Você está na página 1de 4

COESÃO BNCC EF07LP12,13

GABARITO
 Atividade: COESÃO

HABILIDADES: (EF07LP12) Reconhecer recursos de coesão referencial: substituições lexicais (de


substantivos por sinônimos) ou pronominais (uso de pronomes anafóricos – pessoais, possessivos,
demonstrativos). (EF07LP13) Estabelecer relações entre partes do texto, identificando substituições
lexicais (de substantivos por sinônimos) ou pronominais (uso de pronomes anafóricos – pessoais,
possessivos, demonstrativos), que contribuem para a continuidade do texto.

PRONOMES - REVISÃO:

Os pronomes são palavras que substituem ou acompanham nomes, evitando


repetições desnecessárias ao texto. Os pronomes pessoais indicam as pessoas do
discurso (eu, tu, ele...). Os pronomes de tratamento referem-se às pessoas com
quem se fala e indicam o grau de formalidade entre os interlocutores (senhor,
você...). Pronomes demonstrativos são aqueles que indicam a posição no tempo ou
no espaço (este, esse, aquele...).

Leia a anedota:

Juninho é muito comilão. Um dia Juninho chegou na cozinha, pela vigésima vez, e


disse pra cozinheira:

— Me dá mais um pastel.

E a cozinheira:

— Se você comer mais um pastel, vai explodir.

E o menino:

— Então me dá o salgado e sai de perto!

 (Zíraldo. O livro do riso do Menino Maluquinho. São Paulo:

Melhoramentos, 2000. p. 102.)

1. Quais pronomes pessoais poderiam ser usados para substituir os substantivos


abaixo?

a) Juninho

b) cozinheira.
2. No texto, foram utilizados dois sinônimos (nomes iguais) para substituir as palavras
Juninho e pastel. Qual sinônimo, no texto, se refere a:

a) Juninho

b) pastel 

COESÃO

A coesão é a relação entre as partes de um texto. Entre os recursos coesivos temos a


substituição de substantivos por pronomes ou sinônimos.

 Leia o texto.

O Círculo da Tolerância

       Um famoso senhor com poder de decisão, gritou com um diretor da sua empresa,
porque estava com ódio naquele momento.

        O diretor, chegando em casa, gritou com sua esposa, acusando-a de que estava
gastando demais, porque havia um bom e farto almoço à mesa.

     Sua esposa gritou com a empregada que quebrou um prato.

     A empregada chutou o cachorrinho no qual tropeçara.

     O cachorrinho saiu correndo, e mordeu uma senhora que ia passando pela rua,


porque estava atrapalhando sua saída pelo portão.

     Essa senhora foi à farmácia para tomar vacina e fazer um curativo, e gritou


com o farmacêutico, porque a vacina doeu ao ser aplicada.

     O farmacêutico, chegando à casa, gritou com sua mãe, porque o jantar não estava do
seu agrado.

     Sua mãe, tolerante, um manancial de amor e perdão, acariciou lhe seus cabelos e
beijou-o na testa, dizendo:

     “Filho querido,  prometo que amanhã farei os seus doces favoritos. Você trabalha
muito, está cansado e precisa de uma boa noite de sono. Vou trocar os lençóis da sua
cama por outros bem limpinhos e cheirosos para que você descanse bem. Amanhã você
se sentirá melhor.”

     E abençoou-o, retirando-se e deixando-o sozinho com os seus pensamentos…

      Naquele momento, rompeu o círculo do ódio, porque esbarrou com a tolerância, a
doçura, o perdão e o amor…

https://sabedoriauniversal.wordpress.com/lendas-e-contos/ 
3. Substituas as palavras retiradas do texto por sinônimos.

a) o diretor

b) sua esposa

c) cachorrinho

d) essa senhora

4. Substitua as palavras abaixo por pronomes pessoais.

a) o farmacêutico

b) sua mãe

5.   “Naquele momento” faça um resumo com suas palavras sobre qual acontecimento
essa expressão se refere.

REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS:

https://sabedoriauniversal.wordpress.com/lendas-e-contos/

(Zíraldo. O livro do riso do Menino Maluquinho. São Paulo:Melhoramentos, 2000. p.


102.)

 1.

a) Ele

b) Ela

2.

a) Menino

b) salgado

3.

a) empregado

b) mulher

c) animal
d) essa pessoa

4.

a) Ele

b) Ela

5. O momento em que a mãe foi tolerante com o filho e o tratou com amor.

Você também pode gostar