Você está na página 1de 2

E.E.

JARDIM BUSCARDI 2019

GUIA DE APRENDIZAGEM – 1ª Série do Ensino Médio


Professor: João Paulo Staconi Disciplina: Física 1º Bimestre
Justificativa: O conhecimento científico desenvolvido na escola média deve estar voltado para a formação de um cidadão contemporâneo, atuante e solidário, com os
instrumentos para compreender a realidade, intervir nela e dela participar. Hoje, diferentemente do que se vivia em um passado não muito remoto, a produção, os
serviços e a vida social em geral são pautados pelo resultado da relação entre ciência e tecnologia. Nesse contexto de mudanças, a Física tem papel destacado ao
longo dos quatro séculos da modernidade e, em especial, nas revoluções tecnológicas que mudaram profundamente a história.
Objetivos Instrucionais Gerais: Ensinar a Física na escola de maneira que faça com que o aluno pense nessa disciplina como um elemento básico para a
compreensão e para a ação no mundo contemporâneo e para a satisfação cultural do cidadão de hoje, fazendo com que o ensino de Física não se concentre na
memorização de formulas ou na repetição automatizada de procedimentos a serem aplicados em situações artificiais ou extremamente abstratas.
Tempo Monitoramento
N° de
Mês

Conteúdos Habilidades Previsto


habilidades 1A
(aulas)
Atividade de retomada deRealizar cálculos que envolvem multiplicação e divisão com os
Fevereiro

conteúdos essenciais; algarismos 10, 100 e 1000; reconhecer a necessidade e realizar a


conversão de unidades de medida de comprimento, massa e tempo; 04 10
Identificação, caracterização e identificar a necessidade da compreensão dos fenômenos físicos.
estimativa de grandezas
Quantidade de movimento do Reconhecer causas da variação de movimentos associadas a forças e
Março

linear, variação e conservação ao tempo de duração das interações; identificar as interações nas
• Modificação nos movimentos formas de controle das alterações do movimento; reconhecer a 03 09
decorrentes de interações ao se conservação da quantidade de movimento, a partir da observação,
dar partida a
Leis de Newton um veiculo análise
Comparar e modelos
experimentação de situações
explicativos concretas,
das variações como quedas,
no movimento pelas
• As leis de Newton na análise leis de Newton; reconhecer que tanto as leis de conservação das
Abril

do movimento de partes de um quantidades de movimento como as leis de Newton determinam 02 06


sistema mecânico valores e características dos movimentos em sistemas físicos.
• Relação entre as leis de
Atividades Prévias: Discussões Atividades didáticas Atividades Didático-Cooperativas
coletivas que contribuam para a Pesquisas;
elaboração pessoal e a recíproca Leituras e produções de textos;
 Atividades em grupo
comunicação, promovendo a Relatórios;
 Seminário
compreensão do tema e também a Registro de observação de aula prática;
aprendizagem do respeito a si Exercícios do caderno do aluno;  Jogos
mesmo e aos colegas. Produção individual ou em grupo a partir de um problema proposto.  Simulações

Pontos convergentes
Matemática: Proporcionalidade; operações com números decimais; construção e análise de tabelas; análise e interpretação de gráficos; unidades de medidas.
Atividades Complementares: Valores Avaliação:
trabalhados: - Relatório das atividades
 Pesquisas para complementar os conceitos estudados (R); desenvolvidas nas aulas de prática
 Debates; (C) - Solidariedade; de laboratório;
 Aulas práticas de ciências com observação de aulas/resultados e relatórios de aula; (C) - Autoconfiança; - Participação e desenvolvimento
 Caça-palavras; (A) - Respeito; das atividades (tarefas);
 Discussões e produções de textos; (R) - Humildade; - Atividades individuais ou em
 Sala de Leitura – competência leitora; (C) - Racionalidade. conjunto desenvolvidas em sala de
aula (trabalho);
 Correção das avaliações (por habilidade e avaliação multidisciplinar); (R)
- Avaliação bimestral.
 Corresponsável pelo desenvolvimento do PAN – Atividades leitora e escritora e lógico matemática; (R)
As atividades valerão de 0 a 10.
Recuperação:
C – CONSOLIDAÇÃO: Atividades dirigidas a acentuar a importância de temas ou conceitos tratados em - A recuperação será contínua e
aula; Temas
paralela.
R – REFORÇO: Atividades que motivem, estimulem e ajudem a melhor compreensão e aceitação o do Transversais - O aluno que não atingir o conceito
conteúdo ou itens dele; fará uma nova avalição
A – AMPLIAÇÃO: Atividades que, por sua amplitude ou características, não podem fazer parte, diretamente, - Meio ambiente; contemplando as mesmas
da docência em sala de aula, mas que, por sua importância e atualidade devem ser conhecidas pelos - Ética; habilidades da avaliação bimestral.
jovens. - Trabalho e
consumo.

Fontes de Referência para o professor:


- BRASIL. Parâmetros Curriculares Nacionais. Ciências da Natureza, Matemática e Suas Tecnologias. Brasília: MEC, 2000.
- BRASIL. Orientações Educacionais Complementares aos Parâmetros Curriculares Nacionais (PCN+). Ciências da Natureza, Matemática e Suas Tecnologias.
Brasília: MEC, 2006.
- FERRARO, N. G.; SOARES, P. A. T.; FOGO, R. Física básica: volume único. São Paulo: Atual, 2009.
- HALLIDAY D.; RESNICK R.; WALKER J. Fundamentos de Física: mecânica. Volume 1. 8a edição. Editora LTC, 2009.
- HELLMAN, H. Grandes debates da Ciência. São Paulo: Editora da Unesp, 1999.
- BARRETO FILHO, B; XAVIER, C. Física aula por aula: mecânica, 1 ano. São Paulo. FTD, 2016.
- www.curriculomais.educacao.sp.gov.br.
Fontes de Referência para o aluno:
- BARRETO FILHO, B; XAVIER, C. Física aula por aula: mecânica, 1 ano. São Paulo. FTD, 2016.
- FERRARO, N. G.; SOARES, P. A. T.; FOGO, R. Física básica: volume único. São Paulo: Atual, 2009.
- SÃO PAULO. Secretaria de Estado da Educação. Currículo do Estado de São Paulo: ciências da natureza e suas tecnologias São Paulo: SEE, 2010. 152 P.
- www.curriculomais.educacao.sp.gov.br.

Você também pode gostar