Você está na página 1de 11

Licensed to Lucas Levy Oliveira Cardoso - lucascardosofoto@gmail.com - 016.894.

822-22
AULA DE EDIÇÃO COMPLETA - VOL. 2 - COM RAFAEL FERREIRA

AULA DE
EDIÇÃO COMPLETA
VOL. 2

Primeiramente, antes de tentar replicar a edição e os valores que usarei nas ferramentas, é
importante você analisar todos os aspectos da sua captura, da sua fotografia, como iluminação,
enquadramento e composição, profundidade de campo e desfoque, direção e se você conseguiu
extrair o melhor do seu equipamento.
Para obter o melhor resultado, você deve somar sua captura com a edição, procurando sempre
identificar quais etapas precisam ser trabalhadas com mais cuidado e atenção.
A partir disso, começamos nosso fluxo de edição importando as fotos que desejamos editar para
o catálogo do Adobe Lightroom Classic.
Para esta aula vamos usar esta foto, capturada numa Canon 6D, lente 85mm, abertura em f2.0,
velocidade 1/200 e ISO 200. O que buscamos na edição dessa foto é um tom mais quente.

Adobe Lightroom Classic CC

Se você está usando as versões mais recentes do Lightroom, você pode usar algum perfil como

Licensed to Lucas Levy Oliveira Cardoso - lucascardosofoto@gmail.com - 016.894.822-22


ponto de partida, mas nessa aula não vamos usar os perfis. Vamos fazer a edição a partir do perfil
original da foto.
A primeira parte da revelação consiste em trabalhar com a exposição da imagem, direcionamento
do olhar e recuperação de informações. Para isso, vamos usar as abas Básico, Curva de Tons e as
ferramentas de Revelação Localizada.

Revelação Básica
Seguindo a sequência correta e mais recomendada de
edição, vamos começar ajustando o Balanço de Brancos
para esquentar um pouco a imagem. Reduzimos a
Exposição para trazer um pouco de peso e densidade para
toda a foto. Reduzir um pouco dos Realces para recuperar
detalhes nas áreas mais claras e aumentar um pouco das
Sombras para recuperar detalhes das áreas mais escuras.
Aumentar um pouco o valor da Claridade, para trazer
mais destaque para os detalhes.

Revelação Localizada
Esse é o momento de trabalhar a iluminação de forma
mais localizada, trazendo um bom direcionamento do
olhar na sua fotografia. A ideia é trazer mais luz para o
rosto da modelo e escurecer levemente as áreas ao redor.
AULA DE EDIÇÃO COMPLETA - VOL. 2 - COM RAFAEL FERREIRA

Aqui vamos criar dois degradês de Filtro Radial.

Dica: Assim que clicar no Filtro Radial, antes de cria-lo na


imagem, aumente para o máximo o valor da exposição.
Assim você consegue ter uma boa ideia de onde e como
será a aplicação do Filtro na sua imagem. Assim que tiver
posicionado e configurado da forma que deseja, zere o
valor da exposição e faça os ajustes necessários. Lembre
também de checar a caixa de seleção “Inverter” se deseja
que a aplicação se dê do lado de dentro ou de fora da área
do filtro.

Crie o primeiro filtro radial e configure de forma que ele


traga mais iluminação para o rosto da modelo, ajustando
bem os valores, principalmente de Exposição, e defina o
valor da Difusão para 100.
Em seguida, clique em Novo para criar o segundo filtro
radial e configure de forma que ele escureça as áreas que
estão em volta da modelo.

Curva de Tons
Por apresentar um melhor controle de iluminação, é aqui,

Licensed to Lucas Levy Oliveira Cardoso - lucascardosofoto@gmail.com - 016.894.822-22


com a Curva Paramétrica/Básica, que vamos definir o
melhor contraste para a imagem.
Crie um ponto na área que representa as altas luzes e
suba um pouco. Crie um ponto da área que representa
as sombras e desça um pouco. Para criar um efeito matte,
suba levemente o ponto dos pretos localizado na parte
inferior esquerda da curva.

E a revelação básica está pronta. Veja o Antes e Depois apenas dessa etapa:
AULA DE EDIÇÃO COMPLETA - VOL. 2 - COM RAFAEL FERREIRA

# Para trabalhar a Colorização da imagem, vamos usar as abas Calibração, HSL e Tonalização Dividida.

Calibração
O primeiro passo da colorização se dá na aba Calibração.
Para essa imagem, vamos aumentar a saturação e diminuir
a matiz do canal azul. Nesse caso a pele começou a ficar
avermelhada, então conseguimos corrigir facilmente
aumentando a matiz do canal vermelho. Vamos diminuir
também a matiz do canal verde.

HSL
Na aba HSL vamos trabalhar nos valores de Matiz, Saturação e Luminância de algumas cores.

Licensed to Lucas Levy Oliveira Cardoso - lucascardosofoto@gmail.com - 016.894.822-22


Tonalização dividida
Nessa aba vamos aplicar a presença de cores mais fortes,
atribuindo tons pros realces e para as sombras.

Detalhe
Como essa imagem ficou levemente tremida, devido
ao valor de velocidade durante a captura, precisamos
recuperar um pouco de nitidez. Então, na aba Detalhe,
vamos mexer nos valores de Intensidade, Raio e
Luminância.
...
Veja o Antes e Depois agora que a revelação da imagem
no Lightroom está pronta. Agora podemos levar a imagem
para o Photoshop pressionando Ctrl + E.
AULA DE EDIÇÃO COMPLETA - VOL. 2 - COM RAFAEL FERREIRA

Adobe Photoshop CC

Aqui é o momento em que temos a maior parte do trabalho para a edição dessa e da maioria
das imagens. As possibilidades de edição e montagem dentro do Photoshop são praticamente
infinitas, dependendo basicamente do que você deseja e do quanto você entende e domina as
ferramentas.

O Photoshop funciona seguindo uma lógica de camadas. As camadas mais de cima aparecem
sobre as camadas mais de baixo. E existem dois tipos de camada:
Camada de Pixels – São as camadas com imagens;
Camadas de Ajuste – São camadas sem pixel, sem imagens, mas com informações de ajustes.
Esses ajustes normalmente são relacionados a colorização e luminosidade e podem trazer um
ótimo resultado, especialmente se utilizados em conjunto com máscaras.

A primeira coisa a se fazer sempre, em qualquer edição que você está


começando no Photoshop, é duplicar a camada Plano de Fundo, com atalho
Ctrl + J.

Licensed to Lucas Levy Oliveira Cardoso - lucascardosofoto@gmail.com - 016.894.822-22


Limpeza de cena
Este é o primeiro passo do fluxo de edição quando levamos a foto já revelada para dentro do
Photoshop. Nessa imagem, não temos nada para limpar ou corrigir nesse sentido, então podemos
seguir para o próximo passo.

Dissolver / Liquify (Ctrl + Shift + X)


Nesse passo vamos usar o filtro Dissolver para ajustar formas,
aumentando, diminuindo ou movendo levemente certas
regiões da imagem.

Dica: Use o pincel desse filtro em tamanho grande, para


evitar deformar áreas indesejadas e causar problemas na
sua imagem. E caso você faça algum movimento indesejado,
diminua o tamanho do pincel e pinte na região segurando ALT
para retornar à posição original.

Certifique-se que a ferramenta Deformação Progressiva, tecla


de atalho ‘W’ dentro do espaço Dissolver, está selecionada.
Para essa imagem vamos ajustar levemente o formato do
braço e dar uma arredondada de leve em alguns pontos do
cabelo, buscando trazer também mais volume, e na blusa na
altura do peito. Então agora basta você fazer os ajustes, mas
sempre tomando muito cuidado com a área que você está
mexendo, pois a ferramenta é muito sensível.
AULA DE EDIÇÃO COMPLETA - VOL. 2 - COM RAFAEL FERREIRA

Tratamento de Pele
Para o tratamento da pele, vamos usar a técnica de Separação de
Frequências.
Após carregar as ações no Photoshop, caso você ainda não tenha,
rode a ação “Frequências – 4px – Médio”.
Automaticamente a ação irá separar a imagem em duas novas
camadas, já dentro de um grupo para melhor organização, e
selecionar a ferramenta Pincel de Mistura.
Uma camada se chamará “Baixa (Tons)”, que é onde você vai pintar
com o Pincel de Mistura para misturar os tons e remover possíveis
manchas na pele, olheiras etc. E a outra se chama “Alta (Textura)”,
que é onde você vai remover ou suavizar o que for necessário
usando o Band-Aid.

DICA
Uma recomendação é que você duplique a camada “Baixa
(Tons)” para ter uma cópia de segurança dessa camada, caso
você precise recuperar parte da edição ou usar a opacidade da
camada superior para suavizar o seu retoque.

Licensed to Lucas Levy Oliveira Cardoso - lucascardosofoto@gmail.com - 016.894.822-22


Para realizar o retoque, existe uma configuração recomendada para o Pincel de Mistura, então
você deve deixar a barra de opções do Pincel de Mistura da seguinte forma:

Defina a Dureza do Pincel em 0% e o Tamanho do Pincel você vai


ajustar de acordo com o ajuste que você quer fazer e com a área
de edição.
Agora basta você pintar na camada “Baixa (Tons)” que a ferramenta
vai misturar os pixels, buscando uma superfície mais uniforme e
homogênea. Então, durante o seu traçado, respeite a forma do
que está sendo pintado e não misture áreas com luz e áreas com
sombras no mesmo traçado. Num tipo de traçado, pinte apenas
áreas iluminadas e depois pinte apenas áreas com sombras ou
vice-versa.
As olheiras são um caso de exceção, no qual você deve trazer um
tom mais claro para cima dela.
Após finalizar o retoque na Baixa Frequência, selecione a ferramenta
Band-Aid e vá para a Alta Frequência. Aqui você precisa remover
qualquer marquinha que pode ou deve ser removida, como espinhas
ou qualquer textura indesejada que esteja incomodando.
AULA DE EDIÇÃO COMPLETA - VOL. 2 - COM RAFAEL FERREIRA

O último ajuste antes de partirmos para a próxima etapa é ajustar


a colorização da pele, que nesse caso está um pouco avermelhada. O modo de mesclagem Matiz
permite que você use uma camada
Para isso, ainda dentro do grupo de Separação de Frequências, com cor sólida pintada com pincel,
acima da camada de Alta Frequência, vamos criar uma nova por exemplo, para aplicar um matiz
camada vazia, renomear essa camada para “Cor da Pele (Matiz)” e diferente às camadas abaixo.

mudar o modo de mesclagem para Matiz. Qualquer pintura com cor sólida
considera três valores: Matiz,
Com a camada nova selecionada, vamos pegar a ferramenta Saturação e Luminosidade.
Pincel, tecla de atalho ‘B’, e definir sua Opacidade em 100% e Ao aplicar o modo de mesclagem
Matiz, é desconsiderado da
Fluxo em 10%. Carregue o pincel com uma cor da pele e pinte na camada selecionada o valor
pele, especialmente nas áreas que estão mais avermelhadas. Ao de Luminosidade, fazendo
finalizar, basta reduzir um pouco a opacidade dessa camada para com que a luminosidade da
camada selecionada se adapte à
trazer um pouco mais de naturalidade. luminosidade das camadas que
estão abaixo.
E agora sim, o retoque da pele está completamente finalizado.
Veja o Antes e Depois:

Licensed to Lucas Levy Oliveira Cardoso - lucascardosofoto@gmail.com - 016.894.822-22


Dodge and Burn
Esse ajuste é realizado de forma bastante localizada, e tem como objetivo realçar áreas que poderiam
estar mais claras e escurecer áreas que poderiam estar mais escuras. Trabalhando com luzes e sombras,
esse ajuste traz para a sua fotografia um volume incrível.

# Na pele
Para começar essa etapa, vamos criar uma nova camada vazia e mudar o modo de mesclagem para
Luz Indireta.
Selecione a ferramenta Pincel pressionando a letra B e, em seguida, pressione a tecla D para zerar
as cores de primeiro plano e plano de fundo. Configurando o pincel no painel superior, deixe ele
configurado da seguinte forma:

DICA:
Você pode apertar a tecla D para recarregar as cores de primeiro e segundo plano do Photoshop para preto e branco. Apertando a tecla
X, você alterna entre essas cores.

Agora, todas as áreas que você pintar na cor branca vai trazer mais luz, e todas as áreas que você pintar
na cor preta vai trazer mais sombra. Dessa forma, pintando da forma correta, você vai conseguir trazer
um volume muito bonito para a foto.
AULA DE EDIÇÃO COMPLETA - VOL. 2 - COM RAFAEL FERREIRA

Para essa imagem, devemos pintar o mais próximo do exemplo:


(OBS: o resultado não deve parecer com esta imagem. Ela é apenas uma
imagem ilustrativa mostrando onde deve ser pintado de branco e onde deve
ser pintado de preto).

# Nos detalhes e no fundo


Aqui temos um passo especialmente para trabalhar luzes e sombras
dos detalhes, como cabelo, maquiagem, lábios e roupa, e do fundo,
evidenciando um pouco mais a vinheta nas bordas da foto.
Para isso crie uma nova camada vazia, mude o modo de mesclagem
para Sobrepor e, novamente, pinte de branco para iluminar e de preto
para escurecer.

Caso o resultado do Dodge and Burn tenha ficado muito forte, diminua a opacidade dessas novas
camadas de acordo com o seu gosto.

Colorização
Agora vamos refinar a colorização da nossa imagem e o primeiro passo é criar uma Camada de
Ajuste de Cor Seletiva.
Cor Seletiva é um ajuste que permite você modificar a presença de outras cores dentro de uma

Licensed to Lucas Levy Oliveira Cardoso - lucascardosofoto@gmail.com - 016.894.822-22


cor específica. Então é melhor que você já esteja com as cores o mais próximo do que deseja para
o resultado final, pois a camada de Cor Seletiva não é a ideal para fazer uma substituição muito
grande de cores.

Por exemplo, se você quer adicionar a presença de azul na cor verde, você precisa diminuir o valor
da cor inversa ao azul, que é o amarelo.
Pareceu complicado? Pois então, para dominar essa ferramenta é muito importante saber a teoria
das cores e quais cores são inversas entre si. Segue uma colinha abaixo:

Vermelho / Ciano Verde / Magenta Azul / Amarelo

Na caixa de Cores, selecione as cores que deseja modificar e faça as alterações necessárias.
AULA DE EDIÇÃO COMPLETA - VOL. 2 - COM RAFAEL FERREIRA

Nesta etapa final de colorização, vamos trabalhar com a Curva para


trazer um contraste mais agressivo.
Então, vamos criar uma camada de ajuste de Curva e fazer os
seguintes ajustes:
No modo RGB, o desenho da Curva fica parecendo um ‘S’ ao
configurar da seguinte forma:

Mudando de RGB para Azul, configure da seguinte forma:

Efeitos
Agora vamos inserir um Degradê na imagem, para simular um
brilho amarelado vindo do fundo da modelo.

Licensed to Lucas Levy Oliveira Cardoso - lucascardosofoto@gmail.com - 016.894.822-22


Para isso, crie uma nova camada, selecione o pincel e, segurando
a tecla ALT, clique na foto e arraste para escolher uma cor clarinha
condizente com o fundo.
Em seguida, com a camada nova selecionada, clique no quarto
ícone da paleta de camadas e em Degradê. Dessa forma o degradê
fica editável e já vem com uma máscara.

No pop-up que surgiu, vamos definir o estilo para Radial, posicionar


o degradê na parte superior da imagem e vamos passar o modo
de mesclagem dessa camada para Divisão, transformando esse
degradê em luz.

Agora vamos criar um segundo degradê, da mesma forma que o


anterior, mas dessa vez escolhendo o estilo Linear e posicionando
na parte inferior da imagem. Deixe visível apenas uma parte desse
degradê, mude o modo de mesclagem para Divisão e diminua a
opacidade da camada para que fique bem sutil.
AULA DE EDIÇÃO COMPLETA - VOL. 2 - COM RAFAEL FERREIRA

Finalização
Agora que podemos considerar a edição
concluída, vamos aplicar uma Nitidez para, de
fato, finalizarmos nossa edição.
Para isso, selecione a camada mais de cima,
tecle Ctrl + Shift + Alt + E para mesclar todas as
camadas em uma nova camada e vá até Filtro
> Tornar Nítido > Máscara de Nitidez.
Esse é um passo que vamos repetir duas vezes:
uma para criar volume e outra para aplicar
Nitidez.
Faça as alterações e confirme clicando em OK.

Assim ficou o Antes e Depois da nossa edição:

Licensed to Lucas Levy Oliveira Cardoso - lucascardosofoto@gmail.com - 016.894.822-22


Licensed to Lucas Levy Oliveira Cardoso - lucascardosofoto@gmail.com - 016.894.822-22

Você também pode gostar