Você está na página 1de 48

DISTRIBUIÇÃO DE

ENERGIA ELÉTRICA
I NDICADORES DA E NERGIA E LÉTRICA
PARÂMETROS QUE EXPRESSAM COMO A ENERGIA ELÉTRICA ESTÁ SENDO
UTILIZADA
oEnergia é a propriedade de um oEnergia elétrica (ou eletricidade) é
sistema que lhe permite realizar como se designam os fenômenos
trabalho. nos quais estão envolvidas as cargas
oPode ter várias formas: potencial, elétricas.
mecânica, química, eletromagnética, oPotência elétrica é o trabalho
elétrica, calorífica, etc. realizado pela corrente elétrica em
oEstas várias formas de energia um determinado intervalo de tempo.
podem ser transformadas umas nas
outras.
Potência (Carga) Instalada
oSoma das potências nominais dos equipamentos elétricos instalados na
unidade consumidora, em condições de entrar em funcionamento.
oValor da potência que seria consumida se todos os equipamentos estiverem
operando ao mesmo tempo.
oSua unidade é expressa em watts (W).
Potência (Carga) Instalada
oSoma das potências nominais de todos os equipamentos de uma
instalação.
oA potência nominal deve estar mencionada na placa de identificação
afixada no próprio aparelho.
Potência (Carga) Instalada
Potências nominais de alguns equipamentos elétricos
Consumo de Energia Elétrica
oQuantidade de potência elétrica o Também denominada de Energia ou
consumida em um intervalo de tempo, Energia Consumida.
expresso em kWh ou MWh.
No caso de:
Um equipamento elétrico, o valor é
obtido através do produto da potência do
equipamento pelo seu período de
utilização.
Uma instalação residencial, comercial
ou industrial, o valor é obtido através da
soma do produto da demanda medida
pelo período de integração.
Consumo de Energia Elétrica
oO consumo de energia elétrica depende da potência do aparelho
utilizado e do tempo de utilização.
Consumo de Energia Elétrica
Consumo de Energia Elétrica
oA energia elétrica consumida pode ser
medida ou calculada.
oO procedimento comumente adotado
consiste em medir a energia, o que é feito
pelo medidor de energia elétrica.
oMensalmente, a concessionária realiza a
leitura do consumo para que seja emitida a
fatura (conta) de energia elétrica.
oO consumo do mês é calculado com base
na diferença entre a leitura obtida no mês
em curso e a do mês anterior.
Consumo de Energia Elétrica
oMatematicamente, o cálculo da energia, é
realizado aplicando a seguinte equação:

T1

E = ∫ p(t )dt
T0

oNa prática, não se dispõe da expressão de p(t).


Consumo de Energia Elétrica

E = D (T1 − T0 )
Consumo de Energia Elétrica

E = (tu − T0 )Dmax

Tempo de utilização:
valor artificial que corresponde ao tempo necessário para que o consumo de
energia real ocorra, caso se mantenha constante em seu valor máximo.
Consumo de Energia Elétrica
oNa prática, o que se dispõe é uma amostra
da curva de carga, ou seja, uma seqüência de
m+1 pontos da curva:
(ti , Di ),i = 0,1, , m.
Sendo: Di a demanda no instante ti.

oO passo de amostragem é da forma:


T1 − T0
∆t =
m
oPortanto, a energia pode ser estimada de
duas formas:
oInterpolação: reconstitui-se a curva de carga.
oIntegração numérica: cálculo da área.
Consumo de Energia Elétrica
Consumo de Energia Elétrica
Consumo de Energia Elétrica
Consumo de Energia Elétrica
Consumo de Energia Elétrica (2018)
Demanda
oÉ a carga elétrica exigida pelo sistema elétrico em dado momento.
oÉ a integração do consumo em um intervalo de tempo especificado.
oMatematicamente, a demanda de um equipamento ou de um sistema de
utilização em um instante t0, é a potência média absorvida durante os
próximos minutos: .

T0 + ∆t
1 ∆t (intervalo de demanda): intervalo de

D= ∫ p(t )dt
tempo programável, durante o qual a
medição de demanda é efetuada.

∆t T0
p(t): potência instantânea (kW).

T1

E = ∫ p(t )dt
T0
Demanda
oDe modo genérico pode-se dizer que:
o A demanda surge quando aparece uma necessidade .
o O consumo quando se satisfaz a mesma.
oA demanda pode ser interpretada como procura, mas não
necessariamente como consumo, uma vez que é possível querer e não
consumir um bem ou serviço, por diversos motivos.
Demanda
Demanda Média
oÉ a média das demandas verificadas em um dado período.
oA Demanda Média Diária é obtida dividindo-se a energia (em kWh)
consumida no dia por 24.

T1

∫ p(t )dt
T0
D=
T1 − T0

T0 + ∆t
1
D=
∆t ∫ p(t )dt
T0
Demanda Máxima
oMaior valor de demanda registrado no período de análise
(dia/semana/mês/ano).
oDemanda Máxima = Ponta de Carga
oSoma da potência dos equipamentos que funcionam simultaneamente, na
condição crítica do período de análise.
Consumo de Energia Elétrica
Responsabilidade
oCorresponde à demanda individual do consumidor quando ocorre a demanda
máxima do grupo.
oPara o sistema, a responsabilidade é mais importante que a própria demanda
máxima do consumidor.
Exemplo
𝐷𝐷𝑚𝑚𝑚𝑚𝑚𝑚
Fator de Utilização 𝐹𝐹𝑈𝑈 =
𝑃𝑃𝑛𝑛𝑛𝑛𝑛𝑛𝑛𝑛𝑛𝑛𝑛𝑛𝑛𝑛𝑛𝑛𝑛𝑛𝑛𝑛𝑛𝑛𝑛𝑛𝑛𝑛𝑛𝑛𝑛𝑛𝑛𝑛𝑛𝑛𝑛𝑛

oRelação entre a demanda máxima solicitada e a potência nominal do


equipamento ou sistema alimentador.
oIndica a porcentagem da capacidade nominal do sistema que está sendo
utilizada no instante da demanda máxima.
∑𝑛𝑛𝑖𝑖=1 𝐷𝐷𝑚𝑚𝑚𝑚𝑚𝑚 (𝑖𝑖)
Fator de Diversidade 𝐹𝐹𝐷𝐷𝐷𝐷𝐷𝐷 =
𝐷𝐷𝑚𝑚𝑚𝑚𝑚𝑚

oRelação entre a soma das demandas máximas


individuais e a demanda máxima do grupo.
oMede a diversidade entre as demandas
máximas de um grupo de consumidores
oFator adimensional.
oUsualmente é > 1.
oSendo = 1 quando as demandas máximas
coincidirem no tempo.
∑𝑛𝑛𝑖𝑖=1 𝐷𝐷𝑚𝑚𝑚𝑚𝑚𝑚 (𝑖𝑖)
Fator de Diversidade 𝐹𝐹𝐷𝐷𝐷𝐷𝐷𝐷 =
𝐷𝐷𝑚𝑚𝑚𝑚𝑚𝑚

oQuanto mais alta for a quantidade de


consumidores, maior será esse fator.
oO desconhecimento deste fator implica em
sobre-dimensionamento das redes e
equipamentos.
Fator de Coincidência
oA potência máxima das instalações oPara auxiliar no dimensionamento
seria calculada facilmente se todos os das instalações elétricas, as empresas
equipamentos são ligados baseiam-se na análise do Fator de
simultaneamente. Coincidência (ou de Simultaneidade),
oNa prática, entretanto, apenas uma que corresponde ao inverso do Fator
fração desses equipamentos é ligado de Diversidade.
simultaneamente.
oEsse fato é muito importante pois
evita que uma instalação elétrica seja oEsse fator é multiplicado pela carga
superdimensionada. instalada para se dimensionar fios,
disjuntores, geradores,
transformadores, etc.
𝐷𝐷𝑚𝑚𝑚𝑚𝑚𝑚
Fator de Demanda 𝐹𝐹𝐷𝐷 =
𝑃𝑃𝑖𝑖𝑖𝑖𝑖𝑖𝑖𝑖𝑖𝑖𝑖𝑖𝑖𝑖𝑖𝑖𝑖𝑖

oRelação entre a demanda máxima oIndica se os equipamentos de um


solicitada e a potência (carga) sistema consumidor estão ou não
instalada. funcionando simultaneamente e a
oIndica a porcentagem da carga plena carga.
instalada que está sendo alimentada. oDepende do tipo do consumidor, do
tamanho do consumidor, número de
equipamentos, época do ano, etc.

oÉ utilizado para dimensionar o


projeto elétrico de uma instalação.
oSe aplica ao equipamento ou
sistema consumidor.
𝐷𝐷𝑚𝑚𝑚𝑚𝑚𝑚
Fator de Demanda 𝐹𝐹𝐷𝐷 =
𝑃𝑃𝑖𝑖𝑖𝑖𝑖𝑖𝑖𝑖𝑖𝑖𝑖𝑖𝑖𝑖𝑖𝑖𝑖𝑖

oVaria entre zero e um. Indústria FD


Fabricação de cimento 0,65
oNormalmente, é menor que um.
Fabricação de tintas 0,80
oSeu valor será unitário somente se Fabricação de papel 0,75
toda a carga instalada for ligada Fabricação de gelo 0,92
simultaneamente por um período Fabricação de aço 0,58
suficientemente grande, tanto quanto Fabricação de açúcar 0,75
o intervalo de demanda. Lavanderia automática 0,82
oNa fase de elaboração de projetos, Torrefação de café 0,42
são adotados valores estimados Oficina mecânica 0,75
estatisticamente. Gráfica 0,50
Marcenaria 0,50
Pedereira 0,73
∑𝑛𝑛𝑖𝑖=1 𝐷𝐷𝑚𝑚𝑚𝑚𝑚𝑚 (𝑖𝑖)
Demanda Diversificada 𝐷𝐷𝐷𝐷𝐷𝐷𝐷𝐷 =
𝑛𝑛

oEm todo os sistemas existe uma oRelação entre a soma das


diversidade entre os vários demandas máximas individuais e o
consumidores, o que faz com que a número de consumidores.
demanda máxima de um conjunto de oNeste fator estão embutidos os
cargas seja menor que a soma das fatores de demanda e de
demandas máximas individuais. diversidade.
oAssim, na elaboração de projetos não oA partir de um certo número de
se leva em conta a demanda máxima de consumidores, a demanda
cada consumidor individualmente, mas diversificada é praticamente
a demanda máxima do conjunto dos constante e caracteriza
consumidores. perfeitamente o grupo.
𝐷𝐷𝑚𝑚𝑚𝑚𝑚𝑚𝑚𝑚𝑚𝑚
Fator de Carga 𝐹𝐹𝐶𝐶 =
𝐷𝐷𝑚𝑚𝑚𝑚𝑚𝑚𝑚𝑚𝑚𝑚𝑚𝑚

oRelação entre a demanda média e a oO período de tempo para se


demanda máxima da unidade determinar o fator de carga pode ser
consumidora ocorridas no mesmo um dia, uma semana, um mês, etc.
intervalo de tempo.
Fator de Carga

oPara determinar o fator de


carga é preciso conhecer a
demanda média, ou seja, a
energia consumida durante o
período considerado.
Fator de Carga
oPode ser visto como sendo a relação
entre o consumo real de energia e o
consumo que haveria se a carga
solicitasse durante todo o tempo uma
potência constante e igual a demanda
máxima.
oFornece informações sobre a
uniformidade (ou não) do uso da
energia elétrica, visando o melhor
aproveitamento do sistema.
Fator de Carga
Fator de Carga
Um baixo fator de carga indica picos de consumo de energia na curva de carga
Fator de Carga
oExistem duas formas básicas para melhorar o fator de carga:
oManter o consumo e reduzir o pico de demanda. Isso se dá com o
gerenciamento correto do uso de equipamentos em diferentes horários de
forma que a potência demandada seja “diluída” no período faturado, evitando
picos “destoantes”da média.
oManter a demanda e aumentar o consumo de energia por meio do aumento na
produção. Para tanto, não se deve adquirir novos equipamentos, mas sim
aumentar o período de funcionamento dos equipamentos existentes.
oEssas medidas reduzem a diferença entre a média de potência consumida
e o pico de potência atingido no período da fatura, homogeneizando o
consumo, reduzindo o custo de demanda e melhorando a qualidade de
energia na instalação.
VALORES TÍPICOS DE ALGUNS INDICADORES
Residencial
oConsiste principalmente de lâmpadas, pequenos motores- bombas e
eletrodomésticos tais como: ventiladores, condicionadores de ar, chuveiros
elétricos, aquecedores, ferros elétricos, etc.
oFator de demanda: 70% - 100%
oFator de diversidade: 1,2 – 1,3
oFator de carga: 10% - 15%
Comercial
oConsiste principalmente de lâmpadas, anúncios luminosos, condicionadores
de ar e dependendo da atividade, refrigeradores, freezers, copiadoras, etc.
oFator de demanda: 90% - 100%
oFator de diversidade: 1,1 – 1,2
oFator de carga: 25% - 30%
Industrial
oDependendo do tipo e porte da indústria, os fatores de demanda podem ser
muito diferentes.

Indústria Carga instalada(kW) Fator de demanda Fator de carga


Micro 5 - -
Pequena 5 - 25 - -
Média 25 - 100 - -
Grande 100 - 500 70% - 80% 60% – 65 %
Pesada > 500 85% - 90% 70% - 80%
Iluminação Pública
oCarga de responsabilidade das prefeituras (implantação, operação e
manutenção). de uso da energia.
oPara este tipo de carga, que praticamente se mantém constante durante
toda a noite, tem-se:
oFator de demanda: 100%
oFator de diversidade: 1,0
Rural
oConsiste principalmente de forrageiras, máquinas agrícolas, motores para
bombeamento d’água para irrigação.
oFator de demanda: 90% - 100%
oFator de diversidade: 1,0 – 1,5
oFator de carga: 25% - 30%
Serviços Públicos
oEngloba o fornecimento de energia elétrica para operação:
oDa rede pública de abastecimento de água, esgotamento sanitário e saneamento
básico.
oTrens e metrôs de responsabilidade dos governos estaduais e federal.
UFCG/CEEI/DEE/GSE
PROF. NÚBIA SILVA DANTAS BRITO

Você também pode gostar