Você está na página 1de 2

WWW.HISTAW.ENG.

BR

INTRODUÇÃO
RAZÃO SOCIAL: Tekno Sistemas de Engenharia
CNPJ: 01.017.610/0001-60
ENDEREÇO: Estrada dos Bandeirantes 8592 Jacarepaguá (40,59 km)
CONTATO: Anna Beatriz TELEFONE: 021 2442-2600
E-MAIL: annabeatriz@teknoengenharia.com.br CELULAR: 021 99551-3351
EM CASO DE PESSOA JURÍDICA, INFORMAR ...
CONTRIBUINTE ICMS: ?
INFORMAÇÕES DA OBRA
ENDEREÇO: Hospital Federal da Lagoa - R. Jardim Botânico, 501 - Jardim Botânico
BAIRRO: Lagoa CEP: 22470-050 CIDADE: Rio de Janeiro UF: RJ
RESPONSÁVEL: Anna Beatriz TELEFONES: 021 99551-3351

Prezados,

Apresentamos à V. Sas., proposta de fornecimento e instalação de serviços afim de reparo estrutural do pilar no
Hospital Federal da Lagoa. Essa proposta contempla utilização de material, produtos específicos e equipamentos de alto
padrão. Prezando pela total dedicação e mais alta performance nos serviços a serem executados.
Desde já agradecemos a oportunidade a nós concedida, e nos colocamos a disposição para quaisquer
esclarecimentos.
Atenciosamente,
Thiago Lima

PROCEDIMENTOS DE RECUPERAÇÃO ESTRUTUTAL E ENCAMISAMENTO DE PILAR

Escoramento com escoras metálicas, com espaçamento máximo de 80cm, entre si, a partir do eixo do pilar. Mínimo de
oito escoras. Prazo mínimo para desmontagem das escoras é de 28 dias (período de cura do graut), a partir da concretagem.

Apicoagem da totalidade do recobrimento do pilar. Apicoamento manual do concreto com ponteiros, trabalhadeiras e
marretas, de toda a área afetada, até que se atinja material são. À primeira vista, a profundidade de apicoamento não deve
superar 100mm. O apicoamento, entretanto, deve deixar livre todas as armaduras, ou seja, deve haver espaço posterior
entre elas e a superfície de concreto;

Limpeza da área com lavagem, isto é, totalmente isento de detritos remanescentes do apicoamento, poeira ou óleo em
toda a região apicoada;

Corte das armaduras com corrosão no pilar com o uso de serras manuais e/ou esmerilhadeira, tão somente no
comprimento deformado. Não usar oxi-corte.

Lixamento manual das armaduras com escovas de aço retirando a camada superficial de oxidação das seções de barras
não danificadas;

Recomposição das armaduras principais e das de menor bitola, mediante barras com os mesmos diâmetros, formando o
transpasse entre elas, amarradas com arame. Com o intuito de evitar reduzir o cobrimento das armaduras recompostas, as
barras adicionais deverão ser colocadas lateralmente às originais. atendendo as exigências e procedimentos da NBR 14931
de 2004

Limpeza da superfície de concreto com lavagem com água em toda a região em tratamento. Deixando sem vestígios de
resíduos de concretos ou manchas de corrosão.

Cintagem e colocação das armaduras de reforço. Engaste das armaduras de encamisamento do pilar, com aplicação de
Master Emaco ADH 227 (adesivo estrutural epóxi fluido à base de resina) ou similar equivalente nos orifícios feitos com
máquina de furar no piso e laje para perfeita fixação das armaduras. Seguir planta de armadura.

WWW.HISTAW.ENG.BR C.N.P.J 20.886.431/0001-04 I.E. 0617654-2


WWW.HISTAW.ENG.BR

Passivação da armadura e aderência nas armaduras e no concreto antigo. trabalho de recuperação, destinado a passivação
das armaduras, é aplicado uma ou duas camadas de revestimento anticorrosivos a base de resinas de epóxi Master Emaco
ADH 227 (adesivo estrutural epóxi fluido à base de resina) ou similar equivalente, de acordo com a necessidade, sendo que
a segunda caso precise deve ser aplicada a partir do momento que a primeira estiver completamente seca.

Montagem das formas. Colocação de forma em madeirite marítimo tamponando toda a superfície a ser recomposta.
Sarrafos como travamento lateral da forma.

Concretagem. Preparação de concreto especial formado por Sika Graute 250 ou similar equivalente, com a introdução de
30% de brita 0, e relação água/graute de acordo com a indicação do fabricante.

Molhagem das formas internamente e externamente, imediatamente antes do lançamento do produto de reparo;

Lançamento do concreto especial, vertendo-se o material pelas "visitas" da parte superior da laje, até encher todo o volume
disponível. Concreto será lançado por orifícios previamente perfurados na laje sem o rompimento das armaduras da laje,
junto ao pilar, assim será lançado o material de recomposição em perfeito preenchimento. Mesmo que o produto lançado
seja autoadensável, é conveniente que algumas pancadas com martelo sejam dadas na forma por ocasião do lançamento
e da acomodação do material.

Teste de moldagem do concreto. Para garantir que o concreto apresente o desempenho esperado e possua os níveis de
resistência e elasticidade adequados através de teste de rompimento de Corpo de prova de concreto em laboratório
idôneo. Resultado apresentado posteriormente publicação.

Molhagem superficial das formas durante dois dias consecutivos, pela manhã e à tarde;

Desmontagem da forma dois dias após concretagem.

Limpeza da superfície e acabamento superficial, se necessário, com grout tix.

Desmontagem do escoramento 28 dias corridos, contados a partir do dia da concretagem.

José Carlos Barros, Diretor Comercial - HISTAW ENGENHARIA

WWW.HISTAW.ENG.BR C.N.P.J 20.886.431/0001-04 I.E. 0617654-2

Você também pode gostar