Você está na página 1de 4

Estrutura Conceitual constituem seu foco específico.

Entretanto,
A Estrutura Conceitual trata: (a) elaboração e relatórios contábil-financeiros de propósito geral
divulgação de relatório contábil-financeiro; (b) não atendem e não podem atender a todas as
qualidade da informação contábil-financeira útil; informações de que os usuários necessitam. Por
(c) definição, reconhecimento e mensuração dos isso devem ser consideradas informações
elementos que compõem as demonstrações pertinentes de outras fontes, como, por exemplo,
contábeis; e (d) conceitos de capital e sua condições econômicas gerais, cenário político,
respectiva manutenção. A Estrutura Conceitual perspectivas e panoramas tanto para a indústria
não é um pronunciamento que define normas quanto para a entidade. Por fim, os relatórios
para nenhuma questão específica de contábil-financeiros devem fornecer informações
mensuração ou divulgação. Nesse sentido, nada tanto da posição patrimonial e financeira das
contido na Estrutura Conceitual substitui empresas quanto sobre os efeitos de transações
qualquer pronunciamento específico. É e outros eventos que alterem estas posições.
importante ressaltar que nos casos em que Tais informações são primordiais para a tomada
houver um conflito entre a Estrutura Conceitual e de decisões ligadas ao fornecimento de recursos
uma IFRS específica, essa última deve para a entidade, pois são úteis para a previsão
prevalecer sobre os requisitos da Estrutura de geração de fluxos de caixa futuro.
Conceitual. Performance financeira refletida pelo regime
Objetivo do Relatório Contábil-financeiro de de competência
propósito geral As demonstrações contábeis são preparadas de
O objetivo do relatório contábil-financeiro de acordo com o regime de competência e
propósito geral é fornecer informações contábil- informam aos usuários não somente sobre
financeiras acerca da entidade que reporta essa transações passadas envolvendo o pagamento e
informação (reporting entity) que sejam úteis a recebimento de caixa ou outros recursos
investidores existentes e em potencial, a financeiros, mas também sobre obrigações de
credores por empréstimos e a outros credores, pagamento no futuro e sobre recursos que serão
quando da tomada decisão ligada ao recebidos no futuro. O regime de competência
fornecimento de recursos para a entidade. proporciona uma visão clara dos efeitos que as
Basicamente, os investidores necessitam tomar transações e circunstâncias têm sobre os
decisão sobre a compra, venda ou manutenção recursos econômicos da entidade, nos períodos
de investimentos, e os credores precisam decidir em que esses efeitos são produzidos, mesmo
se darão crédito ou não para a entidade que que os recebimentos e pagamentos referentes
reporta. Para tanto, necessitam de avaliar a ocorram em períodos distintos. Esse regime
capacidade de essa entidade gerar fluxos de fornece uma base de avaliação da performance
caixa futuros, e suas incertezas, para suas passada e permite a previsão da performance
tomadas de decisão. Portanto, devem os futura da entidade melhores do que aquelas
relatórios contábil financeiros de propósito geral informações puramente baseadas em
auxiliar os usuários nas suas previsões sobre a recebimentos e pagamentos em caixa ao longo
geração futura de fluxos de caixa da entidade desse mesmo período.Sem a adoção do regime
que reporta. Os relatórios contábil-financeiros de competência é praticamente impossível
também têm como objetivo apresentar o quão verificar a capacidade de geração futura de
eficiente e efetiva a administração da entidade (e caixa.
seu conselho de administração) têm cumprido Características qualitativas da informação
com suas responsabilidades, no uso dos contábil financeira útil
recursos. A estrutura conceitual define o foco Para que as informações constantes nos
das demonstrações elaboradas com base nas relatórios contábil financeiros de propósito geral
normas emanadas do IFRS para investidores e sejam úteis aos investidores, elas precisam ser
credores. Outros tipos de usuários, apesar de capaz de influenciar na decisão dos usuários.
poderem se utilizar dessas informações, não Assim, as características qualitativas são

1
atributos fundamentais para que as informações exclusivamente atrelada à sua materialidade, à
atinjam o objetivo definido anteriormente. São magnitude do número referente à essa
divididas em dois grupos, as fundamentais e as informação, mas deve considerar sua natureza e
de melhoria. conteúdo informacional. A magnitude de um
Características qualitativas fundamentais número pode não ser grande, mas sua natureza
As características qualitativas são fundamentais pode trazer relevantes entendimentos.
e devem sempre existir concomitantemente, não Representação Fidedigna
podendo nenhuma delas ser deixada de lado, Para ser útil, a informação além de ser relevante,
ignorada ou colocada em segundo plano. São deve ser representar fidedignamente as
elas: relevância e representação fidedigna. transações e, consequentemente, a estrutura
Relevância patrimonial e financeira e desempenho da
Informação contábil-financeira relevante é aquela entidade. E essa representação fidedigna, para
capaz de fazer diferença nas decisões que que seja alcançada, deve levar em conta a
possam ser tomadas pelos usuários, essência econômica dos fatos representados, e
especialmente se possuir valor preditivo, não sua forma jurídica. Apesar da essência
confirmatório ou ambos. Além disso, as sobre a forma ter sido formalmente retirada da
informações são relevantes quando podem estrutura conceitual na sua última revisão, isso
influenciar as decisões econômicas dos foi realizado pois ela é considerada redundante
usuários, ajudando-os a avaliar o impacto de frente à existência da representação fidedigna.
eventos passados, presentes ou futuros ou Todavia, é importante ressaltar que ela é
confirmando ou corrigindo as suas avaliações condição si ne qua non para que a
anteriores. A informação contábil-financeira não representação fidedigna seja alcançada. Ainda,
precisa ser uma predição ou uma projeção para ser fidedigna, a representação da realidade
possuir valor preditivo. Basta que ela possa ser retratada precisa ser completa, neutra e livre de
utilizada pelos usuários em processos que visam erro. Para que ela seja completa, toda a
predizer futuros resultados, ou seja, a informação necessária para que o usuário
informação contábil-financeira com valor compreenda o fenômeno retratado, incluindo
preditivo é empregada pelos usuários ao todas as descrições e explicações necessárias
fazerem suas próprias predições. Assim, o devem estar presentes. Já Informação neutra
objetivo da informação contábil-financeira não é não significa informação sem propósito ou sem
fornecer previsões sobre o fluxo de caixa futuro influência no comportamento dos usuários,
nem sobre o valor da empresa, mas sim fornecer significa que a informação é desprovida de viés
subsídios para que eles sejam apurados. Quanto na sua seleção ou apresentação. Por fim, um
ao valor confirmatório, ele existe se a informação retrato da realidade econômica livre de erros
servir de feedback para avaliações prévias, no significa inexistência de erros ou omissões na
intuito de confirmá-las ou alterá-las. A informação e seu processo de obtenção que
informação que tem valor preditivo muitas vezes possam levar à sua distorção e, portanto, não
também tem valor confirmatório.. representação fidedigna da realidade. Nesse
Materialidade sentido, é importante ressaltar que um retrato
A materialidade não é, por si só, uma livre de erros não significa algo perfeitamente
característica qualitativa fundamental, mas uma exato em todos os aspectos. “As demonstrações
especificidade da relevância. A informação é contábeis não são neutras se, pela escolha ou
material se a sua omissão ou sua divulgação apresentação da informação, elas induzirem a
distorcida puder influenciar nas decisões dos tomada de decisão ou um julgamento, visando
usuários. Em outras palavras, a materialidade é atingir um resultado ou desfecho
um aspecto específico da relevância baseado na predeterminado.” (FIPECAFI, 2010, p39). A
natureza ou na magnitude, ou em ambos, dos contabilidade é permeada em quase a totalidade
itens do relatório contábil-financeiro. A avaliação de suas representações por estimativas.
da relevância de uma informação não pode estar

2
Precisão, exatidão numérica na grande maioria Verificabilidade
das vezes não pode ser atingida integralmente. A informação é verificável quando diferentes
Características qualitativas de melhoria observadores, cônscios e independentes, podem
As características qualitativas de melhoria são chegar a um consenso, embora não chegue
atributos da informação contábil financeira que necessariamente a um completo acordo, quanto
garantem a existência das características ao retrato de uma realidade econômica em
fundamentais e aprimoram a informação. Elas, particular ser uma representação fidedigna. A
em circunstâncias especiais, podem ser verificação da informação pode ser feita de
momentaneamente suprimidas caso seja forma direta, como, por exemplo, por meio da
necessário para garantir a existência das contagem de caixa ou observação de
características fundamentais. São elas: documentos, ou indireta, através da checagem
comparabilidade, verificabilidade, tempestividade de dados de entrada de um modelo, fórmula ou
e compreensibilidade. outra técnica de mensuração, recalculando os
Comparabilidade resultados obtidos por meio da aplicação da
Considerando as necessidades dos usuários mesma metodologia.
quanto à tomada de decisões, como por Tempestividade
exemplo, vender ou manter um investimento, ou Tempestividade significa ter informação
investir em uma entidade ou outra, a informação disponível para tomadores de decisão a tempo
será mais útil caso possa ser comparada com de poder influenciá-los em suas decisões. Em
informação similar sobre outras entidades e com geral, a informação mais antiga é a que tem
informação similar sobre a mesma entidade para menos utilidade. Contudo, algumas informações
outro período. Todavia, nem sempre a podem manter sua tempestividade mesmo após
comparabilidade pode ser cumprida. Por o encerramento do período contábil, em
exemplo, em caso de adoção de novas políticas decorrência de alguns usuários, por exemplo,
contábeis que melhorem a representação necessitarem identificar e avaliar tendências. A
fidedigna nem sempre é possível se recalcular tempestividade também está relacionada, em
as informações de períodos anteriores, o que algumas circunstâncias, à exatidão de
leva à não possibilidade de se ter determinada informação. Muitas vezes pode não
comparabilidade das informações. Todavia, a ser possível obter-se um valor exato acerca de
melhoria da representação fidedigna é determinado evento econômico em tempo
hierarquicamente superior e deve ser mantida adequado para se divulgar a informação. Por
mesmo que em detrimento da comparabilidade. exemplo, em caso de incêndio de um galpão de
Ressalta-se que, sempre que possível, ambas estocagem, a entidade pode não conseguir
devem ser mantidas. “Os usuários devem poder apurar precisamente o tamanho do prejuízo
comparar as demonstrações contábeis de uma incorrido no tempo adequado para informar os
entidade ao longo do tempo, a fim de identificar usuários, mas a informação deve ser dada,
tendências na sua posição patrimonial e mesmo que ainda incompleta, no tempo certo.
financeira e no seu desempenho. Os usuários Afinal, de pouco adianta informar com 100% de
devem também ser capazes de comparar as precisão um prejuízo incorrido há seis meses; é
demonstrações contábeis de diferentes melhor informar com menos precisão em um
entidades a fim de avaliar, em termos relativos, a momento próximo à ocorrência do evento para
sua posição patrimonial e financeira, o que os usuários já possam ajustar suas
desempenho e as mutações na posição previsões. Para fornecer uma informação na
financeira. Consequentemente, a mensuração e época oportuna pode ser necessário divulgá-la
apresentação dos efeitos financeiros de antes que todos os aspectos de uma transação
transações semelhantes e outros eventos devem ou evento sejam conhecidos, prejudicando assim
ser feitas de modo consistente pela entidade, ao a sua confiabilidade. Por outro lado, se para
longo dos diversos períodos, e também por divulgar a informação a entidade aguardar até
entidades diferentes.” (FIPECAFI, 2010, p. 39). que todos os aspectos se tornem conhecidos, a

3
informação pode ser altamente confiável, porém informação) e os benefícios usualmente externos
de pouca utilidade para os usuários que tenham (dos usuários), o que dificulta esse processo.
tido necessidade de tomar decisões nesse Premissa Subjacente – Continuidade
ínterim. Para atingir o adequado equilíbrio entre As demonstrações contábeis normalmente são
a relevância e a confiabilidade, o princípio básico elaboradas tendo como premissa que a entidade
consiste em identificar qual a melhor forma para está em atividade, e irá manter-se em operação
atender as necessidades do processo de por um futuro previsível. A premissa de
decisão econômica dos usuários. continuidade também é conhecida como
Compreensibilidade “entidade em marcha” ou ainda “going concern”.
Classificar, caracterizar e apresentar a Desse modo, parte-se do pressuposto de que a
informação com clareza e concisão, torna-a entidade não tem a intenção, nem tampouco a
compreensível. Mesmo que certos fenômenos necessidade, de entrar liquidação ou de reduzir
sejam inerentemente complexos e não possam materialmente a escala de suas operações. Por
ser facilmente compreendidos, não implica que outro lado, se essa intenção ou necessidade
não devam ser divulgados. Os relatórios existir, as demonstrações contábeis podem ter
contábil-financeiros devem ser elaborados para que ser elaboradas em bases diferentes e, nesse
usuários que têm conhecimento razoável de caso, a base de elaboração utilizada deve ser
negócios e atividades econômicas e que revisem divulgada. Quando a premissa de continuidade é
e analisem a informação diligentemente. ferida, cada caso específico deve ser analisado
Restrição de custo na elaboração e individualmente e os pronunciamentos do IFRS
divulgação de relatório contábil-financeiro não mais devem ser aplicados obrigatoriamente.
útil Elementos das demonstrações contábeis
O processo de elaboração e divulgação de Para melhor retratar os efeitos patrimoniais e
relatório contábil financeiro impõe custos que financeiros das transações, as demonstrações
devem ser justificados pelos benefícios gerados contábeis são divididas em classes amplas,
pela divulgação da informação. Grande parte dos denominadas elementos das demonstrações
esforços na coleta, processamento, verificação e contábeis, de acordo com as suas características
disseminação das informações contábil- econômicas.
financeiras são pagos pela entidade (e em última Elementos representativos da posição
instância pelos investidores na forma de retornos patrimonial e financeira
reduzidos). Além disso, os usuários da Os elementos diretamente relacionados com a
informação contábil-financeira também incorrem mensuração da posição patrimonial e financeira
em custos de análise e interpretação da são os ativos, os passivos e o patrimônio líquido.
informação fornecida. “A avaliação dos custos e É importante lembrar que ao avaliar se um item
benefícios é, entretanto, em essência, um se enquadra na definição de ativo, passivo ou
exercício de julgamento. Além disso, os custos patrimônio líquido, deve-se atentar
não recaem, necessariamente, sobre aqueles principalmente para a sua essência e realidade
usuários que usufruem os benefícios. Os econômica e não apenas para sua forma legal,
benefícios podem também ser aproveitados por seguindo assim a representação fidedigna.
outros usuários, além daqueles para os quais as Elementos representativos da performance
informações foram preparadas.” (FIPECAFI, O resultado é frequentemente utilizado como
2010, p. 40). Nessa restrição do custo, avalia-se medida de performance ou como base para
se os benefícios proporcionados pela elaboração outras medidas, tais como o retorno do
e divulgação desses relatórios e justificativas investimento ou o resultado por ação. Os
para inclusão de informação. A avaliação da elementos das demonstrações contábeis que
relação custo-benefício da informação nem estão diretamente relacionados com a
sempre é muito simples, pois os custos são mensuração do resultado são as receitas e as
internos à entidade (elaboração e divulgação da despesas.

Você também pode gostar