Você está na página 1de 8

Com base nos textos: Orientações para elaboração

do Regimento Escolar e Regras de convívio: o


regimento escolar
Responda:
1)_ Como deve ser a construção do Regimento Escolar?
A elaboração do documento do Regimento Escolar deve partir de uma
construção coletiva, pautada no princípio da gestão democrática, pois a
educação é de responsabilidade de toda comunidade escolar. ... Capítulos:
divide e organiza os diferentes assuntos a serem abordados no
documento. Podem ser subdivididos em Seções.

2)- Após a leitura e análise de todos os textos liste três definições


de Regimento Escolar.
O regimento escolar é um conjunto de regras que definem a organização
administrativa, didática, pedagógica, disciplinar da instituição,
estabelecendo normas que deverão ser seguidas para na sua elaboração,
como, por exemplo, os direitos e deveres de todos que convivem no
ambiente. Define os objetivos da escola, os níveis de ensino que oferece e
como ela opera. Dividindo as responsabilidades e atribuições de cada
pessoa, evitando assim, que o gestor concentre todas as ordens, todo o
trabalho em suas mãos, determinando o que cada um deve fazer e como
deve fazer.

O Regimento deve surgir da reflexão que a escola tem sobre si mesma,


porém, deve estar de acordo com a legislação e a ordem que é aplicada no
país, estado e município. Ele é um o documento administrativo e
normativo de uma unidade escolar que, fundamentado na proposta
pedagógica e coordena o funcionamento da escola, regulamentando
ações entre os representantes do processo educativo. Ele deve ser
baseado em um texto referencial e em princípios democráticos, adotados
pela Secretaria de Estado da Educação que são a base para promover a
discussão, a reflexão e a tomada de decisão pelos membros da escola,
buscando respostas às questões referentes ao processo de ensino e
aprendizagem.
Toda instituição deve possuir um conjunto de normas e regras que
regulem a suas propostas explicitadas em um documento que deve está
disponível para a consulta de toda a comunidade escolar.

O momento de construção do Regimento Escolar deve propiciar o


aperfeiçoamento da qualidade da educação, estabelecendo a
responsabilidade de cada um dos segmentos que compõem a instituição
escolar como forma de garantir o cumprimento de direitos e deveres da
comunidade escolar.
Ele deve estar de acordo com uma proposta de gestão democrática, assim
ele possibilitará a qualidade do ensino, fortalecendo a autonomia
pedagógica e valorizando a participação da comunidade escolar que está
representada através dos órgãos colegiados, como, por exemplo, o
Conselho Escolar e o grêmio estudantil. Outro objetivo do Regimento é o
cumprimento das ações educativas estabelecidas no Projeto Político-
Pedagógico da escola.

A escola deve ser percebida como um espaço que favorece a discussão


dos conhecimentos históricos acumulados pela sociedade. É através dessa
construção coletiva que teremos uma organização capaz de efetivar uma
educação de qualidade, gratuita e para todos, além de formar cidadãos
críticos capazes de transformar a sua realidade. Dessa forma, podemos
conclui que o Regimento Escolar é essencial para uma instituição escolar
que busca a qualidade do ensino numa perspectiva democrática.

Referências bibliográficas:
LIBÂNEO, José Carlos. Didática. São Paulo: Cortez, 1994.

VEIGA, Ilma Passos Alencastro. Projeto Político Pedagógico da Escola: uma


construção possível. Campinas. Papirus, 1996.
3)- O que o Regimento Escola deve propiciar conforme cita
Emanuelle Oliveira.
Regimento interno é um conjunto de regras estabelecidas por
um grupo para regulamentar o seu funcionamento, podendo ser
usado em diversas atividades, nos mais variados campos, seja do
Poder Público, seja na iniciativa privada. Tem uma importância
bastante destacada nos tribunais.

4)- Quais são os objetivos do Regimento Escolar?


O Regimento Escolar é o documento que normatiza o
funcionamento pedagógico e administrativo das instituições de
ensino, orientando o desenvolvimento do trabalho a ser
desenvolvido no ambiente escolar. Ele é a “lei da escola”, pois
regula o funcionamento da instituição de ensino.
5)- Como deve ser dar a elaboração do Regimento Escolar sob
uma perspectiva democrática?
O Regimento deve surgir da reflexão que a escola tem sobre si mesma,
porém, deve estar de acordo com a legislação e a ordem que é aplicada no
país, estado e município. Ele é um o documento administrativo e
normativo de uma unidade escolar que, fundamentado na proposta
pedagógica e coordena o funcionamento da escola, regulamentando
ações entre os representantes do processo educativo. Ele deve ser
baseado em um texto referencial e em princípios democráticos, adotados
pela Secretaria de Estado da Educação que são a base para promover a
discussão, a reflexão e a tomada de decisão pelos membros da escola,
buscando respostas às questões referentes ao processo de ensino e
aprendizagem.
O momento de construção do Regimento Escolar deve propiciar o
aperfeiçoamento da qualidade da educação, estabelecendo a
responsabilidade de cada um dos segmentos que compõem a instituição
escolar como forma de garantir o cumprimento de direitos e deveres da
comunidade escolar.
A escola deve ser percebida como um espaço que favorece a discussão
dos conhecimentos históricos acumulados pela sociedade. É através dessa
construção coletiva que teremos uma organização capaz de efetivar uma
educação de qualidade, gratuita e para todos, além de formar cidadãos
críticos capazes de transformar a sua realidade. Dessa forma, podemos
conclui que o Regimento Escolar é essencial para uma instituição escolar
que busca a qualidade do ensino numa perspectiva democrática.

6)- Explique: “O Regimento Escolar é um documento formal, mas


não rígido”.
De caráter legal, ele é um manual prático. Em instituições públicas ou
privadas, a elaboração do regimento deve incluir a participação de todos.
“Algumas coisas já são definidas por dispositivos legais e nós não temos
como interferir, mas as especificidades da unidade precisam ser
construídas de maneira coletiva e democrática com toda a comunidade
escolar”, explica o diretor da Escola Estadual São Paulo, Fábio César
Severino.

E qual a relação deste documento com o projeto político-pedagógico


(PPP)? Enquanto o regimento fundamenta as bases legais de como a
escola funciona, o PPP define as estratégias para o desenvolvimento do
processo de ensino e aprendizagem. Por isso, os dois documentos devem
conversar entre si. “O PPP diz, por exemplo, qual a concepção de avaliação
da escola. No regimento, existirá um capítulo sobre avaliação,
descrevendo quais critérios definem a aprovação e qual média o aluno
deverá ter”, explica Giselly Muniz, gerente de normatização de sistema
educacional da Secretaria de Educação de Pernambuco.

7)- Como deve ser as sanções presentes no Regimento Escolar?


Regimento Escolar pode ser entendido como ato administrativo que
regula a
organização administrativa, didática e disciplinar dos estabelecimentos de
ensino,
obedecendo aos princípios constitucionais e legislação no âmbito federal e
estadual.
Assim, o presente artigo tem por objetivo abordar o aspecto jurídico das
medidas
disciplinares estabelecidas no Regimento Escolar. Para tanto, a
comunidade escolar
ao elaborar o Regimento, no que se refere a organização disciplinar dos
alunos,
deve amparar-se, de forma específica, na Constituição Federal, Estatuto
da Criança
e do Adolescente, Lei n° 8.069/1990 e na Deliberaçã o do Conselho
Estadual de
Educação do Paraná. Nesse contexto, acredita-se que o Regimento Escolar
do
estabelecimento de ensino dever propor sanções disciplinares, quando do
ato
infracional e/ou ato indisciplinar grave com vistas a serem aplicadas
quando o aluno
não cumprir os deveres previstos no regimento escolar. Concluímos,
portanto, que a
sanção disciplinar tem um caráter também pedagógico, quando
recorremos ao
devido processo legal e oportunizamos ao aluno a ampla defesa e o
contraditório.

8)- Como deve ser as decisões e regras de convívio na construção


do Regimento Escolar.
A Constituição Federal, principal lei do país, estabelece os princípios que
devem nortear o Regimento Escolar, que são:
Igualdade de condições para o acesso e a permanência na escola;
Liberdade de aprender, ensinar, pesquisar e divulgar o pensamento, a arte
e o saber;
Pluralismo de ideias e de concepções pedagógicas;
Gratuidade do ensino público em estabelecimentos oficiais;
Gestão democrática do ensino público, na forma da lei;
Garantia de padrão de qualidade.
Embora esses princípios se refiram principalmente às instituições públicas,
eles também devem servir de base para a elaboração, a discussão e a
aprovação do Regimento Escolar em escolas privadas.

Para elaborar o documento, observe outros pontos que devem ser


considerados:

A especificidade da natureza pedagógica da instituição escolar e do seu


interesse público;
A autonomia da escola como unidade coletiva de trabalho;
A unidade pedagógica e administrativa da escola como instituição
orgânica;
A representatividade como critério para a gestão da escola.
Após a definição do regimento de acordo com os princípios legais, a escola
deve definir, junto à comunidade escolar, as especificidades da unidade
com base em suas necessidades, descrevendo todos os aspectos da
realidade institucional.
9)- Por que o autor coloca que ele deve ser popularizado? Você enquanto
estudante já viu um regimento escolar?

Como é a estrutura do Regimento Escolar?


A elaboração do documento do Regimento Escolar deve partir de uma
construção coletiva, pautada no princípio da gestão democrática, pois a
educação é de responsabilidade de toda comunidade escolar.

Uma gestão democrática do trabalho pedagógico e institucional permite a


todos que discutam, reflitam e decidam sobre seus direitos, seus deveres,
as normas de convivência e o bom funcionamento da rotina escolar.

A estrutura do documento deve estar de acordo com a regulamentação


para as normas e as leis no Brasil, que estabelece normas para a
consolidação dos atos normativos que menciona.

A organização do documento deve ser da seguinte forma:

Títulos: denominação de um assunto abrangente, dividido em Capítulos e


Seções;
Seções: conjuntos de Artigos que dispõem sobre um determinado
conteúdo. Devem ser redigidas em letras minúsculas e com as seções
identificadas por algarismos romanos;
Capítulos: divide e organiza os diferentes assuntos a serem abordados no
documento. Podem ser subdivididos em Seções. Todas as letras devem ser
maiúsculas com os capítulos identificados por algarismos romanos;
Artigos (Art.): servem para apresentar, dividir ou agrupar cada assunto.
Descrevem uma norma geral referente a um só assunto, em uma única
frase, sem expressões explicativas, siglas ou abreviaturas. Sua numeração
é contínua até o final do documento;
Parágrafos (§): são divisões de um artigo que servem para exemplificar ou
modificar a norma geral do conteúdo, de modo a facilitar a compreensão
do tema;
Incisos (I, II, III, …): são elementos discriminativos do Artigo, utilizados para
a especificação de atribuições, competências, finalidades, objetivos etc. As
frases iniciam-se sempre com letra minúscula e são organizadas por
numerais romanos.
Alíneas (a, b, c, …): são utilizadas como continuação dos Incisos e dos
Parágrafos, de modo que complementem a ideia anterior.
Além disso, os assuntos devem ser descritos de forma simples, clara e
objetiva, mantendo a coerência para que todos possam compreender seu
conteúdo e aplicá-lo corretamente.

No conteúdo do documento, devem ser descritos cada componente


fundamental com as informações completas sobre a estrutura, a
organização e o funcionamento da escola.

Você também pode gostar