Metodologia da ciência Curso: C. Contábeis.

2MA Alunos: Allison Rubens Blenio Alecio Johnny Lyon Nayquel Thalles Victor Renato

info/index. O Empreendedor Individual é a pessoa que trabalha por conta própria e que se legaliza como pequeno empresário.br/modulos/entenda/oque. o Empreendedor Individual será enquadrado no Simples Nacional e ficará isento dos tributos federais (Imposto de Renda.000. Ele acredita que todo empreendimento tem que ter investimento (que consiste no somatório de tempo. é necessário faturar no máximo até R$ 36. Essas quantias serão atualizadas anualmente.php .php?action=viewentry&id=69754 No Brasil: Esse conceito esta aplicado na forma que para ser um empreendedor individual. IPI e CSLL). que será destinado à Previdência Social e ao ICMS ou ao ISS. comprometimento e planejamento. o Empreendedor Individual terá acesso a benefícios como auxílio maternidade.achando.00 por ano. dinheiro é trabalho) com conhecimento.portaldoempreendedor. o pedido de empréstimos e a emissão de notas fiscais. de 19/12/2008.gov. Com essas contribuições. auxílio doença.95 (prestação de serviços). PIS.95 (comércio ou indústria) ou R$ 65. Entre as vantagens oferecidas por essa lei está o registro no Cadastro Nacional de Pessoas Jurídicas (CNPJ). Fonte: http://www. de acordo com o salário mínimo. aposentadoria. o que facilitará a abertura de conta bancária. Fonte: http://www. criou condições especiais para que o trabalhador conhecido como informal possa se tornar um Empreendedor Individual legalizado. Além disso. Pagará apenas o valor fixo mensal de R$ 60. COFINS. não ter participação em outra empresa como sócio ou titular e ter um empregado contratado que receba o salário mínimo ou o piso da categoria. A Lei Complementar nº 128.Conceito de Empreendedor Individual: Empreendedor é aquele que não quer ser escravo do sistema como empregador e nem como empregado. entre outros.

pe@dabr. O valor do carnê fornecido no Portal do Empreendedor é diferenciado: de R$ 57. onde o objetivo é diminuir a burocracia e facilitar a vida dos profissionais autônomos. a partir de hoje. Marcelo Barros. a exemplo do que fez o SEBRAE". gerado automaticamente no site www.recife. a PCR libera o Cartão de Inscrição Municipal (CIM) e oferece as vantagens do mundo econômico formal a estes trabalhadores. são mais 5. cujos dados serão extraídos da Receita Federal (são mais de 400 descritas no Portal do Empreendedor). A secretaria informou que a meta é cadastrar até nove mil novos empreendedores individuais no Recife até dezembro.2 mil empreendedores individuais foram cadastrados pela PCR.gov. Aos candidatos a empreendedores individuais que desejam conhecer e imprimir o CIM. "É um processo irreversível.4 mil que contam com o CIM. clicar nos links "Atendimento ao contribuinte" e "Empreendedor individual". vendedores de lanches. respectivamente. e preencher o espaço com o número do Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica (CNPJ). basta acessar o site www. Até o momento. eletricistas. Com isso.br.br Uma parceria entre a Prefeitura da Cidade do Recife (PCR) e o governo federal vai permitir.10 a R$ 61. Através do programa. O procedimento é gratuito. a parceria vai dar rapidez às formalizações.portaldoempreendedor. em atividades comerciais) ou R$ 5 (para o ISS. Técnico em informática está As atualizações do sistema serão feitas mensalmente e em entre as categorias cerca de 15 dias os novos empreendedores terão acesso a beneficiadas Foto: Iano Andrade/CB/D. no caso de prestação de serviços). Segundo o secretário de finanças da PCR. criada pela Lei Complementar nº 128/08. cabeleireiros.10 destinados ao INSS e mais R$ 1 (para o ICMS.gov.pe.Empreendedor Individual em Pernambuco: Parceria amplia adesão ao empreendedor individual Formalização // Iniciativa prevê ingresso para autônomo que ganha R$ 36 mil ao ano Augusto Freitas augustofreitas. O sistema criado pela empresa de informática da PCR (Emprel) custou cerca de R$ 120 mil e é simples de ser usado. Manicures. 1. sendo R$ 56. técnicos de informática e encanadores são algumas das profissões beneficiadas com o convênio. No Recife. Ele . A iniciativa foi criada pela Secretaria de Finanças da PCR e é destinada aos trabalhadores que ganham até R$ 36 mil por ano. disse.com.A Press benefícios como aposentadoria. que os profissionais autônomos da capital pernambucana saiam da informalidade e gozem dos benefícios da figura do empreendedor individual (EI). a PCR captura o número do CNPJ e cria de forma instantânea o CIM do novo empresário. auxílios doença e maternidade e custos de formalização simplificados.br.

Acredito que a simplificação dos custos é a grande vantagem para quem é autônomo. é uma das beneficiadas. a estimativa é de 11 milhões de trabalhadores informais. O objetivo da pasta é formalizar um milhão deles até em 2010. Eles contarão coma chamada "rede de proteção social".com. Indústria e Comércio Exterior (Mdic) iniciou as inscrições para os trabalhadores informais no programa do Empreendedor Individual (EI). entre outros. não seja sócio ou titular de outra empresa e tenha um empregado contratado que .br Chegou à hora dos empreendedores autônomos legalizarem seus negócios e aderirem ao processo de formalização para gozar os benefícios garantidos por lei. SEBRAE-PE estima que no estado haja cerca de 560 mil informais Augusto Freitas // Especial para o Diário augustofreitas. Adilma Albuquerque. A expectativa do órgão é de que até o fim deste ano 55 mil adesões sejam feitas. há cerca de 560 mil trabalhadores na informalidade. Há sete anos atuando dos custos é a grande em casamentos. mas nunca tive como Maximo/Divulgação pagar o que a lei exigia para legalizar a atividade. No Brasil. Desde ontem.com. segundo o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (SEBRAE-PE).gov." Adilma ela conta que nunca pode legalizar o negócio por conta Albuquerque dos custos altos. acordou cedo para acessar a Empreendedora página virtual das inscrições. o Ministério do Desenvolvimento. cabeleireiro. Quem tiver dúvidas sobre o processo de formalização pode entrar em contato com a PCR através do número 0800 081 811 255.asp A hora do empreendedor individual Adesão // Inscrições no programa começaram ontem. antes chamado de microempreendedor individual (MEI). formaturas. onde benefícios como pensão por morte. como manicure. 31. aniversários e festas em geral.pe@dabr. Para aderir ao programa. "A próxima etapa é abrir um estúdio fotográfico e se reciclar quanto aos estudos".informou que vendedor de lanches (604). individualFoto: Carlos "A área de eventos é promissora. foi criado em 2008 para atender profissionais em mais de 400 profissões. Fonte: http://www. no site www.br/2010/11/05/economia3_0. é necessário que o trabalhador informal ganhe até R$ 36 mil por ano. que presta serviços de filmagem "Acredito que a simplificação e fotografia. aposentadoria por invalidez.portaldoempreendedor. avaliou. borracheiro. chaveiro. Ontem. disse. estarão garantidos. Os benefícios também são um incentivo para quem está nesta situação". Em Pernambuco. vantagem para quem é autônomo. técnico em informática (361) e cabeleireiro (343) são os campeões de inscrição no CIM que devem ser beneficiados com a parceria. As inscrições podem ser feitas gratuitamente através do Portal do Empreendedor. auxílios maternidade e doença.br. fotógrafo e mototaxista. pois agora há várias profissões contempladas. O modelo do empreendedor individual.diariodepernambuco.

COFINS. Agora. Fonte: http://www. ao ICMS ou ao ISS.10 (comércio ou indústria) ou R$ 62. Os cadastrados terão acesso o Cadastro Nacional de Pessoas Jurídicas (CNPJ).asp .10 (INSS).receba o salário mínimo ou o piso da categoria.com. IPI e CSLL).br/2010/02/09/economia5_0. O único custo da formalização é o pagamento mensal de R$ 56. basta preencher oito links e obter o registro via internet". empréstimos e emissão de notas fiscais. enquadramento no Simples Nacional e isenção dos tributos federais (IR. que facilitará a abertura de conta bancária. Leonardo Carolino. PIS.diariodepernambuco. destaca as facilidades do processo de formalização. atualizados anualmente. havia cerca de 40 campos de informações. com base no salário mínimo. R$ 5 (Prestadores de Serviço) e R$ 1 (Comércio e Indústria) por meio de carnê emitido exclusivamente no Portal do Empreendedor. analista de políticas públicas do SEBRAE-PE. "No antigo formato. destinados à Previdência Social. explicou. Os valores fixo mensais são de R$ 57.10 (prestação de serviços).

que são: 1º. o que é necessário 1 ano de contribuição. Seu negócio no decorrer dos anos deve aumentar o faturamento. Como assim? Por meio do registro de vendas / prestação de serviços. Para o Empreendedor: Aposentadoria por idade. 2º. e até empresa de pequeno porte. 3º. Segurança para desenvolver sua atividade. é necessário 1 ano de contribuição. No site: www. com direito a 13º. mais renda.UNIFACS.mulher aos 60 anos e homem aos 65. e estoura a cota de R$ 36 mil anual. sem burocracia. • Especialista em Gestão Empresarial – Universidade São Gonçalo-RJ. Dispensa da formalidade de escrituração fiscal e contábil. gerar mais empregos. O empreendedor individual deve fazer a comprovação da receita mensal. daí. Só estará obrigado à emissão de nota fiscal quando o destinatário for pessoa jurídica. que pode ser do próprio punho. • Administração de Empresas .portaldoempreendedor. É necessário contribuir por pelo menos 15 anos e a renda do benefício é de um salário mínimo. O processo de formalização do Empreendedor Individual tem um prazo de 30 minutos para liberação de toda a documentação em caráter provisório. Cobertura da previdência social para o Empreendedor Individual e para a sua família. Salário maternidade são necessários 10 meses de contribuição. • Especialista em Marketing – FTE/Faculdade de Tecnologia Empresarial Salvador/BA.Opinião de especialistas sobre Empreendedorismo individual: Rosival Moreira Fagundes Quem é: • Mestrando em Análise Regional pela UNIFACS. • Coordenador e Professor das disciplinas: Mercadologia 1 e Mercadologia 2 do curso de Administração das Faculdades Integradas de Jequié. Formalização simplificada. • Programa de Extensão em Formação de Consultores – UNIFACS/BA. Deverão ser anexadas ao registro de vendas ou de prestação de serviços as notas fiscais relativas às compras de mercadorias e serviços. na internet. Auxílio doença. salário.gov. além da perspectiva de crescimento da empresa. a partir do primeiro pagamento. a partir do primeiro pagamento. de forma rápida. Para a família: Pensão por morte. Auxílio reclusão. Aposentadoria por invalidez. O empreendedor individual não terá que emitir documento fiscal quando efetuar vendas ou prestações de serviço ao consumidor final pessoa física.br. 4º. na categoria de microempresa. o seu empreendimento é incluído no SIMPLES NACIONAL. Ele sugere 10 motivos para ser empreendedor individual. . sendo que em até 180 dias será confirmado ou não o registro desta empresa.

Na realidade. O empreendedor vai pagar valores fixos para o município (R$ 5. Fonte: http://www. um percentual de 11% do salário mínimo. Orientação técnica do SEBRAE. o Empreendedor Individual pagará imposto "zero" para o governo federal. com prazo junto aos atacadistas e melhor margem de lucro. mais a inclusão social.00 de ISS) e para o Estado (R$ 1. Sou empreendedor individual. O empreendedor individual não estará sujeito à incidência do IRPJ (Imposto de renda de pessoa jurídica). 8º. Isenção de Impostos Federais. Para a formalização e para a primeira declaração anual existe uma rede de empresas de contabilidade que são optantes pelo SIMPLES NACIONAL que irão realizar essas tarefas sem cobrar nada no primeiro ano. incluindo crédito com taxas diferenciadas.br/informe-se/artigos/10-motivos-para-serempreendedor-individual/44429/ . Acesso a serviços gratuitos do SEBRAE. da fiscalização. que vive na informalidade. Serão oferecidos cursos e palestras gratuitas sobre como montar seu negócio. IPI (Imposto sobre produtos industrializados). o empreendedor individual terá direito a todos os benefícios da previdência social. 6º. O empreendedor individual tem assessoria gratuita para o registro da empresa e a primeira declaração anual simplificada. Desempenho de atividade de forma legal. da CSLL (contribuição social sobre o lucro liquído).00 de ICMS). com o numero do CNPJ (Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica).com. emissão de nota fiscal de venda para outras empresas privadas e para o governo. com medo do governo.administradores. Acesso a produtos e serviços bancários como pessoa jurídica. Possibilidade de registro de preços e condição nas compras de mercadorias para revenda. 9º. respeito e dignidade. e do INSS patronal. Agora assumo a condição de microempreendedor que encontra o caminho do crescimento. O processo de formalização não custa nada. R$ 51.15 por mês. sou empresário.5º. expansão e conquista de novos mercados. estudo de tendências e oportunidades de mercado. Resgate da cidadania. Para o INSS. dos impostos. Assim. PIS (Programa de Interação Social). 7º. 10º. inovação e acesso ao crédito. cursos de gestão. não sou mais nenhuma pessoa marginalizada. negociação junto aos fornecedores.

É um passo importante no combate à informalidade e no processo de desenvolvimento da economia brasileira com efeitos em todo o território nacional.biblioteca. a participação em licitações públicas.pdf . Tal medida provê ferramentas para que esses empreendedores negociem junto à pessoas físicas e jurídicas com a máxima transparência. Tudo isso com o benefício de uma carga tributária bastante reduzida. tenham acesso ao crédito. por exemplo) o governo se movimentou para a aprovação da Lei Complementar Nº 128/08. viabilizando o acesso a qualquer que queira se regularizar. que cria a figura do Microempreendedor Individual. mas estimulando a profissionalização desses cidadãos. aumentando não só a arrecadação.nsf/17B19CB657E41C0183257 56D0082A5B2/$File/NT0003DE42.com. o direito de ser um segurado do INSS. entre outras vantagens.sebrae.br/bds/BDS. A obra completa disponível no site: http://www. Através desse instrumento normativo.Jefferson Dias Santos Bacharel em Ciências Contábeis SEBRAE-MG Juiz de Fora/MG Brasil E Ricardo Costa Freitas Bacharel em Ciências Contábeis Juiz de Fora/MG Brasil Com a obra: O “MICROEMPREENDEDOR INDIVIDUAL” – UM PASSO POSITIVO PARA A ECONOMIA BRASILEIRA. Resumo Ciente da grande parcela de informais ativos no mercado brasileiro e de que a maioria deles atua sozinho (sem a ajuda de funcionários. o poder público instituiu meios para que milhares de pequenos empreendedores se formalizem junto ao fisco e ao ordenamento jurídico.

Sign up to vote on this title
UsefulNot useful