Você está na página 1de 15

IDEIAS DE BASE, PROCEDIMENTO ESPECIFICO DE SEGURANÇA RT..

007_20
UNIP, LDA. Instalação AVAC Pág.1/15

PROCEDIMENTO ESPECÍFICO DE
SEGURANÇA
INSTALAÇÃO AVAC

Elaboração (EE) Verificação(DTO) Validação (CSO) Aprovação (DO)


André Antunes
02.05.2021
IDEIAS DE BASE, PROCEDIMENTO ESPECIFICO DE SEGURANÇA RT..007_20
UNIP, LDA. Instalação AVAC .
REV 00

Índice

1. DESCRIÇÃO DO PRESENTE PLANO .................................................................................... 3


1.1. INFORMAÇÃO DA OBRA ................................................................................................... 4
2. RECURSOS HUMANOS .......................................................................................................... 4
2.1. EQUIPAMENTOS ................................................................................................................. 4
2.2. PROCESSO CONSTRUTIVO ............................................................................................... 4
2.2.1. INTALAÇÃO DE AVAC................................................................................................... 4
1.1.1. TAREFAS A DECORRER EM SIMULTÂNEO ............................................................... 5
2.4.4. CONDICIONALISMOS EXISTENTES ............................................................................ 5
2. PROCEDIMENTOS DE SEGURANÇA ................................................................................... 5
3.1. IDENTIFICAÇÃO DOS RISCOS E MEDIDAS PREVENTIVAS ....................................... 6
3.2. PROTEÇÕES COLETIVAS .................................................................................................. 8
3.4. METEDOLOGIA DE AVALIAÇÃO DE RISCOS ............................................................... 9
4. AVALIAÇÃO E HIERARQUIZAÇÃO DE RISCOS ............................................................. 11
5. DOCUMENTOS DE REFERÊNCIA E REGISTOS ASSOCIADOS...................................... 15

2
IDEIAS DE BASE, PROCEDIMENTO ESPECIFICO DE SEGURANÇA RT..007_20
UNIP, LDA. Instalação AVAC .
REV 00

1. DESCRIÇÃO DO PRESENTE PLANO

O presente Plano Específico de Segurança refere-se aos trabalhos de Instalação de AVAC, e


integra-se na empreitada de remodelação e reconversão de Edifício em Hotel, na Av. Dom Carlos
I, Cascais. Este Plano é parte integrante do Desenvolvimento e Especificação do Plano de
Segurança e Saúde realizado para a referida obra.
Considera-se este documento evolutivo, e como tal, sujeito a eventuais edições e/ou revisões
sempre que necessário, que deverão ser sempre divulgadas pelas empresas envolvidas nos
trabalhos, no sentido de garantir, por um lado a informação adequada relativamente aos trabalhos
e riscos associados, e por outro lado a sensibilização de todos para a utilização dos EPC’s e EPI’s
definidos para os referidos trabalhos, bem como para o cumprimento das medidas organizativas
estabelecidas.

Pretende-se com este plano:

Objetivo geral: Prevenir acidentes de trabalho no decorrer das tarefas previstas, e proporcionar
boas condições de trabalho aos colaboradores;
Objetivos específicos:

- Planear e estipular as medidas de segurança a aplicar aos trabalhos específicos;

- Programar todas as tarefas de forma a proporcionar aos trabalhadores da obra condições de


segurança e higiene adequadas;

- Alcançar bons níveis de produtividade decorrentes de boas condições de trabalho.

- Monitorizar a atividade e implementação das medidas preventivas. Os registos de monitorização


desta atividade serão realizados diariamente.

Este documento deve ser entendido como documento aberto, isto é, suscetível de ser
acrescentado ou modificado à medida que os trabalhos de execução são desenvolvidos ou
adaptados na sua pormenorização e execução, alterações que serão apresentadas antes da sua
realização.

3
IDEIAS DE BASE, PROCEDIMENTO ESPECIFICO DE SEGURANÇA RT..007_20
UNIP, LDA. Instalação AVAC .
REV 00

1.1. INFORMAÇÃO DA OBRA

Empreitada: Remodelação e Reconversão de Edifício em Hotel


Morada Obra: Av. ª Dom Carlos I /Rua Luís Xavier Palmeirim 2750-310 Cascais

2. RECURSOS HUMANOS

Os trabalhos serão desenvolvidos por trabalhadores com formação especifica para a execução dos
trabalhos, sendo que serão previsivelmente necessários 3/4 trabalhadores. Os trabalhos serão
permanentemente acompanhados pelo encarregado da obra.

2.1. EQUIPAMENTOS

Os equipamentos que poderão ser utilizados serão os seguintes:

 Ferramentas Manuais Diversas;


 Andaimes.
 Linhas de Vida.

2.2. PROCESSO CONSTRUTIVO

2.2.1. INTALAÇÃO DE AVAC

Descrevemos o processo de execução dos trabalhos de AVAC:

 Marcação de roços;
 Chumbagem de caixas de pré- instalação;
 Abertura de roços e passagem de tubagem de alimentação elétrica e de cobre isolado;
 Fixação de unidades interiores em tetos de betão e / ou paredes;
 Montagem de condutas;
 Passagem de cobre até à cobertura;
 Montagem de Unidades Exteriores na cobertura.

4
IDEIAS DE BASE, PROCEDIMENTO ESPECIFICO DE SEGURANÇA RT..007_20
UNIP, LDA. Instalação AVAC .
REV 00

Os trabalhos serão executados por trabalhadores especializados, os trabalhos em altura


serão executados com auxilio de plataformas de andaime certificadas e montadas
consoante a legislação em vigor.
A execução dos trabalhos na cobertura serão efetuados com a utilização de linhas de vida,
certificadas e montadas por empresa competente para este efeito. A movimentação dos
materiais/equipamentos será efetuada com auxilio da grua torre.

1.1.1. TAREFAS A DECORRER EM SIMULTÂNEO

Poderão existir outras tarefas em simultâneo na obra.

2.4.4. CONDICIONALISMOS EXISTENTES

CONDICIONALISMOS COMENTÁRIOS/RECOMENDAÇÕES

Os trabalhos a realizar serão planeados de forma a não


Circulação de Pessoas/veículos não por em riscos pessoas/veículos que possam passar na via
afetos aos trabalhos publica. Esta frente de trabalhos será balizadas de forma
a evitar a presença de pessoas não afetos aos trabalhos.
Os trabalhos a realizar serão planeados de forma a evitar
a existência de outras atividades na zona de trabalho. De
Existência de Co-Actividades qualquer forma estes frentes de trabalhos serão
balizadas de forma a evitar a presença de trabalhos
afetos a outra atividade.

2. PROCEDIMENTOS DE SEGURANÇA

Os procedimentos de segurança a ter em conta encontram-se descritos nas medidas preventivas


abaixo mencionadas.

5
IDEIAS DE BASE, PROCEDIMENTO ESPECIFICO DE SEGURANÇA RT..007_20
UNIP, LDA. Instalação AVAC .
REV 00

3.1. IDENTIFICAÇÃO DOS RISCOS E MEDIDAS PREVENTIVAS

 Instalação AVAC

 Riscos

Neste ponto identificam-se os riscos identificados para a tarefa descrita.

 Quedas ao mesmo nível;


 Queda em altura;
 Entalamento;
 Esmagamento;
 Sobre esforços/subcargas;
 Perfurações/cortes;
 Projeção/Queda de materiais;
 Contactos elétricos;

 Medidas de Prevenção:

De seguida apresentam-se as medidas preventivas a aplicar às operações descritas no ponto


anterior, para os riscos identificados.

As medidas de prevenção a implementar são as seguintes:

 Os trabalhos serão executados por trabalhadores devidamente habilitados para executar a


tarefa;
 Verificar o bom estado de conservação de máquinas/ferramentas elétricas, cabos e
quadros elétricos;
 Organizar a receção e depósito dos materiais de acordo com o espaço disponível;
 Manusear as condutas com a utilização de luvas de proteção;
 Garantir que os caminhos de circulação fiquem definidos e desimpedidos de materiais;
 Colocar pouco material, mas plataformas de andaime, evitando sobrecargas.
 Os trabalhos em altura são efetuados com auxilio de plataformas de andaime,
devidamente montadas de acordo com a legislação em vigor.
 As plataformas de trabalho devem ser estáveis, sólidas e horizontais;
 Sempre que necessário e em situações pontuais onde não é possível ter proteção coletiva,
utilizar arnês de segurança amarrado a ponto fixo;
6
IDEIAS DE BASE, PROCEDIMENTO ESPECIFICO DE SEGURANÇA RT..007_20
UNIP, LDA. Instalação AVAC .
REV 00

 Todos os equipamentos utilizados têm de ter verificação periódica obrigatória (de acordo
com o DL 50/2005);
 Os desperdícios resultantes desta atividade serão depositados em local próprio que não
impeça a boa definição dos caminhos de circulação.
 Informar e formar os trabalhadores sobre os riscos exposição ao ruído, e da importância
do uso de EPI´s;

Trabalhos na Cobertura

- Antes de iniciar os trabalhos deve-se planear toda a intervenção tendo em conta os seguintes
requisitos:
Tipo de telha, o seu estado e resistência;
Grau de inclinação do telhado;
Materiais e equipamentos necessários à execução do trabalho;
Definição de trajetos, tendo por objetivo deslocamentos racionais sobre o telhado;
Delimitação e sinalização das áreas previstas para içar materiais;
Condições climatéricas expectáveis;
Necessidade de montar proteções coletivas;
- Antes de iniciar os trabalhos deve proteger todo o perímetro da cobertura e outras aberturas
eventualmente existentes com guarda-corpos (ou redes). Se tal não for possível, têm de ser
montadas linhas de vida certificadas, e todos os trabalhadores devem usar arnês amarrado á linha
de vida, (no máximo 2 trabalhadores amarrados á mesma linha de vida)
- Os Equipamentos devem ser içadas para a cobertura, ao ritmo a que vão sendo aplicados, de
forma a evitar sobrecargas;
- A movimentação de matérias/equipamentos com a grua torre serão efetuados por trabalhador
com formação especifica para o efeito;
- Os trabalhos devem ser suspensos quando soprar vento superior a 40 km/h ou quando chover
com intensidade;
- A zona de trabalhos deve manter se limpa de detritos e lixo (plásticos, cartões e restos de
embalagens). Para tal deve ser limpa diariamente;
- Os acessos devem manter-se permanentemente desobstruídos e limpos;
7
IDEIAS DE BASE, PROCEDIMENTO ESPECIFICO DE SEGURANÇA RT..007_20
UNIP, LDA. Instalação AVAC .
REV 00

 Equipamentos de Proteção individual


 Botas de proteção ao nível da biqueira e palmilha;
 Luvas de proteção;
 Mascara de proteção;
 Colete refletor;
 Capacete de proteção;
 Arnês (caso necessário).

3.2. PROTEÇÕES COLETIVAS

Vedar/limitar todos as aberturas;


Colocação de sinalização alusiva aos riscos.

8
IDEIAS DE BASE, PROCEDIMENTO ESPECIFICO DE SEGURANÇA RT..007_20
UNIP, LDA. Instalação AVAC .
REV 00

3.4. METEDOLOGIA DE AVALIAÇÃO DE RISCOS

Descrição da Metodologia de Hierarquização de Riscos (Método Simplificado de Marat)

9
IDEIAS DE BASE, PROCEDIMENTO ESPECIFICO DE SEGURANÇA RT..007_20
UNIP, LDA. Instalação AVAC .
REV 00

10
IDEIAS DE PROCEDIMENTO ESPECIFICO DE SEGURANÇA RT.007_20
BASE, UNIP, REV 02
LDA. Instalação AVAC

4. AVALIAÇÃO E HIERARQUIZAÇÃO DE RISCOS

ND NE NP NI Medidas Preventivas ND NE NC NI
ATIVIDADE RISCO CONSEQUÊNCIA *1 *1 *1 NC *1 NR *1 *1 *2 *2 NP*2 *2 NR*2 *2

- Os equipamentos, devem ser armazenados


em local acessível, sem interferir com as zonas
Hematomas, quebra de de passagem;
Quedas ao membros, lesões
mesmo nível musculares, perfurações,
2 2 4 10 40 III - Os postos de trabalho devem manter-se 2 1 2 10 20 IV
morte arrumados e limpos;
- Manter os materiais em corretas condições
de armazenamento;
- Os trabalhos serão executados por
trabalhadores devidamente habilitados para
executar a tarefa.
Hematomas, quebra de - Garantir a arrumação e organização do
Queda de
Instalação de membros, lesões material existente nas plataformas de trabalho;
objetos/ 2 2 4 25 100 III 2 1 2 10 20 IV
AVAC musculares, perfurações, - No local de trabalho só devem permanecer os
materiais
morte
trabalhadores afetos a esta atividade;
- Os trabalhadores devem usar EPI´s (Capacete,
Botas de Proteção, e Luvas de Proteção).
- Cumprir as regras de segurança;
- Cargas muito volumosas, mesmo que leves,
devem ser movimentadas por mais do que um
Dores no corpo, lesões trabalhador;
Sobre Esforços musculares, hérnias na 2 3 6 25 150 II - Os equipamentos/ferramentas mais utilizados 2 2 4 25 100 III
coluna devem estar próximos do trabalhador.
- Realizar pausas frequentes.
- Evitar movimentos bruscos.

16
IDEIAS DE PROCEDIMENTO ESPECIFICO DE SEGURANÇA RT.007_20
BASE, UNIP, REV 02
LDA. Instalação AVAC

Pequenos golpes, - Cumprir as regras de segurança;


esmagamento de dedos,
- Uso Luvas de Proteção;
hematomas, quebra de
Entalamento 2 2 4 25 100 III -Sensibilização, Informação e Formação. 2 2 4 10 40 IV
membros, lesões
musculares;
Morte
- Os equipamentos devem ser utilizados tendo
em conta manual de instruções e
recomendações feitas pelo fabricante;
- Os trabalhadores devem usar EPI´s (Capacete,
Corte/ Pequenos golpes,
Perfurações escoriações
2 2 4 25 100 III Botas de Proteção, e Luvas de Proteção). 2 2 4 10 40 IV
- Utilização Obrigatória na movimentação das
condutas;
- Cumprir as regras de segurança.

- A extensões elétricas devem estar em boas


condições;
- Evitar que os fios de alimentação se arrastem
pelo chão, particularmente sobre objetos
Eletrocussão Choque elétrico 2 2 4 25 100 III 2 2 4 10 40 IV
cortantes, chão húmido, respeitando as
normas gerais de segurança na utilização de
energia elétrica;

- Se necessário, criar plataforma de trabalho,


com pelo menos 0,60 m de largura, com rodapé
de 0,15 m de altura, guarda-corpos intermédio
Hematomas, quebra de a 0,45 m de altura e guarda-corpos superior a 1
Queda em membros, lesões m da base;
Altura musculares, morte,
2 3 6 60 360 II 2 2 4 25 100 III
- A plataformas de andaime deverão estar
escoriações, perfurações
montadas de acordo com a legislação em vigor;
- Sensibilização, Informação e Formação.
- Cumprir as regras de segurança;

16
PROCEDIMENTO ESPECIFICO DE SEGURANÇA RT.007_21
REV 02
Instalação AVAC

- Antes de iniciar os trabalhos deve proteger


todo o perímetro da cobertura e outras
aberturas eventualmente existentes com
guarda-corpos (ou redes). Se tal não for
possível, têm de ser montadas linhas de vida
certificadas, e todos os trabalhadores devem
Hematomas, quebra de usar arnês amarrado á linha de vida, (no
Queda em membros, lesões máximo 2 trabalhadores amarrados á mesma
altura musculares, morte,
2 3 6 100 600 II 2 2 4 25 100 III
linha de vida);
escoriações, perfurações
- O trabalho deve ser suspenso quando soprar
vento superior a 40 km/h ou quando chover
com intensidade;
- Sensibilização, Informação os trabalhadores
sobre os riscos e medidas de prevenção a
aplicar na execução dos trabalhos.

Montagem de - Cargas muito volumosas, mesmo que leves,


Equipamentos na devem ser movimentadas por mais do que um
Cobertura trabalhador;
Dores no corpo, lesões
- Os equipamentos/ferramentas mais utilizados
Sobre esforços musculares, hérnias na 2 3 6 25 150 II 2 2 4 25 100 III
coluna devem estar próximos do trabalhador.
- Realizar pausas frequentes.
- Evitar movimentos bruscos.

- Os equipamentos, devem ser armazenados


em local acessível, sem interferir com as zonas
Hematomas, quebra de de passagem;
membros, lesões - Os postos de trabalho devem manter-se
Quedas ao nível
musculares, morte,
2 2 4 25 100 III 2 2 4 10 40 III
arrumados e limpos;
escoriações, perfurações
- Manter os materiais em corretas condições
de armazenamento;

- Os trabalhos serão executados por


Queda de
objetos
2 3 6 25 150 II trabalhadores devidamente habilitados para 2 1 2 10 2
executar a tarefa.

13
PROCEDIMENTO ESPECIFICO DE SEGURANÇA RT.007_21
REV 02
Instalação AVAC

-Os materiais devem estar colocados de forma


a que exista ricos de queda dos memsmos;
- Garantir a arrumação e organização do local;
- Os trabalhadores devem usar EPI´s (Capacete
de Proteção, Botas de Biqueira e Palmilha em
Aço, Colete de Sinalização, Luvas de Proteção,
arnês de segurança).

14
IDEIAS DE PROCEDIMENTO ESPECIFICO DE SEGURANÇA RT.007_20
BASE, UNIP, REV 02
LDA. Instalação AVAC

5. DOCUMENTOS DE REFERÊNCIA E REGISTOS ASSOCIADOS

- Legislação aplicável ao setor e à atividade;


- Plano de Segurança e Saúde;

23

Você também pode gostar