Você está na página 1de 2
TEOREMA DE STEVEN Prof: RENNAN Frente: 03 Aula: 06 AP090407
TEOREMA DE STEVEN
Prof: RENNAN
Frente: 03
Aula: 06
AP090407

01. LEI DE STEVEN

Simon Stevin (1548-1620), matemático e físico holandês, é o responsável pelo teorema que enunciamos a seguir, também conhecido por Principio Fundamental da Hidrostática:

A diferença de pressão entre dois pontos de um liquido homogêneo em equilíbrio sob a ação da gravidade é calculada pelo produto da massa especifica do liquido (densidade) pelo modulo da aceleração da gravidade no local e pelo desnível (diferença de cotas) entre os pontos considerados:

p 1 p 2
p 1
p 2
P 2 – P 1 = d.g.h
P 2 – P 1 = d.g.h

1.2. CONSEQÜÊNCIAS DO TEOREMA DE STEVIN

1º Conseqüência:

Um liquido em equilíbrio exerce nas paredes do recipiente que o contem forças perpendiculares a elas, no sentido liquido – parede.

Quanto mais profundo estiver o ponto de aplicação da força em relação à superfície desse liquido, maior será a pressão exercida sobre o mesmo ponto.

TEOREMA DE STEVEN Prof: RENNAN Frente: 03 Aula: 06 AP090407 01. LEI DE STEVEN Simon Stevin

2º Conseqüência:

Todos os pontos de um líquido em equilíbrio sob a ação da gravidade, situados num mesmo nível horizontal, suportam a mesma pressão.

TEOREMA DE STEVEN Prof: RENNAN Frente: 03 Aula: 06 AP090407 01. LEI DE STEVEN Simon Stevin

nível 1

nível 2

3º Conseqüência

Desprezando

fenômenos

relativos

à

tensão

superficial, a superfície livre de um liquido em equilíbrio sob a ação da gravidade é plana e horizontal.

TEOREMA DE STEVEN Prof: RENNAN Frente: 03 Aula: 06 AP090407 01. LEI DE STEVEN Simon Stevin
TEOREMA DE STEVEN Prof: RENNAN Frente: 03 Aula: 06 AP090407 01. LEI DE STEVEN Simon Stevin

Nota-se, então que a figura abaixo seria proposta seria absurda.

TEOREMA DE STEVEN Prof: RENNAN Frente: 03 Aula: 06 AP090407 01. LEI DE STEVEN Simon Stevin

02. VASOS COMUNICANTES

Vasos comunicantes são dois ou mais recipientes interligados por um conduto.

Se os vasos são abertos e contêm um único liquido:

a. as alturas das colunas liquidas em todos os vasos são iguais, porque a pressão na superfície livre de cada um deles é a pressão atmosférica;

b. pontos situados a uma mesma profundidade suportam pressões iguais, isto é, as superfícies horizontais são isobáricas (mesma pressão)

Obs. O principio dos vasos comunicantes é muito usado na rede de distribuição de agua, nos poços artesianos, nos

indicadores de nível etc.

Dicas do Professor:

  • 1. Traçar a linha imaginaria no nível mais baixo.

  • 2. Somar as pressões acima da linha imaginária.

  • 3. Igualar as pressões do mesmo nível.

Se:

p a = p b

Então: p 1 + p 2 = p 3

 

P 1

Nível 2

   

P 2

P 3

Nível 1

         
 
QUESTÕES
QUESTÕES
  • 01. Considere o recipiente esquematizado abaixo, dentro

do qual há liquido em equilíbrio sob a ação da gravidade:

1 2 3 Sendo p 1 , p 2 e p 3 as pressões nos pontos
1
2
3
Sendo
p 1 ,
p 2
e
p 3
as
pressões nos pontos
1,2
e
3,
respectivamente, aponte a alternativa correta:
a)
p 1 < p 2 < p 3
b)
p 1 > p 2 > p 3
c)
p 1 < p 2 = p 3
d)
p 1 > p 2 = p 3
e)
p 1 = p 2 = p 3
02.
De acordo
com
o
teorema de Stevin,
marque a

alternativa correta que representa a melhor forma que a água sai do recipiente furado:

a) b) c) d)
a)
b)
c)
d)
QUESTÕES 01 . Considere o recipiente esquematizado abaixo, dentro do qual há liquido em equilíbrio sob
QUESTÕES 01 . Considere o recipiente esquematizado abaixo, dentro do qual há liquido em equilíbrio sob
  • 03. Um rapaz aspira ao mesmo tempo água e óleo, por

meio de dois canudos de refrigerante, como mostra a figura. Ele consegue equilibrar os líquidos nos canudos com uma altura de 8,0 cm de água e de 10,0 cm de óleo.

QUESTÕES 01 . Considere o recipiente esquematizado abaixo, dentro do qual há liquido em equilíbrio sob

Qual a relação entre as densidades do óleo e da água (d O /d A )?

  • a) 0,2

  • b) 0,4

  • c) 0,6

  • d) 0,8

  • e) 1,0

04. As densidades dos líquidos imiscíveis, representados 3 na figura, são tais que d 1 =
04. As densidades dos líquidos imiscíveis, representados
3
na figura, são tais que d 1
=
1,5g/cm 3 e
d 3
=
0,80g/cm
.
Determine a densidade do liquido “2”.
3
5cm
2cm
2
1
6cm
5cm

Resp. 2,75 g/cm 2 .

  • 05. Usando um canudo vertical de 1,0 m de altura, um

garoto pretende sorver por sucção os líquidos designados

nos recipientes da figura a seguir:

QUESTÕES 01 . Considere o recipiente esquematizado abaixo, dentro do qual há liquido em equilíbrio sob

Refrigerante

QUESTÕES 01 . Considere o recipiente esquematizado abaixo, dentro do qual há liquido em equilíbrio sob

Mercúrio

QUESTÕES 01 . Considere o recipiente esquematizado abaixo, dentro do qual há liquido em equilíbrio sob

Água

Se no local a pressão atmosférica vale 1,0 atm e g = 10 m/s 2 , é provável que o garoto consiga beber:

  • a) Somente o mercúrio e a água

  • b) Somente o mercúrio e o refrigerante

  • c) Somente a água e o refrigerante

  • d) Somente a água

  • e) Os três líquidos

    • 06. A diferença de alturas entre as colunas de mercúrio é

152 cm. Sabendo-se que

a

cada 76cm

de altura

o

mercúrio exerce pressão de uma atmosfera, qual a pressão exercida pelo gás?

ar gás 152 cm Hg
ar
gás
152
cm
Hg

Resp. 3 atm