Você está na página 1de 82
ea - ~Summario * © magazine * ‘ MARGENS D'UMA REPRESA EM PARANHOS “Phoiographid de Maxoet Tnexeiea Mowreino (Porto) - + PROWTESPICIO. ‘A PAIZAGEM PORTUGUEZA (19 illustracbes e uma vinketa)... ALBUM DE EXOTISMOS JAPONEZES {rv iltustracgey) pox Wenecescau oe Monars -CANTIGAS Por Atpio Maciano. - MELANCOLIA 6 lage 0% M. Deanne B°Aueroa. AS MINAS DE ALIUSTREL (ergy pot oo Goss FERRAZ DE MACEDO ¥ {20 iltustragées ¢ una vinlcta) p2¢ FLAN DIALMEIDA “A SOMBRA DE ASTREA Por Teisema ve Pascoats, + A ARCHITECTURA DA RENASCENGA EM PORTUGAL ' (1 atragese inet! por eames Har. © MEU FATO NOVO (4 ittustragées ¢ 1 vinheta SEROES DOS BEBES. (railtsrape 1 sinha) QUINTO ‘ConcuRSO PHOTOGRAPHICO DOS SEROES ~ Azenha do rio Homen (Caldellas) — Mengio honrosa — Photographia do Sr. Awronio ete Plann Vila Wore: Bab de Gone) ch _ ACTUALIDADES | ea \ ¥ (29 ittustragées) « 5 JAS SENHORAS (28 illdstragGoa) pag. 81 Layores FeMnunos. - » 83 Consurrorto pe Luiza » 88 CHRONICA GERAL DE Mopas Os nossos riounisos. . ~ A NOSSA FOLHA DE MOLDES..- "A. MUSICA DOS SEROES NATAL DE JESUS : Be dpaquns A. C. Noves, yersos de Manu Micah ec he ee? +: 4 paginas Charada (Saudagio) Como um guerreiro altivo ¢ triumphante Tostado pelo sol das madrugadas, Ejs-nos na lucta viva e delirante De versos d’oiro em lyras prateadas, Serdio mil sonhos sé n’um sonho amante Desperto entre oragbes apaixonadas,—2 E de peitos de jaspe palpitante ‘As esp'rangas de noites estrelladas. Salvé Serdes, eu canto a nova gl ‘A mais nobre, talvez, da vossa historia, Eg @ellas a mais rica e longa ainda,— Séde feliz e grande como o mar Espalhando a alegria em cada lar eja a yossa estrada bella, infinda ! (Porto). e Logogripho Env terras distantes, pranteia saudoso alguem que, de magoa, se sente morrer: «Quem dera estes mares de novo sulcar, quem dera ave ser...—7-5-0-6-2 Soffri da miseria 0 bafejo pollutos provei dos desgostas amargo travors cancei n’este exilio, mercando o meu pio com rude labor!...— 4-10-3-9-2 Mas ai! a sandade... a saudade é tormento bem mais cruciante,.. veneno lethal! Fugi pensamentos! Quem dera que eu fosse irracional ! ~ 1-8-6-7-2 Ou menos! Descendo os degraus da natura nfo ver, nfo sentir este fado terrivel... Ser barro, ser terra, ser po d’uma estrada, materia insensivel! — 4-5-6-9-2 Quem dera! Mas, pobre de mim, nfo esquego 2,2 do berco as venturas! Ai! montes altivos... ermida modesta, occulta em verduras!...» E. R. Q. (Michaelense) — Porto. e Charada Felix Pinto Pavao, Por mui carambolar ‘Tornou-se um sabich’o No jogo do bilhar. Ninguem com elle joga!.- Se d primeira tacada Logo a partida afoga Gor todas érenfiada! Um dia, diz-me assim: Va 14 uma li¢do? Ninguem vae contra mim Vou eu dar proteccao Toma o taco, oh! Vareta.— 2 Anda lé meu pechote Marca ahi-trinta 4 preta P'ra te dar um capote. — Quarenta de sahida. 'St&a cousa arranjada. —P’ra n’uma sé tacada Dares cabo ai partida? Va 14 mas, é sem ché O partido é bastante. Entio queijo ¢ biscoitos Que é jantar d’estudante. 2 Vareta — Ancra. = Charadas novissimas pittorescas eee nnuncios dos «Serdes larga circulagéo em Portugal e Brazil, offerece as paginas supplementa- res de annuncios nas condi¢6es seguintes, por uma unica inser¢do: Annuneios n&o illustrados 405000 1s. 5$500 » 88000. » DESCONTOS Anno 20 %, semestre 15 %, © trimestre 10 %/), Annuneios illustrados UM ANNO : LR ee a ae IS. ee at Dg oe 508000.» ee ee ee a eee 368000. » Semestre 60% | “Teimestne 40.7; AP Preeo do anno PEQUENOS ANNUNCIOS Para commodidade dos annunciantes, a empreza estabelece ainda uma seccéo de pequenos annuncios, os quaes sdo pagos se- gundo a seguinte.tabella: Annuncios até 5 linhas, em columna de '/3 de largura de pagina, 400 réis por-wada insercdo, Cada linha a mais, 80 réis. Companhia Portugueza de A Nacional 2mm una CAPITAL 500:000$000 réis Seguros em caso de vida e em caso de morte — Seguros contra desastres pessoaes Seguros de viagem wo 7, Rua do Alecrim—LISBOA TY ears avenge con: com a maior lealdade que sem ter a pretengéo de curar todos os epi- DRAGEES GELINEAU lepticos nés recommendamos os Confeitos Gelineau que teem durante trinta annos, dado ao seu auctor completa satisfacéo e que lhe tem validd o recomhecimento ¢ inalteravel ami- zade de numerosos doentes; que sempre nos casos ordinarios dao a possi- bilidade do triumpho e pelo menos a certeza de melhoras nos casos difficeis J. MOUSNIER, SCEAUX. Seine (France) e em todas as Pharmacias. eee Gees ete edeeme tee f| Obras prim as antique °°" "rane D. Quichote de la Mancha VITA _A QUEDA, Edigao illustrada em 8 volumes crescinenro || Brochado, 200 reis —Encadernado, 500 réis & TIRA A CASPA. — PERFUME ESQUISITO f i. . cousin nd Ultimas dias de Pompeia Edigéo. om 2 volumes Brochado, 200 réis—Encadernado, 300 réir > PERFUMARIA, GULSEMlD Re dor Revozevoss 1) | ay vonda na livraria FERREIRA & OLIVEIRA, L.°* 492, Rua do Ouro, 188 — LISBOA Chamamos a attencaéo dos nossos leito- res para as condicées de assignatura, que in- serimos ao fim da pagina 8. RENASCENCA 15 BEVISTA MEWSAL DE LETTRAS, SCIENCIAS E ARTES Editores-proprietarios BH, BEVILAGQUA & G, Rua do Ouvidor, 454— RIO DE JANEIRO Publicada sob a direcgao de RODRIGO OCTAVIO e HENRIQUE BERNARDELLI CONDICOES DE ASSIGNATURAS PARA 0 ANNO DB 1906 Estrangeiro + + 203000 Registro....+» 39000 Rio Ae hagelre ¢ Estados . + 183p000 SS + geese 3¥p000 Centro Commercial . 1536000 Numero avulso: Capital 13500. Estados 136700, Numero atrazado 347000 PRAGCS PARA PORTUGAL “ Assignatura annual » com rej Numero avulso:. Os editores nao respondem pelo extravio devido ao correio, havendo todo ocui- dado na expedigdo da Revista. Para evitar os extravios, lembramos aos Senhores assignantes, ao reformarem suas assignaturas, auctorisarem-nos o registro me- diante 0 augmento, em assignatura, da importancia de Rs. 336000 para o interior ¢ Rs, 53000 para o exterior. O assignante que, no correr da sua assignatura, mudar de endereco, quetra farer acompanhar seu aviso da importancia de Rs. $500. AO LEITOR. As reclamac6es, assignaturas, collaboragao e tudo quento dig réspeito é nossa Revista, queiram enderecar sempre e simplesmente A Administragéo da Revista RENASCENGA Rua do Quoldor, 151—RIO DE JANEIRO IMPORTANTE 8 SENHORBS ASSIGNANTES QUBIRAM INDICAR 08 KUMBROS DAS SUAS ASSIGNATURKS Na Administracio da Renascenga —Rua do Ouvidor, 151 — compra-ve 0 nt a da Revista a Rs. 536000 0 exemplar em perfeito estado de conservacio. Vende-se a colleccio do 2.%, 3° ¢ 4 volume a Rs. 223000 0 volume, ¢ Rs. 403000 @ colleccao do 2.° anno que termina com o presente numere, Vantagens aos assignantes da RENASCENGA Os Senhores assignantes da RENASCENGA até d importancia ae mwas assi- gnaturas, d vista do recibo, terdo 0 abatimento de 70%, em musicas da nossa edigHo, compradas de uma so vey. ¢ SEROES sendes ‘ LIVROS DE LEITURA Para as escolas de instrucgdo primaria, organisados por D. Jodo da Camara, Maximiliano de Azevedo e Raul Brandao Eis os pregos d’estes livros, novamente approvados officialmente para o trionnio de 1907-1909: 1s classe... Re © Be classe 4. classe... Nao obstante. os livros terem sido muito augmentados melhorados, o8 seus organisadores, para corresponderem ao excellente acolhimento obtido no trivnnio aiterior da parte do profeseo= rado, da imprensa e do publico em geral, reduziram 0 preco da 1* classe de 120 réis a 100 réis, ¢ o da 23.0 ¢0dadade 400 2300 reis, afin de tornar a compra mais facil para as familias pouco abastadas. ‘A’ yenda em todas as livrarias de Lisboa, Porto e provincias. Pedidos aos oditores LIVRARIA FERREIRA & OLIVEIRA, Lim."* 182, RUA AUREA, 138 “AGUE GASTELLO Minero-gazoza, lithinada natural —_ +} DE = —= MOURA = Refrigera os saos @ cura os doentes ‘A melhor, a mais pura ¢ a mais barata das aguas de meza do Paiz. ‘Agradabilissima ao paladar, tomada simples ou mis- turada com cognac, leite, wisky, vinho, etc. — premiada na Exposigao de S. Luiz e no Palacio Crystal do Porto. ESCRIPTORIO E DEPOSITO 128, RUA DA CONCHEIGAO ‘Telephone 880 Empreza das Aguas de MOURA ASSIS & G." LISBOA

Você também pode gostar