Você está na página 1de 15

Indicador de tendência - MACD

MACD - CONCEITOS
MACD (Moving Average Convergence / Divergence) é um indicador de análise técnica O indicador é composto basicamente pela linha MACD, uma linha suavizada que
criado por Gerald Appel no final dos anos 1970. É usado para detectar mudanças na representa as medias moveis exponenciais calculadas com o fechamento do período
força, direção, momentum e duração de uma tendência no preço de uma ação. de 12 e 26 e pela linha de sinal, nessa segunda, é realizado um calculo exponencial
baseado no fechamento do próprio MACD.
O MACD é um cálculo da diferença entre duas médias móveis exponenciais (EMAs)
de preços de fechamento. Essa diferença é mapeada ao longo do tempo, ao lado de O MACD gira em torno do eixo 0 do próprio indicador, onde ele sugere que, quando a
uma média móvel da diferença. A divergência entre os dois é mostrada como um média rápida (12) estiver acima da media lenta (26) teremos uma tendência de alta
histograma ou gráfico de barras. em andamento e quando o inverso ocorrer, média lenta (26) maior que média
rápida (12) teremos uma tendência de baixa.
As médias móveis exponenciais destacam as mudanças recentes no preço de uma
ação. Ao comparar as EMAs de diferentes períodos, a linha MACD ilustra as Ainda nesta perspectiva, vamos considerar a posição do MACD em relação a linha de
mudanças na tendência de uma ação. Então, comparando essa diferença com uma sinal, esta, é uma média móvel exponencial de 9 períodos cujo calculo é feito
média, um analista pode traçar mudanças sutis na tendência da ação. ponderando o próprio MACD, não a cotação do ativo em questão.

Uma vez que o MACD é baseado em médias móveis, é inerentemente um indicador De forma resumida, o MACD quando abaixo de zero e abaixo da linha de sinal, temos
de atraso. Como uma métrica de tendências de preços, o MACD é menos útil para uma tendência forte de baixa, quando MACD acima de zera e acima da linha de sinal,
ações que não estão em tendência ou estão sendo negociadas de forma irregular. temos uma tendência forte de alta. Quando acima de 0 e abaixo da linha de sinal,
teremos o mercado em uma correção da tendência de alta, quando o MACD estiver
Observe que o termo "MACD" é usado geralmente, para se referir ao indicador como menor que zero, porem maior que a linha de sinal, teremos portanto uma correção
um todo, e especificamente, à própria linha MACD. da tendência de baixa.

E por ultimo, mas não menos importante, temos, de forma opcional, o Histograma,
este é a diferença entre MACD e linha de sinal, veremos um exemplo a seguir.
Indicador de tendência - MACD
MACD
Observe a imagem ao lado, na parte inferior do
gráfico temos o indicador MACD, somente com a
linha MACD sem a linha de sinal, no gráfico, nós
temos as duas médias exponenciais de 12
(vermelha) e 26 (preta), note que, o ativo ao lado
(Banco do Brasil – BBAS3) estava em um forte
movimento de baixa, mas em um determinado
momento (Seta azul) o ímpeto da queda reduz e
o indicador começa a sinalizar uma possível
correção da tendência de baixa, é nesse
momento que a linha de sinal pode nos ajudar, a
notar quando o mercado está de fato corrigindo
uma tendência, no próxima imagem, veremos
este mesmo gráfico, porem, com a linha de sinal
inserida no indicador.
Indicador de tendência - MACD
MACD E LINHA DE SINAL

A linha vermelha plotada no indicador é a


linha de sinal, naquele momento onde o
MACD ultrapassou a linha de sinal para
cima(seta rosa), estávamos com o mercado
confirmadamente corrigindo, só estaria
retomando a tendência quando o MACD,
ainda abaixo de 0, voltasse a trabalhar abaixo
da linha de sinal.
Vamos observar a seguir um caso onde
estávamos em uma tendência de alta.
Indicador de tendência - MACD
MACD E LINHA DE SINAL
No gráfico ao lado, a partir do momento em que MACD ultrapassa
o 0 (seta vermelha) estamos com o indicador sugerindo tendência
de alta, como dito no inicio, o MACD também tem como função
indicar força e momentum, logo, note que na seta seguinte (rosa),
nós temos o MACD curvando-se para baixo, sugerindo que o preço
tende a retornar a 0 ou a linha de sinal, este não é o melhor
momento para comprar, pois podemos faze-lo enquanto o ativo
corrige e amargurar dias com a cotação trabalhando abaixo do seu
preço de compra. Seguindo na leitura da ferramenta, temos o
MACD, indicado pela seta azul, abaixo da linha de sinal, agora o
ativo está definitivamente corrigindo, um detalhe mais analítico
que poderia ser feito, é notar que, o MACD entre as setas azul e
verde não estava caindo fortemente, ficou horizontal e antes
mesmo de cruzar a linha de sinal para cima, ficou ascendente, um
sinal de compra nas candles poderia ser aproveitado, no entanto,
somente após um movimento mais forte, temos finalmente o
MACD acima da linha de sinal, no dia sinalizado pela seta verde, e
a tendência é retomada até que, mais a frente, cruze novamente
para baixo da linha de sinal e depois para cima refazendo o ciclo.
Indicador de tendência - MACD
MACD LINHA E HISTOGRAMA
Vamos entender agora, o Macd linha e Histograma, ele
tem um fator visual muito relevante, o histograma é bem
simples, ele vai representar em um gráfico de barras a
diferença entre MACD e a linha de sinal, logo, se MACD se
afasta para cima em relação a linha de sinal, o histograma
estará ascendente, se o MACD se afasta da linha de sinal
para baixo, ele estará descendente. Com isso, podemos
visualizar mais objetivamente e facilmente, as inflexões do
indicador e as possíveis mudanças do mercado.
Olhe na imagem ao lado, que, sempre que o MACD cruza a
linha de sinal de cima para baixo, o histograma passa a
trabalhar na parte inferior, abaixo de zero, e quando o
MACD cruza de baixo para cima a linha de sinal, ele
passará a trabalhar acima da linha zero.
Vamos a seguir interpretar melhor essa relação do MACD
com o histograma e o preço.
Indicador de tendência - MACD
EXPANSÃO E RETRAÇÃO, POSITIVA E NEGATIVA.
Observe ao lado casos com o MACD histograma que podem auxiliar como sendo Resumidamente, nas três primeiras barras azuis, nós chamamos de expansão
sinais de retomada ou correção. negativa, é quando o indicador sugere que uma expansão no movimento de baixa
acontecerá, no segundo exemplo, as segundas três setas azuis, nós temos uma
Da esquerda para a direita, nas três primeiras setas azuis, o histograma faz, a retração positiva, é quando esperamos que aconteça uma retração dos preços para
primeira barra mais baixa, a segunda mais alta e a terceira mais baixa do que a cima, ou seja, que uma tendência de baixa comece a corrigir, isso pode acontecer
segunda, se nesse evento o MACD estiver abaixo de zero, sinaliza que continuará a durante uma tendência de alta ou de baixa, de ambas as formas sinaliza que um
tendência de baixa, se estiver maior que zero, sinaliza que continuará corrigindo. movimento altista é esperado, no terceiro caso, temos uma retração negativa,
observe que é o mesmo movimento que aconteceu no momento anterior, porem
dessa vês acima de zero o que sugere que os preços caíram em seguida, e por ultimo
No segundo caso, o inverso acontece, a primeira barra é mais alta, seguido por uma nós temos uma expansão positiva, onde é esperado que os preços após uma
mais baixa e a terceira barra é mais alta que a primeira, sinalizando que, retração, voltem a subir.
possivelmente haverá uma correção na tendência de baixa, fazendo com que
provavelmente o mercado subirá.

Agora acima do indicador, a sequencia de setas vermelhas, só que dessa vês é acima
de zero, essa sequencia com a primeira barra abaixo da segunda e a terceira barra
abaixo da segunda, sinaliza que os mercados tendem a corrigir, logo, é comum que as
barras retornem próximo a zero, logo, você fica na expectativa do movimento
seguinte, a primeira barra é mais alta, a segunda barra fica abaixo da primeira e a
terceira barra fica acima da segunda, dessa forma, sinaliza que é possivelmente uma
retomada da tendência de alta se MACD estiver acima de zero e, se MACD estiver
abaixo de zero, sinaliza que a correção vai continuar, vamos ver alguns exemplos a
seguir.
DESENVOLVIMENTO

Acompanhe atentamente as setas azuis no gráfico acima (Hapvida – HPAV3) da esquerda para a direita, observe que na
primeira seta, quando o MACD finalmente fica acima do 0, no pregão seguinte o histograma começa a recuar, fazendo
imediatamente uma barra mais baixa que a anterior (a barra após a barra do histograma indicado pela seta azul), e ele
segue no movimento de baixa até que, na segunda seta azul, o histograma faz uma barra abaixo fazendo outra mais alta
no pregão seguinte, o histograma sinalizava nessa momento que, poderia haver uma retomada na tendência, uma vez
que MACD ainda encontrava-se acima de zero, o preço, assim como o indicador (obviamente) subiram, até que o
indicador fez o movimento inverso, fez uma barra mais alta e em seguida, uma barra mais baixa no indicador, sinalizando
que poderia mais uma vês corrigir, até fazer o preço cesso inverso, uma barra mais baixa, seguida por uma mais alta,
dessa vez, tanto o histograma quanto o MACD estão maior que zero, sendo portanto uma boa oportunidade para compra,
observe que, o ativo na quarta seta azul, fechou uma excelente candle de alta, indicando pressão dos compradores. Após
4 barras de alta no indicador, ele recomeça um processo de correção, até que na sexta seta, ele faz um sinal de entrada
semelhante ao da quarta seta, mas esse falhou e o indicador continuou a cair, até que, mais uma vês, com histograma
abaixo de zero, o indicador faz a sequencia, uma barra mais baixa, seguida por uma retomando a tendência, com MACD
ainda maior que zero, note o movimento se repetir algumas outras vezes.
Indicador de tendência - MACD
HISTOGRAMA COMO SINALIZADOR DE ACELERAÇÃO E DESACELERAÇÃO
A representação gráfica de um possível inicio de correção pelo
histograma é a informação primária fornecida pelo indicador, uma
vês que, este antecede o cruzamento da linha de sinal, no papel de
medidor de aceleração (ou momentum), após o histograma
construir esse sinal prévio de correção, é esperado minimamente
uma desaceleração dos preços.
Observe na imagem ao lado, que oito dias antes do MACD cruzar a
linha de sinal (setas vermelhas), já havia surgido um sinal de
desaceleração no histograma (setas azuis), observe ainda que após
o aparecimento do sinal de desaceleração no histograma, o
mesmo não continuou caindo como esperado, fazendo o
movimento de uma escada descendente, as barras ficaram
horizontais, mostrando que os preços não estavam mais em
expansão.
Compreendendo que os preços estão em constante expansão e
retração, podemos concluir portanto que, após um sinal de
ausência de expansão, é esperado uma retração, até que pare de
retrair e volte a expandir, vamos observar na próxima imagem um
movimento de expansão > retração > expansão.
Indicador de tendência - MACD
EXPANSÃO E RETRAÇÃO
Já entendemos o conceito de expansões e retrações, positivas e negativas, vamos
avaliar o cenário a nossa direita.

Observe no primeiro conjunto de setas, colorido em verde, temos um movimento de


expansão positiva, onde o indicador sugere que um movimento de alta está por vir,
mas naquele momento o MACD ainda encontrava-se abaixo de zero, sugerindo que o
movimento de alta ainda se tratava de uma correção, após o MACD cruzar para cima
o eixo zero, temos sinalizado no segundo conjunto de setas, em vermelho, uma
retração negativa, onde agora é esperado que os preços façam uma correção para,
finalmente, nos fornecer uma condição de compra do ativo, o histograma agora,
acima ou abaixo de zero, para nós não faz diferença, o que precisamos é de uma
evento sinalizando uma expansão positiva, ou seja, um evento que nos apresente
uma possível retomada da tendência, isso acontece no terceiro conjunto de setas
(azuis), observe o movimento do histograma e do ativo nas setas seguintes, o
comportamento é sempre o mesmo, o ativo faz uma expansão positiva e segue
movimento de alta, até fazer uma retração negativa para corrigir e, mais uma vês,
realizar uma expansão positiva ou retração positiva, ambos sinalizam momento de
compra do ativo.

Note que o padrão é desfeito a partir do penúltimo conjunto de setas, onde após um
sinal de expansão positiva, o histograma não sobe, fica trabalhando com barras
laterais até que passa a trabalhar abaixo de zero e ocorre uma expansão negativa,
neste momento podemos considerar zerar as posições e aguardar um novo evento
sugerindo movimentos positivos.
Indicador de tendência - MACD
DIVERGÊNCIAS – DIVERGÊNCIA ALTISTA
As divergências ocorrem, quando os preços e o indicador não estão em
concordância, ao lado um exemplo clássico de divergência altista,
observe os dois fundos recentes no gráfico de preços, note que o
segundo foi claramente abaixo do primeiro, porem, olhando para o
indicador o histograma fez o movimento inverso, o segundo fundo do
indicador que representa o segundo fundo do preço, foi notavelmente
mais alto que o fundo prévio do próprio indicador, divergindo da
informação passada pelos preços, sugerindo portanto que uma possível
reversão da tendência de baixa estava a caminho.
Note que isso ocorre muito antes do MACD cruzar a linha de sinal e,
principalmente o eixo zero, portanto, cabe a compreensão de que não é
uma tendência e sim uma reversão, é importante que você torne-se
especialista nisso caso queira operar esse tipo de padrão, pois
costumam resultar em excelentes movimentos para que domina, mas
também pode acabar resultando em frequentes perdas.

De todo modo, o exemplo ao lado é um cenário de divergência altista


perfeito, que gerou bons lucros e são movimentos frequentes nos
mercados.
Indicador de tendência - MACD
DIVERGÊNCIA BAIXISTA
A divergência baixista é o inverso imediato, se os
preços forma uma máxima mais alta que a
prévia, mas o histograma constrói uma máxima
mais alta, sugere o movimento altista inclina-se a
falhar e que uma reversão na tendência é
esperada, observe as linhas traçadas no gráfico
de preços e no gráfico do indicador, a primeira
inclina-se para cima, a segunda para baixo, esse
desencontro das informações representam a
divergência nos preços, é importante salientar,
que tanto a divergência de alta quanto a
divergência de baixa devem ser observadas
somente e exclusivamente para o ultimo topo ou
ultimo fundo.
Indicador de tendência - MACD
FALSOS SINAIS E FILTROS
O MACD, como qualquer outro indicador que trabalha rastreando
dados passados, pode gerar falsos sinais, portanto, pode ser
associado a outro indicador de analise técnica além da própria
analise técnica dos preços, observar se o ativo continua fazendo
topos e fundos ascendentes é fundamento para uma lucrar em
uma tendência de alta, observar se o ativo continua fazendo topos
e fundos descendentes é fundamental para definir se uma
tendência de baixa ainda encontra-se em vigor. O RSI é uma
ferramenta excelente para auxiliar o MACD na filtragem dos falsos
sinais, observe como o RSI sinalizava uma reversão positiva nos
preços, aprendemos isso no material sobre RSI, a segunda seta
azul no indicador RSI mostra este abaixo da ultima correção,
também pode ser chamado de advanced breakdown, não deve ser
confundido com uma reversão da tendência, mas sinaliza que os
preços tenderão a continuar caindo, ainda que o MACD tenha
sinalizado uma oportunidade de compra, neste momento o melhor
a se fazer é ficar de fora e aguardar cenários ideais para realizar
sua operação.
Indicador de tendência - MACD
DETERMINANDO TOPOS E FUNDOS
Para entender a próxima parte, vamos conceitualizar
um sistema fácil de detectar topos e fundos, observe
as sequencias compostas por três candles, para
determinarmos o que é um topo, utilizaremos as
seguintes informações, se no universo das ultimas três
candles, tivermos a seguinte sequencia, da esquerda
para a direita, a primeira candle tem máxima menor do
que a segunda e a segunda tem máxima maior do que
a terceira, chamaremos a máxima dessa segunda
candle de topo.
Se o inverso acontece, a mínima da primeira candle
(sempre da esquerda para a direita analisando
somente as ultimas três candles) é maior do que a
mínima da segunda candle e a mínima da terceira é
maior do que a mínima da segunda, então a mínima da
segunda candle é um fundo.
Indicador de tendência - MACD
SISTEMA DE TRADE BASEADO NO MACD
Vamos criar agora um sistema simples e eficaz para operar utilizando o indicador,
vamos começar plotando em nosso gráfico as médias que representam o indicador
(12 e 26 exponenciais), onde 12 é a vermelha e 26 a preta. Observe que, no primeiro
momento no ativo (Gol Linhas Aéreas - GOLL4) começamos com uma divergência
altista no fundo, onde já seria uma oportunidade de compra, note nas candles
indicadas por uma seta verde, que fundos foram formados, sempre com MACD acima
de zero e histograma acima de zero ascendente, toda vês que isso acontecer, temos
uma oportunidade de realizar uma operação de compra seguindo a tendência, de
forma simples e objetiva, sempre que um fundo for formado, compraremos acima da
terceira candle e stoparemos abaixo da primeira (lembre-se do conceito de fundo).

Quando o histograma avançar abaixo de zero, procuraremos oportunidade de


compra quando acontecer um cenário de retração positiva, onde o histograma
sugere que um movimento de alta está por vir, mesmo abaixo de zero porem com
MACD acima de zero, o próximo fundo que formar, nosso processo de compra
acontecerá, é razoável nesse sistema não participar de operações onde o histograma
está muito próximo de zero após um movimento descendente, aguardar um sinal de
expansão positiva é fundamental.

Neste sistema de trade, eu opero fazendo parciais em duas vezes o meu risco e
permanecendo no trade até que um sinal de retração negativa apareça,
recomprando o ativo em todo sinal de expansão positiva ou retração positiva,
zerando completamente a posição quando uma expansão negativa surge.
Indicador de tendência - MACD
CONCLUSÃO
O MACD é um excelente indicador, podendo gerar O trader consistente é aquele que realiza o mesmo tipo
excelentes lucros na fase do mercado onde uma de operação a finco e conhece o seu sistema
tendência é evidente, devemos sempre manter nossa completamente, espero portanto que este seja apenas
mente analítica em relação aos preços, pois ele o pontapé inicial para quem deseja operar utilizando
refletirá a ação do preço com atraso, evitaremos este indicador, especialize-se nele e seja fiel ao seu
perdas fazendo isso, de todo modo, por se tratar de sistema de trading e com certeza absoluta você obterá
um indicador de tendência e momentum, os trades resultados fazendo-o.
assertivos tendem a ter resultados excelentes e muito
superiores ao risco envolvido, o principal alerta, é de O sistema apresentado funciona normalmente no day
que seguindo o modo anterior e um stop loss seu for trade, gráficos de 15 minutos são preferenciais para
acionado, você deve evitar operar neste ativo até que este, todavia, devo acrescentar que por se tratar de
tenha claramente topos e fundos ascendentes no uma ferramenta lenta, você pode acabar realizando
ativo, pois se o preço vem abaixo de um fundo prévio, operações tarde, quando as tendências tendem a
a tendência em vigor não é mais tão forte quanto se sessar ou já está atingindo seus alvos, uma vês que
esperava, uma correção profunda ou uma consolidação day trade é extremamente rápido e tem como objetivo
é esperado. pequenas variações intradiaria.

Você também pode gostar