Você está na página 1de 11

Capítulo 3 Substituir

Tiger Chen reabriu seus olhos em uma sala pouco iluminada.

O cheiro de desinfetante disse que ele estava no hospital. Ele ainda não consegue se mover muito,
então ele imediatamente assumiu que era por causa da tala em seu braço direito.

Enquanto ele tentava se lembrar dos eventos em torno do acidente, suas sobrancelhas se sulcavam.
Neste ponto ele sabia que se não tivesse sido um piloto experiente e até mesmo um corredor de
carros esportivos, ele poderia não ter sobrevivido no hospital.

O melhor que pôde, Hia Yi tentou mover sua figura alta para cima, para que pudesse olhar seu
corpo espancado em detalhes, olhou para ele até ter certeza de que, além da tala no braço, não havia
nada sério em nenhum outro lado de seu corpo, então ele considerou que seria fácil e simples
levantar-se da cama; e o fez, primeiro em tamanho King, até ter o equilíbrio necessário para se
manter estável ao lado da cama.

A primeira coisa que seus olhos viram, depois de equilibrar seu corpo e sua postura, foi um relógio
digital que estava ancorado na parede bem na frente da cama... ele mostrou não só a hora - eram 3
da manhã - mas também a data, mês, ano... quando ele olhou para ele, notou que havia dormido
quatro dias desde o acidente.

Os lábios com bolsa de Hia Yi indicavam o quanto ele se sentia frustrado naquele momento,
perguntando-se: "O que aconteceu nos últimos quatro dias? Onde está Thacha...? Lembro-me
naquela manhã, Thacha estava prestes a voar para a Suíça"... ele também se lembrou que quando
descobriu, só foi procurá-lo a bordo da Ferrari.... ele também lembrou que a Ferrari teve alguns
problemas que o fizeram perder o controle, mesmo derrapando para fora da estrada até atingir a
barreira, enquanto o carro capotou a sensação era semelhante à de flutuar, até que ouviu um
estrondo e tudo ficou completamente escuro.

Enquanto ele assentou suas lembranças do acidente, Tiger notou que não havia ninguém na grande
sala. Segurando o botão de solução salina, Hia Yi caminhou com suas longas pernas pelo quarto, ao
redor da cadeira de cabeceira, até chegar ao conjunto de sofá que deu a alguém que estava lá. Ao
lado do conjunto de sofás, uma mesa revelou os livros de histórias da Disney?
Tiger Che achou estranho ver os livros de histórias na mesa, pois Hia Yi sabia que só Thacha
gostava de tais histórias, ninguém mais. Percebendo a realidade possível, Tiger só poderia repetir
para si mesmo: "Mas Diao pode nem estar na Tailândia.

Há quatro dias, Thacha havia cruzado o céu para a Suíça. Desapareceu dele para sempre... Para
sempre, ou para a casa de seu pai? E para seguir seu noivo de volta... A Suíça fica do outro lado do
beco

N.T: Aí eu acho que Hia Yi tenta colocar em equilíbrio o fato de trazer Thacha de volta ou sua
família... quando eu encontrar uma maneira melhor de traduzi-la, eu vou consertar tudo bem.

Hia Yi não tinha mais planos de permanecer no hospital, ele já tinha tomado uma decisão. Como ele
só tinha um braço machucado e a solução venosa estava com pouca quantidade, Hia Yi usou sua
mão saudável e retirou a fita adesiva diretamente de seu braço, seguida por uma agulha, o que
permitiu que a solução salina fosse entregue em sua veia. Ao fazer isso, um pouco de sangue fluiu
da marca da agulha, mas Tiger não se importou. Se ele não morresse por causa do acidente, não
morreria por deixar sair um pouco de sangue depois de remover a agulha.

Ele ainda tinha muitas coisas a fazer antes de voar para se juntar a Diao, Suíça. Para um... ele
precisaria de um visto... A segunda coisa tem a ver com a Ferrari danificada. A terceira coisa que
ele tem que resolver tem a ver com as corridas de Fórmula 1 que ele estava organizando na
Tailândia. Diante de um tal acúmulo de coisas a fazer, Hia Yi está apenas confiando no fato de que
tudo será de curta duração - um ou dois meses - e, embora esteja preocupado de não encontrá-lo, ele
tem um ás na manga: "Kuea Kirati"... O melhor amigo de Thacha... Hia Yi sabia que era muito
difícil para Kuea não saber o paradeiro de sua melhor amiga "Thacha"; a mesma que era sem dúvida
seu noivo e futuro marido.

"Quem está lá fora?"... disse Hia YI, ao ouvir movimento lá fora.

A porta da sala se abriu e um homem de terno preto entrou... essa pessoa era um dos guardas de seu
pai, não sua pessoa favorita; não era Thacha.

Hia Yi supõe que em relação ao carro derrubado, seu pai deve estar bastante zangado, a ponto de ter
trocado até mesmo seu pessoal e deixado seus próprios guardas para cuidar dele... esse é um assunto
que ele terá que verificar o mais rápido possível, pois ele realmente não gosta de usar ou estar perto
do povo de seu pai.
"Jovem mestre..."... o guarda falou, mas foi automaticamente interrompido pelo próprio Tiger que
disse: "Tragam a roupa.... Terei alta do hospital".

"Mas o chefe não encomendou..."

Embora a secretária de seu pai esteja acostumada a receber ordens... ele (Hia Yi) não está.... Então
ele pensou para si mesmo: "Vou apenas sair do hospital, por que tenho que esperar pelo meu
pai? Nesta idade eu não vou esperar que meu pai venha consertar as coisas... Estou louco? ....
Não..."... pensou Hia Yi e acrescentou: "Não é o primeiro dia do jardim de infância".

*N.T: muito de acordo com Tiger... x deus... o Hia Yi, ele já tem 32 anos de idade....

"Eu estou bem... Eu disse para pegar... Também terminar a papelada de pagamento do
hospital... se eles se atrasarem, mande a conta para o showroom para cobrança..." explicou
Tiger, como se a secretária fosse dele e não do povo de seu pai.

Depois de falar, Hia Yi começou a tirar suas roupas de hospital. Com a mão esquerda, ele puxou
cada botão, até conseguir tirar o uniforme sobre seus ombros largos. Um som de cerramento da
mandíbula soou quando o braço direito se uniu ao elenco. Ele deve puxar suavemente as tiras do
pescoço. Antes de puxar a camisa através do elenco, ele estava tão frustrado que queria rasgar o
elenco.

"Jovem mestre, mas... ..." a secretária do pai tentou refutar, mas foi bloqueada.

"Faça o que eu lhe disse para fazer"... enfatizou Hia Yi e acrescentou: "Onde está meu celular...
como Tiger tinha tentado procurar seus objetos pessoais, mas ele não tinha visto nada exceto os
livros da Disney, eu não vi nada....

"Mestre Thacha deveria tê-lo"... explicou o secretário.

"Vá e procure por ele..." .... Hia Yi queria continuar, mas parou como ele pensou ter ouvido mal e
perguntou: "O quê?".

A mão esquerda que tinha acabado de receber a camiseta da secretária congelou na hora e repetiu:
"Quem tem meu telefone celular?

Ao qual o secretário explicou: "Khun Thacha.... desde que Nai Noi (Hia Yi) foi internada no
hospital, Khun Thacha cuidou de tudo".
O tigre de repente virou-se para olhar a pilha de livros de histórias. Antes que ele começasse a olhar
em volta da sala novamente. A mesa de cabeceira que ele não notou tinha uma xícara, uma boneca,
um cachorro, um urso ou um coelho. Um deles, com orelhas longas, escondido... havia um copo de
água, Hia lembra-se de Thacha certa vez lhe ter dito que ele costumava coletar selos em lojas de
conveniência. E há travesseiros familiares escondidos sob o cobertor do sofá. As pernas longas
pegaram o travesseiro e serraram... É o travesseiro de uma pessoa.

"Onde está o Diao?"... perguntou Tiger.

"Diao foi lá embaixo.... Ele provavelmente foi a uma loja de conveniência"... o secretário
explicou e acrescentou: "Se nada mais for oferecido, eu irei e providenciarei sua alta do
hospital...".... mas o secretário foi interrompido novamente.... Hia Yi tinha mudado seus planos.

"Não, você não precisa"... disse o descendente da família Chen.

"Ehhhh?"... a secretária não entendeu.

"Pegue a camisa..." Tiger devolveu a camisa ao guarda-costas antes de se abaixar para pegar as
roupas do hospital - identificando-o como paciente - que ele havia acabado de retirar. Mas o braço
quebrado o tornou quase impossível, ao ponto de o secretário ter que ajudá-lo.

"Vá buscar a enfermeira, para colocar a solução salina na minha veia... ahhh!!!.... e.... você não
precisa contar o que eu acabei de fazer ou aconteceu agora... okkk"... disse Hia Yi.

"Sim, Sr. Noi".

Os guardas agiram com pressa. A enfermeira se apressou para manusear o tubo salino.... ... todos os
eventos voltaram ao normal e Tiger voltou para a cama, como se nunca tivesse tido alta do hospital
antes, ou melhor, "auto-descartou-se". .

Diao estava voltando... segurando uma garrafa de água e pão quente ele saiu do elevador para o
andar VIP do hospital às 3 da manhã. A história que, Hei Yi só se lembrava dele como o menino de
sete anos ainda preso em seu coração... pensando nisso Thacha não notou o guarda-costas que
parecia incomum.

Ao entrar, ele não esquece de agradecer ao guarda-costas por ter aberto a porta como sempre,
depois dá alguns passos e sobe no sofá ao lado da cama de Hia Yi.

Hia tinha dormido desde a tarde.... Depois que Thca voltou com Kuea ao quarto de Hia Yi e o
encontrou sedado, ele explicou que quando Hia Yi acordou e não o viu, ele ficou muito perturbado,
a ponto de querer sair da cama e correr para procurá-lo. Naquele momento até mesmo Hia Lian foi
atingido pelo chute de Hia Yi.

Ouvindo o que aconteceu e com tudo o que lhe passava pela cabeça, Thacha ficou completamente
confuso... a ponto de não entender seu P. Ele não sabia se estava: feliz... paranóico... assustado...
chocado... tudo era tão confuso, como se ele fosse bipolar.

Neste ponto, Thacha só pode suspirar... enquanto coloca a garrafa de leite e pão comprado sobre a
mesa ao lado de uma pilha de livros. Ele então agarra seu travesseiro - muito usado - e o abraça em
seu peito enquanto caminha em direção à cama do paciente.

Os grandes olhos de Diao olharam para o homem doente que ainda estava dormindo e disseram:
"Ei Yi é o mais teimoso"... depois ele enfiou a língua para fora e enrugou o nariz para a pessoa
teimosa na sua frente... depois riu de si mesmo.

Thacha sabe que Hia Yi está frustrada. Butooo... geralmente, seu P era paciente o tempo todo...
Thacha mais bravo o viu, é quando ele está carrancando e rangendo os dentes com força.... É por
isso que ele não entende como Tiger pode estar frustrado, para chegar ao ponto de chutar Hia Lian...
então sem entender ele só pode perguntar ao paciente ainda dormindo: "Por que você bateu em
Hia Yi? Como você pode chutar em Hai Lian?... esses são maus hábitos... não é de se admirar...
para Hia Yi nunca foi bem-humorado.... Só eu posso aturar isto"... e depois acrescentou: "Ei,
acorde, por que você não escuta? Se você continuar assim, não posso acompanhá-lo... Sei que
não posso reclamar, mas quero reclamar!..." Thacha terminou dizendo, enquanto pensava para si
mesmo: "Eu digo tudo, caso você possa me ouvir em seus sonhos e entender que ele tem um pouco
de mau hábito.

Enquanto escutava, Hia Yi descobre que ele havia deixado a casa e deixado Thacha com uma irmã
mais nova - o cão chihuahua. Pois ele ouviu Diao reclamando assim: "Hey.... foi você mesmo
quem o trouxe para morar na casa.... Que pena...".... e então ele acrescentou: "O animal de
estimação faz parte da casa, mesmo quando eu fiz a chamada de vídeo ele estava empurrando
o nariz tocando a câmera... parece que ele também quer brincar com P... mas você ainda não
se lembra dele, mesmo quando você queria comê-lo (esta frase está relacionada a uma história
contada por Hia Yi, mais adiante neste capítulo).... Jummm... Apresse-se e não seja teimoso".

As presas e sobrancelhas de Hia Yi se sulcaram até que Thacha teve que estender suas mãos para
pressionar suavemente o centro das sobrancelhas, enquanto pensava que de tanto sulcar as
sobrancelhas, Hia Yi já tem rugas na testa... ele está ficando velho se continuar assim e mais ainda
quando fica irresistível, então ele disse: "Você não deve se sentir frustrado". Caso contrário, você
ficará tão velho que eu não poderei dizer se você ou seu pai".

Diao não achava que ele estava sendo mau para Hia Yi, mesmo que ambos estivéssemos no
momento de nossa separação. Thacha considera que não há mais nada que valha a pena ficar com
raiva e também não tem que odiar... Já faz 7 anos... o tempo suficiente para se acostumar... Pode
ainda não ser cem por cento, mas as pessoas têm que continuar a viver.

Thacha espera que tudo volte ao normal, ele... deixará apenas a família Chen e nunca mais
voltará.... Ou talvez ele possa voltar para fazer algum exercício, se ele ou o pai quiser. O que é claro
é que agora ele deve terminar um relacionamento que já se estende por 7 anos de entendimento.

"Hey... Se nos separarmos... Você vai sentir minha falta ou não? Provavelmente sentirei falta de
você e minha irmã com freqüência (o chihuahua).... lembre-se que você tem que cuidar dele...
ok... você não pode deixá-la sozinha... como você fez comigo"... disse Thacha falando ao paciente
que até agora ele pensava que estava dormindo.

Thacha adormeceu, mas Tiger ainda estava bem desperto. Sobrancelhas escuras sulcadas -
novamente - cheias de suspeitas por tudo o que tinha ouvido Thacha dizer... Ele foi e chutou Kirin...
espere... "Quando?"... Já faz tempo demais para querer lutar contra seu amigo.... Mais a história de
que ele disse que seu irmão mais novo o expulsou de casa. Coloque-a de volta em seu lugar.... Eu
não entendo nada. Esse tipo de coisa definitivamente não é como o que ele faria normalmente.

A figura alta saiu da cama novamente, olhando em volta até ter certeza de que Thacha estava
dormindo. Depois ele saiu segurando o suporte de solução salina e saiu da sala. Os guarda-costas
ainda ali sentados apressaram-se em seus pés e curvaram a cabeça em saudação.

Hia Yi se aproximou e perguntou: "O que aconteceu nos últimos quatro dias? Diga-me".

O tigre sentou-se na cadeira em frente à sala. Ele franziu o sobrolho - novamente - (x deus neste
ritmo, ele precisará de cirurgia estética aos 33 x deus) enquanto ouvia o relatório da Guarda-
Chefe sobre o que havia acontecido.

Hia Yi o escutou e não acreditou em seus ouvidos. Ele acordou ontem?

"Acordei ontem eles dizem?"

"Sim, Jovem Mestre, ouvimos o Jovem Mestre falando com o Sr. Thacha, mas não consegui
entender, só ouvimos dizer que você se recuperou"... continuou o guarda-costas chefe, que
também acrescentou: "Então o chefe veio.... Khun Kirin e o Sr. Kuea o seguiram mais tarde.
Depois de um tempo, Khun Thacha e Khun Kuea saíram, e o jovem mestre acordou e só queria
seguir Khun Thacha"...o caixa fez uma pausa e depois acrescentou: "o jovem mestre não se
lembra de ninguém, nem mesmo de Khun Kirin, ele só se lembrava de Thacha".

"Quem disse que foi assim... que eu fiz tais coisas?"... disse um Tiger irritado.
A história que ele acordou ontem já era estranha, mas ele não conseguia nem se lembrar de Lian....
Isso era impossível... "Quem poderia esquecer seu melhor amigo para toda a vida"?

"Realmente, jovem mestre. Fomos nós que tivemos que mantê-lo na cama até que o médico lhe
deu um comprimido para dormir.

Tiger levou seus dedos à testa novamente, para massagear seus templos. A julgar pelas expressões
de todos os guarda-costas, não havia tal coisa como uma mentira. Por que ele fingiu dormir
enquanto ouvia a história contada por seu Nong? fingiu adormecer porque simplesmente não sabia
como começar a falar com seu noivo.... Há muitas perguntas que ele gostaria de fazer. E há todo
tipo de coisas que ele quer dizer a ele.... Eu pensava que vocês estavam tão longe um do outro...
butooo nooo..., acontece que vocês ainda estão aqui....

"Empreste-me um telefone"... perguntou Tiger.

"Aqui..." entregou um para o guarda-costas chefe.

Tiger ergueu o telefone e pressionou o número de dez dígitos de que se lembra em seu coração. O
número de telefone de seu amigo íntimo, eles se conheceram quase toda a vida... isso é razão
suficiente para ele não se importar de ligar às quatro horas da manhã!

Kirin Hope

O tom irritado de seu amigo não fez Tiger se sentir culpado. Porque ele é o único que responde
exatamente o que aconteceu. Por que foi chutado por ele?

Eu possuo

Este aqui?

"Você não está mais louco, está?"

"Não consigo me lembrar de ontem..." disse Tiger.

"O que?"... Kirin quase gritou com uma voz aguda do outro lado da linha. Ele não pode acreditar
que é verdade que seu amigo não se lembra da agitação que fez ontem.

"Não me lembro quando acordei ontem. Será que acordei mesmo?" perguntou Hia Yi
desesperada para saber se era verdade.
"... Bem, você acordou como um tolo, não se lembra de nada?"... disse Lian sem rodeios.

Tiger, ouvindo a resposta de seu melhor amigo, só podia virar os olhos e encostar-se à parte de trás
de sua cadeira.

Os guarda-costas que o rodeavam usavam uma expressão preocupada. O líder da família Chen
estava tentando se lembrar do que ele não conseguia lembrar de ontem... desta vez ele acordou e
ainda não conseguia se lembrar.

Quando acordei novamente, não conseguia me lembrar o que me havia frustrado. Se este for o caso
no trabalho, isso afetará a decisão que seu pai possa tomar.

"Estou preocupado... não consigo me lembrar do que falei... ou se falei muito..."

Isto é o que mais preocupa a Tiger. Embora as memórias de ontem tenham desaparecido, Hia Yi
sabia que deve haver algo entre Diao e ele.... Mas ele não se lembra de nada... ele estava
completamente vazio... ele só tem uma sensação flutuante de que não consegue entender nada....
"Como lidar com as coisas de que não me lembro"... Tiger se questionou.

"Eu tenho uma reunião pela manhã. Virei vê-lo à tarde, até lá não faça nada ou diga nada",
aconselhou Hia Lian.

"Oh, eu fingi estar dormindo... Supostamente estou dormindo agora mesmo, mas decidi ligar
para confirmar o que me disseram"... Tiger explicou.

"Você deve acertar... Finja que está dormindo, finja estar doente, finja sua dor de cabeça, finja
que está um pouco louco primeiro. Você tem amnésia... assim você pode agir um pouco louco,
ninguém vai reclamá-lo. Não diga mais nada, apenas diga que você ama e quer Thacha... apenas
diga que Thacha é o único que você reconhece".

"... Onde as pessoas normais fazem isso? Quem faria uma coisa dessas?"... ele questionou a idéia
absurda de seu amigo.

"Who....!! ????... you.... quando você me chutou, quando você queria se esgueirar de seu pai,
quando você tirou a solução salina do braço. Você mesmo... foi você quem chorou na frente do
médico, enfermeiras e guarda-costas por querer ir atrás do seu Thacha... Não acho que o que
estou lhe dizendo para fazer seja mais estúpido do que isso...? huh????"... disse Hia Lian
O som das provocações de seu amigo fez Tiger querer bater a cabeça novamente. Seu rosto ardeu
até mesmo e ele foi enxaguado até as orelhas, como nunca antes. Ele era tão embaraçoso? Mesmo
diante de outros ele se comportou vergonhosamente, de modo que estava prestes a entrar em pânico
pensando: "O que devo ter feito quando estava sozinho com Thacha?" e então ele só podia dizer
em voz alta para seu amigo: "Não quero mais pensar, caramba".

"Acho que... você não tem uma boa auto-imagem com o que eu lhe disse". Você não está
acostumado a ter um momento embaraçoso como esse..." disse Kirin.

"Você está muito satisfeito... Você pode parar de mexer comigo?"... protestou Tiger.

"Não estou brincando, nunca te vi enlouquecer por amor antes, e sair para encontrar seu noivo
com tanta determinação.... Foi preciso muitos guarda-costas para detê-lo e colocá-lo de volta na
cama do hospital... pense no drama depois da notícia..." Kirin continuou a dizer entre brincadeira
e seriedade.

É suficiente?

Tiger virou seu olhar para o guarda de pé um pouco para o lado e tinha certeza de que se o guarda-
costas de seu pai tivesse ouvido o que Hia Lian estava dizendo, ele também seria ridicularizado.

Se Thacha tivesse ido de verdade, tenho certeza de que agora Hia Yi já não teria mais rosto para
vestir, ele o teria perdido de vergonha.

"Eu achei estranho. Você não se lembra de mim. Você não se lembra de ninguém. Eu lhe disse
meu nome muitas vezes, mas você ainda não consegue se lembrar.... Acho que você se lembra de
mim, mas não pode dizer meu nome corretamente. Você só sabe o nome de Thacha, você até
ficou bravo quando eu lhe disse que Diao tinha saído com meu Nong, que pelo jeito você sabe
que é meu husbandooooo... O melhor amigo de Thacha é meu husbandooooo.... Você se lembra,
não se lembra? não se lembra?" disse Kirin.

O tigre
suspirou para si mesmo. Geralmente, ele não é uma pessoa faladora e a experiência o ensinou a
ouvir em vez de falar.... Mas, então Hia Yi perguntou: "Por que ele mesmo foi um bastardo
ontem... não faz sentido". Não faz sentido. Por que não me lembro o que aconteceu"?

"Amanhã tenho certeza de que farão outra tomografia e descobrirão o que está errado com
você..." Hia Lian tentou tranquilizar seu amigo, mas depois acrescentou: "Acho que você não vai
morrer, você é apenas um pouco louco.

Naquela época Hia Yi só queria chamar Nong Kuea... porque quando Hia Lian está perto de Kuea,
ele se comportava como uma criança boa, quieta, macia e profunda. Boa visualização...
especialmente quando ele estava com o grupo de amigos, porque Hia Lian não gostava de perder a
cara na frente de Nong Kuea.

"Não estresse... Se você tiver medo de esquecer, grave um clipe. Caso você acorde amanhã e
tenha esquecido novamente o que aconteceu até agora, você pode se lembrar do que estava
pensando... Tente falar consigo mesmo, veja se você consegue não lutar com sua Nong. Embora
Thacha quisesse fugir de casa, quando soube do seu acidente e do fato de que você quase
morreu, ele ficou muito surpreso. Foi também uma surpresa para ele, porque quando você
acordou ele tinha amnésia e sass de repente você não se lembrava dele, mas do menino de 7 anos
de idade.... É o suficiente para te deixar louco"... disse Lian.

Hia Yi não queria mais ouvir seu melhor amigo gozar com ele, então ele apertou o telefone e
desligou imediatamente, rangendo os dentes e quase jogando o telefone fora. Tiger prometeu a si
mesmo que, assim que saísse do hospital, iria dar-lhe mais alguns pontapés - e desta vez ele se
lembraria de fazer isso de propósito - porque pessoas como Chen nunca irão cair como um
cachorro!

Tiger voltou ao seu quarto novamente. Ele puxou a cadeira ao lado da cama e sentou-se para
observar a pequena pessoa adormecida no sofá.

Embora esta sala VIP tivesse um quarto separado para os parentes do paciente, Thacha não foi para
aquele quarto, mas em vez disso trouxe seu travesseiro e cobertor gastos com ele, e enrolou-se no
sofá estreito aqui, muito próximo a ele.

Hia Yi entendeu que seu Thacha estava com ele desde o primeiro dia em que foi hospitalizado.

A luz fraca a fez ver o rosto de Thacha, não parecia muito perfumado... mas viver no hospital não
seria tão confortável como em casa, então essa deve ter sido a razão do rosto de seu noivo parecer
cansado... se sua irmã mais nova o visse (o cão, ainda não sei se é fêmea ou macho) ele certamente
o comeria.

Não, o cão com os olhos salientes tinha medo de comê-lo.

O canto da boca de Tiger apareceu em um sorriso, lembrando o primeiro dia em que ele comprou os
olhos de googly (o cão chihuahua) para uma pessoa.... Naquele momento, os dois amigos - Kirin e
Hia Yi - estavam conversando e brincando que se o cão se comportasse mal eles poderiam comer o
cão. Ele foi cozido, frito, frito, frito profundo ou talvez apenas... o que o deixou muito surpreso, ao
ponto de Thacha naquele momento segurar o cão firmemente em seu braço e escondê-lo em sua
barriga, como sinal de que ele nunca se comportaria mal.

Como ele se lembrou, a mão grossa de Hia Yi, estendendo a mão para tocar o macio tufo de cabelo,
esfregou-o suavemente antes de inclinar-se para baixo para tocar a ponta do nariz na testa de
Thacha.
A fragrância do xampu suave e da loção que Diao gosta de usar, faz com que Tiger toque sua testa
contra a dele dessa maneira.

O calor muito próximo fez com que as preocupações em seu coração amolecessem. Pelo menos
Diao ainda está com ele.... o mesmo.

Os braços, as pernas, os olhos longos estão fechados... a boca pequena está aberta. Hia Yi naquela
visão, não podia deixar de tocar sua boca, muito perto das pétalas macias - seus lábios -. Daquela
distância ele podia sentir o gosto tênue do leite agarrado aos lábios... misturado com o gosto
amanteigado enquanto introduzia a língua... a mão esquerda alcançava a bochecha macia,
pressionava o dedo, empurrava o rosto para aceitar o beijo que acabava de começar.

"Oh, o que você está fazendo?

Ele não podia continuar... Tiger foi mordido pela boca que tentava beijar, sendo empurrado pelo
mais jovem e derrubado da cadeira, até cair no chão... ele só podia tentar agarrar um cobertor
macio, mas era só para chutes.... Hia Yi olhou para Thacha com espanto... essa era a tenra noiva,
como ele se tornou tão feroz, a ponto de colocar o dedo do pé na parte superior do peito de Hia
Yi.... ohhh tão feroz!!! ....

Naquele momento Thacha olhou para baixo com olhos largos... e só podia piscar repetidamente,
como ele viu...

Ei! eu estava em estado de choque!

Quem deveria se surpreender! O que diabos está acontecendo?

................................................

N.T: outro capítulo de Thacha e Tiger...espero que você possa entender tudo traduzido...lembre-se
que é a primeira vez que eu faço isso...vou consertar os erros que possam existir. Obrigado por seu
apoio.

Você também pode gostar