Você está na página 1de 10

UNIVERSIDADE ESTADUAL DA PARAÍBA

CENTRO DE CIÊNCIAS HUMANAS E EXATAS


CURSO DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS EM MONTEIRO - PB

ALANNA SYLMARA COSTA COSME


BEATRIZ DOS SANTOS SOARES
IANNE ALVES DOS SANTOS
PEDRO ROGEIRO FIALHO DE ARAUJO
VITÓRIA RIBEIRO ARAÚJO

MARKETING CONTÁBIL: UM ESTUDO EXPLORATÓRIO EM TRÊS CIDADES DO


CARIRI PARAIBANO

MONTEIRO-PB
2021
ALANNA SYLMARA COSTA COSME
BEATRIZ DOS SANTOS SOARES
IANNE ALVES DOS SANTOS
PEDRO ROGEIRO FIALHO DE ARAUJO
VITÓRIA RIBEIRO ARAÚJO

MARKETING CONTÁBIL: UM ESTUDO EXPLORATÓRIO EM TRÊS CIDADES DO


CARIRI PARAIBANO

Projeto de Pesquisa apresentado ao Curso de ciências


contábeis da Faculdade campos VI da universidade
estadual da paraíba como requisito parcial para
aprovação na disciplina Metodologia da Pesquisa
Científica sob orientação do Prof°. Dr. Diêgo Breno
Leal Vilela

MONTEIRO
2021
SUMÁRIO

Sumário
1. TEMA.............................................................................................................................................. 3
2. PROBLEMATIZAÇÃO ................................................................................................................ 3
3. OBJETIVOS ................................................................................................................................... 3
3.1. Objetivo geral ................................................................................................................ 4
3.2 Objetivos específicos ........................................................................................................ 4
4. JUSTIFICATIVA (Por que a sua pesquisa deve ser realizada?) .............................................. 4
5. HIPÓTESES / PERGUNTAS NORTEADORAS ....................................................................... 5
6. FUNDAMENTAÇÃO TEÓRICA / REVISÃO DA LITERATURA ........................................ 5
6.1 Marketing Contábil ...................................................................................................................... 5
7. METODOLOGIA .......................................................................................................................... 7
7.1. Pesquisa de campo .......................................................................................................... 7
8. CRONOGRAMA ........................................................................................................................... 8
REFERÊNCIAS ................................................................................................................................. 9
3

1. TEMA

O tema a ser abordado nesse projeto é referente ao marketing digital contábil. Em princípio,
marketing não é propagandas e vendas, as propagandas e vendas fazem parte, mas o marketing é
muito mais do que uma gestão de negócios. Para Kotler, marketing envolve a identificação e a
satisfação das necessidades humanas e sociais, tendo como principal objetivo suprir as necessidades
humanas gerando lucro (KOTLER, 2010). Para Futrell, o marketing indica muito mais do que
propaganda ou vendas pessoais: Marketing é a atividade, grupo de instituições e processos para criar,
comunicar, entregar e trocar ofertas que tenham valor para os consumidores, clientes, sócios e para a
sociedade em geral. (Futrel, 2014 p. 36). O marketing está presente em todas as áreas hoje em dia, o
aumento das novas tecnologias fez com que a presença dessa ferramenta também possuísse uma
ampliação.
Para a contabilidade, o marketing é a opção certa para quem quer levar autoridade e
visibilidade à sua marca contábil. Assim marketing contábil são todas as estratégias de vendas e
divulgação de sua empresa contábil. É a união de cada processo com o fim de ampliar a atuação de
seu escritório. O objetivo do marketing contábil está em fazer os recursos da empresa serem
destacados, bem como ampliar o prestígio de seu trabalho. Além disso é possível atrair e se manter
próximo dos clientes, sem contar com o custo-benefício que o marketing oferece.
Diante o exposto, tendo como referência as cidades de Serra Branca, Soledade e Sumé
localizadas no cariri paraibano, serão utilizadas como objeto de estudo para uma pesquisa exploratória
com profissionais, nas empresas e em escritórios contábeis sobre a temática.

2. PROBLEMATIZAÇÃO

Tendo em vista o tema abordado, surgem as seguintes questões a serem investigadas: de que
maneira a inserção do marketing transformou a profissão contábil? Por que as empresas contábeis
devem investir no marketing digital? É o marketing uma ferramenta indispensável? Como as
empresas do cariri paraibano tem se utilizado dessa ferramenta?

3. OBJETIVOS
4

3.1. Objetivo geral

Compreender a dinâmica de utilização do marketing contábil nas empresas e escritórios de


três cidades localizadas no Cariri paraibano: Serra Branca, Soledade e Sumé.

3.2 Objetivos específicos

1 - Listar o número de escritórios existentes nessas três cidades do cariri paraibano;


2 - Conhecer como os escritórios contábeis das três cidades do cariri paraibano fazem a
utilização do marketing digital;
3 - Verificar, caso essas empresas não façam a utilização do marketing, quais ferramentas são
utilizadas para substituir o marketing;
4 - Estudar a implantação do marketing nos escritórios das três cidades do cariri paraibano
avaliando a eficiência na utilização dessa ferramenta, ou seja, observar se está aumentando ou
diminuindo a produtividade dos proprietários dos escritórios.

4. JUSTIFICATIVA (Por que a sua pesquisa deve ser realizada?)

Considera-se que a realização deste projeto de pesquisa é bastante oportuna e de suma


importância, por se tratar de um tema bastante atual, e que é uma realidade nos dias de hoje diante a
evolução tecnológica e do mundo mais globalizado, para que possamos observar como as ferramentas
de marketing se apresentam como peça-chave para a evolução do contabilista e como está sendo feita
a sua utilização dentro dos escritórios e empresas contábeis, diante as evolução constantes é preciso
estar atento a essas novas ferramentas disponíveis para que o profissional esteja preparado para a sua
concorrência no mercado de trabalho. Sendo assim, este projeto será uma boa ferramenta a ser
utilizada pelos acadêmicos para disseminar a ideia de que o marketing pode impulsionar os negócios.
O estudo também pode ser considerado viável, uma vez que há grande quantidade de obras
sobre o tema, que servirão de embasamento ao trabalho, além das informações a serem coletadas não
dependerem de autorização ou de privilégios de ninguém, além que essa projeto é de uma área que é
rica de informações, mas não possui pesquisas relacionadas ao tema, e isso se tornaria um ponto
positivo pois teria a capacidade de fornecer dados inéditos. Outro ponto favorável é a pouca
necessidade de recursos financeiros, os acadêmicos residem na mesma cidade onde pretendem
5

desenvolver o negócio e a coleta de informações por meio das entrevistas é muito facilitada neste
sentido. Ainda sobre a viabilidade do projeto, considera-se que o tempo de aproximadamente 3 meses
e suficiente para a realização do mesmo sem prejudicar sua qualidade final.

5. HIPÓTESES / PERGUNTAS NORTEADORAS

Hipótese 1- Inicialmente, o marketing mudou a profissão contábil no modo de inovações,


trazendo mais clientes e aumentando a imagem empresarial.
Hipótese 2- As empresas contábeis devem investir no marketing pelo fato de que essa
ferramenta gera o reconhecimento da marca, e a empresa por sua vez, acaba tendo um maior alcance
por não existir limites ou ficar apenas no contato pessoa a pessoa, sendo expandido por tanto o
atendimento por meios tecnológicos trazendo maior satisfação para o cliente, levando a confiabilidade
da marca e gerando liderança no mercado.
Hipótese 3- O marketing é muito importante para a contabilidade, mas ainda não é uma
ferramenta indispensável pois ainda existem escritórios que não fazem uso dessa ferramenta.
Hipótese 4- Partindo do pressuposto da maneira que as empresas do cariri Paraibano
trabalham, ainda não desfrutaram totalmente do marketing digital, pelo fato de não conhecerem
totalmente essa ferramenta.

6. FUNDAMENTAÇÃO TEÓRICA / REVISÃO DA LITERATURA

Para mesclar uma pesquisa e a busca por um resultado que se mantenha no campo de
expectativa do objetivo do trabalho, é preciso estabelecer uma base teórica já estudada que estabeleça
semelhanças com o tema da pesquisa. A fundamentação teórica apresenta a ideia de outros autores
sobre os aspectos teóricos da pesquisa aplicado nesse estudo.
De acordo com Mello (2006, p. 86), " serve como base para a análise e interpretação dos dados
coletados no período de elaboração do relatório final". Além de ser fundamental para o
desenvolvimento do trabalho, ela esclarece aos leitores os muitos conceitos que ajudará o
entendimento da pesquisa.

6.1 Marketing Contábil


6

A Contabilidade é umas das ciências sociais aplicadas primitivas do mundo, que surgiu da
necessidade de conhecer, mensurar e controlar o patrimônio. Mas com o surgimento da
industrialização, do comércio e o aumento das riquezas a Contabilidade veio se aperfeiçoando para
atender as necessidades de seus usuários, e nos últimos tempos para atender o fisco, principalmente
no Brasil, com as obrigações acessórias. Com a modernização e globalização as informações ficaram
mais ágeis e acessíveis, o que tornou o trabalho do contador mais gerencial. Para compreender melhor
o papel da Contabilidade, alguns autores a conceituam.
Barros (2002, p. 01) a define como: (...) uma ciência social que estuda e pratica as funções de
controle e de registro relativos aos atos e fatos da Administração e da Economia, tratando do estudo
e do controle do patrimônio das entidades. Isso é feito por meio dos registros contábeis e das
respectivas demonstrações dos resultados produzidos.
O marketing é considerado por muitos estudiosos a ferramenta principal para captura e
fidelização de clientes. Suas ações e estratégias possibilitam maior interação entre cliente e a empresa,
somando-se a isso, a lucratividade e o sucesso da organização.
Com base nos conhecimentos sobre marketing, o teórico utilizado como referência neste
trabalho apresenta uma realidade bastante compatível, o qual é composto por definição e conceito de
autor renomado na área como Kotler, dentre outros que serão citados adiante.
Kotler (2007, p. 4) utiliza da seguinte argumentação para definir o marketing: Marketing é
um processo administrativo e social pelo qual indivíduos e organizações obtêm o que necessitam e
desejam por meio da criação e troca de valor com os outros [...]. É o processo pelo qual as empresas
criam valor para os clientes e constroem fortes relacionamentos com eles para capturar seu valor em
troca.
Para Simões (1985, p.11) o marketing tem como definição o planejamento e a execução das
necessidades e desejos do consumidor em forma de concepção, promoção, preço e distribuição de
ideias com o objetivo de obter a satisfação de pessoas e de organizações.
Kotler (KOTLER, ARMSTRONG, 1999, p. 33) afirma que marketing é a arte de descobrir
oportunidades, desenvolvê-las e lucrar com elas. O marketing é um estudo voltado a obtenção de
abrangência de mercado, o desenvolvimento da organização e o resultado final (lucro e satisfação).
No seu sentido mais amplo, o marketing pode ser considerado a área que envolve todo o
processo de relacionamento com clientes. Assim, as empresas desenvolvem suas atividades com base
nas características e exigências dos consumidores, de modo que seus objetivos coincidam da melhor
maneira possível com os objetivos e expectativas do cliente.
7

7. METODOLOGIA

Para a construção deste projeto de pesquisa académica, este estudo baseou-se em uma
estratégia qualitativa de pesquisa, de caráter exploratório, por meio de uma pesquisa de campo e de
entrevistas do tipo semiestruturada, que permitirá observar como é feita a utilização dos métodos de
marketing contábil dentro dos escritórios e empresas de três cidades do cariri paraibano: Serra Branca,
Soledade e Sumé.
Segundo Oliveira com a pesquisa qualitativa (2007, p. 117): "busca-se descrever a
complexidade de uma hipótese ou problema, analisar a interação de certas variáveis, compreender e
classificar processos dinâmicas experimentados por grupos sociais, apresentar contribuições no
processo de mudança, criação ou formação de opiniões de determinado grupo permitir, em maior
grau de profundidade, a interpretação das particularidades dos comprometimentos ou atitudes dos
individuas". Neste capitulo, pretendemos demonstrar os procedimentos metodológicos do tipo de
pesquisa utilizado.

7.1. Pesquisa de campo

Tomando como ponto de partida o objetivo desta pesquisa - que é compreender a dinâmica de
utilização do marketing contábil nas empresas e escritórios de três cidades localizadas no Cariri
paraibano: Serra Branca, Soledade e Sumé. - Decidimos adotar o método de pesquisa qualitativa, de
caráter exploratório, que consideramos o mais apropriado para o tipo de análise que pretendemos
fazer. Antes, porém, cabe-nos contextualizar o tipo de pesquisa escolhido para um melhor
entendimento a respeito. Quanto aos fins, o tipo de investigação escolhido para a realização da
pesquisa qualitativa enquadra-se como exploratória. Ela realizada em áreas na qual há pouco
conhecimento acumulado e sistematizado. Por sua natureza de sondagem não comporta hipóteses que
todavia, poderão surgir durante ou do final da pesquisa" (VERGARA. 2009. p. 42). No que diz
respeito aos meios de investigação, optamos pela pesquisa de campo, que, também de acordo com
Vergara, é "investigação empírica realizada no local onde ocorre ou ocorreu um fenómeno ou que
dispõe de elementos para explicá-lo. Pode incluir entrevistas, aplicação de questionários, testes
observação participante ou não" (2009.p.43). Em relação aos procedimentos qualitativos, segundo
Creswell (2007, p.184 • 188), eles se baseiam em dados de texto e imagem, têm passes únicos na
8

análise de dados e usam estratégias diversas de investigação". O pesquisador vai ao local onde está o
entrevistado para conduzir a pesquisa, permitindo envolvimento do pesquisador nas experiências dos
participantes ou entrevistados. A pesquisa qualitativa é interpretativa, e o pesquisador se envolve de
forma intensa com os entrevistados.

8. CRONOGRAMA

A tabela abaixo representa o cronograma de duração de cada etapa do projeto.

Atividades ANO 2021

Fev. Mar Abr Mai Jun Jul Ago Set Out Nov Dez

Pesq. bibliográfica X X X X X X
Pesquisa de campo X X
Pesquisa de campo II X
Análise dos resultados X X X
Integração dos dados X X
Definição dos
X
capítulos do TCC
Redação do TCC X X X X X X
Revisão crítica X
Revisão ortográfica,
gramatical e X X
formatação.
Encadernação e
X
entrega do TCC.
9

REFERÊNCIAS

ABNT. Normas brasileiras para trabalhos acadêmicos. NBR 14724/2011

KOTLER, Philip. Marketing 3.0. Tradução de Ana Beatriz Rodrigues. Rio de Janeiro: Elsevier, 2010

KOTLER, Philip. Administração de marketing: a edição do novo milênio. Trad. Bazán Tecnologia
e Linguística; Rev. Arão Sapiro. São Paulo: Prentice Hall, 2000.

KOTLER, Philip; KELLER, Kevin Lane. Administração de Marketing: 12ª ed. São Paulo: 53
Pearson Prentice Hall, 2006

BRAGA, José Luiz. Para começar um projeto de pesquisa. Comunicação e Educação. São Paulo,
v. X, série 3, 2005.

CAVALLINI, Ricardo. O Marketing depois de amanhã. São Paulo: Ed. do Autor, 2008.

VERGARA, Sylvia Constant. Projetos e relatórios de pesquisa em administração. 3 ed. São Paulo:
Atlas, 2000.

FUTREL, Charles M. Vendas: fundamentos e novas práticas de gestão. 2. ed. São Paulo: Saraiva,
2014.

BARROS, Aidil Jesus da Silveira; LEHFELD, Neide Aparecida de Souza. Fundamentos de


metodologia. 2 ed. São Paulo: Makronbooks, 2000.

Você também pode gostar