Você está na página 1de 50

SIMULADO ESA

CANAL: PRATICANDO MATEMÁTICA


Muito obrigado por confiar no meu trabalho . Esse simulado
contém 106 questões de assuntos escolhidos pelo histórico da
prova da Esa, questões no padrão da prova e com gabarito
comentado para você conseguir realmente conquistar a sua
aprovação e vibrar muito no exército.

“Aquele que não luta pelo futuro que quer, deve


aceitar o futuro que vier”
GEOMETRIA ESPACIAL
1. (Uma caixa de chocolate, com a forma de um paralelepípedo, tem dimensões 4 𝑐𝑚 × 4 𝑐𝑚 × 16 𝑐𝑚.
Quantos 𝑐𝑚2 de papel são necessários para cobrir completamente essa caixa?
a) 256
b) 272
c) 288
d) 304
e) 320

2. Uma caixa d’água em formato cúbico tem a capacidade de armazenar 8.000 litros de água. Devido a
problemas nessa caixa d’água, foi realizada a troca por outra em formato de prisma hexagonal regular.

Sabendo que altura e a capacidade das duas caixas não se alteraram, qual o perímetro da base desse novo
reservatório?

4
Considere √12 ≅ 1,86.
a) 4,54 metros.
b) 6,44 metros.
c) 8,54 metros.
d) 7,44 metros.

3. Considere um cilindro reto de área lateral igual a 64𝜋 𝑐𝑚2 e um cone reto, com volume igual a
128𝜋 𝑐𝑚3 , cujo raio da base é o dobro do raio da base do cilindro.

Sabendo que a altura do cone é 2 𝑐𝑚 menor do que a altura do cilindro, e que a altura do cilindro é um
número inteiro, a área lateral desse cone é
a) 100 𝜋 𝑐𝑚2 .
b) 80𝜋 𝑐𝑚2 .
c) 64𝜋 𝑐𝑚2 .
d) 40𝜋 𝑐𝑚2 .

4. Certo tanque de combustível tem o formato de um cone invertido com profundidade de 5 metros e com
raio máximo de 4 metros. Quantos litros de combustível cabem, aproximadamente, nesse tanque? Considere
𝜋 = 3,14.
a) 20.000 ℓ.
b) 50.240 ℓ.
c) 83.733,33 ℓ.
d) 104.666,67 ℓ.
e) 150.000 ℓ.

5. Fundindo três esferas idênticas e maciças de diâmetro 2 𝑐𝑚, obtém-se uma única esfera maciça de raio
3
a) √3.
3
b) √4.
3
c) √6.
d) 3.
e) 6.

6. Uma fábrica que trabalha com matéria-prima de fibra de vidro possui diversos modelos e tamanhos de
caixa-d’água. Um desses modelos é um prisma reto com base quadrada. Com o objetivo de modificar a
capacidade de armazenamento de água, está sendo construído um novo modelo, com as medidas das
arestas da base duplicadas, sem a alteração da altura, mantendo a mesma forma.

Em relação ao antigo modelo, o volume do novo modelo é


a) oito vezes maior.
b) quatro vezes maior.
c) duas vezes maior.
d) a metade.
e) a quarta parte.

7. Um cone circular reto, cuja medida do raio da base é 𝑅, é cortado por um plano paralelo a sua base,
resultando dois sólidos de volumes iguais. Um destes sólidos é um cone circular reto, cuja medida do raio da
base é 𝑟. A relação existente entre 𝑅 e 𝑟 é
a) 𝑅 3 = 3𝑟 3 .
b) 𝑅 2 = 2𝑟 2 .
c) 𝑅 3 = 2𝑟 3 .
d) 𝑅 2 = 3𝑟 2 .

8. A medida da altura de uma pirâmide é 10 𝑚 e sua base é um triângulo retângulo isósceles cuja medida da
hipotenusa é 6 𝑚. Pode-se afirmar corretamente que a medida do volume dessa pirâmide, em 𝑚3 , é igual a
a) 60.
b) 30.
c) 15.
d) 45.

9. Em uma pirâmide regular, a base é um quadrado de lado 𝑞. Sabendo que as faces laterais dessa pirâmide
são triângulos equiláteros, pode-se afirmar que o seu volume é
a) 𝑞 3 √2
𝑞 3 √2
b)
6
𝑞√2
c) 2
𝑞 3 √3
d) 6
𝑞 3 √3
e) 3

10. Aumentando-se a medida "𝑎" da aresta da base de uma pirâmide quadrangular regular em 30% e
diminuindo- se sua altura "ℎ" em 30%, qual será a variação aproximada no volume da pirâmide?
a) Aumentará 18%.
b) Aumentará 30%.
c) Diminuirá 18%.
d) Diminuirá 30%.
e) Não haverá variação.

Gabarito comentado
Resposta da questão 1:
[C]

Calculando a área total do paralelepípedo, obtemos:


𝐴 𝑇 = 2 ⋅ (4 ⋅ 4 + 4 ⋅ 16 + 4 ⋅ 16)
𝐴 𝑇 = 2 ⋅ (16 + 64 + 64)
2
𝐴 𝑇 = 288 𝑐𝑚

Resposta da questão 2:
[D]

Se 𝑎 é a medida da aresta do cubo, então


3
𝑎3 = 8000 ⇔ 𝑎 = √8000
⇔ 𝑎 = 20𝑑𝑚.

Portanto, sabendo que o prisma e o cubo têm a mesma capacidade e a mesma altura, temos
3ℓ2 √3 800
⋅ 20 = 8000 ⇔ ℓ2 =
2 3√3
800√3
 ⇔ ℓ2 =
9
4
20√12
 ⇒ ℓ =
3
 ⇒ ℓ ≅ 12,4𝑑𝑚.

12,4
A resposta é 6 ⋅ 10
= 7,44 metros.

Resposta da questão 3:
[B]

Considerando 𝑟 o raio da base do cilindro, ℎ a altura do cilindro e que a área lateral do cilindro é 64𝜋, temos:
2 ⋅ 𝜋 ⋅ 𝑟 ⋅ ℎ = 64 ⋅ 𝜋 ⇒ 𝜋 ⋅ ℎ = 32 (Equação 1).

Considerando, agora, que 2𝑟 é o raio da base do cone, ℎ − 2 sua altura e o volume é 128𝜋 𝑐𝑚3 , podemos escrever
que:
1
3
⋅ 𝜋 ⋅ (2𝑟)2 ⋅ (ℎ − 2) = 128 ⋅ 𝜋 ⇒ 𝑟 2 ⋅ (ℎ − 2) = 96 (Equação 2)

Das equações 1 e 2, temos:


𝑟 2 ⋅ (ℎ − 2) = 96 ⇒
𝑟 ⋅ 𝑟 ⋅ ℎ − 2 ⋅ 𝑟 2 = 96 ⇒
32𝑟 − 2𝑟 2 = 96 ⇒
𝑟 2 − 16𝑟 + 48 = 0

Resolvendo a equação do segundo grau, obtemos 𝑟 = 12 ou 𝑟 = 4.


32
𝑟 = 12 ⇒ ℎ = 12 (não inteiro)
32
𝑟=4⇒ℎ= 4
= 8 (inteiro)

Calculando, agora, a geratriz do cone.


𝑔2 = (2𝑟)2 + (ℎ − 2)2 ⇒ 𝑔2 = 82 + 62 ⇒ 𝑔 = 10 𝑐𝑚.

Logo sua área lateral será dada por:


𝐴𝐿 = 𝜋 ⋅ 2𝑟 ⋅ 𝑔 = 𝜋 ⋅ 8 ⋅ 10 = 80𝜋𝑐𝑚2

Resposta da questão 4:
[C]

Basta calcularmos o volume do cone admitindo sua altura igual a 5 metros. Logo:
(Á𝑟𝑒𝑎 𝑑𝑎 𝐵𝑎𝑠𝑒)×𝐴𝑙𝑡𝑢𝑟𝑎 𝜋𝑟 2 ×5 3,14×42 ×5
𝐴= 3
= 3
= 3
= 83.733,33 ℓ.

Resposta da questão 5:
[A]

Seja 𝑟 a medida do raio da esfera obtida após a fundição de três esferas idênticas e maciças de diâmetro 2 𝑐𝑚.
Daí,
4 3 4
𝜋𝑟 = 3 ⋅ 𝜋 ⋅ 13
3 3
𝑟3 = 3
3
𝑟 = √3 𝑐𝑚

Observação: Tanto o enunciado quanto as alternativas não garantem que a medida do raio da nova esfera é dado
em 𝑐𝑚.

Resposta da questão 6:
[B]

Sendo 𝑎 o comprimento das arestas da base e 𝑏 a altura, pode escrever:


𝑉𝑎𝑛𝑡𝑖𝑔𝑜 = 𝑎2 ⋅ 𝑏
𝑉𝑛𝑜𝑣𝑜 = (2𝑎)2 ⋅ 𝑏 → 𝑉𝑛𝑜𝑣𝑜 = 4𝑎2 ⋅ 𝑏
𝑉𝑛𝑜𝑣𝑜 = 4 ⋅ 𝑉𝑎𝑛𝑡𝑖𝑔𝑜

Resposta da questão 7:
[C]

Sejam 𝑣 e 2𝑣, respectivamente, o volume do cone de raio 𝑟 e o volume do cone de raio 𝑅.


Portanto, como os cones são semelhantes, temos

𝑣 𝑟 3
2𝑣
= (𝑅) ⇔ 𝑅 3 = 2𝑟 3 .

Resposta da questão 8:
[B]

Desde que a medida da altura de um triângulo retângulo isósceles corresponde à metade da medida da hipotenusa,
segue que o resultado é
1 1
⋅ ⋅ 6 ⋅ 3 ⋅ 10 = 30 𝑚3 .
3 2

Resposta da questão 9:
[B]

𝑞 √3
Desde que as faces laterais são triângulos equiláteros de lado 𝑞, segue que o apótema da pirâmide mede 2
. Em
𝑞
consequência, sendo a medida do apótema da base igual a 2
, pelo Teorema de Pitágoras, segue que a altura da
𝑞√2
pirâmide mede 2
.

Portanto, a resposta é

1 𝑞√2 𝑞3 √2
3
⋅ 𝑞2 ⋅ 2
= 6
.

Resposta da questão 10:


[A]

1
𝑉𝑜𝑟𝑖𝑔𝑖𝑛𝑎𝑙 = ⋅ 𝑎2 ⋅ ℎ
3
1 1
𝑉𝑛𝑜𝑣𝑜 = ⋅ (1,3𝑎)2 ⋅ 0,7ℎ → 𝑉𝑛𝑜𝑣𝑜 = 1,183 ⋅ ⋅ 𝑎2 ⋅ ℎ
3 3
𝑉𝑛𝑜𝑣𝑜 = 1,183 ⋅ 𝑉𝑜𝑟𝑖𝑔𝑖𝑛𝑎𝑙 →  18,3% 𝑚𝑎𝑖𝑜𝑟
GEOMETRIA análitica
1)Seja 𝐴𝐵𝐶 um triângulo tal que 𝐴(1,  1), 𝐵(3, −1) e 𝐶(5,  3). O ponto _____ é o baricentro desse
triângulo.
a) (2,  1).
b) (3,  3).
c) (1,  3).
d) (3,  1).

2) Considere a reta 𝑟 de equação 𝑦 = 2𝑥 + 1. Qual das retas abaixo é perpendicular à reta 𝑟 e passa pelo
ponto 𝑃 = (4,  2)?
1
a) 𝑦 = 2 𝑥
b) 𝑦 = − 2𝑥 + 10
1
c) 𝑦 = − 2 𝑥 + 5
d) 𝑦 = − 2𝑥
1
e) 𝑦 = − 2 𝑥 + 4

3) No plano, com o sistema de coordenadas cartesianas usual, a distância do centro da circunferência 𝑥 2 +


𝑦 2 − 6𝑥 + 8𝑦 + 9 = 0 à origem é

𝑢.  𝑐. ≡ 𝑢𝑛𝑖𝑑𝑎𝑑𝑒 𝑑𝑒 𝑐𝑜𝑚𝑝𝑟𝑖𝑚𝑒𝑛𝑡𝑜
a) 3 𝑢.  𝑐.
b) 6 𝑢.  𝑐.
c) 5 𝑢.  𝑐.
d) 4 𝑢.  𝑐.

4) Considere os pontos 𝐴( 2,  8) e 𝐵( 8,  0) A distância entre eles é de


a) √14
b) 3√2
c) 3√7
d) 10

5) O triângulo determinado pelos pontos 𝐴(−1, −3), 𝐵( 2,  1) e 𝐶( 4,  3) tem área igual a
a) 1
b) 2
c) 3
d) 6

𝑥
6)A equação da reta 𝑟 que passa pelo ponto (16,  11) e que não intercepta a reta de equação 𝑦 = 2 − 5 é
𝑥
a) 𝑦 = 2 − 8
𝑥
b) 𝑦 = 2 + 11
𝑥
c) 𝑦 = 2 + 3
d) 𝑦 = 𝑥 − 8
e) 𝑦 = 𝑥 + 3
7)Se (𝑝,  𝑞) são as coordenadas cartesianas do centro da circunferência 𝑥 2 + 𝑦 2 − 4𝑥 + 2𝑦 − 4 = 0, então
é correto afirmar que 5𝑝 − 3𝑞 é igual a:
a) 7
b) 10
c) 13
d) 16
e) 19

8)No sistema cartesiano, sendo a circunferência 𝐶 de equação 𝑥 2 + 𝑦 2 + 6𝑥 − 2𝑦 = −6. Qual a equação


da circunferência 𝐶' simétrica de 𝐶 em relação à origem do sistema?
a) 𝑥 2 + 𝑦 2 − 6𝑥 + 2𝑦 = 4
b) 𝑥 2 + 𝑦 2 − 6𝑥 − 2𝑦 = −4
c) 𝑥 2 + 𝑦 2 + 6𝑥 + 2𝑦 = −4
d) 𝑥 2 + 𝑦 2 − 6𝑥 + 2𝑦 = −6
e) 𝑥 2 + 𝑦 2 + 6𝑥 + 2𝑦 = −6

9) No plano cartesiano, uma circunferência tem centro C(5,3) e tangencia a reta de equação 3𝑥 + 4𝑦 −
12 = 0.
A equação dessa circunferência é:
a) 𝑥 2 + 𝑦 2 − 10𝑥 − 6𝑦 + 25 = 0
b) 𝑥 2 + 𝑦 2 − 10𝑥 − 6𝑦 + 36 = 0
c) 𝑥 2 + 𝑦 2 − 10𝑥 − 6𝑦 + 49 = 0
d) 𝑥 2 + 𝑦 2 + 10𝑥 + 6𝑦 + 16 = 0
e) 𝑥 2 + 𝑦 2 + 10𝑥 + 6𝑦 + 9 = 0

10) ) Dois amigos caminham no plano 𝑥𝑦, ao longo de retas paralelas cujas equações são 2𝑥 + 5𝑦 = 7 e
3𝑥 + 𝑚𝑦 = 1. Então, o valor de 𝑚 é
11
a) 2
13
b) 2
15
c) 2
17
d) 2
19
e) 2

Gabarito comentado
Resposta da questão 1:
[D]

Sabendo que as coordenadas do baricentro correspondem à média aritmética simples das coordenadas
dos vértices do triângulo, vem

1+3+5 1−1+3
( ,  ) = (3,  1).
3 3

Resposta da questão 2:
[E]
Seja 𝑠 a reta perpendicular a 𝑟 e que passa pelo ponto 𝑃 = (4,  2). Logo, como 𝑚𝑟 = 2, segue que a
equação de 𝑠 é
1 1
𝑦 − 2 = − 2 ⋅ (𝑥 − 4) ⇔ 𝑦 = − 2 𝑥 + 4.

Resposta da questão 3:
[C]

Completando os quadrados, encontramos

𝑥 2 + 𝑦 2 − 6𝑥 + 8𝑦 + 9 = 0 ⇔ (𝑥 − 3)2 + (𝑦 + 4)2 = 16.

Portanto, o centro da circunferência é o ponto (3, −4) e, assim, a resposta é dada por

√32 + (−4)2 = 5 u.c.

Resposta da questão 4:
[D]

A distância 𝑑 entre os pontos 𝐴 e 𝐵 será dada por:


𝑑 = √(2 − 8)2 + (8 − 0)2 = √36 + 64 = √100 = 10

Resposta da questão 5:
[A]

Utilizando a regra de Sarrus para o cálculo do determinante, temos:


−1 −3 1 −1 −3
𝐷=| 2 1 1 |  2 1
4 3 1 4 3

𝐷 = −1 − 12 + 6 − 4 + 3 + 6 = −2 ⇒ 𝐷 = −2

Logo, a área do triângulo será dada por:


1
𝐴 = 2 ⋅ | − 2| = 1

Resposta da questão 6:
[C]

𝑥 1 1
A reta 𝑟 é paralela à reta 𝑦 = 2 − 5. Logo, se a equação de 𝑟 é 𝑦 = 𝑚𝑥 + ℎ, então 𝑚 = 2 e 11 = 2 ⋅ 16 +
ℎ ⇔ ℎ = 3.

Resposta da questão7:
[C]

𝑥 2 + 𝑦 2 − 4𝑥 + 2𝑦 − 4 = 0 ⇒ (𝑥 − 2)2 + (𝑦 + 1)2 = 32
𝑝=2
𝑞 = −1
5𝑝 − 3𝑞 = 10 + 3 = 13
Resposta da questão 8:
[D]

A equação reduzida de 𝐶 é

𝑥 2 + 𝑦 2 + 6𝑥 − 2𝑦 = −6 ⇔ (𝑥 + 3)2 − 9 + (𝑦 − 1)2 − 1 = −6
  ⇔ (𝑥 + 3)2 + (𝑦 − 1)2 = 22 .

Por conseguinte, a equação de 𝐶' é

(𝑥 − 3)2 + (𝑦 + 1)2 = 22 ⇔ 𝑥 2 + 𝑦 2 − 6𝑥 + 2𝑦 = −6.

Resposta da questão 9:
[A]

O raio da circunferência corresponde à distância de 𝐶(5,  3) à reta 3𝑥 + 4𝑦 − 12 = 0, isto é,

|3 ⋅ 5 + 4 ⋅ 3 − 12|
= 3.
√32 + 42

Portanto, a equação da circunferência é

(𝑥 − 5)2 + (𝑦 − 3)2 = 32 ⇔ 𝑥 2 + 𝑦 2 − 10𝑥 − 6𝑦 + 25 = 0.


[C]

Resposta da questão 10
:Retas paralelas possuem o mesmo coeficiente angular, portanto:
2𝑥 7 2
(𝑟) 2𝑥 + 5𝑦 = 7 ⇒ 𝑦 = − + ⇒ 𝑚𝑟 = −
5 5 5
3 1 3
(𝑠) 3𝑥 + 𝑚𝑦 = 1 ⇒ 𝑦 = − ⋅ 𝑥 + ⇒ 𝑚𝑠 = −
𝑚 3 𝑚

Logo,
2 3 15
− 5 = − 𝑚 ⇒ −2𝑚 = −15 ⇒ 𝑚 = 2

GEOMETRIA plana
1. Um triângulo equilátero e um hexágono regular estão inscritos na mesma circunferência. Qual a razão
entre a área do triângulo equilátero e do hexágono regular?
a) 1.
1
b) 2.
1
c) 3.
2
d) 3.
1
e) 4.
2. Um retângulo de lados 3 𝑐𝑚 e 4 𝑐𝑚 está inscrito em um círculo 𝐶.

Quanto vale, em 𝑐𝑚2 , a área deste círculo?


22
a) 3 𝜋
25
b) 4 𝜋
c) 𝜋
d) 9𝜋
e) 25𝜋

3. Em um triângulo 𝐴𝐵𝐶, 𝐵Â𝐶 é o maior ângulo e 𝐴𝐶̂ 𝐵 é o menor ângulo. A medida do ângulo 𝐵Â𝐶 é 70°
maior que a medida de 𝐴𝐶̂ 𝐵. A medida de 𝐵Â𝐶 é o dobro da medida de 𝐴𝐵̂ 𝐶.

Portanto, as medidas dos ângulos são


a) 20°,  70° e 90°.
b) 20°,  60° e 100°.
c) 10°,  70° e 100°.
d) 30°,  50° e 100°.
e) 30°,  60° e 90°.

4. Os lados de um triângulo medem 13 𝑐𝑚, 14 𝑐𝑚 e 15 𝑐𝑚, e sua área mede 84 𝑐𝑚2 . Considere um
segundo triângulo, semelhante ao primeiro, cuja área mede 336 𝑐𝑚2 .

A medida do perímetro do segundo triângulo, em centímetros, é


a) 42
b) 84
c) 126
d) 168
e) 336

5. Determine a altura relativa à hipotenusa de um triângulo retângulo, cujos catetos medem 6 𝑐𝑚 e 8 𝑐𝑚.
a) 3,6 𝑐𝑚.
b) 4,8 𝑐𝑚.
c) 6,0 𝑐𝑚.
d) 6,4 𝑐𝑚.
e) 8,0 𝑐𝑚.

6. Seja 𝐴 um quadrado de lado 𝑎 cuja área é nove vezes maior do que a área de um outro quadrado 𝐵, de
lado 𝑏. A fração irredutível que representa a razão entre a diagonal do quadrado 𝐵 e a diagonal do
quadrado 𝐴 possui como denominador um número
a) par.
b) primo.
c) múltiplo de 5.
d) múltiplo de 9.

Gabarito comentado
Resposta da questão 1:
[B]
Recordando as fórmulas de áreas inscritas do triangulo equilátero e hexágono temos:
3𝑟 2 √3
𝐴𝑡𝑟𝑖𝑎𝑛𝑔𝑢𝑙𝑜 =
4

3𝑟 2 √3
𝐴ℎ𝑒𝑥á𝑔𝑜𝑛𝑜 =
2

Dividindo-as, temos:
3𝑟2 √3
𝐴𝑡𝑟𝑖𝑎𝑛𝑔𝑢𝑙𝑜 4 1
= 3𝑟2 √3
=
𝐴ℎ𝑒𝑥á𝑔𝑜𝑛𝑜 2
2

Resposta da questão 2:
[B]

A diagonal do retângulo corresponde ao diâmetro do círculo. Logo, pelo Teorema de Pitágoras, concluímos que a
diagonal mede 5𝑐𝑚 e, portanto, o resultado é

5 2 25
𝜋 ⋅ (2 ) = 4
𝜋 𝑐𝑚2 .

Resposta da questão 3:
[D]

De acordo com as informações do problema e considerando que 𝐴𝐶̂ 𝐵 = 𝑥, temos:

𝑥 + 70°
𝑥 + 70° + + 𝑥 = 180°
2
2𝑥 + 140° + 𝑥 + 70° + 2𝑥 = 360°
5𝑥 = 150°
𝑥 = 30°

Portanto, as medidas dos ângulos são:


𝑥 = 30°

𝑥 + 70° 30° + 70°


= = 50°
2 2

𝑥 + 70° = 100°

Resposta da questão 4:
[B]

Seja 2𝑝 o perímetro desejado. Como os triângulos são semelhantes e o perímetro do primeiro triângulo é igual a
13 + 14 + 15 = 42𝑐𝑚, temos
2𝑝 2 336 2𝑝 2
( ) = ⇔( ) =4
42 84 42
 ⇒ 2𝑝 = 84𝑐𝑚.

Resposta da questão 5:
[B]

Observe primeiramente que:

Obtendo a hipotenusa temos:


ℎ𝑖𝑝2 = 𝑐𝑎𝑡 2 + 𝑐𝑎𝑡 2
ℎ𝑖𝑝2 = 82 + 62
ℎ𝑖𝑝 = √100 = 10

Analisando a altura relativa (ℎ), temos:

Segundo as propriedades referentes a altura relativa a hipotenusa podemos afirmar que:


62 = 𝑚 ⋅ 10 ⇒ 36 = 10𝑚
𝑚 = 3,6

E que:
82 = 𝑛 ⋅ 10 ⇒ 10𝑛 = 64
𝑛 = 6,4

Por fim, basta aplicar a relação ℎ = 𝑚 ⋅ 𝑛 sobre o triangulo. Logo:


ℎ2 = 𝑚 ⋅ 𝑛
ℎ2 = 3,6 × 6,4
ℎ = √23,04 = 4,8

Resposta da questão 6:
[B]
𝑎2 = 9𝑏 2 ⇒ 𝑎 = 3𝑏

Portanto, a razão entre as diagonais será dada por:


𝑏√2 𝑏 𝑏 1
= = =
𝑎√2 𝑎 3𝑏 3

Logo, o denominador é um número primo.

funções
2
1 𝑥
1. Os valores de 𝑥, 𝑥 ∈ ℝ, que satisfazem as condições (5) ≤ 5−4𝑥 e 𝑥 2 ≤ 5, são
a) 𝑥 ≤ −√5 ou 𝑥 ≥ √5
b) −√5 ≤ 𝑥 ≤ √5
c) 0 ≤ 𝑥 ≤ 4
d) 𝑥 ≤ 0 ou 𝑥 ≥ 4
e) −√5 ≤ 𝑥 ≤ 0

𝑥
2. Se 𝑓 e 𝑔 são funções reais definidas por 𝑓(𝑥) = √𝑥 e 𝑔(𝑥) = 2𝑥 2 −5𝑥+2, então o domínio da função
composta 𝑓 ∘ 𝑔 é o conjunto
1
a) {𝑥 ∈ ℝ|0 ≤ 𝑥 ≤ ∨ 𝑥 ≥ 2}
2

1
b) {𝑥 ∈ ℝ|0 ≤ 𝑥 < 2 ∨ 𝑥 > 2}
1
c) {𝑥 ∈ ℝ|0 < 𝑥 < 2 ∨ 𝑥 > 2}
1
d) {𝑥 ∈ ℝ|𝑥 < 2 ∨ 𝑥 > 2}
1
e) {𝑥 ∈ ℝ|𝑥 ≤ 2 ∨ 𝑥 ≥ 2}

64
3. A equação 2𝑥+1 − 24 = − 2𝑥 possui como solução
a) 𝑥 = 2 e 𝑥 = 3
b) 𝑥 = 2 e 𝑥 = 6
c) 𝑥 = 3 e 𝑥 = 6
d) 𝑥 = 4 e 𝑥 = 8

4. No estudo de uma população de bactérias, identificou-se que o número 𝑁 de bactérias, 𝑡 horas após o
início do estudo, é dado por 𝑁( 𝑡) = 20 ⋅ 21,5 𝑡 .

Nessas condições, em quanto tempo a população de bactérias duplicou?


a) 15 𝑚𝑖𝑛.
b) 20 𝑚𝑖𝑛.
c) 30 𝑚𝑖𝑛.
d) 40 𝑚𝑖𝑛.
e) 45 𝑚𝑖𝑛.

5. ) Assinale a menor solução inteira da inequação 4𝑥 − 10 > 2.


a) 2
b) 3
c) 4
d) 12
e) 60

6. Seja a função real 𝑓(𝑥) = 𝑙𝑜𝑔(𝑥+2)   (2𝑥 2 − 5𝑥 + 2). A função 𝑓(𝑥) dada está definida no conjunto dos
números reais 𝑥, tais que
1
a) −2 ≤ 𝑥 < 2 ou 𝑥 > 2 e 𝑥 = −1
1
b) −2 < 𝑥 < 2 ou 𝑥 > 2 e 𝑥 = −1
1
c) −2 < 𝑥 ≤ 2 ou 𝑥 < 2 e 𝑥 ≠ −1
1
d) −2 < 𝑥 < 2 ou 𝑥 > 2 e 𝑥 ≠ −1
1
e) −2 ≤ 𝑥 ≤ 2 ou 𝑥 > 2 e 𝑥 ≠ −1

7. Quando estudamos Cinemática, em Física, aprendemos que podemos calcular a altura de uma bala
atirada para cima pela fórmula

ℎ = 200𝑡 − 5𝑡 2 ,

onde ℎ é a altura, em metros, atingida após 𝑡 segundos do lançamento. Qual o menor intervalo de tempo
para a bala atingir 1.875 metros de altura?
a) 20 𝑠.
b) 15 𝑠.
c) 5 𝑠.
d) 11 𝑠.
e) 17 𝑠.

8. No plano, com o sistema de coordenadas cartesianas usual, o gráfico da função 𝑓: 𝑅 → 𝑅, 𝑓(𝑥) = 𝑎𝑥 2 +


𝑏𝑥 + 𝑐, 𝑎 ≠ 0 é uma parábola. Se os pontos (−1, −7), (1, −15) e (7,  9) estão no gráfico de 𝑓, então, a
soma das coordenadas do vértice da parábola é
a) −14.
b) −17.
c) −15.
d) −16.

9. A função quadrática cujo gráfico contém os pontos (0, −9), (1,  0) e (2,  15) tem vértice em:
a) (−2, −13)
b) (1,  0)
c) (0, −9)
d) (2,  15)
e) (−1, −12)

10. Seja a função ℎ( 𝑥) definida para todo número real 𝑥 por

2𝑥+1 𝑠𝑒 𝑥 ≤ 1,
ℎ( 𝑥) = {
√𝑥 − 1 𝑠𝑒 𝑥 > 1.

Então, ℎ(ℎ( ℎ( 0))) é igual a


a) 0.
b) 2.
c) 4.
d) 8.

11A temperatura, em graus Celsius, de um objeto armazenado em um determinado local é modelada pela
𝑥2
função 𝑓(𝑥) = − 12 + 2𝑥 + 10, com 𝑥 dado em horas.

A temperatura máxima atingida por esse objeto nesse local de armazenamento é de


a) 0 °𝐶
b) 10 °𝐶
c) 12 °𝐶
d) 22 °𝐶
e) 24 °𝐶

12. Dadas as funções 𝑓 e 𝑔, definidas por 𝑓( 𝑥) = 𝑥 2 + 1 e 𝑔(𝑥) = 𝑥, o intervalo tal que 𝑓( 𝑥) > 𝑔( 𝑥) é
−1−√5 −1+√5
a) ( ,  ).
2 2
−1−√5 −1+√5
b) (−∞,  )∪( , +∞).
2 2
1−√5 1+√5
c) (−∞,  )∪( , +∞).
2 2
1−√5 1+√5
d) ( 2 ,  2 ).
e) (−∞, +∞).

2𝑥 2 √6
13. Seja o número real 𝑥 tal que 𝑊 = − 𝑥 + 21. Sendo assim, qual o valor de 𝑥 para que 𝑊 seja
9 6
mínimo?
a) 3√6
3√6
b) 8
c) 7√9
2√6
d) 3
e) 6√6
14. Sejam as funções reais 𝑓( 𝑥) = 2 𝑥 2 − 17𝑥 + 8 e 𝑔(𝑥) = 2𝑥 . O produto das raízes da equação
𝑓(𝑔( 𝑥)) = 0 é
a) −4.
b) −3.
c) 3.
d) 4.

15. No plano, com o sistema de coordenadas cartesiano usual, o gráfico da função quadrática 𝑓(𝑥) =
𝑎𝑥 2 + 𝑏𝑥 + 𝑐 intersecta o eixo 𝑦 no ponto (0,  23) e atinge seu mínimo igual a 7 quando 𝑥 = 4. Nessas
condições, a soma dos coeficientes 𝑎 + 𝑏 + 𝑐 é igual a
a) 25.
b) 16.
c) 21.
d) 18.

16. Um fazendeiro dispõe de material para construir 60 metros de cerca em uma região retangular, com
um lado adjacente a um rio.

Sabendo que ele não pretende colocar cerca no lado do retângulo adjacente ao rio, a área máxima da
superfície que conseguirá cercar é:
a) 430 𝑚2
b) 440 𝑚2
c) 460 𝑚2
d) 470 𝑚2
e) 450 𝑚2

17. O conjunto imagem de uma função inversível é igual ao domínio de sua inversa. Sendo 𝑓: 𝐴 → 𝐵 tal
2𝑥−1
que 𝑓(𝑥) = 𝑥+1 uma função real inversível, seu conjunto imagem é:
a) ℝ − {1}
b) ℝ − {−1}
c) ℝ − {−2}
d) ℝ − {0}
e) ℝ − {2}

5
18. Se a função 𝑓: ℝ − {2} → ℝ∗ é definida por 𝑓(𝑥) = 2−𝑥 e 𝑓 −1 a sua inversa, então 𝑓 −1 (−2) é igual a
1
a) − 2
9
b) 2
9
c) − 2
1
d) 2
5
e) 4

19. Numa serigrafia, o preço 𝑦 de cada camiseta relaciona-se com a quantidade 𝑥 de camisetas
encomendadas, através da fórmula 𝑦 = −0,4𝑥 + 60. Se foram encomendadas 50 camisetas, qual é o custo
de cada camiseta?
a) 𝑅$ 40,00
b) 𝑅$ 50,00
c) 𝑅$ 70,00
d) 𝑅$ 80,00

20. Considere a função real da forma 𝑓(𝑥) = 𝑎𝑥 + 𝑏.

Sabendo que 𝑓(1) = −1 e 𝑓(0) = 2, qual é o valor do produto 𝑎 ⋅ 𝑏?


a) 1
b) 6
c) −3
d) −4
e) −6

Gabarito comentado

Gabarito:

Resposta da questão 1:
[E]

Calculando:
1 𝑥
2
𝑥≥4
−4𝑥 −𝑥 2 −4𝑥 2 2
1)  ( ) ≤ 5 ⇒5 ≤5 ⇒ −𝑥 ≤ −4𝑥 ⇒ 𝑥 − 4 ≥ 0 ⇒ {𝑜𝑢
5
𝑥≤0
2
2)  𝑥 ≤ 5 ⇒ −√5 ≤ 𝑥 ≤ 𝑥√5

Assim:
−√5 ≤ 𝑥 ≤ 0

Resposta da questão 2:
[B]
𝑥
De 𝑓(𝑥) = √𝑥 e 𝑔(𝑥) = ,
2𝑥 2 −5𝑥+2
𝑥
𝑓∘ 𝑔 = 𝑓(𝑔(𝑥)) = √ .
2𝑥 2 − 5𝑥 + 2

Logo,
𝑥
≥ 0 (𝑖)
2𝑥 2 − 5𝑥 + 2
2𝑥 2 − 5𝑥 + 2 ≠ 0 (𝑖𝑖)
1
As raízes de 2𝑥 2 − 5𝑥 + 2 = 0 são 𝑥 = 2 e 𝑥 = .
2
De (𝑖𝑖),
1
𝑥 ≠ 2e𝑥 ≠ .
2
De (𝑖),
𝑥
≥0
(𝑥 − 2) ⋅ (2𝑥 − 1)

Então,
1
0 ≤ 𝑥 < ∨ 𝑥 > 2.
2

Resposta da questão 3:
[A]

Note que 2𝑥+1 = 2𝑥 ⋅ 2. Daí, temos:


64 64
2𝑥+1 − 24 = − ⇒ 2 𝑥
⋅ 2 − 24 = −
2𝑥 2𝑥

Fazendo a mudança de variável 2𝑥 = 𝑦:


64
2 ⋅ 𝑦 − 24 = − ⇒ 𝑦 ⋅ (2𝑦 − 24) = −64
𝑦
2𝑦 2 + 24𝑦 + 64 = 0

Dividindo toda sentença por 2:


𝑦 2 + 12𝑦 + 32 = 0

Aplicando a Fórmula de Bhaskara temos:


−𝑏 ± √𝑏 2 − 4 ⋅ 𝑎 ⋅ 𝑐 12 ± √144 − 128
𝑦= =
2⋅𝑎 2

12 ± √16 𝑦=4
𝑦= ={
2 𝑦=8

Voltando a variável original 2𝑥 = 𝑦, temos: 2𝑥 = 4 e 2𝑥 = 8.


𝑖) 2𝑥 = 4 ⇒ 2𝑥 = 22 ⇒ 𝑥 = 2
𝑖𝑖) 2𝑥 = 8 ⇒ 2𝑥 = 23 ⇒ 𝑥 = 3

Resposta da questão 4:
[D]

Calculando o número inicial de bactérias, temos:


𝑁( 0) = 20 ⋅ 21,5⋅ 0 = 20
Vamos determinar o valor de 𝑡 em horas de modo que o número de bactérias seja 40.
40 = 20 ⋅ 21,5⋅𝑡 .
2 = 21,5⋅𝑡
1,5 ⋅ 𝑡 = 1
1 2
𝑡= = ℎ
1,5 3
2 2⋅60𝑚𝑖𝑛
ℎ=
3 3𝑚𝑖𝑛

Resposta da questão 5:
[C]

De 4𝑥 − 10 > 2, temos:
4 𝑥 > 12
𝑥 >3

Logo, a menor solução inteira da inequação 4𝑥 − 10 > 2 é o número 4.

Resposta da questão 6:
[D]

Calculando:
𝑓(𝑥) = 𝑙𝑜𝑔(𝑥+2)   (2𝑥 2 − 5𝑥 + 2)
𝑥 + 2 > 0 ⇒ 𝑥 > −2
𝑥 + 2 ≠ 1 ⇒ 𝑥 ≠ −1
2𝑥 2 − 5𝑥 + 2 > 0
Δ = (−5)2 − 4 ⋅ 2 ⋅ 2 = 25 − 16 = 9
5 ± √9 𝑥=2
𝑥= ⇒{ 1 ⇒ 2 < 𝑥 < 1/2  (𝑣𝑒𝑟 𝑔𝑟á𝑓𝑖𝑐𝑜)
2⋅2 𝑥=
2
1
Solução: −2 < 𝑥 < ou 𝑥 > 2 e 𝑥 ≠ −1
2

Resposta da questão 7:
[B]

Fazendo ℎ = 1875, temos:


1875 = −5𝑡 2 + 200𝑡
5𝑡 2 − 200𝑡 + 1875 = 0
𝑡 2 − 40𝑡 + 375 = 0
40 ± √100
𝑡= ⇒ 𝑡 = 15 𝑜𝑢 𝑡 = 25
2

Como foi pedido o menor intervalo de tempo, temos 𝑡 = 15 𝑠.


Resposta da questão 8:
[A]

Tem-se que
𝑎 ⋅ (−1)2 + 𝑏 ⋅ (−1) + 𝑐 = −7 𝑐 =𝑏−𝑎−7
|𝑎 ⋅ 1 + 𝑏 ⋅ 1 + 𝑐 = −15
2 ⇔ |𝑎 + 𝑏 + 𝑐 = −15
2
𝑎⋅7 +𝑏⋅7+𝑐 =9 49𝑎 + 7𝑏 + 𝑐 = 9
𝑐 =𝑏−𝑎−7
   ⇔ |2𝑏 = −8
6𝑎 + 𝑏 = 2
𝑐 = −12
   ⇔ |𝑏 = −4 .
𝑎=1

Donde vem
𝑓(𝑥) = 𝑥 2 − 4𝑥 − 12 = (𝑥 − 2)2 − 16.

Por conseguinte, o vértice é o ponto (2, −16) e, assim, a resposta é 2 + (−16) = −14.

Resposta da questão 9:
[E]

Seja 𝑦 = 𝑎𝑥 2 + 𝑏𝑥 + 𝑐, com 𝑎 ≠ 0, a lei da função. Logo, temos 𝑐 = −9 e, portanto, vem


2 𝑎+𝑏 =9
|𝑎 ⋅ 12 + 𝑏 ⋅ 1 − 9 = 0 ⇔ |
𝑎 ⋅ 2 + 𝑏 ⋅ 2 − 9 = 15 2𝑎 + 𝑏 = 12
   ⇔ 𝑎 = 3 e 𝑏 = 6.

Em consequência, escrevendo a forma canônica da lei da função, encontramos


𝑦 = 3(𝑥 2 + 2𝑥 − 3) = 3(𝑥 + 1)2 − 12.

A resposta é (−1, −12).

Resposta da questão 10:


[C]

Desde que ℎ(0) = 21 = 2 temos, ℎ(2) = √2 − 1 = 1 e, portanto, vem ℎ(1) = 21+1 = 4.

Portanto, a resposta é
ℎ(ℎ(ℎ(0))) = ℎ(ℎ(2)) = ℎ(1) = 4.

Resposta da questão 11:


[D]
Reescrevendo a lei de 𝑓 sob a forma canônica, vem
1 1
𝑓(𝑥) = − (𝑥 2 − 24𝑥) + 10 = − (𝑥 − 12)2 + 22.
12 12

Portanto, segue que a temperatura máxima é atingida após 12 horas, correspondendo a


22 °C.

Resposta da questão 12:


[E]

𝑓( 𝑥) > 𝑔(𝑥)
𝑥2 + 1 > 𝑥
𝑥2 − 𝑥 + 1 > 0

A equação 𝑥 2 − 𝑥 + 1 = 0 não possui raízes reais, logo 𝑥 2 − 𝑥 + 1 > 0 para todo o 𝑥,


concluímos que a solução desta inequação é o conjunto dos números reais que também
poderá ser representado por (−∞, +∞).

Resposta da questão 13:


[B]

Sabemos que 𝑊 é uma função do segundo grau na variável 𝑥 real, portanto, o valor de 𝑥
para o qual 𝑊 é mínimo será dado por:
√6
𝑏 − √6 9 3⋅√6
6
𝑥=− = 2 =− ⋅ =−
2⋅𝑎 2⋅ 6 4 8
9

Resposta da questão 14:


[B]

Devemos inicialmente resolver a equação:


17 ± √225 1
2𝑥 2 − 17𝑥 + 8 = 0 ⇒ 𝑥 = ⇒ 𝑥 = 8  𝑜𝑢  𝑥 =
2⋅2 2
1
Como 8 e são os valores de 𝑥 que tornam 𝑓(𝑥) = 0, podemos escrever que:
2
1
𝑓(𝑔(𝑥)) = 0 ⇒ 𝑔(𝑥) = 8  𝑜𝑢  𝑔(𝑥) = , portanto:
2

2 𝑥 = 8 ⇒ 2 𝑥 = 23 ⇒ 𝑥 = 3
ou
1
2𝑥 = ⇒ 2𝑥 = 2−1 ⇒ 𝑥 = −1
2
Logo, o produto das raízes será dado por:
3 ⋅ (−1) = −3

Resposta da questão 15:


[B]

Se o gráfico de 𝑓 passa pelo ponto (0,  23) e o ponto de mínimo é (4,  7), então

23 = 𝑎 ⋅ (0 − 4)2 + 7 ⇔ 𝑎 = 1.

Portanto, segue que a resposta é dada por

(4,  7), 𝑓(1) = (1 − 4)2 + 7 = 16.

Resposta da questão 16:


[E]

Calculando:
𝑦 + 2𝑥 = 60 ⇒ 𝑦 = 60 − 2𝑥
𝑆𝑟𝑒𝑡â𝑛𝑔𝑢𝑙𝑜 = 𝑥 ⋅ 𝑦 = 𝑥 ⋅ (60 − 2𝑥) = 60𝑥 − 2𝑥 2
−60
𝑥𝑚á𝑥 = ⇒ 𝑥𝑚á𝑥 = 15 ⇒ 𝑦𝑚á𝑥 = 30
2 ⋅ (−2)
𝑆𝑟𝑒𝑡â𝑛𝑔𝑢𝑙𝑜 = 15 ⋅ 30 = 450 𝑚2

Resposta da questão 17:


[E]

Lembrando que é possível definir tantas funções quanto queiramos por meio da lei 𝑓(𝑥) =
2𝑥−1
, vamos supor que o domínio de 𝑓 seja o conjunto dos números reais 𝑥, tal que 𝑥 ∈
𝑥+1
ℝ − {−1}. Assim, temos
2𝑥 − 1
𝑦= ⇒ 𝑦𝑥 + 𝑦 = 2𝑥 − 1
𝑥+1
   ⇒ 𝑥(𝑦 − 2) = −(𝑦 + 1)
𝑦+1
   ⇒ 𝑥 = .
2−𝑦

𝑥+1
Portanto, sendo 𝑓 −1 (𝑥) = a lei da inversa de 𝑓, podemos afirmar que a imagem de 𝑓 é
2−𝑥
o conjunto dos números reais 𝑦 tal que 𝑦 ∈ ℝ − {2}.

Resposta da questão 18:


[B]
Impondo 𝑓(𝑥) = −2, temos
5 9
−2 = ⇔ 2𝑥 − 4 = 5 ⇔ 𝑥 = .
2−𝑥 2
9
Portanto, segue que 𝑓 −1 (−2) = .
2

Resposta da questão 19:


[A]

Para obter o custo de cada camiseta, basta aplicar o valor 𝑥 = 50 na função 𝑦(𝑥).
𝑦(𝑥) = −0,4𝑥 + 60
𝑦(50) = −0,4 ⋅ (50) + 60
𝑦(50) = −20 + 60 = 40

Portanto, 𝑅$ 40,00 cada camiseta.

Resposta da questão 20:


[E]

De 𝑓(𝑥) = 𝑎𝑥 + 𝑏,  𝑓(1) = −1 e 𝑓(0) = 2, temos:


𝑎⋅ 0 + 𝑏 = 2 ∴ 𝑏 = 2 e 𝑎 + 𝑏 = −1

Como 𝑏 = 2 e 𝑎 + 𝑏 = −1,
𝑎 + 2 = −1
𝑎 =−3

Assim,
𝑎 ⋅ 𝑏 = −3 ⋅ 2
𝑎 ⋅ 𝑏 = −6

Análise combinatória e probabilidade


1. Uma família mudou-se da zona rural para uma cidade grande, onde os pais e seus 10 filhos deverão
morar numa casa de três quartos. Os dez filhos deverão ocupar dois quartos, sendo 6 filhos num quarto e
4 filhos em outro quarto.

De quantos modos os filhos poderão ser separados dessa forma?


a) 6! + 4!
b) 6! 4!
10!
c) 6!4!
10!
d) 6!

2. A secretária de um médico precisa agendar quatro pacientes, 𝐴,   𝐵,  𝐶 e 𝐷, para um mesmo dia. Os


pacientes 𝐴 e 𝐵 não podem ser agendados no período da manhã e o paciente 𝐶 não pode ser agendado no
período da tarde.

Sabendo que para esse dia estão disponíveis 3 horários no período da manhã e 4 no período da tarde, o
número de maneiras distintas de a secretária agendar esses pacientes é
a) 72.
b) 126.
c) 138.
d) 144.

3. O técnico da seleção brasileira de futebol precisa convocar mais 4 jogadores, dentre os quais
exatamente um deve ser goleiro.

Sabendo que na sua lista de possibilidades para essa convocação existem 15 nomes, dos quais 3 são
goleiros, qual é o número de maneiras possíveis de ele escolher os 4 jogadores?
a) 220
b) 660
c) 1.980
d) 3.960
e) 7.920

4. O número de anagramas da palavra 𝑃𝑅Ê𝑀𝐼𝑂 nos quais as três vogais ficam juntas é igual a
a) 2! ⋅ 3!
b) 3! ⋅ 3!
c) 3! ⋅ 4!
d) 3! ⋅ 6!
e) 6!

5. Uma pessoa dispõe das seguintes cores de tinta: amarela, azul, verde, vermelha e branca, e irá utilizá-las
para pintar um pote. Nesse pote serão pintadas a tampa, a lateral e uma lista na lateral, de modo que a
tampa e a lateral poderão ter a mesma cor ou cores diferentes. O número de maneiras distintas de pintar
esse pote é
a) 100
b) 80
c) 60
d) 40

6. Seja 𝑛 a quantidade de anagramas da palavra FILOSOFIA que possuem todas as vogais juntas.

Temos que 𝑛 vale:


a) 1.800
b) 3.600
c) 4.800
d) 181.440
e) 362.880

7. Um fotógrafo foi contratado para tirar fotos de uma família composta por pai, mãe e quatro filhos.
Organizou as pessoas lado a lado e colocou os filhos entre os pais. Mantida essa configuração, o número de
formas em que poderão se posicionar para a foto é
a) 4
b) 6
c) 24
d) 36
e) 48

8A quantidade de anagramas da palavra CONCURSO é:


a) 2520
b) 5040
c) 10080
d) 20160
e) 40320

9. (Para a escolha de um júri popular formado por 21 pessoas, o juiz-presidente de uma determinada
Comarca dispõe de uma listagem com nomes de trinta homens e de vinte mulheres. O número de
possibilidades de formar um júri popular composto por exatamente 15 homens é
15 6
a) 𝐶30 ⋅ 𝐶20
b) 𝐴15 6
30 ⋅ 𝐴20
15 6
c) 𝐶30 + 𝐶20
d) 𝐴15
30 + 𝐴20
6
21
e) 𝐶50

10. Em uma sorveteria, há sorvetes nos sabores morango, chocolate, creme e flocos.
De quantas maneiras podemos montar uma casquinha, com dois sabores diferentes, nessa sorveteria?
a) 6 maneiras
b) 7 maneiras
c) 8 maneiras
d) 9 maneiras
e) 10 maneiras

11. O grêmio estudantil do Colégio Alvorada é composto por 6 alunos e 8 alunas. Na última reunião do
grêmio, decidiu-se formar uma comissão de 3 rapazes e 5 moças para a organização das olimpíadas do
colégio. De quantos modos diferentes pode-se formar essa comissão?
a) 6720.
b) 100800.
c) 806400.
d) 1120.

12. Lançando-se determinada moeda tendenciosa, a probabilidade de sair cara é o dobro da probabilidade
de sair coroa. Em dois lançamentos dessa moeda, a probabilidade de sair o mesmo resultado é igual a
1
a) 2.
5
b) 9.
2
c) 3.
3
d) 5.

13. Temos uma urna com 6 bolinhas numeradas de 1 a 6. Retiramos duas bolinhas sem reposição e
calculamos a soma dos números das bolinhas sorteadas. Qual é a probabilidade de que a soma seja igual a
4?
1
a) 36
1
b)
30
1
c) 18
1
d) 15
1
e) 12

14. Temos uma urna com 5 bolinhas numeradas de 1 a 5. Retiramos duas bolinhas sem reposição e
calculamos a soma dos números das bolinhas sorteadas.
Qual é a probabilidade de que a soma seja par?
2
a) 5
5
b) 12
1
c) 2
7
d) 12
3
e) 5

15. Ao lançar um dado 3 vezes sucessivas, qual é a probabilidade de obter ao menos um número ímpar?
1
a) 8
1
b) 4
3
c) 8
5
d) 8
7
e) 8

16. Um dado não tendencioso de seis faces será lançado duas vezes. A probabilidade de que o maior valor
obtido nos lançamentos seja menor do que 3 é igual a
1
a) 3.
1
b) 5.
1
c) 7.
1
d) 9.

17. Sejam os conjuntos 𝐴 = {1,  2,  3,  4,  5} e 𝐵 = {6,  7,  8,  9,  10}. Escolhendo-se ao acaso um elemento
de 𝐴 e um elemento de 𝐵, a probabilidade de que a soma dos dois números escolhidos seja um número
par é:
1
a) 2
3
b) 5
12
c) 25
6
d) 25
7
e) 10

gabarito comentado
Resposta da questão 1:
[C]

Devemos considerar o número de maneiras distintas de se colocar 6 filhos no primeiro quarto. Para isto
devemos fazer uma combinação de 10 elementos tomados 6 a 6.
10!
𝐶10,6 = 6!⋅4!

Resposta da questão 2:
[D]

Atendendo o paciente D no período da manhã: 𝐴3,2 × 𝐴4,2 = 6 × 12 = 72


ou
Atendendo o paciente D no período da tarde: 𝐴3,1 × 𝐴4,3 = 3 × 24 = 72

Logo, o número de maneiras distintas de a secretária agendar esses pacientes é:


72 + 72 = 144.

Resposta da questão 3:
[B]

Do enunciado, temos:
Há 3 possibilidades para a escolha do goleiro.
O total de maneiras de escolher os outros três jogadores, após a escolha do goleiro é dado por:
12!
𝐶12,3 =
3! ⋅ (12 − 3)!
12!
𝐶12,3 =
3! ⋅ 9!
12 ⋅ 11 ⋅ 10 ⋅ 9!
𝐶12,3 =
3 ⋅ 2 ⋅ 1 ⋅ 9!
𝐶12,3 = 220

Assim, o total de maneiras de escolher os quatro jogadores, pelo princípio fundamental da contagem é:
3 ⋅ 220 = 660

Resposta da questão 4:
[C]

Juntando as vogais E, I e O, elas passam a “comportar-se” como uma única letra, que pode, por exemplo,
ser indicada por X (significa somente, que é uma letra distinta das letras P, R e M).
Assim, queremos formar anagramas com as letras P, R, M e X, ou seja, podemos formar 4! anagramas.
Observe ainda que a letra X pode ser representada de 3! maneiras (permutação das letras E, I e O).
Logo, pelo princípio multiplicativo, o número de anagramas da palavra PRÊMIO nos quais as três vogais
ficam juntas é igual a 4! ⋅ 3!.

Resposta da questão 5:
[A]
Pelo enunciado pode-se deduzir que a cor da listra e a da lateral precisam ser diferentes para que a listra
seja visível. Assim, a listra só precisa ser de uma cor distinta da cor da lateral, logo as possibilidades são: 5
possibilidades de cor na tampa, 5 possibilidades de cor na lateral e 4 possibilidades de cor na listra. Pelo
Princípio Fundamental da Contagem, tem-se:
5 ⋅ 5 ⋅ 4 = 100 𝑝𝑜𝑠𝑠𝑖𝑏𝑖𝑙𝑖𝑑𝑎𝑑𝑒𝑠

Resposta da questão 6:
[A]

Considerando todas as vogais como uma única letra, segue que a resposta é dada por

(2) (2, 2) 5! 5!
𝑃5 ⋅ 𝑃5 = 2! ⋅ 2! ⋅2! = 60 ⋅ 30 = 1.800.

Resposta da questão 7:
[E]

Há 2 possibilidades para o posicionamento dos pais e 𝑃4 = 4! = 24 modos de posicionar os filhos. Desse


modo, pelo Princípio Multiplicativo, segue que o resultado é 2 ⋅ 24 = 48.

Resposta da questão 8:
[C]

A palavra CONCURSO possui 8 letras, sendo que as letras C e O aparecem duas vezes cada. Para determinar
o número de anagramas desta palavra deveremos usar permutação com repetição.

8!
𝑃8 2,2 = 2!⋅2! = 10080

Resposta da questão 9:
[A]

Como o júri é formado por 21 pessoas, sendo que exatamente 15 delas são homens, segue-se que o
30 20
número de mulheres nesse júri é igual a 21 − 15 = 6. Portanto, o resultado é dado por ( ) ⋅ ( ).
15 6

Resposta da questão 10:


[A]

O número de maneiras possíveis de montar uma casquinha, com dois sabores distintos, sabendo que
existem quatro sabores disponíveis, é dado por

4 4!
( ) = 2! ⋅2! = 6.
2

Resposta da questão 11:


[D]

6! 8!
𝐶6,3 . 𝐶8,5 = 3!.3! ⋅ 5!.3! = 20.56 = 1120
Resposta da questão 12:
[B]

Se 𝑐 denota cara e 𝑘 denota coroa, então 𝑃(𝑐) = 2 ⋅ 𝑃(𝑘). Ademais, temos


𝑃(𝑐) + 𝑃(𝑘) = 1 ⇔ 2 ⋅ 𝑃(𝑘) + 𝑃(𝑘) = 1
1
  ⇔ 𝑃(𝑘) = .
3
2
Logo, vem 𝑃(𝑐) = 3 e, portanto, a probabilidade pedida é igual a
1 1 2 2 5
⋅ 3 + 3 ⋅ 3 = 9.
3

Resposta da questão 13:


[D]

Calculando, inicialmente, o número de maneiras possíveis para se retirar duas bolas da urna.
6!
𝐶6,2 = = 15
2! ⋅ 4!

Como a única maneira de se obter duas bolas que a soma dê 4 é retirando as bolas 1 e 3, temos a seguinte
probabilidade:
1
𝑃 = 15

Resposta da questão 14:


[A]

Devemos retirar duas bolas pares ou duas bolas ímpares.

2 1 1
Probabilidade de sortear duas bolas pares: 5 ⋅ 4 = 10

3 2 3
Probabilidade de sortear duas bolas ímpares: 5 ⋅ 4 = 10

1 3 4 2
Portanto, a probabilidade pedida será: 𝑃 = 10 + 10 = 10 = 5

Resposta da questão 15:


[E]

Supondo um dado convencional (seis faces, numeradas de 1 a 6) e não viciado, sendo 𝑃 a probabilidade de
obter três números pares em três lançamentos sucessivos, temos:
3 3 3
𝑃= ⋅ ⋅
6 6 6
1
𝑃=
8

A probabilidade de obter ao menos um número ímpar no lançamento de tal dado três vezes sucessivas é 𝑃,
de modo que:
𝑃+𝑃 = 1
Então,
1
+𝑃 =1
8
1
𝑃 = 1−
8
7
𝑃=8

Resposta da questão 16:


[D]

Ao se lançar um dado duas vezes há 36 possíveis resultados. Destes, apenas 4 podem ter o maior valor
4 1
menor do que 3 (1 e 1, 1 e 2, 2 e 1 e 2 e 2). Assim, a probabilidade será igual a 36 = 9.

Resposta da questão 17:


[C]

A soma será um número par se tomarmos um número ímpar de 𝐴 e um número ímpar de 𝐵 ou um número
par de 𝐴 e um número par de 𝐵. Em consequência, a resposta é

3⋅2 2⋅3 12
+ 5⋅5 = 25.
5⋅5

Logaritmos
1. Determine o valor do 𝑙𝑜𝑔9   (243).
1
a) 2.
b) 1.
3
c) 2.
d) 2.
5
e) 2.

2. Se 𝑙𝑜𝑔3   𝑥 + 𝑙𝑜𝑔9   𝑥 = 1, então o valor de 𝑥 é


3
a) √2.
b) √2.
3
c) √3.
d) √3.
3
e) √9.

𝑦
3. Se 𝑙𝑜𝑔5   𝑥 = 2 e 𝑙𝑜𝑔10   𝑦 = 4, então 𝑙𝑜𝑔20   𝑥 é
a) 2.
b) 4.
c) 6.
d) 8.
e) 10.

4. Se 𝑙𝑜𝑔   2 ≅ 0,3 e 𝑙𝑜𝑔   36 ≅ 1,6, então 𝑙𝑜𝑔   3 ≅ _____.


a) 0,4
b) 0,5
c) 0,6
d) 0,7

5. (Sejam 𝑎,  𝑏,  𝑐 e 𝑑 números reais positivos, tais que 𝑙𝑜𝑔𝑏 𝑎 = 5, 𝑙𝑜𝑔𝑏 𝑐 = 2 e 𝑙𝑜𝑔𝑏 𝑑 = 3. O valor da
𝑎2 𝑏 5
expressão 𝑙𝑜𝑔𝑐 é igual a:
𝑑3
a) 1
b) 2
c) 3
d) 4
e) 0

𝑥
6. Se 10𝑥 = 20𝑦 , atribuindo 0,3 para 𝑙𝑜𝑔 2, então o valor de 𝑦 é
a) 0,3.
b) 0,5.
c) 0,7.
d) 1.
e) 1,3.

7. A solução da equação na variável real 𝑥, 𝑙𝑜𝑔𝑥 ( 𝑥 + 6) = 2, é um número


a) primo.
b) par.
c) negativo.
d) irracional.

8. Atribuindo para 𝑙𝑜𝑔 2 o valor 0,3, então o valor de 1000,3 é


a) 3.
b) 4.
c) 8.
d) 10.
e) 33.

9. Seja 𝑥 = 𝑙𝑜𝑔2 3 + 𝑙𝑜𝑔2 9 + 𝑙𝑜𝑔2 2 7.


Então, é correto afirmar que:
a) 6 ≤ 𝑥 ≤ 7
b) 7 ≤ 𝑥 ≤ 8
c) 8 ≤ 𝑥 ≤ 9
d) 9 ≤ 𝑥 ≤ 10
e) 𝑥 ≥ 10
10. Atribuindo para 𝑙𝑜𝑔 2 o valor 0,3, então os valores de 𝑙𝑜𝑔 0,2 e 𝑙𝑜𝑔 20 são, respectivamente,
a) −0,7 e 3.
b) −0,7 e 1,3.
c) 0,3 e 1,3.
d) 0,7 e 2,3.
e) 0,7 e 3.

gabarito comentado
Resposta da questão 1:
[E]

Calculando temos:
5
𝑙𝑜𝑔9   (243) = 𝑙𝑜𝑔9   35 = 𝑥 ⇒ 9𝑥 = 35 ⇒ 32𝑥 = 35 ⇒ 𝑥 = 2

Resposta da questão 2:
[E]

De 𝑙𝑜𝑔3 𝑥 + 𝑙𝑜𝑔9 𝑥 = 1, temos:


Condição de existência: 𝑥 > 0.
𝑙𝑜𝑔3 𝑥 + 𝑙𝑜𝑔9 𝑥 = 1
𝑙𝑜𝑔3 𝑥 + 𝑙𝑜𝑔32 𝑥 = 1
1
𝑙𝑜𝑔3 𝑥 + 𝑙𝑜𝑔3 𝑥 = 1
2
2 𝑙𝑜𝑔3 𝑥 + 𝑙𝑜𝑔3 𝑥
=1
2
3 𝑙𝑜𝑔3 𝑥 = 2
2
𝑙𝑜𝑔3 𝑥 =
3
2
𝑥 = 33 > 0
3
𝑥 = √32
3
𝑥 = √9

Resposta da questão 3:
[A]

𝑙𝑜𝑔5   𝑥 = 2 ⇒ 𝑥 = 52 ⇒ 𝑥 = 25
𝑙𝑜𝑔10   𝑦 = 4 ⇒ 𝑦 = 104 ⇒ 𝑦 = 10000
𝑦 10000
𝑙𝑜𝑔20   𝑥 = 𝑙𝑜𝑔20   25 = 𝑙𝑜𝑔20   400 = 2

Resposta da questão 4:
[B]

Tem-se que
log36 = log(2  3)2
= 2  (log2 + log3)
 2  0,3 + 2  log3
 0,6 + 2  log3.

Portanto, o resultado é

0,6 + 2 ⋅ 𝑙𝑜𝑔 3 ≅ 1,6 ⇒ 𝑙𝑜𝑔 3 ≅ 0,5.

Resposta da questão 5:
[C]

Calculando:
𝑎2 𝑏 5
𝑙𝑜𝑔𝑐 3 = 𝑙𝑜𝑔𝑐 𝑎2 𝑏 5 − 𝑙𝑜𝑔𝑐 𝑑3 = (𝑙𝑜𝑔𝑐 𝑎2 + 𝑙𝑜𝑔𝑐 𝑏 5 ) − 𝑙𝑜𝑔𝑐 𝑑 3 =
𝑑
𝑙𝑜𝑔𝑏 𝑎 𝑙𝑜𝑔𝑏 𝑏 𝑙𝑜𝑔𝑏 𝑑
= (2 𝑙𝑜𝑔𝑐 𝑎 + 5 𝑙𝑜𝑔𝑐 𝑏) − 3 𝑙𝑜𝑔𝑐 𝑑 = (2 ⋅ +5⋅ )−3⋅ =
𝑙𝑜𝑔𝑏 𝑐 𝑙𝑜𝑔𝑏 𝑐 𝑙𝑜𝑔𝑏 𝑐
5 1 3 5 9 15 9 6
= (2 ⋅ 2 + 5 ⋅ 2) − 3 ⋅ 2 = (5 + 2) − 2 = 2 − 2 = 2 = 3

Resposta da questão 6:
[E]

10𝑥 = 20𝑦 ⇒ 𝑙𝑜𝑔 1 0𝑥 = 𝑙𝑜𝑔 2 0𝑦 ⇒ 𝑥 ⋅ 𝑙𝑜𝑔 1 0 = 𝑦 ⋅ 𝑙𝑜𝑔( 2 ⋅ 10) ⇒ 𝑥 = 𝑦 ⋅ (𝑙𝑜𝑔 2 +


𝑥
𝑙𝑜𝑔 1 0) ⇒ 𝑥 = 𝑦 ⋅ 1,3 ⇒ = 1,3
𝑦

Resposta da questão 7:
[A]

Sabendo que 𝑙𝑜𝑔𝑎 𝑏 = 𝑐 ⇔ 𝑎𝑐 = 𝑏, para quaisquer 𝑎 e 𝑏 reais positivos, e 𝑎 ≠ 1, temos

𝑙𝑜𝑔𝑥 ( 𝑥 + 6) = 2 ⇔ 𝑥 2 − 𝑥 − 6 = 0 ⇒ 𝑥 = 3,
que é um número primo.

Resposta da questão 8:
[B]

1000,3 = (102 )𝑙𝑜𝑔 2 = (10𝑙𝑜𝑔 2 )2 = 22 = 4

Resposta da questão 9:
[D]

𝑥 = 𝑙𝑜𝑔2 3 + 𝑙𝑜𝑔2 9 + 𝑙𝑜𝑔2 2 7


𝑥 = 𝑙𝑜𝑔2 (3 ⋅ 9 ⋅ 27)
𝑥 = 𝑙𝑜𝑔2 7 29

Sabemos que log 2 512 < 𝑙𝑜𝑔2 7 29 < 𝑙𝑜𝑔2 1 024


Considerando que as opções são intervalos possíveis para x, podemos considerar como solução do
exercício o intervalo 9 ≤ 𝑥 ≤ 10.

Resposta da questão 10:


[B]

2
𝑙𝑜𝑔 0 , 2 = 𝑙𝑜𝑔 ( ) = 𝑙𝑜𝑔 2 − 𝑙𝑜𝑔 1 0 = 0,3 − 1 = −0,7
10

𝑙𝑜𝑔 20 = 𝑙𝑜𝑔( 2 ⋅ 10) = 𝑙𝑜𝑔 2 + 𝑙𝑜𝑔 1 0 = 0,3 + 1 = 1,3

Números complexos
3+2𝑖
1. O resultado da expressão 1−4𝑖 na forma 𝑥 + 𝑦𝑖 é
11 14
a) 17 + 17 𝑖
11 14
b) 15 + 15 𝑖
11 14
c) 17 − 17 𝑖
11 14
d) 15 − 15 𝑖
1
e) 3 − 2 𝑖

2. Se 𝑖 é a unidade imaginária, então 2𝑖 3 + 3𝑖 2 + 3𝑖 + 2 é um número complexo que pode ser


representado no plano de Argand-Gauss no __________ quadrante.
a) primeiro
b) segundo
c) terceiro
d) quarto

3. Considere os números complexos 𝑧1 = 1 + 5𝑖 e 𝑧2 = 3 + 4𝑖.

Assinale o que for correto.


01) 𝑧1 ⋅ 𝑧1 = 26.
02) 𝑧1 + 𝑧2 = 𝑧1 + 𝑧2 .
04) 𝑧1 ⋅ 𝑧2 = 3 + 20𝑖.
𝑧 23 11
08) 𝑧1 = 25 + 25 𝑖.
2
16) 𝑧1 + 𝑧1 = 0.

4.Sendo 𝑖 a unidade imaginária tal que 𝑖 2 =– 1, são dados os números complexos 𝑧1 = 9 + 3𝑖 e 𝑧2 =– 2 +


𝑖. Ao calcular corretamente o produto 𝑧1 ⋅ 𝑧2 , obtemos o número
a) 21 − 6𝑖.
b) −18 − 6𝑖.
c) −18 + 3𝑖.
d) 18 − 3𝑖.
e) −21 + 3𝑖.
1+𝑎𝑖
5. Considere o número complexo 𝑧 = , onde 𝑎 é um número real e 𝑖 é a unidade imaginária, isto é,
𝑎−𝑖
𝑖 2 = −1. O valor de 𝑧 2016 é igual a
a) 𝑎2016 .
b) 1.
c) 1 + 2016𝑖.
d) 𝑖.

6. O número complexo 𝑍 = 1 + 𝑖 representado na forma trigonométrica é


1
a) 22 (𝑐𝑜𝑠   45° + 𝑖𝑠𝑒𝑛 45°).
b) 2(𝑐𝑜𝑠   90° + 𝑖𝑠𝑒𝑛 90°).
c) 4(𝑐𝑜𝑠   60° + 𝑖𝑠𝑒𝑛 60°).
d) 4(𝑐𝑜𝑠   60° − 𝑖𝑠𝑒𝑛 60°).
e) 2(𝑐𝑜𝑠   90° − 𝑖𝑠𝑒𝑛 90°).

7. Sejam 𝑥 e 𝑦 números reais tais que 𝑥 + 𝑦𝑖 = √3 + 4𝑖, onde 𝑖 é a unidade imaginária. O valor de 𝑥𝑦 é
igual a
a) −2.
b) −1.
c) 1.
d) 2.

8. O módulo do número complexo 𝑧 = 𝑖 2014 − 𝑖 1987 é igual a


a) √2.
b) 0.
c) √3.
d) 1.

9. Seja 𝑧 = 𝑎 + 𝑏𝑖 um número complexo, tal que 4𝑧 − 𝑧𝑖 + 5 = −1 + 10𝑖. Assim, o módulo do complexo 𝑧


é
a) √2
b) 2√2
c) 3√2
d) 4√2

𝑥+𝑦𝑖
10. Seja o número complexo 𝑧 = 3+4𝑖 , com x e y reais e 𝑖 2   =   −1.
Se 𝑥 2 + 𝑦 2 = 20, então o módulo de z é igual a:
a) 0
b) √5
2√5
c) 5
d) 4
e) 10

gabarito comentado
Resposta da questão 1:
ANULADA
Questão anulada no gabarito oficial.

Lembrando que 𝑖 2 = −1, temos


3 + 2i 3 + 2i 1 + 4i
= 
1 − 4i 1 − 4i 1 + 4i
3 + 12i + 2i + 8i2
=
1 − 16i2
5 14
=− + i.
17 17

Resposta da questão 2:
[B]

Sendo

2i3 + 3i2 + 3i + 2 = −2i − 3 + 3i + 2


= −1 + i
= ( −1, 1),

podemos concluir que a imagem do complexo 2𝑖 3 + 3𝑖 2 + 3𝑖 + 2 está situada no segundo quadrante.

Resposta da questão 3:
01 + 08 = 09.

[01] Verdadeiro. Calculando:


𝑧1 ⋅ 𝑧1 = (1 + 5𝑖) ⋅ (1 − 5𝑖) = 1 − 5𝑖 + 5𝑖 − 25𝑖 2 = 1 + 25 = 26

[02] Falso. Calculando:


𝑧1 + 𝑧2 = (1 + 5𝑖) + (3 + 4𝑖) = 4 + 9𝑖
⟩  4 + 9𝑖 ≠ 4 − 9𝑖
𝑧1 + 𝑧2 = (1 − 5𝑖) + (3 − 4𝑖) = 4 − 9𝑖

[04] Falso. Calculando:


𝑧1 ⋅ 𝑧2 = (1 + 5𝑖) ⋅ (3 + 4𝑖) = 3 + 4𝑖 + 15𝑖 + 20𝑖 2 = −17 + 19𝑖 ≠ 3 + 20𝑖

[08] Verdadeiro. Calculando:


𝑧1 1 + 5𝑖 (1 + 5𝑖) ⋅ (3 − 4𝑖) 3 − 4𝑖 + 15𝑖 − 20𝑖 2 23 + 11𝑖 23 11
= = = = = + 𝑖
𝑧2 3 + 4𝑖 (3 + 4𝑖) ⋅ (3 − 4𝑖) 9 − 16𝑖 2 25 25 25

[16] Falso. Calculando:


𝑧1 + 𝑧1 = (1 + 5𝑖) + (1 − 5𝑖) = 2 ≠ 0

Resposta da questão 4:
[E]

(9 + 3𝑖) ⋅ (−2 + 𝑖) = −18 + 9𝑖 − 6𝑖 + 3𝑖 2 = −18 + 3𝑖 + 3 ⋅ (−1) = −21 + 3𝑖

Resposta da questão 5:
[B]
Tem-se que

1 + 𝑎𝑖 1 + 𝑎𝑖 𝑎 + 𝑖 𝑎 + 𝑖 + 𝑎2 𝑖 − 𝑎
𝑧= = ⋅ = = 𝑖.
𝑎−𝑖 𝑎−𝑖 𝑎+𝑖 𝑎2 + 1
Portanto, o valor de 𝑧 2016 é 𝑖 2016 = 𝑖 0 = 1.

Resposta da questão 6:
[A]

𝜌 = √12 + 12 → 𝜌 = √2
𝑎 1 √2
𝑐𝑜𝑠 𝜃 = = → 𝑐𝑜𝑠 𝜃 = → 𝜃 = 45°
𝜌 √2 2
𝑏 1 √2
𝑠𝑒𝑛 𝜃 = = → 𝑠𝑒𝑛 𝜃 = → 𝜃 = 45°
𝜌 √2 2
1
𝑍 = √2 ⋅ (𝑐𝑜𝑠 4 5° + 𝑖 ⋅ 𝑠𝑒𝑛 45°) = 22 ⋅ (𝑐𝑜𝑠   45° + 𝑖𝑠𝑒𝑛 45°)

Resposta da questão 7:
[D]

Elevando os dois membros da igualdade ao quadrado, vem

(𝑥 + 𝑦𝑖)2 = (√3 + 4𝑖)2 ⇔ (𝑥 2 − 𝑦 2 ) + 2𝑥𝑦𝑖 = 3 + 4𝑖.

Portanto, temos 2𝑥𝑦 = 4 se, e somente se, 𝑥𝑦 = 2.

Resposta da questão 8:
[A]

Como 𝑖 4 = (𝑖 2 )2 = (−1)2 = 1, vem

z = i2014 − i1987
= i4503 + 2 − i4496 +3
= (i4 )503  i2 − (i4 )496  i3
= −1 + i.

Portanto,

|𝑧|   =   | − 1 + 𝑖|   = √(−1)2 + 12 = √2.

Resposta da questão 9:
[B]

Sendo 𝑧 = 𝑎 + 𝑏𝑖, vem


4z − zi + 5 = 4(a + bi) − (a + bi)i + 5
= 4a + 4bi − ai + b + 5
= (4a + b + 5) + (4b − a)i.

Logo, deve-se ter

4𝑎 + 𝑏 + 5 = −1 4𝑎 + 𝑏 = −6
{ ⇔{
4𝑏 − 𝑎 = 10 𝑎 − 4𝑏 = −10
𝑎 = −2
⇔{ .
𝑏=2

Portanto,

|𝑧|   = √(−2)2 + 22 = 2√2.

Resposta da questão 10:


[C]

𝑧 |𝑧1 | |𝑥+𝑦𝑖| √𝑥 2 +𝑦 2 √20 2√5


Sabendo que | 1| = , com 𝑧2 ≠ 0, obtemos |𝑧|   = = √32 +42
= = .
𝑧2 |𝑧2 | |3+4𝑖| √25 5

Polinomios 1
1. Sabendo-se que uma das raízes da equação algébrica 2𝑥 3 − 3𝑥 2 − 72𝑥 − 35 = 0 é − 2, a soma das
outras duas raízes é igual a
a) −3.
b) 3.
c) −2.
d) 1.
e) 2.

2. (As raízes do polinômio 𝑃(𝑥) = 𝑥 4 − 1 são


a) {𝑖; −𝑖;  0}.
b) {1; −1;  0}.
c) {1; −1;  𝑖; −𝑖}.
d) {𝑖; −𝑖;  1 + 𝑖;  1 − 𝑖}.
e) {𝑖; −𝑖; −1 + 𝑖; −1 − 𝑖}.

3. O polinômio 𝑝(𝑥) = 6𝑥 4 + 𝑥 3 − 63𝑥 2 + 104𝑥 − 48 possui 4 raízes reais, sendo que −4 é a única raiz
negativa. Sabendo que o produto de duas das raízes desse polinômio é −4, a diferença entre as duas
maiores raízes é
1
a) 8
1
b) 6
1
c)
4
1
d) 2

4. Considere 𝑃(𝑥) = 2𝑥 3 + 𝑏𝑥 2 + 𝑐𝑥, tal que 𝑃(1) = −2 e 𝑃(2) = 6. Assim, os valores de 𝑏 e 𝑐 são,
respectivamente,
a) 1 e 2
b) 1 e −2
c) −1 e 3
d) −1 e −3

5. O resto da divisão do polinômio 𝐷(𝑥) = 𝑥 5 − 5𝑥 3 + 4𝑥 pelo polinômio 𝑑(𝑥) = 𝑥 3 − 𝑥 2 − 4𝑥 + 1 é o


polinômio do segundo grau 𝑟(𝑥). A solução real, não nula, da equação 𝑟(𝑥) = 0 pertence ao intervalo
a) [0,  1].
b) [2,  3].
c) [3,  4].
d) [−1,  0].

GABARITO COMENTADO
Resposta da questão 1:
[E]

Calculando:
2𝑥 3 − 3𝑥 2 − 72𝑥 − 35 = 0
(−3)
𝑅𝑒 𝑙 𝑎çõ𝑒𝑠 𝑑𝑒 𝐺𝑖𝑟𝑎𝑟𝑑 ⇒ 𝑥1 + 𝑥2 + 𝑥3 = −
2
1
𝑥1 =
2
1 3 4
+ 𝑥2 + 𝑥3 = ⇒ 𝑥2 + 𝑥3 = = 2
2 2 2

Resposta da questão 2:
[C]

As raízes de 𝑃(𝑥) = 𝑥 4 − 1 são dadas pela equação abaixo:


𝑥4 − 1 = 0
(𝑥 2 )2 − 12 = 0
(𝑥 2 + 1) ⋅ (𝑥 2 − 1) = 0
𝑥 2 + 1 = 0 ⇒ 𝑥 = ±𝑖

ou
𝑥 2 − 1 = 0 ⇒ 𝑥 = ±1

Assim, as raízes de 𝑃(𝑥) = 𝑥 4 − 1 formam o conjunto {1; −1;  𝑖; −𝑖}.

Resposta da questão 3:
[B]

Calculando:
𝑝(𝑥) = 6𝑥 4 + 𝑥 3 − 63𝑥 2 + 104𝑥 − 48
𝑝(𝑥) = (𝑥 + 4) ⋅ (6𝑥 3 − 23𝑥 2 + 29𝑥 − 12)
𝑥 = 1 ⇒ 𝑝(𝑥) = 0

Assim:
𝑝(𝑥) = (𝑥 + 4) ⋅ (𝑥 − 1) ⋅ (6𝑥 2 − 17𝑥 + 12)
3
𝑥' = 2 3 4 1
6𝑥 2 − 17𝑥 + 12 = 0 ⇒ ⟨ 4 ⇒ 𝑚𝑎𝑖𝑜𝑟𝑒𝑠 𝑟𝑎í𝑧𝑒𝑠! ⇒ 2 − 3 = 6
𝑥'' = 3

Resposta da questão 4:
[D]

Tem-se que

𝑃(1) = −2 ⇔ 2 ⋅ 13 + 𝑏 ⋅ 12 + 𝑐 ⋅ 1 = −2 ⇔ 𝑏 + 𝑐 = −4

𝑃(2) = 6 ⇔ 2 ⋅ 23 + 𝑏 ⋅ 22 + 𝑐 ⋅ 2 = 6 ⇔ 2𝑏 + 𝑐 = −5.

Portanto, resolvendo o sistema formado por essas equações, encontramos 𝑏 = −1 e 𝑐 = −3.

Resposta da questão 5:
[D]

Tem-se que

𝑥 5 − 5𝑥 3 + 4𝑥 = (𝑥 2 + 𝑥)(𝑥 3 − 𝑥 2 − 4𝑥 + 1) + 3𝑥 2 + 3𝑥.

Logo, como 𝑟(𝑥) = 3𝑥 2 + 3𝑥, vem 3𝑥 2 + 3𝑥 = 0 ⇔ 3𝑥(𝑥 + 1) = 0 ⇔ 𝑥 = 0 ou 𝑥 = −1.

Portanto, segue que a solução real, não nula, da equação 𝑟(𝑥) = 0 pertence ao intervalo [−1,  0].
PROGRESSÕES ARITMÉTICAS E GEOMÉTRICAS
1. Determine o 2017º termo da Progressão Aritmética cujo 1º termo é 4 e cuja razão é 2.
a) 4.032.
b) 4.034.
c) 4.036.
d) 4.038.
e) 4.040.

2. Sabendo que os números da sequência (𝑦,  7,  𝑧,  15) estão em progressão aritmética, quanto vale a
soma 𝑦 + 𝑧?
a) 20
b) 14
c) 7
d) 3,5
e) 2

3. Em um grupo de 10 crianças, certo número de bombons foi distribuído para cada uma, em uma
progressão aritmética crescente, da criança de menor estatura para a de maior estatura. Se colocarmos as
crianças nessa ordem, perceberemos que a terceira criança ganhou 7 bombons e a oitava ganhou 17.

Quantos bombons foram distribuídos?


a) 100.
b) 110.
c) 120.
d) 130.
e) 140.

4. Os termos da soma 𝑆 = 4 + 6 + 8 + ⋯ + 96 estão em progressão aritmética.

Assinale o valor de 𝑆.
a) 2.000
b) 2.150
c) 2.300
d) 2.350
e) 2.400

5. As medidas, em metro, dos comprimentos dos lados de um triângulo formam uma progressão aritmética
cuja razão é igual a 1. Se a medida de um dos ângulos internos deste triângulo é 120°, então, seu
perímetro é
a) 5,5.
b) 6,5.
c) 7,5.
d) 8,5.

6. Sabendo que os números da sequência (5,  𝑚,  𝑛,  10) estão em progressão geométrica, quanto vale o
produto 𝑚𝑛?
a) 10
b) 20
c) 50
d) 100
e) 225

7. Atualmente, a massa de uma mulher é 100 𝑘𝑔. Ela deseja diminuir, a cada mês, 3% da massa que
possuía no mês anterior. Suponha que ela cumpra sua meta.

A sua massa, em quilograma, daqui a dois meses será


a) 91,00.
b) 94,00.
c) 94,09.
d) 94,33.
e) 96,91.

8. Sabendo que o primeiro termo de uma Progressão Geométrica é 𝑎1 = 2 e a razão 𝑞 = 3, determine a


soma dos 5 primeiros termos dessa progressão:
a) 80.
b) 141.
c) 160.
d) 242.
e) 322.

9. Um maratonista registrou os seus tempos, em segundos, para um mesmo percurso, durante 1 semana,
que foram: (20,  18,  16,  14,  12,  10,  8).

Essa sequência numérica representa uma progressão de que tipo?


a) Geométrica crescente.
b) Geométrica decrescente.
c) Aritmética crescente.
d) Aritmética decrescente.

10. Uma clínica de emagrecimento desafiou seus pacientes, um de cada vez, a perderem juntos, um total
de 1.023 𝑘𝑔. O primeiro paciente emagreceu 1 𝑘𝑔, o segundo 2 𝑘𝑔, o terceiro 4 𝑘𝑔, e assim
sucessivamente.

Quantos pacientes participaram do desafio?


a) 8
b) 9
c) 10
d) 11
GABARITO COMENTADO
Resposta da questão 1:
[C]

Calculando:
𝑎2017 = 𝑎1 + 2016 × 𝑟
𝑎2017 = 4 + 2016 × 2 = 4036

Resposta da questão 2:
[B]
Considerando a sequência como uma progressão aritmética, temos:
𝑦+𝑧
= 7 ⇒ 𝑦 + 𝑧 = 14
2

Resposta da questão 3:
[C]

Considere a seguinte situação:

Sabendo que: 𝑎10 = 𝑎1 + 9𝑟


𝑎 = 𝑎1 + 2𝑟
{ 3 ⇒ 𝑎3 + 𝑎8 = 2 ⋅ 𝑎1 + 9𝑟 ⇒ 7 + 17 = 2 ⋅ 𝑎1 + 9𝑟 ⇒ 24 = 𝑎1 + 𝑎10
𝑎8 = 𝑎1 + 7𝑟

Logo,
(𝑎1 +𝑎10 )×𝑛 24×10
𝑆= = = 120
2 2

Resposta da questão 4:
[D]

Da PA (4,6,8, . . . ,96), temos:


96 = 4 + (𝑛 − 1) ⋅ 2
96 − 4 = 2 ⋅ (𝑛 − 1)
92 = 2 ⋅ (𝑛 − 1)
92
=𝑛−1
2
46 = 𝑛 − 1
𝑛 = 47

Assim,
(4 + 96) ⋅ 47
𝑆=
2
𝑆 = 2350

Resposta da questão 5:
[C]

Sabemos que o maior lado de um triângulo é oposto ao seu maior ângulo. Podemos, então aplicar o
teorema dos cossenos no triângulo considerado no enunciado:
(𝑥 + 1)2 = 𝑥 2 + (𝑥 − 1)2 − 2 ⋅ 𝑥 ⋅ (𝑥 − 1) ⋅ 𝑐𝑜𝑠 1 20°
1
𝑥 2 + 2𝑥 + 1 = 𝑥 2 + 𝑥 2 − 2𝑥 + 1 − 2 ⋅ 𝑥 ⋅ (𝑥 − 1) ⋅ (− )
2
𝑥 2 + 2𝑥 + 1 = 𝑥 2 + 𝑥 2 − 2𝑥 + 1 + 𝑥 2 − 𝑥
5
2𝑥 2 − 5𝑥 = 0 ⇒ 𝑥 = 0  (𝑛ã𝑜 𝑐𝑜𝑛𝑣é𝑚)  𝑜𝑢  𝑥 =
2

Portanto, o perímetro 𝑃 do triângulo será dado por:


5
𝑃 = 𝑥 + 𝑥 − 1 + 𝑥 + 1 = 3𝑥 = 3 ⋅ 2 = 7,5.

Resposta da questão 6:
[C]

O produto dos termos equidistantes dos extremos é igual ao produto dos extremos.
𝑚 ⋅ 𝑛 = 5 ⋅ 10 ⇒ 𝑚 ⋅ 𝑛 = 50

Resposta da questão 7:
[C]

A resposta é 100 ⋅ (0,97)2 = 94,09𝑘𝑔.

Resposta da questão 8:
[D]

(𝑞 𝑛 −1)
Seja 𝑆𝑛 = 𝑎1 ⋅ a soma finita dos termos de uma PG onde 𝑞 é razão, e 𝑎1 o primeiro termo.
𝑞−1
(35 −1) (35 −1) 2⋅242
𝑆5 = 2 ⋅ =2⋅ = = 242
3−1 3−1 2

Resposta da questão 9:
[D]

Como os termos decrescem de dois em dois temos uma progressão de primeiro termo igual a 20 e razão
−2 logo, temos uma progressão aritmética decrescente.
Resposta da questão 10:
[C]

Considerando que se perdeu peso em progressão geométrica de razão (𝑞) dois e soma 1023 temos:
𝑞𝑛 − 1 2𝑛 − 1
𝑆 = 𝑎1 ⋅ ⇒ 1023 = 1 ⋅ ⇒ 1023 = 2𝑛 − 1
𝑞−1 2−1
2𝑛 = 1024 ⇒ 2𝑛 = 210 ⇒ 𝑛 = 10

ARITMÉTICA 3
1. Em uma certa turma de 49 alunos, o número de homens corresponde a 4 do número de mulheres.
Quantos homens tem essa turma?
a) 14.
b) 21.
c) 28.
d) 35.
e) 42.

2. Uma herança de 𝑅$ 320.000,00 foi dividida entre 3 filhos na seguinte proporção: O mais novo recebeu
1 1
da herança e o mais velho recebeu da herança. Qual foi o valor recebido pelo filho do meio?
8 2
a) 𝑅$ 40.000,00.
b) 𝑅$ 80.000,00.
c) 𝑅$ 120.000,00.
d) 𝑅$ 160.000,00.
e) 𝑅$ 200.000,00.

3.Em 12 dias de trabalho, 8 costureiras de uma escola de samba fazem as fantasias da ala “Só Alegria”. Se
2 costureiras ficassem doentes e não pudessem trabalhar, quantos dias seriam necessários para
confeccionar as fantasias dessa mesma ala?
a) 16
b) 20
c) 24
d) 28
e) 32

4. Uma máquina produz 100 unidades de um determinado produto em 4 dias. A empresa recebe uma
encomenda de 3.000 unidades desse produto para ser entregue em 30 dias. Quantas máquinas devem ser
usadas, no mínimo, para atender à encomenda no prazo dos 30 dias?
a) 4.
b) 5.
c) 6.
d) 7.
e) 8.
5. Um pai deseja dividir 𝑅$ 800,00 com seus dois filhos de 10 anos e de 15 anos, em quantias diretamente
proporcionais às suas idades. Quanto recebem, respectivamente, o filho mais novo e o filho mais velho?
a) 𝑅$ 100,00 e 𝑅$ 700,00.
b) 𝑅$ 210,00 e 𝑅$ 590,00.
c) 𝑅$ 320,00 e 𝑅$ 480,00.
d) 𝑅$ 430,00 e 𝑅$ 370,00.
e) 𝑅$ 540,00 e 𝑅$ 260,00.

6. Se uma loja repartir entre três funcionários a quantia de 𝑅$ 2.400,00 em partes diretamente
proporcionais a 3,  4 e 5, eles receberão, respectivamente, as seguintes quantias em reais:
a) 1.000,  800 e 600.
b) 800,  600 e 1.000.
c) 800,  600 e 480.
d) 600,  800 e 1.000.
e) 600,  1.000 e 800.

7. Imagine a seguinte situação: Carlos precisa pagar uma quantia de 𝑅$ 1.140,00, em três parcelas A, B e
C, respectivamente.

Considerando que essas parcelas são inversamente proporcionais aos números 5, 4 e 2, respectivamente, é
CORRETO afirmar que Carlos irá pagar
a) 𝑅$ 740,00 pelas parcelas A e B juntas.
b) 𝑅$ 240,00 pela parcela B.
c) 𝑅$ 680,00 pela parcela C.
d) 𝑅$ 540,00 pela parcela A.
e) 𝑅$ 240,00 pela parcela A.

8. Os pares de números "18 e 10" e "15 e 𝑥" são grandezas inversamente proporcionais.
Por isso, 𝑥 vale?
a) 7
b) 8
c) 23
d) 27

GABARITO COMENTADO
Gabarito:

Resposta da questão 1:
[B]

Seja Homens (𝐻) e Mulheres (𝑀) temos:


𝐻 + 𝑀 = 49
{ 3 4
𝐻= 𝑀⇒𝑀= 𝐻
4 3

Logo:
𝐻 + 𝑀 = 49
4
𝐻 + 𝐻 = 49
3
7
𝐻 = 49 ⇒ 𝐻 = 21
3

Resposta da questão 2:
[C]

Calculando o valor de cada filho temos:


1
× 320.000 = 40.000
8

1
× 320.000 = 160.000
2

Para obter a parte restante, basta somar as partes obtidas anteriormente e subtrair do total:
160.000 + 40.000 = 200.000 ⇒ 320.000 − 200.000 = 120.000

Resposta da questão 3:
[A]

12 𝑑𝑖𝑎𝑠            8  𝑐𝑜𝑠 𝑡 𝑢𝑟𝑒𝑖𝑟𝑎𝑠


  𝑥 𝑑𝑖𝑎𝑠           6  𝑐𝑜𝑠 𝑡 𝑢𝑟𝑒𝑖𝑟𝑎𝑠

Como número de dias e número de costureiras são grandezas inversamente proporcionais,


Podemos escrever a seguinte equação:
6 ⋅ 𝑥 = 12 ⋅ 8 ⇒ 𝑥 = 16

Portanto, seriam necessários 16 dias para confeccionar as fantasias dessa mesma ala.

Resposta da questão 4:
[A]

Considere a seguinte situação:

𝑀á𝑞𝑢𝑖𝑛𝑎𝑠 𝑈𝑛𝑖𝑑𝑎𝑑𝑒𝑠𝐷𝑖𝑎𝑠
1 100 4
𝑥 3000 30

Sabendo que o número de maquinas e unidades produzidas são grandezas diretamente proporcionais, pois
quanto mais máquinas, mais unidades produzidas, e, o número de máquinas e os dias de produção são
inversamente proporcionais, pois, quanto mais máquinas produzindo, menos dias de produção, e assim,
utilizando a regra de três composta temos a seguinte proporção:
1 100 30
= 3000 × 4 ⇒ 𝑥 = 4 máquinas.
𝑥

Resposta da questão 5:
[C]

Seja 𝑥 e 𝑦 os filhos. Pela regra das proporções temos:


𝑥 𝑦 𝑥 10 2
= ⇒ = = ⇒ 3𝑥 = 2𝑦
10 15 𝑦 15 3
Sabendo que juntos receberão 800 reais:
3𝑥 = 2𝑦 3𝑥 = 2𝑦 (𝐼)
{ ⇒{
𝑥 + 𝑦 = 800 𝑥 = 800 − 𝑦 (𝐼𝐼)

Substituindo (II) em (I):


3 ⋅ (800 − 𝑦) = 2𝑦
2400 − 3𝑦 = 2𝑦
𝑦 = 480

Logo,
𝑥 + 𝑦 = 800
𝑥 − 480 = 800
𝑥 = 320

Resposta da questão 6:
[D]

Como a divisão será feita em partes proporcionais aos números 3,  4 e 5, e só há uma alternativa com
valores em ordem crescente, segue o resultado.

Resposta da questão 7:
[E]

Considerando que (𝐴,  𝐵,  𝐶) é inversamente proporcional a (5,  4,  2), podemos escrever:
𝑘
𝑎=
5
𝑘
𝐴⋅5=𝐵⋅4=𝐶⋅2=𝑘 ⇒ 𝑏 =
4
𝑘
{𝑐 = 2

Portanto:
𝑘 𝑘 𝑘
+ + = 1140 ⇒ 4𝑘 + 5𝑘 + 10𝑘 = 22800 ⇒ 19𝑘 = 22800 ⇒ 𝑘 = 1200
5 4 2

Logo, 𝐴 = 𝑅$240,00,  𝐵 = 𝑅$300,00 e 𝐶 = 𝑅$600,00

A opção correta é a [E].

Resposta da questão 8:
[D]

Você também pode gostar