Você está na página 1de 23

Segurança em centros

de distribuição: o guia completo


Acidentes com empilhadeiras são comuns em centros de distribuições e, na

maioria das vezes, causam consequências gravíssimas para os envolvidos,

podendo levar até a morte. Os pontos cegos, que são áreas de não

visibilidade que surgem em locais com grandes volumes de materiais

estocados ou nas estruturas fixas como porta paletes e drive-in, são fatores

preocupantes nas indústrias. Ao avistar um objeto, pode ser tarde demais e o

condutor de empilhadeira não ter tempo o suficiente para evitar uma colisão.

O investimento em segurança deve ser um tópico indispensável para prevenir

acidentes na gestão da logística. Isso é necessário para garantir a saúde,

bem-estar e integridade física dos colaboradores, além de deixá-los mais

satisfeitos e confiantes com o ambiente de trabalho. Adotar medidas voltadas

para essa questão ajuda a evitar acidentes, além de assegurar que a empresa

atue em concordância com as normas e leis vigentes e evite problemas

maiores, como por exemplo possíveis ações trabalhistas.

Quer saber quais ações podem na área de logística? Então, continue a leitura!
Analisando a importância da segurança

Um espaço de armazenagem de produtos otimizado, com todos os processos bem

definidos e, mais importante, que ofereça segurança para todos os envolvidos, é o

sonho de qualquer gestor, não é mesmo? No Brasil, muitas empresas negligenciam

as principais questões que envolvem a segurança do ambiente de trabalho e dos

funcionários, onde diariamente são expostos a riscos desnecessários.


De acordo com dados da Organização Internacional do Trabalho (OIT), o Brasil

(209,5 milhões habitantes) ocupa a quarta posição no ranking mundial de

acidentes de trabalho, atrás apenas de países como China (1,393 bilhões

habitantes), Índia (1,353 bilhões habitantes) e Indonésia (267,7 milhões habitantes).

E segundo o levantamento do Observatório Digital de Segurança e Saúde do

Trabalho, a cada 3 horas e 40 minutos morre um trabalhador em decorrência de

acidentes de serviço. Os números da Previdência Social registram cerca de 700 mil

casos de acidentes ocupacionais no país.

É importante que as empresas entendam, o quanto antes, que a falta de um

ambiente seguro em centros de distribuição pode causar um prejuízo enorme para

o negócio. Um simples erro como falha mecânica causada por ausência de

manutenção pode ser suficiente para gerar perdas significativas. Além de perder

financeiramente com possíveis acidentes e colocar a saúde dos colaboradores em

risco, a falta de investimentos em segurança pode impactar diretamente o

funcionamento da empresa, seja por interdição do ambiente, por afastamento de

trabalhadores ou pela necessidade de providenciar novas contratações, por

exemplo. Ou seja, são inúmeras as complicações que podem resultar em péssimos

resultados para a empresa.


Entendendo os possíveis riscos envolvidos

1. Incêndios

Os incêndios em centros de distribuição podem ser causados pela combustão

incontrolada de substâncias inflamáveis ou pela acumulação de vapores, entre

outros fatores desencadeantes. Sua propagação é favorecida pela proliferação

de elementos de papelão, plástico ou madeira.


2. Quedas

Um dos acidentes mais comuns são as quedas: Quedas ao mesmo nível: causadas

por escorregões em um solo sujo ou tropeções com elementos incorretamente

situados. Quedas em diferentes níveis: acontecem desde escadas, empilhadeiras

ou elevadores.

3. Golpes e atropelamentos
Entendendo os possíveis riscos envolvidos

Existe o risco de colisões e atropelamentos em zonas que transitem equipamentos

de movimentação como transpaleteiras, empilhadeiras e outros veículos.


Como evitar esses acidentes?

Abaixo reunimos as melhores práticas a serem aplicadas na logística com o

objetivo de proporcionar mais segurança aos seus colaboradores e,

consequentemente, contribuir com o sucesso da empresa.


1. Oriente os funcionários a utilizarem os EPIs

O uso de Equipamentos de Proteção Individual (EPIs) não é uma mera exigência

legal: eles realmente evitam inúmeros acidentes e lesões aos trabalhadores. Sendo

assim, seu uso deve ser obrigatório dentro das dependências da empresa e

durante a execução das tarefas. Oriente seus colaboradores sobre a importância

de utilizarem tais equipamentos e do quanto isso os protege de riscos comuns ao

ambiente empresarial.
Como evitar esses acidentes?
2. Estabeleça procedimentos de segurança

Um procedimento bem-definido é mais eficiente, e essa lógica se aplica a diversas

questões do cotidiano corporativo. Quando se fala em segurança no trabalho, é

preciso ter em mente que estabelecer protocolos de procedimento evita a

ocorrência de sinistros.

Assim, por exemplo, é aconselhável que se estabeleça um protocolo a ser seguido

sempre que o funcionário chegar à empresa: ele deve vestir o uniforme, colocar as
Como evitar esses acidentes?
luvas, protetores auriculares, capacete e só depois iniciar suas atividades.

A internalização desse procedimento faz com que a proteção seja algo

automático e o gestor não precise ficar repetindo orientações. Nesse caso, é

interessante que tais procedimentos sejam afixados em um local onde todos

possam ver e se informar.


3. Adquira maquinários com certificação

É sabido que o uso de equipamentos e máquinas de má qualidade e sem

certificação no Inmetro, por exemplo, pode ser um fator influenciador de

ocorrência de acidentes no setor de logística.

A aquisição de ferramentas, máquinas e aparelhos deve ser pautada em uma

ampla pesquisa de mercado e atentar à segurança proporcionada a quem os

manuseia. Como gerente logístico, é seu dever ficar atento a isso e cuidar para
Como evitar esses acidentes?
que seus

colaboradores tenham sempre à disposição equipamentos modernos e seguros,

que facilitem o trabalho e resguardem sua integridade física e sua saúde.


4. Faça revisões periódicas nos equipamentos

Além de adquirir um maquinário de qualidade, é importante que eles passem por

manutenção preventiva com frequência, porque é natural que o uso constante e

até o manuseio incorreto acarretem danos aos instrumentos.

Dessa maneira, as empilhadeiras e os caminhões devem estar com as revisões e

manutenções sempre em dia. Lembre-se de que esse cuidado evita acidentes

decorrentes da má conservação e assegura que o setor esteja sempre com alta


Como evitar esses acidentes?
produtividade.

É importante ressaltar que máquinas com problemas no funcionamento devem ser

interditadas e imediatamente encaminhadas para a manutenção, evitando que

seus colaboradores sejam expostos a riscos desnecessários.


5. Promova campanhas de conscientização

Que tal pensar em uma “Semana de Prevenção aos Acidentes de Trabalho? São

ações simples, mas com um impacto extremamente positivo na busca por um setor

mais seguro. Campanhas assim abordam o tema de uma maneira menos

burocrática, atingindo seus funcionários e fazendo com que eles reflitam sobre o

assunto, exponham suas dúvidas e opiniões e até apontem processos que podem

estar gerando riscos na empresa.


Como evitar esses acidentes?
6. Invista na capacitação em segurança do trabalho

O treinamento e capacitação dos funcionários é mais uma estratégia que

favorece a redução dos índices de acidentes de trabalho na empresa, afinal,

funcionários que sabem lidar e manusear aparelhos adequadamente são mais

cuidadosos e, consequentemente, cometem menos erros.

Dessa forma, a orientação é que você promova capacitações periódicas sobre o

uso dos equipamentos, normas de segurança, protocolos a serem seguidos em


Como evitar esses acidentes?
caso de acidentes e falhas em ferramentas. É preciso ressaltar que investir em

capacitação é essencial para o correto funcionamento do setor, além de

assegurar mais produtividade e motivação dos colaboradores que são mais

preparados e técnicos na execução das diversas tarefas de seu cotidiano.

É imprescindível para a logística que seus funcionários estejam protegidos e

preparados para lidar com situações de risco inerentes ao cotidiano do setor,

especialmente porque qualquer problema ou acidente nessa área afetará o

funcionamento e os resultados de todo o negócio.


7. Use e abuse da tecnologia

Você sabia que já existem no mercado equipamentos que previnem acidentes com

empilhadeiras? Confira algumas soluções abaixo:

Farol de segurança Linepress

Ele emite uma faixa luminosa na cor vermelha, que mostra ao funcionário a
Como evitar esses acidentes?
distância segura a ser mantida, evitando acidentes e colisões. A tecnologia LED

utilizada no LINEPRESS apresenta alta eficiência e baixo consumo de energia, é

resistente a vibrações e tem grande durabilidade.


Alerta anti-atropelamento e anticolisão Zone Safe

Com tecnologia de última geração, ele indica ao operador a presença de

pedestres na sua rota, bem como alerta os transeuntes da aproximação do

veículo: dupla segurança!

Devido ao volume ou tamanho da carga, a visão do motorista pode ser limitada ou

inexistente. Esses pontos cegos da máquina aumentam o risco da operação,

principalmente em espaços confinados. Mas com o uso de tags ativos e da


Como evitar esses acidentes?
tecnologia RFID (radiofrequência), o Zone safe equipa a empilhadeira com um

transponder/antena que emite um alarme sonoro e visual para o operador sempre

que ele se aproxima de alguém. Já o Tag vibratório (único do mercado) chama a

atenção do pedestre para a proximidade do veículo.


EGOpro

A solução de alerta de proximidade reduz ao mínimo o risco de acidente entre

empilhadeiras e pedestres em áreas de trabalho compartilhadas. O sistema

detecta de forma confiável os trabalhadores na zona perigosa ao redor da

empilhadeira, criando um ambiente de trabalho seguro. Por meio de alarmes

visuais e acústicos, o sistema avisa o motorista, em tempo real, em um display na

cabine do motorista, da presença e da posição dos trabalhadores, usando EPIs


Como evitar esses acidentes?
ativos, que se aproximam perigosamente do veículo em movimento. Com o

sistema, o motorista pode tomar imediatamente as medidas de segurança mais

adequadas para evitar impactos com outros trabalhadores ou outros veículos.


Iris Seen Safety

É uma solução que detecta faixa refletiva em coletes e marcadores, tornando mais

simples a detecção de funcionários e visitantes que podem estar atrás de

empilhadeiras,alertando o motorista e o pedestre da aproximação do veículo.

O sensor de detecção de pedestres detecta a fita reflexiva em todas as

condições. Tanto durante o dia como à noite e em todas as condições

meteorológicas. Em uma situação de risco que se aproxima, tanto o operador


Como evitar esses acidentes?
quanto o pedestre são avisados. Este sinal de alerta pode ser configurado

inteiramente de acordo com a vontade do usuário; acusticamente, mas também

visualmente.
Farol Bluepress

Esse farol foi criado para veículos que transitam em armazéns e espaços de

grande circulação, o BluePress sinaliza as manobras do condutor, projetando um

feixe de luz azul a partir da traseira das empilhadeiras. É composto por dois LEDs

azuis, possui lente de policarbonato, é impermeável e resistente à oxidação,

corrosão e luz ultra violeta. Apresenta baixo consumo de energia, é multivolt e tem

vida útil de 20 mil horas. Traz também opção de luz vermelha.


Como evitar esses acidentes?
Câmera WIFI Viewpress 45°

Essa solução foi projetada para monitorar o funcionamento dos garfos da

empilhadeira sem fio. Instalado facilmente no garfo ou em qualquer parte de

maquinários em geral, facilita o monitoramento da operação, detectando ponto

cego da máquina e auxiliando a visualização, independente da altura e da

posição.

A Câmera WIFI Viewpress 45° foi projetada para monitorar o funcionamento


Como evitar esses acidentes?
dosgarfos da empilhadeira sem fio. Instalado facilmente no garfo ou em qualquer

parte de maquinários em geral, facilita o monitoramento da operação, detectando

ponto cego da máquina e auxiliando a visualização, independente da altura e da

posição.
Câmera WIFI Viewpress 120°

Ela monitorara o funcionamento dos garfos da empilhadeira sem fio. Instalado

facilmente no garfo ou em qualquer parte de maquinários em geral, facilita o

monitoramento da operação, detectando ponto cego da máquina e auxiliando a

visualização, independente da altura e da posição. Ângulo de visão de 120 graus.

Como evitar esses acidentes?


Monitor WIFI

O monitor atua, com certificação, na prevenção de colisões para veículos de

qualquer porte e monitora os pontos cegos de um veículo. Pode ser aplicado em

áreas de movimentação de caminhões e máquinas de grande porte, sendo

obrigatória em algumas delas. Possui 7 POLEGADAS, 2.4GHz DIGITAL, Wi-Fi; 4

canais; Distância: 100m (livre de barreiras); Pareamento automático; Exposição de

imagem automática; Suporte de apoio e fixação e IP69k.


Como evitar esses acidentes?
Conheça a empilhadeira que não mata, não atropela e não tomba

Você sabia que a empilhadeira abaixo não mata, não atropela, não tomba, não

fica sobrecarregada, e ainda sabe o peso que carrega? Isso tudo porque ela está

equipada com as soluções mais inteligentes do mercado.

Como evitar esses acidentes?

Fontes: Observatório de Segurança e Saúde no Trabalho: https://smartlabbr.org/sst

Patrus Transportes: https://patrus.com.br/blog/seguranca-no-trabalho-as-7-melhores-praticas-para-a-logistica/


Mecalux: https://www.mecalux.com.br/blog/riscos-no-armazem
RUA BARBOSA RESENDE, 245 - GRAJAÚ -

CEP: 30.431-163 - BELO HORIZONTE / MG

+55 (31) 3314-3600

MARPRESS@MARPRESSBRASIL.COM.BR

HTTPS://MARPRESSBRASIL.COM.BR

Você também pode gostar