Você está na página 1de 52

Faca Gaúcha, feita por Ismael

Biegelmeier
* Este tutorial foi feito especialmente para o Fórum Cutelaria
Artesanal pelo cuteleiro Ismael Biegelmeier, portanto é de sua
exclusiva propriedade. A exibição sem autorização expressa é
proibida e protegida pelas leis de direitos autorais.

Saudações amigos!!

Gostaria de lhes mostrar a forma que faço algumas de minhas


facas.
Farei um breve passo a passo de uma faca Gaúcha Integral.

Essa faca é uma encomenda do nosso Amigo e Grande


Colecionador Lawrence!
Espero que seja útil e que apreciem.

Aqueça a barra de aço (nesse caso 52100) na forja e estrangule


o colarinho.
Eu uso o meu 'amigo Wolly Gator'
Depois comece a espalhar o aço para frente e para baixo da
parte estrangulada.
A primeira etapa é o forjamento do gavião. Deixe-o maior
possível!
Após a lâmina forjada, estique a espiga.
Eu uso o 'Wolly Gator' para marcar e depois eu corto a barra com
a esmerilhadeira.
Aqueça somente a parte a ser 'espancada'.....

Faça ajustes necessários e deixe a lâmina bem reta e parelha.


Faça a normalização por três vezes e depois o recozimento.
Abaixo a faca já forjada com tratamentos térmicos necessários
até essa etapa, e o formato exato ajustado na lixadeira.
Agora vamos para a lixadeira!!
A usinagem da faca é uma das partes mais difíceis e importantes
da construção de uma Boa Peça.
É a geometria que vai dar uma boa resistência de corte para a
lâmina. Por isso deve-se caprichar muto nessa parte.
Evite fazer uma usinagem 'barriguda'. Faça um afinamento na
lâmina do início até a ponta (distal taper) sempre bem parelho e
suave.
Área do fio:
Lombo da faca:
Agora vamos começar a trabalhar no colarinho!
Tenha predefinido o que vais fazer.
Aproxime do tamanho desejado 
Nessa faca vamos fazer um colarinho (bombinha) em 90°. (estou
optando por esse estilo, por achar mais bonito e mais difícil de
fazer)
Prenda do guia-de-lima e deixe bem centrado (bem centrado
mesmo)
Com  a lima retire o excesso do material até zerar.
Defina o tamanho do colarinho.
Seguindo a construção da faca Gaudéria.....

Após definir o tamanho do colarinho, retire o excesso na lixadeira


e prenda no guia-de-lima. 
Deixe-o bem rente ao guia, pois é aí que o cabo vai ficar
encostado.
Aproveite e deixe a espiga mais uniforme.
Agora começa um trabalho que exige muita paciência e calma!!
Vamos trabalhar o colarinho, o Gavião e o 'File Work'
É preciso estar num dia bom, pois o trabalho é muito minucioso e
as vezes estressante, pois o trabalho para ser bem feito deve ser
feito totalmente a Mão
Vais precisar dessas ferramentas:
GAVIÃO:
No caso dessa faca, o gavião ficou bem forjado e temos material
de sobra. Por isso faremos um gavião invertido, mostrando que a
técnica de forjamento já está dominada!
O gavião invertido para ser mais bonito deve ser um pouco mais
para trás que o colarinho.
Acerte o colarinho e o Gavião:
COLARINHO:
Existem vários modelos e formas de fazer.
Nessa faca faremos um colarinho clássico:
Com limas pequenas e lixas flexíveis vamos dando forma:
Depois de várias horas terás algo assim:
FALSO FIO:
O falso fio deve ser feito com lima, para ser bem parelho:
FILE WORK (trabalho de lima)
Essa é a parte mais delicada e  complicada da construção de
uma faca gaúcha.
Se der uma limada errada, a faca está perdida, e terá mais de 20
horas postas fora.......
Escolha um modelo e faça com cuidado:
Depois de Muuuuitas horas terás algo assim:
MARCA:
Sua assinatura na faca é de extrema importância para
colecionadores.
Têmpera e Revinimento:
Faça a têmpera e revina
Após a têmpera e o revinimento, pela última vez a Lâmina ira
tocar na lixadeira.
Com a lixa 220 em baixa rotação, retire a camada escura do aço
e faça os últimos ajustes.
Daqui pra frente o trabalho passa a ser estritamente manual!
Comece com a lixa 180 e vá até a 600. ((120)180, 220, 320, 400,
600)
Certifique-se de que a cada troca de lixa, não há riscos da lixa
anterior.
Na foto abaixo, a lâmina está com a lixa 220.
Certifique-se de que não existe nenhuma mossa ou risco.
Comece a dar acamamento em todos os pormenores....(até a
600)
Abaixo a Lâmina em seu primeiro encontro com seu par perfeito!! 
Que líquido está usando para lixar a lâmina... água ou óleo? 
Nas lixas mais finas, você trabalha com elas a seco? 
Essa é uma lima nicholson normal.  Eu transformo elas.
Tenho várias assim. Você deve ter ferramentas que atendam
suas idéias.
Se essas ferramentas não existem......faça você mesmo..!

Que líquido está usando para lixar a lâmina... água ou óleo? 


Óleo! Pode-se usar singer, wd40, hdr[aulico....etc.
Assim o grão desprende da lixa e fica 'rolando' aí por cima.
Além do óleo dar um acabamento melhor!

Nas lixas mais finas, você trabalha com elas a seco? 


Sempre com óleo. (a foto é meramente ilustrativa)
O CABO:
Uma faca integral, normalmente é feita por duas partes: Lâmina e
Empunhadura.
Então no caso dessa faca o cabo representa 50% da faca!!
Certo??

Escolha sempre uma empunhadura ideal, que combine com a


lâmina.

Nesse caso eu escolhi um bloco de 'Box Elder Black' estabilizado.


Defina o modelo mais apropriado para a lâmina.
Desenhe esse modelo no bloco.
Risque a espiga.
Faça o furo bem centrado  e no prumo.
Com auxílio de uma ferramenta de raspagem 'Home Made' faça o
encaixe perfeito da espiga:
Se estiver todo certo, corte o desenho pré riscado do cabo:
Prepare a cola:
Faça a colagem. 
Certifique-se de que a cola se espalhou por todo interior do furo e
em toda espiga.
Não use cola de menos!
Deixe curar e vá para a lixa (no meu caso...minha amada roda
expansiva) e retire os excessos de material.
Com limas e grosa, faça o formato do cabo:
Após a lima, dê início à lixação.
Vá da lixa 120 até a lixa 2500 (isso mesmo 2500)
À partir da lixa 400 comece a aplicação de óleo de tungue. Deixe
o óleo penetrar por 15 min. e lixe por cima....
Após...a empunhadura está acabada:
Faça os últimos micro acabamentos e a jóia está pronta para ser
entregue a seu dono..... 

 Top

 
 Back

Você também pode gostar