Você está na página 1de 63

TREINAMENTO GPON

ENG. ELAINE NUNES


PRIMEIROS PASSOS
ENTENDENDO E SUBINDO SUA OLT
v1.4
ETAPAS DE CONFIGURAÇÃO
Equipamentos
Primeiros passos
Configurando a gerência
Configurando o sistema
↑ Topo
CHASSI C320

520G
Backplane Capacity
Placas de Serviço
Placas de Switch & Controle
com módulos de Uplink e
Power embarcados 128G
Switching Matrix Capacity

32 Portas GPON Suporte a clock e time synchronization.


16 Portas XG-PON 85% de economia de espaço se comparado as grandes OLTs.
Consumo máximo: 202W
16 Portas Combo 2U de altura, mais flexibilidade de implementação. Porta PON: 3,15W

◼ Ideal para implementação externa, espaço limitado e cenários FTTH/O/B/C/M/dp.


◼ Tecnologias PON integradas em uma única plataforma: GPON, XG-PON, XGS-PON and P2P.
◼ Suporte a multiplas topologias de rede, incluindo star convergence, link cascading e Ethernet ring.
◼ Suporte a alimentação AC e DC.

Conteúdo confidencial 4
↑ Topo ← Menu
CHASSI C300

480G
224 Portas GPON SCXN Switching Capacity
112 Portas XG-PON Alimentação
6.4 T
112 Portas Combo Placa de
comutação e
Backplane Capacity 2.56T
controle
SCTM Switching Capacity

Até 160Gbps de capacidade de uplink. Consumo máximo: 1680W


50% superior ao mercado em nível de integração. Porta PON: 3,15W
50% de economia de espaço em rack Placa de serviço Placa de Uplink
30% de redução de portas PON

◼ A primeira plataforma FTTx de grande capacidade compatível com novas tecnologias.


◼ 3 gerações de tecnologia PON integradas: GPON, XG-PON, WDM-PON.
◼ 7 modos de acesso que permitem implantação sob demanda, acesso flexível e evolução sustentável.
◼ Fornece QoS e segurança à nível de operadora.

Conteúdo confidencial 5
↑ Topo ← Menu
CHASSI C350

Placa de Uplink
480G
112 Portas GPON SCXN Switching Capacity
56 Portas XG-PON
56 Portas Combo Placa de
comutação e
controle
2.56T
SCTM Switching Capacity
Alimentação

Até 160Gbps de capacidade de uplink. Placa de Serviço


Porta PON: 3,15W
50% superior ao mercado em nível de integração.
50% de economia de espaço em rack
50% de redução de portas PON

◼ A primeira plataforma FTTx de grande capacidade compatível com novas tecnologias.


◼ 3 gerações de tecnologia PON integradas: GPON, XG-PON, WDM-PON.
◼ 7 modos de acesso que permitem implantação sob demanda, acesso flexível e evolução sustentável.
◼ Fornece QoS e segurança à nível de operadora.

Conteúdo confidencial 6
↑ Topo ← Menu
GPON CARD – GTGH

1 - 16: GPON ports

High density High QoS performance Low power consumption


• Support H-QOS • Newly-developed lower power
• 16 GPON ports per card, up to • Support color-sensitive RED GPON MAC chip
1: 128 split ratio and WRED discard algorithm • Supports optical module ALS
function
GPON function Clock/time function • Supports optical power
monitoring.
• Pluggable SFP interface • Receive 1PPS+TOD signals
and send them to the ONU
• Maximal differential fiber
distance 40km through a PON channel

• Supports Type B/Type C PON


protection

GTGH

Conteúdo Confidencial 7
↑ Topo ← Menu
XG-PON CARD – GTXO

1 - 8: XG-PON ports

High density High QoS performance Low power consumption


• 8 XG-PON ports per card, up • Supports H-QOS • Newly-developed ASIC XG-
to 1:128 split ratio • Supports color-sensitive RED PON chipset
and WRED discard algorithm • Supports optical module ALS
XG-PON function function
Clock/time function • Supports optical power
• Pluggable XFP interface
• Receives 1PPS+ToD signals monitoring.
• Maximal differential fiber
distance 40km and sends them to the ONU
• Supports Type B/Type C PON through a PON channel
protection

GTXO

Conteúdo Confidencial 8
↑ Topo ← Menu
COMBO PON CARD – GTBO

1 - 8: Combo PON ports

GPON&XG-PON Functions Optical module Optical module


• Comply with ITU-T G.984 and G.987 • Pluggable XFP interface
• 8 ports per card • Optical class: B+ & N1
• downstream wavelength: 1575-1580&1480-1500 nm • 10G/2.5G DS 2.5G/1.25G US
• upstream wavelength: 1260-1280&1290-1330 nm
• Co-existance of GPON and XG-PON
• Maximal split ratio 1:128
• Maximal differential fiber distance 40km
• Supports Type B/Type C PON protection
GTBO

Conteúdo Confidencial 9
↑ Topo
PRIMEIROS PASSOS
Acessando o equipamento
Entendendo a CLI
Comandos úteis
Configurando o chassi
Gerenciando placas
↑ Topo ← Menu
ACESSANDO O EQUIPAMENTO
O acesso via cabo console pode ser feito através da porta CLI
presente na controladora da OLT.
Caso se tenha duas controladoras é importante identificar qual é a
principal através do LED “M/S”, e aceso em verde significa que
aquela é a controladora principal.
É necessário utilizar o cabo fornecido junto com o equipamento
pois seu arranje de pinos é diferente do padrão de outros
equipamentos.

Ponta A - RJ45 Ponta B - DB9


3 3
4 5
5 5
6 2
Os outros pinos não são utilizados

Conteúdo confidencial 11
↑ Topo ← Menu
ACESSANDO O EQUIPAMENTO
Por padrão a porta console trabalha com as configurações ao lado,
se faz necessário configurar o software de acesso de acordo.
A seção é aberta diretamente no modo sem privilégio (apenas
consulta), para realizar alterações no equipamento é preciso
entrar no modo privilegiado através do comando enable e inserir
a senha, por padrão zxr10.

*************************************************************************
Multilaser PRO by ZTE
OLT ZXA10 C320
*************************************************************************
ZXAN> enable
Password:zxr10
ZXAN#

Conteúdo confidencial 12
↑ Topo ← Menu
ENTENDENDO A CLI
O comando configure terminal nos leva a view de configuração do
equipamento, além desta existem algumas outras views sendo as Views
principais mostradas ao lado. Modo de configuração
ZXAN(config)#
************************************************************************* Modo VLAN
Multilaser PRO by ZTE ZXAN(config-vlanvid)#
OLT ZXA10 C320 Interface VLAN
************************************************************************* ZXAN(config-if-vlanvid)#
ZXAN> enable Modo GPON
Password:zxr10 ZXAN(config-gpon)#
ZXAN# configure terminal Modo PON
%Info 20272: Enter configuration commands, one per line. End with CTRL/Z. ZXAN(config-pon)#
ZXAN(config)# Modo Interface (GEI, XGEI, OLT, ONU)
ZXAN(config-if)#
Modo gerenciamento de ONU
ZXAN(gpon-onu-mng 1/x/x:x)#

Conteúdo confidencial 13
↑ Topo ← Menu
ADICIONANDO PLACAS Comandos relacionados

Primeiramente se faz necessário configurar o chassi da OLT, ZXAN# show rack


somente após esse passo que será possível adicionar as placas ao ZXAN# show shelf
equipamento. Antes de configurar o chassi precisamos adicionar o ZXAN# show card
rack do equipamento.
ZXAN# set-pnp disable
Os comandos variam de acordo com o chassi e devem ser
aplicados no modo de configuração. ZXAN# set-pnp enable
LAB_C320(config)# set-pnp enable plug-and-play
LAB_C320(config)# add-rack rackno 1 racktype C320Rack adicionando o rack
LAB_C320(config)# add-shelf rackno 1 shelfno 1 shelftype C320_SHELF adicionando o rack e o shelf
LAB_C320(config)# add-card rackno 1 shelfno 1 slotno 1 GTGH adicionando a placa GTGH no slot 1
LAB_C320(config)# add-card rackno 1 shelfno 1 slotno 2 GTGO adicionando a placa GTGO no slot 2
LAB_C320(config)# add-subcard rackno 1 shelfno 1 slotno 3 subcardno 1 UCDC/3 adicionando a controladora
Caso aplaca não entre no modo INSERVICE apresentando algum status de erro, pode ser necessário resetar ou
deletar a mesma logicamente.
ZXAN(config)# reset-card slotno <SLOT>
<SLOT> = Número do slot (1, 2, 3, ...)
ZXAN(config)# del-card slotno 0

Conteúdo confidencial 16
↑ Topo ← Menu
COMANDOS ÚTEIS
O comando show running-config nos retorna a configuração que
está sendo executada atualmente no equipamento. Views
Modo de configuração
É possível filtrar o comando para mostrar uma seção, um modulo,
ZXAN(config)#
uma interface ou até mesmo que contenha um texto específico.
Modo VLAN
ZXAN(config-vlanvid)#
ZXAN# show running-config section | include rackno
add-rack rackno 1 racktype C320Rack
Interface VLAN
ZXAN(config-if-vlanvid)#
add-shelf rackno 1 shelfno 1 shelftype C320_SHELF
add-card rackno 1 shelfno 1 slotno 2 GTGO
Modo GPON
ZXAN(config-gpon)#
add-subcard rackno 1 shelfno 1 slotno 3 subcardno 1 UCDC/3
add-subcard rackno 1 shelfno 1 slotno 4 subcardno 1 UCDC/3
Modo PON
ZXAN(config-pon)#
!
ip dhcp snooping control-port enable
Modo Interface (GEI, XGEI, OLT, ONU)
ZXAN(config-if)#
port-identification rackno 1 frameno 1
...
Modo gerenciamento de ONU
ZXAN(gpon-onu-mng 1/x/x:x)#

Conteúdo confidencial 17
↑ Topo ← Menu
ADICIONANDO PLACAS
A OLT vem com uma função de plug-and-play habilitada que
configura automaticamente as placas conectadas a ela caso o Comandos relacionados
firmware para a placa esteja presente no equipamento. ZXAN# show rack
Na primeira inicialização é possível conferir se as placas foram ZXAN# show shelf
configuradas automaticamente, através do comando show card. ZXAN# show card
Se isso não ocorrer é necessário configurar o hardware do ZXAN# set-pnp disable
equipamento manualmente.
ZXAN# set-pnp enable
ZXAN# show card
Rack Shelf Slot CfgType RealType Port HardVer SoftVer Status
-------------------------------------------------------------------------------
1 1 2 GTGO GTGOG 8 V1.0.0 V2.1.0 INSERVICE
1 1 3 SMXA SMXA 3 V1.0.0 V2.1.0 INSERVICE
1 1 4 SMXA SMXA 3 V1.0.0 V2.1.0 STANDBY
ZXAN#

Conteúdo confidencial 18
↑ Topo ← Menu
ADICIONANDO PLACAS
Depois de configurado o chassi já é possível adicionar as placas
controladoras e as placas de serviço, o comando é o mesmo para Comandos relacionados
os dois equipamentos, a sintaxe do comando é a seguinte: ZXAN# show rack
ZXAN# show shelf
*************************************************************************
ZXAN# show card
► ZXAN(config)# add-card slotno <SLOT> <MODELO>
-------------------------------------------------------------------------
ZXAN# set-pnp disable
<SLOT> = Número do slot (1, 2, 3, ...) ZXAN# set-pnp enable
<MODELO> = Modelo da placa (SMXA, SCXN, GTGH, GTXO, GTBO, ...)
*************************************************************************

ZXAN(config)# add-card slotno 1 GTGO


ZXAN(config)# add-card slotno 4 SMXA
ZXAN(config)# add-card slotno 19 HUVQ

Conteúdo confidencial 19
↑ Topo ← Menu
DELETANDO E RESETANDO PLACAS
Caso a placa não entre no modo INSERVICE apresentando algum
status de erro, pode ser necessário resetar ou deletar a mesma Comandos relacionados
logicamente. ZXAN# show rack
ZXAN# show shelf
*************************************************************************
ZXAN# show card
► ZXAN(config)# reset-card slotno <SLOT>
-------------------------------------------------------------------------
ZXAN# set-pnp disable
<SLOT> = Número do slot (1, 2, 3, ...) ZXAN# set-pnp enable
*************************************************************************

*************************************************************************
► ZXAN(config)# del-card slotno <SLOT>
-------------------------------------------------------------------------
<SLOT> = Número do slot (1, 2, 3, ...)
*************************************************************************

Conteúdo confidencial 20
↑ Topo ← Menu
ADICIONANDO PLACAS
O comando show running-config nos retorna a configuração que
está sendo executada atualmente no equipamento. Views
Modo de configuração
É possível filtrar o comando para mostrar uma seção, um modulo,
ZXAN(config)#
uma interface ou até mesmo que contenha um texto específico.
Modo VLAN
ZXAN(config-vlanvid)#
ZXAN# show running-config | include rackno
add-rack rackno 1 racktype C320Rack
Interface VLAN
ZXAN(config-if-vlanvid)#
add-shelf rackno 1 shelfno 1 shelftype C320_SHELF
add-card rackno 1 shelfno 1 slotno 2 GTGO
Modo GPON
ZXAN(config-gpon)#
add-subcard rackno 1 shelfno 1 slotno 3 subcardno 1 UCDC/3
add-subcard rackno 1 shelfno 1 slotno 4 subcardno 1 UCDC/3
Modo PON
ZXAN(config-pon)#
port-identification rackno 1 frameno 1
ZXAN#
Modo Interface (GEI, XGEI, OLT, ONU)
ZXAN(config-if)#
Modo gerenciamento de ONU
ZXAN(gpon-onu-mng 1/x/x:x)#

Conteúdo confidencial 21
↑ Topo ← Menu
ADICIONANDO PLACAS
O comando show card nos retorna as placas adicionadas no
equipamento bem como sua versão de software e seu status de Views
funcionamento. Também é possível filtrar o comando. Modo de configuração
ZXAN(config)#
ZXAN# show card Modo VLAN
Rack Shelf Slot CfgType RealType Port HardVer SoftVer Status
ZXAN(config-vlanvid)#
------------------------------------------------------------------------------- Interface VLAN
1 1 2 GTGO GTGOG 8 V1.0.0 V2.1.0 INSERVICE
ZXAN(config-if-vlanvid)#
1 1 3 SMXA SMXA 3 V1.0.0 V2.1.0 INSERVICE Modo GPON
ZXAN(config-gpon)#
1 1 4 SMXA SMXA 3 V1.0.0 V2.1.0 STANDBY
ZXAN# show card ? Modo PON
ZXAN(config-pon)#
rackno Specify rack number (default is main rack NO.)
shelfno Specify shelf number (default is main shelf NO.) Modo Interface (GEI, XGEI, OLT, ONU)
ZXAN(config-if)#
slotno Specify slot number
type show online card information by the specified type Modo gerenciamento de ONU
ZXAN(gpon-onu-mng 1/x/x:x)#
<cr>
ZXAN#

Conteúdo confidencial 22
↑ Topo ← Menu
STATUS DA PLACA

STATUS DESCRIÇÃO
INSERVICE Funcionando normalmente
CONFIGING Placa em sendo configurada
CONFIGFAILED Falha no processo de configuração
DISABLE Placa está adicionada fisicamente e logicamente porém o sistema
não se comunica com a placa
HWONLINE Placa está instalada fisicamente porém seu software está em
versão diferente, portanto não operacional
OFFLINE Placa está adicionada logicamente mas não fisicamente
STANDBY Placa em modo de espera (backup)
TYPEMISMATCH O tipo de placa configurado é diferente do tipo físico
NOPOWER A placa não está alimentada (desligada)

Conteúdo confidencial 23
↑ Topo
CONFIGURANDO A GERÊNCIA
Formas de gerenciamento
Gerência Out-of-band
Gerência In-band
↑ Topo ← Menu
FORMAS DE GERENCIAMENTO
Existem essencialmente duas formas de se fazer o gerenciamento
do equipamento, Out-of-band e In-band, ambas podem coexistir
sem impacto sobre a outra desde que sejam configuradas com
redes diferentes.

► Out-of-band: Forma mais comum, feita pela porta de gerência


(10/100M) de forma apartada dos serviços do equipamento.
► In-band: A gerência é feita através de uma VLAN interface
trafegando internamente junto com os serviços.

Conteúdo confidencial 25
↑ Topo ← Menu
GERÊNCIA OUT-OF-BAND
A configuração da gerência out-of-band é bem simples, basta:
► Aplicar um IP, público ou privado, na interface mng1;
► Criar uma rota de saída para os pacotes de gerência, esta pode
ser default ou específica para um outro elemento de rede.
*************************************************************************
► ZXAN(config)# interface mng1
► ZXAN(config-if)# ip address <IP> <MASK>
► ZXAN(config-if)# exit
► ZXAN(config)# ip route <REDE> <MASK> <NEXT-HOP>
-------------------------------------------------------------------------
<IP> = Endereço de IP em forma decimal xxx.xxx.xxx.xxx
<MASK> = Máscara de rede em forma decimal xxx.xxx.xxx.xxx
<REDE> = Endereço da rede em forma decimal xxx.xxx.xxx.xxx
<NEXT-HOP> = Endereço do próximo salto em forma decimal xxx.xxx.xxx.xxx
*************************************************************************

Conteúdo confidencial 26
↑ Topo ← Menu
GERÊNCIA OUT-OF-BAND
! Configurando o IP *****************************************************
************************************************************************* Comandos relacionados
ZXAN(config)# interface mng1 ZXAN# show interface mng1
ZXAN(config-if)# ip address 172.16.0.10 255.255.255.0
ZXAN# show interface gei_1/SLOT/PORTA
ZXAN(config-if)# exit
ZXAN# show interface vlan VLANID
! Rota default ********************************************************** ZXAN# show vlan VLANID
*************************************************************************
ZXAN# show ip route
ZXAN(config)# ip route 0.0.0.0 0.0.0.0 172.16.0.254

! Rota estática *********************************************************


*************************************************************************
ZXAN(config)# ip route 10.0.0.200 255.255.255.255 172.16.0.254

Conteúdo confidencial 27
↑ Topo ← Menu
GERÊNCIA IN-BAND
A configuração da gerência in-band é bem similar, com exceção de
que, antes de configurar o IP é necessário criar uma VLAN e
aplica-la na porta de uplink por onde está chegando a rede de
gerência.

*************************************************************************
► ZXAN(config)# vlan <VLANID>
► ZXAN(config-vlan)# exit
► ZXAN(config)# interface <TIPO>_1/<SLOT>/<PORTA>
► ZXAN(config-if)# switchport vlan <VLANID> tag
► ZXAN(config-if)# exit
-------------------------------------------------------------------------
<VLANID> = Número da VLAN
<TIPO> = Tipo da porta (gei, xgei)
<SLOT> = Número do slot da placa com porta de uplink
<PORTA> = Número da porta de uplink que se deseja atrelar a VLAN
*************************************************************************

Conteúdo confidencial 28
↑ Topo ← Menu
GERÊNCIA IN-BAND
Depois de criada a VLAN já podemos aplica o IP em sua interface e
criar a rota de saída, igual a gerência out-of-band.

*************************************************************************
► ZXAN(config)# interface vlan <VLANID>
► ZXAN(config-if-vlan?)# ip address <IP> <MASK>
► ZXAN(config-if-vlan?)# exit
► ZXAN(config)# ip route <REDE> <MASK> <NEXT-HOP>
-------------------------------------------------------------------------
<VLANID> = Número da VLAN
<IP> = Endereço de IP em forma decimal xxx.xxx.xxx.xxx
<MASK> = Máscara de rede em forma decimal xxx.xxx.xxx.xxx
<REDE> = Endereço da rede em forma decimal xxx.xxx.xxx.xxx
<NEXT-HOP> = Endereço do próximo salto em forma decimal xxx.xxx.xxx.xxx
*************************************************************************

Conteúdo confidencial 29
↑ Topo ← Menu
GERÊNCIA IN-BAND
! Criando a VLAN e configurando o IP ************************************
************************************************************************* Comandos relacionados
ZXAN(config)# vlan 10 ZXAN# show interface mng1
ZXAN(config-vlan)# exit
ZXAN# show interface Xgei_1/SLOT/PORTA
ZXAN(config)# interface xgei_1/3/2
ZXAN(config-if)# switchport vlan 10 tag ZXAN# show interface vlan VLANID
ZXAN(config-if)# exit ZXAN# show vlan VLANID
ZXAN(config)# interface vlan 10
ZXAN# show ip route
ZXAN(config-if-vlan10)# ip address 192.168.0.10 255.255.255.0
ZXAN(config-if-vlan10)# exit

! Rota default **********************************************************


*************************************************************************
ZXAN(config)# ip route 0.0.0.0 0.0.0.0 192.168.0.254

Conteúdo confidencial 30
↑ Topo
CONFIGURANDO O SISTEMA
Hostname, data e hora
Salvamento automático
SSH
Gerenciando usuários
↑ Topo ← Menu
HOSTNAME, DATA E HORA
Antes de começar a operar o equipamento é importante, por boa
prática, configurar um hostname, a data e hora do equipamento,
isso facilita e muito o processo de troubleshooting no futuro.

*************************************************************************
► ZXAN(config)# hostname <HOST>
► ZXAN(config)# clock timezone <T-NOME> <FUSO>
► ZXAN# clock set <HH:MM:SS> <MES> <DIA> <ANO>
-------------------------------------------------------------------------
<HOST> = Nome do equipamento
<T-NOME> = Nome para o fuso horário (BRASILIA)
<FUSO> = Diferença entre UTC e a região (-3)
<HH:MM:SS> = Hora atual em notação de dois digitos (01:23:45)
<MES> = Mês abreviado em inglês (Feb, Mar, Apr, ...)
<DIA> = Dia em número decimal (1, 2, 3, ...)
<ANO> = Ano em número decimal (2018, 2019, ...)
*************************************************************************

Conteúdo confidencial 32
↑ Topo ← Menu
HOSTNAME, DATA E HORA
É possível também configurar o NTP para manter o horário do
equipamento sempre sincronizado com os demais da rede.

*************************************************************************
► ZXAN(config)# ntp enable
► ZXAN(config)# ntp client
► ZXAN(config)# ntp server <NTP-IP> priority <PRIORIDADE>
► ZXAN(config)# ntp source <INTERFACE>
► ZXAN(config)# ntp poll-interval <INTERVALO>
-------------------------------------------------------------------------
<NTP-IP> = Endereço IP do servidor em forma decimal xxx.xxx.xxx.xxx
<PRIORIDADE> = Prioridade do serviço (1~8)
<INTERFACE> = Interface lógica de origem do protocolo NTP
<INTERVALO> = Intervalo de sincronismo com expoente 2 em segundos (4-17)
(4²=16, 5²=32, 6²=64, ...)
*************************************************************************

Conteúdo confidencial 33
↑ Topo ← Menu
HOSTNAME, DATA E HORA
! Data e hora ***********************************************************
************************************************************************* Comandos relacionados
ZXAN(config)# hostname LAB_C320 ZXAN# show clock
LAB_C320(config)# clock timezone BRASILIA -3
ZXAN# show ntp status
LAB_C320(config)# exit
LAB_C320# clock set 12:00:00 May 9 2018 ZXAN# show ntp config
LAB_C320# write
....[OK]
LAB_C320# configure terminal
! NTP *******************************************************************
*************************************************************************
LAB_C320(config)# ntp enable
LAB_C320(config)# ntp client
LAB_C320(config)# ntp server 200.160.7.186 priority 1
LAB_C320(config)# ntp server 200.160.0.8 priority 2
LAB_C320(config)# ntp source vlan10
LAB_C320(config)# ntp poll-interval 4

Conteúdo confidencial 34
↑ Topo ← Menu
SALVAMENTO AUTOMÁTICO
Uma funcionalidade muito útil que ajuda a evitar perda das
configurações feitas no equipamento, pode ser configurada por Comandos relacionados
tempo após a última alteração, em um horário específico todo dia ZXAN# show auto-write
ou então em uma determinada data e hora.

*************************************************************************
► ZXAN(config)# auto-write <SWITCH>
► ZXAN(config)# auto-write <PERIODO>
► ZXAN(config)# auto-write <HH:MM:SS> { everyday | <MES> <DIA> <ANO> }
-------------------------------------------------------------------------
<SWITCH> = Habilita ou desabilita a função (enable, disable)
<PERIODO> = Período desejado em horas (1~24), vale a partir daa última modificação
<HH:MM:SS> = Hora desejada em notação de dois digitos (01:23:45)
<MES> = Mês abreviado em inglês (Feb, Mar, Apr, ...)
<DIA> = Dia em número decimal (1, 2, 3, ...)
<ANO> = Ano em número decimal (2018, 2019, ...)
*************************************************************************

Conteúdo confidencial 35
↑ Topo ← Menu
SSH
O acesso SSH vem bloqueado por padrão, é necessário habilita-lo
e configurar de acordo com o desejado. Comandos relacionados
ZXAN# show ssh
O modo de autenticação pode ser local ou então por AAA, via
Radius ou TACACS+. Por padrão a autenticação é local

*************************************************************************
► ZXAN(config)# ssh server enable
► ZXAN(config)# ssh server version <VERSAO>
► ZXAN(config)# ssh server generate-key (apenas para v1)
► ZXAN(config)# ssh server authentication mode <MODO>
► ZXAN(config)# ssh server authentication type <PROTOCOLO>
-------------------------------------------------------------------------
<VERSAO> = Versão SSH desejada, padrão v2 (1, 2)
<MODO> = Modo de autenticação (local, aaa)
<PROTOCOLO> = Protocolo de autenticação (pap, chap)
*************************************************************************

Conteúdo confidencial 36
↑ Topo ← Menu
GERENCIANDO USUÁRIOS
Caso escolha-se a autenticação local se faz necessário criar e
gerenciar os usuários localmente no equipamento. Comandos relacionados
ZXAN# show username
Apenas usuários com privilégio 15 podem criar e deletar usuários.
ZXAN# show users
*************************************************************************
ZXAN# show username login-info
► ZXAN(config)# username <NOME> password <SENHA> max-sessions <NUM> privilege
<NIVEL>
► ZXAN(config)# no username <NOME>
-------------------------------------------------------------------------
<NOME> = Nome do usuário, até 16 caracteres
( minúsculo, numeral, _ )
<SENHA> = Senha do usuário, de 3 a 16 caracteres sem espaço
( minúsculo, maiúsculo, numeral, _`*-=~!@ #$%^&()_+[]{}|;':,./<>\\ )
<NIVEL> = Nível de privilégio do cliente (0~15)
<NUM> = Número de sessões simultâneas do usuário
*************************************************************************

Conteúdo confidencial 37
↑ Topo ← Menu
GERENCIANDO USUÁRIOS
É possível desabilitar/habilitar o usuário, restringir o horário em
que o mesmo pode logar no equipamento e inclusive indicar uma Comandos relacionados
data para que a conta seja desabilitada automaticamente. ZXAN# show username
ZXAN# show users
*************************************************************************
ZXAN# show username login-info
► ZXAN(config)# username <NOME> <SWITCH>
► ZXAN(config)# username login-range name <NOME> login-begin <HH:MM:SS> login-
end <HH:MM:SS>
► ZXAN(config)# username expire-date name <NOME> datetime <MM-DD-YYYY>
<HH:MM:SS>
-------------------------------------------------------------------------
<NOME> = Nome do usuário, até 16 caracteres
<SWITCH> = Habilita ou desabilita a função (enable, disable)
<HH:MM:SS> = Hora atual em notação de dois digitos (01:23:45)
<MM-DD-YYYY> = Data indicada por mês, dia e ano em numerais (05-09-2018)
*************************************************************************

Conteúdo confidencial 38
↑ Topo ← Menu
GERENCIANDO USUÁRIOS
Para desconectar um usuário é preciso identificar a linha do
mesmo e depois encerrar a conexão TCP. Comandos relacionados
ZXAN# show username
**Cuidado! É possível desconectar a si mesmo por engano. **
ZXAN# show users

************************************************************************* ZXAN# show username login-info


LAB_C320# show users
Line User Privilege Host(s) Idle Location
* 0 con 0 15 idle 00:00:00
66 ssh 0 teste 15 idle 00:07:25 172.16.0.60
-------------------------------------------------------------------------
LAB_C320# clear tcp line 66
-------------------------------------------------------------------------
LAB_C320# show users
Line User Privilege Host(s) Idle Location
* 0 con 0 15 idle 00:00:00
*************************************************************************

Conteúdo confidencial 39
↑ Topo
CONFIGURANDO OS SERVIÇOS
Criando VLANs
Ativando Porta Uplink
Criando Perfil da ONU
Criando Perfil de T-CONT
Criando Perfil de VLAN
Criando Perfil de Tráfego
CRIANDO VLANS
O processo de criar uma VLAN é bem simples, podemos já
colocar uma descrição para pesquisas futuras.

Conteúdo confidencial 41
ATIVANDO PORTA UPLINK
Para configurar um uplink basta definir o modo de
funcionamento da porta, atribuir as vlans e ao final ativar
a mesma.

Conteúdo confidencial 42
CRIANDO PERFIL DA ONU F660
Antes de ativar e provisionar ONUs é preciso criar o perfil
da ONU, este determina o template de capacidade do
equipamento.

Conteúdo confidencial 43
CRIANDO PERFIL DA ONU F612W
Antes de ativar e provisionar ONUs é preciso criar o perfil
da ONU, este determina o template de capacidade do
equipamento.

Conteúdo confidencial 44
PERFIL DA ONU F670
Antes de ativar e provisionar ONUs é preciso criar o perfil
da ONU, este determina o template de capacidade do
equipamento.

Conteúdo confidencial 45
PERFIL DA ONU F601
Antes de ativar e provisionar ONUs é preciso criar o perfil
da ONU, este determina o template de capacidade do
equipamento.

Conteúdo confidencial 46
CRIANDO PERFIL DE T-CONT
Um Transmission Container (T-CONT) é um objeto que
representa um grupo de conexões lógicas que aparecem
como uma única entidade e são usados para o
gerenciamento e melhoria da alocação de largura de
banda de upstream no GPON . Para cada tipo de ONU, o
número de T-CONTs suportados é fixo. A ONU cria
automaticamente todas as instâncias T-CONT suportadas
durante a ativação da ONU. A OLT descobre o número de
instâncias T-CONT suportadas por cada ONU. A ONU envia
tráfego usando um ou mais T-CONT. Estes também
permitem a implementação da Qualidade de Serviço
(QoS) na direção upstream.

Conteúdo confidencial 47
CRIANDO PERFIL DE T-CONT
Existem 5 tipos de T-CONT para controle da largura de
banda em upstream que podem ser alocados para o
usuário.

Conteúdo confidencial 48
CRIANDO PERFIL DE T-CONT

Um perfil de T-CONT pode conter um ou


vários tipos de largura de banda.
O somatório da largura de banda fixa e largura
de banda assegurada em uma porta PON
não pode exceder 1 Gbps.
Por padrão, a C320/C300/C350 já traz um
perfil de T-CONT configurado, conforme pode
ser visto na tabela a seguir:

Conteúdo confidencial 49
CRIANDO PERFIL DE VLAN
A utilização de perfis de VLAN permite a configuração de
ONUs GPON em lotes, apenas com a indicação de que
perfil será utilizado, como por exemplo, para o PPPoE ou
DHCP.

Conteúdo confidencial 50
CRIANDO PERFIL DE TRÁFEGO
A configuração de um perfil de tráfego (gpon profile traffic)
irá permitir o controle da largura de banda em uma ONU
associada à gemport no sentido downstream.
Algumas definições:
- SIR: Sustained information rate e é a largura de banda
máxima para o tráfego que chega a interface em condições
normais.
- PIR: Peak information é a taxa máxima para o tráfego que
chega a interface em condições de pico. O tráfego que excede
a SIR e o CBS é controlado no PIR.
- CBS: Committed burst size rate é o número máximo de
bytes permitidos para o tráfego de entrada que pode estar
em buffer acima do SIR e ainda ser marcado como perda de
pacotes de baixa prioridade
- PBS: peak burst size define o número máximo de bytes da
capacidade de largura de banda de pico não utilizada que
podem ser acumulados. A largura de banda acumulada
permite períodos moderados de tráfego de rajada que
excedem o PIR e o CBS.

Conteúdo confidencial 51
EXEMPLO DE CRIAÇÃO DE PERFIL DE TRÁFEGO
Na tabela a seguir há um exemplo de configuração de um
gpon profile traffic com o ‘alias’ de PLANO-50MBPS para
um plano de banda de 50 Mbps, pico de 55 Mbps e taxas
de burst.

Conteúdo confidencial 52
ATIVANDO/AUTORIZANDO UMA ONU
Autorizando ONU
Consultando status da ONU
Provisionando serviços na ONU

Conteúdo confidencial 53
AUTORIZANDO UMA ONU
Antes de serem cadastrados os serviços em uma nova
ONU conectada ao sistema, é necessário autoriza-la na
OLT. É necessário lembrar que o Perfil de Tipo da ONU
precisa existir antes da mesma ser autenticada. Antes é
necessário entender como é identificada uma porta na
OLT.

Conteúdo confidencial 54
AUTORIZANDO UMA ONU
Consultando as ONUs não autenticadas atráves do
comando: show gpon onu uncfg

Conteúdo confidencial 55
AUTORIZANDO UMA ONU

Conteúdo confidencial 56
CONSULTANDO STATUS ONU

Conteúdo confidencial 57
PROVISIONANDO SERVIÇOS NA ONU NO MODO PPPOE
Provisionar uma ONU em modo PPPOE com velocidade fixa de 10Mbps Considerando uma ONU autorizada com ID: 1
de download e 10Mbps de upload sob a vlan 1000.
1° Criar o perfil de T-CONT 10Mbps (upload) interface gpon-onu_1/2/1:1
Cliente A
LAB_C320(config)#gpon sn-bind enable sn
LAB_C320(config-gpon)#profile tcont 10Mbps type 1 fixed 10240 tcont 1 profile 10Mbps
gemport 1 tcont 1
[Successful]
gemport 1 traffic-limit downstream 10Mbps
2° Criar o perfil de VLAN PPPOE service-port 1 vport 1 user-vlan 1000 vlan 1000
LAB_C320(config)#gpon !
pon-onu-mng gpon-onu_1/2/1:1
LAB_C320(config-gpon)#onu profile vlan PPPOE tag-mode tag cvlan 1000 service 1 gemport 1 vlan 1000
3° Criar um perfil de Tráfego GEM (download) wan-ip 1 mode pppoe username f601 password f601
vlan-profile PPPOE host 1
LAB_C320(config-gpon)#profile traffic 10Mbps sir 10240 pir 11000 cbs security-mgmt 1 state enable mode forward ingress-
1023
type iphost 1 protocol web
pbs 1023 ssid auth wpa wifi_0/1 key 12345678
.[Successful] ssid ctrl wifi_0/1 name ELAINE

Conteúdo confidencial 58
PROVISIONANDO SERVIÇOS NA ONU NO MODO DHCP
Provisionar uma ONU em modo DHCP com velocidade garantida de Considerando uma ONU autorizada com ID: 10
25Mbps de download e 25Mbps de upload sob a vlan 300.
interface gpon-onu_1/2/1:10
Cliente A
1° Criar o perfil de T-CONT 25Mbps (upload) sn-bind enable sn
LAB_C320(config)#gpon tcont 2 profile 25Mbps
gemport 1 tcont 2
LAB_C320(config-gpon)#profile tcont 25Mbps type 2 assured 25600
gemport 1 traffic-limit downstream 25Mbps
[Successful] service-port 1 vport 1 user-vlan 1000 vlan 1000
2° Criar o perfil de VLAN DHCP !
pon-onu-mng gpon-onu_1/2/1:10
LAB_C320(config)#gpon service 1 gemport 1 vlan 300
LAB_C320(config-gpon)#onu profile vlan DHCP tag-mode tag cvlan 300 wan-ip 1 mode dhcp vlan-profile DHCP host 1
security-mgmt 1 state enable mode forward
3° Criar um perfil de Tráfego 25Mbps GEM (download) ingress-type iphost 1 protocol web
LAB_C320(config-gpon)#profile traffic 25Mbps sir 25600 pir 26000 cbs ssid auth wpa wifi_0/1 key 12345678
1023 ssid ctrl wifi_0/1 name ELAINE
pbs 1023
!
.[Successful]

Conteúdo confidencial 59
PROVISIONANDO SERVIÇOS NA ONU NO MODO BRIDGE
Provisionar uma ONU em modo bridge com velocidade por melhor Considerando uma ONU autorizada com ID: 1
esforço de 20Mbps de download e 20Mbps de upload sob a vlan 1000.
interface gpon-onu_1/2/1:1
Cliente B
1° Criar o perfil de T-CONT 20Mbps (upload) sn-bind enable sn
LAB_C320(config)#gpon tcont 4 profile 20Mbps
gemport 1 tcont 4
LAB_C320(config-gpon)#profile tcont 20Mbps type 4 maximum 20480
gemport 1 traffic-limit downstream 20Mbps
[Successful] service-port 1 vport 1 user-vlan 1000 vlan 1000
2° Criar um perfil de Tráfego GEM (download) !
pon-onu-mng gpon-onu_1/2/1:1
LAB_C320(config-gpon)#profile traffic 20Mbps sir 20480 pir 21000 cbs service 1 gemport 1 vlan 1000
1023 pbs 1023 vlan port eth_0/1 mode tag vlan 1000

Conteúdo confidencial 60
PROVISIONANDO SERVIÇOS NA ONU LAN TO LAN + IP GER.
Provisionar duas ONUs para comunicação L2L com velocidade por
melhor esforço de 20Mbps de download e 20Mbps de upload sob a vlan
100. Inserir também uma VLAN de gerência 69 com IP 10.10.10.2/24.

1° Criar o perfil de T-CONT 20Mbps (upload)


LAB_C320(config)#gpon
LAB_C320(config-gpon)#profile tcont 20Mbps type 4 maximum 20480
[Successful]
2° Criar um perfil de Tráfego GEM (download)
LAB_C320(config-gpon)#profile traffic 20Mbps sir 20480 pir 21000 cbs
1023 pbs 1023
3° Habilitar e configurar a interconexão global de VLANs
A funcionalidade de Vlan Internetworking permite a intercomunicação
entre elementos que estejam em VLANs distintas. Mais precisamente,
permite a intercomunicação de ONUs de uma SVLAN (Service VLAN) com
as de uma CVLAN (Customer VLAN). Para que o serviço funcione é
necessário desativar a proteção de portas de uplink, portanto esta não é
uma configuração recomendada.

Conteúdo confidencial 61
PROVISIONANDO SERVIÇOS NA ONU LAN TO LAN + IP
4° Habilitar e configurar a interconexão global de VLANs Considerando uma ONU autorizada com ID: 3
LAB_C320(config)# security port-protect disable interface gpon-onu_1/1/1:3
LAB_C320(config)# security usercommunication control enable name L2L-PONTA-A
tcont 4 profile 20Mbps
LAB_C320(config)# security usercommunication svlan 1000 cvlan 1000
gemport 1 tcont 4
LAB_C320(config)# interface supervlan 1 gemport 1 traffic-limit downstream 20Mbps
LAB_C320(config-if)# ! service-port 1 vport 1 user-vlan 1000 vlan 1000
service-port 2 vport 1 user-vlan 69 vlan 69
LAB_C320(config)# vlan 1000 !
LAB_C320(config-vlan)# supervlan 1 pon-onu-mng gpon-onu_1/1/1:3
mgmt-ip 10.10.10.2 255.255.255.0 vlan 69 priority
LAB_C320(config-vlan)# !
0 route 0.0.0.0 0.0.0.0 10.10.10.1 host 1
LAB_C320(config)# service 1 gemport 1 vlan 1000
service 2 gemport 1 vlan 69
vlan port eth_0/1 mode tag vlan 1000
security-mgmt 1 state enable mode forward
ingress-type iphost 1 protocol web telnet ssh
!

Conteúdo confidencial 62
PROVISIONANDO SERVIÇOS NA ONU LAN TO LAN + IP
Considerando uma ONU autorizada com ID: 4

interface gpon-onu_1/1/1:4
name L2L-PONTA-B
tcont 4 profile 20Mbps
gemport 1 tcont 4
gemport 1 traffic-limit downstream 20Mbps
service-port 1 vport 1 user-vlan 1000 vlan 1000 svlan 1000
service-port 2 vport 1 user-vlan 69 vlan 69
!
pon-onu-mng gpon-onu_1/1/1:4
mgmt-ip 10.10.10.3 255.255.255.0 vlan 69 priority 0 route 0.0.0.0
0.0.0.0 10.10.10.1 host 1
service 1 gemport 1 vlan 1000
service 2 gemport 1 vlan 69
vlan port eth_0/1 mode tag vlan 1000
security-mng 1 state enable mode permit ingress-type iphost 1 protocol
web telnet ssh
!

Conteúdo confidencial 63
PROVISIONANDO ONU IP FIXO
Provisionar uma ONU em modo bridge com velocidade por melhor interface gpon-onu_1/1/1:3
esforço de 20Mbps de download e 20Mbps de upload sob a vlan 69 name Cliente A
provendo IP fixo 100.100.100.1/29 tcont 4 profile 20Mbps
gemport 1 tcont 4
1° Criar o perfil de T-CONT 20Mbps (upload) gemport 1 traffic-limit downstream
20Mbps
LAB_C320(config)#gpon
service-port 1 vport 1 user-vlan 69 vlan 69
LAB_C320(config-gpon)#profile tcont 20Mbps type 4 maximum 20480 !
[Successful] pon-onu-mng gpon-onu_1/1/1:3
2° Criar um perfil de Tráfego GEM (download) service 1 gemport 1 vlan 69
vlan port eth_0/1 mode tag vlan 69
LAB_C320(config-gpon)#profile traffic 20Mbps sir 20480 pir 21000 cbs
1023 pbs 1023 security-mgmt 1 state enable mode
forward ingress-type iphost 1 protocol
web telnet ssh

Conteúdo confidencial 64