Você está na página 1de 10

Semelhança e Congruência de Triângulos

1. Considere as afirmações:

I. Se dois ângulos  e B de um triângulo são congruentes aos ângulos C e D,


respectivamente, de outro triângulo, então esses triângulos são congruentes.
II. As diagonais de um trapézio isósceles são congruentes.
III. Dois triângulos que têm dois lados e um ângulo respectivamente congruentes
são triângulos congruentes.
IV. Dois triângulos que têm um lado, um ângulo adjacente e o ângulo oposto a
esse lado respectivamente congruentes são triângulos congruentes.

Assinalando V para as afirmativas verdadeiras e F para as falsas, a alternativa que apresenta a


sequência CORRETA é:

(A) VFFV
(B) VVFF
(C) VVVF
(D) FVFV
(E) FFVV

Resolução
● A afirmação I é FALSA, pois os casos de congruências são: LAL – ALA – LLL – LAAo.
Dois triângulos com 3 ângulos iguais são semelhantes, mas podem não ser congruentes.
● A afirmativa II é VERDADEIRA, pois as diagonais de um trapézio isósceles são
congruentes. Veja:

Podemos ver que o ΔABD é congruente ao ΔABC (3º caso de congruência de triângulos –
LAL). Se os triângulos são congruentes, os lados de um têm as mesmas dimensões do outro.
Assim sendo, a diagonal BD é igual à diagonal AC.
● A afirmativa III é FALSA, o certo é: “Dois triângulos que têm dois lados e o ângulo
compreendido por esses lados respectivamente congruentes são triângulos congruentes –
LAL”.
● A afirmativa IV é VERDADEIRA, veja o 4º caso de congruência LAAo.

2. Na figura, o triângulo ABC é congruente ao triângulo CDE. Determine o valor de x e y.

Resposta: x = 9 e y = 5

Resolução
Perceba que [DE] = [AB], então:
3y+3 = 18
3y = 18 - 3
y = 15/3
y=5

Como também, [AC] = [CE]:


2x - 6 = 12
2x = 12 + 6
x = 18/2
x= 9
3. Um bloco de pedra tem a forma de um triângulo como no desenho abaixo. Calcular x, y e o
comprimento de uma moldura para esse bloco.
Sabendo-se que AB = x, AD= 1, BC = 0,5 e CD = 0,3y +0,1
Observação: A unidade de medida usada é o metro.
Resposta: x = 0,5 e y = 3 // 3 metros

Resolução
Perceba que o traço em [AD] e em [DC] indica que [AD] = [DC] , ou seja, o tamanho
de [AD] é o mesmo de [DC].
Como [AD] = [DC] ⇒ 0,3y +0,1 = 1
0,3y = 1 – 0,1
0,3y = 0,9
y = 0,9 / 0,3
y=3

Lado → [AD] = [DC]


Ângulo → ADB = BDC
Lado→ [DB] (comum aos dois triângulos ABD e DBC)

ΔABC ≡ ΔDBC por LAL (terceiro caso de congruência de triângulo)

Como ABC é congruente ao triângulo DBC ⇒ AB = BC . Então, x = 0,5. AC = 1

Para se calcular o comprimento da moldura do bloco, devemos calcular o


perímetro desse triângulo, ou seja: AD + DC + AC = 1 + 1 + 1 = 3 metros.

4. Em cada grupo de triângulos, verificar os congruentes e indicar o caso de congruência.

(A)
(B)

(C)

(D)

Resolução
(A) ∆I ≡ ∆II pelo caso LAL.
(B) ∆I ≡ ∆III pelo caso ALA.
(C) ∆I ≡ ∆III pelo caso LLL.
(D) ∆II ≡ ∆III pelo caso LAAo.

5. Existem alguns procedimentos que podem ser usados para descobrir se dois triângulos são
semelhantes sem ter de analisar a proporcionalidade de todos os lados e, ao mesmo tempo, as
medidas de todos os ângulos desses triângulos. A respeito desses casos, assinale a alternativa
correta:
(A) Para que dois triângulos sejam semelhantes, basta que eles tenham três ângulos
correspondentes congruentes.

(B) Para que dois triângulos sejam semelhantes, basta que eles tenham dois lados
proporcionais e um ângulo congruente, em qualquer ordem.

(C) Para que dois triângulos sejam congruentes, basta que eles tenham os três lados
correspondentes com medidas proporcionais.

(D) Dois triângulos que possuem dois lados correspondentes proporcionais não serão
semelhantes em qualquer hipótese.

(E) Dois triângulos que possuem apenas dois ângulos correspondentes congruentes não
podem ser considerados semelhantes.

Resolução

● Incorreta. São necessários apenas dois ângulos correspondentes congruentes para que dois
triângulos sejam semelhantes.
● Incorreta. Os triângulos precisam ter dois lados correspondentes proporcionais e o ângulo que
fica entre esses dois lados precisa ser congruente para que os dois triângulos sejam
semelhantes. Assim, não é em qualquer ordem.
● Correta.
● Incorreta. Para que esses triângulos sejam semelhantes, basta que o ângulo entre esses dois
lados seja congruente.
● Incorreta. Esse é justamente um dos casos de semelhança de triângulos.

6. Qual o valor de x nos triângulos a seguir?


(A) 48 cm

(B) 49 cm

(C) 50 cm

(D) 24 cm

(E) 20 cm

Resolução

Observe que os dois triângulos são semelhantes pelo caso AA. Entretanto, x é a medida do lado EF do
triângulo maior, que, por sua vez, é correspondente ao lado CB do triângulo menor. Para descobrir a
medida desse lado, podemos usar o teorema de Pitágoras:

302 = 182 + y2

900 = 324 + y2

y2 = 900 – 324

y2 = 576

y = √576

y = 24 cm

Como os lados dos triângulos são proporcionais, para descobrir a medida de x, basta usar a proporção
entre os lados:
18 / 36 = 24 / x

18x = 36·2418x = 864

x = 864 / 18

x = 48 cm.

7. Na imagem a seguir, é possível perceber dois triângulos que compartilham parte de dois
lados. Sabendo que os segmentos BA e DE são paralelos, qual a medida de x?

(A) 210 m

(B) 220 m

(C) 230 m

(D) 240 m

(E) 250 m

Resolução

Quando um triângulo é cortado por um segmento de reta paralelo a um de seus lados, esse segmento
forma um segundo triângulo menor e semelhante ao primeiro.

400 / x = 160 / 100

160x = 400·100

160x = 40000

x = 40000 / 160
x = 250 m

8. Um edifício projeta uma sombra de 30m, ao mesmo tempo que um poste de 12m projeta
uma sombra de 4m. Qual a altura do edifício, sabendo que o edifício e o poste são
perpendiculares ao solo?

Resposta: 90 m

Resolução

Para resolver este problema, vamos esboçar os triângulos semelhantes no desenho a seguir.

Como podemos ver, o triângulo ABC é semelhante ao triângulo DEF, pois  = F = 90° e, como os
raios solares se propagam em linha reta e são paralelos, BC é paralela a DE , isto quer dizer que B = E
, consequentemente C = D .

Os lados homólogos são proporcionais:

x / 12 = 30 / 4 ⇒ 4x = 360 ⇒ x = 90

Logo, a altura do edifício é 90 metros.

9. Observe os dois triângulos semelhantes na figura a seguir. Você sabe dizer qual o valor de
x?

Resposta: x = 8

Resolução
A partir da semelhança, podemos determinar o valor de x. Identificando os lados homólogos e
montando a proporção, temos:

3/6=4/x

Resolvendo a proporção, temos:

3x = 6 . 4 ⇒ 3x = 24 ⇒ x = 24 / 3 ⇒ x = 8

10. Se você pretende construir uma ponte [AB], para atravessar uma lagoa com as medidas da
figura a seguir, sabendo-se que será usada uma tábua retangular de 1 metro de largura, a área
total de tábua necessária para se fazer essa ponte será de:

Dados: AC = 20 m AD = 6 m AE = 5m DE // BC

(A) 10 m²

(B) 24 m²

(C) 30 m²

(D) 45 m²

(E) 50 m²

Resolução
Os triângulos ABC e ADE são semelhantes, pois B ≡ D, C ≡ Ê e A ≡ A
Então, os lados homólogos são proporcionais:
x / 6 = 20 / 5
5x = 6 . 20
x = 20 . 6 / 5 = 4 . 6 = 24m
Área do retângulo b.h = 24.1 = 24 m²
Assim, a área total de tábua necessária para se fazer essa ponte será de 24 m².