Você está na página 1de 12

FERNANDO YOSHIO ARAKAWA

FLÁVIO HENRIQUE RIBEIRO

AVALIAÇÃO DOS RISCOS FÍSICOS DE UMA

INDÚSTRIA DE EMBALAGENS DE ARAPONGAS-PR

Londrina
2005
FERNANDO YOSHIO ARAKAWA
FLÁVIO HENRIQUE RIBEIRO

AVALIAÇÃO DOS RISCOS FÍSICOS DE UMA

INDÚSTRIA DE EMBALAGENS DE ARAPONGAS-PR

Trabalho de Conclusão de Curso apresentado


ao Curso de Especialização em Engenharia
de Segurança do Trabalho, da Universidade
Estadual de Ponta Grossa – UEPG, como
requisito para obtenção do título de
Especialista.

Orientador: Prof. Carlos Alberto Lima Utrabo.

Londrina
2005
FERNANDO YOSHIO ARAKAWA
FLÁVIO HENRIQUE RIBEIRO

AVALIAÇÃO DOS RISCOS FÍSICOS DE UMA

INDÚSTRIA DE EMBALAGENS DE ARAPONGAS-PR

Trabalho de Conclusão de Curso apresentado


ao Curso de Especialização em Engenharia de
Segurança no Trabalho, Universidade Estadual
de Ponta Grossa – UEPG, como requisito ao
título de Especialista.

COMISSÃO EXAMINADORA

___________________________________

___________________________________

___________________________________

Londrina, ____ de ____________ de 2005.


AGRADECIMENTOS

Ao Orientador: Prof. Carlos Alberto Lima Utrabo, pelo apoio e sapiência

com que nos orientou na realização desta difícil tarefa.

Ao representante da Empresa, objeto do estudo, que com presteza

recebeu estes acadêmicos, fornecendo os meios necessários para esta realização.

Aos funcionários da empresa, que se dispuseram a participar da

pesquisa e, assim, revelaram ao pesquisador a realidade do seu ambiente de trabalho.

A todos que direta ou indiretamente contribuíram para a realização

desta difícil e exaustiva tarefa.


ARAKAWA, Fernando Yoshio; RIBEIRO, Flávio Henrique. AVALIAÇÃO DOS RISCOS
FÍSICOS DE UMA INDÚSTRIA DE EMBALAGENS DE ARAPONGAS-PR. 2005.
Trabalho de Conclusão de Curso (Especiação em Engenharia de Segurança do
Trabalho) - Universidade Estadual de Ponta Grossa – UEPG.

RESUMO

O presente estudo compreende a análise das possíveis causas de riscos ambientais


(ruídos, calor, frio etc.) insalubres, que ocasionam afastamento dos funcionários do
trabalho: temporários ou permanentes, em uma indústria de embalagens, localizada na
cidade de Arapongas, Estado do Paraná, objetivando a prevenção das ocorrências
sinistras e contribuir para o melhoramento das condições de segurança e saúde
ocupacional da indústria em questão. Para tanto, realizou-se o estudo bibliográfico
sobre o tema riscos ambientais, focando: o trabalho e sua importância para o ser
humano; as relações em trabalho e saúde; ambientes de trabalho; legislação
regulamentadora das condições e ambiente de trabalho, incluindo breve histórico da
segurança e saúde no trabalho; desenvolvimento do mapa de riscos ambientais;
agentes físicos nocivos à saúde humana (calor/frio, vibração, pressões anormais e
ruídos). Contudo, a análise principal se concentrou na investigação junto à empresa e
seus funcionários sobre a qualidade do ambiente de trabalho quanto à existência de
riscos físicos. Concluiu-se que a empresa, de maneira geral, conduz e gerencia a
questão de maneira satisfatória, constatando-se a inexistência de acidentes
relacionados ao tema. No entanto, observou-se a resistência, por parte de alguns
funcionários, em utilizar correta e constantemente os equipamentos fornecidos para
suas seguranças. Sugere-se, assim, que a empresa intensifique o programa de
informações, educação e conscientização da importância do EPI (Equipamento de
Proteção Individual) permanente, constante e adequado, através de palestras, cursos
e/ou similares.

Palavras-chave: Insalubridade. Riscos Ambientais. Agentes físicos.


LISTA DE GRÁFICOS

Gráfico 1. Distribuição dos funcionários estudados segundo a faixa etária.. 65

Gráfico 2. Distribuição dos funcionários estudados segundo a

escolaridade................................................................................. 67

Gráfico 3. Distribuição dos funcionários estudados segundo o tempo de

serviço.......................................................................................... 70

Gráfico 4. Distribuição dos funcionários estudados segundo a intensidade

do ruído no local de trabalho........................................................ 71

Gráfico 5. Distribuição dos funcionários estudados segundo a

confortabilidade do ruído a que ficam expostos........................... 73

Gráfico 6. Distribuição dos funcionários estudados segundo a temperatura

a se expõem durante a jornada de trabalho................................. 75

Gráfico 7. Distribuição dos funcionários estudados segundo a

confortabilidade da temperatura a que se expõem...................... 77

Gráfico 8. Distribuição dos funcionários estudados segundo a assiduidade

do uso dos equipamentos de proteção........................................ 79


LISTA DE TABELAS

Tabela 1. Intensidade de pressão sonora e valores de dB

correspondentes........................................................................ 51

Tabela 2. Valores de dB (A) recomendados.............................................. 55

Tabela 3. Limites de NPS - Portaria 3214/1978........................................ 55

Tabela 4. Idade dos funcionários............................................................... 65

Tabela 5. A escolaridade dos funcionários................................................ 67

Tabela 6. Tempo de serviço dos funcionários na empresa....................... 70

Tabela 7. Intensidade do ruído no local de trabalho................................. 71

Tabela 8. Confortabilidade do ruído.......................................................... 73

Tabela 9. Temperatura.............................................................................. 75

Tabela 10. Confortabilidade da temperatura............................................... 77

Tabela 11. Assiduidade do uso dos equipamentos de proteção................. 79

Tabela 12. Avaliação de ruídos................................................................... 81


LISTA DE SIGLAS

ABNT Associação Brasileira de Normas Técnicas

BEL Escala logarítmica que descreve os níveis sonoros

BS British Standard

CANCAT Campanha Nacional de Combate aos Acidentes de Trabalho

CGIL Central Sindical Italiana

CIPA Comissão Interna de Prevenção de Acidentes

CONAMA Conselho Nacional do Meio Ambiente

DB Decibel

DNSST Departamento Nacional de Segurança e Saúde do Trabalhador

EPI Equipamento de Proteção Individual

EPC Equipamento de Proteção Coletivo

IBAMA Instituto Brasileiro do Meio Ambiente

ISO International Standard Organization

Leq Nível equivalente de ruído

NFS Association Française de Normalization

NPS Nível de Pressão Sonora

PMV Índice que estima o valor médio dos votos de um grupo de pessoas na

escala de sensação térmica

PPD Porcentagem de pessoas insatisfeitas com o conforto térmico do

ambiente

PPRA Programa de Prevenção de Riscos Ambientais

SSST Secretaria de Segurança e Saúde no Trabalho


Tar Temperatura do ar

Trm Temperatura radiante média

UR Umidade do ar

Var Velocidade do ar
SUMÁRIO

1 INTRODUÇÃO ........................................................................................... 12

2 JUSTIFICATIVA .................................................................................... 16

3 OBJETIVOS........................................................................................... 19

3.1 Objetivo Geral ....................................................................................... 19

3.2 Objetivos Específicos ............................................................................ 19

4 METODOLOGIA..................................................................................... 21

4.1 Perspectiva do Estudo .......................................................................... 21

4.2 Delimitação do Estudo .......................................................................... 23

4.3 Limitações do Estudo ......................................................................... 23

5 FUNDAMENTAÇÃO TEÓRICA ............................................................. 24

5.1 O Trabalho e Sua Importância para o Ser Humano.............................. 24

5.2 As Relações em Trabalho e Saúde......................................................... 29

5.3 Ambientes de Trabalho............................................................................ 33

5.3.1 Avaliações ambientais......................................................................... 34

5.3.1.1 Avaliação quantitativa........................................................................ 35

5.3.1.2 Avaliação qualitativa ……………………………………………………. 36

5.4 Legislação Regulamentadora das Condições e Ambiente de Trabalho.. 37


5.4.1 Breve histórico da segurança e saúde no trabalho...............................
37
5.5 Agentes Físicos ...................................................................................... 41

5.5.1 Calor/frio............................................................................................... 41

5.5.2 Umidade................................................................................................ 45

5.5.3 Pressões anormais ............................................................................... 47

5.5.4 Ruídos .................................................................................................. 48

5.5.5 Vibração .............................................................................................. 58

6 CARACTERIZAÇÃO DA EMPRESA ......................................................... 62

6.1 Histórico da Empresa .............................................................................. 62

7 APRESENTAÇÃO E DISCUSSÃO DOS DADOS ..................................... 63

7.1 Análise da Pesquisa Realizada com o Técnico de Segurança de

Trabalho – Representante da Empresa................................................. 63

7.2 Análise da Pesquisa Realizada com os funcionários da Empresa......... 64

7.2.1 Resultados............................................................................................. 65

7.3 Avaliação Técnica do Ruído Existe no Ambiente de trabalho................. 65

9 CONCLUSÃO ............................................................................................. 85

REFERÊNCIAS ............................................................................................. 87

APÊNDICES................................................................................................... 90

Apêndice A - ANEXO Nº 1 da NR-15............................................................. 91

Apêndice B - ANEXO Nº 3 da NR-15............................................................. 93


ANEXOS......................................................................................................... 96

ANEXO A - Questionário – Empresa............................................................. 97

ANEXO B - Questionário – funcionários ..................................................... 100