Você está na página 1de 5

Jardina & Nascimento Assessoria e Consultoria Jurídica

___________________________________
EXCELENTÍSSIMO SENHOR DOUTOR JUIZ DE DIREITO DO JUIZADO
ESPECIAL CIVIL DA VILHENA ESTADO DE RONDÔNIA.

Processo nº 1001919-30.2010.8.22.0014

FABIO FONTES FABRE, brasileiro, casado, devidamente


inscrito no CPF sob nº.655.619.709-25, e portador do RG
4595604-5 –SSP/PR, residente e domiciliado à Av Brigadeiro
Eduardo Gomes, Setor A, 3366, Jardim Eldorado, Município de
Vilhena – RO, por seus procuradores in fine assinados, nos
autos da presente AÇÃO DECLARATORIA DE RESCISÃO CONTRATUAL
CUMULADA em epígrafe, que lhe move , vem à presença de V.
Exa., apresentar

CONTESTAÇÃO

pelas razões de fato e de direito que a seguir expõe:

Av.major Amarantes, 2555– centro- Vha-RO Telefone: (69) 8402-9000 3322-9583 1


Jardina & Nascimento Assessoria e Consultoria Jurídica
___________________________________
SÍNTESE DA EXORDIAL

O Contestado em sua absurda inicial, visa obter a


declaração da rescisão de contrato de empreitada firmado
com o Contestante.

Aduz que é devida a importância de R$800,00 (oitocentos


reais) referente à parte da obra que fora supostamente fora
concluída.

Não traz qualquer documentação que para sustentar suas


argumentações.

Ao final requer seja nomeado perito para averiguação de


tal assertiva.

1.0PRELIMINARMENTE

1.1-INÉPCIA DA INICIAL

Descabe, com a máxima vênia, qualquer tipo de ação


contra o Contestante, devendo a presente causa ser julgada
inepta, e consequentemente extinta, de acordo com o
preceituado em nossa legislação processual.

Senão vejamos

CALMON DE PASSOS (in "Comentários ao Código de Processo


Civil", 1974, III/200) ensina:

"Também determina a inépcia a falta da causa de pedir. Realmente,


faltando a causa de pedir, faltará a enunciação do fato jurídico sobre o
qual assenta o autor a sua pretensão. Recordemos, aqui, o que já foi
dito: causa de pedir, título ou "causa petendi" outra coisa não é que o
fato constitutivo do direito do autor e o fato constitutivo da obrigação
do réu. Se o juiz não se oferece um e outro, retirou-se-lhe o poder de
exercício, no caso concreto, da sua jurisdição, porquanto sem fato
conhecido não há direito a aplicar."

Para se aquilatar o suposto ilícito, impunha-se que a


exordial dissesse claros e inequívocos, os serviços
prestados, ademais fosse juntado o contrato de empreitada
pactuado e ainda os recibos dos valores recebidos.

Mister se faz ressaltar que no caso em tela a petição


inicial não esta apta, ou seja, que tenha aptidão de
produzir regularmente os efeitos que o Contestado almeja,

Av.major Amarantes, 2555– centro- Vha-RO Telefone: (69) 8402-9000 3322-9583 2


Jardina & Nascimento Assessoria e Consultoria Jurídica
___________________________________
vez que não estão presentes os pressupostos de
desenvolvimento válido e regular portando deve ser
extinção sem julgamento de mérito (art 267,I e IV e art.
295 VI, do CPC)

Cuida a vaga inicial, notadamente que no período


descrito o Contestado fora contratada através de contrato
(que não existe).

Impõe-se, portanto, em reconhecer a inépcia da inicial,


relativamente ao período destacado, como proclamado.

Não obstante a preliminar apresentada, suficiente para


encerrar a demanda, pois evidenciado está que a ação é
improcedente devido à má-fé e ao enriquecimento ilícito em
razão dos fatos narrados, posto que caso seja vencida a
preliminar passa-se a analise do mérito.

1.2 - DA FALTA DE INTERESSE

Conclui-se que a real pretensão do Contestado é ver


declarada a rescisão contratual entre as partes,e o
recebimento de eventual diferença dos serviços ora
prestados.

Ocorre, como é fácil observar pela leitura da peça


exordial, que o Contestado faz menção a uma mera suposição
de direito, dizendo que o Contestante rescindiu o contrato
sem justo motivo, que ainda os serviços que realizou parte
dos serviços contratados que dão azo a cobrança.

Cumpre salientar que o Contestado sequer apresenta o


contrato esta o contrato que se pretende rescindir, que
ainda não descreve os valores das etapas que foram
cumpridas na obra, demonstrando que algo deve ser pago.

De conseguinte, a via eleita é imprópria ao pleito da


autora. "É preciso, pois, sob este prisma, que, em cada
caso concreto, a prestação jurisdicional seja NECESSÁRIA E
ADEQUADA" (Teoria Geral do Processo, fls. 222, ed. RT
1985):

"Inadequado o meio processual utilizado para solver a


lide, carece o autor de interesse-adequação para vir a
Juízo, porquanto o provimento reclamado pela via
processual optada não é idôneo." (Ac. Unân. "In" Ap.

Av.major Amarantes, 2555– centro- Vha-RO Telefone: (69) 8402-9000 3322-9583 3


Jardina & Nascimento Assessoria e Consultoria Jurídica
___________________________________
Civ. 25.076-2, de 03/08/83 - C.P.C. Anotado - Alexandre
de Paula, vol. I, fls. 10, v. 45, 3ª ed. RT).

Daí, dizer concretamente que a pretensão da autora


esbarra, também, na "Impossibilidade Jurídica do Pedido",
como exemplifica o assentamento pretoriano:

"A impossibilidade jurídica do pedido não decorre


apenas de sua inadmissão pelo ordenamento jurídico, mas
de sua inviabilidade, evidenciada pela própria situação
fática, que torna induvidosa "PRIMA FACIE" a sua
improcedência." (Ac. Un. da 03ª. T. do TFR de 28/04/81,
no Agr. 41593 - RJ - Rel. Min. Carlos Madeira Rev.
Proc. 25/273).

Portanto, falece possibilidade jurídica ao elástico


provimento emanado do pedido da autora, impondo-se "venia
concessa" a extinção do feito nos exatos termos do artigo
267, IV, do digesto processual.

Portanto, a ação, "concessa venia", não merece


ultrapassar os vértices das preliminares, culminando em sua
extinção, como deflui da regra estatuída no artigo 267, VI,
do digesto processual.

Caso não seja este o entendimento de Vossa Excelência,


mister se faz adentrarmos ao mérito.

II - DO MÉRITO

Para que possa um contrato ser rescindido ou anulado, é


preciso que ele tenha dado entrada no mundo jurídico como
alguma coisa palpável, ou que possa ser comprovado pelos
meios permitidos por lei. Então, no caso em tela, para que
pudesse o Contestado propor uma ação visando a declaração
da rescisão de um contrato, indispensável é que esse
contrato existisse, nos termos do art. 1417 do Código
Civil. Improcede, portanto, a ação proposta.

Pelo exposto, REQUER:

I – Sejam analisadas a preliminares de mérito argüidas


extinguindo o processo com ou sem julgamento de mérito
reconhecendo a inépcia da inicial e a carência da ação,
caso vossa Excelência entenda por conhecer do mérito, que
seja julgada improcedente a presente Ação de declaração

Av.major Amarantes, 2555– centro- Vha-RO Telefone: (69) 8402-9000 3322-9583 4


Jardina & Nascimento Assessoria e Consultoria Jurídica
___________________________________
Rescisão Contratual, sob todos os fundamentos anteriormente
elencados, declarando-se a inexistência de contrato entre o
as partes, e outrossim, em lógica decorrência, a
inexistência de débito entre eles.

II - Seja invertido o ônus das custas e sucumbência.

Pretende provar o alegado por todos os meios de prova


admitidos em direito, especialmente pelo depoimento pessoal
do Autor, testemunhal, pericial e, se necessário, inspeção
judicial.

Termos em que,
Pede Deferimento.

Vilhena-RO, 16 de agosto de 2010.

ERIC JOSE GOMES JARDINA CALEBE OLIVEIRA BEZERRA DO NASCIMENTO


OAB/RO n.º3375 OAB/RO n°. 3379

Av.major Amarantes, 2555– centro- Vha-RO Telefone: (69) 8402-9000 3322-9583 5