Você está na página 1de 7

Actividades 2

20. Resolva o sistema de equações, escrevendo as matrizes ampliadas, associadas aos novos
sistemas.
⎧2 x − y + 3 z = 11
⎪4 x − 3 y + 2 z = 0


⎪x + y + z = 6
⎪⎩3x + y + z = 4

21. Descreva todas as possíveis matrizes 2×2, que estão na forma escada reduzida por linhas.

22. Reduza as matrizes à forma escada reduzida por linhas:

⎛ 0 2 2⎞
⎛ 1 −2 3 −1 ⎞ ⎜ ⎟ ⎛1 3 − 5⎞
⎜ ⎟ ⎜1 1 3 ⎟ ⎜ ⎟
A=⎜ 2 −1 2 3 ⎟ B =⎜ C =⎜4 2 7⎟
⎜ 3 3 −4 2⎟
⎝ 1 2 3 ⎟⎠ ⎜
⎜2 − 3
⎟ ⎜0
⎝ 6 9 ⎟⎠
⎝ 1⎟⎠

23. Calcule o posto e a nulidade das matrizes da questão 3.

24. Reduzir cada matriz seguinte à forma escalonada e depois à sua forma canónica por linhas.
Calcule também o posto r ( A) de cada uma

⎛1 3 −1 2⎞ ⎛0 1 3 −2⎞
⎛1 2 −1 2 1⎞ ⎛2 3 −2 5 1⎞ ⎜ ⎟ ⎜ ⎟
⎜ ⎟ ⎜ ⎟ ⎜0 11 −5 3⎟ ⎜0 4 −1 3⎟
a) ⎜ 2 4 1 − 2 3 ⎟ ; b) ⎜3 −1 2 0 4 ⎟ ; c) ⎜2 ; d) ;
⎜3 6 −5 3 1⎟ ⎜0 0 2 1⎟
⎝ 2 − 6 5 ⎟⎠ ⎜4
⎝ −5 6 − 5 7 ⎟⎠ ⎜
⎜4
⎟ ⎜ ⎟
⎝ 1 1 5 ⎟⎠ ⎜0
⎝ 5 −3 4 ⎟⎠

25. Resolva os sistemas seguintes achando as matrizes ampliadas linha reduzidas à forma escada e
dando também seus postos, os postos das matrizes e dos coeficientes:

⎧ x + 2 y + 3z = 0
⎧2 x1 + x 2 = 5 ⎪
a) ⎨ b) ⎨2 x + y + 3 z = 1
⎩ x1 − 3 x 2 = 6 ⎪3 x + 2 y + z = 0

⎧ x1 + x 2 + x3 = 4
⎧ x1 + x 2 + x3 = 4 ⎪
c) ⎨ d) ⎨2 x1 + 5 x 2 − 2 x3 = 3
⎩2 x1 + 5 x 2 − 2 x3 = 3 ⎪ x + 7x − 7x = 5
⎩ 1 2 3

⎧ x1 + x 2 + x3 + x 4 = 0
⎪x + x 2 + x3 − x 4 = 4
⎪ 1
e) x1 + 2 x 2 − x3 + 3 x 4 = 1 f) ⎨
⎪ x1 + x 2 − x3 + x 4 = − 4
⎪⎩ x1 − x 2 + x3 + x 4 = 2

⎧3 x + 2 y − 4z = 1
⎪ x − y
⎧ x + 2 y + 3z = 0 ⎪⎪ − z=3

g) ⎨2 x + y + 3 z = 0 h) ⎨ x − y − 3z = − 3
⎪3 x + 2 y + z = 0 ⎪3x + 3 y − 5z = 0
⎩ ⎪
⎪⎩− x + y + z =1

⎛1 2 1⎞ ⎛ 17 + 7α 5 − 4α ⎞
Solução: a) (3; -1) b) ⎜ ;− ; ⎟ c) ⎜− ;− ; α⎟
⎝3 3 3⎠ ⎝ 3 3 ⎠
d) (1- 2α+β-3μ; α; β; μ ) f) (1; -1; 2; -2) g) (0; 0; 0) h) ∅

⎧3x − my =1
26. Determine os valores de m e n, de modo que o sistema ⎨ admita:
⎩6 x + 4 y = n
a) Solução única; b) Nenhuma solução; c) Infinidade de soluções.
Solução: a) m≠ -2 b) m = -2 e n≠ 2 c) m = -2 e n = 2

⎧− 4 x + 3 y = 2

27. Determine k, para que o sistema admita solução ⎨ 5 x − 4 y = 0
⎪ 2x − y = k

Solução: k = -6
28. Considere o sistema:


⎪x + y + z = 4

⎨ 2y − z = 3

⎪ (2m − 1)z =
4
⎩ 5
Para que valores de m o sistema:
a) É possível e determinado.
b) É impossível

29. Determine a solução geral do sistema:


⎧x + y + z = 0
⎧x + 3 y = 0 ⎧x + 5 y = 0 ⎪2 x − y + 3 z = 0
⎪ ⎪ ⎪ ⎧2 x − y = 0 ⎧3 x + 2 y − 7 z = 0
a) ⎨2 x + 7 y = 0 ; b) ⎨2 x + 3 y = 0 ; c) ⎨ ; d) ⎨ ; e) ⎨ ;
⎪4 x + y = 0 ⎪3 x + 2 y = 0 ⎪ 3 x − y + 5 z = 0 ⎩x + y − z = 0 ⎩x − y + z = 0
⎩ ⎩ ⎪⎩ x − 2 y − 2 z = 0

⎧x + y − 6 z = 0
⎧− 4 x + 3 y − z = 0 ⎧x + y − z = 0 ⎧6 x + 2 y = 0 ⎧3 x + 2 y = 0 ⎪
f) ⎨ ; g) ⎨ ; h) ⎨ ; i) ⎨ ; j) ⎨− 3 x + y + 2 z = 0 ;
⎩8 x + y + 2 z = 0 ⎩3 x + 6 y − 4 z = 0 ⎩− 3 x − y = 0 ⎩7 x − 4 y = 0 ⎪x − y + 2 z = 0

Soluções:
1-a) S = {(0; 0)} ; 1-b) S = { } ; 1-c) S = {(0; 0; 0)} ; 1-d) y = 2 x; z = 3 x , x- arbitrário;
1-f) z = −4 x; y = 0 , x- arbitrário; 1-h) y = −3 x , x- arbitrário; 1-j) x = 2 z; y = 4 z , z- arbitrário;

30. Determine o valor de m, de modo que o sistema homogéneo admita uma solução não nula.
⎧13 x + 2 y = 0 10
⎨ Solução: m=
⎩5 x + my = 0 13

31. Determine o valor de k, de modo que o sistema homogéneo admita uma solução não trivial.

⎧3 x − 2 y + z = 0

⎨kx − 14 y + 15 z = 0
⎪ x + 2 y − 3z = 0

Solução: k = 5

⎡1 2 ⎤ ⎡3 − 1⎤
32. Dadas as matrizes A = ⎢ ⎥ e B=⎢
1⎥⎦
, Calcule
⎣1 0⎦ ⎣0
a) detA + detB b) det(A + B) Solução: a) 1 b) 3

x 2
33. Resolva a equação =0 . Solução: x = 3
9 6

sen 2 x −1
34. Calcule o determinante . Solução: 1
cos 2 x 1

1 log b a
35. Mostre que =0 .
log a b 1

36. Calcule os seguintes determinantes aplicando a regra de Sarrus:


1 1 −1 3 5 0 3 0 0
a) 2 3 −2 b) − 2 1 6 c) 0 3 0 Soluções: a) 4 b) 58
3 −2 1 4 2 −2 0 0 −3
c)-27

1 3 2
37. Resolva a equação 2 6 x =0 . Solução: x = 4
−3 4 6

38. Aplicando o teorema de Laplace, calcule o valor dos seguintes determinantes :

6 0 4 0 0 0 5 2 4 1 3 3 0 −2 4
a) 5 3 2 b) 3 0 1 6 c) 2 1 3 0 d) 0 5 −1 3
4 3 2 7 0 2 −1 1 2 0 2 4
6 0 5
8 1 1 9 4 1 2 3 5 3 0 −1

7 3 −2 0
e) 3 1 4 −2 Soluções: a) 18 b)85 c)20 d)-552 e)-2
0 2 −2 1
5 6 2 −1

39. Dada a matriz A:

⎡1 0 2 − 1⎤ a) Determine k e w de modo que o determinante de A seja nulo.


⎢2 k 3 − 2 ⎥⎥
⎢ b) Calcule o determinante de a se k = 1 e w = 0
⎢0 0 2 3⎥
⎢ ⎥
⎣1 w − 1 0 2⎦

⎛ 3 6 1⎞ ⎛ − 31 −2 47 ⎞
⎜ ⎟ ⎜ ⎟
40. Verifique se são inversas uma da outra as matrizes A = ⎜ 0 1 8 ⎟ é B = ⎜ 16 1 − 24 ⎟ .
⎜ 2 4 1⎟ ⎜ −2 3 ⎟⎠
⎝ ⎠ ⎝ 0
Caso não, determine a inversa da matriz A.

⎛ 1 2 3⎞ ⎛s t 3⎞
⎜ ⎟ 1 ⎜ ⎟
41. Dadas as matrizes A = ⎜ 2 1 3 ⎟ e B = ⋅ ⎜ 7 − 8 3 ⎟ . Ache os valores de s e t tais que seja
⎜ 3 2 1⎟ 12 ⎜
⎝ ⎠ ⎝1 t − 3 ⎟⎠
B = A −1 .
⎧ x + 2 y + 3z = 0

42. Com base nos resultados do exercício 51), resolva o seguinte sistema: ⎨ 2 x + y + 3 z = 1 .
⎪3 x + 2 y + z = 0

⎧ x + ay − 2 z = 0

43. Determine a de modo que a equação ⎨ x + y + z = 1 não admita solução
⎪ x− y−z =3

44. Para cada uma das matrizes seguintes, calcula a matriz inversa usando o método de Jordan e verifique
o resultado a partir de A ⋅ A−1 = I :

⎛ 1 2 − 3⎞ ⎛ 1 2 −1 ⎞ ⎛1 − a 0 0 ⎞
⎛1 2⎞ ⎜ ⎟ ⎜ ⎟ ⎜ ⎟
a) ⎜⎜ ⎟⎟ ; b) ⎜ 0 1 2⎟ ; c) ⎜ 2 4 1⎟ ; d) ⎜ 0 1 − a 0 ⎟ ;
⎝0 1⎠ ⎜0 0 1 ⎟⎠
⎜ −2 0
⎝ 3 ⎟⎠ ⎜ 0
⎝ 0 1 − a ⎟⎠

⎛3 −2 −1⎞ ⎛1 3 −5 7⎞
⎛ 5 −4 2⎞ ⎜
0
⎟ ⎜ ⎟
⎜ ⎟ ⎜0 2 2 1⎟ ⎜0 1 2 − 3⎟
e) ⎜ − 4 −1 ⎟; f) ⎜ ; g) ⎜ .
2⎟
2
⎜ 2 1 −2 −3 −2⎟
− 1 ⎟⎠ ⎜ ⎟ 0 0 1
⎝ −1 ⎜0 ⎜ ⎟
⎝ 1 2 1⎟⎠ ⎜0 1 ⎟⎠
⎝ 0 0

⎛1 − 2 7⎞ ⎛ −1 1 −1 ⎞ ⎛1 − a a2 a 3 ⎞⎟
⎛1 − 2⎞ ⎜ ⎟ ⎜ 2 2 ⎟ ⎜
Soluções: a) ⎜⎜ ⎟; b) ⎜ 0 1 − 2⎟ ; c) ⎜ 2 3 −1 1 ⎟; d) ⎜ 0 1 − a a 2 ⎟ ;
⎝0 1 ⎟⎠ ⎜0 ⎜ −2
12 4
⎟ ⎜ ⎟
⎝ 0 1 ⎟⎠ ⎝ 3
1
3 0⎠ ⎜ 0

0 1− a⎟

⎛ 1 1 −2 −4 ⎞ ⎛ 1 − 3 11 − 38 ⎞
⎛1 2 0⎞ ⎜ ⎟ ⎜ ⎟

⎜ ⎟ ⎜ 0 1 0 −1 ⎟ ⎜0 1 −2 7⎟
e) 3 ⋅ ⎜ 2 3 1 ⎟ ; f) ⎜
1 ; g) ⎜ .
⎜0 1 2⎟ ⎜
−1 −1 3 6⎟
⎟ 0 0 1 −2 ⎟
⎝ ⎠ ⎜ 2 ⎜ ⎟
⎝ − 6 − 10 − 10 ⎟⎠ ⎜0 1 ⎟⎠
⎝ 0 0

45. Resolva os seguintes sistemas de equações lineares recorrendo à matriz inversa

⎧2 x + 2 y + z = 5 ⎧4 x + 2 y + z = −8 ⎧x + y − z = 0
⎧2 x + y = 7 ⎪ ⎧x + 2 y = 9 ⎪ ⎪
a) ⎨ ; b) ⎨ x + 3 z = 5 ; c) ⎨ ; d) ⎨3 x − y + 2 z = 4 ; e) ⎨2 x − y + z = 3
⎩3 x − 2 y = 0 ⎪− x + 4 y = 2 ⎩2 x − 3 y = 4 ⎪− x − y − z = 2 ⎪4 x + 2 y − 2 z = 2
⎩ ⎩ ⎩

Soluções: a) x = 2, y = 3 ; c) x = 5, y = 2 ; e) x = 1, y = 2, z = 3 ;

46. Resolva os sistemas, usando o a regra de cramer


⎧x − 2 y + z = 1 ⎧x + y + z = 1
⎧3x − 4 y = − 6 ⎪ ⎪
a) ⎨ b) ⎨2 x + y =3 c) ⎨2 x − y + z = 3
⎩ x + 2y = 8 ⎪ y − 5z = 4 ⎪x − y =4
⎩ ⎩

⎧ x1 + x 2 + x3 + x 4 = 0 ⎧w + x + y = 3
⎧x + y = −2 ⎪x ⎪− 3 w − 17 x + y + 2 z = 1
⎪ ⎪ 1 + x2 + x3 − x 4 = 4 ⎪
d) ⎨2 x − y + z = 1 ; e) ⎨ ; f) ⎨
⎪4 x + y + z = − 5 ⎪ x1 + x2 − x3 + x 4 = − 4 ⎪4 w + 8 y − 5 z = 1
⎩ ⎪⎩ x1 ⎪⎩− 5 x − 2 y − z = 1
− x2 + x3 + x 4 = 2

⎧3w + x + y − 8 z = 2
⎧2x + y + z = 7 ⎧3 x − 7 y + z = 4 ⎪− 5w − 7 x + y + 16 z = 2
⎪ ⎪ ⎪
g) ⎨x − y + z = 0 ; h) ⎨x + 5 y + z = 0 ; i) ⎨2w + x − y − z = −2
⎪4x + 2 y − 3z = 4 ⎪2 x − y + 3 z = −2 ⎪
⎩ ⎩ ⎪⎩w + 3x + 2 y − 13z = 4

⎛ 36 3 19 ⎞
Soluções: a) (2; 3) b) ⎜ ;− ;− ⎟ c) (6; 2; -7) d) ∅ e) (1, -1, 2, -2)
⎝ 23 23 23 ⎠
f) w = 2, x = 0, y = 1, z = 3 g) x = 1, y = 3, z = 2 h) x = 2, y = 0, z = −2
i) w = z, x = 2 z, y = 3 z + 2

47. Calcule os valores de k para que cada um dos seguintes sistemas admita solução diferente da
trivial

⎧kx + y + 2 z = 0
⎪ ⎧(1 − k ) x + 2 y = 0
a) ⎨ x − ky + z = 0 ; b) ⎨
⎪kx − y − z = 0 ⎩2 x + ( 4 − k ) y = 0

Para a resolução dos exercícios que se seguem, o estudante terá que buscar conhecimentos adicionais
sobre o modelo insumo-produto, vulgarmente conhecido por Modelo de Leontief (Matemático
Americano nascido em S.Peterburg na Rússia em 1906). Para o efeito, o estudante terá que consultar
o livro [1], indicado nos recursos de aprendizam.

48. Dada a matriz insumo-produto e o vector de demanda final, ache, em cada um dos casos os níveis
de produção adequados para as três indústrias consideradas.

⎛ 0 .3 0 .4 0 .2 ⎞ ⎛100 ⎞ ⎛ 0 .2 0 .3 0 .2 ⎞ ⎛10 ⎞
⎜ ⎟ r ⎜ ⎟ ⎜ ⎟ ⎜ ⎟
a) A = ⎜ 0.2 0.0 0.5 ⎟ e d = ⎜ 40 ⎟ ; b) ⎜ 0 .4 0 .1 0 .2 ⎟ e d = ⎜ 5 ⎟ .
⎜ 0 .1 0 .3 0 .1 ⎟ ⎜ 50 ⎟ ⎜ 0 .1 0 .3 0 .2 ⎟ ⎜5⎟
⎝ ⎠ ⎝ ⎠ ⎝ ⎠ ⎝ ⎠
49. Considere uma economia dependente de três sectores com a matriz insumo-produto A e as matrizes
de demanda final D, tais que:

⎛ 1 / 5 1 / 5 3 / 10 ⎞ ⎛9⎞ ⎛6⎞ ⎛12 ⎞


⎜ ⎟ ⎜ ⎟ ⎜ ⎟ ⎜ ⎟
A = ⎜1 / 2 1 / 2 0 ⎟ ; D1 = ⎜12 ⎟ , D2 = ⎜ 9 ⎟ , D3 = ⎜18 ⎟ ,
⎜ 0 1 / 5 ⎟⎠ ⎜16 ⎟ ⎜8 ⎟ ⎜ 32 ⎟
⎝ 0 ⎝ ⎠ ⎝ ⎠ ⎝ ⎠

onde D são milhões em dólares. Determine os níveis de produção total que cada sector deve atingir
para satisfazer a procura total quer dos outros sectores quer da demanda final.

50. Considere um modelo insumo-produto com 3 sectores. O sector I, é de indústria Pesada, o sector II
é de indústria Ligeira e o sector III é do ramo Agrícola. Suponha que a matriz dos coeficientes
técnicos é apresentada na tabela abaixo, e que a demanda final para os três bens é igual a, 85, 95 e
20 unidades, respectivamente. Se x1 , x 2 e x3 denotam o número de unidades que devem ser
produzidas nos três sectores, escreva o sistema de Leontief para o problema. Verifique que
x1 = 150 , x 2 = 200 ; x3 = 100 é a solução.

Ind. Pesada Ind. Ligeira Ramo


Agrícola

Unidades de bens a11 = 0.1 a12 = 0.2 a13 = 0.1


da Ind. Pesada

Unidades de bens a 21 = 0.3 a 22 = 0.2 a 23 = 0.2


da Ind. Ligeira

Unidades de bens a31 = 0.2 a32 = 0.2 a33 = 0.1


do ramo Agrícola

SOLUÇÕES:

⎛ 33 21 52 ⎞
1 ⎜ ⎟
47- a) k = ou k = −1 ; 47-b) k = 0 ou k = 5 ; 48-) (1;1) . 49-) X = ⎜ 57 39 88 ⎟ .
3 ⎜ 20 10 40 ⎟
⎝ ⎠