalo ), ou de um tom de
uma para a outra ou de meio tom.

Intervalo de Um tom: Quando se vai de uma nota para a próxima ( como de


Dó para Ré por exemplo ) e nesse intervalo de um tom temos uma nota no
meio das duas separando elas.

Mário Sales Santos – RG: 44.749.077-01


Intervalo de Meio Tom: Quando não se tem nenhuma nota entre as duas. Ou
seja, saindo de um Mi por exemplo e indo para um Fá não temos nenhuma
nota entre as duas.

Para que você entenda melhor é preciso saber que é como se ao invés de 07
notas musicais nós tivéssemos 12, e na prática é assim que funciona, pois
devemos enxergar a música como um todo de acordo com as 12 notas
musicais.

As notas que temos no intervalo de um tom entre uma e outra são chamadas
de SUSTENIDOS ou BEMOIS; Os dois termos são praticamente a mesma
coisa, a diferença é que o nome sustenido é utilizado quando aumentamos
meio tom e o nome bemol utilizamos quando diminuímos meio tom de uma
nota.

AUMENTAR MEIO TOM: Ir do grave para o agudo, saindo de uma nota e indo
exatamente para a próxima, sem que se pule ( se passe ) por nenhuma.
DIMINUIR MEIO TOM: Ir de uma nota exatamente para a próxima mais grave.

O símbolo do sustenido é: #
O símbolo do bemol é: b

Ou seja, um dó sustenido é escrito DÓ# e um SI bemol como exemplo é escrito


SI b.

A sequência real das 12 notas musicais é:

DÓ / DÓ # OU RÉb / RÉ / RÉ# ou MI b / MI / FÁ / FÁ # ou SOL b / SOL /


SOL# ou LÁb / LÁ / LÁ # ou SI b / SI.

Repare acima como na verdade temos 12 notas musicais, porém como a


nomenclatura se repete utilizamos os termos SUSTENIDO e BEMOL. Para
entender mais fácil como sustenido se conta para frente e bemol se conta para
trás, repare como o DÓ # é a mesma nota que o RÉ b, porém para frente
utilizamos os nomes sustenido como no exemplo a seguir:

DÓ / DÓ # / RÉ / RÉ # / MI / FÁ / FÁ # / SOL / SOL # / LÁ / LÁ # / SI

De forma descendente ( de trás para frente utilizamos os termos ):

SI / SIb / LÁ / LÁb / SOL / SOLb / FÁ / MI / MI b / RÉ / RÉ b / DÓ.

Para entender perfeitamente assista às vídeo aulas. É importante tirar todas as


dúvidas porque para entender toda a teoria musical daqui para frente é preciso
conhecer quais são as 7 notas musicais e em quais temos notas entre elas, no
caso os sustenidos e bemóis.

Mário Sales Santos – RG: 44.749.077-01


LEITURA DE CIFRAS

As cifras são letras que representam as notas musicais. Elas são utilizadas
para que se facilite a leitura e a escrita das notas de uma música em uma
linguagem utilizada em alguns mesmos países.

Ler cifras é muito simples. Basta saber que:

C = DÓ
D= RÉ
E= MI
F= FÁ
G= SOL
A= LÁ
B= SI
C= DÓ
#= SUSTENIDO
B= bemol
M= Maior
M= menor

No exemplo dos números:

7= Sétima / 6= Sexta / 5= Quinta e assim sucessivamente


+= aumentada
- = Diminuida
º = Diminuto

Sendo assim temos como exemplo os seguintes resultados:

CM= Dó Maior / C= Dó Maior


Cm= Dó menor
C7+= Dó com sétima aumentada
Aº= Lá Diminuto
D4/9= Ré maior com quarta e nona

Estas figuras ( cifras ) estarão em músicas e as notas devem ser tocadas nos
locais em que as figuras aparecerem. Estas estarão em cima da letra cantada
na música e deve-se colocar a nota que aparecer a manter até que apareça a
próxima.

BRAÇO DO VIOLÃO COM NOTAS MUSICAIS

A sequência das notas musicais será sempre a mesma de acordo com a aula
de notas musicais, sustenidos e bemóis, na qual aprendemos a sequência das
7 ( 12) notas. Ou seja, a corda é afinada em uma certa altura ( nota ) e adiante
cada casa em que apertarmos com os dedos terá a próxima nota da sequência
das 12 notas musicais ( C, C#, D, D#, E, F, F#, G, G#, A, A#, B ) por isso a
corda na qual a afinação é mi a próxima nota na casa em que apertamos é um

Mário Sales Santos – RG: 44.749.077-01


F. lembrando que as casas são separadas pelos trastes ( os risquinhos no
braço do violão )

Mário Sales Santos – RG: 44.749.077-01


ACORDES MAIORES E MENORES

COMO TOCAR?

As bolinhas amarelas sempre representarão os locais em que os dedos da mão


esquerda ( para os destros ) devem ser colocados. Sabendo montar os acordes
a olho é possível pegar cifras com estes acordes ( desenhos ) e executar
músicas com as batidas ( ritmos ) de mão direita. Pois as batidas somadas com
os acordes geram várias músicas. Para entender melhor assista as vídeo aulas
do Professor Mário Sales.

Nas aulas o Prof. Mário irá utilizar os termos ( DEDO X NA CASA X NA


CORDA X ) para que ser façam os acordes.

Neste caso deve-se respeitar os locais em que se colocam os dedos e as


cordas tocadas. Pois nem todas as cordas são tocadas em todos os acordes.

Mário Sales Santos – RG: 44.749.077-01


CONCLUSÃO

Após entender todos os itens desta apostila, você está pronto para executar
várias músicas. Para isso assista as aulas em que o Prof. Mário Sales ensina a
tocar músicas no desenvolvimento e leitura de cifras.

Mário Sales Santos – RG: 44.749.077-01