Waldemar Ramos Pereira Junior

Projeto de Curso de Capacitação Profissional em CFTV

PROJETO DE CURSO

Público alvo. Objetivos 3. Organização curricular do curso . 4. Metas e alcance 6. Perfil do profissional que deseja formar 8.SUMÁRIO 1. Princípio norteador do curso 3. requisitos mínimos 5. Apresentação 2.2 Objetivos específicos. Duração do curso 7.1 Objetivos gerais 3.

Art. à ciência e à tecnologia. 41. 39. integrada às diferentes formas de educação. 40. As escolas técnicas e profissionais. Com a crescente demanda para o mercado de segurança eletrônica e a necessidade de mão de obra qualificada para atender os mais variados produtos e inovações tecnológicas do ramo. PRINCÍPIO NORTEADOR DO CURSO Entende-se que a concorrência profissional conduz o profissional ao preparo. inclusive no trabalho. jovem ou adulto. e no domínio dos processos e perícia para solução de problemas que encontramos o diferencial. que é resultado do avanço da internet no cotidiano das organizações e a constante inovação. Esta capacitação possibilitará qualificação conceitual e prática de procedimentos e equipamentos oferecidos no mercado contemporâneo. faz-se necessário a oferta de cursos de capacitação profissional e qualificação deste setor. aproximando o educando a realidade. a fim de proporcionar à perícia e conhecimento tecnológico de materiais e procedimentos. em instituições especializadas ou no ambiente de trabalho. condicionada a matrícula à capacidade de aproveitamento e não necessariamente ao nível de escolaridade” . reconhecimento e certificação para prosseguimento ou conclusão de estudos. 2. no âmbito do Ensino profissionalizante. Trata-se de um curso voltado para a formação de profissionais do setor de CFTV/CSTV. Os diplomas de cursos de educação profissional de nível médio. médio e superior. A educação profissional será desenvolvida em articulação com o ensino regular ou por diferentes estratégias de educação continuada. além dos seus cursos regulares. bem como o trabalhador em geral. A educação profissional. O aluno matriculado ou egresso do ensino fundamental. APRESENTAÇÃO Esse documento contém uma proposta de realização de curso de capacitação profissional em CFTV/ CSTV (Circuito Fechado/ Segurança por vídeo). Art. 42. Art. manuseio. poderá ser objeto de avaliação. contará com a possibilidade de acesso à educação profissional. ao Trabalho. conduz ao permanente desenvolvimento de Aptidões para a vida produtiva. “DA EDUCAÇÃO PROFISSIONAL Art. terão validade nacional. quando registrados. oferecerão cursos especiais. abertos à comunidade. alem de conceituada valorização como “cursos livres” de acordo com a Lei de Diretrizes Básicas da Educação (LDB-9394/96). O conhecimento adquirido na educação profissional.1. Parágrafo único. Parágrafo único. mudança e a pluralidade de equipamentos. instalação e manutenção.

Propiciar aos educandos oportunidades de lidar com ferramentas tecnológicas que favoreçam o trabalho coletivo e a transparência. elaborar e desenvolver projetos e atividades na área de segurança eletrônica com o suporte das novas tecnologias de informação e comunicação.Contribuir com a qualificação em reconhecimento de projetos e práticas operacionais de execução e manutenção de CFTV/ CSTV (Circuito Fechado/ Segurança por vídeo). OBJETIVOS 3.Formar conceito de projetos e visão globalizada na oferta de serviços e equipamentos ao setor.Estimular o desenvolvimento de práticas de gestão organizada do trabalho.Possibilitar aos gestores oportunidades para ampliação de capacidades para: analisar e resolver problemas.3.Desenvolver uma compreensão do sistema de CFTV e sua gestão. com práticas profissionais éticas.2. . . . OBJETIVOS ESPECÍFICOS . .Propiciar oportunidades aos alunos para o exercício de práticas inovadoras nos processos de planejamento de projetos de pequeno e médio porte em segurança eletrônica.Formar profissionais ao nível de técnicos em sistemas de CFTV/ CSTV (Circuito Fechado/ Segurança por vídeo. .1. OBJETIVOS GERAIS . . 3. .

numa primeira etapa. 5. A meta final é atingir.400 (dois mil e quatrocentos) Profissionais aptos a exercer funções correlatas na área de segurança eletrônica.de que novas turmas sejam efetivas em 2012 e 2013 . Dentre os requisitos para participação no curso destacam-se: a) Ter concluído ensino fundamental. . Vitória e Cariacica no Estado do Espírito santo. Serra. bem como publico interessado em uma formação atualizada de sistemas de segurança eletrônica. c) Estar disposto a compartilhar o curso com o coletivo. REQUISITOS MÍNIMOS E PROCESSO SELETIVO A proposta de formação destina-se aos profissionais de CFTV que estão inseridos no mercado e que não obtiveram uma formação específica e completa. com previsão em 2011. METAS E ALCANCE O curso será implementado.4. até 2013. b) Ter disponibilidade para dedicar-se ao curso. A meta estabelecida para 2011 é a formação de 600 cursistas nos 03 municípios que farão parte deste Projeto os municípios que farão parte do Projeto são: Vila velha. PÚBLICO ALVO. cerca de 2.

DURAÇÃO DO CURSO O Curso de Capacitação profissional ora proposto será de 60 h/a. • Participar ativamente na elaboração e implementação de Projetos de segurança eletrônica. capacidades e habilidades de execução de sistema de CFTV/CSTV. 7. • Dominar e utilizar ferramentas tecnológicas no campo da organização dos processos de trabalho nos sistemas e tomando essas ferramentas como importantes para realização da gestão profissional de sistemas de segurança eletrônica. incentivar e consolidar. • Atuar na gestão sistemas de segurança. em processo de formação no Curso de Capacitação Profissional em CFTV/CSTV deverá ampliar suas capacidades no sentido de ser capaz de: • Aprofundar a compreensão do sistema de segurança eletrônica como tecnologia de segurança voltado a pequenas. visando com compreensão do projeto e capacidades técnicas adquiridas. • Ampliar a realidade profissional e capacidade de desempenhar funções correlatas aos mais variados sistemas de segurança. . médias e grandes empresas. avaliar e programar projetos e tarefas de gestão voltada a soluções para o cliente. • Dominar e programar mecanismos e estratégias que favoreçam a realização da gestão de segurança eletrônica. PERFIL DO PROFISSIONAL QUE SE DESEJA FORMAR O profissional de CFTV. • Intervir na formulação e implementação de projetos no campo de CFTV/CSTV de modo a consolidar prática profissional e ética tão percebida pelo cliente.6. • Realizar e fortalecer a gestão de Trabalhos de CFTV/CSTV que conduzam ao trabalho coletivo e à participação nos projetos de segurança. • Desenvolver.

utp. 3g (celular).interessados e a sua proposta pedagógica. expressa uma concepção de formação profissional e de gestão projetos de segurança eletrônica. do ponto de vista do cliente. resolução.  Ética na segurança eletrônica. Assim pretende-se. ORGANIZAÇÃO CURRICULAR DO CURSO O curso é dirigido aos profissionais. execução e prática ética e responsável.  Softwares de gerenciamento de câmeras: instalação configuração e manutenção. permitir intervenções mais satisfatórias. o curso será estruturado em três eixos vinculados entre si: Compreensão. .  Sistema de CFTV: sensibilidade da câmera. Com esse entendimento. Tema a serem abordados:  Definição de CFTV/CSTV. servidores de imagens e Centerv2. aliado à possibilidade de oferecer aspectos operacionais de identificação de soluções técnicas viáveis ao cliente . assentada na relação teoria-prática. equipamentos e tendências.  Alarmes: conceito. a partir da compreensão dos condicionantes de segurança e capacidade tecnológica que permeiam um sistema de segurança eletrônica inteiramente integrado as funções operacionais de uma empresa ou instituição. fibra óptica.  Condutores digitais: coaxial.8. CCD e CMOS e lentes. DVR. compensação.  Acesso remoto via web. Buscando favorecer melhorias e incentivar inovações na prática profissional que concorram para a elevação qualitativa do padrão de trabalho do profissional de CFTV/CSTV. conversores e receptores. aprofundamento teórico que permita a compreensão sobre o alcance das possibilidades e limites das práticas de gestão de segurança eletrônica nas instituições. rádio (Wireless) de monitoramento de câmeras.  Equipamentos do sistema de CFTV: câmeras. A formação com qualidade dos profissionais requer.

Sign up to vote on this title
UsefulNot useful